SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 37
LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS
Profa. Me. Míriam Navarro de Castro
Nunes
Aula 11: Aspectos Linguísticos da língua de
sinais Aspectos fonológicos
• PEREIRA, M. C. da C. (org). LIBRAS conhecimento além dos sinais.
São Paulo: Person Prentice Hall, 2011. Pag. 59-69 .
TEXTO
• Se distinguem das línguas orais porque se utilizam do canal visual-
espacial e NÃO do oral-auditivo.
• São denominadas línguas de modalidade gestual-visual.
• A informação linguística é recebida pelos olhos e produzida no
espaço, pelas mãos, pelo movimento do corpo e pela expressão
facial.
Línguas de Sinais
• Apesar da diferença existente entre línguas de sinais e línguas orais,
ambas seguem os mesmos princípios por possuírem:
• Léxico: conjunto de símbolos convencionais.
• Gramática: sistema de regras que rege o uso desses símbolos.
Línguas de Sinais X Línguas Orais
• Stokoe (1960) foi o primeiro pesquisador a afirmar que a língua de
sinais americana atendia a todos os critérios linguísticos de uma
língua genuína.
• Ele investigou a formação do sinal e definiu três parâmetros que
eram utilizados simultaneamente na formação de um sinal
particular: configuração de mãos, localização e movimento.
• Battison (1974) acrescentou o quarto parâmetro: orientação das
palmas das mãos.
Línguas de Sinais
• Baker e Padden (1978) incluíram o quinto parâmetro: traços não
manuais como: expressão facial, movimentos da boca e direção do
olhar.
• Novos estudos foram realizados em países como França, Itália,
Uruguai, Argentina, Suécia, Brasil etc. As línguas de sinais são
diferentes em cada país e independem das línguas orais-auditivas.
• A Libras é a Língua de Sinais utilizada pelos Surdos que vivem no
Brasil.
Línguas de Sinais
• Os sinais, nas Libras são formados a partir da combinação do
movimento das mãos com um determinado formato em um lugar
específico, podendo este ser uma parte do corpo ou um espaço em
frente ao corpo.
• PARÂMETROS PARA FORMAÇÃO DOS SINAIS: configuração das
mãos, localização, movimento, orientação das palmas das mãos e
traços não manuais.
Aspectos fonológicos
MUITO
IMPORTANTE!!!
• Refere-se às formas que as mãos assumem na produção dos sinais,
que podem ser a datilologia (alfabeto digital/manual) ou outras
formas feitas pela mão dominante ou pelas duas mãos.
• Na Libras foram identificadas até agora 63 configurações de mãos
(Lira e Souza, 2006; Pimenta e Quadros, 2007).
• Cada configuração das mãos responde por um número de sinais.
Configuração das mãos
Configuração das mãos em F
Família
Feliz
Férias
Configuração das mãos em P
Pedagogia
Professor
São Paulo
• É o lugar, no corpo ou no espaço, em que o sinal é articulado,
podendo a mão tocar alguma parte do corpo ou estar em um
espaço neutro.
• Os sinais BRINCAR e TRABALHAR são feitos no espaço neutro (em
frente ao corpo).
• Os sinais PENSAR, DIFÍCIL e ESQUECER são feitos na testa.
Localização
Brincar
Trabalhar
Pensar
Difícil
Esquecer
• Envolve desde os movimentos internos da mão, os movimentos do
pulso e os movimentos direcionais no espaço até o conjunto de
movimentos do sinal (Klima e Bellugi, 1979).
Movimento
•Trabalho: as mão realizam movimentos alternados para frente e
para trás.
• É a direção para qual a palma da mão aponta na produção do sinal
(Quadros e Karnop, 2004).
• Pode ser para cima, para baixo, para o corpo, para a frente PARA A
ESQUERDA ou PARA A DIREITA.
Orientação das palmas das mãos
AJUDAR
• Envolvem expressão facial, movimento corporal e olhar.
• LINDO, LINDINHO, LINDÍSSIMO: mesmo sinal, expressões faciais
diferentes.
Traços não manuais
• Na Libras, a alteração de parâmetros resulta em mudança no sinal.
• Os sinais APRENDER, SÁBADO e OUVINTE têm a mesma
configuração de mãos e o mesmo movimento, embora sejam
produzidos em lugares diferentes do corpo.
Traços distintivos da Libras
Questões de Concurso
A partir das pesquisas de Stokoe, Battison, Baker e Padden,
definiram-se os parâmetros fonológicos das das línguas de sinais,
que são:
a) Configuração das mãos, localização, movimento, orientação das
palmas das mãos e traços não manuais.
b) ponto de articulação, alfabeto manual e expressões não manuais.
c) orientação do olhar, ponto de articulação, expressão facial,
expressões não manuais.
d) alfabeto manual, orientação do olhar, expressão corporal,
configuração da mão.
e) locação ou ponto de articulação, expressões não manuais,
expressão facial.
A LIBRAS e a língua portuguesa são, reconhecidamente, línguas
naturais, com estrutura própria. No que tange à produção e à
recepção linguística, as línguas citadas são, respectivamente, de
modalidade
a) audioaural e gestovisual.
b) áudio-oral e visuoespacial.
c) visuoespacial e oral-auditiva.
d) gestual-visual e oral-auditiva.
e) visuoespacial e auditivo-oral.
Considerando os aspectos linguísticos da Libras, assinale a alternativa
CORRETA.
a) A Libras, como qualquer outra língua de sinais, usada em diferentes
países, não apresenta regras que respondem a sua formação e a sua
organização linguística no discurso e nas suas estruturas frasais.
b) Apesar da diferença existente entre línguas de sinais e línguas orais,
ambas seguem os mesmos princípios, por possuírem um conjunto de
símbolos convencionais e uma gramática que rege o uso desses
símbolos.
c) Igualmente às línguas orais, os articuladores primários das línguas de
sinais são as mãos, que se movimentam no espaço, em frente ao
corpo, para produzirem sinais em determinadas localizações espaciais.
d) Nos aspectos fonológicos, os traços não manuais envolvem as
expressões faciais e não, os movimentos corporais.
e) Na Libras, os sinais de |VACA| e |EVITAR| apresentam pares em
oposição ao ponto de articulação.
Questões extras
Marque a alternativa que apresenta o sinal correspondente a palavra
Pedagogia.
a) b) c) d) e)
Considerando os aspectos fonológicos da Libras, a CONFIGURAÇÃO
DE MÃOS refere-se:
a) ao lugar, no corpo ou no espaço, em que o sinal é articulado.
b) às formas que as mãos assumem na produção dos sinais.
c) aos movimentos internos da mão e do pulso.
d) a direção para qual a palma da mão aponta na produção do sinal.
e) à expressão facial, ao movimento corporal e ao olhar.
Vídeos
[PARÂMETROS DA LIBRAS] CONFIGURAÇÃO DE MÃO | PARTE 01/05 - DANRLEY
OLIVEIRA: https://youtu.be/1C54H6CrqpU
[PARÂMETROS DA LIBRAS] MOVIMENTO | PARTE 02/05 - DANRLEY OLIVEIRA:
https://youtu.be/v8Q9KRY0q7w
[PARÂMETROS DA LIBRAS] PONTO DE ARTICULAÇÃO E LOCAÇÃO | PARTE 03/05 | DANRLEY
OLIVEIRA: https://youtu.be/gDPIRv9zfRU
[PARÂMETROS DA LIBRAS] ORIENTAÇÃO DA MÃO | PARTE 04/05 | DANRLEY OLIVEIRA:
https://youtu.be/t_f1f6RA6oQ
[PARÂMETROS DA LIBRAS] EXPRESSÕES | PARTE 05/05 | DANRLEY OLIVEIRA:
https://youtu.be/xUMtfPtbNbs

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

LIBRAS AULA 1: Apresentação da disciplina
LIBRAS AULA 1: Apresentação da disciplinaLIBRAS AULA 1: Apresentação da disciplina
LIBRAS AULA 1: Apresentação da disciplinaprofamiriamnavarro
 
Fonologia de libras - andrea
Fonologia de libras - andreaFonologia de libras - andrea
Fonologia de libras - andreaandrea giovanella
 
Que língua é essa
Que língua é essaQue língua é essa
Que língua é essamarciaorion
 
Gramatica da Língua Brasileira de Sinais - Libras
Gramatica da Língua Brasileira de Sinais - Libras Gramatica da Língua Brasileira de Sinais - Libras
Gramatica da Língua Brasileira de Sinais - Libras tatimili2
 
1. curiosidades sobre a libras
1. curiosidades sobre a libras1. curiosidades sobre a libras
1. curiosidades sobre a librasValeria Nunes
 
MODELOS EDUCACIONAIS NA EDUCAÇÃO DOS SURDOS - COMUNICAÇÃO TOTAL
MODELOS EDUCACIONAIS NA EDUCAÇÃO DOS SURDOS - COMUNICAÇÃO TOTALMODELOS EDUCACIONAIS NA EDUCAÇÃO DOS SURDOS - COMUNICAÇÃO TOTAL
MODELOS EDUCACIONAIS NA EDUCAÇÃO DOS SURDOS - COMUNICAÇÃO TOTALJuciara Brito
 
Aspectos Linguisticos da Libras.pptx
Aspectos Linguisticos da Libras.pptxAspectos Linguisticos da Libras.pptx
Aspectos Linguisticos da Libras.pptxInclusão em LIBRAS
 
Cultura e identidade surda
Cultura e identidade surdaCultura e identidade surda
Cultura e identidade surdaValdemar Júnior
 
LIBRAS AULA 4: Legislação sobre Libras
LIBRAS AULA 4: Legislação sobre LibrasLIBRAS AULA 4: Legislação sobre Libras
LIBRAS AULA 4: Legislação sobre Librasprofamiriamnavarro
 

Mais procurados (20)

Sintaxe da libras
Sintaxe da librasSintaxe da libras
Sintaxe da libras
 
Libras basico
Libras basicoLibras basico
Libras basico
 
LIBRAS AULA 1: Apresentação da disciplina
LIBRAS AULA 1: Apresentação da disciplinaLIBRAS AULA 1: Apresentação da disciplina
LIBRAS AULA 1: Apresentação da disciplina
 
LIBRAS - AULA 3
LIBRAS - AULA 3LIBRAS - AULA 3
LIBRAS - AULA 3
 
Fonologia de libras - andrea
Fonologia de libras - andreaFonologia de libras - andrea
Fonologia de libras - andrea
 
Libras parte-1
Libras parte-1Libras parte-1
Libras parte-1
 
Sistema de transcrição da Libras
Sistema de transcrição da LibrasSistema de transcrição da Libras
Sistema de transcrição da Libras
 
Que língua é essa
Que língua é essaQue língua é essa
Que língua é essa
 
Gramatica da Língua Brasileira de Sinais - Libras
Gramatica da Língua Brasileira de Sinais - Libras Gramatica da Língua Brasileira de Sinais - Libras
Gramatica da Língua Brasileira de Sinais - Libras
 
1. curiosidades sobre a libras
1. curiosidades sobre a libras1. curiosidades sobre a libras
1. curiosidades sobre a libras
 
Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS - Aspectos Linguísticos
Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS - Aspectos LinguísticosLíngua Brasileira de Sinais - LIBRAS - Aspectos Linguísticos
Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS - Aspectos Linguísticos
 
História dos surdos e oralismo
História dos surdos e oralismoHistória dos surdos e oralismo
História dos surdos e oralismo
 
MODELOS EDUCACIONAIS NA EDUCAÇÃO DOS SURDOS - COMUNICAÇÃO TOTAL
MODELOS EDUCACIONAIS NA EDUCAÇÃO DOS SURDOS - COMUNICAÇÃO TOTALMODELOS EDUCACIONAIS NA EDUCAÇÃO DOS SURDOS - COMUNICAÇÃO TOTAL
MODELOS EDUCACIONAIS NA EDUCAÇÃO DOS SURDOS - COMUNICAÇÃO TOTAL
 
Aula 4 e 9
Aula 4 e 9Aula 4 e 9
Aula 4 e 9
 
Brincando com-a-libras (1)
Brincando com-a-libras (1)Brincando com-a-libras (1)
Brincando com-a-libras (1)
 
Aspectos Linguisticos da Libras.pptx
Aspectos Linguisticos da Libras.pptxAspectos Linguisticos da Libras.pptx
Aspectos Linguisticos da Libras.pptx
 
Libras
LibrasLibras
Libras
 
Slide libras (1)
Slide libras (1)Slide libras (1)
Slide libras (1)
 
Cultura e identidade surda
Cultura e identidade surdaCultura e identidade surda
Cultura e identidade surda
 
LIBRAS AULA 4: Legislação sobre Libras
LIBRAS AULA 4: Legislação sobre LibrasLIBRAS AULA 4: Legislação sobre Libras
LIBRAS AULA 4: Legislação sobre Libras
 

Semelhante a LIBRAS AULA 11: Aspectos Linguísticos da língua de sinais - Aspectos fonológicos

Texto basico -_aspectos_introdutorios_a_libras_-_unidade_ii
Texto basico -_aspectos_introdutorios_a_libras_-_unidade_iiTexto basico -_aspectos_introdutorios_a_libras_-_unidade_ii
Texto basico -_aspectos_introdutorios_a_libras_-_unidade_iiPaula Aparecida Alves
 
LIBRAS-BASICO C RILLER - SEMED.ppt
LIBRAS-BASICO C RILLER - SEMED.pptLIBRAS-BASICO C RILLER - SEMED.ppt
LIBRAS-BASICO C RILLER - SEMED.pptInclusão em LIBRAS
 
Texto basico unidade5-sinais-iconicos
Texto basico unidade5-sinais-iconicosTexto basico unidade5-sinais-iconicos
Texto basico unidade5-sinais-iconicosPaula Aparecida Alves
 
1. Fonologia de LS e cinco para_metros.pptx
1. Fonologia de LS e cinco para_metros.pptx1. Fonologia de LS e cinco para_metros.pptx
1. Fonologia de LS e cinco para_metros.pptxrayanethaynarasantos3
 
22653284 a-gramatica-de-libras-lucinda-ferreira-brito
22653284 a-gramatica-de-libras-lucinda-ferreira-brito22653284 a-gramatica-de-libras-lucinda-ferreira-brito
22653284 a-gramatica-de-libras-lucinda-ferreira-britoBruno Motta
 
Pnaic unidade 3 sea - sistema de escrita alfabetica 1º encontro
Pnaic unidade 3   sea - sistema de escrita alfabetica  1º encontroPnaic unidade 3   sea - sistema de escrita alfabetica  1º encontro
Pnaic unidade 3 sea - sistema de escrita alfabetica 1º encontrotlfleite
 
Pnaic unidade 3 sea - sistema de escrita alfabetica 1º encontro
Pnaic unidade 3   sea - sistema de escrita alfabetica  1º encontroPnaic unidade 3   sea - sistema de escrita alfabetica  1º encontro
Pnaic unidade 3 sea - sistema de escrita alfabetica 1º encontrotlfleite
 
Apostila_LIBRAS para sua aula ficar emocionante
Apostila_LIBRAS para sua aula ficar emocionanteApostila_LIBRAS para sua aula ficar emocionante
Apostila_LIBRAS para sua aula ficar emocionanteEvandroPereira67
 
Aspectos linguisticos libras
Aspectos linguisticos librasAspectos linguisticos libras
Aspectos linguisticos librasIzack Gomes
 
Aspectos linguísticos da libras
Aspectos linguísticos da librasAspectos linguísticos da libras
Aspectos linguísticos da librasCharlene Martins
 
Aspectos-linguisticos-de-libras
Aspectos-linguisticos-de-librasAspectos-linguisticos-de-libras
Aspectos-linguisticos-de-librasLaura Serpa
 
alfabetizacao_letramento.pdf
alfabetizacao_letramento.pdfalfabetizacao_letramento.pdf
alfabetizacao_letramento.pdfisraelf3
 

Semelhante a LIBRAS AULA 11: Aspectos Linguísticos da língua de sinais - Aspectos fonológicos (20)

Texto basico -_aspectos_introdutorios_a_libras_-_unidade_ii
Texto basico -_aspectos_introdutorios_a_libras_-_unidade_iiTexto basico -_aspectos_introdutorios_a_libras_-_unidade_ii
Texto basico -_aspectos_introdutorios_a_libras_-_unidade_ii
 
Libras significa que é?
Libras significa que é?Libras significa que é?
Libras significa que é?
 
Andréia cristina de lima
Andréia cristina de limaAndréia cristina de lima
Andréia cristina de lima
 
Parametros da libras
Parametros da librasParametros da libras
Parametros da libras
 
Libras
LibrasLibras
Libras
 
LIBRAS-BASICO C RILLER - SEMED.ppt
LIBRAS-BASICO C RILLER - SEMED.pptLIBRAS-BASICO C RILLER - SEMED.ppt
LIBRAS-BASICO C RILLER - SEMED.ppt
 
Texto basico unidade5-sinais-iconicos
Texto basico unidade5-sinais-iconicosTexto basico unidade5-sinais-iconicos
Texto basico unidade5-sinais-iconicos
 
1. Fonologia de LS e cinco para_metros.pptx
1. Fonologia de LS e cinco para_metros.pptx1. Fonologia de LS e cinco para_metros.pptx
1. Fonologia de LS e cinco para_metros.pptx
 
Gralibras 1.Ddos
Gralibras 1.DdosGralibras 1.Ddos
Gralibras 1.Ddos
 
22653284 a-gramatica-de-libras-lucinda-ferreira-brito
22653284 a-gramatica-de-libras-lucinda-ferreira-brito22653284 a-gramatica-de-libras-lucinda-ferreira-brito
22653284 a-gramatica-de-libras-lucinda-ferreira-brito
 
Parâmetros da libras
Parâmetros da librasParâmetros da libras
Parâmetros da libras
 
SignWriting: as implicações e possibilidades para o futuro dos surdos
SignWriting: as implicações e possibilidades para o futuro dos surdos SignWriting: as implicações e possibilidades para o futuro dos surdos
SignWriting: as implicações e possibilidades para o futuro dos surdos
 
Pnaic unidade 3 sea - sistema de escrita alfabetica 1º encontro
Pnaic unidade 3   sea - sistema de escrita alfabetica  1º encontroPnaic unidade 3   sea - sistema de escrita alfabetica  1º encontro
Pnaic unidade 3 sea - sistema de escrita alfabetica 1º encontro
 
Pnaic unidade 3 sea - sistema de escrita alfabetica 1º encontro
Pnaic unidade 3   sea - sistema de escrita alfabetica  1º encontroPnaic unidade 3   sea - sistema de escrita alfabetica  1º encontro
Pnaic unidade 3 sea - sistema de escrita alfabetica 1º encontro
 
Irinete maria
Irinete mariaIrinete maria
Irinete maria
 
Apostila_LIBRAS para sua aula ficar emocionante
Apostila_LIBRAS para sua aula ficar emocionanteApostila_LIBRAS para sua aula ficar emocionante
Apostila_LIBRAS para sua aula ficar emocionante
 
Aspectos linguisticos libras
Aspectos linguisticos librasAspectos linguisticos libras
Aspectos linguisticos libras
 
Aspectos linguísticos da libras
Aspectos linguísticos da librasAspectos linguísticos da libras
Aspectos linguísticos da libras
 
Aspectos-linguisticos-de-libras
Aspectos-linguisticos-de-librasAspectos-linguisticos-de-libras
Aspectos-linguisticos-de-libras
 
alfabetizacao_letramento.pdf
alfabetizacao_letramento.pdfalfabetizacao_letramento.pdf
alfabetizacao_letramento.pdf
 

Mais de profamiriamnavarro

Como ganhar dinheiro em casa: ideias para professores
Como ganhar dinheiro em casa: ideias para professoresComo ganhar dinheiro em casa: ideias para professores
Como ganhar dinheiro em casa: ideias para professoresprofamiriamnavarro
 
MPEHG ALFABETO CARTOGRÁFICO E LEGENDA
MPEHG ALFABETO CARTOGRÁFICO E LEGENDAMPEHG ALFABETO CARTOGRÁFICO E LEGENDA
MPEHG ALFABETO CARTOGRÁFICO E LEGENDAprofamiriamnavarro
 
MPEHG AULA 13: Teoria e Prática do ensino de Geografia
MPEHG AULA 13: Teoria e Prática do ensino de GeografiaMPEHG AULA 13: Teoria e Prática do ensino de Geografia
MPEHG AULA 13: Teoria e Prática do ensino de Geografiaprofamiriamnavarro
 
MPEHG ALFABETIZAÇÃO CARTOGRÁFICA
MPEHG ALFABETIZAÇÃO CARTOGRÁFICAMPEHG ALFABETIZAÇÃO CARTOGRÁFICA
MPEHG ALFABETIZAÇÃO CARTOGRÁFICAprofamiriamnavarro
 
MPEHG AULA 12: Ciências Humanas, Geografia e BNCC
MPEHG AULA 12: Ciências Humanas, Geografia e BNCC MPEHG AULA 12: Ciências Humanas, Geografia e BNCC
MPEHG AULA 12: Ciências Humanas, Geografia e BNCC profamiriamnavarro
 
MPEHG AULA 11: Geografia na BNCC: unidades temáticas, objetos de conhecimento...
MPEHG AULA 11: Geografia na BNCC: unidades temáticas, objetos de conhecimento...MPEHG AULA 11: Geografia na BNCC: unidades temáticas, objetos de conhecimento...
MPEHG AULA 11: Geografia na BNCC: unidades temáticas, objetos de conhecimento...profamiriamnavarro
 
MPEHG AULA 10: Aula 10: Geografia na BNCC: introdução + competências específicas
MPEHG AULA 10: Aula 10: Geografia na BNCC: introdução + competências específicasMPEHG AULA 10: Aula 10: Geografia na BNCC: introdução + competências específicas
MPEHG AULA 10: Aula 10: Geografia na BNCC: introdução + competências específicasprofamiriamnavarro
 
MPEHG AULA 7: A formação do professor de História/ A atuação do aluno-mestre
MPEHG AULA 7: A formação do professor de História/ A atuação do aluno-mestre MPEHG AULA 7: A formação do professor de História/ A atuação do aluno-mestre
MPEHG AULA 7: A formação do professor de História/ A atuação do aluno-mestre profamiriamnavarro
 
MPEHG AULA 6: Eixos geradores do conhecimento / Metodologia do ensino de Hist...
MPEHG AULA 6: Eixos geradores do conhecimento / Metodologia do ensino de Hist...MPEHG AULA 6: Eixos geradores do conhecimento / Metodologia do ensino de Hist...
MPEHG AULA 6: Eixos geradores do conhecimento / Metodologia do ensino de Hist...profamiriamnavarro
 
MPEHG AULA 5: Planejamento e avaliação em História
MPEHG AULA 5: Planejamento e avaliação em História  MPEHG AULA 5: Planejamento e avaliação em História
MPEHG AULA 5: Planejamento e avaliação em História profamiriamnavarro
 
MPEHG AULA 4: Usos didáticos de documentos Documentos escritos/não escritos ...
MPEHG AULA 4: Usos didáticos de documentos  Documentos escritos/não escritos ...MPEHG AULA 4: Usos didáticos de documentos  Documentos escritos/não escritos ...
MPEHG AULA 4: Usos didáticos de documentos Documentos escritos/não escritos ...profamiriamnavarro
 
MPEHG AULA 3: Conteúdos Históricos: como selecionar? Aprendizagens em História
MPEHG AULA 3: Conteúdos Históricos: como selecionar?  Aprendizagens em História MPEHG AULA 3: Conteúdos Históricos: como selecionar?  Aprendizagens em História
MPEHG AULA 3: Conteúdos Históricos: como selecionar? Aprendizagens em História profamiriamnavarro
 
MPEHG AULA 2: História no Ensino Fundamental – Anos Iniciais Unidades temátic...
MPEHG AULA 2: História no Ensino Fundamental – Anos Iniciais Unidades temátic...MPEHG AULA 2: História no Ensino Fundamental – Anos Iniciais Unidades temátic...
MPEHG AULA 2: História no Ensino Fundamental – Anos Iniciais Unidades temátic...profamiriamnavarro
 
MPEHG AULA 1: Visão geral da BNCC
MPEHG AULA 1: Visão geral da BNCC MPEHG AULA 1: Visão geral da BNCC
MPEHG AULA 1: Visão geral da BNCC profamiriamnavarro
 
MPEMC AULA 11 e 12: Ensino de Ciências na sala de aula / Práticas científicas...
MPEMC AULA 11 e 12: Ensino de Ciências na sala de aula / Práticas científicas...MPEMC AULA 11 e 12: Ensino de Ciências na sala de aula / Práticas científicas...
MPEMC AULA 11 e 12: Ensino de Ciências na sala de aula / Práticas científicas...profamiriamnavarro
 
MPEMC AULA 10: Alfabetização Científica
MPEMC AULA 10: Alfabetização CientíficaMPEMC AULA 10: Alfabetização Científica
MPEMC AULA 10: Alfabetização Científicaprofamiriamnavarro
 
MPEMC AULA 9: Ciências na BNCC
MPEMC AULA 9: Ciências na BNCCMPEMC AULA 9: Ciências na BNCC
MPEMC AULA 9: Ciências na BNCCprofamiriamnavarro
 
MPEMC AULA 8: Álgebra, Probabilidade e Estatística
MPEMC AULA 8: Álgebra, Probabilidade e EstatísticaMPEMC AULA 8: Álgebra, Probabilidade e Estatística
MPEMC AULA 8: Álgebra, Probabilidade e Estatísticaprofamiriamnavarro
 
MPEMC AULA 7: Grandezas e Medidas
MPEMC AULA 7: Grandezas e MedidasMPEMC AULA 7: Grandezas e Medidas
MPEMC AULA 7: Grandezas e Medidasprofamiriamnavarro
 

Mais de profamiriamnavarro (20)

Como ganhar dinheiro em casa: ideias para professores
Como ganhar dinheiro em casa: ideias para professoresComo ganhar dinheiro em casa: ideias para professores
Como ganhar dinheiro em casa: ideias para professores
 
Aplicativos para aula ao vivo
Aplicativos para aula ao vivoAplicativos para aula ao vivo
Aplicativos para aula ao vivo
 
MPEHG ALFABETO CARTOGRÁFICO E LEGENDA
MPEHG ALFABETO CARTOGRÁFICO E LEGENDAMPEHG ALFABETO CARTOGRÁFICO E LEGENDA
MPEHG ALFABETO CARTOGRÁFICO E LEGENDA
 
MPEHG AULA 13: Teoria e Prática do ensino de Geografia
MPEHG AULA 13: Teoria e Prática do ensino de GeografiaMPEHG AULA 13: Teoria e Prática do ensino de Geografia
MPEHG AULA 13: Teoria e Prática do ensino de Geografia
 
MPEHG ALFABETIZAÇÃO CARTOGRÁFICA
MPEHG ALFABETIZAÇÃO CARTOGRÁFICAMPEHG ALFABETIZAÇÃO CARTOGRÁFICA
MPEHG ALFABETIZAÇÃO CARTOGRÁFICA
 
MPEHG AULA 12: Ciências Humanas, Geografia e BNCC
MPEHG AULA 12: Ciências Humanas, Geografia e BNCC MPEHG AULA 12: Ciências Humanas, Geografia e BNCC
MPEHG AULA 12: Ciências Humanas, Geografia e BNCC
 
MPEHG AULA 11: Geografia na BNCC: unidades temáticas, objetos de conhecimento...
MPEHG AULA 11: Geografia na BNCC: unidades temáticas, objetos de conhecimento...MPEHG AULA 11: Geografia na BNCC: unidades temáticas, objetos de conhecimento...
MPEHG AULA 11: Geografia na BNCC: unidades temáticas, objetos de conhecimento...
 
MPEHG AULA 10: Aula 10: Geografia na BNCC: introdução + competências específicas
MPEHG AULA 10: Aula 10: Geografia na BNCC: introdução + competências específicasMPEHG AULA 10: Aula 10: Geografia na BNCC: introdução + competências específicas
MPEHG AULA 10: Aula 10: Geografia na BNCC: introdução + competências específicas
 
MPEHG AULA 7: A formação do professor de História/ A atuação do aluno-mestre
MPEHG AULA 7: A formação do professor de História/ A atuação do aluno-mestre MPEHG AULA 7: A formação do professor de História/ A atuação do aluno-mestre
MPEHG AULA 7: A formação do professor de História/ A atuação do aluno-mestre
 
MPEHG AULA 6: Eixos geradores do conhecimento / Metodologia do ensino de Hist...
MPEHG AULA 6: Eixos geradores do conhecimento / Metodologia do ensino de Hist...MPEHG AULA 6: Eixos geradores do conhecimento / Metodologia do ensino de Hist...
MPEHG AULA 6: Eixos geradores do conhecimento / Metodologia do ensino de Hist...
 
MPEHG AULA 5: Planejamento e avaliação em História
MPEHG AULA 5: Planejamento e avaliação em História  MPEHG AULA 5: Planejamento e avaliação em História
MPEHG AULA 5: Planejamento e avaliação em História
 
MPEHG AULA 4: Usos didáticos de documentos Documentos escritos/não escritos ...
MPEHG AULA 4: Usos didáticos de documentos  Documentos escritos/não escritos ...MPEHG AULA 4: Usos didáticos de documentos  Documentos escritos/não escritos ...
MPEHG AULA 4: Usos didáticos de documentos Documentos escritos/não escritos ...
 
MPEHG AULA 3: Conteúdos Históricos: como selecionar? Aprendizagens em História
MPEHG AULA 3: Conteúdos Históricos: como selecionar?  Aprendizagens em História MPEHG AULA 3: Conteúdos Históricos: como selecionar?  Aprendizagens em História
MPEHG AULA 3: Conteúdos Históricos: como selecionar? Aprendizagens em História
 
MPEHG AULA 2: História no Ensino Fundamental – Anos Iniciais Unidades temátic...
MPEHG AULA 2: História no Ensino Fundamental – Anos Iniciais Unidades temátic...MPEHG AULA 2: História no Ensino Fundamental – Anos Iniciais Unidades temátic...
MPEHG AULA 2: História no Ensino Fundamental – Anos Iniciais Unidades temátic...
 
MPEHG AULA 1: Visão geral da BNCC
MPEHG AULA 1: Visão geral da BNCC MPEHG AULA 1: Visão geral da BNCC
MPEHG AULA 1: Visão geral da BNCC
 
MPEMC AULA 11 e 12: Ensino de Ciências na sala de aula / Práticas científicas...
MPEMC AULA 11 e 12: Ensino de Ciências na sala de aula / Práticas científicas...MPEMC AULA 11 e 12: Ensino de Ciências na sala de aula / Práticas científicas...
MPEMC AULA 11 e 12: Ensino de Ciências na sala de aula / Práticas científicas...
 
MPEMC AULA 10: Alfabetização Científica
MPEMC AULA 10: Alfabetização CientíficaMPEMC AULA 10: Alfabetização Científica
MPEMC AULA 10: Alfabetização Científica
 
MPEMC AULA 9: Ciências na BNCC
MPEMC AULA 9: Ciências na BNCCMPEMC AULA 9: Ciências na BNCC
MPEMC AULA 9: Ciências na BNCC
 
MPEMC AULA 8: Álgebra, Probabilidade e Estatística
MPEMC AULA 8: Álgebra, Probabilidade e EstatísticaMPEMC AULA 8: Álgebra, Probabilidade e Estatística
MPEMC AULA 8: Álgebra, Probabilidade e Estatística
 
MPEMC AULA 7: Grandezas e Medidas
MPEMC AULA 7: Grandezas e MedidasMPEMC AULA 7: Grandezas e Medidas
MPEMC AULA 7: Grandezas e Medidas
 

Último

Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAbdLuxemBourg
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdfLindinhaSilva1
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxIlda Bicacro
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxCarolineWaitman
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasBibliotecaViatodos
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfAndersonW5
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...Eró Cunha
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfCsarBaltazar1
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasMonizeEvellin2
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfCarolineNunes80
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasdiegosouzalira10
 
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptxSanta Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptxMartin M Flynn
 

Último (20)

Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
 
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptxSanta Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
 

LIBRAS AULA 11: Aspectos Linguísticos da língua de sinais - Aspectos fonológicos

  • 1. LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS Profa. Me. Míriam Navarro de Castro Nunes Aula 11: Aspectos Linguísticos da língua de sinais Aspectos fonológicos
  • 2. • PEREIRA, M. C. da C. (org). LIBRAS conhecimento além dos sinais. São Paulo: Person Prentice Hall, 2011. Pag. 59-69 . TEXTO
  • 3. • Se distinguem das línguas orais porque se utilizam do canal visual- espacial e NÃO do oral-auditivo. • São denominadas línguas de modalidade gestual-visual. • A informação linguística é recebida pelos olhos e produzida no espaço, pelas mãos, pelo movimento do corpo e pela expressão facial. Línguas de Sinais
  • 4. • Apesar da diferença existente entre línguas de sinais e línguas orais, ambas seguem os mesmos princípios por possuírem: • Léxico: conjunto de símbolos convencionais. • Gramática: sistema de regras que rege o uso desses símbolos. Línguas de Sinais X Línguas Orais
  • 5. • Stokoe (1960) foi o primeiro pesquisador a afirmar que a língua de sinais americana atendia a todos os critérios linguísticos de uma língua genuína. • Ele investigou a formação do sinal e definiu três parâmetros que eram utilizados simultaneamente na formação de um sinal particular: configuração de mãos, localização e movimento. • Battison (1974) acrescentou o quarto parâmetro: orientação das palmas das mãos. Línguas de Sinais
  • 6. • Baker e Padden (1978) incluíram o quinto parâmetro: traços não manuais como: expressão facial, movimentos da boca e direção do olhar. • Novos estudos foram realizados em países como França, Itália, Uruguai, Argentina, Suécia, Brasil etc. As línguas de sinais são diferentes em cada país e independem das línguas orais-auditivas. • A Libras é a Língua de Sinais utilizada pelos Surdos que vivem no Brasil. Línguas de Sinais
  • 7. • Os sinais, nas Libras são formados a partir da combinação do movimento das mãos com um determinado formato em um lugar específico, podendo este ser uma parte do corpo ou um espaço em frente ao corpo. • PARÂMETROS PARA FORMAÇÃO DOS SINAIS: configuração das mãos, localização, movimento, orientação das palmas das mãos e traços não manuais. Aspectos fonológicos MUITO IMPORTANTE!!!
  • 8. • Refere-se às formas que as mãos assumem na produção dos sinais, que podem ser a datilologia (alfabeto digital/manual) ou outras formas feitas pela mão dominante ou pelas duas mãos. • Na Libras foram identificadas até agora 63 configurações de mãos (Lira e Souza, 2006; Pimenta e Quadros, 2007). • Cada configuração das mãos responde por um número de sinais. Configuração das mãos
  • 11. Feliz
  • 17. • É o lugar, no corpo ou no espaço, em que o sinal é articulado, podendo a mão tocar alguma parte do corpo ou estar em um espaço neutro. • Os sinais BRINCAR e TRABALHAR são feitos no espaço neutro (em frente ao corpo). • Os sinais PENSAR, DIFÍCIL e ESQUECER são feitos na testa. Localização
  • 23. • Envolve desde os movimentos internos da mão, os movimentos do pulso e os movimentos direcionais no espaço até o conjunto de movimentos do sinal (Klima e Bellugi, 1979). Movimento
  • 24. •Trabalho: as mão realizam movimentos alternados para frente e para trás.
  • 25. • É a direção para qual a palma da mão aponta na produção do sinal (Quadros e Karnop, 2004). • Pode ser para cima, para baixo, para o corpo, para a frente PARA A ESQUERDA ou PARA A DIREITA. Orientação das palmas das mãos AJUDAR
  • 26. • Envolvem expressão facial, movimento corporal e olhar. • LINDO, LINDINHO, LINDÍSSIMO: mesmo sinal, expressões faciais diferentes. Traços não manuais
  • 27.
  • 28. • Na Libras, a alteração de parâmetros resulta em mudança no sinal. • Os sinais APRENDER, SÁBADO e OUVINTE têm a mesma configuração de mãos e o mesmo movimento, embora sejam produzidos em lugares diferentes do corpo. Traços distintivos da Libras
  • 29.
  • 31. A partir das pesquisas de Stokoe, Battison, Baker e Padden, definiram-se os parâmetros fonológicos das das línguas de sinais, que são: a) Configuração das mãos, localização, movimento, orientação das palmas das mãos e traços não manuais. b) ponto de articulação, alfabeto manual e expressões não manuais. c) orientação do olhar, ponto de articulação, expressão facial, expressões não manuais. d) alfabeto manual, orientação do olhar, expressão corporal, configuração da mão. e) locação ou ponto de articulação, expressões não manuais, expressão facial.
  • 32. A LIBRAS e a língua portuguesa são, reconhecidamente, línguas naturais, com estrutura própria. No que tange à produção e à recepção linguística, as línguas citadas são, respectivamente, de modalidade a) audioaural e gestovisual. b) áudio-oral e visuoespacial. c) visuoespacial e oral-auditiva. d) gestual-visual e oral-auditiva. e) visuoespacial e auditivo-oral.
  • 33. Considerando os aspectos linguísticos da Libras, assinale a alternativa CORRETA. a) A Libras, como qualquer outra língua de sinais, usada em diferentes países, não apresenta regras que respondem a sua formação e a sua organização linguística no discurso e nas suas estruturas frasais. b) Apesar da diferença existente entre línguas de sinais e línguas orais, ambas seguem os mesmos princípios, por possuírem um conjunto de símbolos convencionais e uma gramática que rege o uso desses símbolos. c) Igualmente às línguas orais, os articuladores primários das línguas de sinais são as mãos, que se movimentam no espaço, em frente ao corpo, para produzirem sinais em determinadas localizações espaciais. d) Nos aspectos fonológicos, os traços não manuais envolvem as expressões faciais e não, os movimentos corporais. e) Na Libras, os sinais de |VACA| e |EVITAR| apresentam pares em oposição ao ponto de articulação.
  • 35. Marque a alternativa que apresenta o sinal correspondente a palavra Pedagogia. a) b) c) d) e)
  • 36. Considerando os aspectos fonológicos da Libras, a CONFIGURAÇÃO DE MÃOS refere-se: a) ao lugar, no corpo ou no espaço, em que o sinal é articulado. b) às formas que as mãos assumem na produção dos sinais. c) aos movimentos internos da mão e do pulso. d) a direção para qual a palma da mão aponta na produção do sinal. e) à expressão facial, ao movimento corporal e ao olhar.
  • 37. Vídeos [PARÂMETROS DA LIBRAS] CONFIGURAÇÃO DE MÃO | PARTE 01/05 - DANRLEY OLIVEIRA: https://youtu.be/1C54H6CrqpU [PARÂMETROS DA LIBRAS] MOVIMENTO | PARTE 02/05 - DANRLEY OLIVEIRA: https://youtu.be/v8Q9KRY0q7w [PARÂMETROS DA LIBRAS] PONTO DE ARTICULAÇÃO E LOCAÇÃO | PARTE 03/05 | DANRLEY OLIVEIRA: https://youtu.be/gDPIRv9zfRU [PARÂMETROS DA LIBRAS] ORIENTAÇÃO DA MÃO | PARTE 04/05 | DANRLEY OLIVEIRA: https://youtu.be/t_f1f6RA6oQ [PARÂMETROS DA LIBRAS] EXPRESSÕES | PARTE 05/05 | DANRLEY OLIVEIRA: https://youtu.be/xUMtfPtbNbs