SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 15
O ensino e a aprendizagem da
   linguagem escrita em classes do
primeiro ano do ensino fundamental.
   É preciso pensar em uma prática educativa que
    considere a criança como eixo do processo e leve em
    conta as diferentes dimensões de sua formação. Além
    disso, para garantir o pleno desenvolvimento dos
    alunos é fundamental que a ação educativa se baseie
    em uma orientação teórico metodológica. Nesta
    apresentação será exposto tópico referentes ao
    desenvolvimento da linguagem e escrita. E propostas
    de atividades que colaborem para a construção de uma
    prática pedagógica.
   Tendo em vista as modificações que se processaram nas
    sociedades contemporânea, podemos destacar uma
    mudança no que chamamos de alfabetização. O sujeito
    alfabetizado era aquele que sabia escrever seu próprio
    nome.
   Alfabetização trata-se do domínio da tecnologia, ou
    conjunto de técnicas que capacita o sujeito a exercer a arte e
    a ciência da escrita.
   Letramento é exercício excessivo e competente da escrita
    que implica habilidades, tais como a capacidade de ler e
    escrever para informar ou informar-se.
   Ser letrado é o resultado de um conjunto de fatores que se
    articulam entre si: o convívio com pessoas letradas, o
    desenvolvimento das capacidades de leitura e escrita.
   Aproximar as crianças a uma cultura letrada, através de
    recursos lingüísticos orais ou escritos, bem como propor
    meios para se pensar “para que” e “como” as pessoas lêem e
    escrevem no cotidiano.
   As crianças desenvolverão alguns mecanismos para o
    aprendizado da leitura e da escrita
   A habilidade de leitura e escrita leva tempo para ser
    desenvolvida e requer treino.
   As crianças deverão desenvolver também habilidade para
    interpretar textos com autonomia
   Em alguns círculos sociais, as crianças lidam desde muito
    cedo com o texto escrito através de observação.
   Para desenvolver estratégias para a aquisição de leitura e
    escrita, não é preciso esperar que as crianças escrevam
    convencionalmente.
   Peças teatrais,leituras de livros, pesquisas sobre
    o assunto do texto trabalhado ampliam as
    atividades de leitura e escrita.
   A mediação dos professores é muito necessária
    do momento do desenvolvimento da
    aprendizagem da leitura e da escrita

   O professor deve buscar propostas e soluções
    criativas para manterem os alunos atentos as
    atividades que serão realizadas
No início do processo de alfabetização elas (crianças) começam
  a lidar a diferença de dois planos de linguagem:
 Plano do conteúdo (dos significados) - significados e
  sentidos produzidos quando usamos a língua oral ou
  escrita;
 Plano da expressão (dos sons) - significados e sentidos no
  que diz respeito às formas linguísticas;

   A compreensão da natureza alfabética do sistema da escrita
   e o desenvolvimento da consciência fonológica integram e
   estimulam o desenvolvimento infantil à medida que
   promovem a competência simbólica das crianças.
   No primeiro momento, ainda sem fazer distinção, a criança
    se propõe imitar o ato de escrever, como num jogo.
   O resultado dessas primeiras "escritas" pode aparecer como
    linhas onduladas ou quebradas (zig-zag), contínuas ou
    fragmentadas, ou uma séries de linhas verticais ou bolinhas.
    Essa aparência figural inicial não é garantia de escrita
    propriamente dita, a não ser que se conheça as condições
    nas quais foram produzidas.
   Figurativos - tem a ver com os elementos formais, tais como:
    a qualidade do traçado, a distribuição espacial das
    formas, etc.
   Construtivos - tem relação com o que o sujeito quis
    representar e os meios que empregou para criar
    diferenciação entre as representações.

    Quando ocorre a intencionalidade por parte da criança, ou
    seja, quando constatamos aspectos construtivos, é que
    consideramos que houve uma produção escrita.
   Primeiro período: Distinção entre o modo de
    representação icônico e não-icônico
   Segundo período: Ocorre a construção de
    formas de diferenciação entre o qualitativo e o
    quantitativo
   Terceiro período: É marcado pela formatização
    da escrita
   As crianças já possuem domínio sobre a língua
    materna quando chegam ao Ensino
    Fundamental. A função do pedagogo é ampliar
    o desenvolvimento cognitivo e cultural das
    crianças.
A alfabetização é o processo de decodificação
  de signos. O letramento é a prática social da
               leitura e da escrita.
A criança chega na escola com conhecimentos
 linguísticos que devem ser aprimorados pelo
professor que é o mediador desse processo. O
    aluno deve desenvolver-se de sua língua
materna para a prática da escrita convencional.
Bruna de Paula Pereira,Camila da Silva de Souza,
  Daniel Vieira, Jennifer Moreira Lunz e Pâmela
  Aschoff.
MONTEIRO et BAPTIStA; Sara, Monica –
 Alfabetização e Letramento

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentação alfabetização e letramento
Apresentação alfabetização e letramentoApresentação alfabetização e letramento
Apresentação alfabetização e letramentoVivi Veloso
 
Slides 1 ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO
Slides 1 ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTOSlides 1 ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO
Slides 1 ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTOEdna Monteiro
 
Fundamentos teoricos e metodologicos da alfabetização e do letramento
Fundamentos teoricos e metodologicos da alfabetização e do letramentoFundamentos teoricos e metodologicos da alfabetização e do letramento
Fundamentos teoricos e metodologicos da alfabetização e do letramentoSusanne Messias
 
Slides planejamento escolar
Slides planejamento escolarSlides planejamento escolar
Slides planejamento escolarAnanda Lima
 
Alfabetização e letramento
Alfabetização e letramentoAlfabetização e letramento
Alfabetização e letramentoHelena Zanotto
 
Alfabetização e Letramento _apresentação 1 - formação de professores
Alfabetização e Letramento _apresentação 1 - formação de professoresAlfabetização e Letramento _apresentação 1 - formação de professores
Alfabetização e Letramento _apresentação 1 - formação de professoresMicheli Rader
 
Psicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua EscritaPsicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua EscritaBruna Braga
 
Métodos de alfabetização
Métodos de alfabetizaçãoMétodos de alfabetização
Métodos de alfabetizaçãoDayane Hofmann
 
Organização do trabalho pedagógico
Organização do trabalho pedagógicoOrganização do trabalho pedagógico
Organização do trabalho pedagógicoMagda Marques
 
Planejamento escolar
Planejamento escolarPlanejamento escolar
Planejamento escolarJoao Balbi
 
Literatura infantil auxilio no processo de alfabetização e letramento
Literatura infantil   auxilio no processo de alfabetização e letramentoLiteratura infantil   auxilio no processo de alfabetização e letramento
Literatura infantil auxilio no processo de alfabetização e letramentoAna Lúcia Hennemann
 
Hipóteses da Psicogêse da Língua Escríta
Hipóteses da Psicogêse da Língua EscrítaHipóteses da Psicogêse da Língua Escríta
Hipóteses da Psicogêse da Língua EscrítaAnne Cunha Silveira
 

Mais procurados (20)

Gestão escolar
Gestão escolarGestão escolar
Gestão escolar
 
Apresentação alfabetização e letramento
Apresentação alfabetização e letramentoApresentação alfabetização e letramento
Apresentação alfabetização e letramento
 
Slides 1 ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO
Slides 1 ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTOSlides 1 ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO
Slides 1 ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO
 
Fundamentos teoricos e metodologicos da alfabetização e do letramento
Fundamentos teoricos e metodologicos da alfabetização e do letramentoFundamentos teoricos e metodologicos da alfabetização e do letramento
Fundamentos teoricos e metodologicos da alfabetização e do letramento
 
Projeto politico pedagogico PPP
Projeto politico pedagogico PPPProjeto politico pedagogico PPP
Projeto politico pedagogico PPP
 
Ppt avaliação
Ppt avaliaçãoPpt avaliação
Ppt avaliação
 
Slides planejamento escolar
Slides planejamento escolarSlides planejamento escolar
Slides planejamento escolar
 
Alfabetização e letramento
Alfabetização e letramentoAlfabetização e letramento
Alfabetização e letramento
 
Alfabetização e Letramento _apresentação 1 - formação de professores
Alfabetização e Letramento _apresentação 1 - formação de professoresAlfabetização e Letramento _apresentação 1 - formação de professores
Alfabetização e Letramento _apresentação 1 - formação de professores
 
Psicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua EscritaPsicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua Escrita
 
Métodos de alfabetização
Métodos de alfabetizaçãoMétodos de alfabetização
Métodos de alfabetização
 
Currículo escolar
Currículo escolarCurrículo escolar
Currículo escolar
 
Metodos
MetodosMetodos
Metodos
 
ALFABETIZAÇÃO
ALFABETIZAÇÃOALFABETIZAÇÃO
ALFABETIZAÇÃO
 
Curriculo
CurriculoCurriculo
Curriculo
 
BNCC na prática
BNCC na práticaBNCC na prática
BNCC na prática
 
Organização do trabalho pedagógico
Organização do trabalho pedagógicoOrganização do trabalho pedagógico
Organização do trabalho pedagógico
 
Planejamento escolar
Planejamento escolarPlanejamento escolar
Planejamento escolar
 
Literatura infantil auxilio no processo de alfabetização e letramento
Literatura infantil   auxilio no processo de alfabetização e letramentoLiteratura infantil   auxilio no processo de alfabetização e letramento
Literatura infantil auxilio no processo de alfabetização e letramento
 
Hipóteses da Psicogêse da Língua Escríta
Hipóteses da Psicogêse da Língua EscrítaHipóteses da Psicogêse da Língua Escríta
Hipóteses da Psicogêse da Língua Escríta
 

Destaque

Concepcoes de alfabetizacao e letramento
Concepcoes de alfabetizacao e letramentoConcepcoes de alfabetizacao e letramento
Concepcoes de alfabetizacao e letramentozetesousa
 
Fundamentação teorica sobre leitura
Fundamentação teorica sobre leituraFundamentação teorica sobre leitura
Fundamentação teorica sobre leituraAldo Socram
 
Projeto de Leitura
Projeto de LeituraProjeto de Leitura
Projeto de LeituraJomari
 
Língua Portuguesa No Mundo
Língua Portuguesa No MundoLíngua Portuguesa No Mundo
Língua Portuguesa No Mundosandraneves
 
Power point portugues no mundo tema 5 tic
Power point portugues no mundo tema 5 ticPower point portugues no mundo tema 5 tic
Power point portugues no mundo tema 5 ticNatalia Alcubo
 
Ensino da gramática na escola
Ensino da gramática na escolaEnsino da gramática na escola
Ensino da gramática na escolaRodrigo Oliveira
 
Apresentação do TCC: Fernando Pessoa e Heterônimos
Apresentação do TCC: Fernando Pessoa e HeterônimosApresentação do TCC: Fernando Pessoa e Heterônimos
Apresentação do TCC: Fernando Pessoa e HeterônimosFelipe De Souza Costa
 
TCC- AS CONCEPÇÕES DE LÍNGUAGEM: Diagnóstico para proposta de intervenção no ...
TCC- AS CONCEPÇÕES DE LÍNGUAGEM: Diagnóstico para proposta de intervenção no ...TCC- AS CONCEPÇÕES DE LÍNGUAGEM: Diagnóstico para proposta de intervenção no ...
TCC- AS CONCEPÇÕES DE LÍNGUAGEM: Diagnóstico para proposta de intervenção no ...Joyce Nascimento
 
Alfabetização e letramento
Alfabetização e  letramentoAlfabetização e  letramento
Alfabetização e letramentoproletramentoalfa
 
Poesia na sala de aula
Poesia na sala de aulaPoesia na sala de aula
Poesia na sala de aulaShirley Lauria
 
Repartição da população portuguesa
Repartição da população portuguesaRepartição da população portuguesa
Repartição da população portuguesaRute Santos
 
Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa
Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade CertaPacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa
Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade CertaPalácio do Planalto
 
Slides caderno 5 atual
Slides   caderno 5 atualSlides   caderno 5 atual
Slides caderno 5 atualweleslima
 
DIVERSIDADE LINGUÍSTICA NA SALA DE AULA
DIVERSIDADE LINGUÍSTICA NA SALA DE AULADIVERSIDADE LINGUÍSTICA NA SALA DE AULA
DIVERSIDADE LINGUÍSTICA NA SALA DE AULARoberto Carlos Sena
 
Alfabetização slides
Alfabetização slidesAlfabetização slides
Alfabetização slidesAVM
 

Destaque (20)

Concepcoes de alfabetizacao e letramento
Concepcoes de alfabetizacao e letramentoConcepcoes de alfabetizacao e letramento
Concepcoes de alfabetizacao e letramento
 
Interacionismo E Letramento
Interacionismo E LetramentoInteracionismo E Letramento
Interacionismo E Letramento
 
Fundamentação teorica sobre leitura
Fundamentação teorica sobre leituraFundamentação teorica sobre leitura
Fundamentação teorica sobre leitura
 
Projeto de Leitura
Projeto de LeituraProjeto de Leitura
Projeto de Leitura
 
Língua Portuguesa No Mundo
Língua Portuguesa No MundoLíngua Portuguesa No Mundo
Língua Portuguesa No Mundo
 
Power point portugues no mundo tema 5 tic
Power point portugues no mundo tema 5 ticPower point portugues no mundo tema 5 tic
Power point portugues no mundo tema 5 tic
 
Ensino da gramática na escola
Ensino da gramática na escolaEnsino da gramática na escola
Ensino da gramática na escola
 
Apresentação do TCC: Fernando Pessoa e Heterônimos
Apresentação do TCC: Fernando Pessoa e HeterônimosApresentação do TCC: Fernando Pessoa e Heterônimos
Apresentação do TCC: Fernando Pessoa e Heterônimos
 
TCC- AS CONCEPÇÕES DE LÍNGUAGEM: Diagnóstico para proposta de intervenção no ...
TCC- AS CONCEPÇÕES DE LÍNGUAGEM: Diagnóstico para proposta de intervenção no ...TCC- AS CONCEPÇÕES DE LÍNGUAGEM: Diagnóstico para proposta de intervenção no ...
TCC- AS CONCEPÇÕES DE LÍNGUAGEM: Diagnóstico para proposta de intervenção no ...
 
Alfabetização e letramento
Alfabetização e  letramentoAlfabetização e  letramento
Alfabetização e letramento
 
Poesia na sala de aula
Poesia na sala de aulaPoesia na sala de aula
Poesia na sala de aula
 
Repartição da população portuguesa
Repartição da população portuguesaRepartição da população portuguesa
Repartição da população portuguesa
 
Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa
Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade CertaPacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa
Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa
 
Slides caderno 5 atual
Slides   caderno 5 atualSlides   caderno 5 atual
Slides caderno 5 atual
 
Letramento
LetramentoLetramento
Letramento
 
DIVERSIDADE LINGUÍSTICA NA SALA DE AULA
DIVERSIDADE LINGUÍSTICA NA SALA DE AULADIVERSIDADE LINGUÍSTICA NA SALA DE AULA
DIVERSIDADE LINGUÍSTICA NA SALA DE AULA
 
A Importância da Leitura
A Importância da LeituraA Importância da Leitura
A Importância da Leitura
 
Alfabetização slides
Alfabetização slidesAlfabetização slides
Alfabetização slides
 
Slides leitura
Slides leituraSlides leitura
Slides leitura
 
Alfabetizacao
AlfabetizacaoAlfabetizacao
Alfabetizacao
 

Semelhante a Alfabetização e letramento (slide)

Alfabetizaoeletramentoslide 121205203033-phpapp02
Alfabetizaoeletramentoslide 121205203033-phpapp02Alfabetizaoeletramentoslide 121205203033-phpapp02
Alfabetizaoeletramentoslide 121205203033-phpapp02Débora Zabim Grella
 
Alfabetização e letramento repensando a prática de ensino da língua
Alfabetização e letramento repensando a prática de ensino da línguaAlfabetização e letramento repensando a prática de ensino da língua
Alfabetização e letramento repensando a prática de ensino da línguaGraça Barros
 
Práticas de escrita na educação infantil
Práticas de escrita na educação infantilPráticas de escrita na educação infantil
Práticas de escrita na educação infantilorientacoesdidaticas
 
Cp ativ colaborativa_template competencias profissionais
Cp ativ colaborativa_template competencias profissionaisCp ativ colaborativa_template competencias profissionais
Cp ativ colaborativa_template competencias profissionaismkbariotto
 
Ava competências profissionais
Ava   competências profissionaisAva   competências profissionais
Ava competências profissionaismkbariotto
 
Direitos de aprendizagens do ciclo de alfabetização
Direitos de aprendizagens do ciclo de alfabetizaçãoDireitos de aprendizagens do ciclo de alfabetização
Direitos de aprendizagens do ciclo de alfabetizaçãoValéria Maciel
 
Linguagem oral e escrita
Linguagem oral e escrita Linguagem oral e escrita
Linguagem oral e escrita Luiza Souza
 
Pnaic sintese unidade 2 from juliana arruda
Pnaic sintese unidade 2 from juliana arrudaPnaic sintese unidade 2 from juliana arruda
Pnaic sintese unidade 2 from juliana arrudatlfleite
 
Reunião de 15 de março.
Reunião de 15 de março.Reunião de 15 de março.
Reunião de 15 de março.anadarc
 
Projeto teoria e prática da alfabetização
Projeto teoria e prática da alfabetizaçãoProjeto teoria e prática da alfabetização
Projeto teoria e prática da alfabetizaçãoAlineGarotti
 
Rcnei vol3 (linuagem oral e escrita p. 107-149)
Rcnei vol3 (linuagem oral e escrita   p. 107-149)Rcnei vol3 (linuagem oral e escrita   p. 107-149)
Rcnei vol3 (linuagem oral e escrita p. 107-149)Naysa Taboada
 
ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO.pdf
ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO.pdfALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO.pdf
ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO.pdfAndrea491870
 
SIMULADO 1.pptx
SIMULADO 1.pptxSIMULADO 1.pptx
SIMULADO 1.pptxEcklebson
 

Semelhante a Alfabetização e letramento (slide) (20)

Alfabetizaoeletramentoslide 121205203033-phpapp02
Alfabetizaoeletramentoslide 121205203033-phpapp02Alfabetizaoeletramentoslide 121205203033-phpapp02
Alfabetizaoeletramentoslide 121205203033-phpapp02
 
Alfabetização e letramento repensando a prática de ensino da língua
Alfabetização e letramento repensando a prática de ensino da línguaAlfabetização e letramento repensando a prática de ensino da língua
Alfabetização e letramento repensando a prática de ensino da língua
 
Práticas de escrita na educação infantil
Práticas de escrita na educação infantilPráticas de escrita na educação infantil
Práticas de escrita na educação infantil
 
Palestra alfabetização
Palestra alfabetizaçãoPalestra alfabetização
Palestra alfabetização
 
Cp ativ colaborativa_template competencias profissionais
Cp ativ colaborativa_template competencias profissionaisCp ativ colaborativa_template competencias profissionais
Cp ativ colaborativa_template competencias profissionais
 
Ava competências profissionais
Ava   competências profissionaisAva   competências profissionais
Ava competências profissionais
 
Direitos de aprendizagens do ciclo de alfabetização
Direitos de aprendizagens do ciclo de alfabetizaçãoDireitos de aprendizagens do ciclo de alfabetização
Direitos de aprendizagens do ciclo de alfabetização
 
Linguagem oral e escrita
Linguagem oral e escrita Linguagem oral e escrita
Linguagem oral e escrita
 
Pnaic sintese unidade 2 from juliana arruda
Pnaic sintese unidade 2 from juliana arrudaPnaic sintese unidade 2 from juliana arruda
Pnaic sintese unidade 2 from juliana arruda
 
Reunião de 15 de março.
Reunião de 15 de março.Reunião de 15 de março.
Reunião de 15 de março.
 
Eixo linguagem oral e escrita
Eixo linguagem oral e escritaEixo linguagem oral e escrita
Eixo linguagem oral e escrita
 
Eixo linguagem oral e escrita
Eixo linguagem oral e escritaEixo linguagem oral e escrita
Eixo linguagem oral e escrita
 
Trabalho ciclo
Trabalho cicloTrabalho ciclo
Trabalho ciclo
 
Da fala a_escrita
Da fala a_escritaDa fala a_escrita
Da fala a_escrita
 
Da fala a_escrita
Da fala a_escritaDa fala a_escrita
Da fala a_escrita
 
Projeto teoria e prática da alfabetização
Projeto teoria e prática da alfabetizaçãoProjeto teoria e prática da alfabetização
Projeto teoria e prática da alfabetização
 
Rcnei vol3 (linuagem oral e escrita p. 107-149)
Rcnei vol3 (linuagem oral e escrita   p. 107-149)Rcnei vol3 (linuagem oral e escrita   p. 107-149)
Rcnei vol3 (linuagem oral e escrita p. 107-149)
 
Alusai artigo3 copia
Alusai artigo3   copiaAlusai artigo3   copia
Alusai artigo3 copia
 
ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO.pdf
ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO.pdfALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO.pdf
ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO.pdf
 
SIMULADO 1.pptx
SIMULADO 1.pptxSIMULADO 1.pptx
SIMULADO 1.pptx
 

Alfabetização e letramento (slide)

  • 1. O ensino e a aprendizagem da linguagem escrita em classes do primeiro ano do ensino fundamental.
  • 2. É preciso pensar em uma prática educativa que considere a criança como eixo do processo e leve em conta as diferentes dimensões de sua formação. Além disso, para garantir o pleno desenvolvimento dos alunos é fundamental que a ação educativa se baseie em uma orientação teórico metodológica. Nesta apresentação será exposto tópico referentes ao desenvolvimento da linguagem e escrita. E propostas de atividades que colaborem para a construção de uma prática pedagógica.
  • 3. Tendo em vista as modificações que se processaram nas sociedades contemporânea, podemos destacar uma mudança no que chamamos de alfabetização. O sujeito alfabetizado era aquele que sabia escrever seu próprio nome.  Alfabetização trata-se do domínio da tecnologia, ou conjunto de técnicas que capacita o sujeito a exercer a arte e a ciência da escrita.  Letramento é exercício excessivo e competente da escrita que implica habilidades, tais como a capacidade de ler e escrever para informar ou informar-se.  Ser letrado é o resultado de um conjunto de fatores que se articulam entre si: o convívio com pessoas letradas, o desenvolvimento das capacidades de leitura e escrita.
  • 4. Aproximar as crianças a uma cultura letrada, através de recursos lingüísticos orais ou escritos, bem como propor meios para se pensar “para que” e “como” as pessoas lêem e escrevem no cotidiano.
  • 5. As crianças desenvolverão alguns mecanismos para o aprendizado da leitura e da escrita  A habilidade de leitura e escrita leva tempo para ser desenvolvida e requer treino.  As crianças deverão desenvolver também habilidade para interpretar textos com autonomia  Em alguns círculos sociais, as crianças lidam desde muito cedo com o texto escrito através de observação.  Para desenvolver estratégias para a aquisição de leitura e escrita, não é preciso esperar que as crianças escrevam convencionalmente.
  • 6. Peças teatrais,leituras de livros, pesquisas sobre o assunto do texto trabalhado ampliam as atividades de leitura e escrita.
  • 7. A mediação dos professores é muito necessária do momento do desenvolvimento da aprendizagem da leitura e da escrita  O professor deve buscar propostas e soluções criativas para manterem os alunos atentos as atividades que serão realizadas
  • 8. No início do processo de alfabetização elas (crianças) começam a lidar a diferença de dois planos de linguagem:  Plano do conteúdo (dos significados) - significados e sentidos produzidos quando usamos a língua oral ou escrita;  Plano da expressão (dos sons) - significados e sentidos no que diz respeito às formas linguísticas; A compreensão da natureza alfabética do sistema da escrita e o desenvolvimento da consciência fonológica integram e estimulam o desenvolvimento infantil à medida que promovem a competência simbólica das crianças.
  • 9. No primeiro momento, ainda sem fazer distinção, a criança se propõe imitar o ato de escrever, como num jogo.  O resultado dessas primeiras "escritas" pode aparecer como linhas onduladas ou quebradas (zig-zag), contínuas ou fragmentadas, ou uma séries de linhas verticais ou bolinhas. Essa aparência figural inicial não é garantia de escrita propriamente dita, a não ser que se conheça as condições nas quais foram produzidas.
  • 10. Figurativos - tem a ver com os elementos formais, tais como: a qualidade do traçado, a distribuição espacial das formas, etc.  Construtivos - tem relação com o que o sujeito quis representar e os meios que empregou para criar diferenciação entre as representações. Quando ocorre a intencionalidade por parte da criança, ou seja, quando constatamos aspectos construtivos, é que consideramos que houve uma produção escrita.
  • 11. Primeiro período: Distinção entre o modo de representação icônico e não-icônico  Segundo período: Ocorre a construção de formas de diferenciação entre o qualitativo e o quantitativo  Terceiro período: É marcado pela formatização da escrita
  • 12. As crianças já possuem domínio sobre a língua materna quando chegam ao Ensino Fundamental. A função do pedagogo é ampliar o desenvolvimento cognitivo e cultural das crianças.
  • 13. A alfabetização é o processo de decodificação de signos. O letramento é a prática social da leitura e da escrita. A criança chega na escola com conhecimentos linguísticos que devem ser aprimorados pelo professor que é o mediador desse processo. O aluno deve desenvolver-se de sua língua materna para a prática da escrita convencional.
  • 14. Bruna de Paula Pereira,Camila da Silva de Souza, Daniel Vieira, Jennifer Moreira Lunz e Pâmela Aschoff.
  • 15. MONTEIRO et BAPTIStA; Sara, Monica – Alfabetização e Letramento