SlideShare uma empresa Scribd logo
Consumidor digital
Consumidor digital
Natus
  COMUNICAÇÃO
Natus
  CONTINUUM
Alexandre Luzzi Las Casas

MARKETING MÓVEL
Tendências e oportunidades no marketing eletrônico.
Parte IV
COMPORTAMENTO DO
CONSUMIDOR DIGITAL
Comportamento do
       consumidor digital




Wesley Costa
  @1WCosta
                   Fonte:	
  Too	
  Much	
  Media,	
  por	
  Brandon	
  Hill,	
  www.flickr.com/photos/bhilldesign/131613733/
Comportamento do consumidor   Buscar...
Quem é o consumidor virtual?       Buscar...




Aquele que busca praticidade, comodidade e
velocidade;
Por estar no meio digital o consumidor não se torna
um outro consumidor;


Relação às escuras de compra e venda;

Consumidor wireless (celular): resolve tudo via
celular
Comportamento do consumidor           Buscar...




     Comportamento ≠ Atitude

Influencias sobre o consumidor:
 Cultural;
 Social
 Características próprias(sexo, idade...)
 Fundo psicológico.
Comportamento do consumidor         Buscar...




Atitudes
Revela o que ela pensa sobre algo ou acredita
(bom/ruim; valioso ou não...);
                                  Comportamento
           Demonstra como o consumidor age em
      relação a esse mesmo objeto (se ele compra
       e usa um produto; se ele compra e não usa;
        se ele não compra; se ele não compra mas
                               usaria se ganhasse)
Comportamento do consumidor          Buscar...




Nem sempre a atitude condiz com o
comportamento

Ex:
        Atitude: positiva diante da marca
                      +
      Comportamento: negativo ante o valor
                        =
      Resultado: o consumidor compra outro
                     produto
Comportamento do consumidor          Buscar...




Já é difícil conhecer o comportamento do
consumidor real, bem mais é conhecer o
virtual;


  Mudança de idéia de ultima hora
(consumidor real);
   Virtualmente, além disso, existe:
dificuldade tecnológica e distância entre
consumidor/vendedor/produto.
Comportamento do consumidor           Buscar...




A tecnologia exige – tempo e prática
por parte do usuário.




Pesquisa seria uma solução, mas exigi-se bem mais
das novas empresas pelo conhecimento do
consumidor.
Pesquisa exemplo Mort e Drenna(2005)     Buscar...




Tema: uso de celular para serviços
a)   Pessoas inovadoras
b)   Homens
c)   Mais aptos a tecnologias
d)   Consumistas
e)   Suscetíveis a influências de terceiros
Condições segundo Kotler (2000) – CELULAR   Buscar...




               a) Inovação(wireless);
  b) Compatibilidade com o desejo do cliente
   (mobilidade, interatividade, socialização,
             entretenimento, ...);
  c) Baixa complexidade (principalmente entre
                    jovens);
     d) Divisibilidade da inovação (aparelho
                     simples);
     e) Comunicação da inovação ao usuário
                   (jovens);
     f) Custo (acessibilidade), risco (novas
 tecnologias contra clonagem), incerteza (não
 existe quanto ao funcionamento), aprovação
     social (automática, ampla e irrestrita).
Sobre a difusão e uso do Celular    Buscar...




 O celular cabe em qualquer ocasião, Natal,
 aniversários, dia das crianças, dos pais, das
 mães, namorados...
 Jovens 13 – 19 (difusão particularmente forte) –
 Público- alvo principal
 Jovens maduros 20 – 24 (acesso a informação
 via WAP – 2006) material educativo; programa
 de cursos...
Pesquisa Forrester (2006)          Buscar...


EUA – 45% da geração “Y”(18-26) acessam WEB vai
celular, contra 22% de todas as donas-de-casa e 8%
dos baby boomers(51-61).
Comportamento do consumidor                                         Buscar...


                                              Negócios Virtuais


Comparam preços em sites especializados                                               92%
 Buscam informações em fóruns ou blogs                                       76%
                Comentam experiências                                  63%
            Escrevem em blogs próprios                            56%
    Desistem após comentários negativos          28%
                                          0          25           50             75         100

           Como os usuários da rede fazem compras e escolhem produtos no Brasil.
             Pesquisa da TNS. 1.000 entrevistados de 16 a 35 anos de 6 capitais.
Mercado Wireless




Paulo Sérgio
@paulinpessoa
                    Fonte:	
  Too	
  Much	
  Media,	
  por	
  Brandon	
  Hill,	
  www.flickr.com/photos/bhilldesign/131613733/
Grandeza do mercado              Buscar...




   #wirelessfacts
  Em 20 anos atingiu 1 bilhão;
  Em três anos chegou a 2 bilhões;
  E nos últimos anos, 3 bilhões;
  Cerca de 50% da população mundial;


      Cerca de 600 milhões de aparelhos;


          Maior penetração>>>cerca de 102
          linha para 100 hab.
Mercado Wireless                  Buscar...




Grande segmentação

Transferência do poder de comunicação
das mãos da empresas para as mãos do
consumidor.


“Público optante”
  Enviar o quê?
  Qual conteúdo?
  Para quem?
  Quando e com qual freqüência?
Mercado Wireless                Buscar...




  Motivos do sucesso do mobile marketing
           junto ao consumidor

  Menores investimentos
  Abrange diversos setores da
economia(serviços)
  Obtenção de maiore e melhores
resultados
  24hs por dia e em qualquer lugar com
o cliente
  Não é necessário compartilhar com
outra pessoa
O que está interessando
         as empresas?




Barbara Monizza
   @_Monizza_
                      Fonte:	
  Too	
  Much	
  Media,	
  por	
  Brandon	
  Hill,	
  www.flickr.com/photos/bhilldesign/131613733/
O que está interessando as empresas?   Buscar...




  Mobile Marketing
  74% de aceitação entre o publico brasileiro
  11% de imersão a mais que ações diretas na
  internet
                       Exemplo:

Inseguranças
   O Conteúdo
   O receptor/consumidor
O consumidor wireless                   Buscar...




“Ninguém está satisfeito em fazer parte da massa. As
        pessoas querem é ser diferentes.”
              Frederick Van Amstel

 “Eles preferem computador à TV, carregam o celular
  no bolso e já decretam a aposentadoria do e-mail e
      do telefone – gostam mesmo é de conversas
   instantâneas e interativas, seja pelos mensageiros
     eletrônicos, pelos torpedos SMS ou pelas redes
                          sociais.”
Público jovem-novo       Buscar...




Entretenimento
Inclusão
Consumo viral
Consumo de expectativa
Design notion
Consumidor é conteúdo
Público jovem até 30 anos   Buscar...




Conteúdo de interesse
Preocupação com o bem-estar
Inclusão
Consumo viral
Design notion
Consumo de expectativa
Consumidor é conteúdo
Público jovem até 30 anos     Buscar...


      Carnatal - Mobile Marketing
O que está incomodando..    Buscar...




Os Spams nos celulares
Regulamentação legal da atividade
Consumidor “jovem maduro”
        wireless no mercado nacional.




Carol Dantas
 @carildantas
                         Fonte:	
  Too	
  Much	
  Media,	
  por	
  Brandon	
  Hill,	
  www.flickr.com/photos/bhilldesign/131613733/
Jovem maduro                  Buscar...




               20 a 24 anos
               Universitário
               Pertencentes a classes A/B.
Público jovem maduro                        Buscar...



Principais resultados de pesquisa exploratória com 100
“jovens maduros” na cidade de SP com objetivos de:
a) Verificar histórico de convivência desse publico com o
celular;
b) Conhecer alguns de seus hábitos;
c) Observar a imagem das operadoras e marcas que esse
publico tem destes;
d) Saber o que os motivariam a trocar de aparelho no
momento;
e) Identificar quais suas
atitudes, no momento, em
relação a propaganda e
promoções via celular.
Público jovem maduro                               Buscar...




Foi verificado que:
• Média de 4 celulares por domicilio;
• Todos possuem celular há pelo menos 5 anos, ou seja, eles passaram a fazer
parte desse mercado quando eram “jovens jovens”
• Metade deles abandonou o hábito de usar relógio, 70% dispensou a agenda
pessoal e telefônica e 10% deixaram de usar calculadora;

• A operadora com a qual eles mais se identificam é a Vivo, seguido pela Tim
e Claro;
• 20% troca de celular anualmente;
• Usam o celular de 2 a 4horas/dia – metade do tempo para realizar e receber
chamadas e a outra metade para utilizar outros recursos dispiniveis.
• Suas contas giram em torno de R$ 100 – R$ 200 por mês.
• O celular é mais utilizado para receber/efetuar ligações do que para
remeter/mandar mensagens; Entretanto lêem mais torpedos que e-mails.

•    85% não sem de casa sem o celular
Quanto a imagem do celular e operadoras                     Buscar...



•   Mais da metade acha que o melhor celular é aquele que oferece a melhor
tecnologia no momento da compra.

•   Entre as marcas mencionadas como a melhor está a Nokia e a Sony Ericsson.

•   Não existe um trabalho efetivo de posicionamento dessas empresas junto aos
jovens, embora eles sejam seu publico de interesse.

•   Metade dos entrevistados identificou alguma operadora como sendo a melhor:
maior parte apontou a Tim, seguida pela Vivo.

•   Embora digam que celular não confere tanto status, confessam que “as pessoas
reparam no celular que as outras tem”.

•   Mais da metade é fiel a mesma operadora desde o primeiro celular.

Os que trocam de operadora apresentam o motivo 1) aproveitar ofertas promocionais
de outra operadora 2) tecnologia e marca 3) espessura do aparelho.
Com relação ao uso do celular para propaganda e   Buscar...
mensagens promocionais



•   20% aceitaria mensagens de cunho promocional sob
condições: Se fossem da empresa a qual são clientes ou se
pudessem selecionar os remetentes.
•   Cerca de 35% aceitaria se houvesse alguma compensação
das lojas que remetessem essas informações, e também
pudesse limitar a quantidade de comunicados recebidos.
•   Apenas 5% gosta de receber mensagens promocionais no
celular.
•   Preferem se cadastrar em uma promoção pela internet e não
pelo celular.
•   Apenas 10% compraria produtos pelo celular.
Conclusão                          Buscar...



O público consumidor “jovem maduro” brasileiro de
   celular não se apresenta muito diferente do
encontrado em outros mercados especialmente em
        relação a mensagens promocionais.
Natus
    CONTINUUM

 @_natus

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Web marketing
Web marketingWeb marketing
Web marketing
rafinhaoyama
 
E-Book O Novo Consumidor DOM Strategy Partners 2011
E-Book O Novo Consumidor DOM Strategy Partners 2011E-Book O Novo Consumidor DOM Strategy Partners 2011
E-Book O Novo Consumidor DOM Strategy Partners 2011
DOM Strategy Partners
 
50 fatos e estatísticas que você deve conhecer sobre Mobile Commerce
50 fatos e estatísticas que você deve conhecer sobre Mobile Commerce 50 fatos e estatísticas que você deve conhecer sobre Mobile Commerce
50 fatos e estatísticas que você deve conhecer sobre Mobile Commerce
Thiago Sarraf - Especialista em E-commerce
 
Marketing Digital, o que é isso? Feira do Empreendedor 2012 SEBRAE
Marketing Digital, o que é isso? Feira do Empreendedor 2012 SEBRAEMarketing Digital, o que é isso? Feira do Empreendedor 2012 SEBRAE
Marketing Digital, o que é isso? Feira do Empreendedor 2012 SEBRAE
Felipe Pereira
 
Enej foz do iguaçu ago 2011
Enej foz do iguaçu   ago 2011Enej foz do iguaçu   ago 2011
Enej foz do iguaçu ago 2011
Sandra Turchi
 
Gerando oportunidades com o marketing digital para PME e profissionais liberais
Gerando oportunidades com o marketing digital para PME e profissionais liberaisGerando oportunidades com o marketing digital para PME e profissionais liberais
Gerando oportunidades com o marketing digital para PME e profissionais liberais
midiaria.com | branding e comportamento digital
 
Fgv Isae Webempreender
Fgv Isae WebempreenderFgv Isae Webempreender
Fgv Isae Webempreender
kleber.torres
 
Nosso planeta Mobile [Google]
Nosso planeta Mobile [Google]Nosso planeta Mobile [Google]
Nosso planeta Mobile [Google]
Cauã Taborda
 
Apresentação.
Apresentação.Apresentação.
Apresentação.
mcvswi
 
Apresentação.
Apresentação.Apresentação.
Apresentação.
Mario Covas
 
Empatia transgeracional - Entrevista Brian Solis
Empatia transgeracional - Entrevista Brian Solis Empatia transgeracional - Entrevista Brian Solis
Empatia transgeracional - Entrevista Brian Solis
Brian Solis
 
Aula Mobile Marketing - Digitalks
Aula Mobile Marketing - DigitalksAula Mobile Marketing - Digitalks
Aula Mobile Marketing - Digitalks
Guilherme Franco
 
Social Commerce RMA
Social Commerce RMASocial Commerce RMA
Social Commerce RMA
RMA Comunicacao
 
E-Commerce 2010 - Apostila FGV
E-Commerce 2010 - Apostila FGVE-Commerce 2010 - Apostila FGV
E-Commerce 2010 - Apostila FGV
Andre Kischinevsky
 
Sebrae out/2009
Sebrae out/2009Sebrae out/2009
Sebrae out/2009
kleber.torres
 
Mobile marketing: Mitos, verdades e a prática
Mobile marketing: Mitos, verdades e a práticaMobile marketing: Mitos, verdades e a prática
Mobile marketing: Mitos, verdades e a prática
Michel Lent Schwartzman
 
Comunicação Virtual e Novos espaços políticos - Uniron 22/05/2014
Comunicação Virtual e Novos espaços políticos - Uniron 22/05/2014Comunicação Virtual e Novos espaços políticos - Uniron 22/05/2014
Comunicação Virtual e Novos espaços políticos - Uniron 22/05/2014
Marcus Paulo
 
The high velocity consumer digital - WGSN - O consumidor ultradinâmico
The high velocity consumer digital - WGSN - O consumidor ultradinâmicoThe high velocity consumer digital - WGSN - O consumidor ultradinâmico
The high velocity consumer digital - WGSN - O consumidor ultradinâmico
Paulo Ratinecas
 
Mobile Marketing: O telefone celular como nova forma de mídia móvel
Mobile Marketing: O telefone celular como nova forma de mídia móvelMobile Marketing: O telefone celular como nova forma de mídia móvel
Mobile Marketing: O telefone celular como nova forma de mídia móvel
Fernanda Corrêa
 
Palestra seminário de comunicação - use jabaquara
Palestra   seminário de comunicação - use jabaquaraPalestra   seminário de comunicação - use jabaquara
Palestra seminário de comunicação - use jabaquara
USE Jabaquara
 

Mais procurados (20)

Web marketing
Web marketingWeb marketing
Web marketing
 
E-Book O Novo Consumidor DOM Strategy Partners 2011
E-Book O Novo Consumidor DOM Strategy Partners 2011E-Book O Novo Consumidor DOM Strategy Partners 2011
E-Book O Novo Consumidor DOM Strategy Partners 2011
 
50 fatos e estatísticas que você deve conhecer sobre Mobile Commerce
50 fatos e estatísticas que você deve conhecer sobre Mobile Commerce 50 fatos e estatísticas que você deve conhecer sobre Mobile Commerce
50 fatos e estatísticas que você deve conhecer sobre Mobile Commerce
 
Marketing Digital, o que é isso? Feira do Empreendedor 2012 SEBRAE
Marketing Digital, o que é isso? Feira do Empreendedor 2012 SEBRAEMarketing Digital, o que é isso? Feira do Empreendedor 2012 SEBRAE
Marketing Digital, o que é isso? Feira do Empreendedor 2012 SEBRAE
 
Enej foz do iguaçu ago 2011
Enej foz do iguaçu   ago 2011Enej foz do iguaçu   ago 2011
Enej foz do iguaçu ago 2011
 
Gerando oportunidades com o marketing digital para PME e profissionais liberais
Gerando oportunidades com o marketing digital para PME e profissionais liberaisGerando oportunidades com o marketing digital para PME e profissionais liberais
Gerando oportunidades com o marketing digital para PME e profissionais liberais
 
Fgv Isae Webempreender
Fgv Isae WebempreenderFgv Isae Webempreender
Fgv Isae Webempreender
 
Nosso planeta Mobile [Google]
Nosso planeta Mobile [Google]Nosso planeta Mobile [Google]
Nosso planeta Mobile [Google]
 
Apresentação.
Apresentação.Apresentação.
Apresentação.
 
Apresentação.
Apresentação.Apresentação.
Apresentação.
 
Empatia transgeracional - Entrevista Brian Solis
Empatia transgeracional - Entrevista Brian Solis Empatia transgeracional - Entrevista Brian Solis
Empatia transgeracional - Entrevista Brian Solis
 
Aula Mobile Marketing - Digitalks
Aula Mobile Marketing - DigitalksAula Mobile Marketing - Digitalks
Aula Mobile Marketing - Digitalks
 
Social Commerce RMA
Social Commerce RMASocial Commerce RMA
Social Commerce RMA
 
E-Commerce 2010 - Apostila FGV
E-Commerce 2010 - Apostila FGVE-Commerce 2010 - Apostila FGV
E-Commerce 2010 - Apostila FGV
 
Sebrae out/2009
Sebrae out/2009Sebrae out/2009
Sebrae out/2009
 
Mobile marketing: Mitos, verdades e a prática
Mobile marketing: Mitos, verdades e a práticaMobile marketing: Mitos, verdades e a prática
Mobile marketing: Mitos, verdades e a prática
 
Comunicação Virtual e Novos espaços políticos - Uniron 22/05/2014
Comunicação Virtual e Novos espaços políticos - Uniron 22/05/2014Comunicação Virtual e Novos espaços políticos - Uniron 22/05/2014
Comunicação Virtual e Novos espaços políticos - Uniron 22/05/2014
 
The high velocity consumer digital - WGSN - O consumidor ultradinâmico
The high velocity consumer digital - WGSN - O consumidor ultradinâmicoThe high velocity consumer digital - WGSN - O consumidor ultradinâmico
The high velocity consumer digital - WGSN - O consumidor ultradinâmico
 
Mobile Marketing: O telefone celular como nova forma de mídia móvel
Mobile Marketing: O telefone celular como nova forma de mídia móvelMobile Marketing: O telefone celular como nova forma de mídia móvel
Mobile Marketing: O telefone celular como nova forma de mídia móvel
 
Palestra seminário de comunicação - use jabaquara
Palestra   seminário de comunicação - use jabaquaraPalestra   seminário de comunicação - use jabaquara
Palestra seminário de comunicação - use jabaquara
 

Destaque

Nattus*: Autobraz - Com Você. Sempre.
Nattus*: Autobraz - Com Você. Sempre.Nattus*: Autobraz - Com Você. Sempre.
Nattus*: Autobraz - Com Você. Sempre.
Madson Bruno
 
Nattus*: Autobraz - Com Você. Sempre.
Nattus*: Autobraz - Com Você. Sempre.Nattus*: Autobraz - Com Você. Sempre.
Nattus*: Autobraz - Com Você. Sempre.
Madson Bruno
 
Valores do Brasil (Artigo)
Valores do Brasil (Artigo)Valores do Brasil (Artigo)
Valores do Brasil (Artigo)
Madson Bruno
 
Marketing móvel
Marketing móvelMarketing móvel
Marketing móvel
Madson Bruno
 
Opinião Pública - Walter Lippmann - Censura e Privacidade / Contato e Oportun...
Opinião Pública - Walter Lippmann - Censura e Privacidade / Contato e Oportun...Opinião Pública - Walter Lippmann - Censura e Privacidade / Contato e Oportun...
Opinião Pública - Walter Lippmann - Censura e Privacidade / Contato e Oportun...
Madson Bruno
 
Pci 410013 seminário aula 2_13 de outubro de 2011
Pci 410013 seminário aula 2_13 de outubro de 2011Pci 410013 seminário aula 2_13 de outubro de 2011
Pci 410013 seminário aula 2_13 de outubro de 2011
Patricia Neubert
 
Valores do Brasil (Keynote)
Valores do Brasil (Keynote)Valores do Brasil (Keynote)
Valores do Brasil (Keynote)
Madson Bruno
 
CHANGE: Obama e Comunicação Integrada de Marketing. Nattus* | Wehells
CHANGE: Obama e  Comunicação Integrada de Marketing. Nattus* | WehellsCHANGE: Obama e  Comunicação Integrada de Marketing. Nattus* | Wehells
CHANGE: Obama e Comunicação Integrada de Marketing. Nattus* | Wehells
Madson Bruno
 

Destaque (8)

Nattus*: Autobraz - Com Você. Sempre.
Nattus*: Autobraz - Com Você. Sempre.Nattus*: Autobraz - Com Você. Sempre.
Nattus*: Autobraz - Com Você. Sempre.
 
Nattus*: Autobraz - Com Você. Sempre.
Nattus*: Autobraz - Com Você. Sempre.Nattus*: Autobraz - Com Você. Sempre.
Nattus*: Autobraz - Com Você. Sempre.
 
Valores do Brasil (Artigo)
Valores do Brasil (Artigo)Valores do Brasil (Artigo)
Valores do Brasil (Artigo)
 
Marketing móvel
Marketing móvelMarketing móvel
Marketing móvel
 
Opinião Pública - Walter Lippmann - Censura e Privacidade / Contato e Oportun...
Opinião Pública - Walter Lippmann - Censura e Privacidade / Contato e Oportun...Opinião Pública - Walter Lippmann - Censura e Privacidade / Contato e Oportun...
Opinião Pública - Walter Lippmann - Censura e Privacidade / Contato e Oportun...
 
Pci 410013 seminário aula 2_13 de outubro de 2011
Pci 410013 seminário aula 2_13 de outubro de 2011Pci 410013 seminário aula 2_13 de outubro de 2011
Pci 410013 seminário aula 2_13 de outubro de 2011
 
Valores do Brasil (Keynote)
Valores do Brasil (Keynote)Valores do Brasil (Keynote)
Valores do Brasil (Keynote)
 
CHANGE: Obama e Comunicação Integrada de Marketing. Nattus* | Wehells
CHANGE: Obama e  Comunicação Integrada de Marketing. Nattus* | WehellsCHANGE: Obama e  Comunicação Integrada de Marketing. Nattus* | Wehells
CHANGE: Obama e Comunicação Integrada de Marketing. Nattus* | Wehells
 

Semelhante a Consumidor digital

Anlise swot redes sociais
Anlise swot redes sociaisAnlise swot redes sociais
Anlise swot redes sociais
Mayk0nMel0
 
Como o digital está mudando o varejo?
Como o digital está mudando o varejo?Como o digital está mudando o varejo?
Como o digital está mudando o varejo?
Exit Comunicação e Negócios
 
O consumidor mudou: Os novos hábitos na era da informação
O consumidor mudou: Os novos hábitos na era da informaçãoO consumidor mudou: Os novos hábitos na era da informação
O consumidor mudou: Os novos hábitos na era da informação
Pow Portal Orion Web
 
Sobre A GeraçãO Digital N Geners
Sobre A GeraçãO Digital  N GenersSobre A GeraçãO Digital  N Geners
Sobre A GeraçãO Digital N Geners
Eduardo Magalhães
 
I WANT IT NOW: As 5 características do consumidor que quer tudo agora.
I WANT IT NOW: As 5 características do consumidor que quer tudo agora.I WANT IT NOW: As 5 características do consumidor que quer tudo agora.
I WANT IT NOW: As 5 características do consumidor que quer tudo agora.
B-YOUNG SOCIAL MEDIA CO.
 
Omnichannel: o desafio para o varejo,10/10/2012 - Apresentação de Jonas Ferreira
Omnichannel: o desafio para o varejo,10/10/2012 - Apresentação de Jonas FerreiraOmnichannel: o desafio para o varejo,10/10/2012 - Apresentação de Jonas Ferreira
Omnichannel: o desafio para o varejo,10/10/2012 - Apresentação de Jonas Ferreira
FecomercioSP
 
Comportamento do Consumidor Online - Jonathan Wommer
Comportamento do Consumidor Online - Jonathan WommerComportamento do Consumidor Online - Jonathan Wommer
Comportamento do Consumidor Online - Jonathan Wommer
JonathanLuisWommer
 
O impacto das novas mídias digitais no comportamento do consumidor - FMR
O impacto das novas mídias digitais no comportamento do consumidor - FMRO impacto das novas mídias digitais no comportamento do consumidor - FMR
O impacto das novas mídias digitais no comportamento do consumidor - FMR
Paulo Milreu
 
E-commerce para o Master de Jornalismo - IICS
E-commerce para o Master de Jornalismo - IICSE-commerce para o Master de Jornalismo - IICS
E-commerce para o Master de Jornalismo - IICS
Sandra Turchi
 
Por que o mobile veio para ficar.
Por que o mobile veio para ficar. Por que o mobile veio para ficar.
Por que o mobile veio para ficar.
Rakuten Brasil
 
Mobile e Publicidade
Mobile e PublicidadeMobile e Publicidade
Mobile e Publicidade
Bruno Moura
 
Young Planners 2007 - Claro - Sabrina Guzzon
Young Planners 2007 - Claro - Sabrina GuzzonYoung Planners 2007 - Claro - Sabrina Guzzon
Young Planners 2007 - Claro - Sabrina Guzzon
grupodeplanejamento
 
E-commerce (Social Commerce) Infanto-Juvenil
E-commerce (Social Commerce) Infanto-JuvenilE-commerce (Social Commerce) Infanto-Juvenil
E-commerce (Social Commerce) Infanto-Juvenil
Kari Kotake
 
Geração y
Geração yGeração y
Geração y
Josiane Fernandes
 
E commerce espm 2011
E commerce  espm 2011E commerce  espm 2011
E commerce espm 2011
Sandra Turchi
 
O papel dos smartphones na estratégia de marketing digital
O papel dos smartphones na estratégia de marketing digitalO papel dos smartphones na estratégia de marketing digital
O papel dos smartphones na estratégia de marketing digital
Norma Paiva da Matta
 
Comportamento e antropologia sem video111
Comportamento e antropologia  sem video111Comportamento e antropologia  sem video111
Comportamento e antropologia sem video111
jrmatta1964
 
Francisco Madia - Marketing Trends 2011 - WTC Business Club
Francisco Madia - Marketing Trends 2011 - WTC Business ClubFrancisco Madia - Marketing Trends 2011 - WTC Business Club
Francisco Madia - Marketing Trends 2011 - WTC Business Club
WTC Business Club SP
 
O novo consumidor digital
O novo consumidor digitalO novo consumidor digital
O novo consumidor digital
Scriptutex
 
Cmep out/2009
Cmep out/2009Cmep out/2009
Cmep out/2009
kleber.torres
 

Semelhante a Consumidor digital (20)

Anlise swot redes sociais
Anlise swot redes sociaisAnlise swot redes sociais
Anlise swot redes sociais
 
Como o digital está mudando o varejo?
Como o digital está mudando o varejo?Como o digital está mudando o varejo?
Como o digital está mudando o varejo?
 
O consumidor mudou: Os novos hábitos na era da informação
O consumidor mudou: Os novos hábitos na era da informaçãoO consumidor mudou: Os novos hábitos na era da informação
O consumidor mudou: Os novos hábitos na era da informação
 
Sobre A GeraçãO Digital N Geners
Sobre A GeraçãO Digital  N GenersSobre A GeraçãO Digital  N Geners
Sobre A GeraçãO Digital N Geners
 
I WANT IT NOW: As 5 características do consumidor que quer tudo agora.
I WANT IT NOW: As 5 características do consumidor que quer tudo agora.I WANT IT NOW: As 5 características do consumidor que quer tudo agora.
I WANT IT NOW: As 5 características do consumidor que quer tudo agora.
 
Omnichannel: o desafio para o varejo,10/10/2012 - Apresentação de Jonas Ferreira
Omnichannel: o desafio para o varejo,10/10/2012 - Apresentação de Jonas FerreiraOmnichannel: o desafio para o varejo,10/10/2012 - Apresentação de Jonas Ferreira
Omnichannel: o desafio para o varejo,10/10/2012 - Apresentação de Jonas Ferreira
 
Comportamento do Consumidor Online - Jonathan Wommer
Comportamento do Consumidor Online - Jonathan WommerComportamento do Consumidor Online - Jonathan Wommer
Comportamento do Consumidor Online - Jonathan Wommer
 
O impacto das novas mídias digitais no comportamento do consumidor - FMR
O impacto das novas mídias digitais no comportamento do consumidor - FMRO impacto das novas mídias digitais no comportamento do consumidor - FMR
O impacto das novas mídias digitais no comportamento do consumidor - FMR
 
E-commerce para o Master de Jornalismo - IICS
E-commerce para o Master de Jornalismo - IICSE-commerce para o Master de Jornalismo - IICS
E-commerce para o Master de Jornalismo - IICS
 
Por que o mobile veio para ficar.
Por que o mobile veio para ficar. Por que o mobile veio para ficar.
Por que o mobile veio para ficar.
 
Mobile e Publicidade
Mobile e PublicidadeMobile e Publicidade
Mobile e Publicidade
 
Young Planners 2007 - Claro - Sabrina Guzzon
Young Planners 2007 - Claro - Sabrina GuzzonYoung Planners 2007 - Claro - Sabrina Guzzon
Young Planners 2007 - Claro - Sabrina Guzzon
 
E-commerce (Social Commerce) Infanto-Juvenil
E-commerce (Social Commerce) Infanto-JuvenilE-commerce (Social Commerce) Infanto-Juvenil
E-commerce (Social Commerce) Infanto-Juvenil
 
Geração y
Geração yGeração y
Geração y
 
E commerce espm 2011
E commerce  espm 2011E commerce  espm 2011
E commerce espm 2011
 
O papel dos smartphones na estratégia de marketing digital
O papel dos smartphones na estratégia de marketing digitalO papel dos smartphones na estratégia de marketing digital
O papel dos smartphones na estratégia de marketing digital
 
Comportamento e antropologia sem video111
Comportamento e antropologia  sem video111Comportamento e antropologia  sem video111
Comportamento e antropologia sem video111
 
Francisco Madia - Marketing Trends 2011 - WTC Business Club
Francisco Madia - Marketing Trends 2011 - WTC Business ClubFrancisco Madia - Marketing Trends 2011 - WTC Business Club
Francisco Madia - Marketing Trends 2011 - WTC Business Club
 
O novo consumidor digital
O novo consumidor digitalO novo consumidor digital
O novo consumidor digital
 
Cmep out/2009
Cmep out/2009Cmep out/2009
Cmep out/2009
 

Último

Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdfLivro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
CarolineSaback2
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
Ceiça Martins Vital
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdfAdaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
CamilaSouza544051
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Falcão Brasil
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
Sandra Pratas
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptxVOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
mailabueno45
 

Último (20)

Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdfLivro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdfAdaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptxVOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
 

Consumidor digital

  • 5. Alexandre Luzzi Las Casas MARKETING MÓVEL Tendências e oportunidades no marketing eletrônico.
  • 7. Comportamento do consumidor digital Wesley Costa @1WCosta Fonte:  Too  Much  Media,  por  Brandon  Hill,  www.flickr.com/photos/bhilldesign/131613733/
  • 9. Quem é o consumidor virtual? Buscar... Aquele que busca praticidade, comodidade e velocidade; Por estar no meio digital o consumidor não se torna um outro consumidor; Relação às escuras de compra e venda; Consumidor wireless (celular): resolve tudo via celular
  • 10. Comportamento do consumidor Buscar... Comportamento ≠ Atitude Influencias sobre o consumidor: Cultural; Social Características próprias(sexo, idade...) Fundo psicológico.
  • 11. Comportamento do consumidor Buscar... Atitudes Revela o que ela pensa sobre algo ou acredita (bom/ruim; valioso ou não...); Comportamento Demonstra como o consumidor age em relação a esse mesmo objeto (se ele compra e usa um produto; se ele compra e não usa; se ele não compra; se ele não compra mas usaria se ganhasse)
  • 12. Comportamento do consumidor Buscar... Nem sempre a atitude condiz com o comportamento Ex: Atitude: positiva diante da marca + Comportamento: negativo ante o valor = Resultado: o consumidor compra outro produto
  • 13. Comportamento do consumidor Buscar... Já é difícil conhecer o comportamento do consumidor real, bem mais é conhecer o virtual; Mudança de idéia de ultima hora (consumidor real); Virtualmente, além disso, existe: dificuldade tecnológica e distância entre consumidor/vendedor/produto.
  • 14. Comportamento do consumidor Buscar... A tecnologia exige – tempo e prática por parte do usuário. Pesquisa seria uma solução, mas exigi-se bem mais das novas empresas pelo conhecimento do consumidor.
  • 15. Pesquisa exemplo Mort e Drenna(2005) Buscar... Tema: uso de celular para serviços a) Pessoas inovadoras b) Homens c) Mais aptos a tecnologias d) Consumistas e) Suscetíveis a influências de terceiros
  • 16. Condições segundo Kotler (2000) – CELULAR Buscar... a) Inovação(wireless); b) Compatibilidade com o desejo do cliente (mobilidade, interatividade, socialização, entretenimento, ...); c) Baixa complexidade (principalmente entre jovens); d) Divisibilidade da inovação (aparelho simples); e) Comunicação da inovação ao usuário (jovens); f) Custo (acessibilidade), risco (novas tecnologias contra clonagem), incerteza (não existe quanto ao funcionamento), aprovação social (automática, ampla e irrestrita).
  • 17. Sobre a difusão e uso do Celular Buscar... O celular cabe em qualquer ocasião, Natal, aniversários, dia das crianças, dos pais, das mães, namorados... Jovens 13 – 19 (difusão particularmente forte) – Público- alvo principal Jovens maduros 20 – 24 (acesso a informação via WAP – 2006) material educativo; programa de cursos...
  • 18. Pesquisa Forrester (2006) Buscar... EUA – 45% da geração “Y”(18-26) acessam WEB vai celular, contra 22% de todas as donas-de-casa e 8% dos baby boomers(51-61).
  • 19. Comportamento do consumidor Buscar... Negócios Virtuais Comparam preços em sites especializados 92% Buscam informações em fóruns ou blogs 76% Comentam experiências 63% Escrevem em blogs próprios 56% Desistem após comentários negativos 28% 0 25 50 75 100 Como os usuários da rede fazem compras e escolhem produtos no Brasil. Pesquisa da TNS. 1.000 entrevistados de 16 a 35 anos de 6 capitais.
  • 20. Mercado Wireless Paulo Sérgio @paulinpessoa Fonte:  Too  Much  Media,  por  Brandon  Hill,  www.flickr.com/photos/bhilldesign/131613733/
  • 21. Grandeza do mercado Buscar... #wirelessfacts Em 20 anos atingiu 1 bilhão; Em três anos chegou a 2 bilhões; E nos últimos anos, 3 bilhões; Cerca de 50% da população mundial; Cerca de 600 milhões de aparelhos; Maior penetração>>>cerca de 102 linha para 100 hab.
  • 22. Mercado Wireless Buscar... Grande segmentação Transferência do poder de comunicação das mãos da empresas para as mãos do consumidor. “Público optante” Enviar o quê? Qual conteúdo? Para quem? Quando e com qual freqüência?
  • 23. Mercado Wireless Buscar... Motivos do sucesso do mobile marketing junto ao consumidor Menores investimentos Abrange diversos setores da economia(serviços) Obtenção de maiore e melhores resultados 24hs por dia e em qualquer lugar com o cliente Não é necessário compartilhar com outra pessoa
  • 24. O que está interessando as empresas? Barbara Monizza @_Monizza_ Fonte:  Too  Much  Media,  por  Brandon  Hill,  www.flickr.com/photos/bhilldesign/131613733/
  • 25. O que está interessando as empresas? Buscar... Mobile Marketing 74% de aceitação entre o publico brasileiro 11% de imersão a mais que ações diretas na internet Exemplo: Inseguranças O Conteúdo O receptor/consumidor
  • 26. O consumidor wireless Buscar... “Ninguém está satisfeito em fazer parte da massa. As pessoas querem é ser diferentes.” Frederick Van Amstel “Eles preferem computador à TV, carregam o celular no bolso e já decretam a aposentadoria do e-mail e do telefone – gostam mesmo é de conversas instantâneas e interativas, seja pelos mensageiros eletrônicos, pelos torpedos SMS ou pelas redes sociais.”
  • 27. Público jovem-novo Buscar... Entretenimento Inclusão Consumo viral Consumo de expectativa Design notion Consumidor é conteúdo
  • 28. Público jovem até 30 anos Buscar... Conteúdo de interesse Preocupação com o bem-estar Inclusão Consumo viral Design notion Consumo de expectativa Consumidor é conteúdo
  • 29. Público jovem até 30 anos Buscar... Carnatal - Mobile Marketing
  • 30. O que está incomodando.. Buscar... Os Spams nos celulares Regulamentação legal da atividade
  • 31. Consumidor “jovem maduro” wireless no mercado nacional. Carol Dantas @carildantas Fonte:  Too  Much  Media,  por  Brandon  Hill,  www.flickr.com/photos/bhilldesign/131613733/
  • 32. Jovem maduro Buscar... 20 a 24 anos Universitário Pertencentes a classes A/B.
  • 33. Público jovem maduro Buscar... Principais resultados de pesquisa exploratória com 100 “jovens maduros” na cidade de SP com objetivos de: a) Verificar histórico de convivência desse publico com o celular; b) Conhecer alguns de seus hábitos; c) Observar a imagem das operadoras e marcas que esse publico tem destes; d) Saber o que os motivariam a trocar de aparelho no momento; e) Identificar quais suas atitudes, no momento, em relação a propaganda e promoções via celular.
  • 34. Público jovem maduro Buscar... Foi verificado que: • Média de 4 celulares por domicilio; • Todos possuem celular há pelo menos 5 anos, ou seja, eles passaram a fazer parte desse mercado quando eram “jovens jovens” • Metade deles abandonou o hábito de usar relógio, 70% dispensou a agenda pessoal e telefônica e 10% deixaram de usar calculadora; • A operadora com a qual eles mais se identificam é a Vivo, seguido pela Tim e Claro; • 20% troca de celular anualmente; • Usam o celular de 2 a 4horas/dia – metade do tempo para realizar e receber chamadas e a outra metade para utilizar outros recursos dispiniveis. • Suas contas giram em torno de R$ 100 – R$ 200 por mês. • O celular é mais utilizado para receber/efetuar ligações do que para remeter/mandar mensagens; Entretanto lêem mais torpedos que e-mails. • 85% não sem de casa sem o celular
  • 35. Quanto a imagem do celular e operadoras Buscar... • Mais da metade acha que o melhor celular é aquele que oferece a melhor tecnologia no momento da compra. • Entre as marcas mencionadas como a melhor está a Nokia e a Sony Ericsson. • Não existe um trabalho efetivo de posicionamento dessas empresas junto aos jovens, embora eles sejam seu publico de interesse. • Metade dos entrevistados identificou alguma operadora como sendo a melhor: maior parte apontou a Tim, seguida pela Vivo. • Embora digam que celular não confere tanto status, confessam que “as pessoas reparam no celular que as outras tem”. • Mais da metade é fiel a mesma operadora desde o primeiro celular. Os que trocam de operadora apresentam o motivo 1) aproveitar ofertas promocionais de outra operadora 2) tecnologia e marca 3) espessura do aparelho.
  • 36. Com relação ao uso do celular para propaganda e Buscar... mensagens promocionais • 20% aceitaria mensagens de cunho promocional sob condições: Se fossem da empresa a qual são clientes ou se pudessem selecionar os remetentes. • Cerca de 35% aceitaria se houvesse alguma compensação das lojas que remetessem essas informações, e também pudesse limitar a quantidade de comunicados recebidos. • Apenas 5% gosta de receber mensagens promocionais no celular. • Preferem se cadastrar em uma promoção pela internet e não pelo celular. • Apenas 10% compraria produtos pelo celular.
  • 37. Conclusão Buscar... O público consumidor “jovem maduro” brasileiro de celular não se apresenta muito diferente do encontrado em outros mercados especialmente em relação a mensagens promocionais.
  • 38. Natus CONTINUUM @_natus