SlideShare uma empresa Scribd logo
COBIT 05 Aula 01
Introdução ao COBIT 5, 1º Princípio do COBIT 5 e
Cascata de Objetivos
Fernando Palma
Fernando Palma
Fundador do Portal GSTI, Consultor em Governança de TI,
Gestão de Serviços de TI e Gestão da Segurança da Informação.
Possui certificações como ITIL Expert, ITIL Manager, COBIT,
OCEB, ISO 20.000 F e ISO 27.002 F. Professor de pós-graduação
na UNIJORGE e Ruy Barbosa, de concursos na ITNerantes e
palestrante. Treinou mais de 1 mil profissionais em ITIL, COBIT e
Gestão da Segurança. Perfil Completo: Fernando Palma.
Encontre-me nas Redes
Sociais!
LinkedIn: Fernando Palma
Facebook: Fernando Palma
Slideshare: Fernando Palma
E-mail: fpalma@portalgsti.com.br
Links Úteis
Vídeos de todas as Aulas COBIT 5
Framework do COBIT 5 em Português
Resumo do COBIT 5 em Português
Série de Palestras sobre COBIT 5
● Hoje!
- Introdução
- Princípio 01 (de 05) do do COBIT 5: 1.Satisfazer as
necessidades das partes interessadas
- Cascata de Objetivos do COBIT 5
● Próximas Palestras (pelo menos 06), às Quintas Feiras
- Mais sobre o uso da Cascata de Objetivos
- Princípio 02
- Princípio 03
- Princípio 04
- Princípio 05
- Guia de Implementação
- Modelo de Capacidade de Processos
Agenda
● Sobre o COBIT 5
○ Um Modelo Corporativo Para a Governança e Gestão de
TI
○ Princípios do COBIT 5
○ Visão Geral do COBIT 5
● Princípio 01: 1.Satisfazer as necessidades das partes
interessadas
● A Cascata de Objetivos do COBIT 5
○ Visão Geral
○ 1º Passo
○ 2º Passo.
○ 3º Passo.
○ 4º Passo.
Um Modelo Corporativo Para a
Governança e Gestão de TI
Governança:
a. Avaliar opções estratégicas,
b. Prover direção para TI,
c. Monitorar os resultados.
Gestão:
d. Planejar,
e. Construir,
f. executar
g. Monitorar a organização de TI, garantindo
uma cobertura holística.
05 Princípios Básicos do COBIT 5
Princípios
do COBIT
5
1.Satisfazer
necessidades
das partes
interessadas
Princípios
do COBIT 5
2. Cobrir a
Organização de
Ponta a Ponta
3. Aplicar um
Framework
Integrado Único
4 Possibilitar
uma Visão
Holística
5. Distinguir a
Governança de
Gestão
Visão Geral do COBIT 5
Cap. 1: Visão Geral do COBIT 5
Cap. 3: 2º Princípio: Cobrir a
Organização de Ponta a Ponta
Cap. 2: 1º Princípio: Atender às
Necessidades das Partes interessadas
Cap. 4: 3º Princípio: Aplicar Um Modelo
Único Integrado
Cap. 6: 5º Princíio: Distinguir a
Governança de Gestão
Cap. 5: 4º Princípio: Permitir uma
Abordagem Holística
Cap. 7: Guia de Implementação
Anexos e Apêndices
Cap. 8: Modelo de Capacidade de
Processo do COBIT 5
Habilitadores: processos, estruturas organizacionais e informações
Agenda
● Sobre o COBIT 5
○ Um Modelo Corporativo Para a Governança e Gestão de TI
○ Princípios do COBIT 5
○ Visão Geral do COBIT 5
● Princípio 01: 1.Satisfazer as necessidades das partes
interessadas
● A Cascata de Objetivos do COBIT 5
○ Visão Geral
○ 1º Passo
○ 2º Passo.
○ 3º Passo.
○ 4º Passo.
Figura ‐ 3: Objetivo da Governança: Criação de Valor
Necessidades das
Partes Interessadas
Direcionam
Objetivo da Governança: Criação de Valor
Realização de
Benefícios
Otimização dos
Riscos
Otimização dos
Recursos
Princípio 01: 1.Satisfazer as necessidades das partes interessadas
Agenda
● Sobre o COBIT 5
○ Um Modelo Corporativo Para a Governança e Gestão de
TI
○ Princípios do COBIT 5
○ Visão Geral do COBIT 5
● Princípio 01: 1.Satisfazer as necessidades das partes
interessadas
● A Cascata de Objetivos do COBIT 5
○ 1º Passo
○ 2º Passo.
○ 3º Passo.
○ 4º Passo.
Imagine uma Cascata!
Visão Geral da Cascata de
Objetivos do COBIT 5
Figura 04 - Visão Geral da Cascata de Objetivos do COBIT 5
Direcionadores das Partes Interessadas
(Ambiente, Evolução Tecnológica, etc.
Objetivos Corporativos.
Objetivos de TI.
Objetivos de Habilitador.
Realização de
benefícios.
Otimização do
Risco.
Otimização
dos Recursos.
Necessidades das Partes Interessadas
Desdobra em
Desdobra em
Desdobra em
Influencia
Apêndice D
Figura 5
Apêndice B
Figura 6
Apêndice C
1º Passo: Os Direcionadores
das Partes Interessadas
Influenciam as Necessidades
das Partes Interessadas
Figura 04 - Visão Geral da Cascata de Objetivos do COBIT 5
Direcionadores das Partes Interessadas (Ambiente,
Evolução Tecnológica, etc. )
Realização de
benefícios.
Otimização do
Risco.
Otimização
dos Recursos.
Necessidades das Partes Interessadas
Influencia
As necessidades das partes interessadas são influenciadas por diversas
tendências
Mudanças de
estratégia
Mudanças nos
negócios
Mudanças
ambiente
regulatório
Novas
tecnologias
2º Passo. Desdobramento das
Necessidades das Partes
Interessadas em Objetivos
Corporativos
Figura 04 - Visão Geral da Cascata de Objetivos do COBIT 5
Direcionadores das Partes Interessadas (Ambiente,
Evolução Tecnológica, etc.
Realização de
benefícios.
Otimização do
Risco.
Otimização
dos Recursos.
Necessidades das Partes Interessadas
Influencia
Objetivos Corporativos.
Desdobra em Apêndice D
Figura 5
Figura 04 - Visão Geral da Cascata de Objetivos do COBIT 5
Necessidades das Partes Interessadas
Realização de
benefícios.
Otimização do
Risco.
Otimização
dos Recursos.
Objetivos Corporativos.
Desdobra em Apêndice D
Figura 5
Objetivos corporativos são resultados das necessidades do cliente / Negócio.
O COBIT 5 define 17 objetivos corporarivos genéricos
Apêndice D
Uma tabela com as necessidades das partes interessadas e os
objetivos corporativos.
Figura 5 17 Objetivos Corporativos Genéricos do COBIT 5
17ObjetivosCorporativosGenéricos
22PerguntasGenéricasparaIdentificar
NecessidadesdasPartesInteressadas
17ObjetivosCorporativosGenéricos
Figura 04 - Visão Geral da Cascata de Objetivos do COBIT 5
Direcionadores das Partes Interessadas (Ambiente,
Evolução Tecnológica, etc.
Realização de
benefícios.
Otimização do
Risco.
Otimização
dos Recursos.
Necessidades das Partes Interessadas
Influencia
Objetivos Corporativos.
Desdobra em Apêndice D
Figura 5
Objetivos de TI.
Objetivos de Habilitador.
Desdobra em
Desdobra em
Apêndice B
Figura 6
Apêndice C
3º Passo. Cascata dos
Objetivos Corporativos em
Objetivos de TI
Figura 04 - Visão Geral da Cascata de Objetivos do COBIT 5
Objetivos Corporativos.
Realização de
benefícios.
Otimização do
Risco.
Otimização
dos Recursos.
Direcionadores das Partes Interessadas (Ambiente,
Evolução Tecnológica, etc.
Necessidades das Partes Interessadas
Influencia
Desdobra em Apêndice D
Figura 5
Objetivos de TI.
Desdobra em
Figura 6
Apêndice B
Objetivos de TI.
Desdobra em
Figura 6
Apêndice B
Figura 04 - Visão Geral da Cascata de Objetivos do COBIT 5
Objetivos Corporativos.
O atingimento dos objetivos corporativos exige uma série de resultados de TI!
O COBIT 5 define 17 objetivos genéricos de TI, relacionados na figura
Apêndice B
A tabela de mapeamento dos objetivos corporativos em
Objetivos de TI, demonstra como cada objetivo corporativo é
apoiado por diversos objetivos de TI
Figura 6 17 objetivos genéricos de TI
17ObjetivosdeTIGenéricos
17ObjetivosdeTIGenéricos
17ObjetivosdeCorporativosGenéricos
Figura 04 - Visão Geral da Cascata de Objetivos do COBIT 5
Direcionadores das Partes Interessadas (Ambiente,
Evolução Tecnológica, etc.
Objetivos Corporativos.
Objetivos de TI.
Realização de
benefícios.
Otimização do
Risco.
Otimização
dos Recursos.
Necessidades das Partes Interessadas
Desdobra em
Desdobra em
Influencia
Apêndice D
Figura 5
Apêndice B
Figura 6
Objetivos de Habilitador.
Desdobra em Apêndice C
4º Passo. Cascata dos
Objetivos de TI em Metas do
Habilitador
Objetivos Corporativos.
Realização de
benefícios.
Otimização do
Risco.
Otimização
dos Recursos.
Direcionadores das Partes Interessadas (Ambiente,
Evolução Tecnológica, etc.
Influencia
Desdobra em Apêndice D
Figura 5
Objetivos de TI.
Desdobra em Apêndice B
Figura 04 - Visão Geral da Cascata de Objetivos do COBIT 5
Figura 6
Objetivos de Habilitador.
Desdobra em Apêndice C
Objetivos de TI.
Figura 6
Objetivos de Habilitador.
Desdobra em Apêndice C
Objetivos de TI.
Atingir os objetivos de TI exige a aplicação e o uso bem-sucedido de diversos habilitadores: processos,
estruturas organizacionais e informações
Cada habilitador precisa ter um um conjunto específico de metas relevantes estabelecidas, que devem
ser alcançadas para garantir os resultados previstos: objetivos de TI e Objetivos Corporativos.
Figura 6 Já passamos por ela: 17 objetivos genéricos de TI
Apêndice C Mapeamento detalhado dos Objetivos de TI – Processos de TI
ProcessosdeTI
17ObjetivosdeTIGenéricos
Conclusões da primeira aula
Cascata de Objetivos Ajuda a
Priorizar
Cascata de Objetivos Contribui para
Garantir e Melhorar a Governança
Cascata de Objetivos Mantém o Foco
na Estratégia da Organização
Define as metas e objetivos tangíveis e relevantes em
vários níveis de responsabilidade
Permite identificar e comunicar de forma clara a
relevância de cada habilitador
fpalma@portalgsti.com.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Governança de TI - Foco em ITIL e SRUM
Governança de TI - Foco em ITIL e SRUMGovernança de TI - Foco em ITIL e SRUM
Governança de TI - Foco em ITIL e SRUM
Leonardo Machado
 
Segurança da informação - Aula 7 - NORMA ISO 27002
Segurança da informação - Aula 7 - NORMA ISO 27002Segurança da informação - Aula 7 - NORMA ISO 27002
Segurança da informação - Aula 7 - NORMA ISO 27002
Cleber Fonseca
 
Diagrama de Atividades - UML
Diagrama de Atividades - UMLDiagrama de Atividades - UML
Diagrama de Atividades - UML
Vinícius Barros
 
Aula 5 Governança de TI
Aula 5   Governança de TIAula 5   Governança de TI
Aula 5 Governança de TI
Alexandre Afonso
 
ITIL 4
ITIL 4ITIL 4
ITIL 4
CompanyWeb
 
Val it - Definição e Princípios
Val it - Definição e PrincípiosVal it - Definição e Princípios
Val it - Definição e Princípios
Manuel Afonso
 
Governança de TI - Aula04 - Planejamento Estratégico, Governança de TI e alin...
Governança de TI - Aula04 - Planejamento Estratégico, Governança de TI e alin...Governança de TI - Aula04 - Planejamento Estratégico, Governança de TI e alin...
Governança de TI - Aula04 - Planejamento Estratégico, Governança de TI e alin...
CEULJI/ULBRA Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná
 
Contabilidade e seu desenvolvimento junto à tecnologia da informação
Contabilidade e seu desenvolvimento junto à tecnologia da  informaçãoContabilidade e seu desenvolvimento junto à tecnologia da  informação
Contabilidade e seu desenvolvimento junto à tecnologia da informação
Victor Sousa
 
Cobit 5
Cobit 5Cobit 5
Governança de TI - Aula 6 - intro cobit
Governança de TI - Aula 6 - intro cobitGovernança de TI - Aula 6 - intro cobit
Governança de TI - Aula 6 - intro cobit
CEULJI/ULBRA Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná
 
COBIT 2019 Overview_v1.1.pdf
COBIT 2019 Overview_v1.1.pdfCOBIT 2019 Overview_v1.1.pdf
COBIT 2019 Overview_v1.1.pdf
MartinPatrici
 
ISO 27001- Resumo - Mapa Mental dos Controles
ISO 27001- Resumo - Mapa Mental dos ControlesISO 27001- Resumo - Mapa Mental dos Controles
ISO 27001- Resumo - Mapa Mental dos Controles
CompanyWeb
 
Certificacao iso 27001
Certificacao iso 27001Certificacao iso 27001
Certificacao iso 27001
Andre Verdugal
 
Ebook ITIL Na Prática
Ebook ITIL Na PráticaEbook ITIL Na Prática
Ebook ITIL Na Prática
Fernando Palma
 
O que é Business Intelligence (BI)
O que é Business Intelligence (BI)O que é Business Intelligence (BI)
O que é Business Intelligence (BI)
Marco Garcia
 
Arquitetura de TI, Infraestrutura de TI e Processos de Negócio
Arquitetura de TI, Infraestrutura de TI e Processos de NegócioArquitetura de TI, Infraestrutura de TI e Processos de Negócio
Arquitetura de TI, Infraestrutura de TI e Processos de Negócio
Mauricio Uriona Maldonado PhD
 
Balanced Scorecard para TI
Balanced Scorecard para TIBalanced Scorecard para TI
Balanced Scorecard para TI
Ivan Luizio Magalhães
 
Segurança da informação - Aula 7 - ISO 27002
Segurança da informação - Aula 7 - ISO 27002Segurança da informação - Aula 7 - ISO 27002
Segurança da informação - Aula 7 - ISO 27002
Cleber Fonseca
 
COBIT 2019 Executive Summary_v1.1 .pdf
COBIT 2019 Executive Summary_v1.1 .pdfCOBIT 2019 Executive Summary_v1.1 .pdf
COBIT 2019 Executive Summary_v1.1 .pdf
DiegoIvanAlvaradoVel
 
Implantando a governança de ti
Implantando a governança de tiImplantando a governança de ti
Implantando a governança de ti
Silvino Neto
 

Mais procurados (20)

Governança de TI - Foco em ITIL e SRUM
Governança de TI - Foco em ITIL e SRUMGovernança de TI - Foco em ITIL e SRUM
Governança de TI - Foco em ITIL e SRUM
 
Segurança da informação - Aula 7 - NORMA ISO 27002
Segurança da informação - Aula 7 - NORMA ISO 27002Segurança da informação - Aula 7 - NORMA ISO 27002
Segurança da informação - Aula 7 - NORMA ISO 27002
 
Diagrama de Atividades - UML
Diagrama de Atividades - UMLDiagrama de Atividades - UML
Diagrama de Atividades - UML
 
Aula 5 Governança de TI
Aula 5   Governança de TIAula 5   Governança de TI
Aula 5 Governança de TI
 
ITIL 4
ITIL 4ITIL 4
ITIL 4
 
Val it - Definição e Princípios
Val it - Definição e PrincípiosVal it - Definição e Princípios
Val it - Definição e Princípios
 
Governança de TI - Aula04 - Planejamento Estratégico, Governança de TI e alin...
Governança de TI - Aula04 - Planejamento Estratégico, Governança de TI e alin...Governança de TI - Aula04 - Planejamento Estratégico, Governança de TI e alin...
Governança de TI - Aula04 - Planejamento Estratégico, Governança de TI e alin...
 
Contabilidade e seu desenvolvimento junto à tecnologia da informação
Contabilidade e seu desenvolvimento junto à tecnologia da  informaçãoContabilidade e seu desenvolvimento junto à tecnologia da  informação
Contabilidade e seu desenvolvimento junto à tecnologia da informação
 
Cobit 5
Cobit 5Cobit 5
Cobit 5
 
Governança de TI - Aula 6 - intro cobit
Governança de TI - Aula 6 - intro cobitGovernança de TI - Aula 6 - intro cobit
Governança de TI - Aula 6 - intro cobit
 
COBIT 2019 Overview_v1.1.pdf
COBIT 2019 Overview_v1.1.pdfCOBIT 2019 Overview_v1.1.pdf
COBIT 2019 Overview_v1.1.pdf
 
ISO 27001- Resumo - Mapa Mental dos Controles
ISO 27001- Resumo - Mapa Mental dos ControlesISO 27001- Resumo - Mapa Mental dos Controles
ISO 27001- Resumo - Mapa Mental dos Controles
 
Certificacao iso 27001
Certificacao iso 27001Certificacao iso 27001
Certificacao iso 27001
 
Ebook ITIL Na Prática
Ebook ITIL Na PráticaEbook ITIL Na Prática
Ebook ITIL Na Prática
 
O que é Business Intelligence (BI)
O que é Business Intelligence (BI)O que é Business Intelligence (BI)
O que é Business Intelligence (BI)
 
Arquitetura de TI, Infraestrutura de TI e Processos de Negócio
Arquitetura de TI, Infraestrutura de TI e Processos de NegócioArquitetura de TI, Infraestrutura de TI e Processos de Negócio
Arquitetura de TI, Infraestrutura de TI e Processos de Negócio
 
Balanced Scorecard para TI
Balanced Scorecard para TIBalanced Scorecard para TI
Balanced Scorecard para TI
 
Segurança da informação - Aula 7 - ISO 27002
Segurança da informação - Aula 7 - ISO 27002Segurança da informação - Aula 7 - ISO 27002
Segurança da informação - Aula 7 - ISO 27002
 
COBIT 2019 Executive Summary_v1.1 .pdf
COBIT 2019 Executive Summary_v1.1 .pdfCOBIT 2019 Executive Summary_v1.1 .pdf
COBIT 2019 Executive Summary_v1.1 .pdf
 
Implantando a governança de ti
Implantando a governança de tiImplantando a governança de ti
Implantando a governança de ti
 

Destaque

Cobit 5 Parte 05: Guia de Implementação
Cobit 5 Parte 05: Guia de ImplementaçãoCobit 5 Parte 05: Guia de Implementação
Cobit 5 Parte 05: Guia de Implementação
Fernando Palma
 
Cobit 5 Parte 02: 2º Princípio- Cobrir a Organização de Ponta a Ponta
Cobit 5 Parte 02: 2º Princípio- Cobrir a Organização de Ponta a PontaCobit 5 Parte 02: 2º Princípio- Cobrir a Organização de Ponta a Ponta
Cobit 5 Parte 02: 2º Princípio- Cobrir a Organização de Ponta a Ponta
Fernando Palma
 
Material Oficial do Cobit 5 Foundation - Curso Online - ISACA | APMG | PMG Ac...
Material Oficial do Cobit 5 Foundation - Curso Online - ISACA | APMG | PMG Ac...Material Oficial do Cobit 5 Foundation - Curso Online - ISACA | APMG | PMG Ac...
Material Oficial do Cobit 5 Foundation - Curso Online - ISACA | APMG | PMG Ac...
Adriano Martins Antonio
 
Palestra governança por Fernando Palma
Palestra governança por Fernando PalmaPalestra governança por Fernando Palma
Palestra governança por Fernando Palma
Fernando Palma
 
Cobit 5 processos, implementação e avaliação
Cobit 5   processos, implementação e avaliaçãoCobit 5   processos, implementação e avaliação
Cobit 5 processos, implementação e avaliação
André Resende Rocha
 
Apostila cobit 5 v1.1
Apostila cobit 5   v1.1Apostila cobit 5   v1.1
Governança de TI - Aula7 - COBIT 4.1 X COBIT 5
Governança de TI - Aula7 - COBIT 4.1 X COBIT 5Governança de TI - Aula7 - COBIT 4.1 X COBIT 5
Governança de TI - Aula7 - COBIT 4.1 X COBIT 5
CEULJI/ULBRA Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná
 
Cobit 5 Parte 06: Modelo de Capacidade do Cobit 5
Cobit 5 Parte 06: Modelo de Capacidade do Cobit 5Cobit 5 Parte 06: Modelo de Capacidade do Cobit 5
Cobit 5 Parte 06: Modelo de Capacidade do Cobit 5
Fernando Palma
 
Cobit 5 na prática – parte i – como nós fazemos cobit
Cobit 5 na prática – parte i – como nós fazemos cobitCobit 5 na prática – parte i – como nós fazemos cobit
Cobit 5 na prática – parte i – como nós fazemos cobit
Andre Dourado
 
Cobit 5 Parte 03 - 3º princípio- aplicar um modelo único integrado
Cobit 5 Parte 03 -  3º princípio- aplicar um modelo único integradoCobit 5 Parte 03 -  3º princípio- aplicar um modelo único integrado
Cobit 5 Parte 03 - 3º princípio- aplicar um modelo único integrado
Fernando Palma
 
ITIL foundation V3
ITIL foundation V3ITIL foundation V3
ITIL foundation V3
Fernando Palma
 
Governança de ti na prática com bsc, cobit e itil
Governança de ti na prática com bsc, cobit e itilGovernança de ti na prática com bsc, cobit e itil
Governança de ti na prática com bsc, cobit e itil
Fernando Palma
 
Análise de Maturidade & Governança de TIC
Análise de Maturidade & Governança de TICAnálise de Maturidade & Governança de TIC
Análise de Maturidade & Governança de TIC
Jorge Castro
 
Governancaemtic
GovernancaemticGovernancaemtic
Governancaemtic
gueste8f73
 
Governança de TIC
Governança de TICGovernança de TIC
Governança de TIC
Eduardo Fagundes
 
Guia de estudo para exame de certificacao do Cobit 4.1 v7
Guia de estudo para exame de certificacao do Cobit 4.1 v7Guia de estudo para exame de certificacao do Cobit 4.1 v7
Guia de estudo para exame de certificacao do Cobit 4.1 v7
Rildo (@rildosan) Santos
 
CobiT, Val IT & Balanced Scorecards
CobiT, Val IT & Balanced ScorecardsCobiT, Val IT & Balanced Scorecards
CobiT, Val IT & Balanced Scorecards
Michael Sim
 
COBIT 5: La Gran Mentira (por fin, desvelada) (Spanish)
COBIT 5: La Gran Mentira (por fin, desvelada) (Spanish)COBIT 5: La Gran Mentira (por fin, desvelada) (Spanish)
COBIT 5: La Gran Mentira (por fin, desvelada) (Spanish)
iTTi Innovation & Technology Trends Institute
 
ITIL v3 - Treinamento de introdução - Diego Beltrame 2012
ITIL v3 - Treinamento de introdução - Diego Beltrame 2012ITIL v3 - Treinamento de introdução - Diego Beltrame 2012
ITIL v3 - Treinamento de introdução - Diego Beltrame 2012
Diego Beltrame
 
ISO 38500 Visão Geral
ISO 38500 Visão GeralISO 38500 Visão Geral
ISO 38500 Visão Geral
Blue Hawk - B&IT Management
 

Destaque (20)

Cobit 5 Parte 05: Guia de Implementação
Cobit 5 Parte 05: Guia de ImplementaçãoCobit 5 Parte 05: Guia de Implementação
Cobit 5 Parte 05: Guia de Implementação
 
Cobit 5 Parte 02: 2º Princípio- Cobrir a Organização de Ponta a Ponta
Cobit 5 Parte 02: 2º Princípio- Cobrir a Organização de Ponta a PontaCobit 5 Parte 02: 2º Princípio- Cobrir a Organização de Ponta a Ponta
Cobit 5 Parte 02: 2º Princípio- Cobrir a Organização de Ponta a Ponta
 
Material Oficial do Cobit 5 Foundation - Curso Online - ISACA | APMG | PMG Ac...
Material Oficial do Cobit 5 Foundation - Curso Online - ISACA | APMG | PMG Ac...Material Oficial do Cobit 5 Foundation - Curso Online - ISACA | APMG | PMG Ac...
Material Oficial do Cobit 5 Foundation - Curso Online - ISACA | APMG | PMG Ac...
 
Palestra governança por Fernando Palma
Palestra governança por Fernando PalmaPalestra governança por Fernando Palma
Palestra governança por Fernando Palma
 
Cobit 5 processos, implementação e avaliação
Cobit 5   processos, implementação e avaliaçãoCobit 5   processos, implementação e avaliação
Cobit 5 processos, implementação e avaliação
 
Apostila cobit 5 v1.1
Apostila cobit 5   v1.1Apostila cobit 5   v1.1
Apostila cobit 5 v1.1
 
Governança de TI - Aula7 - COBIT 4.1 X COBIT 5
Governança de TI - Aula7 - COBIT 4.1 X COBIT 5Governança de TI - Aula7 - COBIT 4.1 X COBIT 5
Governança de TI - Aula7 - COBIT 4.1 X COBIT 5
 
Cobit 5 Parte 06: Modelo de Capacidade do Cobit 5
Cobit 5 Parte 06: Modelo de Capacidade do Cobit 5Cobit 5 Parte 06: Modelo de Capacidade do Cobit 5
Cobit 5 Parte 06: Modelo de Capacidade do Cobit 5
 
Cobit 5 na prática – parte i – como nós fazemos cobit
Cobit 5 na prática – parte i – como nós fazemos cobitCobit 5 na prática – parte i – como nós fazemos cobit
Cobit 5 na prática – parte i – como nós fazemos cobit
 
Cobit 5 Parte 03 - 3º princípio- aplicar um modelo único integrado
Cobit 5 Parte 03 -  3º princípio- aplicar um modelo único integradoCobit 5 Parte 03 -  3º princípio- aplicar um modelo único integrado
Cobit 5 Parte 03 - 3º princípio- aplicar um modelo único integrado
 
ITIL foundation V3
ITIL foundation V3ITIL foundation V3
ITIL foundation V3
 
Governança de ti na prática com bsc, cobit e itil
Governança de ti na prática com bsc, cobit e itilGovernança de ti na prática com bsc, cobit e itil
Governança de ti na prática com bsc, cobit e itil
 
Análise de Maturidade & Governança de TIC
Análise de Maturidade & Governança de TICAnálise de Maturidade & Governança de TIC
Análise de Maturidade & Governança de TIC
 
Governancaemtic
GovernancaemticGovernancaemtic
Governancaemtic
 
Governança de TIC
Governança de TICGovernança de TIC
Governança de TIC
 
Guia de estudo para exame de certificacao do Cobit 4.1 v7
Guia de estudo para exame de certificacao do Cobit 4.1 v7Guia de estudo para exame de certificacao do Cobit 4.1 v7
Guia de estudo para exame de certificacao do Cobit 4.1 v7
 
CobiT, Val IT & Balanced Scorecards
CobiT, Val IT & Balanced ScorecardsCobiT, Val IT & Balanced Scorecards
CobiT, Val IT & Balanced Scorecards
 
COBIT 5: La Gran Mentira (por fin, desvelada) (Spanish)
COBIT 5: La Gran Mentira (por fin, desvelada) (Spanish)COBIT 5: La Gran Mentira (por fin, desvelada) (Spanish)
COBIT 5: La Gran Mentira (por fin, desvelada) (Spanish)
 
ITIL v3 - Treinamento de introdução - Diego Beltrame 2012
ITIL v3 - Treinamento de introdução - Diego Beltrame 2012ITIL v3 - Treinamento de introdução - Diego Beltrame 2012
ITIL v3 - Treinamento de introdução - Diego Beltrame 2012
 
ISO 38500 Visão Geral
ISO 38500 Visão GeralISO 38500 Visão Geral
ISO 38500 Visão Geral
 

Semelhante a COBIT 5 Parte 01: 1º Princípio e Cascata de Objetivos

Curso Completo Online preparatório do COBIT 4.1 Foundation
Curso Completo Online preparatório do COBIT 4.1 FoundationCurso Completo Online preparatório do COBIT 4.1 Foundation
Curso Completo Online preparatório do COBIT 4.1 Foundation
Adriano Martins Antonio
 
COBIT_5_Foundation_Livro_do_Participante_V3.pdf
COBIT_5_Foundation_Livro_do_Participante_V3.pdfCOBIT_5_Foundation_Livro_do_Participante_V3.pdf
COBIT_5_Foundation_Livro_do_Participante_V3.pdf
Ernani Marques, MBA, PRINCE2, PgMP/PMP, CBAP
 
Modelos de Governança de TI: COBIT e ITIL
Modelos de Governança de TI: COBIT e ITILModelos de Governança de TI: COBIT e ITIL
Modelos de Governança de TI: COBIT e ITIL
leonirlopes
 
Gestão da Tecnologia da Informação - Atividade: Governança de TI
Gestão da Tecnologia da Informação - Atividade: Governança de TIGestão da Tecnologia da Informação - Atividade: Governança de TI
Gestão da Tecnologia da Informação - Atividade: Governança de TI
Alessandro Almeida
 
Curso preparatorio para a certificacao COBIT 4.1 Foundation
Curso preparatorio para a certificacao COBIT 4.1 Foundation Curso preparatorio para a certificacao COBIT 4.1 Foundation
Curso preparatorio para a certificacao COBIT 4.1 Foundation
Grupo Treinar
 
Cobit3
Cobit3Cobit3
A Implementação do Sistema de Governança de TI
A Implementação do Sistema de Governança de TIA Implementação do Sistema de Governança de TI
A Implementação do Sistema de Governança de TI
Blue Hawk - B&IT Management
 
Cobit
CobitCobit
Cobit
TI Infnet
 
Cobit - Informações sobre a Certificação
Cobit - Informações sobre a CertificaçãoCobit - Informações sobre a Certificação
Cobit - Informações sobre a Certificação
Marcelo Figueira Pereira
 
BPM Ágil - Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´S por mei...
BPM Ágil - Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´S por mei...BPM Ágil - Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´S por mei...
BPM Ágil - Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´S por mei...
EloGroup
 
Conteúdo programático cobit 5 - foundation
Conteúdo programático   cobit 5 - foundationConteúdo programático   cobit 5 - foundation
Conteúdo programático cobit 5 - foundation
Thomaz Stepheson
 
Curso cobit trainning
Curso cobit trainningCurso cobit trainning
Curso cobit trainning
Abimael Fernandes
 
Luke artigo sobre_o_framework_petic- final
Luke artigo sobre_o_framework_petic- finalLuke artigo sobre_o_framework_petic- final
Luke artigo sobre_o_framework_petic- final
luke9999
 
Apresentacao cobi t
Apresentacao cobi tApresentacao cobi t
Apresentacao cobi t
Miguel Aquino
 
Prospecto Cobit®5 foundation
Prospecto Cobit®5 foundationProspecto Cobit®5 foundation
Prospecto Cobit®5 foundation
Ernani Marques, MBA, PRINCE2, PgMP/PMP, CBAP
 
Cobit®5 foundation
Cobit®5 foundationCobit®5 foundation
Cobit®5 foundation
Mgmt Brasil
 
Principais Certificações em TIC
Principais Certificações em TIC Principais Certificações em TIC
Principais Certificações em TIC
Cloves da Rocha
 
Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´S por meio de proce...
 Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´S por meio de proce... Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´S por meio de proce...
Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´S por meio de proce...
EloGroup
 
[Café com BPM] Concepção e desenvolvimento de sistemas
[Café com BPM] Concepção e desenvolvimento de sistemas [Café com BPM] Concepção e desenvolvimento de sistemas
[Café com BPM] Concepção e desenvolvimento de sistemas
EloGroup
 
BPM Ágil – desenvolvimento e implementação de novas funcionalidades
BPM Ágil – desenvolvimento e implementação de novas funcionalidadesBPM Ágil – desenvolvimento e implementação de novas funcionalidades
BPM Ágil – desenvolvimento e implementação de novas funcionalidades
EloGroup
 

Semelhante a COBIT 5 Parte 01: 1º Princípio e Cascata de Objetivos (20)

Curso Completo Online preparatório do COBIT 4.1 Foundation
Curso Completo Online preparatório do COBIT 4.1 FoundationCurso Completo Online preparatório do COBIT 4.1 Foundation
Curso Completo Online preparatório do COBIT 4.1 Foundation
 
COBIT_5_Foundation_Livro_do_Participante_V3.pdf
COBIT_5_Foundation_Livro_do_Participante_V3.pdfCOBIT_5_Foundation_Livro_do_Participante_V3.pdf
COBIT_5_Foundation_Livro_do_Participante_V3.pdf
 
Modelos de Governança de TI: COBIT e ITIL
Modelos de Governança de TI: COBIT e ITILModelos de Governança de TI: COBIT e ITIL
Modelos de Governança de TI: COBIT e ITIL
 
Gestão da Tecnologia da Informação - Atividade: Governança de TI
Gestão da Tecnologia da Informação - Atividade: Governança de TIGestão da Tecnologia da Informação - Atividade: Governança de TI
Gestão da Tecnologia da Informação - Atividade: Governança de TI
 
Curso preparatorio para a certificacao COBIT 4.1 Foundation
Curso preparatorio para a certificacao COBIT 4.1 Foundation Curso preparatorio para a certificacao COBIT 4.1 Foundation
Curso preparatorio para a certificacao COBIT 4.1 Foundation
 
Cobit3
Cobit3Cobit3
Cobit3
 
A Implementação do Sistema de Governança de TI
A Implementação do Sistema de Governança de TIA Implementação do Sistema de Governança de TI
A Implementação do Sistema de Governança de TI
 
Cobit
CobitCobit
Cobit
 
Cobit - Informações sobre a Certificação
Cobit - Informações sobre a CertificaçãoCobit - Informações sobre a Certificação
Cobit - Informações sobre a Certificação
 
BPM Ágil - Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´S por mei...
BPM Ágil - Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´S por mei...BPM Ágil - Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´S por mei...
BPM Ágil - Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´S por mei...
 
Conteúdo programático cobit 5 - foundation
Conteúdo programático   cobit 5 - foundationConteúdo programático   cobit 5 - foundation
Conteúdo programático cobit 5 - foundation
 
Curso cobit trainning
Curso cobit trainningCurso cobit trainning
Curso cobit trainning
 
Luke artigo sobre_o_framework_petic- final
Luke artigo sobre_o_framework_petic- finalLuke artigo sobre_o_framework_petic- final
Luke artigo sobre_o_framework_petic- final
 
Apresentacao cobi t
Apresentacao cobi tApresentacao cobi t
Apresentacao cobi t
 
Prospecto Cobit®5 foundation
Prospecto Cobit®5 foundationProspecto Cobit®5 foundation
Prospecto Cobit®5 foundation
 
Cobit®5 foundation
Cobit®5 foundationCobit®5 foundation
Cobit®5 foundation
 
Principais Certificações em TIC
Principais Certificações em TIC Principais Certificações em TIC
Principais Certificações em TIC
 
Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´S por meio de proce...
 Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´S por meio de proce... Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´S por meio de proce...
Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´S por meio de proce...
 
[Café com BPM] Concepção e desenvolvimento de sistemas
[Café com BPM] Concepção e desenvolvimento de sistemas [Café com BPM] Concepção e desenvolvimento de sistemas
[Café com BPM] Concepção e desenvolvimento de sistemas
 
BPM Ágil – desenvolvimento e implementação de novas funcionalidades
BPM Ágil – desenvolvimento e implementação de novas funcionalidadesBPM Ágil – desenvolvimento e implementação de novas funcionalidades
BPM Ágil – desenvolvimento e implementação de novas funcionalidades
 

Mais de Fernando Palma

CRM Gerenciamento Do Relacionamento Com Clientes | Prof. Francisco Alves | C...
CRM Gerenciamento Do Relacionamento Com Clientes | Prof. Francisco Alves |  C...CRM Gerenciamento Do Relacionamento Com Clientes | Prof. Francisco Alves |  C...
CRM Gerenciamento Do Relacionamento Com Clientes | Prof. Francisco Alves | C...
Fernando Palma
 
Formação em ciência de dados
Formação em ciência de dadosFormação em ciência de dados
Formação em ciência de dados
Fernando Palma
 
Apostila de Introdução ao Arduino
Apostila de Introdução ao ArduinoApostila de Introdução ao Arduino
Apostila de Introdução ao Arduino
Fernando Palma
 
Apostila Arduino Basico
Apostila Arduino BasicoApostila Arduino Basico
Apostila Arduino Basico
Fernando Palma
 
Cartilha Segurança na Internet - CERT.br
Cartilha Segurança na Internet - CERT.brCartilha Segurança na Internet - CERT.br
Cartilha Segurança na Internet - CERT.br
Fernando Palma
 
Ebook Apache Server: Guia Introdutório
Ebook Apache Server: Guia IntrodutórioEbook Apache Server: Guia Introdutório
Ebook Apache Server: Guia Introdutório
Fernando Palma
 
Apostila Zend Framework
Apostila Zend FrameworkApostila Zend Framework
Apostila Zend Framework
Fernando Palma
 
Hacker Ético
Hacker ÉticoHacker Ético
Hacker Ético
Fernando Palma
 
Ebook Governança de TI na Prática
Ebook Governança de TI na PráticaEbook Governança de TI na Prática
Ebook Governança de TI na Prática
Fernando Palma
 
Simulado ITIL Foundation - Questões Comentadas
Simulado ITIL Foundation - Questões ComentadasSimulado ITIL Foundation - Questões Comentadas
Simulado ITIL Foundation - Questões Comentadas
Fernando Palma
 
Introdução à Aprendizagem de Máquina
Introdução à Aprendizagem de MáquinaIntrodução à Aprendizagem de Máquina
Introdução à Aprendizagem de Máquina
Fernando Palma
 
PDTI - Plano Diretor de Tecnologia da Informação (modelo)
PDTI - Plano Diretor de Tecnologia da Informação (modelo)PDTI - Plano Diretor de Tecnologia da Informação (modelo)
PDTI - Plano Diretor de Tecnologia da Informação (modelo)
Fernando Palma
 
Guia Salarial 2017 Robert Half Brasil
Guia Salarial 2017 Robert Half BrasilGuia Salarial 2017 Robert Half Brasil
Guia Salarial 2017 Robert Half Brasil
Fernando Palma
 
Tutorial memcached
Tutorial memcachedTutorial memcached
Tutorial memcached
Fernando Palma
 
Gerenciamento na nuvem e System Center
Gerenciamento na nuvem e System CenterGerenciamento na nuvem e System Center
Gerenciamento na nuvem e System Center
Fernando Palma
 
SAN: Storage Area Network
SAN: Storage Area NetworkSAN: Storage Area Network
SAN: Storage Area Network
Fernando Palma
 
Linguagem ABAP
Linguagem ABAPLinguagem ABAP
Linguagem ABAP
Fernando Palma
 
Exemplo de Plano Estratégico de TI - MEC
Exemplo de Plano Estratégico de TI - MECExemplo de Plano Estratégico de TI - MEC
Exemplo de Plano Estratégico de TI - MEC
Fernando Palma
 
Apostila Tutorial CakePHP
Apostila Tutorial CakePHPApostila Tutorial CakePHP
Apostila Tutorial CakePHP
Fernando Palma
 
Internet Das Coisas Trabalho Acadêmico
Internet Das Coisas Trabalho AcadêmicoInternet Das Coisas Trabalho Acadêmico
Internet Das Coisas Trabalho Acadêmico
Fernando Palma
 

Mais de Fernando Palma (20)

CRM Gerenciamento Do Relacionamento Com Clientes | Prof. Francisco Alves | C...
CRM Gerenciamento Do Relacionamento Com Clientes | Prof. Francisco Alves |  C...CRM Gerenciamento Do Relacionamento Com Clientes | Prof. Francisco Alves |  C...
CRM Gerenciamento Do Relacionamento Com Clientes | Prof. Francisco Alves | C...
 
Formação em ciência de dados
Formação em ciência de dadosFormação em ciência de dados
Formação em ciência de dados
 
Apostila de Introdução ao Arduino
Apostila de Introdução ao ArduinoApostila de Introdução ao Arduino
Apostila de Introdução ao Arduino
 
Apostila Arduino Basico
Apostila Arduino BasicoApostila Arduino Basico
Apostila Arduino Basico
 
Cartilha Segurança na Internet - CERT.br
Cartilha Segurança na Internet - CERT.brCartilha Segurança na Internet - CERT.br
Cartilha Segurança na Internet - CERT.br
 
Ebook Apache Server: Guia Introdutório
Ebook Apache Server: Guia IntrodutórioEbook Apache Server: Guia Introdutório
Ebook Apache Server: Guia Introdutório
 
Apostila Zend Framework
Apostila Zend FrameworkApostila Zend Framework
Apostila Zend Framework
 
Hacker Ético
Hacker ÉticoHacker Ético
Hacker Ético
 
Ebook Governança de TI na Prática
Ebook Governança de TI na PráticaEbook Governança de TI na Prática
Ebook Governança de TI na Prática
 
Simulado ITIL Foundation - Questões Comentadas
Simulado ITIL Foundation - Questões ComentadasSimulado ITIL Foundation - Questões Comentadas
Simulado ITIL Foundation - Questões Comentadas
 
Introdução à Aprendizagem de Máquina
Introdução à Aprendizagem de MáquinaIntrodução à Aprendizagem de Máquina
Introdução à Aprendizagem de Máquina
 
PDTI - Plano Diretor de Tecnologia da Informação (modelo)
PDTI - Plano Diretor de Tecnologia da Informação (modelo)PDTI - Plano Diretor de Tecnologia da Informação (modelo)
PDTI - Plano Diretor de Tecnologia da Informação (modelo)
 
Guia Salarial 2017 Robert Half Brasil
Guia Salarial 2017 Robert Half BrasilGuia Salarial 2017 Robert Half Brasil
Guia Salarial 2017 Robert Half Brasil
 
Tutorial memcached
Tutorial memcachedTutorial memcached
Tutorial memcached
 
Gerenciamento na nuvem e System Center
Gerenciamento na nuvem e System CenterGerenciamento na nuvem e System Center
Gerenciamento na nuvem e System Center
 
SAN: Storage Area Network
SAN: Storage Area NetworkSAN: Storage Area Network
SAN: Storage Area Network
 
Linguagem ABAP
Linguagem ABAPLinguagem ABAP
Linguagem ABAP
 
Exemplo de Plano Estratégico de TI - MEC
Exemplo de Plano Estratégico de TI - MECExemplo de Plano Estratégico de TI - MEC
Exemplo de Plano Estratégico de TI - MEC
 
Apostila Tutorial CakePHP
Apostila Tutorial CakePHPApostila Tutorial CakePHP
Apostila Tutorial CakePHP
 
Internet Das Coisas Trabalho Acadêmico
Internet Das Coisas Trabalho AcadêmicoInternet Das Coisas Trabalho Acadêmico
Internet Das Coisas Trabalho Acadêmico
 

Último

Gestão de dados: sua importância e benefícios
Gestão de dados: sua importância e benefíciosGestão de dados: sua importância e benefícios
Gestão de dados: sua importância e benefícios
Rafael Santos
 
PRATICANDO O SCRUM Scrum team, product owner
PRATICANDO O SCRUM Scrum team, product ownerPRATICANDO O SCRUM Scrum team, product owner
PRATICANDO O SCRUM Scrum team, product owner
anpproferick
 
Orientações para utilizar Drone no espaço Brasil
Orientações para utilizar Drone no espaço BrasilOrientações para utilizar Drone no espaço Brasil
Orientações para utilizar Drone no espaço Brasil
EliakimArajo2
 
Por que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdf
Por que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdfPor que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdf
Por que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdf
Ian Oliveira
 
Como fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptx
Como fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptxComo fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptx
Como fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptx
tnrlucas
 
Teoria de redes de computadores redes .doc
Teoria de redes de computadores redes .docTeoria de redes de computadores redes .doc
Teoria de redes de computadores redes .doc
anpproferick
 
Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!
Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!
Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!
Annelise Gripp
 

Último (7)

Gestão de dados: sua importância e benefícios
Gestão de dados: sua importância e benefíciosGestão de dados: sua importância e benefícios
Gestão de dados: sua importância e benefícios
 
PRATICANDO O SCRUM Scrum team, product owner
PRATICANDO O SCRUM Scrum team, product ownerPRATICANDO O SCRUM Scrum team, product owner
PRATICANDO O SCRUM Scrum team, product owner
 
Orientações para utilizar Drone no espaço Brasil
Orientações para utilizar Drone no espaço BrasilOrientações para utilizar Drone no espaço Brasil
Orientações para utilizar Drone no espaço Brasil
 
Por que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdf
Por que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdfPor que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdf
Por que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdf
 
Como fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptx
Como fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptxComo fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptx
Como fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptx
 
Teoria de redes de computadores redes .doc
Teoria de redes de computadores redes .docTeoria de redes de computadores redes .doc
Teoria de redes de computadores redes .doc
 
Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!
Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!
Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!
 

COBIT 5 Parte 01: 1º Princípio e Cascata de Objetivos

  • 1. COBIT 05 Aula 01 Introdução ao COBIT 5, 1º Princípio do COBIT 5 e Cascata de Objetivos Fernando Palma
  • 2. Fernando Palma Fundador do Portal GSTI, Consultor em Governança de TI, Gestão de Serviços de TI e Gestão da Segurança da Informação. Possui certificações como ITIL Expert, ITIL Manager, COBIT, OCEB, ISO 20.000 F e ISO 27.002 F. Professor de pós-graduação na UNIJORGE e Ruy Barbosa, de concursos na ITNerantes e palestrante. Treinou mais de 1 mil profissionais em ITIL, COBIT e Gestão da Segurança. Perfil Completo: Fernando Palma. Encontre-me nas Redes Sociais! LinkedIn: Fernando Palma Facebook: Fernando Palma Slideshare: Fernando Palma E-mail: fpalma@portalgsti.com.br
  • 3. Links Úteis Vídeos de todas as Aulas COBIT 5 Framework do COBIT 5 em Português Resumo do COBIT 5 em Português
  • 4. Série de Palestras sobre COBIT 5 ● Hoje! - Introdução - Princípio 01 (de 05) do do COBIT 5: 1.Satisfazer as necessidades das partes interessadas - Cascata de Objetivos do COBIT 5 ● Próximas Palestras (pelo menos 06), às Quintas Feiras - Mais sobre o uso da Cascata de Objetivos - Princípio 02 - Princípio 03 - Princípio 04 - Princípio 05 - Guia de Implementação - Modelo de Capacidade de Processos
  • 5. Agenda ● Sobre o COBIT 5 ○ Um Modelo Corporativo Para a Governança e Gestão de TI ○ Princípios do COBIT 5 ○ Visão Geral do COBIT 5 ● Princípio 01: 1.Satisfazer as necessidades das partes interessadas ● A Cascata de Objetivos do COBIT 5 ○ Visão Geral ○ 1º Passo ○ 2º Passo. ○ 3º Passo. ○ 4º Passo.
  • 6. Um Modelo Corporativo Para a Governança e Gestão de TI Governança: a. Avaliar opções estratégicas, b. Prover direção para TI, c. Monitorar os resultados. Gestão: d. Planejar, e. Construir, f. executar g. Monitorar a organização de TI, garantindo uma cobertura holística.
  • 7. 05 Princípios Básicos do COBIT 5 Princípios do COBIT 5
  • 8. 1.Satisfazer necessidades das partes interessadas Princípios do COBIT 5 2. Cobrir a Organização de Ponta a Ponta 3. Aplicar um Framework Integrado Único 4 Possibilitar uma Visão Holística 5. Distinguir a Governança de Gestão
  • 9. Visão Geral do COBIT 5 Cap. 1: Visão Geral do COBIT 5 Cap. 3: 2º Princípio: Cobrir a Organização de Ponta a Ponta Cap. 2: 1º Princípio: Atender às Necessidades das Partes interessadas Cap. 4: 3º Princípio: Aplicar Um Modelo Único Integrado Cap. 6: 5º Princíio: Distinguir a Governança de Gestão Cap. 5: 4º Princípio: Permitir uma Abordagem Holística Cap. 7: Guia de Implementação Anexos e Apêndices Cap. 8: Modelo de Capacidade de Processo do COBIT 5
  • 10. Habilitadores: processos, estruturas organizacionais e informações
  • 11. Agenda ● Sobre o COBIT 5 ○ Um Modelo Corporativo Para a Governança e Gestão de TI ○ Princípios do COBIT 5 ○ Visão Geral do COBIT 5 ● Princípio 01: 1.Satisfazer as necessidades das partes interessadas ● A Cascata de Objetivos do COBIT 5 ○ Visão Geral ○ 1º Passo ○ 2º Passo. ○ 3º Passo. ○ 4º Passo.
  • 12. Figura ‐ 3: Objetivo da Governança: Criação de Valor Necessidades das Partes Interessadas Direcionam Objetivo da Governança: Criação de Valor Realização de Benefícios Otimização dos Riscos Otimização dos Recursos Princípio 01: 1.Satisfazer as necessidades das partes interessadas
  • 13. Agenda ● Sobre o COBIT 5 ○ Um Modelo Corporativo Para a Governança e Gestão de TI ○ Princípios do COBIT 5 ○ Visão Geral do COBIT 5 ● Princípio 01: 1.Satisfazer as necessidades das partes interessadas ● A Cascata de Objetivos do COBIT 5 ○ 1º Passo ○ 2º Passo. ○ 3º Passo. ○ 4º Passo.
  • 15. Visão Geral da Cascata de Objetivos do COBIT 5
  • 16. Figura 04 - Visão Geral da Cascata de Objetivos do COBIT 5 Direcionadores das Partes Interessadas (Ambiente, Evolução Tecnológica, etc. Objetivos Corporativos. Objetivos de TI. Objetivos de Habilitador. Realização de benefícios. Otimização do Risco. Otimização dos Recursos. Necessidades das Partes Interessadas Desdobra em Desdobra em Desdobra em Influencia Apêndice D Figura 5 Apêndice B Figura 6 Apêndice C
  • 17. 1º Passo: Os Direcionadores das Partes Interessadas Influenciam as Necessidades das Partes Interessadas
  • 18. Figura 04 - Visão Geral da Cascata de Objetivos do COBIT 5 Direcionadores das Partes Interessadas (Ambiente, Evolução Tecnológica, etc. ) Realização de benefícios. Otimização do Risco. Otimização dos Recursos. Necessidades das Partes Interessadas Influencia As necessidades das partes interessadas são influenciadas por diversas tendências Mudanças de estratégia Mudanças nos negócios Mudanças ambiente regulatório Novas tecnologias
  • 19. 2º Passo. Desdobramento das Necessidades das Partes Interessadas em Objetivos Corporativos
  • 20. Figura 04 - Visão Geral da Cascata de Objetivos do COBIT 5 Direcionadores das Partes Interessadas (Ambiente, Evolução Tecnológica, etc. Realização de benefícios. Otimização do Risco. Otimização dos Recursos. Necessidades das Partes Interessadas Influencia Objetivos Corporativos. Desdobra em Apêndice D Figura 5
  • 21. Figura 04 - Visão Geral da Cascata de Objetivos do COBIT 5 Necessidades das Partes Interessadas Realização de benefícios. Otimização do Risco. Otimização dos Recursos. Objetivos Corporativos. Desdobra em Apêndice D Figura 5 Objetivos corporativos são resultados das necessidades do cliente / Negócio. O COBIT 5 define 17 objetivos corporarivos genéricos Apêndice D Uma tabela com as necessidades das partes interessadas e os objetivos corporativos. Figura 5 17 Objetivos Corporativos Genéricos do COBIT 5
  • 24. Figura 04 - Visão Geral da Cascata de Objetivos do COBIT 5 Direcionadores das Partes Interessadas (Ambiente, Evolução Tecnológica, etc. Realização de benefícios. Otimização do Risco. Otimização dos Recursos. Necessidades das Partes Interessadas Influencia Objetivos Corporativos. Desdobra em Apêndice D Figura 5 Objetivos de TI. Objetivos de Habilitador. Desdobra em Desdobra em Apêndice B Figura 6 Apêndice C
  • 25. 3º Passo. Cascata dos Objetivos Corporativos em Objetivos de TI
  • 26. Figura 04 - Visão Geral da Cascata de Objetivos do COBIT 5 Objetivos Corporativos. Realização de benefícios. Otimização do Risco. Otimização dos Recursos. Direcionadores das Partes Interessadas (Ambiente, Evolução Tecnológica, etc. Necessidades das Partes Interessadas Influencia Desdobra em Apêndice D Figura 5 Objetivos de TI. Desdobra em Figura 6 Apêndice B
  • 27. Objetivos de TI. Desdobra em Figura 6 Apêndice B Figura 04 - Visão Geral da Cascata de Objetivos do COBIT 5 Objetivos Corporativos. O atingimento dos objetivos corporativos exige uma série de resultados de TI! O COBIT 5 define 17 objetivos genéricos de TI, relacionados na figura Apêndice B A tabela de mapeamento dos objetivos corporativos em Objetivos de TI, demonstra como cada objetivo corporativo é apoiado por diversos objetivos de TI Figura 6 17 objetivos genéricos de TI
  • 30. Figura 04 - Visão Geral da Cascata de Objetivos do COBIT 5 Direcionadores das Partes Interessadas (Ambiente, Evolução Tecnológica, etc. Objetivos Corporativos. Objetivos de TI. Realização de benefícios. Otimização do Risco. Otimização dos Recursos. Necessidades das Partes Interessadas Desdobra em Desdobra em Influencia Apêndice D Figura 5 Apêndice B Figura 6 Objetivos de Habilitador. Desdobra em Apêndice C
  • 31. 4º Passo. Cascata dos Objetivos de TI em Metas do Habilitador
  • 32. Objetivos Corporativos. Realização de benefícios. Otimização do Risco. Otimização dos Recursos. Direcionadores das Partes Interessadas (Ambiente, Evolução Tecnológica, etc. Influencia Desdobra em Apêndice D Figura 5 Objetivos de TI. Desdobra em Apêndice B Figura 04 - Visão Geral da Cascata de Objetivos do COBIT 5 Figura 6 Objetivos de Habilitador. Desdobra em Apêndice C Objetivos de TI.
  • 33. Figura 6 Objetivos de Habilitador. Desdobra em Apêndice C Objetivos de TI. Atingir os objetivos de TI exige a aplicação e o uso bem-sucedido de diversos habilitadores: processos, estruturas organizacionais e informações Cada habilitador precisa ter um um conjunto específico de metas relevantes estabelecidas, que devem ser alcançadas para garantir os resultados previstos: objetivos de TI e Objetivos Corporativos. Figura 6 Já passamos por ela: 17 objetivos genéricos de TI Apêndice C Mapeamento detalhado dos Objetivos de TI – Processos de TI
  • 36. Cascata de Objetivos Ajuda a Priorizar
  • 37. Cascata de Objetivos Contribui para Garantir e Melhorar a Governança
  • 38. Cascata de Objetivos Mantém o Foco na Estratégia da Organização
  • 39. Define as metas e objetivos tangíveis e relevantes em vários níveis de responsabilidade
  • 40. Permite identificar e comunicar de forma clara a relevância de cada habilitador

Notas do Editor

  1. Governança tem haver com negociar
  2. Desdobramento: por isso que é cascata! Lembre-se de uma caixoeira //falta a animação!
  3. Citar que estas perguntas são utilizadas para um consultor no momento de um Diagnóstico em Governança.
  4. Citar que estas perguntas são utilizadas para um consultor no momento de um Diagnóstico em Governança.
  5. Desdobramento: por isso que é cascata! Lembre-se de uma caixoeira //falta a animação!
  6. Citar que estas perguntas são utilizadas para um consultor no momento de um Diagnóstico em Governança.