SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 51
Guia de Implementação do
COBIT 5
Fernando Palma fpalma@portalgsti.com.br
Fernando Palma
Fundador do Portal GSTI, Consultor em Governança de TI, Gestão de
Serviços de TI e Gestão da Segurança da Informação. Possui
certificações como ITIL Expert, ITIL Manager, COBIT, OCEB, ISO
20.000 F e ISO 27.002 F. Professor de pós-graduação na UNIJORGE e
Ruy Barbosa, de concursos na ITNerantes e palestrante. Treinou mais
de 1 mil profissionais em ITIL, COBIT e Gestão da Segurança. Perfil
Completo: Fernando Palma.
Links Úteis
Framework do COBIT 5 em Português
Resumo do COBIT 5 em Português
Material da Aula 01 COBIT 5
Material da Aula 02 COBIT 5
Material da Aula 03 COBIT 5
Vídeos de todas as Aulas COBIT 5
Série de Palestras sobre
COBIT 5● 1º Encontro
- Introdução
- Princípio 01 (de 05) do do COBIT 5: 1.Satisfazer as necessidades das
partes interessadas
- Cascata de Objetivos do COBIT 5
● 2º Encontro
- Revisão e Cascata de Objetivos na Prática
- 2º Princípio: Cobrir a Organização de Ponta a Ponta
● 3º Encontro
- Princípio 03 (+ BSC)
● 4º Encontro: 4º Princípio e 5º Princípio
● 5º Encontro (Hoje): Guia de Implementação
● 6º Encontro: Modelo de Capacidade de Processos
Agenda
● Guia de Implementação do COBIT 5
○ Introdução
○ Considerar o Contexto da Organização
○ Criar o Ambiente Apropriado
○ Reconhecer Pontos de Dor e Eventos
Desencadeadores
○ Capacitar a Mudança
○ Uma Abordagem ao Ciclo de Vida
○ Primeiros Passos: Elaborar o Estudo de Caso
Agenda
● Guia de Implementação do COBIT 5
○ Introdução
○ Considerar o Contexto da Organização
○ Criar o Ambiente Apropriado
○ Reconhecer Pontos de Dor e Eventos
Desencadeadores
○ Capacitar a Mudança
○ Uma Abordagem ao Ciclo de Vida
○ Primeiros Passos: Elaborar o Estudo de Caso
Introdução
O valor agregado com o uso do COBIT será percebido
somente se ele tiver sido efetivamente adotado e adaptado
para atender ao ambiente único de cada organização
Produto da ISACA: COBIT 5 Implementação, que se baseia
em um ciclo de vida de melhoria contínua
O guia também é apoiado por um kit:
Ferramentas de autoavaliação, medição
e diagnóstico Apresentações destinadas
a diversos públicos Artigos relacionados
e explicações adicionais
Introdução
O objetivo deste Guia (no Framewor) é apresentar o ciclo
de vida de melhoria contínua em um alto nível e destacar
diversos tópicos importantes:
Elaborar um estudo de caso para a implementação e
melhoria da governança e gestão de TI
Reconhecer os pontos fracos mais comuns e os eventos
desencadeadores
Criar o ambiente apropriado para a implementação
Aplicar o COBIT para identificar falhas e
orientar o desenvolvimento de habilitadores
Agenda
● Guia de Implementação do COBIT 5
○ Introdução
○ Considerar o Contexto da Organização
○ Criar o Ambiente Apropriado
○ Reconhecer Pontos de Dor e Eventos
Desencadeadores
○ Capacitar a Mudança
○ Uma Abordagem ao Ciclo de Vida
○ Primeiros Passos: Elaborar o Estudo de Caso
Considerar o Contexto da Organização
Cada organização deve elaborar seu próprio plano ou
roteiro de implementação, dependendo de fatores
específicos do ambiente interno e externo da organização
Ética e cultura Leis e regulamentos
Políticas e práticas de governança
Missão, visão e valores
Plano de negócios e intenções
estratégicas
Modelo operacional e nível de maturidade
Estilo de gestão Apetite ao risco
Capacidades e recursos
Práticas da Industria
Os principais fatores para uma
implementação bem-sucedida
incluem:
Fornecimento pela alta administração da orientação e da
ordem para a iniciativa, bem como o compromisso e o apoio
visíveis e contínuos
Apoio aos processos de governança e gestão por todas as
partes a fim de entender os objetivos de TI e os da
organização
Garantia de comunicação efetiva e capacitação das
mudanças necessárias
Garantia de comunicação efetiva e capacitação das
mudanças necessárias
Adaptação do COBIT e demais padrões e boas práticas de
apoio a fim de atender ao contexto único da organização
Foco em resultados rápidos e priorização das melhorias mais
benéficas que são mais fáceis de implementar
Agenda
● Guia de Implementação do COBIT 5
○ Introdução
○ Considerar o Contexto da Organização
○ Criar o Ambiente Apropriado
○ Reconhecer Pontos de Dor e Eventos
Desencadeadores
○ Capacitar a Mudança
○ Uma Abordagem ao Ciclo de Vida
○ Primeiros Passos: Elaborar o Estudo de Caso
Criar o Ambiente Apropriado
É importante que a implementação de iniciativas utilizando
COBIT seja devidamente governada e adequadamente
gerenciada.
Importantes iniciativas de TI geralmente falham devido à
orientação, apoio e supervisão inadequados
Apoio e compromisso visíveis devem ser
oferecidos pelas principais partes
interessadas
Os habilitadores que aplicam o COBIT devem fornecer uma
solução que trate das necessidades e problemas reais da
organização, em vez de servir como fins em si mesmos.
Agenda
● Guia de Implementação do COBIT 5
○ Introdução
○ Considerar o Contexto da Organização
○ Criar o Ambiente Apropriado
○ Reconhecer Pontos de Dor e Eventos Desencadeadores
○ Capacitar a Mudança
○ Uma Abordagem ao Ciclo de Vida
○ Primeiros Passos: Elaborar o Estudo de Caso
Reconhecer Pontos de Dor e Eventos
Desencadeadores
Há diversos fatores que podem indicar a necessidade de
melhorar a governança e gestão corporativa de TI.
O estudo de caso de melhoria da governança ou gestão
corporativa de TI pode estar relacionado aos problemas práticos
ou cotidianos sendo vivenciados.
Resultados rápidos podem ser identificados e o
valor agregado pode ser demonstrado nas
áreas da organização mais visíveis ou
reconhecíveis.
Isto aumentará a adesão e criará o senso de urgência na
organização
Exemplos de alguns dos
pontos de dor mais comuns
Frustração da organização com iniciativas fracassadas,
aumentando os custos de TI e a percepção de baixo valor
para o negócio
Incidentes significativos relacionados ao risco de TI para o
negócio, tais como perda de dados ou falha em projetos
Não cumprimento das exigências regulatórias ou contratuais
Gastos com TI ocultos e não
autorizados
Recursos de TI insuficientes, pessoal com competências
inadequadas ou insatisfação ou esgotamento do pessoal
Fusão, aquisição ou
alienação
Mudança significativa de tecnologia ou de
paradigma
Uma nova estratégia ou de
negócio
Agenda
● Guia de Implementação do COBIT 5
○ Introdução
○ Considerar o Contexto da Organização
○ Criar o Ambiente Apropriado
○ Reconhecer Pontos de Dor e Eventos Desencadeadores
○ Capacitar a Mudança
○ Uma Abordagem ao Ciclo de Vida
○ Primeiros Passos: Elaborar o Estudo de Caso
Capacitar a Mudança
O sucesso da implementação depende da implantação da
mudança adequada
Em muitas organizações, há um foco significativo no núcleo de
governança de TI - mas há pouca ênfase na gestão dos aspectos
humanos, comportamentais e culturais da mudança e motivação
das partes interessadas para aceitar a mudança.
A possibilidade de ignorarem e/ou resistirem à mudança deve ser
tratada por meio de uma abordagem estruturada e proativa.
Conscientizaçã
o
Compromisso
Comunicaçã
oRespost
Investimento Superar Barreiras
Agenda
● Guia de Implementação do COBIT 5
○ Introdução
○ Considerar o Contexto da Organização
○ Criar o Ambiente Apropriado
○ Reconhecer Pontos de Dor e Eventos
Desencadeadores
○ Capacitar a Mudança
○ Uma Abordagem ao Ciclo de Vida
○ Primeiros Passos: Elaborar o Estudo de Caso
Uma Abordagem ao Ciclo de Vida
O ciclo de vida da implementação apresenta uma forma
das organizações usarem COBIT para tratar da
complexidade e durante as implementações. Os três
componentes inter-relacionados do ciclo de vida são:
1. Ciclo de vida principal de melhoria contínua - Este não é
um projeto isolado.
2. Capacitação da mudança - Abordagem dos aspectos
comportamentais e culturais
3. Gestão do programa
A 1ª Fase começa
com o reconhecimento
e aceitação da
necessidade de uma
implementação
2ª Fase : definição do
escopo da
implementação usando o
mapeamento dos
objetivos corporativos do
COBIT em objetivos de TI
e nos respectivos
processos de TI
Durante a 3ª Fase, uma meta
de melhoria é definida,
seguida por uma análise mais
detalhada, que alavanca a
orientação do COBIT, a fim
de identificar falhas e
possíveis soluções
A 4ª Fase planeja soluções
práticas através da definição
de projetos apoiados por
estudos de casos
justificáveis.
5ª Fase: As soluções propostas
são implementadas. Medições
podem ser definidas e o
monitoramento estabelecido
com o uso das metas e
indicadores do COBIT para
garantir que o alinhamento da
organização seja atingido
A 6ª Fase concentra-se na
operação sustentável dos
habilitadores novos ou
aperfeiçoados e no
monitoramento do atingimento
dos benefícios esperados.
Durante a 7ª Fase, o sucesso
da iniciativa como um todo é
analisado, novos requisitos
para a governança ou gestão
de TI da organização são
identificados e a necessidade
de melhoria contínua é
reforçada.
O estudo de caso deve incluir,
no mínimo, o seguinte:
Os benefícios almejados para a organização, seu
alinhamento com a estratégia de negócios e os respectivos
responsáveis pelo benefício
As mudanças nos negócios necessárias para criar o valor
esperado.
Os investimentos necessários para criar as mudanças na
governança e gestão de TI da organização
Os custos fixos do negócio e de TI
Os benefícios esperados da operação após a mudança
O risco inerente nos pontos acima, inclusive quaisquer
restrições ou dependências (com base nos desafios e
fatores de sucesso)
Funções e responsabilidades relacionadas à iniciativa
Como o investimento e a criação de valor serão
monitorados durante todo o ciclo de vida econômico, e
como os indicadores serão usados
fpalma@portalgsti.com.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Introduction to Enterprise architecture and the steps to perform an Enterpris...
Introduction to Enterprise architecture and the steps to perform an Enterpris...Introduction to Enterprise architecture and the steps to perform an Enterpris...
Introduction to Enterprise architecture and the steps to perform an Enterpris...Prashanth Panduranga
 
SIG: MRP, ERP, CRM e SCM
SIG: MRP, ERP, CRM e SCMSIG: MRP, ERP, CRM e SCM
SIG: MRP, ERP, CRM e SCMFelipe Oliveira
 
Conceitos de Sistemas de Informação
Conceitos de Sistemas de InformaçãoConceitos de Sistemas de Informação
Conceitos de Sistemas de Informaçãoluanrjesus
 
The role of enterprise architecture in digital transformation
The role of enterprise architecture in digital transformationThe role of enterprise architecture in digital transformation
The role of enterprise architecture in digital transformationDanny Greefhorst
 
Align IT Strategy with Business Strategy
Align IT Strategy with Business StrategyAlign IT Strategy with Business Strategy
Align IT Strategy with Business StrategyMauly Chandra
 
Enterprise Architecture for Dummies
Enterprise Architecture for DummiesEnterprise Architecture for Dummies
Enterprise Architecture for DummiesSebastien Juras
 
IT Strategy Framework
IT Strategy FrameworkIT Strategy Framework
IT Strategy FrameworkVishal Sharma
 
Digital Product-Centric Enterprise and Enterprise Architecture - Tan Eng Tsze
Digital Product-Centric Enterprise and Enterprise Architecture - Tan Eng TszeDigital Product-Centric Enterprise and Enterprise Architecture - Tan Eng Tsze
Digital Product-Centric Enterprise and Enterprise Architecture - Tan Eng TszeNUS-ISS
 
Architecting Next Generatio IT Operating Models Using IT4IT and SFIA
Architecting Next Generatio IT Operating Models Using IT4IT and SFIAArchitecting Next Generatio IT Operating Models Using IT4IT and SFIA
Architecting Next Generatio IT Operating Models Using IT4IT and SFIASukumar Daniel
 
Arquitetura de TI, Infraestrutura de TI e Processos de Negócio
Arquitetura de TI, Infraestrutura de TI e Processos de NegócioArquitetura de TI, Infraestrutura de TI e Processos de Negócio
Arquitetura de TI, Infraestrutura de TI e Processos de NegócioMauricio Uriona Maldonado PhD
 
Doing Enterprise Architecture
Doing Enterprise ArchitectureDoing Enterprise Architecture
Doing Enterprise ArchitectureJohn Macasio
 
Enterprise Architecture Implementation And The Open Group Architecture Framew...
Enterprise Architecture Implementation And The Open Group Architecture Framew...Enterprise Architecture Implementation And The Open Group Architecture Framew...
Enterprise Architecture Implementation And The Open Group Architecture Framew...Alan McSweeney
 
ITIL,COBIT and IT4IT Mapping
ITIL,COBIT and IT4IT MappingITIL,COBIT and IT4IT Mapping
ITIL,COBIT and IT4IT MappingRob Akershoek
 
IT4IT™ - Managing the Business of IT
IT4IT™ - Managing the Business of ITIT4IT™ - Managing the Business of IT
IT4IT™ - Managing the Business of ITReal IRM
 
Business Focused IT Strategy
Business Focused IT StrategyBusiness Focused IT Strategy
Business Focused IT Strategymuhammadsjameel
 
Review of Information Technology Function Critical Capability Models
Review of Information Technology Function Critical Capability ModelsReview of Information Technology Function Critical Capability Models
Review of Information Technology Function Critical Capability ModelsAlan McSweeney
 
Creating A Business Focussed Information Technology Strategy
Creating A Business Focussed Information Technology StrategyCreating A Business Focussed Information Technology Strategy
Creating A Business Focussed Information Technology StrategyAlan McSweeney
 

Mais procurados (20)

Introduction to Enterprise architecture and the steps to perform an Enterpris...
Introduction to Enterprise architecture and the steps to perform an Enterpris...Introduction to Enterprise architecture and the steps to perform an Enterpris...
Introduction to Enterprise architecture and the steps to perform an Enterpris...
 
SIG: MRP, ERP, CRM e SCM
SIG: MRP, ERP, CRM e SCMSIG: MRP, ERP, CRM e SCM
SIG: MRP, ERP, CRM e SCM
 
Conceitos de Sistemas de Informação
Conceitos de Sistemas de InformaçãoConceitos de Sistemas de Informação
Conceitos de Sistemas de Informação
 
IT Strategy Tools
IT Strategy ToolsIT Strategy Tools
IT Strategy Tools
 
The role of enterprise architecture in digital transformation
The role of enterprise architecture in digital transformationThe role of enterprise architecture in digital transformation
The role of enterprise architecture in digital transformation
 
Align IT Strategy with Business Strategy
Align IT Strategy with Business StrategyAlign IT Strategy with Business Strategy
Align IT Strategy with Business Strategy
 
Enterprise Architecture for Dummies
Enterprise Architecture for DummiesEnterprise Architecture for Dummies
Enterprise Architecture for Dummies
 
IT Strategy Framework
IT Strategy FrameworkIT Strategy Framework
IT Strategy Framework
 
Digital Product-Centric Enterprise and Enterprise Architecture - Tan Eng Tsze
Digital Product-Centric Enterprise and Enterprise Architecture - Tan Eng TszeDigital Product-Centric Enterprise and Enterprise Architecture - Tan Eng Tsze
Digital Product-Centric Enterprise and Enterprise Architecture - Tan Eng Tsze
 
Architecting Next Generatio IT Operating Models Using IT4IT and SFIA
Architecting Next Generatio IT Operating Models Using IT4IT and SFIAArchitecting Next Generatio IT Operating Models Using IT4IT and SFIA
Architecting Next Generatio IT Operating Models Using IT4IT and SFIA
 
ITIL V3
ITIL V3ITIL V3
ITIL V3
 
Arquitetura de TI, Infraestrutura de TI e Processos de Negócio
Arquitetura de TI, Infraestrutura de TI e Processos de NegócioArquitetura de TI, Infraestrutura de TI e Processos de Negócio
Arquitetura de TI, Infraestrutura de TI e Processos de Negócio
 
Doing Enterprise Architecture
Doing Enterprise ArchitectureDoing Enterprise Architecture
Doing Enterprise Architecture
 
Enterprise Architecture Implementation And The Open Group Architecture Framew...
Enterprise Architecture Implementation And The Open Group Architecture Framew...Enterprise Architecture Implementation And The Open Group Architecture Framew...
Enterprise Architecture Implementation And The Open Group Architecture Framew...
 
Governança de TI - Aula01 Apresentação da disciplina
Governança de TI - Aula01 Apresentação da disciplinaGovernança de TI - Aula01 Apresentação da disciplina
Governança de TI - Aula01 Apresentação da disciplina
 
ITIL,COBIT and IT4IT Mapping
ITIL,COBIT and IT4IT MappingITIL,COBIT and IT4IT Mapping
ITIL,COBIT and IT4IT Mapping
 
IT4IT™ - Managing the Business of IT
IT4IT™ - Managing the Business of ITIT4IT™ - Managing the Business of IT
IT4IT™ - Managing the Business of IT
 
Business Focused IT Strategy
Business Focused IT StrategyBusiness Focused IT Strategy
Business Focused IT Strategy
 
Review of Information Technology Function Critical Capability Models
Review of Information Technology Function Critical Capability ModelsReview of Information Technology Function Critical Capability Models
Review of Information Technology Function Critical Capability Models
 
Creating A Business Focussed Information Technology Strategy
Creating A Business Focussed Information Technology StrategyCreating A Business Focussed Information Technology Strategy
Creating A Business Focussed Information Technology Strategy
 

Destaque

COBIT 5 Parte 01: 1º Princípio e Cascata de Objetivos
COBIT 5 Parte 01: 1º Princípio e Cascata de ObjetivosCOBIT 5 Parte 01: 1º Princípio e Cascata de Objetivos
COBIT 5 Parte 01: 1º Princípio e Cascata de ObjetivosFernando Palma
 
Palestra governança por Fernando Palma
Palestra governança por Fernando PalmaPalestra governança por Fernando Palma
Palestra governança por Fernando PalmaFernando Palma
 
Aula 03 implementação do cobit
Aula 03   implementação do cobitAula 03   implementação do cobit
Aula 03 implementação do cobitMaurilio Benevento
 
Cobit 5 Parte 02: 2º Princípio- Cobrir a Organização de Ponta a Ponta
Cobit 5 Parte 02: 2º Princípio- Cobrir a Organização de Ponta a PontaCobit 5 Parte 02: 2º Princípio- Cobrir a Organização de Ponta a Ponta
Cobit 5 Parte 02: 2º Princípio- Cobrir a Organização de Ponta a PontaFernando Palma
 
Como demonstrar ROI das entregas de valor com Business Case
Como demonstrar ROI das entregas de valor com Business Case Como demonstrar ROI das entregas de valor com Business Case
Como demonstrar ROI das entregas de valor com Business Case Rildo (@rildosan) Santos
 
Cobit 5 Parte 06: Modelo de Capacidade do Cobit 5
Cobit 5 Parte 06: Modelo de Capacidade do Cobit 5Cobit 5 Parte 06: Modelo de Capacidade do Cobit 5
Cobit 5 Parte 06: Modelo de Capacidade do Cobit 5Fernando Palma
 
Cobit 5 Parte 03 - 3º princípio- aplicar um modelo único integrado
Cobit 5 Parte 03 -  3º princípio- aplicar um modelo único integradoCobit 5 Parte 03 -  3º princípio- aplicar um modelo único integrado
Cobit 5 Parte 03 - 3º princípio- aplicar um modelo único integradoFernando Palma
 
Curso completo COBIT 4.1
Curso completo COBIT 4.1Curso completo COBIT 4.1
Curso completo COBIT 4.1Fernando Palma
 
Apostila cobit 5 - material de estudo
Apostila cobit 5 - material de estudoApostila cobit 5 - material de estudo
Apostila cobit 5 - material de estudoMoacir Jacomin
 
Metodo de Avaliação de Capacidade do COBIT® 5
Metodo de Avaliação de Capacidade do COBIT® 5Metodo de Avaliação de Capacidade do COBIT® 5
Metodo de Avaliação de Capacidade do COBIT® 5Blue Hawk - B&IT Management
 
Institucional Stefanini 2010
Institucional Stefanini 2010Institucional Stefanini 2010
Institucional Stefanini 2010dnascimento
 
Um estudo sobre os habilitadores do cobit 5 sob a perspectiva da segurança da...
Um estudo sobre os habilitadores do cobit 5 sob a perspectiva da segurança da...Um estudo sobre os habilitadores do cobit 5 sob a perspectiva da segurança da...
Um estudo sobre os habilitadores do cobit 5 sob a perspectiva da segurança da...Luzia Dourado
 
Validação e Testes de Software - MOD2
Validação e Testes de Software - MOD2Validação e Testes de Software - MOD2
Validação e Testes de Software - MOD2Fernando Palma
 
ITIL v3 - Treinamento de introdução - Diego Beltrame 2012
ITIL v3 - Treinamento de introdução - Diego Beltrame 2012ITIL v3 - Treinamento de introdução - Diego Beltrame 2012
ITIL v3 - Treinamento de introdução - Diego Beltrame 2012Diego Beltrame
 
O que caracteriza uma EA (Enterprise Architeture) e como aplicamos o TOGAF®
O que caracteriza uma EA (Enterprise Architeture) e como aplicamos o TOGAF®O que caracteriza uma EA (Enterprise Architeture) e como aplicamos o TOGAF®
O que caracteriza uma EA (Enterprise Architeture) e como aplicamos o TOGAF®Blue Hawk - B&IT Management
 

Destaque (20)

COBIT 5 Parte 01: 1º Princípio e Cascata de Objetivos
COBIT 5 Parte 01: 1º Princípio e Cascata de ObjetivosCOBIT 5 Parte 01: 1º Princípio e Cascata de Objetivos
COBIT 5 Parte 01: 1º Princípio e Cascata de Objetivos
 
Palestra governança por Fernando Palma
Palestra governança por Fernando PalmaPalestra governança por Fernando Palma
Palestra governança por Fernando Palma
 
Aula 03 implementação do cobit
Aula 03   implementação do cobitAula 03   implementação do cobit
Aula 03 implementação do cobit
 
Cobit 5 Parte 02: 2º Princípio- Cobrir a Organização de Ponta a Ponta
Cobit 5 Parte 02: 2º Princípio- Cobrir a Organização de Ponta a PontaCobit 5 Parte 02: 2º Princípio- Cobrir a Organização de Ponta a Ponta
Cobit 5 Parte 02: 2º Princípio- Cobrir a Organização de Ponta a Ponta
 
Como demonstrar ROI das entregas de valor com Business Case
Como demonstrar ROI das entregas de valor com Business Case Como demonstrar ROI das entregas de valor com Business Case
Como demonstrar ROI das entregas de valor com Business Case
 
Cobit
CobitCobit
Cobit
 
Cobit 5 Parte 06: Modelo de Capacidade do Cobit 5
Cobit 5 Parte 06: Modelo de Capacidade do Cobit 5Cobit 5 Parte 06: Modelo de Capacidade do Cobit 5
Cobit 5 Parte 06: Modelo de Capacidade do Cobit 5
 
Cobit 5 Parte 03 - 3º princípio- aplicar um modelo único integrado
Cobit 5 Parte 03 -  3º princípio- aplicar um modelo único integradoCobit 5 Parte 03 -  3º princípio- aplicar um modelo único integrado
Cobit 5 Parte 03 - 3º princípio- aplicar um modelo único integrado
 
Curso completo COBIT 4.1
Curso completo COBIT 4.1Curso completo COBIT 4.1
Curso completo COBIT 4.1
 
ITIL foundation V3
ITIL foundation V3ITIL foundation V3
ITIL foundation V3
 
Análise de Negócio na Perspectiva de BI
Análise de Negócio na Perspectiva de BIAnálise de Negócio na Perspectiva de BI
Análise de Negócio na Perspectiva de BI
 
Resumo do Guia BABOK® 3
Resumo do Guia BABOK®  3 Resumo do Guia BABOK®  3
Resumo do Guia BABOK® 3
 
Apostila cobit 5 - material de estudo
Apostila cobit 5 - material de estudoApostila cobit 5 - material de estudo
Apostila cobit 5 - material de estudo
 
Metodo de Avaliação de Capacidade do COBIT® 5
Metodo de Avaliação de Capacidade do COBIT® 5Metodo de Avaliação de Capacidade do COBIT® 5
Metodo de Avaliação de Capacidade do COBIT® 5
 
Balanced Scorecard da TI (Cobit & ITIL)
Balanced Scorecard da TI (Cobit & ITIL)Balanced Scorecard da TI (Cobit & ITIL)
Balanced Scorecard da TI (Cobit & ITIL)
 
Institucional Stefanini 2010
Institucional Stefanini 2010Institucional Stefanini 2010
Institucional Stefanini 2010
 
Um estudo sobre os habilitadores do cobit 5 sob a perspectiva da segurança da...
Um estudo sobre os habilitadores do cobit 5 sob a perspectiva da segurança da...Um estudo sobre os habilitadores do cobit 5 sob a perspectiva da segurança da...
Um estudo sobre os habilitadores do cobit 5 sob a perspectiva da segurança da...
 
Validação e Testes de Software - MOD2
Validação e Testes de Software - MOD2Validação e Testes de Software - MOD2
Validação e Testes de Software - MOD2
 
ITIL v3 - Treinamento de introdução - Diego Beltrame 2012
ITIL v3 - Treinamento de introdução - Diego Beltrame 2012ITIL v3 - Treinamento de introdução - Diego Beltrame 2012
ITIL v3 - Treinamento de introdução - Diego Beltrame 2012
 
O que caracteriza uma EA (Enterprise Architeture) e como aplicamos o TOGAF®
O que caracteriza uma EA (Enterprise Architeture) e como aplicamos o TOGAF®O que caracteriza uma EA (Enterprise Architeture) e como aplicamos o TOGAF®
O que caracteriza uma EA (Enterprise Architeture) e como aplicamos o TOGAF®
 

Semelhante a Cobit 5 Parte 05: Guia de Implementação

A Implementação do Sistema de Governança de TI
A Implementação do Sistema de Governança de TIA Implementação do Sistema de Governança de TI
A Implementação do Sistema de Governança de TIBlue Hawk - B&IT Management
 
Principais Certificações em TIC
Principais Certificações em TIC Principais Certificações em TIC
Principais Certificações em TIC Cloves da Rocha
 
Curso Completo Online preparatório do COBIT 4.1 Foundation
Curso Completo Online preparatório do COBIT 4.1 FoundationCurso Completo Online preparatório do COBIT 4.1 Foundation
Curso Completo Online preparatório do COBIT 4.1 FoundationAdriano Martins Antonio
 
Gestão da Tecnologia da Informação - Atividade: Governança de TI
Gestão da Tecnologia da Informação - Atividade: Governança de TIGestão da Tecnologia da Informação - Atividade: Governança de TI
Gestão da Tecnologia da Informação - Atividade: Governança de TIAlessandro Almeida
 
Curso preparatorio para a certificacao COBIT 4.1 Foundation
Curso preparatorio para a certificacao COBIT 4.1 Foundation Curso preparatorio para a certificacao COBIT 4.1 Foundation
Curso preparatorio para a certificacao COBIT 4.1 Foundation Grupo Treinar
 
Guia de estudo para exame de certificacao do Cobit 4.1 v7
Guia de estudo para exame de certificacao do Cobit 4.1 v7Guia de estudo para exame de certificacao do Cobit 4.1 v7
Guia de estudo para exame de certificacao do Cobit 4.1 v7Rildo (@rildosan) Santos
 
Cobit 5 governança-gestão-segurança-da-informação
Cobit 5 governança-gestão-segurança-da-informaçãoCobit 5 governança-gestão-segurança-da-informação
Cobit 5 governança-gestão-segurança-da-informaçãoMarcio Henning
 
A importância da Qualificação de Pessoas para uma Boa Governança de TI
A importância da Qualificação de Pessoas para uma Boa Governança de TIA importância da Qualificação de Pessoas para uma Boa Governança de TI
A importância da Qualificação de Pessoas para uma Boa Governança de TIBlue Hawk - B&IT Management
 
Cobit 5 | Seminário
Cobit 5 | SeminárioCobit 5 | Seminário
Cobit 5 | SeminárioOsmar Petry
 
Cobit®5 foundation
Cobit®5 foundationCobit®5 foundation
Cobit®5 foundationMgmt Brasil
 
Curso COBIT 4.1 Foundation em Sao Paulo - Synercorp
Curso COBIT 4.1 Foundation em Sao Paulo - SynercorpCurso COBIT 4.1 Foundation em Sao Paulo - Synercorp
Curso COBIT 4.1 Foundation em Sao Paulo - SynercorpGrupo Treinar
 
Curso COBIT 4.1 Foundation em Alphaville - Synercorp
Curso COBIT 4.1 Foundation em Alphaville - SynercorpCurso COBIT 4.1 Foundation em Alphaville - Synercorp
Curso COBIT 4.1 Foundation em Alphaville - SynercorpGrupo Treinar
 
Modelos de Governança de TI: COBIT e ITIL
Modelos de Governança de TI: COBIT e ITILModelos de Governança de TI: COBIT e ITIL
Modelos de Governança de TI: COBIT e ITILleonirlopes
 
Cobit - Informações sobre a Certificação
Cobit - Informações sobre a CertificaçãoCobit - Informações sobre a Certificação
Cobit - Informações sobre a CertificaçãoMarcelo Figueira Pereira
 
Análise da Maturidade dos Processos de Negócio do CPD da UFS através do Estud...
Análise da Maturidade dos Processos de Negócio do CPD da UFS através do Estud...Análise da Maturidade dos Processos de Negócio do CPD da UFS através do Estud...
Análise da Maturidade dos Processos de Negócio do CPD da UFS através do Estud...Kharylim Machado Sea
 

Semelhante a Cobit 5 Parte 05: Guia de Implementação (20)

A Implementação do Sistema de Governança de TI
A Implementação do Sistema de Governança de TIA Implementação do Sistema de Governança de TI
A Implementação do Sistema de Governança de TI
 
Principais Certificações em TIC
Principais Certificações em TIC Principais Certificações em TIC
Principais Certificações em TIC
 
Curso Completo Online preparatório do COBIT 4.1 Foundation
Curso Completo Online preparatório do COBIT 4.1 FoundationCurso Completo Online preparatório do COBIT 4.1 Foundation
Curso Completo Online preparatório do COBIT 4.1 Foundation
 
Gestão da Tecnologia da Informação - Atividade: Governança de TI
Gestão da Tecnologia da Informação - Atividade: Governança de TIGestão da Tecnologia da Informação - Atividade: Governança de TI
Gestão da Tecnologia da Informação - Atividade: Governança de TI
 
Gti aula 6
Gti   aula 6Gti   aula 6
Gti aula 6
 
Curso preparatorio para a certificacao COBIT 4.1 Foundation
Curso preparatorio para a certificacao COBIT 4.1 Foundation Curso preparatorio para a certificacao COBIT 4.1 Foundation
Curso preparatorio para a certificacao COBIT 4.1 Foundation
 
Apostila cobit 5 v1.1
Apostila cobit 5   v1.1Apostila cobit 5   v1.1
Apostila cobit 5 v1.1
 
Guia de estudo para exame de certificacao do Cobit 4.1 v7
Guia de estudo para exame de certificacao do Cobit 4.1 v7Guia de estudo para exame de certificacao do Cobit 4.1 v7
Guia de estudo para exame de certificacao do Cobit 4.1 v7
 
Cobit 5 governança-gestão-segurança-da-informação
Cobit 5 governança-gestão-segurança-da-informaçãoCobit 5 governança-gestão-segurança-da-informação
Cobit 5 governança-gestão-segurança-da-informação
 
A importância da Qualificação de Pessoas para uma Boa Governança de TI
A importância da Qualificação de Pessoas para uma Boa Governança de TIA importância da Qualificação de Pessoas para uma Boa Governança de TI
A importância da Qualificação de Pessoas para uma Boa Governança de TI
 
Cobit 5 | Seminário
Cobit 5 | SeminárioCobit 5 | Seminário
Cobit 5 | Seminário
 
Prospecto Cobit®5 foundation
Prospecto Cobit®5 foundationProspecto Cobit®5 foundation
Prospecto Cobit®5 foundation
 
Cobit®5 foundation
Cobit®5 foundationCobit®5 foundation
Cobit®5 foundation
 
Curso COBIT 4.1 Foundation em Sao Paulo - Synercorp
Curso COBIT 4.1 Foundation em Sao Paulo - SynercorpCurso COBIT 4.1 Foundation em Sao Paulo - Synercorp
Curso COBIT 4.1 Foundation em Sao Paulo - Synercorp
 
Curso COBIT 4.1 Foundation em Alphaville - Synercorp
Curso COBIT 4.1 Foundation em Alphaville - SynercorpCurso COBIT 4.1 Foundation em Alphaville - Synercorp
Curso COBIT 4.1 Foundation em Alphaville - Synercorp
 
Modelos de Governança de TI: COBIT e ITIL
Modelos de Governança de TI: COBIT e ITILModelos de Governança de TI: COBIT e ITIL
Modelos de Governança de TI: COBIT e ITIL
 
Cobit - Informações sobre a Certificação
Cobit - Informações sobre a CertificaçãoCobit - Informações sobre a Certificação
Cobit - Informações sobre a Certificação
 
GTI - Aula 09.pdf
GTI - Aula 09.pdfGTI - Aula 09.pdf
GTI - Aula 09.pdf
 
Análise da Maturidade dos Processos de Negócio do CPD da UFS através do Estud...
Análise da Maturidade dos Processos de Negócio do CPD da UFS através do Estud...Análise da Maturidade dos Processos de Negócio do CPD da UFS através do Estud...
Análise da Maturidade dos Processos de Negócio do CPD da UFS através do Estud...
 
COBIT_5_Foundation_Livro_do_Participante_V3.pdf
COBIT_5_Foundation_Livro_do_Participante_V3.pdfCOBIT_5_Foundation_Livro_do_Participante_V3.pdf
COBIT_5_Foundation_Livro_do_Participante_V3.pdf
 

Mais de Fernando Palma

CRM Gerenciamento Do Relacionamento Com Clientes | Prof. Francisco Alves | C...
CRM Gerenciamento Do Relacionamento Com Clientes | Prof. Francisco Alves |  C...CRM Gerenciamento Do Relacionamento Com Clientes | Prof. Francisco Alves |  C...
CRM Gerenciamento Do Relacionamento Com Clientes | Prof. Francisco Alves | C...Fernando Palma
 
Formação em ciência de dados
Formação em ciência de dadosFormação em ciência de dados
Formação em ciência de dadosFernando Palma
 
Apostila de Introdução ao Arduino
Apostila de Introdução ao ArduinoApostila de Introdução ao Arduino
Apostila de Introdução ao ArduinoFernando Palma
 
Apostila Arduino Basico
Apostila Arduino BasicoApostila Arduino Basico
Apostila Arduino BasicoFernando Palma
 
Cartilha Segurança na Internet - CERT.br
Cartilha Segurança na Internet - CERT.brCartilha Segurança na Internet - CERT.br
Cartilha Segurança na Internet - CERT.brFernando Palma
 
Ebook Apache Server: Guia Introdutório
Ebook Apache Server: Guia IntrodutórioEbook Apache Server: Guia Introdutório
Ebook Apache Server: Guia IntrodutórioFernando Palma
 
Apostila Zend Framework
Apostila Zend FrameworkApostila Zend Framework
Apostila Zend FrameworkFernando Palma
 
Ebook Governança de TI na Prática
Ebook Governança de TI na PráticaEbook Governança de TI na Prática
Ebook Governança de TI na PráticaFernando Palma
 
Simulado ITIL Foundation - Questões Comentadas
Simulado ITIL Foundation - Questões ComentadasSimulado ITIL Foundation - Questões Comentadas
Simulado ITIL Foundation - Questões ComentadasFernando Palma
 
Introdução à Aprendizagem de Máquina
Introdução à Aprendizagem de MáquinaIntrodução à Aprendizagem de Máquina
Introdução à Aprendizagem de MáquinaFernando Palma
 
PDTI - Plano Diretor de Tecnologia da Informação (modelo)
PDTI - Plano Diretor de Tecnologia da Informação (modelo)PDTI - Plano Diretor de Tecnologia da Informação (modelo)
PDTI - Plano Diretor de Tecnologia da Informação (modelo)Fernando Palma
 
Guia Salarial 2017 Robert Half Brasil
Guia Salarial 2017 Robert Half BrasilGuia Salarial 2017 Robert Half Brasil
Guia Salarial 2017 Robert Half BrasilFernando Palma
 
Gerenciamento na nuvem e System Center
Gerenciamento na nuvem e System CenterGerenciamento na nuvem e System Center
Gerenciamento na nuvem e System CenterFernando Palma
 
SAN: Storage Area Network
SAN: Storage Area NetworkSAN: Storage Area Network
SAN: Storage Area NetworkFernando Palma
 
Ebook ITIL Na Prática
Ebook ITIL Na PráticaEbook ITIL Na Prática
Ebook ITIL Na PráticaFernando Palma
 
Exemplo de Plano Estratégico de TI - MEC
Exemplo de Plano Estratégico de TI - MECExemplo de Plano Estratégico de TI - MEC
Exemplo de Plano Estratégico de TI - MECFernando Palma
 
Apostila Tutorial CakePHP
Apostila Tutorial CakePHPApostila Tutorial CakePHP
Apostila Tutorial CakePHPFernando Palma
 

Mais de Fernando Palma (20)

CRM Gerenciamento Do Relacionamento Com Clientes | Prof. Francisco Alves | C...
CRM Gerenciamento Do Relacionamento Com Clientes | Prof. Francisco Alves |  C...CRM Gerenciamento Do Relacionamento Com Clientes | Prof. Francisco Alves |  C...
CRM Gerenciamento Do Relacionamento Com Clientes | Prof. Francisco Alves | C...
 
Formação em ciência de dados
Formação em ciência de dadosFormação em ciência de dados
Formação em ciência de dados
 
Apostila de Introdução ao Arduino
Apostila de Introdução ao ArduinoApostila de Introdução ao Arduino
Apostila de Introdução ao Arduino
 
Apostila Arduino Basico
Apostila Arduino BasicoApostila Arduino Basico
Apostila Arduino Basico
 
Cartilha Segurança na Internet - CERT.br
Cartilha Segurança na Internet - CERT.brCartilha Segurança na Internet - CERT.br
Cartilha Segurança na Internet - CERT.br
 
Ebook Apache Server: Guia Introdutório
Ebook Apache Server: Guia IntrodutórioEbook Apache Server: Guia Introdutório
Ebook Apache Server: Guia Introdutório
 
Apostila Zend Framework
Apostila Zend FrameworkApostila Zend Framework
Apostila Zend Framework
 
Hacker Ético
Hacker ÉticoHacker Ético
Hacker Ético
 
Ebook Governança de TI na Prática
Ebook Governança de TI na PráticaEbook Governança de TI na Prática
Ebook Governança de TI na Prática
 
Simulado ITIL Foundation - Questões Comentadas
Simulado ITIL Foundation - Questões ComentadasSimulado ITIL Foundation - Questões Comentadas
Simulado ITIL Foundation - Questões Comentadas
 
Introdução à Aprendizagem de Máquina
Introdução à Aprendizagem de MáquinaIntrodução à Aprendizagem de Máquina
Introdução à Aprendizagem de Máquina
 
PDTI - Plano Diretor de Tecnologia da Informação (modelo)
PDTI - Plano Diretor de Tecnologia da Informação (modelo)PDTI - Plano Diretor de Tecnologia da Informação (modelo)
PDTI - Plano Diretor de Tecnologia da Informação (modelo)
 
Guia Salarial 2017 Robert Half Brasil
Guia Salarial 2017 Robert Half BrasilGuia Salarial 2017 Robert Half Brasil
Guia Salarial 2017 Robert Half Brasil
 
Tutorial memcached
Tutorial memcachedTutorial memcached
Tutorial memcached
 
Gerenciamento na nuvem e System Center
Gerenciamento na nuvem e System CenterGerenciamento na nuvem e System Center
Gerenciamento na nuvem e System Center
 
SAN: Storage Area Network
SAN: Storage Area NetworkSAN: Storage Area Network
SAN: Storage Area Network
 
Linguagem ABAP
Linguagem ABAPLinguagem ABAP
Linguagem ABAP
 
Ebook ITIL Na Prática
Ebook ITIL Na PráticaEbook ITIL Na Prática
Ebook ITIL Na Prática
 
Exemplo de Plano Estratégico de TI - MEC
Exemplo de Plano Estratégico de TI - MECExemplo de Plano Estratégico de TI - MEC
Exemplo de Plano Estratégico de TI - MEC
 
Apostila Tutorial CakePHP
Apostila Tutorial CakePHPApostila Tutorial CakePHP
Apostila Tutorial CakePHP
 

Último

COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASCOI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASMarcio Venturelli
 
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx2m Assessoria
 
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPaulo Pagliusi, PhD, CISM
 
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiPaulo Pagliusi, PhD, CISM
 
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfAula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfInocencioHoracio3
 
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx2m Assessoria
 
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx2m Assessoria
 
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor SucroenergéticoConvergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor SucroenergéticoMarcio Venturelli
 

Último (8)

COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASCOI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
 
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
 
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
 
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
 
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfAula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
 
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
 
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
 
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor SucroenergéticoConvergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
 

Cobit 5 Parte 05: Guia de Implementação

  • 1. Guia de Implementação do COBIT 5 Fernando Palma fpalma@portalgsti.com.br
  • 2. Fernando Palma Fundador do Portal GSTI, Consultor em Governança de TI, Gestão de Serviços de TI e Gestão da Segurança da Informação. Possui certificações como ITIL Expert, ITIL Manager, COBIT, OCEB, ISO 20.000 F e ISO 27.002 F. Professor de pós-graduação na UNIJORGE e Ruy Barbosa, de concursos na ITNerantes e palestrante. Treinou mais de 1 mil profissionais em ITIL, COBIT e Gestão da Segurança. Perfil Completo: Fernando Palma.
  • 3. Links Úteis Framework do COBIT 5 em Português Resumo do COBIT 5 em Português Material da Aula 01 COBIT 5 Material da Aula 02 COBIT 5 Material da Aula 03 COBIT 5 Vídeos de todas as Aulas COBIT 5
  • 4. Série de Palestras sobre COBIT 5● 1º Encontro - Introdução - Princípio 01 (de 05) do do COBIT 5: 1.Satisfazer as necessidades das partes interessadas - Cascata de Objetivos do COBIT 5 ● 2º Encontro - Revisão e Cascata de Objetivos na Prática - 2º Princípio: Cobrir a Organização de Ponta a Ponta ● 3º Encontro - Princípio 03 (+ BSC) ● 4º Encontro: 4º Princípio e 5º Princípio ● 5º Encontro (Hoje): Guia de Implementação ● 6º Encontro: Modelo de Capacidade de Processos
  • 5. Agenda ● Guia de Implementação do COBIT 5 ○ Introdução ○ Considerar o Contexto da Organização ○ Criar o Ambiente Apropriado ○ Reconhecer Pontos de Dor e Eventos Desencadeadores ○ Capacitar a Mudança ○ Uma Abordagem ao Ciclo de Vida ○ Primeiros Passos: Elaborar o Estudo de Caso
  • 6. Agenda ● Guia de Implementação do COBIT 5 ○ Introdução ○ Considerar o Contexto da Organização ○ Criar o Ambiente Apropriado ○ Reconhecer Pontos de Dor e Eventos Desencadeadores ○ Capacitar a Mudança ○ Uma Abordagem ao Ciclo de Vida ○ Primeiros Passos: Elaborar o Estudo de Caso
  • 7. Introdução O valor agregado com o uso do COBIT será percebido somente se ele tiver sido efetivamente adotado e adaptado para atender ao ambiente único de cada organização Produto da ISACA: COBIT 5 Implementação, que se baseia em um ciclo de vida de melhoria contínua O guia também é apoiado por um kit: Ferramentas de autoavaliação, medição e diagnóstico Apresentações destinadas a diversos públicos Artigos relacionados e explicações adicionais
  • 8. Introdução O objetivo deste Guia (no Framewor) é apresentar o ciclo de vida de melhoria contínua em um alto nível e destacar diversos tópicos importantes: Elaborar um estudo de caso para a implementação e melhoria da governança e gestão de TI Reconhecer os pontos fracos mais comuns e os eventos desencadeadores Criar o ambiente apropriado para a implementação Aplicar o COBIT para identificar falhas e orientar o desenvolvimento de habilitadores
  • 9. Agenda ● Guia de Implementação do COBIT 5 ○ Introdução ○ Considerar o Contexto da Organização ○ Criar o Ambiente Apropriado ○ Reconhecer Pontos de Dor e Eventos Desencadeadores ○ Capacitar a Mudança ○ Uma Abordagem ao Ciclo de Vida ○ Primeiros Passos: Elaborar o Estudo de Caso
  • 10. Considerar o Contexto da Organização Cada organização deve elaborar seu próprio plano ou roteiro de implementação, dependendo de fatores específicos do ambiente interno e externo da organização Ética e cultura Leis e regulamentos Políticas e práticas de governança Missão, visão e valores Plano de negócios e intenções estratégicas Modelo operacional e nível de maturidade Estilo de gestão Apetite ao risco Capacidades e recursos Práticas da Industria
  • 11. Os principais fatores para uma implementação bem-sucedida incluem:
  • 12. Fornecimento pela alta administração da orientação e da ordem para a iniciativa, bem como o compromisso e o apoio visíveis e contínuos
  • 13. Apoio aos processos de governança e gestão por todas as partes a fim de entender os objetivos de TI e os da organização
  • 14. Garantia de comunicação efetiva e capacitação das mudanças necessárias
  • 15. Garantia de comunicação efetiva e capacitação das mudanças necessárias
  • 16. Adaptação do COBIT e demais padrões e boas práticas de apoio a fim de atender ao contexto único da organização
  • 17. Foco em resultados rápidos e priorização das melhorias mais benéficas que são mais fáceis de implementar
  • 18. Agenda ● Guia de Implementação do COBIT 5 ○ Introdução ○ Considerar o Contexto da Organização ○ Criar o Ambiente Apropriado ○ Reconhecer Pontos de Dor e Eventos Desencadeadores ○ Capacitar a Mudança ○ Uma Abordagem ao Ciclo de Vida ○ Primeiros Passos: Elaborar o Estudo de Caso
  • 19. Criar o Ambiente Apropriado É importante que a implementação de iniciativas utilizando COBIT seja devidamente governada e adequadamente gerenciada. Importantes iniciativas de TI geralmente falham devido à orientação, apoio e supervisão inadequados Apoio e compromisso visíveis devem ser oferecidos pelas principais partes interessadas Os habilitadores que aplicam o COBIT devem fornecer uma solução que trate das necessidades e problemas reais da organização, em vez de servir como fins em si mesmos.
  • 20. Agenda ● Guia de Implementação do COBIT 5 ○ Introdução ○ Considerar o Contexto da Organização ○ Criar o Ambiente Apropriado ○ Reconhecer Pontos de Dor e Eventos Desencadeadores ○ Capacitar a Mudança ○ Uma Abordagem ao Ciclo de Vida ○ Primeiros Passos: Elaborar o Estudo de Caso
  • 21. Reconhecer Pontos de Dor e Eventos Desencadeadores Há diversos fatores que podem indicar a necessidade de melhorar a governança e gestão corporativa de TI. O estudo de caso de melhoria da governança ou gestão corporativa de TI pode estar relacionado aos problemas práticos ou cotidianos sendo vivenciados. Resultados rápidos podem ser identificados e o valor agregado pode ser demonstrado nas áreas da organização mais visíveis ou reconhecíveis. Isto aumentará a adesão e criará o senso de urgência na organização
  • 22. Exemplos de alguns dos pontos de dor mais comuns
  • 23. Frustração da organização com iniciativas fracassadas, aumentando os custos de TI e a percepção de baixo valor para o negócio
  • 24. Incidentes significativos relacionados ao risco de TI para o negócio, tais como perda de dados ou falha em projetos
  • 25. Não cumprimento das exigências regulatórias ou contratuais
  • 26. Gastos com TI ocultos e não autorizados
  • 27. Recursos de TI insuficientes, pessoal com competências inadequadas ou insatisfação ou esgotamento do pessoal
  • 29. Mudança significativa de tecnologia ou de paradigma
  • 30. Uma nova estratégia ou de negócio
  • 31. Agenda ● Guia de Implementação do COBIT 5 ○ Introdução ○ Considerar o Contexto da Organização ○ Criar o Ambiente Apropriado ○ Reconhecer Pontos de Dor e Eventos Desencadeadores ○ Capacitar a Mudança ○ Uma Abordagem ao Ciclo de Vida ○ Primeiros Passos: Elaborar o Estudo de Caso
  • 32. Capacitar a Mudança O sucesso da implementação depende da implantação da mudança adequada Em muitas organizações, há um foco significativo no núcleo de governança de TI - mas há pouca ênfase na gestão dos aspectos humanos, comportamentais e culturais da mudança e motivação das partes interessadas para aceitar a mudança. A possibilidade de ignorarem e/ou resistirem à mudança deve ser tratada por meio de uma abordagem estruturada e proativa. Conscientizaçã o Compromisso Comunicaçã oRespost Investimento Superar Barreiras
  • 33. Agenda ● Guia de Implementação do COBIT 5 ○ Introdução ○ Considerar o Contexto da Organização ○ Criar o Ambiente Apropriado ○ Reconhecer Pontos de Dor e Eventos Desencadeadores ○ Capacitar a Mudança ○ Uma Abordagem ao Ciclo de Vida ○ Primeiros Passos: Elaborar o Estudo de Caso
  • 34. Uma Abordagem ao Ciclo de Vida O ciclo de vida da implementação apresenta uma forma das organizações usarem COBIT para tratar da complexidade e durante as implementações. Os três componentes inter-relacionados do ciclo de vida são: 1. Ciclo de vida principal de melhoria contínua - Este não é um projeto isolado. 2. Capacitação da mudança - Abordagem dos aspectos comportamentais e culturais 3. Gestão do programa
  • 35. A 1ª Fase começa com o reconhecimento e aceitação da necessidade de uma implementação
  • 36. 2ª Fase : definição do escopo da implementação usando o mapeamento dos objetivos corporativos do COBIT em objetivos de TI e nos respectivos processos de TI
  • 37. Durante a 3ª Fase, uma meta de melhoria é definida, seguida por uma análise mais detalhada, que alavanca a orientação do COBIT, a fim de identificar falhas e possíveis soluções
  • 38. A 4ª Fase planeja soluções práticas através da definição de projetos apoiados por estudos de casos justificáveis.
  • 39. 5ª Fase: As soluções propostas são implementadas. Medições podem ser definidas e o monitoramento estabelecido com o uso das metas e indicadores do COBIT para garantir que o alinhamento da organização seja atingido
  • 40. A 6ª Fase concentra-se na operação sustentável dos habilitadores novos ou aperfeiçoados e no monitoramento do atingimento dos benefícios esperados.
  • 41. Durante a 7ª Fase, o sucesso da iniciativa como um todo é analisado, novos requisitos para a governança ou gestão de TI da organização são identificados e a necessidade de melhoria contínua é reforçada.
  • 42. O estudo de caso deve incluir, no mínimo, o seguinte:
  • 43. Os benefícios almejados para a organização, seu alinhamento com a estratégia de negócios e os respectivos responsáveis pelo benefício
  • 44. As mudanças nos negócios necessárias para criar o valor esperado.
  • 45. Os investimentos necessários para criar as mudanças na governança e gestão de TI da organização
  • 46. Os custos fixos do negócio e de TI
  • 47. Os benefícios esperados da operação após a mudança
  • 48. O risco inerente nos pontos acima, inclusive quaisquer restrições ou dependências (com base nos desafios e fatores de sucesso)
  • 49. Funções e responsabilidades relacionadas à iniciativa
  • 50. Como o investimento e a criação de valor serão monitorados durante todo o ciclo de vida econômico, e como os indicadores serão usados