SlideShare uma empresa Scribd logo
Ser pessoa é relacionar-se:
consigo mesma,
com os outros,
com o universo,
com Deus.



Fomos feito para
              nos relacionarmos no
A pessoa humana criada à imagem e semelhança
                     do Deus Uno e Trino, é também
um ser trinitário, composto de
                             corpo, mente e espírito.
CORPO ou     soma
        constituição atômico-molecular
faz parte da realidade espácio-temporal do universo
       na morte ele se transforma...
ESPÍRITO ou pneuma
é o sôpro divino em nós
corresponde a uma realidade
não temporal,
não espacial
e sim espiritual
que só pode ser :
captada
entendida
               pela Fé
explicada
          Na morte corpo e mente se transformam

             para se tornarem como o ESPÍRITO,
Consciente
 Psiquê- alma ou MENTE   Subconsciente
                         Inconsciente
Sede de nossos
- pensamentos,
   - emoções
- e realizações.
A pessoa humana à semelhança
do Deus uno e trino




 foi criada para se relacionar no amor:
 para consigo mesma, para com os outros,
 para com o universo e para com Deus.
Lembre-se: A pessoa mais especial e
importante no mundo é você! Se você
  não se amar, quem amará você?
Auto-estima
          é a opinião
       e o sentimento
     que cada pessoa
   tem por si mesma.
          É ser capaz
de respeitar, confiar

          e gostar de
           si mesmo.
Relacionar-se bem
                     consigo mesmo é:
                          amar-se
                        e aceitar-se,




aceitando sua história
e realidade pessoal c/qualidades e defeitos
Quem se aceita e se ama,
cuida bem de seu corpo:




                Não exagera no comer e beber.
 Cultiva vida sexual equilibrada e responsável.
                       Cuida bem de sua saúde.
                               Pratica esportes
            e cultiva o contato com a natureza.
Pessoas que se aceitam são felizes:
* Vão ao encontro dos outros com facilidade.
* Estão sempre prontas a receber e dar amor.
         * São autênticas e sinceras.
 * Vivem o presente, libertam-se do passado
          e não antecipam o futuro.
Pessoa que se aceita:
- Conversa com pessoas experientes que possam ajudá-las.
-Perdoa a si mesma e aos outros, sabendo que, sentimentos
negativos prejudicam sua vida física, psíquica e espiritual.
      - Dá ao corpo e à mente o repouso necessário.
   - O segredo da própria felicidade está em aceitar-se
     e valorizar-se, amando o outro como a si mesmo.
Pessoa que se aceita:




- É capaz de reconhecer e atender suas necessidades
             físicas, emocionais, mentais e espirituais.
- É confiante, determinada e segura.
- Tem bom contato com a realidade.
- Convive bem consigo mesma e com os outros.
- É assertiva, isto é, expressa abertamente,
  suas emções e não se faz de vítima.
- Sabe dizer “sim” e “não” na hora certa...
Quem se ama, cuida bem
                      de sua vida psíquica:
                    - Procura aceitar sua realidade,
                   conhecer-se melhor e superar-se.

                          - Procura ler bons livros
e seleciona seus
                         programas de rádio e TV...
- Não perde oportunidade
                 de participar de cursos

                            de formação humana...
Sintomas de baixa auto-estima:
                           * Excessiva sensibilidade
                           * Perfeccionismo...
                           * Intolerância com os outros.
                           * Excessiva irritabilidade
                           * Dificuldade para perdoar
                           * Insegurança

- Ciúme excessivo = medo de “perder”
- É bom falador, mas mau ouvinte
- Tem muito apego às coisas materiais
- Busca títulos e honras
- Não se permite errar
- Não sabe aceitar elogios
Tudo isso revela fraca auto-imagem e pouco amor próprio.
O que diminui a auto-estima?
-críticas e autocríticas
- sentimentos de culpa
- abandono
- rejeição
- carência
- frustração
- vergonha
- inveja
- timidez
- insegurança
- medo
- humilhação
- raiva
- perdas e dependência emocional e financeira
Para elevar a auto-estima é preciso:
                     *Auto-conhecimento
              * manter-se em forma física
          (gostar da imagem refletida no espelho)
* identificar suas qualidades e não só os defeitos
    * aprender com a experiência passada
           * tratar-se com amor e carinho
                         * ouvir a intuição
              (o que aumenta a autoconfiança)
                  * manter diálogo interno
* acreditar que merece ser amado(a) e é especial
    * fazer todo dia algo que o deixe feliz,
           podem ser coisas simples como:
dançar, ler, descansar, ouvir música, caminhar.
Auto estima leva à responsabilidade
    pessoal - o indivíduo assume as
conseqüências por seus atos e decisões -
não culpa os outros pelo seu insucesso...
Não se alcança o sucesso
                  sem verdadeira auto estima.




  Auto estima envolve inteligência, bondade e
       vontade, e é ela que leva a pessoa
a relacionamentos positivos...
                  e à mudança profundas...
Só é feliz quem se ama
         e sabe relacionar-se bem com os
                  outros...
Relaciona-se bem com os outros quem:
         * Aceita o outro como ele é.
        * Ajuda o outro a superar-se.
    * Sabe dialogar e enfrentar conflitos.
* Escuta o outro para além de suas palavras.
     * Sabe ouvir e calar na hora certa.
Relaciona-se bem com os outros quem:
    * Não espera que o outro o faça feliz, mas dá
  o melhor de si para que o outro se liberte e cresça.
* Sabe perdoar as fraquezas e as limitações do outro
 como quer que o outro o perdoe, pois ódio, raiva,
  ressentimento, vingança, ciúme, amargura, etc.
    são emoções muito fortes e acabam gerando
   em nós frustrações, doenças e auto-destruição.
Em qualquer                  Conflitos
relacionamento humano            incomodam,
  pode haver conflito...     mas se encarados
                           com amor,
                                    diálogo e fé
                                  serão fonte
                           de crescimento
                                           e
                              amadurecimento
                                    pessoal
                               e comunitário,
                                     isto é,
                                de todo grupo.
Ao enfrentar um conflito:
         Não se calar, mas conversar e dialogar;
        Não agredir, mas questionar com calma;
Não se fechar, mas encará-lo como fonte de crescimento;
         Não fugir, mas buscar soluções,
            sem se abalar emocionalmete...
Dialogar é dificil,
                                         mas nos
                                     faz crescer.
                             Para isso é preciso:

                          - Ter tempo para outro;
                         - Parar para aprender
                                   a ouvir o outro;


                         - Ouvir com o coração,
- Saber que se pode aprender com o outro;
            - Desarmar-se de pré-julgamentos; o que
                                isto é, auscultar
                          está para além das palavras;
Dialogar é : - Saber calar na hora certa;
- Falar a palavra certa na hora certa.
- Morrer um pouco a si mesmo,
       para que ambos cresçam
                 no amor-doação-comunhão.
Auto estima – relacionamento - mudança
 É fundamental saber que não haverá mudanças
      se as pessoas não confiarem nos líderes,
    se não compartilharem sua filosofia de vida,
se não acreditarem e não confiarem nas estratégias
       e não se envolverem de corpo e alma.
                                Não são
                            as organizações
                              que mudam,
                            são as pessoas.
É preciso sensibilizar as pessoas,
conscientiza-las
e prepara-las
para aceitar os desafios
com flexibilidade, criatividade
e confiança, buscando o equilíbrio
entre sua vida pessoal e profissional,
para que possam contagiar a todos
com seu entusiasmo e alegria de viver.
Negação e resistência
são sinais do primeiro estágio da mudança.

                 A mudança de “incrementação”
                   é um melhoramento contínuo,
                                   enquanto que
                   a mudança de transformação
                       envolve todo um processo
                           e exige persistência...

       Para se chegar a uma mudança
          transformadora é preciso:
1 - Confiar em si mesmo,
saber o que se quer e faze-lo da melhor forma
possível, tendo consciência de suas capacidades.
Confiança é estar ciente do quanto você é capaz
de fazer bem seu trabalho...

Hoje as pessoas são valorizadas
menos pelo que sabem e mais
 pela rapidez com que
 conseguem aprender...
2 - Contrabalançar: A busca pelo equilíbrio entre a vida
        pessoal e profissional, entre o trabalho e o lazer,
                é fundamental para se ser bem sucedido.
Você tem que ter algo além do trabalho que o impulsione:
                          algo que lhe faça sentir que está
                                    cuidando de si próprio.
                            Isto irá faze-lo aceitar melhor
                       as mudanças e chegar ao sucesso...
3 – Ser criativo – Criatividade aqui é sinônimo
de abertura para novas idéias. Ela pode ser:

• pro-ativa - quando adivinha
a direção da mudança
e caminha com ela
tirando vantagens...

b) ou meta-ativa – quando
você cria seu próprio futuro,
influenciando as mudanças
 e fazendo a diferença...
4 - Enfrentar os desafios –
      Toda mudança nos provoca e desafia...
                 Pode-se ver as coisas pelo
          lado negativo e ficar paralisado...




                        Ou, pelo lado positivo,
 o que conduz à ação transformadora...
      Tente ver sempre o desafio
como oportunidade e não como ameaça...
5 - Ser flexível – Se quiser se dar bem em nossa
 época de mudanças radicais, precisa ser flexível.
   É importante estar preparado e ser ágil para
buscar, aprender e agir, e assim, fazer a diferença...
Quem quer ser
     pessoa plena
      e realizada
tem que se relacionar
   amorosamente
com o universo, como
 um presente de Deus
 para a humanidade,
como casa acolhedora
    que sustenta
    todo ser vivo.
Relacionar-se bem com o universo é:
 - Contemplá-lo como dom de Deus para as pessoas.
 Cuidar dele como “habitat” para todos os seres vivo.
- Lutar para que a água, fonte de vida,
     se conserve pura e límpida
                                    em nosso planeta.
- Defender as florestas
              e plantar árvores, para que
                            o “pulmão” da mãe
terra
               não se extinga...
Relacionar-se bem com o universo é:
 - Cuidar do seu lixo e não poluir a natureza.
- Colocar a ecologia acima de sua ganância pessoal.
- Ver o universo como fonte de louvor a Deus, que é
   engrandecido pela existência de suas criaturas...
Para ser plena e equilibrada
                 a pessoa humana precisa
                   buscar relacionar-se
                 com Deus, com o Infinito,
                que é fonte de amor e vida,
procurando encontrá-lo:
- no silêncio de seu coração,
- na contemplação da natureza,
- no serviço aos irmãos,
- na leitura bíblica,
- na participação da
comunidade,
- na oração pessoal,
- no encontro com o outro.
Quem cultiva
sua vida psíquica
    e espiritual
  tanto quanto
      cuida de
  sua vida física
    e material,
    será capaz
   de se tornar
   uma pessoa
   plena e feliz
   e conquistar
 uma vida de paz.
“A natureza
    fez do homem
   um ser natural;
      a sociedade
faz dele um ser social;
  somente o homem
   é capaz de fazer
     de si mesmo
    um ser livre”.
     (Rudolf Steiner)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Auto estima: Como aprender a gostar de si mesmo
Auto estima: Como aprender a gostar de si mesmoAuto estima: Como aprender a gostar de si mesmo
Auto estima: Como aprender a gostar de si mesmo
Ana Nery Medeiros
 
Auto estima.ppt 2014 (hj)
Auto estima.ppt 2014 (hj)Auto estima.ppt 2014 (hj)
Auto estima.ppt 2014 (hj)
Edmilson POV 2011 Siqueira de Sá
 
Autoestima
AutoestimaAutoestima
Autoestima
Cinara Aline
 
A auto estima
A auto estimaA auto estima
A auto estima
Sara Baptista
 
Autoconhecimento
AutoconhecimentoAutoconhecimento
Autoconhecimento
Fernanda Zechinatto
 
Autoestima
AutoestimaAutoestima
Autoestima
Rosiane Fernandes
 
Autoestima
AutoestimaAutoestima
Auto Estima
Auto EstimaAuto Estima
Auto Estima
Dora Guiseline
 
A importancia do auto conhecimento
A importancia do auto conhecimentoA importancia do auto conhecimento
A importancia do auto conhecimento
Antonio Carlos Cardoso
 
8º ano A (Grupo 1) - Autoestima dos jovens
8º ano A (Grupo 1) - Autoestima dos jovens8º ano A (Grupo 1) - Autoestima dos jovens
8º ano A (Grupo 1) - Autoestima dos jovens
Saber interáreas SESI 005 - LIMEIRA
 
Autoconhecimento
AutoconhecimentoAutoconhecimento
Autoconhecimento
Dalila Melo
 
PALESTRA : A energia transformadora do autoconhecimento e da auto estima -fai
PALESTRA : A energia transformadora do autoconhecimento e da auto estima -faiPALESTRA : A energia transformadora do autoconhecimento e da auto estima -fai
PALESTRA : A energia transformadora do autoconhecimento e da auto estima -fai
Edson Salgado Ávella
 
Autoconhecimento e realização pessoal
Autoconhecimento e realização pessoalAutoconhecimento e realização pessoal
Autoconhecimento e realização pessoal
Bruno Carrasco
 
Autoestima e fe
Autoestima e feAutoestima e fe
Autoestima e fe
Osvaldo Carvalho
 
“Educação socioemocional em sala de aula: o que é, como fazer e em que medida...
“Educação socioemocional em sala de aula: o que é, como fazer e em que medida...“Educação socioemocional em sala de aula: o que é, como fazer e em que medida...
“Educação socioemocional em sala de aula: o que é, como fazer e em que medida...
Editora Moderna
 
Palestra Inteligência Emocional
Palestra Inteligência EmocionalPalestra Inteligência Emocional
Palestra Inteligência Emocional
Edson Salgado Ávella
 
Palestra inteligência emocional no combate ao stress no trabalho
Palestra inteligência emocional no combate ao stress no trabalhoPalestra inteligência emocional no combate ao stress no trabalho
Palestra inteligência emocional no combate ao stress no trabalho
DoroteiaSouza
 
Emoções
EmoçõesEmoções
Emoções
Antonino Silva
 
Projeto de vida
Projeto de vidaProjeto de vida
Projeto de vida
rosyapmeire
 
Comunicação Não Violenta - Pilares, Princípios e Atitudes
Comunicação Não Violenta - Pilares, Princípios e AtitudesComunicação Não Violenta - Pilares, Princípios e Atitudes
Comunicação Não Violenta - Pilares, Princípios e Atitudes
Adriano Levy
 

Mais procurados (20)

Auto estima: Como aprender a gostar de si mesmo
Auto estima: Como aprender a gostar de si mesmoAuto estima: Como aprender a gostar de si mesmo
Auto estima: Como aprender a gostar de si mesmo
 
Auto estima.ppt 2014 (hj)
Auto estima.ppt 2014 (hj)Auto estima.ppt 2014 (hj)
Auto estima.ppt 2014 (hj)
 
Autoestima
AutoestimaAutoestima
Autoestima
 
A auto estima
A auto estimaA auto estima
A auto estima
 
Autoconhecimento
AutoconhecimentoAutoconhecimento
Autoconhecimento
 
Autoestima
AutoestimaAutoestima
Autoestima
 
Autoestima
AutoestimaAutoestima
Autoestima
 
Auto Estima
Auto EstimaAuto Estima
Auto Estima
 
A importancia do auto conhecimento
A importancia do auto conhecimentoA importancia do auto conhecimento
A importancia do auto conhecimento
 
8º ano A (Grupo 1) - Autoestima dos jovens
8º ano A (Grupo 1) - Autoestima dos jovens8º ano A (Grupo 1) - Autoestima dos jovens
8º ano A (Grupo 1) - Autoestima dos jovens
 
Autoconhecimento
AutoconhecimentoAutoconhecimento
Autoconhecimento
 
PALESTRA : A energia transformadora do autoconhecimento e da auto estima -fai
PALESTRA : A energia transformadora do autoconhecimento e da auto estima -faiPALESTRA : A energia transformadora do autoconhecimento e da auto estima -fai
PALESTRA : A energia transformadora do autoconhecimento e da auto estima -fai
 
Autoconhecimento e realização pessoal
Autoconhecimento e realização pessoalAutoconhecimento e realização pessoal
Autoconhecimento e realização pessoal
 
Autoestima e fe
Autoestima e feAutoestima e fe
Autoestima e fe
 
“Educação socioemocional em sala de aula: o que é, como fazer e em que medida...
“Educação socioemocional em sala de aula: o que é, como fazer e em que medida...“Educação socioemocional em sala de aula: o que é, como fazer e em que medida...
“Educação socioemocional em sala de aula: o que é, como fazer e em que medida...
 
Palestra Inteligência Emocional
Palestra Inteligência EmocionalPalestra Inteligência Emocional
Palestra Inteligência Emocional
 
Palestra inteligência emocional no combate ao stress no trabalho
Palestra inteligência emocional no combate ao stress no trabalhoPalestra inteligência emocional no combate ao stress no trabalho
Palestra inteligência emocional no combate ao stress no trabalho
 
Emoções
EmoçõesEmoções
Emoções
 
Projeto de vida
Projeto de vidaProjeto de vida
Projeto de vida
 
Comunicação Não Violenta - Pilares, Princípios e Atitudes
Comunicação Não Violenta - Pilares, Princípios e AtitudesComunicação Não Violenta - Pilares, Princípios e Atitudes
Comunicação Não Violenta - Pilares, Princípios e Atitudes
 

Destaque

A formação de impressões
A formação de impressõesA formação de impressões
A formação de impressões
Luis De Sousa Rodrigues
 
Biografia e contribuições pedagógicas de Froebel
Biografia e contribuições pedagógicas de FroebelBiografia e contribuições pedagógicas de Froebel
Biografia e contribuições pedagógicas de Froebel
Thamires Gonçalves
 
Três campos de batalha espiritual
Três campos de batalha espiritualTrês campos de batalha espiritual
Três campos de batalha espiritual
Paulo Roberto
 
Palestras amar é perdoar
Palestras amar é perdoarPalestras amar é perdoar
Palestras amar é perdoar
André Nunes E Clarisa
 
50638172 auto-conhecimento
50638172 auto-conhecimento50638172 auto-conhecimento
50638172 auto-conhecimento
André Ótica Brasil
 
Auto-estima do professor
Auto-estima do professorAuto-estima do professor
Auto-estima do professor
Blog Amiga da Pedagogia By Nathália
 
Cognição social (slides da aula)
Cognição social (slides da aula)Cognição social (slides da aula)
Cognição social (slides da aula)
Adalene Sales
 
O modelo de oração
O modelo de oraçãoO modelo de oração
O modelo de oração
Carlos Hamilton
 
Pensadores contemporâneos da Educação: quem são, o que dizem e quais implicaç...
Pensadores contemporâneos da Educação: quem são, o que dizem e quais implicaç...Pensadores contemporâneos da Educação: quem são, o que dizem e quais implicaç...
Pensadores contemporâneos da Educação: quem são, o que dizem e quais implicaç...
Dennys Leite Maia
 
Oração de são francisco meditada
Oração de são francisco   meditadaOração de são francisco   meditada
Oração de são francisco meditada
Ruy Ferrari
 
Síntese das nove abordagens
Síntese das nove abordagensSíntese das nove abordagens
Síntese das nove abordagens
equipelideranca
 
Pensadores da Educação.
Pensadores da Educação.Pensadores da Educação.
Perdoa-te
Perdoa-tePerdoa-te
Perdoa-te
Luiza Goes
 
Prece Francisco De Assis
Prece Francisco De AssisPrece Francisco De Assis
Prece Francisco De Assis
viveremalegria
 
Relações interpessoais2
Relações interpessoais2Relações interpessoais2
Relações interpessoais2
Nuno Pereira
 
Auto AvaliaçãO Power Point
Auto AvaliaçãO  Power PointAuto AvaliaçãO  Power Point
Auto AvaliaçãO Power Point
speeds
 
Autopunição e Autoperdão
Autopunição e AutoperdãoAutopunição e Autoperdão
Autopunição e Autoperdão
Claudio Duarte Sá
 
A Baixa Auto Estima No Cotidiano
A Baixa Auto Estima No CotidianoA Baixa Auto Estima No Cotidiano
A Baixa Auto Estima No Cotidiano
Thiago de Almeida
 
VOCÊ E A PAZ
VOCÊ E A PAZVOCÊ E A PAZ
VOCÊ E A PAZ
Jorge Luiz dos Santos
 
Principios de autoridade
Principios de autoridadePrincipios de autoridade
Principios de autoridade
Paulo Roberto
 

Destaque (20)

A formação de impressões
A formação de impressõesA formação de impressões
A formação de impressões
 
Biografia e contribuições pedagógicas de Froebel
Biografia e contribuições pedagógicas de FroebelBiografia e contribuições pedagógicas de Froebel
Biografia e contribuições pedagógicas de Froebel
 
Três campos de batalha espiritual
Três campos de batalha espiritualTrês campos de batalha espiritual
Três campos de batalha espiritual
 
Palestras amar é perdoar
Palestras amar é perdoarPalestras amar é perdoar
Palestras amar é perdoar
 
50638172 auto-conhecimento
50638172 auto-conhecimento50638172 auto-conhecimento
50638172 auto-conhecimento
 
Auto-estima do professor
Auto-estima do professorAuto-estima do professor
Auto-estima do professor
 
Cognição social (slides da aula)
Cognição social (slides da aula)Cognição social (slides da aula)
Cognição social (slides da aula)
 
O modelo de oração
O modelo de oraçãoO modelo de oração
O modelo de oração
 
Pensadores contemporâneos da Educação: quem são, o que dizem e quais implicaç...
Pensadores contemporâneos da Educação: quem são, o que dizem e quais implicaç...Pensadores contemporâneos da Educação: quem são, o que dizem e quais implicaç...
Pensadores contemporâneos da Educação: quem são, o que dizem e quais implicaç...
 
Oração de são francisco meditada
Oração de são francisco   meditadaOração de são francisco   meditada
Oração de são francisco meditada
 
Síntese das nove abordagens
Síntese das nove abordagensSíntese das nove abordagens
Síntese das nove abordagens
 
Pensadores da Educação.
Pensadores da Educação.Pensadores da Educação.
Pensadores da Educação.
 
Perdoa-te
Perdoa-tePerdoa-te
Perdoa-te
 
Prece Francisco De Assis
Prece Francisco De AssisPrece Francisco De Assis
Prece Francisco De Assis
 
Relações interpessoais2
Relações interpessoais2Relações interpessoais2
Relações interpessoais2
 
Auto AvaliaçãO Power Point
Auto AvaliaçãO  Power PointAuto AvaliaçãO  Power Point
Auto AvaliaçãO Power Point
 
Autopunição e Autoperdão
Autopunição e AutoperdãoAutopunição e Autoperdão
Autopunição e Autoperdão
 
A Baixa Auto Estima No Cotidiano
A Baixa Auto Estima No CotidianoA Baixa Auto Estima No Cotidiano
A Baixa Auto Estima No Cotidiano
 
VOCÊ E A PAZ
VOCÊ E A PAZVOCÊ E A PAZ
VOCÊ E A PAZ
 
Principios de autoridade
Principios de autoridadePrincipios de autoridade
Principios de autoridade
 

Semelhante a Auto estima

Auto estima
Auto estimaAuto estima
Auto estima
Paulo Sérgio
 
Auto estima
Auto estima Auto estima
Auto estima
Victor Passos
 
Documento de ma (4)
Documento de ma (4)Documento de ma (4)
Documento de ma (4)
Renata Duarte
 
Pp auto estima e evolução espiritual 2017
Pp auto estima e evolução espiritual 2017Pp auto estima e evolução espiritual 2017
Pp auto estima e evolução espiritual 2017
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
teste de autoestima e evoluo espiritual.pdf
teste de autoestima e evoluo espiritual.pdfteste de autoestima e evoluo espiritual.pdf
teste de autoestima e evoluo espiritual.pdf
Telma Lima
 
RELAÇÕES INTERPESSOAIS.pdf
RELAÇÕES INTERPESSOAIS.pdfRELAÇÕES INTERPESSOAIS.pdf
RELAÇÕES INTERPESSOAIS.pdf
KellyCristianyRodrig
 
Módulo: Como ouvir a voz da sabedoria interior
Módulo: Como ouvir a voz da sabedoria interiorMódulo: Como ouvir a voz da sabedoria interior
Módulo: Como ouvir a voz da sabedoria interior
Jocilaine Moreira
 
A Palestra do Dia do Estudante Lagoa Encantada.pdf
A Palestra do Dia do Estudante Lagoa Encantada.pdfA Palestra do Dia do Estudante Lagoa Encantada.pdf
A Palestra do Dia do Estudante Lagoa Encantada.pdf
giselegelida30
 
61 familia-mudar prá melhor
61 familia-mudar prá melhor61 familia-mudar prá melhor
61 familia-mudar prá melhor
Antonio SSantos
 
Maturidadeemocional
MaturidadeemocionalMaturidadeemocional
Maturidadeemocional
Manoel Gamas
 
Aula 02 auxiliar de escritório
Aula 02 auxiliar de escritórioAula 02 auxiliar de escritório
Aula 02 auxiliar de escritório
Homero Alves de Lima
 
COMPETENCIAS EMOCIONAIS - VERNY.ppt
COMPETENCIAS EMOCIONAIS - VERNY.pptCOMPETENCIAS EMOCIONAIS - VERNY.ppt
COMPETENCIAS EMOCIONAIS - VERNY.ppt
GernciadeSupervisoEd
 
PPT - 200822MULHER AGUIA2.0.pptx
PPT - 200822MULHER AGUIA2.0.pptxPPT - 200822MULHER AGUIA2.0.pptx
PPT - 200822MULHER AGUIA2.0.pptx
MatildePaulo1
 
2020 07 -_arley_perfis_comportamentais
2020 07 -_arley_perfis_comportamentais2020 07 -_arley_perfis_comportamentais
2020 07 -_arley_perfis_comportamentais
Thayane Victoriano
 
pontos de integração tipo 1 LIVRO.doc
pontos de integração tipo 1 LIVRO.docpontos de integração tipo 1 LIVRO.doc
pontos de integração tipo 1 LIVRO.doc
cjsadenilson
 
Afectividade
AfectividadeAfectividade
Afectividade
Carla Neves
 
Encontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoal
Encontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoalEncontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoal
Encontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoal
adanipalma
 
Desenvolvimento de Lideranças - Arquidiocese de Londrina 2.2
Desenvolvimento de Lideranças - Arquidiocese de Londrina  2.2Desenvolvimento de Lideranças - Arquidiocese de Londrina  2.2
Desenvolvimento de Lideranças - Arquidiocese de Londrina 2.2
Gislene Isquierdo
 
Autoconhecimento- Encontro formativo BNCC lagedo.pptx
Autoconhecimento- Encontro formativo BNCC  lagedo.pptxAutoconhecimento- Encontro formativo BNCC  lagedo.pptx
Autoconhecimento- Encontro formativo BNCC lagedo.pptx
AuriceliaRosa
 
Assertividade
AssertividadeAssertividade
Assertividade
JemersonMonte2
 

Semelhante a Auto estima (20)

Auto estima
Auto estimaAuto estima
Auto estima
 
Auto estima
Auto estima Auto estima
Auto estima
 
Documento de ma (4)
Documento de ma (4)Documento de ma (4)
Documento de ma (4)
 
Pp auto estima e evolução espiritual 2017
Pp auto estima e evolução espiritual 2017Pp auto estima e evolução espiritual 2017
Pp auto estima e evolução espiritual 2017
 
teste de autoestima e evoluo espiritual.pdf
teste de autoestima e evoluo espiritual.pdfteste de autoestima e evoluo espiritual.pdf
teste de autoestima e evoluo espiritual.pdf
 
RELAÇÕES INTERPESSOAIS.pdf
RELAÇÕES INTERPESSOAIS.pdfRELAÇÕES INTERPESSOAIS.pdf
RELAÇÕES INTERPESSOAIS.pdf
 
Módulo: Como ouvir a voz da sabedoria interior
Módulo: Como ouvir a voz da sabedoria interiorMódulo: Como ouvir a voz da sabedoria interior
Módulo: Como ouvir a voz da sabedoria interior
 
A Palestra do Dia do Estudante Lagoa Encantada.pdf
A Palestra do Dia do Estudante Lagoa Encantada.pdfA Palestra do Dia do Estudante Lagoa Encantada.pdf
A Palestra do Dia do Estudante Lagoa Encantada.pdf
 
61 familia-mudar prá melhor
61 familia-mudar prá melhor61 familia-mudar prá melhor
61 familia-mudar prá melhor
 
Maturidadeemocional
MaturidadeemocionalMaturidadeemocional
Maturidadeemocional
 
Aula 02 auxiliar de escritório
Aula 02 auxiliar de escritórioAula 02 auxiliar de escritório
Aula 02 auxiliar de escritório
 
COMPETENCIAS EMOCIONAIS - VERNY.ppt
COMPETENCIAS EMOCIONAIS - VERNY.pptCOMPETENCIAS EMOCIONAIS - VERNY.ppt
COMPETENCIAS EMOCIONAIS - VERNY.ppt
 
PPT - 200822MULHER AGUIA2.0.pptx
PPT - 200822MULHER AGUIA2.0.pptxPPT - 200822MULHER AGUIA2.0.pptx
PPT - 200822MULHER AGUIA2.0.pptx
 
2020 07 -_arley_perfis_comportamentais
2020 07 -_arley_perfis_comportamentais2020 07 -_arley_perfis_comportamentais
2020 07 -_arley_perfis_comportamentais
 
pontos de integração tipo 1 LIVRO.doc
pontos de integração tipo 1 LIVRO.docpontos de integração tipo 1 LIVRO.doc
pontos de integração tipo 1 LIVRO.doc
 
Afectividade
AfectividadeAfectividade
Afectividade
 
Encontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoal
Encontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoalEncontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoal
Encontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoal
 
Desenvolvimento de Lideranças - Arquidiocese de Londrina 2.2
Desenvolvimento de Lideranças - Arquidiocese de Londrina  2.2Desenvolvimento de Lideranças - Arquidiocese de Londrina  2.2
Desenvolvimento de Lideranças - Arquidiocese de Londrina 2.2
 
Autoconhecimento- Encontro formativo BNCC lagedo.pptx
Autoconhecimento- Encontro formativo BNCC  lagedo.pptxAutoconhecimento- Encontro formativo BNCC  lagedo.pptx
Autoconhecimento- Encontro formativo BNCC lagedo.pptx
 
Assertividade
AssertividadeAssertividade
Assertividade
 

Último

As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
mozalgebrista
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa CivilSeminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
EduardoLealSilva
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Luzia Gabriele
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa CivilSeminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 

Auto estima

  • 1. Ser pessoa é relacionar-se: consigo mesma, com os outros, com o universo, com Deus. Fomos feito para nos relacionarmos no
  • 2. A pessoa humana criada à imagem e semelhança do Deus Uno e Trino, é também um ser trinitário, composto de corpo, mente e espírito.
  • 3. CORPO ou soma constituição atômico-molecular faz parte da realidade espácio-temporal do universo na morte ele se transforma...
  • 4. ESPÍRITO ou pneuma é o sôpro divino em nós corresponde a uma realidade não temporal, não espacial e sim espiritual que só pode ser : captada entendida pela Fé explicada Na morte corpo e mente se transformam para se tornarem como o ESPÍRITO,
  • 5. Consciente Psiquê- alma ou MENTE Subconsciente Inconsciente Sede de nossos - pensamentos, - emoções - e realizações.
  • 6. A pessoa humana à semelhança do Deus uno e trino foi criada para se relacionar no amor: para consigo mesma, para com os outros, para com o universo e para com Deus.
  • 7. Lembre-se: A pessoa mais especial e importante no mundo é você! Se você não se amar, quem amará você?
  • 8. Auto-estima é a opinião e o sentimento que cada pessoa tem por si mesma. É ser capaz de respeitar, confiar e gostar de si mesmo.
  • 9. Relacionar-se bem consigo mesmo é: amar-se e aceitar-se, aceitando sua história e realidade pessoal c/qualidades e defeitos
  • 10. Quem se aceita e se ama, cuida bem de seu corpo: Não exagera no comer e beber. Cultiva vida sexual equilibrada e responsável. Cuida bem de sua saúde. Pratica esportes e cultiva o contato com a natureza.
  • 11. Pessoas que se aceitam são felizes: * Vão ao encontro dos outros com facilidade. * Estão sempre prontas a receber e dar amor. * São autênticas e sinceras. * Vivem o presente, libertam-se do passado e não antecipam o futuro.
  • 12. Pessoa que se aceita: - Conversa com pessoas experientes que possam ajudá-las. -Perdoa a si mesma e aos outros, sabendo que, sentimentos negativos prejudicam sua vida física, psíquica e espiritual. - Dá ao corpo e à mente o repouso necessário. - O segredo da própria felicidade está em aceitar-se e valorizar-se, amando o outro como a si mesmo.
  • 13. Pessoa que se aceita: - É capaz de reconhecer e atender suas necessidades físicas, emocionais, mentais e espirituais. - É confiante, determinada e segura. - Tem bom contato com a realidade. - Convive bem consigo mesma e com os outros. - É assertiva, isto é, expressa abertamente, suas emções e não se faz de vítima. - Sabe dizer “sim” e “não” na hora certa...
  • 14. Quem se ama, cuida bem de sua vida psíquica: - Procura aceitar sua realidade, conhecer-se melhor e superar-se. - Procura ler bons livros e seleciona seus programas de rádio e TV... - Não perde oportunidade de participar de cursos de formação humana...
  • 15. Sintomas de baixa auto-estima: * Excessiva sensibilidade * Perfeccionismo... * Intolerância com os outros. * Excessiva irritabilidade * Dificuldade para perdoar * Insegurança - Ciúme excessivo = medo de “perder” - É bom falador, mas mau ouvinte - Tem muito apego às coisas materiais - Busca títulos e honras - Não se permite errar - Não sabe aceitar elogios Tudo isso revela fraca auto-imagem e pouco amor próprio.
  • 16. O que diminui a auto-estima? -críticas e autocríticas - sentimentos de culpa - abandono - rejeição - carência - frustração - vergonha - inveja - timidez - insegurança - medo - humilhação - raiva - perdas e dependência emocional e financeira
  • 17. Para elevar a auto-estima é preciso: *Auto-conhecimento * manter-se em forma física (gostar da imagem refletida no espelho) * identificar suas qualidades e não só os defeitos * aprender com a experiência passada * tratar-se com amor e carinho * ouvir a intuição (o que aumenta a autoconfiança) * manter diálogo interno * acreditar que merece ser amado(a) e é especial * fazer todo dia algo que o deixe feliz, podem ser coisas simples como: dançar, ler, descansar, ouvir música, caminhar.
  • 18. Auto estima leva à responsabilidade pessoal - o indivíduo assume as conseqüências por seus atos e decisões - não culpa os outros pelo seu insucesso...
  • 19. Não se alcança o sucesso sem verdadeira auto estima. Auto estima envolve inteligência, bondade e vontade, e é ela que leva a pessoa a relacionamentos positivos... e à mudança profundas...
  • 20. Só é feliz quem se ama e sabe relacionar-se bem com os outros...
  • 21. Relaciona-se bem com os outros quem: * Aceita o outro como ele é. * Ajuda o outro a superar-se. * Sabe dialogar e enfrentar conflitos. * Escuta o outro para além de suas palavras. * Sabe ouvir e calar na hora certa.
  • 22. Relaciona-se bem com os outros quem: * Não espera que o outro o faça feliz, mas dá o melhor de si para que o outro se liberte e cresça. * Sabe perdoar as fraquezas e as limitações do outro como quer que o outro o perdoe, pois ódio, raiva, ressentimento, vingança, ciúme, amargura, etc. são emoções muito fortes e acabam gerando em nós frustrações, doenças e auto-destruição.
  • 23. Em qualquer Conflitos relacionamento humano incomodam, pode haver conflito... mas se encarados com amor, diálogo e fé serão fonte de crescimento e amadurecimento pessoal e comunitário, isto é, de todo grupo.
  • 24. Ao enfrentar um conflito: Não se calar, mas conversar e dialogar; Não agredir, mas questionar com calma; Não se fechar, mas encará-lo como fonte de crescimento; Não fugir, mas buscar soluções, sem se abalar emocionalmete...
  • 25. Dialogar é dificil, mas nos faz crescer. Para isso é preciso: - Ter tempo para outro; - Parar para aprender a ouvir o outro; - Ouvir com o coração, - Saber que se pode aprender com o outro; - Desarmar-se de pré-julgamentos; o que isto é, auscultar está para além das palavras;
  • 26. Dialogar é : - Saber calar na hora certa; - Falar a palavra certa na hora certa. - Morrer um pouco a si mesmo, para que ambos cresçam no amor-doação-comunhão.
  • 27. Auto estima – relacionamento - mudança É fundamental saber que não haverá mudanças se as pessoas não confiarem nos líderes, se não compartilharem sua filosofia de vida, se não acreditarem e não confiarem nas estratégias e não se envolverem de corpo e alma. Não são as organizações que mudam, são as pessoas.
  • 28. É preciso sensibilizar as pessoas, conscientiza-las e prepara-las para aceitar os desafios com flexibilidade, criatividade e confiança, buscando o equilíbrio entre sua vida pessoal e profissional, para que possam contagiar a todos com seu entusiasmo e alegria de viver.
  • 29. Negação e resistência são sinais do primeiro estágio da mudança. A mudança de “incrementação” é um melhoramento contínuo, enquanto que a mudança de transformação envolve todo um processo e exige persistência... Para se chegar a uma mudança transformadora é preciso:
  • 30. 1 - Confiar em si mesmo, saber o que se quer e faze-lo da melhor forma possível, tendo consciência de suas capacidades. Confiança é estar ciente do quanto você é capaz de fazer bem seu trabalho... Hoje as pessoas são valorizadas menos pelo que sabem e mais pela rapidez com que conseguem aprender...
  • 31. 2 - Contrabalançar: A busca pelo equilíbrio entre a vida pessoal e profissional, entre o trabalho e o lazer, é fundamental para se ser bem sucedido. Você tem que ter algo além do trabalho que o impulsione: algo que lhe faça sentir que está cuidando de si próprio. Isto irá faze-lo aceitar melhor as mudanças e chegar ao sucesso...
  • 32. 3 – Ser criativo – Criatividade aqui é sinônimo de abertura para novas idéias. Ela pode ser: • pro-ativa - quando adivinha a direção da mudança e caminha com ela tirando vantagens... b) ou meta-ativa – quando você cria seu próprio futuro, influenciando as mudanças e fazendo a diferença...
  • 33. 4 - Enfrentar os desafios – Toda mudança nos provoca e desafia... Pode-se ver as coisas pelo lado negativo e ficar paralisado... Ou, pelo lado positivo, o que conduz à ação transformadora... Tente ver sempre o desafio como oportunidade e não como ameaça...
  • 34. 5 - Ser flexível – Se quiser se dar bem em nossa época de mudanças radicais, precisa ser flexível. É importante estar preparado e ser ágil para buscar, aprender e agir, e assim, fazer a diferença...
  • 35. Quem quer ser pessoa plena e realizada tem que se relacionar amorosamente com o universo, como um presente de Deus para a humanidade, como casa acolhedora que sustenta todo ser vivo.
  • 36. Relacionar-se bem com o universo é: - Contemplá-lo como dom de Deus para as pessoas. Cuidar dele como “habitat” para todos os seres vivo. - Lutar para que a água, fonte de vida, se conserve pura e límpida em nosso planeta. - Defender as florestas e plantar árvores, para que o “pulmão” da mãe terra não se extinga...
  • 37. Relacionar-se bem com o universo é: - Cuidar do seu lixo e não poluir a natureza. - Colocar a ecologia acima de sua ganância pessoal. - Ver o universo como fonte de louvor a Deus, que é engrandecido pela existência de suas criaturas...
  • 38. Para ser plena e equilibrada a pessoa humana precisa buscar relacionar-se com Deus, com o Infinito, que é fonte de amor e vida, procurando encontrá-lo: - no silêncio de seu coração, - na contemplação da natureza, - no serviço aos irmãos, - na leitura bíblica, - na participação da comunidade, - na oração pessoal, - no encontro com o outro.
  • 39. Quem cultiva sua vida psíquica e espiritual tanto quanto cuida de sua vida física e material, será capaz de se tornar uma pessoa plena e feliz e conquistar uma vida de paz.
  • 40. “A natureza fez do homem um ser natural; a sociedade faz dele um ser social; somente o homem é capaz de fazer de si mesmo um ser livre”. (Rudolf Steiner)