SlideShare uma empresa Scribd logo
O maior desenvolvimento da arte grega foi atingida entre
os séculos V e IV a.C, conhecido como período clássicoperíodo clássico.
As principais características da arte deste período são as
seguintes:
•HarmoniaHarmonia
•EquilíbrioEquilíbrio
•ProporçãoProporção
Era muito ligada a vida religiosa.
•Construíam-se teatros – em honra de Dionísio.
•Construíam-se estádios – em honra de vários deuses,
como Zeus (no Santuário de Olímpia) e Apolo (no
Santuário de Delfos).
Estádio de Olímpia
Estádio de Delfos
•Construíam-se templos – em honra dos vários deuses
adorados pelos gregos.
Templo
de Zeus
Olímpico
Parténon (dedicado a Atena)
Os templos apresentavam sempre uma planta retangular, com
um telhado de duas águas.
Esses apresentavam colunas em toda volta ou apenas nas
pontas. Essas colunas sustentavam a cobertura.
Era uma estrutura ao mesmo tempo simples e harmoniosa.
Telhado de duas águas
Colunas
Partes constituintes de um templo
Na estrutura dos templos, podemos identificar vários elementos:
A arquitetura grega antiga pode ser dividida em três ordensordens :
A ordem dóricaordem dórica é a mais simples e mais antiga, caracterizando-se pelo capitel
liso e pelo fato de a coluna não ter base.
Templo de Agrigento
A ordem jónicaordem jónica é considerada a mais elegante.
O seu capitel é formado por uma espécie de “caracóis”, a que se dá o nome de
volutas. A coluna é mais fina e tem base.
Templo de Atena Niké
A ordem coríntiaordem coríntia é muito parecida com a ordem jónica.
A diferença está no capitel, que aqui apresenta uma decoração a lembrar folhas de
acanto (uma planta decorativa).
Templo de Zeus Olímpico
TEATRO GREGO
Estátua do período arcaico
Estátua do período clássico
(Atena)
Relevo do Parténon (luta
contra os persas)
As esculturas gregas transmitem uma forte reação de realismo.
Praticamente todas as obras têm relação com a religião, mas em todas elas
predomina a figura humana.
Os principais temas são: a representação de Deusesrepresentação de Deuses; representação de atletasrepresentação de atletas;
representação de cenas mitológicascenas mitológicas…
Estátua de
Artemisa
O discóbolo
Relevo do Parténon (luta
dos gregos contra as
amazonas)
Doríforo
(proporções do
corpo humano)
Venus de Milo (Mélos) ….
Aphrodite , Paris, Musée
du Louvre
Sabe-se que os gregos pintavam as fachadas dos seus
templos de cores alegres e garridas.
É provável também que fizessem pinturas nas paredes
das suas casas como aconteceu nos tempos mais
antigos da civilização grega, na ilha de Creta (Palácio de
Cnossos).
Pintura numa parede do Palácio de
CnossosReconstituição do Parténon
Mas os únicos casos do período clássico (séc. V a.C.) que
chegaram aos nossos dias foram os vasos de cerâmica.
Aqui destacam-se vários períodos diferentes:
•Numa fase mais antiga, decoravam as peças de
cerâmica com motivos geométricos.
Nos sécs. V e IV a.C., os gregos pintavam já figuras
humanas perfeitas nas suas peças de cerâmica.
Essas figuras podiam ser:
•A negro sobre o fundo vermelho do barro;
•A vermelho sobre um fundo preto.
Mitologia Grega - Eos
Temas da pintura gregaTemas da pintura grega:
•Cenas da mitologia
Cerâmica de figuras vermelhas
(Aquiles e Pátroclo – cena da
guerra de Tróia - Ilíada)
Cerâmica de figuras vermelhas (Hades e
Cerbero)
•Cenas da vida quotidiana.
Cerâmica de figuras vermelhas (duas
jovens ouvem um tocador de cítara)
Cerâmica de figuras
negras (mulheres a
tecer no gineceu)
•Cenas relacionadas com os Jogos Olímpicos ou outras
competições desportivas.
Cerâmica de figuras
negras (corrida de
carros)
Cerâmica de
figuras negras
(discóbolo)
Cerâmica de figuras negras
(corridas pedestres)
O museu da acrópolemuseu da acrópole, é um museu arqueológico, localizado na cidade de Atenas,
na Grécia .
MOSAICO GREGO
Arte Grega - 6º Ano E.F.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Arte pre historia
Arte pre historiaArte pre historia
Arte pre historia
Aline Raposo
 
Arte Egípcia
Arte Egípcia Arte Egípcia
Arte Egípcia
Andrea Dressler
 
Arte Indígena Brasileira
Arte Indígena BrasileiraArte Indígena Brasileira
Arte Indígena Brasileira
Andrea Dressler
 
História da Arte - Antiguidade Clássica - Gregos
História da Arte - Antiguidade Clássica - GregosHistória da Arte - Antiguidade Clássica - Gregos
História da Arte - Antiguidade Clássica - Gregos
Maiara Giordani
 
História da arte grega e romana
História da arte grega e romanaHistória da arte grega e romana
História da arte grega e romana
Ricardo Staiger
 
Questões Arte
Questões ArteQuestões Arte
Questões Arte
Renata Assunção
 
Arte Egípcia
Arte EgípciaArte Egípcia
Arte Egípcia
Maria Gomes
 
O teatro na grécia antiga
O teatro na grécia antigaO teatro na grécia antiga
O teatro na grécia antiga
Victor Natan
 
O que é arte?!
O que é arte?!O que é arte?!
O que é arte?!
Mary Lopes
 
Arte bizantina
Arte bizantinaArte bizantina
Arte bizantina
Silmara Nogueira
 
Atividade artes 6° ou 7° ano
Atividade artes 6° ou 7° anoAtividade artes 6° ou 7° ano
Atividade artes 6° ou 7° ano
Geo Honório
 
Avaliação 9º ano POP ART e DESIGN
Avaliação 9º ano POP ART e DESIGNAvaliação 9º ano POP ART e DESIGN
Avaliação 9º ano POP ART e DESIGN
Casiris Crescencio
 
O que é arte?
O que é arte?O que é arte?
O que é arte?
IF - Baiano
 
Aula de arte urbana
Aula de arte urbanaAula de arte urbana
Aula de arte urbana
CLEBER LUIS DAMACENO
 
A arte na pré história
A arte na pré históriaA arte na pré história
A arte na pré história
Daniella Cincoetti
 
ARTE PRÉ COLOMBIANA
ARTE PRÉ COLOMBIANAARTE PRÉ COLOMBIANA
ARTE PRÉ COLOMBIANA
Cristiane Seibt
 
História da Arte
História da ArteHistória da Arte
História da Arte
Jaiza Nobre
 
Simulado
Simulado Simulado
Cânones de Proporção Egípcio
Cânones de Proporção EgípcioCânones de Proporção Egípcio
Cânones de Proporção Egípcio
Doug Caesar
 
Arte Rupestre
Arte Rupestre Arte Rupestre
Arte Rupestre
Escola Silene de Andrade
 

Mais procurados (20)

Arte pre historia
Arte pre historiaArte pre historia
Arte pre historia
 
Arte Egípcia
Arte Egípcia Arte Egípcia
Arte Egípcia
 
Arte Indígena Brasileira
Arte Indígena BrasileiraArte Indígena Brasileira
Arte Indígena Brasileira
 
História da Arte - Antiguidade Clássica - Gregos
História da Arte - Antiguidade Clássica - GregosHistória da Arte - Antiguidade Clássica - Gregos
História da Arte - Antiguidade Clássica - Gregos
 
História da arte grega e romana
História da arte grega e romanaHistória da arte grega e romana
História da arte grega e romana
 
Questões Arte
Questões ArteQuestões Arte
Questões Arte
 
Arte Egípcia
Arte EgípciaArte Egípcia
Arte Egípcia
 
O teatro na grécia antiga
O teatro na grécia antigaO teatro na grécia antiga
O teatro na grécia antiga
 
O que é arte?!
O que é arte?!O que é arte?!
O que é arte?!
 
Arte bizantina
Arte bizantinaArte bizantina
Arte bizantina
 
Atividade artes 6° ou 7° ano
Atividade artes 6° ou 7° anoAtividade artes 6° ou 7° ano
Atividade artes 6° ou 7° ano
 
Avaliação 9º ano POP ART e DESIGN
Avaliação 9º ano POP ART e DESIGNAvaliação 9º ano POP ART e DESIGN
Avaliação 9º ano POP ART e DESIGN
 
O que é arte?
O que é arte?O que é arte?
O que é arte?
 
Aula de arte urbana
Aula de arte urbanaAula de arte urbana
Aula de arte urbana
 
A arte na pré história
A arte na pré históriaA arte na pré história
A arte na pré história
 
ARTE PRÉ COLOMBIANA
ARTE PRÉ COLOMBIANAARTE PRÉ COLOMBIANA
ARTE PRÉ COLOMBIANA
 
História da Arte
História da ArteHistória da Arte
História da Arte
 
Simulado
Simulado Simulado
Simulado
 
Cânones de Proporção Egípcio
Cânones de Proporção EgípcioCânones de Proporção Egípcio
Cânones de Proporção Egípcio
 
Arte Rupestre
Arte Rupestre Arte Rupestre
Arte Rupestre
 

Destaque

Arte Grega e Romana
Arte Grega e RomanaArte Grega e Romana
Arte Grega e Romana
carollynha
 
Exercício de revisão sobre história da arte com gabarito
Exercício de revisão sobre história da arte com gabaritoExercício de revisão sobre história da arte com gabarito
Exercício de revisão sobre história da arte com gabarito
Suelen Freitas
 
Arte Egípcia - Escola APP
Arte Egípcia - Escola APPArte Egípcia - Escola APP
Arte Egípcia - Escola APP
Antonio Pinto Pereira
 
Arte - Renascimento
Arte - RenascimentoArte - Renascimento
Arte - Renascimento
Antonio Pinto Pereira
 
A figura humana na arte
A figura humana na arteA figura humana na arte
A figura humana na arte
Lismara de Oliveira
 
Arte Rupestre
Arte RupestreArte Rupestre
Arte Rupestre
Antonio Pinto Pereira
 
Arte greco romana - arquitetura
Arte greco romana - arquiteturaArte greco romana - arquitetura
Arte greco romana - arquitetura
Colégio Pedro II - Campus Centro
 
6o. ano - Arte no Egito
6o. ano - Arte no Egito6o. ano - Arte no Egito
6o. ano - Arte no Egito
ArtesElisa
 
Arte e corpo
Arte e corpoArte e corpo
Arte e corpo
gєαทє ℓiмα
 
Mascaras africanas
Mascaras africanasMascaras africanas
Mascaras africanas
Lena Dias
 
Arte de áfrica
Arte de áfricaArte de áfrica
Arte de áfrica
universitarioeja
 
Arte Romana
Arte RomanaArte Romana
Arte Romana
Andrea Dressler
 
Atividades pré história e uso de ferramentas
Atividades pré história e uso de ferramentasAtividades pré história e uso de ferramentas
Atividades pré história e uso de ferramentas
Doug Caesar
 
A arte grega
A arte gregaA arte grega
A arte grega
cattonia
 
A arte na pré história 6º ano
A arte na pré história 6º anoA arte na pré história 6º ano
A arte na pré história 6º ano
josivaldopassos
 
ARTE GREGA
ARTE  GREGAARTE  GREGA
ARTE GREGA
Cristiane Seibt
 
Caderno resumos iv_seminario_danca
Caderno resumos iv_seminario_dancaCaderno resumos iv_seminario_danca
Caderno resumos iv_seminario_danca
Daniela Amoroso
 
A Arte Testemunhando A HistóRia
A Arte Testemunhando A HistóRiaA Arte Testemunhando A HistóRia
A Arte Testemunhando A HistóRia
gueste90610
 
Releitura Fotográfica com Brinquedos
Releitura Fotográfica com BrinquedosReleitura Fotográfica com Brinquedos
Releitura Fotográfica com Brinquedos
www.historiadasartes.com
 
Arte medieval, linha de tempo-religiões
Arte medieval, linha de tempo-religiõesArte medieval, linha de tempo-religiões
Arte medieval, linha de tempo-religiões
histoartetatiana
 

Destaque (20)

Arte Grega e Romana
Arte Grega e RomanaArte Grega e Romana
Arte Grega e Romana
 
Exercício de revisão sobre história da arte com gabarito
Exercício de revisão sobre história da arte com gabaritoExercício de revisão sobre história da arte com gabarito
Exercício de revisão sobre história da arte com gabarito
 
Arte Egípcia - Escola APP
Arte Egípcia - Escola APPArte Egípcia - Escola APP
Arte Egípcia - Escola APP
 
Arte - Renascimento
Arte - RenascimentoArte - Renascimento
Arte - Renascimento
 
A figura humana na arte
A figura humana na arteA figura humana na arte
A figura humana na arte
 
Arte Rupestre
Arte RupestreArte Rupestre
Arte Rupestre
 
Arte greco romana - arquitetura
Arte greco romana - arquiteturaArte greco romana - arquitetura
Arte greco romana - arquitetura
 
6o. ano - Arte no Egito
6o. ano - Arte no Egito6o. ano - Arte no Egito
6o. ano - Arte no Egito
 
Arte e corpo
Arte e corpoArte e corpo
Arte e corpo
 
Mascaras africanas
Mascaras africanasMascaras africanas
Mascaras africanas
 
Arte de áfrica
Arte de áfricaArte de áfrica
Arte de áfrica
 
Arte Romana
Arte RomanaArte Romana
Arte Romana
 
Atividades pré história e uso de ferramentas
Atividades pré história e uso de ferramentasAtividades pré história e uso de ferramentas
Atividades pré história e uso de ferramentas
 
A arte grega
A arte gregaA arte grega
A arte grega
 
A arte na pré história 6º ano
A arte na pré história 6º anoA arte na pré história 6º ano
A arte na pré história 6º ano
 
ARTE GREGA
ARTE  GREGAARTE  GREGA
ARTE GREGA
 
Caderno resumos iv_seminario_danca
Caderno resumos iv_seminario_dancaCaderno resumos iv_seminario_danca
Caderno resumos iv_seminario_danca
 
A Arte Testemunhando A HistóRia
A Arte Testemunhando A HistóRiaA Arte Testemunhando A HistóRia
A Arte Testemunhando A HistóRia
 
Releitura Fotográfica com Brinquedos
Releitura Fotográfica com BrinquedosReleitura Fotográfica com Brinquedos
Releitura Fotográfica com Brinquedos
 
Arte medieval, linha de tempo-religiões
Arte medieval, linha de tempo-religiõesArte medieval, linha de tempo-religiões
Arte medieval, linha de tempo-religiões
 

Semelhante a Arte Grega - 6º Ano E.F.

Arte grega
Arte gregaArte grega
Arte grega
Willians Martins
 
Arte grega
Arte gregaArte grega
Arte grega
Bárbara Sica
 
Arte grega
Arte gregaArte grega
2c15 Arte Grega e Museu da Acrópole 2012
2c15 Arte Grega e Museu da Acrópole 20122c15 Arte Grega e Museu da Acrópole 2012
2c15 Arte Grega e Museu da Acrópole 2012
www.historiadasartes.com
 
Arte grega: arquitetura, escultura e cerâmica
Arte grega: arquitetura, escultura e cerâmicaArte grega: arquitetura, escultura e cerâmica
Arte grega: arquitetura, escultura e cerâmica
Susana Simões
 
Artegrega
ArtegregaArtegrega
Artegrega
Delziene Jesus
 
Revisão de História da Arte (01)
Revisão de História da Arte (01)Revisão de História da Arte (01)
Revisão de História da Arte (01)
Carlos Benjoino Bidu
 
A arte grega parte 1
A arte grega parte 1A arte grega parte 1
A arte grega parte 1
Carla Teixeira
 
Arte grega
Arte gregaArte grega
Arte grega
miguelpim
 
A arte na Grécia
A arte na GréciaA arte na Grécia
A arte na Grécia
Edenilson Morais
 
6o. Ano - A arte na grécia
6o. Ano - A arte na grécia6o. Ano - A arte na grécia
6o. Ano - A arte na grécia
ArtesElisa
 
Arte grega pintura, escultura e arquitetura
Arte grega pintura, escultura e arquiteturaArte grega pintura, escultura e arquitetura
Arte grega pintura, escultura e arquitetura
Susana Simões
 
2c16 Arte Grega e Museu da Acrópole 2012
2c16 Arte Grega e Museu da Acrópole 20122c16 Arte Grega e Museu da Acrópole 2012
2c16 Arte Grega e Museu da Acrópole 2012
www.historiadasartes.com
 
Arte da grécia antiga
Arte da grécia antigaArte da grécia antiga
Arte da grécia antiga
AnaM187
 
Portefólio de Historia
Portefólio de HistoriaPortefólio de Historia
Portefólio de Historia
Rita Cavalheiro
 
Arte grega 1 em 2015 - Claretiano
Arte grega 1 em 2015 - ClaretianoArte grega 1 em 2015 - Claretiano
Arte grega 1 em 2015 - Claretiano
Adriana Guimarães Manaro
 
A arte na grécia
A arte na gréciaA arte na grécia
A arte na grécia
chicovalmir
 
Arte grega
Arte gregaArte grega
Arte grega
majalle atelier
 
Arte Grega
Arte GregaArte Grega
Arte Grega
HCA_10I
 
Arte grega
Arte gregaArte grega
Arte grega
Aline Raposo
 

Semelhante a Arte Grega - 6º Ano E.F. (20)

Arte grega
Arte gregaArte grega
Arte grega
 
Arte grega
Arte gregaArte grega
Arte grega
 
Arte grega
Arte gregaArte grega
Arte grega
 
2c15 Arte Grega e Museu da Acrópole 2012
2c15 Arte Grega e Museu da Acrópole 20122c15 Arte Grega e Museu da Acrópole 2012
2c15 Arte Grega e Museu da Acrópole 2012
 
Arte grega: arquitetura, escultura e cerâmica
Arte grega: arquitetura, escultura e cerâmicaArte grega: arquitetura, escultura e cerâmica
Arte grega: arquitetura, escultura e cerâmica
 
Artegrega
ArtegregaArtegrega
Artegrega
 
Revisão de História da Arte (01)
Revisão de História da Arte (01)Revisão de História da Arte (01)
Revisão de História da Arte (01)
 
A arte grega parte 1
A arte grega parte 1A arte grega parte 1
A arte grega parte 1
 
Arte grega
Arte gregaArte grega
Arte grega
 
A arte na Grécia
A arte na GréciaA arte na Grécia
A arte na Grécia
 
6o. Ano - A arte na grécia
6o. Ano - A arte na grécia6o. Ano - A arte na grécia
6o. Ano - A arte na grécia
 
Arte grega pintura, escultura e arquitetura
Arte grega pintura, escultura e arquiteturaArte grega pintura, escultura e arquitetura
Arte grega pintura, escultura e arquitetura
 
2c16 Arte Grega e Museu da Acrópole 2012
2c16 Arte Grega e Museu da Acrópole 20122c16 Arte Grega e Museu da Acrópole 2012
2c16 Arte Grega e Museu da Acrópole 2012
 
Arte da grécia antiga
Arte da grécia antigaArte da grécia antiga
Arte da grécia antiga
 
Portefólio de Historia
Portefólio de HistoriaPortefólio de Historia
Portefólio de Historia
 
Arte grega 1 em 2015 - Claretiano
Arte grega 1 em 2015 - ClaretianoArte grega 1 em 2015 - Claretiano
Arte grega 1 em 2015 - Claretiano
 
A arte na grécia
A arte na gréciaA arte na grécia
A arte na grécia
 
Arte grega
Arte gregaArte grega
Arte grega
 
Arte Grega
Arte GregaArte Grega
Arte Grega
 
Arte grega
Arte gregaArte grega
Arte grega
 

Mais de Antonio Pinto Pereira

Bibliotecas pelo Mundo - Histórico
Bibliotecas pelo Mundo - HistóricoBibliotecas pelo Mundo - Histórico
Bibliotecas pelo Mundo - Histórico
Antonio Pinto Pereira
 
Jardim MS - Sua História
Jardim MS - Sua HistóriaJardim MS - Sua História
Jardim MS - Sua História
Antonio Pinto Pereira
 
Janjão o Grandão - Bullying
Janjão o Grandão - BullyingJanjão o Grandão - Bullying
Janjão o Grandão - Bullying
Antonio Pinto Pereira
 
Manual de Conduta Hoteleira
Manual de Conduta HoteleiraManual de Conduta Hoteleira
Manual de Conduta Hoteleira
Antonio Pinto Pereira
 
Divisão celular I
Divisão celular IDivisão celular I
Divisão celular I
Antonio Pinto Pereira
 
Lei de Coulomb - 3º Ano EM
Lei de Coulomb - 3º Ano EMLei de Coulomb - 3º Ano EM
Lei de Coulomb - 3º Ano EM
Antonio Pinto Pereira
 
Ondas e sua caracterização
Ondas e sua caracterizaçãoOndas e sua caracterização
Ondas e sua caracterização
Antonio Pinto Pereira
 
O átomo e sua estrutura -
O átomo e sua estrutura - O átomo e sua estrutura -
O átomo e sua estrutura -
Antonio Pinto Pereira
 
Anelídeos - 2º Ano Ensino Médio - Biologia
Anelídeos - 2º Ano Ensino Médio - BiologiaAnelídeos - 2º Ano Ensino Médio - Biologia
Anelídeos - 2º Ano Ensino Médio - Biologia
Antonio Pinto Pereira
 
Higiene e Segurança no Trabalho - Técnico em RH
Higiene e Segurança no Trabalho - Técnico em RHHigiene e Segurança no Trabalho - Técnico em RH
Higiene e Segurança no Trabalho - Técnico em RH
Antonio Pinto Pereira
 
Divisão do estado de Mato Grosso do Sul
Divisão do estado de Mato Grosso do SulDivisão do estado de Mato Grosso do Sul
Divisão do estado de Mato Grosso do Sul
Antonio Pinto Pereira
 
Planejamento em RH - Técnico em RH
Planejamento em RH - Técnico em RHPlanejamento em RH - Técnico em RH
Planejamento em RH - Técnico em RH
Antonio Pinto Pereira
 
Reino Animalia
Reino Animalia Reino Animalia
Reino Animalia
Antonio Pinto Pereira
 
Foclore brasileiro - 3º Ano EF
Foclore brasileiro - 3º Ano EFFoclore brasileiro - 3º Ano EF
Foclore brasileiro - 3º Ano EF
Antonio Pinto Pereira
 
Darwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APP
Darwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APPDarwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APP
Darwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APP
Antonio Pinto Pereira
 
Reino animalia - Biologia - 2º Ano E. M. - APP - Jardim
Reino animalia - Biologia - 2º Ano E. M. - APP - JardimReino animalia - Biologia - 2º Ano E. M. - APP - Jardim
Reino animalia - Biologia - 2º Ano E. M. - APP - Jardim
Antonio Pinto Pereira
 
Traffic signs in english
Traffic signs in englishTraffic signs in english
Traffic signs in english
Antonio Pinto Pereira
 
Mundo da arte - 5º Ano
Mundo da arte - 5º AnoMundo da arte - 5º Ano
Mundo da arte - 5º Ano
Antonio Pinto Pereira
 
Pontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EF
Pontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EFPontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EF
Pontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EF
Antonio Pinto Pereira
 
Seasons of the year - English
Seasons of the year - EnglishSeasons of the year - English
Seasons of the year - English
Antonio Pinto Pereira
 

Mais de Antonio Pinto Pereira (20)

Bibliotecas pelo Mundo - Histórico
Bibliotecas pelo Mundo - HistóricoBibliotecas pelo Mundo - Histórico
Bibliotecas pelo Mundo - Histórico
 
Jardim MS - Sua História
Jardim MS - Sua HistóriaJardim MS - Sua História
Jardim MS - Sua História
 
Janjão o Grandão - Bullying
Janjão o Grandão - BullyingJanjão o Grandão - Bullying
Janjão o Grandão - Bullying
 
Manual de Conduta Hoteleira
Manual de Conduta HoteleiraManual de Conduta Hoteleira
Manual de Conduta Hoteleira
 
Divisão celular I
Divisão celular IDivisão celular I
Divisão celular I
 
Lei de Coulomb - 3º Ano EM
Lei de Coulomb - 3º Ano EMLei de Coulomb - 3º Ano EM
Lei de Coulomb - 3º Ano EM
 
Ondas e sua caracterização
Ondas e sua caracterizaçãoOndas e sua caracterização
Ondas e sua caracterização
 
O átomo e sua estrutura -
O átomo e sua estrutura - O átomo e sua estrutura -
O átomo e sua estrutura -
 
Anelídeos - 2º Ano Ensino Médio - Biologia
Anelídeos - 2º Ano Ensino Médio - BiologiaAnelídeos - 2º Ano Ensino Médio - Biologia
Anelídeos - 2º Ano Ensino Médio - Biologia
 
Higiene e Segurança no Trabalho - Técnico em RH
Higiene e Segurança no Trabalho - Técnico em RHHigiene e Segurança no Trabalho - Técnico em RH
Higiene e Segurança no Trabalho - Técnico em RH
 
Divisão do estado de Mato Grosso do Sul
Divisão do estado de Mato Grosso do SulDivisão do estado de Mato Grosso do Sul
Divisão do estado de Mato Grosso do Sul
 
Planejamento em RH - Técnico em RH
Planejamento em RH - Técnico em RHPlanejamento em RH - Técnico em RH
Planejamento em RH - Técnico em RH
 
Reino Animalia
Reino Animalia Reino Animalia
Reino Animalia
 
Foclore brasileiro - 3º Ano EF
Foclore brasileiro - 3º Ano EFFoclore brasileiro - 3º Ano EF
Foclore brasileiro - 3º Ano EF
 
Darwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APP
Darwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APPDarwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APP
Darwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APP
 
Reino animalia - Biologia - 2º Ano E. M. - APP - Jardim
Reino animalia - Biologia - 2º Ano E. M. - APP - JardimReino animalia - Biologia - 2º Ano E. M. - APP - Jardim
Reino animalia - Biologia - 2º Ano E. M. - APP - Jardim
 
Traffic signs in english
Traffic signs in englishTraffic signs in english
Traffic signs in english
 
Mundo da arte - 5º Ano
Mundo da arte - 5º AnoMundo da arte - 5º Ano
Mundo da arte - 5º Ano
 
Pontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EF
Pontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EFPontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EF
Pontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EF
 
Seasons of the year - English
Seasons of the year - EnglishSeasons of the year - English
Seasons of the year - English
 

Último

ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
vitorreissouzasilva
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
CarlosJean21
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
AntonioAngeloNeves
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
WELTONROBERTOFREITAS
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
katbrochier1
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Marília Pacheco
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
geiseortiz1
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
samucajaime015
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
AdrianoMontagna1
 

Último (20)

ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
 

Arte Grega - 6º Ano E.F.

  • 1.
  • 2. O maior desenvolvimento da arte grega foi atingida entre os séculos V e IV a.C, conhecido como período clássicoperíodo clássico. As principais características da arte deste período são as seguintes: •HarmoniaHarmonia •EquilíbrioEquilíbrio •ProporçãoProporção
  • 3. Era muito ligada a vida religiosa. •Construíam-se teatros – em honra de Dionísio.
  • 4. •Construíam-se estádios – em honra de vários deuses, como Zeus (no Santuário de Olímpia) e Apolo (no Santuário de Delfos). Estádio de Olímpia Estádio de Delfos
  • 5. •Construíam-se templos – em honra dos vários deuses adorados pelos gregos. Templo de Zeus Olímpico
  • 7. Os templos apresentavam sempre uma planta retangular, com um telhado de duas águas. Esses apresentavam colunas em toda volta ou apenas nas pontas. Essas colunas sustentavam a cobertura. Era uma estrutura ao mesmo tempo simples e harmoniosa. Telhado de duas águas Colunas
  • 8. Partes constituintes de um templo Na estrutura dos templos, podemos identificar vários elementos:
  • 9. A arquitetura grega antiga pode ser dividida em três ordensordens : A ordem dóricaordem dórica é a mais simples e mais antiga, caracterizando-se pelo capitel liso e pelo fato de a coluna não ter base. Templo de Agrigento
  • 10. A ordem jónicaordem jónica é considerada a mais elegante. O seu capitel é formado por uma espécie de “caracóis”, a que se dá o nome de volutas. A coluna é mais fina e tem base. Templo de Atena Niké
  • 11. A ordem coríntiaordem coríntia é muito parecida com a ordem jónica. A diferença está no capitel, que aqui apresenta uma decoração a lembrar folhas de acanto (uma planta decorativa). Templo de Zeus Olímpico
  • 13.
  • 14. Estátua do período arcaico Estátua do período clássico (Atena) Relevo do Parténon (luta contra os persas) As esculturas gregas transmitem uma forte reação de realismo.
  • 15. Praticamente todas as obras têm relação com a religião, mas em todas elas predomina a figura humana. Os principais temas são: a representação de Deusesrepresentação de Deuses; representação de atletasrepresentação de atletas; representação de cenas mitológicascenas mitológicas… Estátua de Artemisa O discóbolo Relevo do Parténon (luta dos gregos contra as amazonas)
  • 17. Venus de Milo (Mélos) …. Aphrodite , Paris, Musée du Louvre
  • 18.
  • 19.
  • 20.
  • 21. Sabe-se que os gregos pintavam as fachadas dos seus templos de cores alegres e garridas. É provável também que fizessem pinturas nas paredes das suas casas como aconteceu nos tempos mais antigos da civilização grega, na ilha de Creta (Palácio de Cnossos). Pintura numa parede do Palácio de CnossosReconstituição do Parténon
  • 22. Mas os únicos casos do período clássico (séc. V a.C.) que chegaram aos nossos dias foram os vasos de cerâmica. Aqui destacam-se vários períodos diferentes: •Numa fase mais antiga, decoravam as peças de cerâmica com motivos geométricos.
  • 23. Nos sécs. V e IV a.C., os gregos pintavam já figuras humanas perfeitas nas suas peças de cerâmica. Essas figuras podiam ser: •A negro sobre o fundo vermelho do barro; •A vermelho sobre um fundo preto.
  • 25. Temas da pintura gregaTemas da pintura grega: •Cenas da mitologia Cerâmica de figuras vermelhas (Aquiles e Pátroclo – cena da guerra de Tróia - Ilíada) Cerâmica de figuras vermelhas (Hades e Cerbero)
  • 26. •Cenas da vida quotidiana. Cerâmica de figuras vermelhas (duas jovens ouvem um tocador de cítara) Cerâmica de figuras negras (mulheres a tecer no gineceu)
  • 27. •Cenas relacionadas com os Jogos Olímpicos ou outras competições desportivas. Cerâmica de figuras negras (corrida de carros) Cerâmica de figuras negras (discóbolo) Cerâmica de figuras negras (corridas pedestres)
  • 28. O museu da acrópolemuseu da acrópole, é um museu arqueológico, localizado na cidade de Atenas, na Grécia .