SlideShare uma empresa Scribd logo
CENTRO UNIVERSITÁRIO SENAC
SANTO AMARO
Nilo César Basílio
ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS
Framework Scrum
SÃO PAULO
2018
2
Metodologia Ágil
A metodologia ágil procura agilizar processos empresariais, como os sistemas que são
desenvolvidos, por exemplo. Essa metodologia vem sendo usada nos últimos tempos como
uma alternativa eficiente para resolver a demanda de empresas e projetos de maneira versátil e
dinâmica, aumentando a produtividade. Sua abordagem é focada no planejamento iterativo.
Framework Scrum
Dentro da metodologia ágil, o framework Scrum é utilizado para planejamento,
desenvolvimento e gestão de softwares, aumentando a dinâmica entre as equipes. Segundo
Schwaber e Sutherland:
Scrum é um framework estrutural que está sendo usado para gerenciar o
desenvolvimento de produtos complexos desde o início de 1990. Scrum não é um
processo ou uma técnica para construir produtos; em vez disso, é um framework
dentro do qual você pode empregar vários processos ou técnicas. O Scrum deixa
claro a eficácia relativa das práticas de gerenciamento e desenvolvimento de
produtos, de modo que você possa melhorá-las. (2013, p. 3).
A figura 1 apresenta um resumo das etapas de desenvolvimento de projetos utilizando
o framework Scrum.
Figura 1 – Exemplo de processo de desenvolvimento Scrum.
Fonte: Site Desenvolvimento Ágil.
3
Product Backlog
O Product Backlog é uma lista com as funcionalidades que farão parte do projeto, no
produto final. O Product Backlog não pode ser considerado algo completo em si, pois está
sempre mudando de acordo com as necessidades do projeto, visando seu aprimoramento, e
terá sua existência alinhada a existência do produto (SCHWABER; SUTHERLAND, 2013).
Sprint
A execução de um projeto no framework Scrum acontece por meio das iterações, ou
Sprints. São ciclos de desenvolvimento que duram em média de 1 a 4 semanas, segundo um
padrão definido pela equipe, que deve ser usado como base para as demais iterações do
projeto. Uma Sprint apenas se inicia ao término de outra na etapa anterior (figura 2).
Figura 2 – Exemplo de Sprint.
Fonte: Blog Fluxo Consultoria Poli UFRJ.
Sprint Backlog
O Sprint Backlog consiste num conjunto de itens ou tarefas do Product Backlog que a
equipe deverá fazer durante um Sprint. É como uma previsão da equipe desenvolvedora
acerca do requisito que constará no próximo incremento e também sobre o trabalho que
demandará a entrega dessa funcionalidade pronta no projeto (SCHWABER; SUTHERLAND,
2013).
4
Daily Scrum
A equipe que está trabalhando no desenvolvimento do projeto deve se reunir
diariamente para discutir sobre o que se tem feito durante a Sprint, isso é o Daily Scrum. A
reunião costuma ser breve (15 minutos) com três perguntas básicas a serem respondidas por
cada membro: “O que você fez ontem?”, “O que você fará hoje?” e “Há algum impedimento
para fazê-lo?”.
Sprint Review Meeting
Quando uma Sprint termina, realiza-se uma reunião para revisão de tudo o que foi
discutido e desenvolvido pela equipe durante o ciclo. O sucesso na conclusão de uma Sprint
deve ser avaliado com os resultados apresentados no Sprint Review Meeting relacionando-os
com os objetivos primeiros da Sprint.
Participantes do processo
São três agentes os participantes do processo de desenvolvimento no Framework
Scrum:
 Product Owner: responsável por gerenciar o Product Backlog e
maximizar o trabalho da equipe de desenvolvimento assim como o
valor do produto;
 Scrum Master: responsável por fazer com que a equipe trabalhe
segundo as práticas do Scrum, além de realizar um trabalho de coach;
 Scrum Team: é a própria equipe de desenvolvimento, são os
profissionais que criam os requisitos e funcionalidades de acordo com o
projeto, procurando gerenciar seu próprio trabalho.
5
Referências Bibliográficas
SCHWABER, Ken; SUTHERLAND, Jeff. Guia do Scrum Um guia definitivo para o
Scrum: As regras do jogo. Disponível em:
<http://www.scrumguides.org/docs/scrumguide/v1/Scrum-Guide-Portuguese-BR.pdf>.
Acesso em 21 abr. 2018.
http://fluxoconsultoria.poli.ufrj.br/blog/gestao-empresarial/gerenciamento-em-scrum-
metodologia-agil/. Acesso em 21 abr. 2018.
http://www.desenvolvimentoagil.com.br/scrum/. Acesso em 21 abr. 2018.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentação Scrum 2012
Apresentação Scrum 2012Apresentação Scrum 2012
Apresentação Scrum 2012
Libia Boss
 
SCRUM Processo de Desenvolvimento de Software
SCRUM Processo de Desenvolvimento de SoftwareSCRUM Processo de Desenvolvimento de Software
SCRUM Processo de Desenvolvimento de Software
elliando dias
 
Scrum
ScrumScrum
SCRUM - Priorização do backlog
SCRUM  - Priorização do backlogSCRUM  - Priorização do backlog
SCRUM - Priorização do backlog
Marcos Antonio Ferreira Domingues
 
Scrum - Visão Geral
Scrum - Visão GeralScrum - Visão Geral
Scrum - Visão Geral
Leonardo Melo Santos
 
Trabalho scrum
Trabalho scrumTrabalho scrum
Trabalho scrum
Jarbas Pereira
 
Apresentação sobre metodologia Scrum
Apresentação sobre metodologia ScrumApresentação sobre metodologia Scrum
Apresentação sobre metodologia Scrum
IsaacBessa
 
Antigo_Scrum
Antigo_ScrumAntigo_Scrum
O Time Scrum e suas responsabilidades - Papéis do Scrum
O Time Scrum e suas responsabilidades - Papéis do ScrumO Time Scrum e suas responsabilidades - Papéis do Scrum
O Time Scrum e suas responsabilidades - Papéis do Scrum
ScrumHalf Tool
 
Scrum
ScrumScrum
Artigo Scrum
Artigo ScrumArtigo Scrum
"A Metodologia SCRUM"
"A Metodologia SCRUM""A Metodologia SCRUM"
"A Metodologia SCRUM"
Renato Gosling
 
Scrum fundamentos basicos
Scrum   fundamentos basicosScrum   fundamentos basicos
Scrum fundamentos basicos
André Agostinho
 
Um guia definitivo para o Scrum em Português
Um guia definitivo para o Scrum em PortuguêsUm guia definitivo para o Scrum em Português
Um guia definitivo para o Scrum em Português
Marcelo Gaspar BLACK BELT, CISA, CGEIT
 
Metodologia SCRUM
Metodologia SCRUMMetodologia SCRUM
Metodologia SCRUM
Rafael Pinheiro
 
Burndown chart by Scrum Framwork
Burndown chart by Scrum FramworkBurndown chart by Scrum Framwork
Burndown chart by Scrum Framwork
CLT Valuebased Services
 
Xp e Scrum
Xp e ScrumXp e Scrum
Xp e Scrum
iDATA software
 
Gp1 metodologias ageis
Gp1   metodologias ageisGp1   metodologias ageis
Gp1 metodologias ageis
ESEIG.IPP
 
Scrum
ScrumScrum
Alterações no Guia do Scrum 2020
Alterações no Guia do Scrum 2020Alterações no Guia do Scrum 2020
Alterações no Guia do Scrum 2020
Alvaro Junqueira
 

Mais procurados (20)

Apresentação Scrum 2012
Apresentação Scrum 2012Apresentação Scrum 2012
Apresentação Scrum 2012
 
SCRUM Processo de Desenvolvimento de Software
SCRUM Processo de Desenvolvimento de SoftwareSCRUM Processo de Desenvolvimento de Software
SCRUM Processo de Desenvolvimento de Software
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
SCRUM - Priorização do backlog
SCRUM  - Priorização do backlogSCRUM  - Priorização do backlog
SCRUM - Priorização do backlog
 
Scrum - Visão Geral
Scrum - Visão GeralScrum - Visão Geral
Scrum - Visão Geral
 
Trabalho scrum
Trabalho scrumTrabalho scrum
Trabalho scrum
 
Apresentação sobre metodologia Scrum
Apresentação sobre metodologia ScrumApresentação sobre metodologia Scrum
Apresentação sobre metodologia Scrum
 
Antigo_Scrum
Antigo_ScrumAntigo_Scrum
Antigo_Scrum
 
O Time Scrum e suas responsabilidades - Papéis do Scrum
O Time Scrum e suas responsabilidades - Papéis do ScrumO Time Scrum e suas responsabilidades - Papéis do Scrum
O Time Scrum e suas responsabilidades - Papéis do Scrum
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
Artigo Scrum
Artigo ScrumArtigo Scrum
Artigo Scrum
 
"A Metodologia SCRUM"
"A Metodologia SCRUM""A Metodologia SCRUM"
"A Metodologia SCRUM"
 
Scrum fundamentos basicos
Scrum   fundamentos basicosScrum   fundamentos basicos
Scrum fundamentos basicos
 
Um guia definitivo para o Scrum em Português
Um guia definitivo para o Scrum em PortuguêsUm guia definitivo para o Scrum em Português
Um guia definitivo para o Scrum em Português
 
Metodologia SCRUM
Metodologia SCRUMMetodologia SCRUM
Metodologia SCRUM
 
Burndown chart by Scrum Framwork
Burndown chart by Scrum FramworkBurndown chart by Scrum Framwork
Burndown chart by Scrum Framwork
 
Xp e Scrum
Xp e ScrumXp e Scrum
Xp e Scrum
 
Gp1 metodologias ageis
Gp1   metodologias ageisGp1   metodologias ageis
Gp1 metodologias ageis
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
Alterações no Guia do Scrum 2020
Alterações no Guia do Scrum 2020Alterações no Guia do Scrum 2020
Alterações no Guia do Scrum 2020
 

Semelhante a ANALISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

Scrum
ScrumScrum
Scrum
ScrumScrum
Gerenciamento ágil de projetos com scrum
Gerenciamento ágil de projetos com scrumGerenciamento ágil de projetos com scrum
Gerenciamento ágil de projetos com scrum
Audasi Tecnologia e Inovação
 
Scrum - Gerenciamento de Projetos
Scrum - Gerenciamento de ProjetosScrum - Gerenciamento de Projetos
Scrum - Gerenciamento de Projetos
William Lima
 
Ferramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com Scrum
Ferramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com ScrumFerramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com Scrum
Ferramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com Scrum
Thiago Barros, PSM
 
Desenvolvimento ágil com scrum
Desenvolvimento ágil com scrumDesenvolvimento ágil com scrum
Desenvolvimento ágil com scrum
Carlos Lucas Brandão
 
Agil - artigo cientifico
Agil - artigo cientificoAgil - artigo cientifico
Agil - artigo cientifico
Klaus Fischer Gomes Santana
 
Artigo Metodologia ágil: Scrum
Artigo  Metodologia ágil: ScrumArtigo  Metodologia ágil: Scrum
Artigo Metodologia ágil: Scrum
Bruno Teixeira
 
ENGSW_Aula_Scrum.pdf
ENGSW_Aula_Scrum.pdfENGSW_Aula_Scrum.pdf
ENGSW_Aula_Scrum.pdf
ssuserbe3ad6
 
Agilidade Com Scrum
Agilidade Com ScrumAgilidade Com Scrum
Agilidade Com Scrum
Luis Guimaraes
 
Scrum agil
Scrum agilScrum agil
Gerenciamento ágil de processos - SCRUM
Gerenciamento ágil de processos - SCRUMGerenciamento ágil de processos - SCRUM
Gerenciamento ágil de processos - SCRUM
Lucas Vinícius
 
Método Ágil Scrum
Método Ágil ScrumMétodo Ágil Scrum
Método Ágil Scrum
Fernando Vargas
 

Semelhante a ANALISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS (13)

Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
Gerenciamento ágil de projetos com scrum
Gerenciamento ágil de projetos com scrumGerenciamento ágil de projetos com scrum
Gerenciamento ágil de projetos com scrum
 
Scrum - Gerenciamento de Projetos
Scrum - Gerenciamento de ProjetosScrum - Gerenciamento de Projetos
Scrum - Gerenciamento de Projetos
 
Ferramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com Scrum
Ferramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com ScrumFerramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com Scrum
Ferramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com Scrum
 
Desenvolvimento ágil com scrum
Desenvolvimento ágil com scrumDesenvolvimento ágil com scrum
Desenvolvimento ágil com scrum
 
Agil - artigo cientifico
Agil - artigo cientificoAgil - artigo cientifico
Agil - artigo cientifico
 
Artigo Metodologia ágil: Scrum
Artigo  Metodologia ágil: ScrumArtigo  Metodologia ágil: Scrum
Artigo Metodologia ágil: Scrum
 
ENGSW_Aula_Scrum.pdf
ENGSW_Aula_Scrum.pdfENGSW_Aula_Scrum.pdf
ENGSW_Aula_Scrum.pdf
 
Agilidade Com Scrum
Agilidade Com ScrumAgilidade Com Scrum
Agilidade Com Scrum
 
Scrum agil
Scrum agilScrum agil
Scrum agil
 
Gerenciamento ágil de processos - SCRUM
Gerenciamento ágil de processos - SCRUMGerenciamento ágil de processos - SCRUM
Gerenciamento ágil de processos - SCRUM
 
Método Ágil Scrum
Método Ágil ScrumMétodo Ágil Scrum
Método Ágil Scrum
 

Mais de Nilo Basílio

SEGURANCA E AUDITORIA DE SISTEMAS DE INFORMACAO
SEGURANCA E AUDITORIA DE SISTEMAS DE INFORMACAOSEGURANCA E AUDITORIA DE SISTEMAS DE INFORMACAO
SEGURANCA E AUDITORIA DE SISTEMAS DE INFORMACAO
Nilo Basílio
 
ARQUITETURA ORIENTADA A SERVICOS
ARQUITETURA ORIENTADA A SERVICOSARQUITETURA ORIENTADA A SERVICOS
ARQUITETURA ORIENTADA A SERVICOS
Nilo Basílio
 
INTRODUCAO A ENGENHARIA DE PRODUCAO
INTRODUCAO A ENGENHARIA DE PRODUCAOINTRODUCAO A ENGENHARIA DE PRODUCAO
INTRODUCAO A ENGENHARIA DE PRODUCAO
Nilo Basílio
 
PRESS START - DESENVOLVENDO JOGOS DIGITAIS
PRESS START - DESENVOLVENDO JOGOS DIGITAISPRESS START - DESENVOLVENDO JOGOS DIGITAIS
PRESS START - DESENVOLVENDO JOGOS DIGITAIS
Nilo Basílio
 
PI IV - DESENVOLVIMENTO DE SERVICOS DE TI
PI IV - DESENVOLVIMENTO DE SERVICOS DE TIPI IV - DESENVOLVIMENTO DE SERVICOS DE TI
PI IV - DESENVOLVIMENTO DE SERVICOS DE TI
Nilo Basílio
 
PI III - IMPLEMENTACAO DE PROJETOS DE TI
PI III - IMPLEMENTACAO DE PROJETOS DE TIPI III - IMPLEMENTACAO DE PROJETOS DE TI
PI III - IMPLEMENTACAO DE PROJETOS DE TI
Nilo Basílio
 
PI II - CONCEPCAO DE SERVICOS DE TI
PI II - CONCEPCAO DE SERVICOS DE TIPI II - CONCEPCAO DE SERVICOS DE TI
PI II - CONCEPCAO DE SERVICOS DE TI
Nilo Basílio
 
PI I - DIAGNOSTICO DE SERVICOS
PI I - DIAGNOSTICO DE SERVICOSPI I - DIAGNOSTICO DE SERVICOS
PI I - DIAGNOSTICO DE SERVICOS
Nilo Basílio
 
MODELOS DE GOVERNANCA DE TI
MODELOS DE GOVERNANCA DE TIMODELOS DE GOVERNANCA DE TI
MODELOS DE GOVERNANCA DE TI
Nilo Basílio
 
GESTAO DE PESSOAS
GESTAO DE PESSOASGESTAO DE PESSOAS
GESTAO DE PESSOAS
Nilo Basílio
 
ESCRITORIO DE PROJETOS
ESCRITORIO DE PROJETOSESCRITORIO DE PROJETOS
ESCRITORIO DE PROJETOS
Nilo Basílio
 
TECNICAS DE LIDERANCA E NEGOCIACAO EM TI
TECNICAS DE LIDERANCA E NEGOCIACAO EM TITECNICAS DE LIDERANCA E NEGOCIACAO EM TI
TECNICAS DE LIDERANCA E NEGOCIACAO EM TI
Nilo Basílio
 
MODELAGEM DE PROCESSOS
MODELAGEM DE PROCESSOSMODELAGEM DE PROCESSOS
MODELAGEM DE PROCESSOS
Nilo Basílio
 
MODELOS DE GERENCIAMENTO DE SERVICOS DE TI
MODELOS DE GERENCIAMENTO DE SERVICOS DE TIMODELOS DE GERENCIAMENTO DE SERVICOS DE TI
MODELOS DE GERENCIAMENTO DE SERVICOS DE TI
Nilo Basílio
 
GOVERNANCA DE TI
GOVERNANCA DE TIGOVERNANCA DE TI
GOVERNANCA DE TI
Nilo Basílio
 
EMPREENDEDORISMO, INOVACAO E ECONOMIA CRIATIVA
EMPREENDEDORISMO, INOVACAO E ECONOMIA CRIATIVAEMPREENDEDORISMO, INOVACAO E ECONOMIA CRIATIVA
EMPREENDEDORISMO, INOVACAO E ECONOMIA CRIATIVA
Nilo Basílio
 
MODELOS DE GESTAO DA QUALIDADE DE SOFTWARE
MODELOS DE GESTAO DA QUALIDADE DE SOFTWAREMODELOS DE GESTAO DA QUALIDADE DE SOFTWARE
MODELOS DE GESTAO DA QUALIDADE DE SOFTWARE
Nilo Basílio
 
GERENCIAMENTO DE SERVICOS DE TI
GERENCIAMENTO DE SERVICOS DE TIGERENCIAMENTO DE SERVICOS DE TI
GERENCIAMENTO DE SERVICOS DE TI
Nilo Basílio
 
GOVERNANCA DE SERVICOS
GOVERNANCA DE SERVICOSGOVERNANCA DE SERVICOS
GOVERNANCA DE SERVICOS
Nilo Basílio
 
GERENCIAMENTO DE PROJETOS
GERENCIAMENTO DE PROJETOSGERENCIAMENTO DE PROJETOS
GERENCIAMENTO DE PROJETOS
Nilo Basílio
 

Mais de Nilo Basílio (20)

SEGURANCA E AUDITORIA DE SISTEMAS DE INFORMACAO
SEGURANCA E AUDITORIA DE SISTEMAS DE INFORMACAOSEGURANCA E AUDITORIA DE SISTEMAS DE INFORMACAO
SEGURANCA E AUDITORIA DE SISTEMAS DE INFORMACAO
 
ARQUITETURA ORIENTADA A SERVICOS
ARQUITETURA ORIENTADA A SERVICOSARQUITETURA ORIENTADA A SERVICOS
ARQUITETURA ORIENTADA A SERVICOS
 
INTRODUCAO A ENGENHARIA DE PRODUCAO
INTRODUCAO A ENGENHARIA DE PRODUCAOINTRODUCAO A ENGENHARIA DE PRODUCAO
INTRODUCAO A ENGENHARIA DE PRODUCAO
 
PRESS START - DESENVOLVENDO JOGOS DIGITAIS
PRESS START - DESENVOLVENDO JOGOS DIGITAISPRESS START - DESENVOLVENDO JOGOS DIGITAIS
PRESS START - DESENVOLVENDO JOGOS DIGITAIS
 
PI IV - DESENVOLVIMENTO DE SERVICOS DE TI
PI IV - DESENVOLVIMENTO DE SERVICOS DE TIPI IV - DESENVOLVIMENTO DE SERVICOS DE TI
PI IV - DESENVOLVIMENTO DE SERVICOS DE TI
 
PI III - IMPLEMENTACAO DE PROJETOS DE TI
PI III - IMPLEMENTACAO DE PROJETOS DE TIPI III - IMPLEMENTACAO DE PROJETOS DE TI
PI III - IMPLEMENTACAO DE PROJETOS DE TI
 
PI II - CONCEPCAO DE SERVICOS DE TI
PI II - CONCEPCAO DE SERVICOS DE TIPI II - CONCEPCAO DE SERVICOS DE TI
PI II - CONCEPCAO DE SERVICOS DE TI
 
PI I - DIAGNOSTICO DE SERVICOS
PI I - DIAGNOSTICO DE SERVICOSPI I - DIAGNOSTICO DE SERVICOS
PI I - DIAGNOSTICO DE SERVICOS
 
MODELOS DE GOVERNANCA DE TI
MODELOS DE GOVERNANCA DE TIMODELOS DE GOVERNANCA DE TI
MODELOS DE GOVERNANCA DE TI
 
GESTAO DE PESSOAS
GESTAO DE PESSOASGESTAO DE PESSOAS
GESTAO DE PESSOAS
 
ESCRITORIO DE PROJETOS
ESCRITORIO DE PROJETOSESCRITORIO DE PROJETOS
ESCRITORIO DE PROJETOS
 
TECNICAS DE LIDERANCA E NEGOCIACAO EM TI
TECNICAS DE LIDERANCA E NEGOCIACAO EM TITECNICAS DE LIDERANCA E NEGOCIACAO EM TI
TECNICAS DE LIDERANCA E NEGOCIACAO EM TI
 
MODELAGEM DE PROCESSOS
MODELAGEM DE PROCESSOSMODELAGEM DE PROCESSOS
MODELAGEM DE PROCESSOS
 
MODELOS DE GERENCIAMENTO DE SERVICOS DE TI
MODELOS DE GERENCIAMENTO DE SERVICOS DE TIMODELOS DE GERENCIAMENTO DE SERVICOS DE TI
MODELOS DE GERENCIAMENTO DE SERVICOS DE TI
 
GOVERNANCA DE TI
GOVERNANCA DE TIGOVERNANCA DE TI
GOVERNANCA DE TI
 
EMPREENDEDORISMO, INOVACAO E ECONOMIA CRIATIVA
EMPREENDEDORISMO, INOVACAO E ECONOMIA CRIATIVAEMPREENDEDORISMO, INOVACAO E ECONOMIA CRIATIVA
EMPREENDEDORISMO, INOVACAO E ECONOMIA CRIATIVA
 
MODELOS DE GESTAO DA QUALIDADE DE SOFTWARE
MODELOS DE GESTAO DA QUALIDADE DE SOFTWAREMODELOS DE GESTAO DA QUALIDADE DE SOFTWARE
MODELOS DE GESTAO DA QUALIDADE DE SOFTWARE
 
GERENCIAMENTO DE SERVICOS DE TI
GERENCIAMENTO DE SERVICOS DE TIGERENCIAMENTO DE SERVICOS DE TI
GERENCIAMENTO DE SERVICOS DE TI
 
GOVERNANCA DE SERVICOS
GOVERNANCA DE SERVICOSGOVERNANCA DE SERVICOS
GOVERNANCA DE SERVICOS
 
GERENCIAMENTO DE PROJETOS
GERENCIAMENTO DE PROJETOSGERENCIAMENTO DE PROJETOS
GERENCIAMENTO DE PROJETOS
 

Último

Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdfCertificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
joaovmp3
 
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdfDESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
Momento da Informática
 
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdfTOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
Momento da Informática
 
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas PráticasSegurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Danilo Pinotti
 
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptxHistória da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
TomasSousa7
 
ATIVIDADE 1 - ADSIS - ESTRUTURA DE DADOS II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - ADSIS - ESTRUTURA DE DADOS II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - ADSIS - ESTRUTURA DE DADOS II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - ADSIS - ESTRUTURA DE DADOS II - 52_2024.docx
2m Assessoria
 
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdfManual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
Escola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdf
Escola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdfEscola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdf
Escola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdf
Gabriel de Mattos Faustino
 
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptxLogica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Momento da Informática
 
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
Faga1939
 

Último (10)

Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdfCertificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
 
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdfDESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
 
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdfTOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
 
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas PráticasSegurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
 
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptxHistória da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
 
ATIVIDADE 1 - ADSIS - ESTRUTURA DE DADOS II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - ADSIS - ESTRUTURA DE DADOS II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - ADSIS - ESTRUTURA DE DADOS II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - ADSIS - ESTRUTURA DE DADOS II - 52_2024.docx
 
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdfManual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
 
Escola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdf
Escola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdfEscola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdf
Escola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdf
 
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptxLogica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
 
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
 

ANALISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

  • 1. CENTRO UNIVERSITÁRIO SENAC SANTO AMARO Nilo César Basílio ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS Framework Scrum SÃO PAULO 2018
  • 2. 2 Metodologia Ágil A metodologia ágil procura agilizar processos empresariais, como os sistemas que são desenvolvidos, por exemplo. Essa metodologia vem sendo usada nos últimos tempos como uma alternativa eficiente para resolver a demanda de empresas e projetos de maneira versátil e dinâmica, aumentando a produtividade. Sua abordagem é focada no planejamento iterativo. Framework Scrum Dentro da metodologia ágil, o framework Scrum é utilizado para planejamento, desenvolvimento e gestão de softwares, aumentando a dinâmica entre as equipes. Segundo Schwaber e Sutherland: Scrum é um framework estrutural que está sendo usado para gerenciar o desenvolvimento de produtos complexos desde o início de 1990. Scrum não é um processo ou uma técnica para construir produtos; em vez disso, é um framework dentro do qual você pode empregar vários processos ou técnicas. O Scrum deixa claro a eficácia relativa das práticas de gerenciamento e desenvolvimento de produtos, de modo que você possa melhorá-las. (2013, p. 3). A figura 1 apresenta um resumo das etapas de desenvolvimento de projetos utilizando o framework Scrum. Figura 1 – Exemplo de processo de desenvolvimento Scrum. Fonte: Site Desenvolvimento Ágil.
  • 3. 3 Product Backlog O Product Backlog é uma lista com as funcionalidades que farão parte do projeto, no produto final. O Product Backlog não pode ser considerado algo completo em si, pois está sempre mudando de acordo com as necessidades do projeto, visando seu aprimoramento, e terá sua existência alinhada a existência do produto (SCHWABER; SUTHERLAND, 2013). Sprint A execução de um projeto no framework Scrum acontece por meio das iterações, ou Sprints. São ciclos de desenvolvimento que duram em média de 1 a 4 semanas, segundo um padrão definido pela equipe, que deve ser usado como base para as demais iterações do projeto. Uma Sprint apenas se inicia ao término de outra na etapa anterior (figura 2). Figura 2 – Exemplo de Sprint. Fonte: Blog Fluxo Consultoria Poli UFRJ. Sprint Backlog O Sprint Backlog consiste num conjunto de itens ou tarefas do Product Backlog que a equipe deverá fazer durante um Sprint. É como uma previsão da equipe desenvolvedora acerca do requisito que constará no próximo incremento e também sobre o trabalho que demandará a entrega dessa funcionalidade pronta no projeto (SCHWABER; SUTHERLAND, 2013).
  • 4. 4 Daily Scrum A equipe que está trabalhando no desenvolvimento do projeto deve se reunir diariamente para discutir sobre o que se tem feito durante a Sprint, isso é o Daily Scrum. A reunião costuma ser breve (15 minutos) com três perguntas básicas a serem respondidas por cada membro: “O que você fez ontem?”, “O que você fará hoje?” e “Há algum impedimento para fazê-lo?”. Sprint Review Meeting Quando uma Sprint termina, realiza-se uma reunião para revisão de tudo o que foi discutido e desenvolvido pela equipe durante o ciclo. O sucesso na conclusão de uma Sprint deve ser avaliado com os resultados apresentados no Sprint Review Meeting relacionando-os com os objetivos primeiros da Sprint. Participantes do processo São três agentes os participantes do processo de desenvolvimento no Framework Scrum:  Product Owner: responsável por gerenciar o Product Backlog e maximizar o trabalho da equipe de desenvolvimento assim como o valor do produto;  Scrum Master: responsável por fazer com que a equipe trabalhe segundo as práticas do Scrum, além de realizar um trabalho de coach;  Scrum Team: é a própria equipe de desenvolvimento, são os profissionais que criam os requisitos e funcionalidades de acordo com o projeto, procurando gerenciar seu próprio trabalho.
  • 5. 5 Referências Bibliográficas SCHWABER, Ken; SUTHERLAND, Jeff. Guia do Scrum Um guia definitivo para o Scrum: As regras do jogo. Disponível em: <http://www.scrumguides.org/docs/scrumguide/v1/Scrum-Guide-Portuguese-BR.pdf>. Acesso em 21 abr. 2018. http://fluxoconsultoria.poli.ufrj.br/blog/gestao-empresarial/gerenciamento-em-scrum- metodologia-agil/. Acesso em 21 abr. 2018. http://www.desenvolvimentoagil.com.br/scrum/. Acesso em 21 abr. 2018.