SlideShare uma empresa Scribd logo
SCRUM  Processo de Desenvolvimento de Software Camila  R.  Rocha  RA:  022247   Silvia C. M. Soares  RA: 012895   Disciplina: Engenharia de Software I Professora: Eliane Martins
Agenda Introdução  Objetivos Características Fases Aspectos de qualidade, gerenciamento e testes Conclusões
Introdução ORIGEM: ADM  (Advanced Development Methods) + VMARK Software METODOLOGIA: Gerenciamento, manutenção  e desenvolvimento de  softwares: simples e pequenos  grandes e complexos PROCESSO: Ágil Empírico Incremental BASE P/ SCRUM: Técnicas e  tools  OO
Objetivos Garantir maior flexibilidade e habilidade para tratamento  de sistemas complexos e simples;  Produzir um sistema susceptível a requerimentos iniciais e adicionais durante o projeto: Requerimentos dos clientes; Necessidades do negócio; Pressão relativa ao tempo; Competitividade do mercado;  Qualidade;  Recursos.
Características Deliverable  flexível;  Cronograma flexível; Times de desenvolvimento pequenos (por volta de 6); Revisões frequentes; Colaboração;  Orientação a Objeto.
Fases Planejamento Sprints Ciclos Encerramento
Fases  Planejamento Processo definido  Relativament e  curta Des ign  da arquitetura do sistema Estimativas de datas e custos Criação do backlog Participação de clientes e outros departamentos Levantamento dos requisitos e atribuição de prioridades Definição de equipes e seus líderes Definição de pacotes a serem desenvolvidos Backlog
Fases Sprint Processo Empírico Cada time recebe uma parte do backlog para desenvolvimento  O backlog não sofrerá modificações durante o Sprint Duração de 1 a 4 semanas Sempre apresentam um executável ao final  Fonte: Mountain Goat Software
Fases  –  Sprint Reuniões Diárias Cerca de 15 minutos de duração Gerenciada pelo líder de cada equipe Todos respondem às perguntas: O que você realizou desde a última reunião? Quais problemas você enfrentou? Em que você trabalhará até a próxima reunião?  Benefícios: Maior integração entre os membros da equipe Rápida solução de problemas P romovem o compartilhamento de conhecimento Progresso medido continuamente Minimização de riscos
Fases  –  Sprint Revisão Deve obedecer à data de entrega Permitida a diminuição de funcionalidades Apresentação do produto à clientes e/ou diretores de marketing Sugestões de mudanças são incorporadas ao backlog Produto pode até ser lançado no mercado Benefícios: Apresentar resultados concretos ao cliente  Integrar e testar uma boa parte do software Motivação da equipe
Fases Encerramento Iniciada quando todos os aspectos são satisfatórios (tempo, competitividade, requisitos, qualidade, custo) Atividades: Testes de integração Testes de sistema Documentação do usuário Preparação de material de treinamento Preparação de material de marketing
Qualidade, Gerenciamento e Testes Passos e papéis bem definidos Gerenciamento de riscos Revisões frequentes / diárias Definição de padrões Realização de testes  Elaboração de documentação Grupo QA Controles Backlog Release/ Melhoria Mudanças Problemas Soluções Issues
Divisão de responsabilidades papéis bem definidos Processo ágil e flexível  inúmeras mudanças no decorrer do projeto Foco em controles  e gerenciamento  minimiza risco  maximiza qualidade Times pequenos Colaboração Ausência de práticas de Engenharia de Software (técnicas e notações) e  tools Necessidade de associação com outras metodologias e  tools ( XP, GNATS) Dificuldade na implementação de mudanças Conclusões
Referências ADVANCED DEVELOPMENT METHODS Inc.  Controlled Chaos : Living on the Edge . 1996. Disponível em: <http://www.controlchaos.com/   ap.htm>. Acesso em 9 mar. 2003. ADVANCED DEVELOPMENT METHODS Inc.  SCRUM Software Development Process - Building The Best Possible Software . 1995. Disponível em: <http://www.controlchaos.com/scrumwp.htm>. Acesso em 9 mar. 2003.   BEETLE, Mike, et. al.  SCRUM: A extension pattern language for hyperproductive software development.  Pattern Languages of Software Design 4, 2000. Disponível em: <http://st-ww.cs.uiuc.edu/~plop/plopd4-submissions/P46.pdf>. Acesso em 14 mar 2003. MENON, Nishanth.  SCRUM: Saving Project from Failing.  2002. Disponível em: <http://www.webenable.com/industry/scrum1.asp>. Acesso em 15 mar. 2003.
Referências MOUNTAIN GOAT SOFTWARE.  Scrum . Disponível em: < http://www. mountaingoatsoftware.com/scrum/scrumpres.pdf >. Acesso em 10 mar. 2003. MOUNTAIN GOAT SOFTWARE.  The Scrum Development Process . Disponível em: < http://www.mountaingoatsoftware.com/scrum/index.html >   Acesso em 10 mar. 2003. NOYES, Bryan.  Rugby, Anyone?  2002. Disponível em: <http://www. fawcette.com/resources/managingdev/methodologies/scrum>. Acesso em 13 mar. 2003 POWER, Patrick. Overview of the Scrum Development Software Process. 2002. Disponível em: <http://www.humanetix.com/Articles/Scrum1.html>. Acesso em 15 mar. 2003.
Referências RISING, Linda; JANOFF, Norman.  The Scrum Software Development Process for Small Teams.  IEEE Software, July/August 2001. SCHWABER, Ken; MAR, Kane . Scrum with XP . 2003. Disponível em: <http://www.controlchaos.com/XPKane.htm>. Acesso em 10 mar.  SUTHERLAND, Jeff.  Jeff Sutherland SCRUM’s log . 2003. Disponível em: <http://www.jeffsutherland.org/scrum/index.html>. Acesso em 15 mar. 2003. SUTHERLAND, Jeff.  Jeff Sutherland’s COMDEX/Object World Tutorial – SCRUM. 1998 . Disponível em: <http://www.jeffsutherland.org/   objwld98/ow_scrum.html>. Acesso em 15 mar. 2003.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Um guia definitivo para o Scrum em Português
Um guia definitivo para o Scrum em PortuguêsUm guia definitivo para o Scrum em Português
Um guia definitivo para o Scrum em Português
Marcelo Gaspar BLACK BELT, CISA, CGEIT
 
O Time Scrum e suas responsabilidades - Papéis do Scrum
O Time Scrum e suas responsabilidades - Papéis do ScrumO Time Scrum e suas responsabilidades - Papéis do Scrum
O Time Scrum e suas responsabilidades - Papéis do Scrum
ScrumHalf Tool
 
Scrum
ScrumScrum
"A Metodologia SCRUM"
"A Metodologia SCRUM""A Metodologia SCRUM"
"A Metodologia SCRUM"
Renato Gosling
 
Ferramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com Scrum
Ferramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com ScrumFerramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com Scrum
Ferramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com Scrum
Thiago Barros, PSM
 
Gerenciamento ágil de projetos com scrum
Gerenciamento ágil de projetos com scrumGerenciamento ágil de projetos com scrum
Gerenciamento ágil de projetos com scrum
Audasi Tecnologia e Inovação
 
Gerenciamento Ágil de Projetos com Scrum
Gerenciamento Ágil de Projetos com ScrumGerenciamento Ágil de Projetos com Scrum
Gerenciamento Ágil de Projetos com Scrum
Ludimila Monjardim Casagrande
 
Scrum - Fundamentos, teorias e práticas!
Scrum - Fundamentos, teorias e práticas!Scrum - Fundamentos, teorias e práticas!
Scrum - Fundamentos, teorias e práticas!
Annelise Gripp
 
Estudo de ferramentas em Software Livre para gestão ágil de projetos de desen...
Estudo de ferramentas em Software Livre para gestão ágil de projetos de desen...Estudo de ferramentas em Software Livre para gestão ágil de projetos de desen...
Estudo de ferramentas em Software Livre para gestão ágil de projetos de desen...
Keila Freitas
 
Extreme Programming - Workshop Praticas Jedi XP - LinguÁgil 2016
Extreme Programming - Workshop Praticas Jedi XP - LinguÁgil 2016Extreme Programming - Workshop Praticas Jedi XP - LinguÁgil 2016
Extreme Programming - Workshop Praticas Jedi XP - LinguÁgil 2016
Annelise Gripp
 
Gestão Ágil de Produtos com Lean Startup para times Scrum
Gestão Ágil de Produtos com Lean Startup para times ScrumGestão Ágil de Produtos com Lean Startup para times Scrum
Gestão Ágil de Produtos com Lean Startup para times Scrum
Marcos Garrido
 
Framework Scrum
Framework   ScrumFramework   Scrum
Framework Scrum
Aragon Vieira
 
Apostila introdutória ao Scrum (V1)
Apostila introdutória ao Scrum (V1)Apostila introdutória ao Scrum (V1)
Apostila introdutória ao Scrum (V1)
Rafael Barbosa Camargo
 
Resumo do livro SCRUM a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo ...
Resumo do livro SCRUM a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo ...Resumo do livro SCRUM a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo ...
Resumo do livro SCRUM a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo ...
Thiago Compan
 
Colocando o Scrum em prática
Colocando o Scrum em práticaColocando o Scrum em prática
Colocando o Scrum em prática
Aragon Vieira
 
Toc aplicada a gestão de projetos
Toc aplicada a gestão de projetosToc aplicada a gestão de projetos
Toc aplicada a gestão de projetos
Aragon Vieira
 
Agile SCRUM
Agile SCRUMAgile SCRUM
Agile SCRUM
Eduardo Bregaida
 
Gerenciamento e desenvolvimento ágil de software
Gerenciamento e desenvolvimento ágil de softwareGerenciamento e desenvolvimento ágil de software
Gerenciamento e desenvolvimento ágil de software
Impacta Eventos
 
Uma introdução ao SCRUM
Uma introdução ao SCRUMUma introdução ao SCRUM
Uma introdução ao SCRUM
elliando dias
 
Métodos Ágeis para Desenvolvimento de Software
Métodos Ágeis para Desenvolvimento de SoftwareMétodos Ágeis para Desenvolvimento de Software
Métodos Ágeis para Desenvolvimento de Software
alexandre_malaquias
 

Mais procurados (20)

Um guia definitivo para o Scrum em Português
Um guia definitivo para o Scrum em PortuguêsUm guia definitivo para o Scrum em Português
Um guia definitivo para o Scrum em Português
 
O Time Scrum e suas responsabilidades - Papéis do Scrum
O Time Scrum e suas responsabilidades - Papéis do ScrumO Time Scrum e suas responsabilidades - Papéis do Scrum
O Time Scrum e suas responsabilidades - Papéis do Scrum
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
"A Metodologia SCRUM"
"A Metodologia SCRUM""A Metodologia SCRUM"
"A Metodologia SCRUM"
 
Ferramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com Scrum
Ferramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com ScrumFerramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com Scrum
Ferramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com Scrum
 
Gerenciamento ágil de projetos com scrum
Gerenciamento ágil de projetos com scrumGerenciamento ágil de projetos com scrum
Gerenciamento ágil de projetos com scrum
 
Gerenciamento Ágil de Projetos com Scrum
Gerenciamento Ágil de Projetos com ScrumGerenciamento Ágil de Projetos com Scrum
Gerenciamento Ágil de Projetos com Scrum
 
Scrum - Fundamentos, teorias e práticas!
Scrum - Fundamentos, teorias e práticas!Scrum - Fundamentos, teorias e práticas!
Scrum - Fundamentos, teorias e práticas!
 
Estudo de ferramentas em Software Livre para gestão ágil de projetos de desen...
Estudo de ferramentas em Software Livre para gestão ágil de projetos de desen...Estudo de ferramentas em Software Livre para gestão ágil de projetos de desen...
Estudo de ferramentas em Software Livre para gestão ágil de projetos de desen...
 
Extreme Programming - Workshop Praticas Jedi XP - LinguÁgil 2016
Extreme Programming - Workshop Praticas Jedi XP - LinguÁgil 2016Extreme Programming - Workshop Praticas Jedi XP - LinguÁgil 2016
Extreme Programming - Workshop Praticas Jedi XP - LinguÁgil 2016
 
Gestão Ágil de Produtos com Lean Startup para times Scrum
Gestão Ágil de Produtos com Lean Startup para times ScrumGestão Ágil de Produtos com Lean Startup para times Scrum
Gestão Ágil de Produtos com Lean Startup para times Scrum
 
Framework Scrum
Framework   ScrumFramework   Scrum
Framework Scrum
 
Apostila introdutória ao Scrum (V1)
Apostila introdutória ao Scrum (V1)Apostila introdutória ao Scrum (V1)
Apostila introdutória ao Scrum (V1)
 
Resumo do livro SCRUM a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo ...
Resumo do livro SCRUM a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo ...Resumo do livro SCRUM a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo ...
Resumo do livro SCRUM a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo ...
 
Colocando o Scrum em prática
Colocando o Scrum em práticaColocando o Scrum em prática
Colocando o Scrum em prática
 
Toc aplicada a gestão de projetos
Toc aplicada a gestão de projetosToc aplicada a gestão de projetos
Toc aplicada a gestão de projetos
 
Agile SCRUM
Agile SCRUMAgile SCRUM
Agile SCRUM
 
Gerenciamento e desenvolvimento ágil de software
Gerenciamento e desenvolvimento ágil de softwareGerenciamento e desenvolvimento ágil de software
Gerenciamento e desenvolvimento ágil de software
 
Uma introdução ao SCRUM
Uma introdução ao SCRUMUma introdução ao SCRUM
Uma introdução ao SCRUM
 
Métodos Ágeis para Desenvolvimento de Software
Métodos Ágeis para Desenvolvimento de SoftwareMétodos Ágeis para Desenvolvimento de Software
Métodos Ágeis para Desenvolvimento de Software
 

Semelhante a SCRUM Processo de Desenvolvimento de Software

Apresentacao UNA
Apresentacao UNAApresentacao UNA
Apresentacao UNA
André Peron
 
Palestra Métodos Ágeis SERPRO
Palestra Métodos Ágeis SERPROPalestra Métodos Ágeis SERPRO
Palestra Métodos Ágeis SERPRO
Wildtech
 
Metodologias Ageis
Metodologias AgeisMetodologias Ageis
Metodologias Ageis
MarcosMaozinha
 
Trabalho scrum fases
Trabalho scrum fasesTrabalho scrum fases
Trabalho scrum fases
maximilam
 
Tudo são Dados - PHP Conference 2008
Tudo são Dados - PHP Conference 2008Tudo são Dados - PHP Conference 2008
Tudo são Dados - PHP Conference 2008
ECRAYON Tecnologia Criativa
 
Aplicação das abordagens Scrum e XP
Aplicação das abordagens Scrum e XPAplicação das abordagens Scrum e XP
Aplicação das abordagens Scrum e XP
s4nx
 
Scrum - Introdução Interna para o Núcleo de Arquitetura de Informação
Scrum - Introdução Interna para o Núcleo de Arquitetura de InformaçãoScrum - Introdução Interna para o Núcleo de Arquitetura de Informação
Scrum - Introdução Interna para o Núcleo de Arquitetura de Informação
Alessandro Novais
 
Gerenciamento de projetos de TI
Gerenciamento de projetos de TIGerenciamento de projetos de TI
Gerenciamento de projetos de TI
Centro Universitário de João Pessoa (UNIPÊ)
 
Utilizando metologias ágeis com VSTS: Scrum e XP, YES WE CAN! (ALM204)
Utilizando metologias ágeis com VSTS: Scrum e XP, YES WE CAN! (ALM204)Utilizando metologias ágeis com VSTS: Scrum e XP, YES WE CAN! (ALM204)
Utilizando metologias ágeis com VSTS: Scrum e XP, YES WE CAN! (ALM204)
André Dias
 
PROPOSTA DE ADAPTAÇÃO DAS PRÁTICAS DO SCRUM PARA O MPS.BR NIVEL G
PROPOSTA DE ADAPTAÇÃO DAS PRÁTICAS DO SCRUM PARA O MPS.BR NIVEL GPROPOSTA DE ADAPTAÇÃO DAS PRÁTICAS DO SCRUM PARA O MPS.BR NIVEL G
PROPOSTA DE ADAPTAÇÃO DAS PRÁTICAS DO SCRUM PARA O MPS.BR NIVEL G
jrnavarro
 
Métodos ágeis de desenvolvimento2
Métodos ágeis de desenvolvimento2Métodos ágeis de desenvolvimento2
Métodos ágeis de desenvolvimento2
GrupoAlves - professor
 
Aula01 introducao
Aula01 introducaoAula01 introducao
Aula01 introducao
Joaquim Lopes Júnior
 
Modelos de Processo de Desenvolvimento de Software 2 - Prof.ª Cristiane Fidelix
Modelos de Processo de Desenvolvimento de Software 2 - Prof.ª Cristiane FidelixModelos de Processo de Desenvolvimento de Software 2 - Prof.ª Cristiane Fidelix
Modelos de Processo de Desenvolvimento de Software 2 - Prof.ª Cristiane Fidelix
Cris Fidelix
 
Conceitos e fundamentos sobre testes de software e garantia da qualidade
Conceitos e fundamentos sobre testes de software e garantia da qualidadeConceitos e fundamentos sobre testes de software e garantia da qualidade
Conceitos e fundamentos sobre testes de software e garantia da qualidade
rzauza
 
Artigo corrigido
Artigo corrigidoArtigo corrigido
Artigo corrigido
mpaf00 mpaf00
 
Caminhos do Scrum
Caminhos do ScrumCaminhos do Scrum
Caminhos do Scrum
jrompkovski
 
Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À Demanda...
Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À       Demanda...Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À       Demanda...
Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À Demanda...
Luiz Lemos
 
Artigo23
Artigo23Artigo23
Artigo23
mpaf00 mpaf00
 
Metodologias ágeis de desenvolvimento
Metodologias ágeis de desenvolvimento Metodologias ágeis de desenvolvimento
Metodologias ágeis de desenvolvimento
Paulo Ricardo Dalmagro Vinck
 
Gerenciamento de equipes no desenvolvimento de software
Gerenciamento de equipes no desenvolvimento de softwareGerenciamento de equipes no desenvolvimento de software
Gerenciamento de equipes no desenvolvimento de software
Roberto Brandini
 

Semelhante a SCRUM Processo de Desenvolvimento de Software (20)

Apresentacao UNA
Apresentacao UNAApresentacao UNA
Apresentacao UNA
 
Palestra Métodos Ágeis SERPRO
Palestra Métodos Ágeis SERPROPalestra Métodos Ágeis SERPRO
Palestra Métodos Ágeis SERPRO
 
Metodologias Ageis
Metodologias AgeisMetodologias Ageis
Metodologias Ageis
 
Trabalho scrum fases
Trabalho scrum fasesTrabalho scrum fases
Trabalho scrum fases
 
Tudo são Dados - PHP Conference 2008
Tudo são Dados - PHP Conference 2008Tudo são Dados - PHP Conference 2008
Tudo são Dados - PHP Conference 2008
 
Aplicação das abordagens Scrum e XP
Aplicação das abordagens Scrum e XPAplicação das abordagens Scrum e XP
Aplicação das abordagens Scrum e XP
 
Scrum - Introdução Interna para o Núcleo de Arquitetura de Informação
Scrum - Introdução Interna para o Núcleo de Arquitetura de InformaçãoScrum - Introdução Interna para o Núcleo de Arquitetura de Informação
Scrum - Introdução Interna para o Núcleo de Arquitetura de Informação
 
Gerenciamento de projetos de TI
Gerenciamento de projetos de TIGerenciamento de projetos de TI
Gerenciamento de projetos de TI
 
Utilizando metologias ágeis com VSTS: Scrum e XP, YES WE CAN! (ALM204)
Utilizando metologias ágeis com VSTS: Scrum e XP, YES WE CAN! (ALM204)Utilizando metologias ágeis com VSTS: Scrum e XP, YES WE CAN! (ALM204)
Utilizando metologias ágeis com VSTS: Scrum e XP, YES WE CAN! (ALM204)
 
PROPOSTA DE ADAPTAÇÃO DAS PRÁTICAS DO SCRUM PARA O MPS.BR NIVEL G
PROPOSTA DE ADAPTAÇÃO DAS PRÁTICAS DO SCRUM PARA O MPS.BR NIVEL GPROPOSTA DE ADAPTAÇÃO DAS PRÁTICAS DO SCRUM PARA O MPS.BR NIVEL G
PROPOSTA DE ADAPTAÇÃO DAS PRÁTICAS DO SCRUM PARA O MPS.BR NIVEL G
 
Métodos ágeis de desenvolvimento2
Métodos ágeis de desenvolvimento2Métodos ágeis de desenvolvimento2
Métodos ágeis de desenvolvimento2
 
Aula01 introducao
Aula01 introducaoAula01 introducao
Aula01 introducao
 
Modelos de Processo de Desenvolvimento de Software 2 - Prof.ª Cristiane Fidelix
Modelos de Processo de Desenvolvimento de Software 2 - Prof.ª Cristiane FidelixModelos de Processo de Desenvolvimento de Software 2 - Prof.ª Cristiane Fidelix
Modelos de Processo de Desenvolvimento de Software 2 - Prof.ª Cristiane Fidelix
 
Conceitos e fundamentos sobre testes de software e garantia da qualidade
Conceitos e fundamentos sobre testes de software e garantia da qualidadeConceitos e fundamentos sobre testes de software e garantia da qualidade
Conceitos e fundamentos sobre testes de software e garantia da qualidade
 
Artigo corrigido
Artigo corrigidoArtigo corrigido
Artigo corrigido
 
Caminhos do Scrum
Caminhos do ScrumCaminhos do Scrum
Caminhos do Scrum
 
Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À Demanda...
Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À       Demanda...Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À       Demanda...
Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À Demanda...
 
Artigo23
Artigo23Artigo23
Artigo23
 
Metodologias ágeis de desenvolvimento
Metodologias ágeis de desenvolvimento Metodologias ágeis de desenvolvimento
Metodologias ágeis de desenvolvimento
 
Gerenciamento de equipes no desenvolvimento de software
Gerenciamento de equipes no desenvolvimento de softwareGerenciamento de equipes no desenvolvimento de software
Gerenciamento de equipes no desenvolvimento de software
 

Mais de elliando dias

Clojurescript slides
Clojurescript slidesClojurescript slides
Clojurescript slides
elliando dias
 
Why you should be excited about ClojureScript
Why you should be excited about ClojureScriptWhy you should be excited about ClojureScript
Why you should be excited about ClojureScript
elliando dias
 
Functional Programming with Immutable Data Structures
Functional Programming with Immutable Data StructuresFunctional Programming with Immutable Data Structures
Functional Programming with Immutable Data Structures
elliando dias
 
Nomenclatura e peças de container
Nomenclatura  e peças de containerNomenclatura  e peças de container
Nomenclatura e peças de container
elliando dias
 
Geometria Projetiva
Geometria ProjetivaGeometria Projetiva
Geometria Projetiva
elliando dias
 
Polyglot and Poly-paradigm Programming for Better Agility
Polyglot and Poly-paradigm Programming for Better AgilityPolyglot and Poly-paradigm Programming for Better Agility
Polyglot and Poly-paradigm Programming for Better Agility
elliando dias
 
Javascript Libraries
Javascript LibrariesJavascript Libraries
Javascript Libraries
elliando dias
 
How to Make an Eight Bit Computer and Save the World!
How to Make an Eight Bit Computer and Save the World!How to Make an Eight Bit Computer and Save the World!
How to Make an Eight Bit Computer and Save the World!
elliando dias
 
Ragel talk
Ragel talkRagel talk
Ragel talk
elliando dias
 
A Practical Guide to Connecting Hardware to the Web
A Practical Guide to Connecting Hardware to the WebA Practical Guide to Connecting Hardware to the Web
A Practical Guide to Connecting Hardware to the Web
elliando dias
 
Introdução ao Arduino
Introdução ao ArduinoIntrodução ao Arduino
Introdução ao Arduino
elliando dias
 
Minicurso arduino
Minicurso arduinoMinicurso arduino
Minicurso arduino
elliando dias
 
Incanter Data Sorcery
Incanter Data SorceryIncanter Data Sorcery
Incanter Data Sorcery
elliando dias
 
Rango
RangoRango
Fab.in.a.box - Fab Academy: Machine Design
Fab.in.a.box - Fab Academy: Machine DesignFab.in.a.box - Fab Academy: Machine Design
Fab.in.a.box - Fab Academy: Machine Design
elliando dias
 
The Digital Revolution: Machines that makes
The Digital Revolution: Machines that makesThe Digital Revolution: Machines that makes
The Digital Revolution: Machines that makes
elliando dias
 
Hadoop + Clojure
Hadoop + ClojureHadoop + Clojure
Hadoop + Clojure
elliando dias
 
Hadoop - Simple. Scalable.
Hadoop - Simple. Scalable.Hadoop - Simple. Scalable.
Hadoop - Simple. Scalable.
elliando dias
 
Hadoop and Hive Development at Facebook
Hadoop and Hive Development at FacebookHadoop and Hive Development at Facebook
Hadoop and Hive Development at Facebook
elliando dias
 
Multi-core Parallelization in Clojure - a Case Study
Multi-core Parallelization in Clojure - a Case StudyMulti-core Parallelization in Clojure - a Case Study
Multi-core Parallelization in Clojure - a Case Study
elliando dias
 

Mais de elliando dias (20)

Clojurescript slides
Clojurescript slidesClojurescript slides
Clojurescript slides
 
Why you should be excited about ClojureScript
Why you should be excited about ClojureScriptWhy you should be excited about ClojureScript
Why you should be excited about ClojureScript
 
Functional Programming with Immutable Data Structures
Functional Programming with Immutable Data StructuresFunctional Programming with Immutable Data Structures
Functional Programming with Immutable Data Structures
 
Nomenclatura e peças de container
Nomenclatura  e peças de containerNomenclatura  e peças de container
Nomenclatura e peças de container
 
Geometria Projetiva
Geometria ProjetivaGeometria Projetiva
Geometria Projetiva
 
Polyglot and Poly-paradigm Programming for Better Agility
Polyglot and Poly-paradigm Programming for Better AgilityPolyglot and Poly-paradigm Programming for Better Agility
Polyglot and Poly-paradigm Programming for Better Agility
 
Javascript Libraries
Javascript LibrariesJavascript Libraries
Javascript Libraries
 
How to Make an Eight Bit Computer and Save the World!
How to Make an Eight Bit Computer and Save the World!How to Make an Eight Bit Computer and Save the World!
How to Make an Eight Bit Computer and Save the World!
 
Ragel talk
Ragel talkRagel talk
Ragel talk
 
A Practical Guide to Connecting Hardware to the Web
A Practical Guide to Connecting Hardware to the WebA Practical Guide to Connecting Hardware to the Web
A Practical Guide to Connecting Hardware to the Web
 
Introdução ao Arduino
Introdução ao ArduinoIntrodução ao Arduino
Introdução ao Arduino
 
Minicurso arduino
Minicurso arduinoMinicurso arduino
Minicurso arduino
 
Incanter Data Sorcery
Incanter Data SorceryIncanter Data Sorcery
Incanter Data Sorcery
 
Rango
RangoRango
Rango
 
Fab.in.a.box - Fab Academy: Machine Design
Fab.in.a.box - Fab Academy: Machine DesignFab.in.a.box - Fab Academy: Machine Design
Fab.in.a.box - Fab Academy: Machine Design
 
The Digital Revolution: Machines that makes
The Digital Revolution: Machines that makesThe Digital Revolution: Machines that makes
The Digital Revolution: Machines that makes
 
Hadoop + Clojure
Hadoop + ClojureHadoop + Clojure
Hadoop + Clojure
 
Hadoop - Simple. Scalable.
Hadoop - Simple. Scalable.Hadoop - Simple. Scalable.
Hadoop - Simple. Scalable.
 
Hadoop and Hive Development at Facebook
Hadoop and Hive Development at FacebookHadoop and Hive Development at Facebook
Hadoop and Hive Development at Facebook
 
Multi-core Parallelization in Clojure - a Case Study
Multi-core Parallelization in Clojure - a Case StudyMulti-core Parallelization in Clojure - a Case Study
Multi-core Parallelization in Clojure - a Case Study
 

SCRUM Processo de Desenvolvimento de Software

  • 1. SCRUM Processo de Desenvolvimento de Software Camila R. Rocha RA: 022247 Silvia C. M. Soares RA: 012895 Disciplina: Engenharia de Software I Professora: Eliane Martins
  • 2. Agenda Introdução Objetivos Características Fases Aspectos de qualidade, gerenciamento e testes Conclusões
  • 3. Introdução ORIGEM: ADM (Advanced Development Methods) + VMARK Software METODOLOGIA: Gerenciamento, manutenção e desenvolvimento de softwares: simples e pequenos grandes e complexos PROCESSO: Ágil Empírico Incremental BASE P/ SCRUM: Técnicas e tools OO
  • 4. Objetivos Garantir maior flexibilidade e habilidade para tratamento de sistemas complexos e simples; Produzir um sistema susceptível a requerimentos iniciais e adicionais durante o projeto: Requerimentos dos clientes; Necessidades do negócio; Pressão relativa ao tempo; Competitividade do mercado; Qualidade; Recursos.
  • 5. Características Deliverable flexível; Cronograma flexível; Times de desenvolvimento pequenos (por volta de 6); Revisões frequentes; Colaboração; Orientação a Objeto.
  • 6. Fases Planejamento Sprints Ciclos Encerramento
  • 7. Fases Planejamento Processo definido Relativament e curta Des ign da arquitetura do sistema Estimativas de datas e custos Criação do backlog Participação de clientes e outros departamentos Levantamento dos requisitos e atribuição de prioridades Definição de equipes e seus líderes Definição de pacotes a serem desenvolvidos Backlog
  • 8. Fases Sprint Processo Empírico Cada time recebe uma parte do backlog para desenvolvimento O backlog não sofrerá modificações durante o Sprint Duração de 1 a 4 semanas Sempre apresentam um executável ao final Fonte: Mountain Goat Software
  • 9. Fases – Sprint Reuniões Diárias Cerca de 15 minutos de duração Gerenciada pelo líder de cada equipe Todos respondem às perguntas: O que você realizou desde a última reunião? Quais problemas você enfrentou? Em que você trabalhará até a próxima reunião? Benefícios: Maior integração entre os membros da equipe Rápida solução de problemas P romovem o compartilhamento de conhecimento Progresso medido continuamente Minimização de riscos
  • 10. Fases – Sprint Revisão Deve obedecer à data de entrega Permitida a diminuição de funcionalidades Apresentação do produto à clientes e/ou diretores de marketing Sugestões de mudanças são incorporadas ao backlog Produto pode até ser lançado no mercado Benefícios: Apresentar resultados concretos ao cliente Integrar e testar uma boa parte do software Motivação da equipe
  • 11. Fases Encerramento Iniciada quando todos os aspectos são satisfatórios (tempo, competitividade, requisitos, qualidade, custo) Atividades: Testes de integração Testes de sistema Documentação do usuário Preparação de material de treinamento Preparação de material de marketing
  • 12. Qualidade, Gerenciamento e Testes Passos e papéis bem definidos Gerenciamento de riscos Revisões frequentes / diárias Definição de padrões Realização de testes Elaboração de documentação Grupo QA Controles Backlog Release/ Melhoria Mudanças Problemas Soluções Issues
  • 13. Divisão de responsabilidades papéis bem definidos Processo ágil e flexível inúmeras mudanças no decorrer do projeto Foco em controles e gerenciamento minimiza risco maximiza qualidade Times pequenos Colaboração Ausência de práticas de Engenharia de Software (técnicas e notações) e tools Necessidade de associação com outras metodologias e tools ( XP, GNATS) Dificuldade na implementação de mudanças Conclusões
  • 14. Referências ADVANCED DEVELOPMENT METHODS Inc. Controlled Chaos : Living on the Edge . 1996. Disponível em: <http://www.controlchaos.com/ ap.htm>. Acesso em 9 mar. 2003. ADVANCED DEVELOPMENT METHODS Inc. SCRUM Software Development Process - Building The Best Possible Software . 1995. Disponível em: <http://www.controlchaos.com/scrumwp.htm>. Acesso em 9 mar. 2003. BEETLE, Mike, et. al. SCRUM: A extension pattern language for hyperproductive software development. Pattern Languages of Software Design 4, 2000. Disponível em: <http://st-ww.cs.uiuc.edu/~plop/plopd4-submissions/P46.pdf>. Acesso em 14 mar 2003. MENON, Nishanth. SCRUM: Saving Project from Failing. 2002. Disponível em: <http://www.webenable.com/industry/scrum1.asp>. Acesso em 15 mar. 2003.
  • 15. Referências MOUNTAIN GOAT SOFTWARE. Scrum . Disponível em: < http://www. mountaingoatsoftware.com/scrum/scrumpres.pdf >. Acesso em 10 mar. 2003. MOUNTAIN GOAT SOFTWARE. The Scrum Development Process . Disponível em: < http://www.mountaingoatsoftware.com/scrum/index.html > Acesso em 10 mar. 2003. NOYES, Bryan. Rugby, Anyone? 2002. Disponível em: <http://www. fawcette.com/resources/managingdev/methodologies/scrum>. Acesso em 13 mar. 2003 POWER, Patrick. Overview of the Scrum Development Software Process. 2002. Disponível em: <http://www.humanetix.com/Articles/Scrum1.html>. Acesso em 15 mar. 2003.
  • 16. Referências RISING, Linda; JANOFF, Norman. The Scrum Software Development Process for Small Teams. IEEE Software, July/August 2001. SCHWABER, Ken; MAR, Kane . Scrum with XP . 2003. Disponível em: <http://www.controlchaos.com/XPKane.htm>. Acesso em 10 mar. SUTHERLAND, Jeff. Jeff Sutherland SCRUM’s log . 2003. Disponível em: <http://www.jeffsutherland.org/scrum/index.html>. Acesso em 15 mar. 2003. SUTHERLAND, Jeff. Jeff Sutherland’s COMDEX/Object World Tutorial – SCRUM. 1998 . Disponível em: <http://www.jeffsutherland.org/ objwld98/ow_scrum.html>. Acesso em 15 mar. 2003.