SlideShare uma empresa Scribd logo
A NOVA REPÚBLICA 
(1985 AOS DIAS ATUAIS)
 Transição Democrática; 
 Plano Cruzado do Ministro Dílson Funaro: 
 Extinção do cruzeiro, que perdia três zeros, e criação do 
Cruzado. 
 Fim da correção monetária. 
 Congelamento dos preços e salários. 
 Atuação da população na fiscalização de preços, através 
da SUNAB e desabastecimento.
 Gatilho Salarial: correção automática dos salários 
sempre que a inflação atingisse 20%; 
 O Governo Sarney segurou artificialmente o Plano 
Cruzado até a realização da eleições de 1986 (para a 
Assembleia Constituinte), onde o PMDB fez ampla 
maioria de governadores deputados e senadores – Pedro 
Simom (RS); 
 Plano Cruzado II, reajuste das tarifas públicas, do 
álcool, da gasolina e empréstimo compulsório para conter 
o consumo; 
 Decretação de Moratória (crise das contas externas);
 Constituição de 1988 – A Constituição Cidadã – onde 
vários artigos faltam ser regulamentados e que vem sendo 
continuadamente reformada. 
Ulisses Guimarães = Presidente da Constituinte, do 
Congresso Nacional e do PMDB. 
 Plano Bresser do Ministro Bresser Pereira: 
 Novo congelamento de preços por dois meses; 
 Aumento de impostos e tarifas públicas; 
 Extinção do gatilho salarial.
 Desgaste do governo e avanço da oposição nas eleições 
municipais: 
 Porto Alegre – Olívio Dutra (PT), 
 São Paulo – Luiza Erundina (PT), 
 Rio de Janeiro – Marcello Alencar (PDT), 
 Belo Horizonte – Eduardo Azeredo (PSDB). 
 a inflação atingia 30% ao mês.
 Prorrogação do mandato presidencial, pelo Congresso 
Nacional, por mais um ano, graças a “compra” de 
parlamentares através da distribuição de concessões de 
canais de rádio e TV; 
Plano Verão do Ministro Maílson da Nóbrega: 
 Corte no gastos públicos, 
 Criação do Cruzado Novo, 
 Ajuda do FMI. 
 Superinflação: 54% em dezembro de 1989 e 84% em 
fevereiro de 1990. 
 Eleições Diretas para a Presidência da República: 
Fernando Collor de Melo X Luis Inácio “Lula” da Silva
 Plano Collor ou Brasil Novo da Ministra Zélia Cardoso 
de Mello: 
 Instituição do Cruzeiro, 
 Congelamento de preços e salários, 
 Confisco das contas correntes, poupanças e aplicações do 
que excedesse 50 mil cruzeiros que seriam devolvidos em 
18 meses. 
 Início efetivo no Brasil do neoliberalismo: 
 Livre negociação salarial. 
 Abertura do mercado nacional aos produtos importados.
 Início da privatização de estatais, começando pela 
Usiminas. 
 Corrupção – Caso PC Farias: 
 Passeatas contra o governo: caras-pintadas. 
 CPI e pedido de impeachment. 
 Renúncia de Fernando Collor.
 Assumiu como vice-presidente; 
 Recessão e aumento da inflação; 
 Corrupção no Orçamento da União (Os Anões do 
Orçamento – João Alves): 
Uma CPI cassou o mandato de 18 parlamentares, sendo 
que nenhum foi preso. 
 Plano Real do Ministro Fernando Henrique Cardoso: 
 Instituição do Cruzeiro Real. 
 Adoção da URV (Unidade Real de Valor). 
 Criação do Real.
 Estabilidade Econômica. 
 Realização do plebiscito (1993) sobre a Forma e o 
Sistema de Governo, sendo mantido respectivamente a 
República e o Presidencialismo; 
 Eleições Presidenciais: sendo eleito Fernando Henrique 
Cardoso do PSDB em primeiro turno.
 Utilizando o Plano Real como política de campanha 
Fernando Henrique foi eleito e reeleito (pela primeira vez 
na História do Brasil), em primeiro turno presidente do 
país; 
 Aumento dos juros, queda do consumo e baixa inflação; 
 Aumento da violência no campo (MST) e nas cidades 
(crime organizado); 
 Empréstimos externos e internos aumentando 
consideravelmente a dívida pública; 
 Aceleramento das privatizações (auge do neoliberalismo), 
sob o argumento de estimular a modernização e saldar a 
dívida pública; 
 Emenda da reeleição: presidente, governadores e prefeitos 
poderiam ser reeleitos;
 A dívida externa quadruplicou; 
 Adoção do Câmbio Flutuante; 
 Instituição da CPMF e da Lei de Responsabilidade 
Fiscal; 
 Racionamento energético; 
 Destaque internacional para o Programa Brasileiro de 
combate a AIDS (Min. José Serra); 
 Queda na popularidade do Presidente FHC;
José Serra 
(PSDB) 
Luís Inácio “Lula” da 
Silva (PT) 
Eleições Presidenciais: 
X
 Manutenção de juros altos e política monetária ortodoxa, 
através do Presidente do BC Henrique Meireles (ex- 
PSDB); 
 Meireles é acusado de efetuar remessas de dólares para o 
exterior sem declarar a RF, pela CPI do Banestado, e 
recebe por Medida Provisória o status de Ministro; 
 O Governo Lula, através de “favores e barganhas 
políticas” recebe o apoio do PMDB; 
 Reforma Tributária e Previdenciária, recebendo críticas da 
extrema esquerda e do PFL e PSDB; 
 Caso Valdomiro dos Santos, assessor do Ministro da Casa 
Civil José Dirceu, que é acusado de receber propinas e 
favorecer “empresários” da jogatina; 
 Fome Zero (combate a subnutrição), sem nenhum, até 
agora, afeito prático.
 Continuidade de programa do governo Lula; 
 Enfrentamento a situações pendentes e problemáticas do 
governo anterior; 
 Crise: Manifestações políticas.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Governos militares
Governos militaresGovernos militares
Governos militares
Rodrigo Luiz
 
Governo FHC - governo LULA
Governo FHC -    governo LULAGoverno FHC -    governo LULA
Governo FHC - governo LULA
Edenilson Morais
 
Ditadura Militar no Brasil
Ditadura Militar no BrasilDitadura Militar no Brasil
Ditadura Militar no Brasil
Edvaldo S. Júnior
 
O segundo governo vargas
O segundo governo vargasO segundo governo vargas
O segundo governo vargas
Edenilson Morais
 
História do Brasil: A República Velha ou Primeira República (1889-1930) - Pro...
História do Brasil: A República Velha ou Primeira República (1889-1930) - Pro...História do Brasil: A República Velha ou Primeira República (1889-1930) - Pro...
História do Brasil: A República Velha ou Primeira República (1889-1930) - Pro...
João Medeiros
 
Juscelino kubitschek
Juscelino kubitschekJuscelino kubitschek
Juscelino kubitschek
Adriana Gomes Messias
 
Ditadura militar
Ditadura militarDitadura militar
Ditadura militar
Elaine Bogo Pavani
 
O governo Fernando Collor (1990-1992)
O governo Fernando Collor (1990-1992)O governo Fernando Collor (1990-1992)
O governo Fernando Collor (1990-1992)
Edenilson Morais
 
SLIDES – REVOLUÇÃO DE 1930.
SLIDES – REVOLUÇÃO DE 1930.SLIDES – REVOLUÇÃO DE 1930.
SLIDES – REVOLUÇÃO DE 1930.
Tissiane Gomes
 
SLIDES – ASCENSÃO DO NAZIFASCISMO.
SLIDES – ASCENSÃO DO NAZIFASCISMO.SLIDES – ASCENSÃO DO NAZIFASCISMO.
SLIDES – ASCENSÃO DO NAZIFASCISMO.
Tissiane Gomes
 
Nova República
Nova RepúblicaNova República
Nova República
Portal do Vestibulando
 
O governo Jânio Quadros (1961)
O governo Jânio Quadros (1961)O governo Jânio Quadros (1961)
O governo Jânio Quadros (1961)
Edenilson Morais
 
O Governo Dutra (1946-1950)
O Governo Dutra (1946-1950)O Governo Dutra (1946-1950)
O Governo Dutra (1946-1950)
Edenilson Morais
 
República Velha (1889-1930) - Primeira Parte
República Velha (1889-1930) - Primeira ParteRepública Velha (1889-1930) - Primeira Parte
República Velha (1889-1930) - Primeira Parte
Valéria Shoujofan
 
Governo dilma e temer
Governo dilma e temerGoverno dilma e temer
Governo dilma e temer
AndressonSimplicio
 
Revoltas na República Velha
Revoltas na República VelhaRevoltas na República Velha
Revoltas na República Velha
Edenilson Morais
 
Era Vargas
Era VargasEra Vargas
Era Vargas
Laércio Góes
 
3º ano - Era Vargas 1930-1945
3º ano  - Era Vargas 1930-19453º ano  - Era Vargas 1930-1945
3º ano - Era Vargas 1930-1945
Daniel Alves Bronstrup
 
O governo collor e itamar franco
O governo collor e itamar francoO governo collor e itamar franco
O governo collor e itamar franco
ludmyla123
 
Do governo dutra ao governo joão goulart
Do governo dutra ao governo joão goulartDo governo dutra ao governo joão goulart
Do governo dutra ao governo joão goulart
Edenilson Morais
 

Mais procurados (20)

Governos militares
Governos militaresGovernos militares
Governos militares
 
Governo FHC - governo LULA
Governo FHC -    governo LULAGoverno FHC -    governo LULA
Governo FHC - governo LULA
 
Ditadura Militar no Brasil
Ditadura Militar no BrasilDitadura Militar no Brasil
Ditadura Militar no Brasil
 
O segundo governo vargas
O segundo governo vargasO segundo governo vargas
O segundo governo vargas
 
História do Brasil: A República Velha ou Primeira República (1889-1930) - Pro...
História do Brasil: A República Velha ou Primeira República (1889-1930) - Pro...História do Brasil: A República Velha ou Primeira República (1889-1930) - Pro...
História do Brasil: A República Velha ou Primeira República (1889-1930) - Pro...
 
Juscelino kubitschek
Juscelino kubitschekJuscelino kubitschek
Juscelino kubitschek
 
Ditadura militar
Ditadura militarDitadura militar
Ditadura militar
 
O governo Fernando Collor (1990-1992)
O governo Fernando Collor (1990-1992)O governo Fernando Collor (1990-1992)
O governo Fernando Collor (1990-1992)
 
SLIDES – REVOLUÇÃO DE 1930.
SLIDES – REVOLUÇÃO DE 1930.SLIDES – REVOLUÇÃO DE 1930.
SLIDES – REVOLUÇÃO DE 1930.
 
SLIDES – ASCENSÃO DO NAZIFASCISMO.
SLIDES – ASCENSÃO DO NAZIFASCISMO.SLIDES – ASCENSÃO DO NAZIFASCISMO.
SLIDES – ASCENSÃO DO NAZIFASCISMO.
 
Nova República
Nova RepúblicaNova República
Nova República
 
O governo Jânio Quadros (1961)
O governo Jânio Quadros (1961)O governo Jânio Quadros (1961)
O governo Jânio Quadros (1961)
 
O Governo Dutra (1946-1950)
O Governo Dutra (1946-1950)O Governo Dutra (1946-1950)
O Governo Dutra (1946-1950)
 
República Velha (1889-1930) - Primeira Parte
República Velha (1889-1930) - Primeira ParteRepública Velha (1889-1930) - Primeira Parte
República Velha (1889-1930) - Primeira Parte
 
Governo dilma e temer
Governo dilma e temerGoverno dilma e temer
Governo dilma e temer
 
Revoltas na República Velha
Revoltas na República VelhaRevoltas na República Velha
Revoltas na República Velha
 
Era Vargas
Era VargasEra Vargas
Era Vargas
 
3º ano - Era Vargas 1930-1945
3º ano  - Era Vargas 1930-19453º ano  - Era Vargas 1930-1945
3º ano - Era Vargas 1930-1945
 
O governo collor e itamar franco
O governo collor e itamar francoO governo collor e itamar franco
O governo collor e itamar franco
 
Do governo dutra ao governo joão goulart
Do governo dutra ao governo joão goulartDo governo dutra ao governo joão goulart
Do governo dutra ao governo joão goulart
 

Semelhante a A Nova República - 1985 aos dias atuais

Período democrático (1985-2010)
Período democrático (1985-2010)Período democrático (1985-2010)
Período democrático (1985-2010)
Laércio Góes
 
Do regime militar_a_nova_republica
Do regime militar_a_nova_republicaDo regime militar_a_nova_republica
Do regime militar_a_nova_republica
secretaria estadual de educação
 
Conteúdo recuperação história Eduardo
Conteúdo recuperação história   EduardoConteúdo recuperação história   Eduardo
Conteúdo recuperação história Eduardo
rafaelcef3
 
Resumão Nova República - Parte 1
Resumão Nova República - Parte 1Resumão Nova República - Parte 1
Resumão Nova República - Parte 1
Valéria Shoujofan
 
De sarney a lula
De sarney a lulaDe sarney a lula
De sarney a lula
Valeria Kosicki
 
Slides -aula_dmeb_pdf_
Slides  -aula_dmeb_pdf_Slides  -aula_dmeb_pdf_
Slides -aula_dmeb_pdf_
Diego Leonel
 
O Governo Collor e Itamar Franco
O Governo Collor e Itamar FrancoO Governo Collor e Itamar Franco
O Governo Collor e Itamar Franco
Renzo-3M4
 
Resumo e atividades sobre nova república
Resumo e atividades sobre  nova repúblicaResumo e atividades sobre  nova república
Resumo e atividades sobre nova república
Atividades Diversas Cláudia
 
Nova republica
Nova republicaNova republica
Nova republica
mundica broda
 
Itamar Franco
Itamar FrancoItamar Franco
Itamar Franco
Aparicio Junior
 
Redemocratização brasileira 1985 2002
Redemocratização brasileira 1985 2002Redemocratização brasileira 1985 2002
Redemocratização brasileira 1985 2002
Ócio do Ofício
 
O brasil pós vargas
O brasil pós vargasO brasil pós vargas
O brasil pós vargas
Hernane Freitas
 
Nova república brasileira
Nova república brasileiraNova república brasileira
Nova república brasileira
Gabriel Feitosa
 
Nova República
Nova RepúblicaNova República
Nova República
Bruno E Geyse Ornelas
 
Brasil Pós-Ditadura Militar
Brasil Pós-Ditadura MilitarBrasil Pós-Ditadura Militar
Brasil Pós-Ditadura Militar
Paulo Alexandre
 
2012 nova república
2012  nova república2012  nova república
2012 nova república
MARIANO C7S
 
Redemocratização
RedemocratizaçãoRedemocratização
Redemocratização
Jorge Miklos
 
Redemocratização: esperanças e decepções...
Redemocratização: esperanças e decepções...Redemocratização: esperanças e decepções...
Redemocratização: esperanças e decepções...
Glasiely Virgílio Silva
 
Nova república
Nova repúblicaNova república
Nova república
harlissoncarvalho
 
Nova república
Nova repúblicaNova república
Nova república
harlissoncarvalho
 

Semelhante a A Nova República - 1985 aos dias atuais (20)

Período democrático (1985-2010)
Período democrático (1985-2010)Período democrático (1985-2010)
Período democrático (1985-2010)
 
Do regime militar_a_nova_republica
Do regime militar_a_nova_republicaDo regime militar_a_nova_republica
Do regime militar_a_nova_republica
 
Conteúdo recuperação história Eduardo
Conteúdo recuperação história   EduardoConteúdo recuperação história   Eduardo
Conteúdo recuperação história Eduardo
 
Resumão Nova República - Parte 1
Resumão Nova República - Parte 1Resumão Nova República - Parte 1
Resumão Nova República - Parte 1
 
De sarney a lula
De sarney a lulaDe sarney a lula
De sarney a lula
 
Slides -aula_dmeb_pdf_
Slides  -aula_dmeb_pdf_Slides  -aula_dmeb_pdf_
Slides -aula_dmeb_pdf_
 
O Governo Collor e Itamar Franco
O Governo Collor e Itamar FrancoO Governo Collor e Itamar Franco
O Governo Collor e Itamar Franco
 
Resumo e atividades sobre nova república
Resumo e atividades sobre  nova repúblicaResumo e atividades sobre  nova república
Resumo e atividades sobre nova república
 
Nova republica
Nova republicaNova republica
Nova republica
 
Itamar Franco
Itamar FrancoItamar Franco
Itamar Franco
 
Redemocratização brasileira 1985 2002
Redemocratização brasileira 1985 2002Redemocratização brasileira 1985 2002
Redemocratização brasileira 1985 2002
 
O brasil pós vargas
O brasil pós vargasO brasil pós vargas
O brasil pós vargas
 
Nova república brasileira
Nova república brasileiraNova república brasileira
Nova república brasileira
 
Nova República
Nova RepúblicaNova República
Nova República
 
Brasil Pós-Ditadura Militar
Brasil Pós-Ditadura MilitarBrasil Pós-Ditadura Militar
Brasil Pós-Ditadura Militar
 
2012 nova república
2012  nova república2012  nova república
2012 nova república
 
Redemocratização
RedemocratizaçãoRedemocratização
Redemocratização
 
Redemocratização: esperanças e decepções...
Redemocratização: esperanças e decepções...Redemocratização: esperanças e decepções...
Redemocratização: esperanças e decepções...
 
Nova república
Nova repúblicaNova república
Nova república
 
Nova república
Nova repúblicaNova república
Nova república
 

Mais de Adna Myrella

Dificuldades psicomotoras
Dificuldades psicomotorasDificuldades psicomotoras
Dificuldades psicomotoras
Adna Myrella
 
Biomas do Brasil (Ecossistemas terrestres) e Ecossistemas Aquáticos
Biomas do Brasil (Ecossistemas terrestres) e Ecossistemas Aquáticos Biomas do Brasil (Ecossistemas terrestres) e Ecossistemas Aquáticos
Biomas do Brasil (Ecossistemas terrestres) e Ecossistemas Aquáticos
Adna Myrella
 
Eletrostática - Carga Elétrica
Eletrostática - Carga ElétricaEletrostática - Carga Elétrica
Eletrostática - Carga Elétrica
Adna Myrella
 
Manual de Normalização
Manual de NormalizaçãoManual de Normalização
Manual de Normalização
Adna Myrella
 
A Ditadura Militar no Brasil
A Ditadura Militar no Brasil A Ditadura Militar no Brasil
A Ditadura Militar no Brasil
Adna Myrella
 
Vitaminas
Vitaminas Vitaminas
Vitaminas
Adna Myrella
 
Enzimas
Enzimas Enzimas
Enzimas
Adna Myrella
 

Mais de Adna Myrella (7)

Dificuldades psicomotoras
Dificuldades psicomotorasDificuldades psicomotoras
Dificuldades psicomotoras
 
Biomas do Brasil (Ecossistemas terrestres) e Ecossistemas Aquáticos
Biomas do Brasil (Ecossistemas terrestres) e Ecossistemas Aquáticos Biomas do Brasil (Ecossistemas terrestres) e Ecossistemas Aquáticos
Biomas do Brasil (Ecossistemas terrestres) e Ecossistemas Aquáticos
 
Eletrostática - Carga Elétrica
Eletrostática - Carga ElétricaEletrostática - Carga Elétrica
Eletrostática - Carga Elétrica
 
Manual de Normalização
Manual de NormalizaçãoManual de Normalização
Manual de Normalização
 
A Ditadura Militar no Brasil
A Ditadura Militar no Brasil A Ditadura Militar no Brasil
A Ditadura Militar no Brasil
 
Vitaminas
Vitaminas Vitaminas
Vitaminas
 
Enzimas
Enzimas Enzimas
Enzimas
 

Último

“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
AdrianoMontagna1
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
NatySousa3
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
Suzy De Abreu Santana
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
sthefanydesr
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
djincognito
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptxapresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
JuliaMachado73
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 

Último (20)

“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptxapresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 

A Nova República - 1985 aos dias atuais

  • 1. A NOVA REPÚBLICA (1985 AOS DIAS ATUAIS)
  • 2.
  • 3.
  • 4.  Transição Democrática;  Plano Cruzado do Ministro Dílson Funaro:  Extinção do cruzeiro, que perdia três zeros, e criação do Cruzado.  Fim da correção monetária.  Congelamento dos preços e salários.  Atuação da população na fiscalização de preços, através da SUNAB e desabastecimento.
  • 5.  Gatilho Salarial: correção automática dos salários sempre que a inflação atingisse 20%;  O Governo Sarney segurou artificialmente o Plano Cruzado até a realização da eleições de 1986 (para a Assembleia Constituinte), onde o PMDB fez ampla maioria de governadores deputados e senadores – Pedro Simom (RS);  Plano Cruzado II, reajuste das tarifas públicas, do álcool, da gasolina e empréstimo compulsório para conter o consumo;  Decretação de Moratória (crise das contas externas);
  • 6.  Constituição de 1988 – A Constituição Cidadã – onde vários artigos faltam ser regulamentados e que vem sendo continuadamente reformada. Ulisses Guimarães = Presidente da Constituinte, do Congresso Nacional e do PMDB.  Plano Bresser do Ministro Bresser Pereira:  Novo congelamento de preços por dois meses;  Aumento de impostos e tarifas públicas;  Extinção do gatilho salarial.
  • 7.  Desgaste do governo e avanço da oposição nas eleições municipais:  Porto Alegre – Olívio Dutra (PT),  São Paulo – Luiza Erundina (PT),  Rio de Janeiro – Marcello Alencar (PDT),  Belo Horizonte – Eduardo Azeredo (PSDB).  a inflação atingia 30% ao mês.
  • 8.  Prorrogação do mandato presidencial, pelo Congresso Nacional, por mais um ano, graças a “compra” de parlamentares através da distribuição de concessões de canais de rádio e TV; Plano Verão do Ministro Maílson da Nóbrega:  Corte no gastos públicos,  Criação do Cruzado Novo,  Ajuda do FMI.  Superinflação: 54% em dezembro de 1989 e 84% em fevereiro de 1990.  Eleições Diretas para a Presidência da República: Fernando Collor de Melo X Luis Inácio “Lula” da Silva
  • 9.
  • 10.  Plano Collor ou Brasil Novo da Ministra Zélia Cardoso de Mello:  Instituição do Cruzeiro,  Congelamento de preços e salários,  Confisco das contas correntes, poupanças e aplicações do que excedesse 50 mil cruzeiros que seriam devolvidos em 18 meses.  Início efetivo no Brasil do neoliberalismo:  Livre negociação salarial.  Abertura do mercado nacional aos produtos importados.
  • 11.  Início da privatização de estatais, começando pela Usiminas.  Corrupção – Caso PC Farias:  Passeatas contra o governo: caras-pintadas.  CPI e pedido de impeachment.  Renúncia de Fernando Collor.
  • 12.
  • 13.  Assumiu como vice-presidente;  Recessão e aumento da inflação;  Corrupção no Orçamento da União (Os Anões do Orçamento – João Alves): Uma CPI cassou o mandato de 18 parlamentares, sendo que nenhum foi preso.  Plano Real do Ministro Fernando Henrique Cardoso:  Instituição do Cruzeiro Real.  Adoção da URV (Unidade Real de Valor).  Criação do Real.
  • 14.  Estabilidade Econômica.  Realização do plebiscito (1993) sobre a Forma e o Sistema de Governo, sendo mantido respectivamente a República e o Presidencialismo;  Eleições Presidenciais: sendo eleito Fernando Henrique Cardoso do PSDB em primeiro turno.
  • 15.
  • 16.  Utilizando o Plano Real como política de campanha Fernando Henrique foi eleito e reeleito (pela primeira vez na História do Brasil), em primeiro turno presidente do país;  Aumento dos juros, queda do consumo e baixa inflação;  Aumento da violência no campo (MST) e nas cidades (crime organizado);  Empréstimos externos e internos aumentando consideravelmente a dívida pública;  Aceleramento das privatizações (auge do neoliberalismo), sob o argumento de estimular a modernização e saldar a dívida pública;  Emenda da reeleição: presidente, governadores e prefeitos poderiam ser reeleitos;
  • 17.  A dívida externa quadruplicou;  Adoção do Câmbio Flutuante;  Instituição da CPMF e da Lei de Responsabilidade Fiscal;  Racionamento energético;  Destaque internacional para o Programa Brasileiro de combate a AIDS (Min. José Serra);  Queda na popularidade do Presidente FHC;
  • 18. José Serra (PSDB) Luís Inácio “Lula” da Silva (PT) Eleições Presidenciais: X
  • 19.
  • 20.  Manutenção de juros altos e política monetária ortodoxa, através do Presidente do BC Henrique Meireles (ex- PSDB);  Meireles é acusado de efetuar remessas de dólares para o exterior sem declarar a RF, pela CPI do Banestado, e recebe por Medida Provisória o status de Ministro;  O Governo Lula, através de “favores e barganhas políticas” recebe o apoio do PMDB;  Reforma Tributária e Previdenciária, recebendo críticas da extrema esquerda e do PFL e PSDB;  Caso Valdomiro dos Santos, assessor do Ministro da Casa Civil José Dirceu, que é acusado de receber propinas e favorecer “empresários” da jogatina;  Fome Zero (combate a subnutrição), sem nenhum, até agora, afeito prático.
  • 21.
  • 22.  Continuidade de programa do governo Lula;  Enfrentamento a situações pendentes e problemáticas do governo anterior;  Crise: Manifestações políticas.