SlideShare uma empresa Scribd logo
História das Cavernas ao terceiro milênio A Revolução Russa
Revolução Russa (1917)
A Rússia no início do século XX ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],Manifestação em 1905
MOVIMENTOS DE OPOSIÇÃO POSDR – Partido Operário Social Democrata Russo  (1898) – formado por intelectuais. Dividido em 1903 em dois grupos: 1. Mencheviques  (minoria) – Revolução liberal burguesa aos moldes da Revolução Francesa. Líder: Martov. AGRÁRIA  CAPITALISTA  SOCIALISTA 2. Bolcheviques  (maioria): Revolução socialista com participação de operários e camponeses, liderada por partido 100% revolucionário e absolutamente disciplinado. Líder: Lênin . AGRÁRIA  SOCIALISTA KADET  (1905) – Partido Constitucional Democrata, formado pela burguesia. Politicamente fraco.
Revolução de 1905 - “Ensaio Geral” ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
RESULTADOS 2.   Manifesto de outubro:  O Czar prometeu reformas como o fim  do poder absoluto, a realização de eleições para a formação de uma Assembléia Constituinte, a chamada  Duma 3. Encouraçado Potemkin:  levante que começou no navio de guerra Potemkin quando os marinheiros estavam cansados de serem maltratados "Quando a terra pertencer aos camponeses e as fábricas aos operários e o poder aos sovietes, aí teremos a certeza de possuir alguma coisa pela qual lutar e por ela lutaremos!" Lênin "Os homens não têm muito respeito pelos outros porque têm pouco até por si próprios."   Trotsky
“Domingo Sangrento” Cena do filme  O Encouraçado Potemkin  (1925)
A Rússia na guerra ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],DERROTAS CONSTANTES ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Revolução de março - 1917 ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Cartaz do filme  Frida
Revolução de outubro - 1917 ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Etapas da implantação do Socialismo   ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Trotsky X Stalin TRÓTSKY: inimigo do Estado STÁLIN: Protetor dos povos
Realismo russo O controle das artes O  Realismo Socialista  foi o estilo artístico oficial da União Soviética entre as décadas de 1930 e 1960, aproximadamente. Foi, na prática, uma  política de Estado para a estética  em todos os campos de aplicação da forma, desde a Literatura até o Design de produto, incluindo todas as manifestações artísticas e culturais soviéticas (Pintura, Arquitetura, Design  Escultura, Música, Cinema, Teatro etc.). O Realismo Socialista está diretamente associado ao comunismo ortodoxo e aos regimes de orientação ou inspiração stalinista.
Pôster polonês seguindo características típicas do Realismo Socialista  Pintura valorizando o trabalho
Pôster soviético exaltando a educação sobre a história do partido de Lênin e Stalin
Kulaques:   grupo muito reduzido, ou seja, a elite rural. Duma:   espécie de parlamento instituído em 1906. Guarda Vermelha:  organizada por Trotsky formada por  tropas de operários, soldados e marinheiros para combater os inimigos (mencheviques apoiados por europeus). Sovietes:  assembléias de soldados, marinheiros e trabalhadores. GOSPLAN (Comissão do Conselho do Trabalho e da Defesa):  órgão encarregado dos estudos para a planificação, que elaborou durante o período da NEP um "plano qüinqüenal" posto em prática a partir de 1928.  Sovcoses:  fazendas estatais em que o camponês torna-se um assalariado do Estado (minoria).  Colcoses:  cooperativas de produção, onde o camponês recebe pequena parcela de terra, que ele pode explorar para si. Socialismo Real:  modelo stalinista de socialismo baseado na planificação econômica, burocratização e ultra-centralização, adotado mundialmente.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução RussaApresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução Russa
marcosfm32
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
Janaína Tavares
 
Período Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda GuerraPeríodo Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda Guerra
Douglas Barraqui
 
Fascismo e nazismo
Fascismo e nazismoFascismo e nazismo
Fascismo e nazismo
Fabiana Tonsis
 
Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)
Isaquel Silva
 
3º ano Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
3º ano   Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)3º ano   Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
3º ano Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
Daniel Alves Bronstrup
 
O brasil na primeira republica
O brasil na primeira republicaO brasil na primeira republica
O brasil na primeira republica
Simone P Baldissera
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
Fabiana Tonsis
 
A Era Vargas (1930 1945)-aulão
A Era Vargas (1930 1945)-aulãoA Era Vargas (1930 1945)-aulão
A Era Vargas (1930 1945)-aulão
Rodrigo Luiz
 
Colonizacao espanhola-america
Colonizacao espanhola-americaColonizacao espanhola-america
Colonizacao espanhola-america
Marcos Oliveira
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
harlissoncarvalho
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
eiprofessor
 
O império napoleônico
O império napoleônicoO império napoleônico
O império napoleônico
Edenilson Morais
 
3° ano - Guerra Fria
3° ano - Guerra Fria3° ano - Guerra Fria
3° ano - Guerra Fria
Daniel Alves Bronstrup
 
Totalitarismo
TotalitarismoTotalitarismo
Totalitarismo
Priscila Azeredo
 
Ditadura militar
Ditadura militarDitadura militar
Ditadura militar
Elaine Bogo Pavani
 
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 19183ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
Daniel Alves Bronstrup
 
Era Vargas (1930-1945)
Era Vargas (1930-1945)Era Vargas (1930-1945)
Era Vargas (1930-1945)
Elton Zanoni
 
Primeiro reinado
Primeiro reinadoPrimeiro reinado
Primeiro reinado
Ramiro Bicca
 
Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
Revolução russa
Fatima Freitas
 

Mais procurados (20)

Apresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução RussaApresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução Russa
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
 
Período Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda GuerraPeríodo Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda Guerra
 
Fascismo e nazismo
Fascismo e nazismoFascismo e nazismo
Fascismo e nazismo
 
Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)
 
3º ano Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
3º ano   Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)3º ano   Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
3º ano Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
 
O brasil na primeira republica
O brasil na primeira republicaO brasil na primeira republica
O brasil na primeira republica
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
 
A Era Vargas (1930 1945)-aulão
A Era Vargas (1930 1945)-aulãoA Era Vargas (1930 1945)-aulão
A Era Vargas (1930 1945)-aulão
 
Colonizacao espanhola-america
Colonizacao espanhola-americaColonizacao espanhola-america
Colonizacao espanhola-america
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
O império napoleônico
O império napoleônicoO império napoleônico
O império napoleônico
 
3° ano - Guerra Fria
3° ano - Guerra Fria3° ano - Guerra Fria
3° ano - Guerra Fria
 
Totalitarismo
TotalitarismoTotalitarismo
Totalitarismo
 
Ditadura militar
Ditadura militarDitadura militar
Ditadura militar
 
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 19183ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
 
Era Vargas (1930-1945)
Era Vargas (1930-1945)Era Vargas (1930-1945)
Era Vargas (1930-1945)
 
Primeiro reinado
Primeiro reinadoPrimeiro reinado
Primeiro reinado
 
Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
Revolução russa
 

Destaque

Invasões holandesas
Invasões holandesasInvasões holandesas
Invasões holandesas
Edenilson Morais
 
A escravidão no período colonial
A escravidão no período colonialA escravidão no período colonial
A escravidão no período colonial
Edenilson Morais
 
História de Mato Grosso - Formação da unidade político admistrativa
História de Mato Grosso - Formação da unidade político admistrativaHistória de Mato Grosso - Formação da unidade político admistrativa
História de Mato Grosso - Formação da unidade político admistrativa
Edenilson Morais
 
A transição para o trabalho livre e assalariado
A transição para o trabalho livre e assalariadoA transição para o trabalho livre e assalariado
A transição para o trabalho livre e assalariado
Edenilson Morais
 
Sociedade e vida cotidiana na américa portuguesa
Sociedade e vida cotidiana na américa portuguesaSociedade e vida cotidiana na américa portuguesa
Sociedade e vida cotidiana na américa portuguesa
Edenilson Morais
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
Edenilson Morais
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
Edenilson Morais
 
O escravismo colonial
O escravismo colonialO escravismo colonial
O escravismo colonial
Edenilson Morais
 
Vinte mil anos antes de cabral
Vinte mil anos antes de cabralVinte mil anos antes de cabral
Vinte mil anos antes de cabral
Edenilson Morais
 
Primeiro ensaios da educação no Brasil
Primeiro ensaios da educação no Brasil Primeiro ensaios da educação no Brasil
Primeiro ensaios da educação no Brasil
Edenilson Morais
 
Escravidao em mato grosso
Escravidao em mato grossoEscravidao em mato grosso
Escravidao em mato grosso
Edenilson Morais
 
Outras atividades econômicas no Brasil Imperial
Outras atividades econômicas no Brasil ImperialOutras atividades econômicas no Brasil Imperial
Outras atividades econômicas no Brasil Imperial
Edenilson Morais
 
Revolucão Russa
Revolucão RussaRevolucão Russa
Revolucão Russa
Edenilson Morais
 
Filmes
FilmesFilmes
Filmes
beaerm
 
Período regencial (1831 1840)
Período regencial (1831 1840)Período regencial (1831 1840)
Período regencial (1831 1840)
Edenilson Morais
 
A plantation Escravista
A plantation EscravistaA plantation Escravista
A plantation Escravista
Edenilson Morais
 
Civilizações orientais
Civilizações orientaisCivilizações orientais
Civilizações orientais
Edenilson Morais
 
A transferência da corte portuguesa para o Brasil
A transferência da corte portuguesa para o BrasilA transferência da corte portuguesa para o Brasil
A transferência da corte portuguesa para o Brasil
Edenilson Morais
 
Os bandeirantes conquistam Mato Grosso
Os bandeirantes conquistam  Mato GrossoOs bandeirantes conquistam  Mato Grosso
Os bandeirantes conquistam Mato Grosso
Edenilson Morais
 
Grécia antiga
Grécia antigaGrécia antiga
Grécia antiga
Edenilson Morais
 

Destaque (20)

Invasões holandesas
Invasões holandesasInvasões holandesas
Invasões holandesas
 
A escravidão no período colonial
A escravidão no período colonialA escravidão no período colonial
A escravidão no período colonial
 
História de Mato Grosso - Formação da unidade político admistrativa
História de Mato Grosso - Formação da unidade político admistrativaHistória de Mato Grosso - Formação da unidade político admistrativa
História de Mato Grosso - Formação da unidade político admistrativa
 
A transição para o trabalho livre e assalariado
A transição para o trabalho livre e assalariadoA transição para o trabalho livre e assalariado
A transição para o trabalho livre e assalariado
 
Sociedade e vida cotidiana na américa portuguesa
Sociedade e vida cotidiana na américa portuguesaSociedade e vida cotidiana na américa portuguesa
Sociedade e vida cotidiana na américa portuguesa
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
O escravismo colonial
O escravismo colonialO escravismo colonial
O escravismo colonial
 
Vinte mil anos antes de cabral
Vinte mil anos antes de cabralVinte mil anos antes de cabral
Vinte mil anos antes de cabral
 
Primeiro ensaios da educação no Brasil
Primeiro ensaios da educação no Brasil Primeiro ensaios da educação no Brasil
Primeiro ensaios da educação no Brasil
 
Escravidao em mato grosso
Escravidao em mato grossoEscravidao em mato grosso
Escravidao em mato grosso
 
Outras atividades econômicas no Brasil Imperial
Outras atividades econômicas no Brasil ImperialOutras atividades econômicas no Brasil Imperial
Outras atividades econômicas no Brasil Imperial
 
Revolucão Russa
Revolucão RussaRevolucão Russa
Revolucão Russa
 
Filmes
FilmesFilmes
Filmes
 
Período regencial (1831 1840)
Período regencial (1831 1840)Período regencial (1831 1840)
Período regencial (1831 1840)
 
A plantation Escravista
A plantation EscravistaA plantation Escravista
A plantation Escravista
 
Civilizações orientais
Civilizações orientaisCivilizações orientais
Civilizações orientais
 
A transferência da corte portuguesa para o Brasil
A transferência da corte portuguesa para o BrasilA transferência da corte portuguesa para o Brasil
A transferência da corte portuguesa para o Brasil
 
Os bandeirantes conquistam Mato Grosso
Os bandeirantes conquistam  Mato GrossoOs bandeirantes conquistam  Mato Grosso
Os bandeirantes conquistam Mato Grosso
 
Grécia antiga
Grécia antigaGrécia antiga
Grécia antiga
 

Semelhante a A Revolução Russa

A RevoluçãO Russa Esquema
A RevoluçãO Russa EsquemaA RevoluçãO Russa Esquema
A RevoluçãO Russa Esquema
guest782599
 
Revoluçao russa lucas e ana
Revoluçao russa   lucas e anaRevoluçao russa   lucas e ana
Revoluçao russa lucas e ana
Lucas Oliveira
 
Revoluçao Russa - Lucas e Ana
Revoluçao Russa - Lucas e AnaRevoluçao Russa - Lucas e Ana
Revoluçao Russa - Lucas e Ana
Lucas Oliveira
 
Revolução russa disma
Revolução russa dismaRevolução russa disma
Revolução russa disma
Dismael Sagás
 
Revolução russa disma
Revolução russa dismaRevolução russa disma
Revolução russa disma
Dismael Sagás
 
Rev russa p aula
Rev russa p aulaRev russa p aula
Rev russa p aula
Felipe de Souza
 
REVOLUÇÃO RUSSA
REVOLUÇÃO RUSSAREVOLUÇÃO RUSSA
REVOLUÇÃO RUSSA
Professor Duda - História
 
9o ano-ab-revolucao-russa [reparado]
9o ano-ab-revolucao-russa [reparado]9o ano-ab-revolucao-russa [reparado]
9o ano-ab-revolucao-russa [reparado]
Denyse Cruz
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolucao Russa
Revolucao RussaRevolucao Russa
Revolucao Russa
Alexandre Protásio
 
apresentaorevoluorussa-aula0704-130406132445-phpapp02.pptx
apresentaorevoluorussa-aula0704-130406132445-phpapp02.pptxapresentaorevoluorussa-aula0704-130406132445-phpapp02.pptx
apresentaorevoluorussa-aula0704-130406132445-phpapp02.pptx
vitoriapereira42
 
eoq mano timeoaeioejaiejaeijaeaeawe
eoq mano timeoaeioejaiejaeijaeaeaweeoq mano timeoaeioejaiejaeijaeaeawe
eoq mano timeoaeioejaiejaeijaeaeawe
Felipe Klayn
 
Igor sansão e felipe klayn kkk
Igor sansão e felipe klayn kkkIgor sansão e felipe klayn kkk
Igor sansão e felipe klayn kkk
Felipe Klayn
 
Trabalho qualitativo igor sansão, felipe klayn e paulo victor
Trabalho qualitativo   igor sansão, felipe klayn e paulo victorTrabalho qualitativo   igor sansão, felipe klayn e paulo victor
Trabalho qualitativo igor sansão, felipe klayn e paulo victor
Felipe Klayn
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
Portal do Vestibulando
 
07 revolucao russa
07   revolucao russa07   revolucao russa
07 revolucao russa
Portal do Vestibulando
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
Portal do Vestibulando
 
21
2121
A Revolução Russa
A Revolução RussaA Revolução Russa
Da Rússia dos czares à Rússia dos sovietes
Da Rússia dos czares à Rússia dos sovietesDa Rússia dos czares à Rússia dos sovietes
Da Rússia dos czares à Rússia dos sovietes
João Camacho
 

Semelhante a A Revolução Russa (20)

A RevoluçãO Russa Esquema
A RevoluçãO Russa EsquemaA RevoluçãO Russa Esquema
A RevoluçãO Russa Esquema
 
Revoluçao russa lucas e ana
Revoluçao russa   lucas e anaRevoluçao russa   lucas e ana
Revoluçao russa lucas e ana
 
Revoluçao Russa - Lucas e Ana
Revoluçao Russa - Lucas e AnaRevoluçao Russa - Lucas e Ana
Revoluçao Russa - Lucas e Ana
 
Revolução russa disma
Revolução russa dismaRevolução russa disma
Revolução russa disma
 
Revolução russa disma
Revolução russa dismaRevolução russa disma
Revolução russa disma
 
Rev russa p aula
Rev russa p aulaRev russa p aula
Rev russa p aula
 
REVOLUÇÃO RUSSA
REVOLUÇÃO RUSSAREVOLUÇÃO RUSSA
REVOLUÇÃO RUSSA
 
9o ano-ab-revolucao-russa [reparado]
9o ano-ab-revolucao-russa [reparado]9o ano-ab-revolucao-russa [reparado]
9o ano-ab-revolucao-russa [reparado]
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
 
Revolucao Russa
Revolucao RussaRevolucao Russa
Revolucao Russa
 
apresentaorevoluorussa-aula0704-130406132445-phpapp02.pptx
apresentaorevoluorussa-aula0704-130406132445-phpapp02.pptxapresentaorevoluorussa-aula0704-130406132445-phpapp02.pptx
apresentaorevoluorussa-aula0704-130406132445-phpapp02.pptx
 
eoq mano timeoaeioejaiejaeijaeaeawe
eoq mano timeoaeioejaiejaeijaeaeaweeoq mano timeoaeioejaiejaeijaeaeawe
eoq mano timeoaeioejaiejaeijaeaeawe
 
Igor sansão e felipe klayn kkk
Igor sansão e felipe klayn kkkIgor sansão e felipe klayn kkk
Igor sansão e felipe klayn kkk
 
Trabalho qualitativo igor sansão, felipe klayn e paulo victor
Trabalho qualitativo   igor sansão, felipe klayn e paulo victorTrabalho qualitativo   igor sansão, felipe klayn e paulo victor
Trabalho qualitativo igor sansão, felipe klayn e paulo victor
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
 
07 revolucao russa
07   revolucao russa07   revolucao russa
07 revolucao russa
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
 
21
2121
21
 
A Revolução Russa
A Revolução RussaA Revolução Russa
A Revolução Russa
 
Da Rússia dos czares à Rússia dos sovietes
Da Rússia dos czares à Rússia dos sovietesDa Rússia dos czares à Rússia dos sovietes
Da Rússia dos czares à Rússia dos sovietes
 

Mais de Edenilson Morais

Simulado História do Brasil e do História do Maranhão
Simulado História do Brasil e do História do MaranhãoSimulado História do Brasil e do História do Maranhão
Simulado História do Brasil e do História do Maranhão
Edenilson Morais
 
Soluções para otimização de resultados no enem
Soluções para otimização de resultados no enem Soluções para otimização de resultados no enem
Soluções para otimização de resultados no enem
Edenilson Morais
 
HISTÓRIA DE MATO GROSSO PERÍODO IMPERIAL (DETRAN-MT 2015)
HISTÓRIA DE MATO GROSSO PERÍODO IMPERIAL (DETRAN-MT 2015)HISTÓRIA DE MATO GROSSO PERÍODO IMPERIAL (DETRAN-MT 2015)
HISTÓRIA DE MATO GROSSO PERÍODO IMPERIAL (DETRAN-MT 2015)
Edenilson Morais
 
História do brasil enem cultura, patrimônio e diversidade cultural
História do brasil enem cultura, patrimônio e diversidade culturalHistória do brasil enem cultura, patrimônio e diversidade cultural
História do brasil enem cultura, patrimônio e diversidade cultural
Edenilson Morais
 
História de mato grosso período colonial
História de mato grosso   período colonialHistória de mato grosso   período colonial
História de mato grosso período colonial
Edenilson Morais
 
Período colonial de Mato Grosso (Atividades)
Período colonial de Mato Grosso (Atividades)Período colonial de Mato Grosso (Atividades)
Período colonial de Mato Grosso (Atividades)
Edenilson Morais
 
Sociologia - Michel Foucalt
Sociologia - Michel FoucaltSociologia - Michel Foucalt
Sociologia - Michel Foucalt
Edenilson Morais
 
A nova historia cultural
A nova historia culturalA nova historia cultural
A nova historia cultural
Edenilson Morais
 
Guerraspunicas
GuerraspunicasGuerraspunicas
Guerraspunicas
Edenilson Morais
 
Aulão de história regional - UNEMAT 2014
Aulão de história regional - UNEMAT 2014Aulão de história regional - UNEMAT 2014
Aulão de história regional - UNEMAT 2014
Edenilson Morais
 
As origens do totalitarismo de hannah arendt
As origens do totalitarismo de hannah arendtAs origens do totalitarismo de hannah arendt
As origens do totalitarismo de hannah arendt
Edenilson Morais
 
Durkheim suicidio
Durkheim suicidioDurkheim suicidio
Durkheim suicidio
Edenilson Morais
 
A crise feudal e a ascensão dos estados modernos
A crise feudal e a ascensão dos estados modernosA crise feudal e a ascensão dos estados modernos
A crise feudal e a ascensão dos estados modernos
Edenilson Morais
 
Sociologia globalização
Sociologia globalizaçãoSociologia globalização
Sociologia globalização
Edenilson Morais
 
A visão da afro
A visão da afroA visão da afro
A visão da afro
Edenilson Morais
 
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociaisSociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Edenilson Morais
 
Cartazes da 1ª guerra
Cartazes da 1ª guerraCartazes da 1ª guerra
Cartazes da 1ª guerra
Edenilson Morais
 
Sociologia resumo
Sociologia resumoSociologia resumo
Sociologia resumo
Edenilson Morais
 
Artigos de história da sexualidade
Artigos de história da sexualidadeArtigos de história da sexualidade
Artigos de história da sexualidade
Edenilson Morais
 
Weber e o capitalismo
Weber e o capitalismoWeber e o capitalismo
Weber e o capitalismo
Edenilson Morais
 

Mais de Edenilson Morais (20)

Simulado História do Brasil e do História do Maranhão
Simulado História do Brasil e do História do MaranhãoSimulado História do Brasil e do História do Maranhão
Simulado História do Brasil e do História do Maranhão
 
Soluções para otimização de resultados no enem
Soluções para otimização de resultados no enem Soluções para otimização de resultados no enem
Soluções para otimização de resultados no enem
 
HISTÓRIA DE MATO GROSSO PERÍODO IMPERIAL (DETRAN-MT 2015)
HISTÓRIA DE MATO GROSSO PERÍODO IMPERIAL (DETRAN-MT 2015)HISTÓRIA DE MATO GROSSO PERÍODO IMPERIAL (DETRAN-MT 2015)
HISTÓRIA DE MATO GROSSO PERÍODO IMPERIAL (DETRAN-MT 2015)
 
História do brasil enem cultura, patrimônio e diversidade cultural
História do brasil enem cultura, patrimônio e diversidade culturalHistória do brasil enem cultura, patrimônio e diversidade cultural
História do brasil enem cultura, patrimônio e diversidade cultural
 
História de mato grosso período colonial
História de mato grosso   período colonialHistória de mato grosso   período colonial
História de mato grosso período colonial
 
Período colonial de Mato Grosso (Atividades)
Período colonial de Mato Grosso (Atividades)Período colonial de Mato Grosso (Atividades)
Período colonial de Mato Grosso (Atividades)
 
Sociologia - Michel Foucalt
Sociologia - Michel FoucaltSociologia - Michel Foucalt
Sociologia - Michel Foucalt
 
A nova historia cultural
A nova historia culturalA nova historia cultural
A nova historia cultural
 
Guerraspunicas
GuerraspunicasGuerraspunicas
Guerraspunicas
 
Aulão de história regional - UNEMAT 2014
Aulão de história regional - UNEMAT 2014Aulão de história regional - UNEMAT 2014
Aulão de história regional - UNEMAT 2014
 
As origens do totalitarismo de hannah arendt
As origens do totalitarismo de hannah arendtAs origens do totalitarismo de hannah arendt
As origens do totalitarismo de hannah arendt
 
Durkheim suicidio
Durkheim suicidioDurkheim suicidio
Durkheim suicidio
 
A crise feudal e a ascensão dos estados modernos
A crise feudal e a ascensão dos estados modernosA crise feudal e a ascensão dos estados modernos
A crise feudal e a ascensão dos estados modernos
 
Sociologia globalização
Sociologia globalizaçãoSociologia globalização
Sociologia globalização
 
A visão da afro
A visão da afroA visão da afro
A visão da afro
 
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociaisSociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
 
Cartazes da 1ª guerra
Cartazes da 1ª guerraCartazes da 1ª guerra
Cartazes da 1ª guerra
 
Sociologia resumo
Sociologia resumoSociologia resumo
Sociologia resumo
 
Artigos de história da sexualidade
Artigos de história da sexualidadeArtigos de história da sexualidade
Artigos de história da sexualidade
 
Weber e o capitalismo
Weber e o capitalismoWeber e o capitalismo
Weber e o capitalismo
 

Último

Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
vinibolado86
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 

Último (20)

Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 

A Revolução Russa

  • 1. História das Cavernas ao terceiro milênio A Revolução Russa
  • 3.
  • 4.
  • 5. MOVIMENTOS DE OPOSIÇÃO POSDR – Partido Operário Social Democrata Russo (1898) – formado por intelectuais. Dividido em 1903 em dois grupos: 1. Mencheviques (minoria) – Revolução liberal burguesa aos moldes da Revolução Francesa. Líder: Martov. AGRÁRIA CAPITALISTA SOCIALISTA 2. Bolcheviques (maioria): Revolução socialista com participação de operários e camponeses, liderada por partido 100% revolucionário e absolutamente disciplinado. Líder: Lênin . AGRÁRIA SOCIALISTA KADET (1905) – Partido Constitucional Democrata, formado pela burguesia. Politicamente fraco.
  • 6.
  • 7. RESULTADOS 2. Manifesto de outubro: O Czar prometeu reformas como o fim do poder absoluto, a realização de eleições para a formação de uma Assembléia Constituinte, a chamada Duma 3. Encouraçado Potemkin: levante que começou no navio de guerra Potemkin quando os marinheiros estavam cansados de serem maltratados "Quando a terra pertencer aos camponeses e as fábricas aos operários e o poder aos sovietes, aí teremos a certeza de possuir alguma coisa pela qual lutar e por ela lutaremos!" Lênin "Os homens não têm muito respeito pelos outros porque têm pouco até por si próprios." Trotsky
  • 8. “Domingo Sangrento” Cena do filme O Encouraçado Potemkin (1925)
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13. Trotsky X Stalin TRÓTSKY: inimigo do Estado STÁLIN: Protetor dos povos
  • 14. Realismo russo O controle das artes O Realismo Socialista foi o estilo artístico oficial da União Soviética entre as décadas de 1930 e 1960, aproximadamente. Foi, na prática, uma política de Estado para a estética em todos os campos de aplicação da forma, desde a Literatura até o Design de produto, incluindo todas as manifestações artísticas e culturais soviéticas (Pintura, Arquitetura, Design Escultura, Música, Cinema, Teatro etc.). O Realismo Socialista está diretamente associado ao comunismo ortodoxo e aos regimes de orientação ou inspiração stalinista.
  • 15. Pôster polonês seguindo características típicas do Realismo Socialista Pintura valorizando o trabalho
  • 16. Pôster soviético exaltando a educação sobre a história do partido de Lênin e Stalin
  • 17. Kulaques: grupo muito reduzido, ou seja, a elite rural. Duma: espécie de parlamento instituído em 1906. Guarda Vermelha: organizada por Trotsky formada por tropas de operários, soldados e marinheiros para combater os inimigos (mencheviques apoiados por europeus). Sovietes: assembléias de soldados, marinheiros e trabalhadores. GOSPLAN (Comissão do Conselho do Trabalho e da Defesa): órgão encarregado dos estudos para a planificação, que elaborou durante o período da NEP um "plano qüinqüenal" posto em prática a partir de 1928. Sovcoses: fazendas estatais em que o camponês torna-se um assalariado do Estado (minoria). Colcoses: cooperativas de produção, onde o camponês recebe pequena parcela de terra, que ele pode explorar para si. Socialismo Real: modelo stalinista de socialismo baseado na planificação econômica, burocratização e ultra-centralização, adotado mundialmente.