SlideShare uma empresa Scribd logo
Redemocratização: esperanças e decepções...
 Movimento pelo restabelecimento das
eleições diretas para presidente
 Campanha organizada em apoio a emenda
Dante de Oliveira e que se aprovada por 2/3
dos parlamentares possibilitaria eleições
diretas.
 O que aconteceu?
 Os militares reagiram com a repressão ao
movimento e tacharam seus integrantes de
“comunistas”
 A emenda não foi aprovada, pois faltou 22
votos para atingir 2/3 e mais uma vez o
presidente seria eleito de forma indireta pelo
colégio eleitoral
 Com a abertura surgiram novos partidos:
 O partido que apoiava o governo a ARENA
passou a se chamar PSD liderado por José
Sarney e os dissidentes deste formaram o PFL
(partido da Frente Liberal) atual DEMOCRATAS
- DEM
 MDB --- PMDB e PSDB
 PDT
 PTB
 PT
 PP, liderado por Tancredo Neves a legenda
deixa de existir e é incorporada ao PMDB
 Partidos de esquerda tradicional PCB e o PC
do B (ilegais até 1985)
 Derruba a emenda Dante de Oliveira, surgiram
estratégias e acordos para vencer as eleições
indiretas no Colégio eleitoral.
 PSD lança Paulo Maluf – polêmico e autoritário
 PMDB lança seu candidato: Tancredo Neves e seu
vice José Sarney do PSD (se une forma a Aliança
Democrática)
 15/01/1985 Tancredo vence as eleições era o
fim de 21 anos de Ditadura Militar.
 Mikhail Gorbatchev – secretário geral da URSS
implanta as reformas políticas GLASNOST e
econômicas PERESTROIKA.
 Estabelece boas relações com países
capitalistas e ameniza as hostilidades entre
os blocos
 O comunismo torna-se menos assustador
 Atividade 1 – pág. 101
 Tancredo Neves adoece e morre, seu vice José
Sarney torna-se o novo presidente, um civil que
se identifica com a Ditadura Militar.
 Contrariando as desconfianças tomou uma série
de medidas que visavam a redemocratização:
 * Assegurou a liberdade de expressão
 * Pôs fim a censura
 * Legalizou os partidos políticos
Também cometeu atos de violência e repressão a
exemplo da greve da Cia de Volta Redonda onde 3
operários morreram e em 1988 Chico Mendes é
assassinado no Acre.
 Em 1986 a inflação e a crise econômica se
intensificaram, o governo Sarney lança o
PLANO CRUZADO –
 implantou-se nova moeda, congelou os
salários e as taxas de juros diminuíram
 Os problemas: Inflação baixa aumenta o
consumo e a produção não e em 1988 a
inflação explode o governo lança um novo
plano o PLANO VERÃO e cria outra moeda o
CRUZADO NOVO, mas esta medida também
não obteve sucesso.
 Para consolidar a redemocratização era
necessário elaborar uma constituição
estabelecendo novos termos. (20 meses)
 Deputados e senadores progressistas e
conservadores travaram uma luta ferrenha e
redigiram a CARTA MAGNA
 Atividade 2 págs. 102 e 103
 Atividade 3 pág. 104
 O governo Sarney terminou com o
descontrole inflacionário, crise econômica e a
opinião geral de um presidente fraco e
incapaz.
 Nas eleições presidenciais de 1989, os
candidatos mais votados eram críticos ao
governo.
 Dos 21 candidatos, dois se destacaram na
campanha:- Fernando Collor de Mello
 - Luís Inácio Lula da Silva
 Collor fora nomeado prefeito de Maceió pelos
militares na década de 1970 e elege-se deputado
federal pelo PSD em 1982 e em 1986 governador de
Alagoas iniciando uma administração polêmica
 Candidato pelo partido da Renovação Nacional – PRN
e ganhou fama por apresentar-se como “caçador de
marajás”
 Candidato pelo PT apresentava-se como defensor de
propostas socialistas foi metalúrgico e líder sindical
em plena ditadura, concorreu as eleições para
governador de SP em 1984 e perdeu para Franco
Montoro.
 Lula sofreu um certo preconceito e Collor era
beneficiado em 1987 com reportagens e programas
de TV
 De 1960 à 1989 a propaganda eleitoral
mudou muito com novas estratégias, além do
horário eleitoral gratuito.
 As vésperas da eleição o Jornal Nacional da
rede globo apresentou o debate entre os dois
candidatos, que deu margem para a vitória de
Collor
 Relatório do ex editor da Veja – pág. 106
 PLANO COLLOR: Troca de moeda o cruzado novo
foi substituído pelo CRUZEIRO
 Congelamento de preços
 Bloqueio dos recursos das cadernetas de
poupança
 Demissão de funcionários públicos, fechamento
de ministérios e órgãos do governo e determinou
corte de gastos
Essas medidas não foram suficientes para
controlar a inflação que após uma queda ela voltou
a subir em 1992, perdeu a popularidade e surgiu
indícios de corrupção.
 Em 1992 houve a exigência de apuração das
denuncias de corrupção culminando na
criação do movimento pela ética na política
 Congresso Nacional instaurou uma comissão
Parlamentar de Inquérito para apurar as
denuncias, gerando o Impeachment onde o
presidente é impedido de governar.
 Collor renuncia antes da conclusão da CPI e
pela 1ª vez na História um presidente é
afastado do cargo sem que houvesse um
golpe de Estado ou rebelião militar
Atividade 4 – pág. 109
Redemocratização: esperanças e decepções...
 Durante a ditadura os governantes
mandavam e após 1985 a população
brasileira pode voltar a ter uma participação
política
 As denúncias de corrupção se tornaram
frequentes da democracia o que na ditadura
não acontecia
 NOSSA FUNÇÃO É PARTICIPAR DA VIDA
POLÍTICA COM RESPONSABILIDADE.
 Em casa 111 e 112

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Os anos de chumbo
Os anos de chumboOs anos de chumbo
Os anos de chumbo
Glasiely Virgílio Silva
 
República Oligárquica
República OligárquicaRepública Oligárquica
República Oligárquica
Portal do Vestibulando
 
A Ditadura Militar No Brasil
A Ditadura Militar No BrasilA Ditadura Militar No Brasil
A Ditadura Militar No Brasil
brunourbino
 
Governo Collor
Governo Collor Governo Collor
Governo Collor
Valéria Shoujofan
 
De Juscelino a Jango
De Juscelino a JangoDe Juscelino a Jango
De Juscelino a Jango
Elaine Bogo Pavani
 
O governo Lula (2003-2010)
O governo Lula (2003-2010)O governo Lula (2003-2010)
O governo Lula (2003-2010)
Edenilson Morais
 
A ditadura militar no brasil
A ditadura militar no brasilA ditadura militar no brasil
A ditadura militar no brasil
Fatima Freitas
 
A redemocratização do Brasil
A redemocratização do BrasilA redemocratização do Brasil
A redemocratização do Brasil
Alunos Alunos
 
Diretas já
Diretas jáDiretas já
Diretas já
DeaaSouza
 
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
Daniel Alves Bronstrup
 
Getulio vargas
Getulio vargasGetulio vargas
Getulio vargas
maida marciano
 
Governo Sarney
Governo SarneyGoverno Sarney
Governo Sarney
Edenilson Morais
 
Brasil República
Brasil RepúblicaBrasil República
Brasil República
Diego Silva
 
As ditaduras militares na américa latina
As ditaduras militares na américa latinaAs ditaduras militares na américa latina
As ditaduras militares na américa latina
Wilton Moretto
 
Cultura brasileira nos anos 1960 e 1970
Cultura brasileira nos anos 1960 e 1970Cultura brasileira nos anos 1960 e 1970
Cultura brasileira nos anos 1960 e 1970
Glasiely Virgílio Silva
 
Nova República
Nova RepúblicaNova República
Nova República
Elaine Bogo Pavani
 
Aula 09 republica populista 1
Aula 09  republica populista 1Aula 09  republica populista 1
Aula 09 republica populista 1
Fabiana Tonsis
 
Ditaduras na america latina
Ditaduras na america latinaDitaduras na america latina
Ditaduras na america latina
Isabel Aguiar
 
3° ano República da Espada
3° ano   República da Espada3° ano   República da Espada
3° ano República da Espada
Daniel Alves Bronstrup
 
Era Vargas (1930-1945)
Era Vargas (1930-1945)Era Vargas (1930-1945)
Era Vargas (1930-1945)
Elton Zanoni
 

Mais procurados (20)

Os anos de chumbo
Os anos de chumboOs anos de chumbo
Os anos de chumbo
 
República Oligárquica
República OligárquicaRepública Oligárquica
República Oligárquica
 
A Ditadura Militar No Brasil
A Ditadura Militar No BrasilA Ditadura Militar No Brasil
A Ditadura Militar No Brasil
 
Governo Collor
Governo Collor Governo Collor
Governo Collor
 
De Juscelino a Jango
De Juscelino a JangoDe Juscelino a Jango
De Juscelino a Jango
 
O governo Lula (2003-2010)
O governo Lula (2003-2010)O governo Lula (2003-2010)
O governo Lula (2003-2010)
 
A ditadura militar no brasil
A ditadura militar no brasilA ditadura militar no brasil
A ditadura militar no brasil
 
A redemocratização do Brasil
A redemocratização do BrasilA redemocratização do Brasil
A redemocratização do Brasil
 
Diretas já
Diretas jáDiretas já
Diretas já
 
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
 
Getulio vargas
Getulio vargasGetulio vargas
Getulio vargas
 
Governo Sarney
Governo SarneyGoverno Sarney
Governo Sarney
 
Brasil República
Brasil RepúblicaBrasil República
Brasil República
 
As ditaduras militares na américa latina
As ditaduras militares na américa latinaAs ditaduras militares na américa latina
As ditaduras militares na américa latina
 
Cultura brasileira nos anos 1960 e 1970
Cultura brasileira nos anos 1960 e 1970Cultura brasileira nos anos 1960 e 1970
Cultura brasileira nos anos 1960 e 1970
 
Nova República
Nova RepúblicaNova República
Nova República
 
Aula 09 republica populista 1
Aula 09  republica populista 1Aula 09  republica populista 1
Aula 09 republica populista 1
 
Ditaduras na america latina
Ditaduras na america latinaDitaduras na america latina
Ditaduras na america latina
 
3° ano República da Espada
3° ano   República da Espada3° ano   República da Espada
3° ano República da Espada
 
Era Vargas (1930-1945)
Era Vargas (1930-1945)Era Vargas (1930-1945)
Era Vargas (1930-1945)
 

Semelhante a Redemocratização: esperanças e decepções...

Período Sarney - 3M2
Período Sarney - 3M2Período Sarney - 3M2
Período Sarney - 3M2
Maiana Antoniazzi Dalla Bernardina
 
Período Sarney - 3M2
Período Sarney - 3M2Período Sarney - 3M2
Período Sarney - 3M2
Maiana Antoniazzi Dalla Bernardina
 
Período Sarney - 3M2 - G4
Período Sarney - 3M2 - G4Período Sarney - 3M2 - G4
Período Sarney - 3M2 - G4
Maiana_adb
 
O Período Sarney
O Período Sarney O Período Sarney
O Período Sarney
aygresc
 
O governo sarney slide
O governo sarney  slideO governo sarney  slide
O governo sarney slide
daianespereira
 
O governo sarney slide
O governo sarney  slideO governo sarney  slide
O governo sarney slide
daianespereira
 
Periodo Sarney
Periodo Sarney Periodo Sarney
Periodo Sarney
tanafrente
 
Governo sarney
Governo sarneyGoverno sarney
Governo sarney
Kaique Braynner
 
Brasil 1985 até itamar
Brasil    1985 até itamarBrasil    1985 até itamar
Brasil 1985 até itamar
historiando
 
O brasil pós vargas
O brasil pós vargasO brasil pós vargas
O brasil pós vargas
Hernane Freitas
 
Brasil 1985 até itamar
Brasil    1985 até itamarBrasil    1985 até itamar
Brasil 1985 até itamar
Nelia Salles Nantes
 
Brasil RepúBlica Iv
Brasil RepúBlica IvBrasil RepúBlica Iv
Brasil RepúBlica Iv
ecsette
 
Redemocratização e neoliberalismo
Redemocratização e  neoliberalismoRedemocratização e  neoliberalismo
Redemocratização e neoliberalismo
dinicmax
 
Redemocratização do brasil 1970-1980
Redemocratização do brasil  1970-1980Redemocratização do brasil  1970-1980
Redemocratização do brasil 1970-1980
CesarDestro
 
A Nova República - 1985 aos dias atuais
A Nova República - 1985 aos dias atuaisA Nova República - 1985 aos dias atuais
A Nova República - 1985 aos dias atuais
Adna Myrella
 
O período sarney
O período sarneyO período sarney
O período sarney
ana1935
 
PSDB - A história, o presente e o futuro.
PSDB - A história, o presente e o futuro.PSDB - A história, o presente e o futuro.
PSDB - A história, o presente e o futuro.
dt-af
 
Psdb
PsdbPsdb
Psdb
dt-af
 
O Governo Sarney (1885 1990)
O Governo Sarney (1885 1990)O Governo Sarney (1885 1990)
O Governo Sarney (1885 1990)
kinhalukas
 
Comissaodaverdade
ComissaodaverdadeComissaodaverdade
Comissaodaverdade
aulasdejornalismo
 

Semelhante a Redemocratização: esperanças e decepções... (20)

Período Sarney - 3M2
Período Sarney - 3M2Período Sarney - 3M2
Período Sarney - 3M2
 
Período Sarney - 3M2
Período Sarney - 3M2Período Sarney - 3M2
Período Sarney - 3M2
 
Período Sarney - 3M2 - G4
Período Sarney - 3M2 - G4Período Sarney - 3M2 - G4
Período Sarney - 3M2 - G4
 
O Período Sarney
O Período Sarney O Período Sarney
O Período Sarney
 
O governo sarney slide
O governo sarney  slideO governo sarney  slide
O governo sarney slide
 
O governo sarney slide
O governo sarney  slideO governo sarney  slide
O governo sarney slide
 
Periodo Sarney
Periodo Sarney Periodo Sarney
Periodo Sarney
 
Governo sarney
Governo sarneyGoverno sarney
Governo sarney
 
Brasil 1985 até itamar
Brasil    1985 até itamarBrasil    1985 até itamar
Brasil 1985 até itamar
 
O brasil pós vargas
O brasil pós vargasO brasil pós vargas
O brasil pós vargas
 
Brasil 1985 até itamar
Brasil    1985 até itamarBrasil    1985 até itamar
Brasil 1985 até itamar
 
Brasil RepúBlica Iv
Brasil RepúBlica IvBrasil RepúBlica Iv
Brasil RepúBlica Iv
 
Redemocratização e neoliberalismo
Redemocratização e  neoliberalismoRedemocratização e  neoliberalismo
Redemocratização e neoliberalismo
 
Redemocratização do brasil 1970-1980
Redemocratização do brasil  1970-1980Redemocratização do brasil  1970-1980
Redemocratização do brasil 1970-1980
 
A Nova República - 1985 aos dias atuais
A Nova República - 1985 aos dias atuaisA Nova República - 1985 aos dias atuais
A Nova República - 1985 aos dias atuais
 
O período sarney
O período sarneyO período sarney
O período sarney
 
PSDB - A história, o presente e o futuro.
PSDB - A história, o presente e o futuro.PSDB - A história, o presente e o futuro.
PSDB - A história, o presente e o futuro.
 
Psdb
PsdbPsdb
Psdb
 
O Governo Sarney (1885 1990)
O Governo Sarney (1885 1990)O Governo Sarney (1885 1990)
O Governo Sarney (1885 1990)
 
Comissaodaverdade
ComissaodaverdadeComissaodaverdade
Comissaodaverdade
 

Mais de Glasiely Virgílio Silva

Flash car ds ditaduta
Flash car ds ditadutaFlash car ds ditaduta
Flash car ds ditaduta
Glasiely Virgílio Silva
 
Flashcards as grandes navegações
Flashcards as grandes navegaçõesFlashcards as grandes navegações
Flashcards as grandes navegações
Glasiely Virgílio Silva
 
Duas décadas de mudanças e permanências
Duas décadas de mudanças e permanênciasDuas décadas de mudanças e permanências
Duas décadas de mudanças e permanências
Glasiely Virgílio Silva
 
Os anos rebeldes
Os anos rebeldesOs anos rebeldes
Os anos rebeldes
Glasiely Virgílio Silva
 
Grandes Navegações
Grandes NavegaçõesGrandes Navegações
Grandes Navegações
Glasiely Virgílio Silva
 
Reforma protestante
Reforma protestanteReforma protestante
Reforma protestante
Glasiely Virgílio Silva
 
Encontro entre culturas
Encontro entre culturasEncontro entre culturas
Encontro entre culturas
Glasiely Virgílio Silva
 
Formaodasmonarquiasnacionais
FormaodasmonarquiasnacionaisFormaodasmonarquiasnacionais
Formaodasmonarquiasnacionais
Glasiely Virgílio Silva
 
Um mundo dividido, um país dividido
Um mundo dividido, um país divididoUm mundo dividido, um país dividido
Um mundo dividido, um país dividido
Glasiely Virgílio Silva
 
Brasil em-busca
Brasil em-buscaBrasil em-busca
Brasil em-busca
Glasiely Virgílio Silva
 
Brasil em busca de mudança
Brasil em busca de mudançaBrasil em busca de mudança
Brasil em busca de mudança
Glasiely Virgílio Silva
 
A Era Vargas
A Era VargasA Era Vargas

Mais de Glasiely Virgílio Silva (12)

Flash car ds ditaduta
Flash car ds ditadutaFlash car ds ditaduta
Flash car ds ditaduta
 
Flashcards as grandes navegações
Flashcards as grandes navegaçõesFlashcards as grandes navegações
Flashcards as grandes navegações
 
Duas décadas de mudanças e permanências
Duas décadas de mudanças e permanênciasDuas décadas de mudanças e permanências
Duas décadas de mudanças e permanências
 
Os anos rebeldes
Os anos rebeldesOs anos rebeldes
Os anos rebeldes
 
Grandes Navegações
Grandes NavegaçõesGrandes Navegações
Grandes Navegações
 
Reforma protestante
Reforma protestanteReforma protestante
Reforma protestante
 
Encontro entre culturas
Encontro entre culturasEncontro entre culturas
Encontro entre culturas
 
Formaodasmonarquiasnacionais
FormaodasmonarquiasnacionaisFormaodasmonarquiasnacionais
Formaodasmonarquiasnacionais
 
Um mundo dividido, um país dividido
Um mundo dividido, um país divididoUm mundo dividido, um país dividido
Um mundo dividido, um país dividido
 
Brasil em-busca
Brasil em-buscaBrasil em-busca
Brasil em-busca
 
Brasil em busca de mudança
Brasil em busca de mudançaBrasil em busca de mudança
Brasil em busca de mudança
 
A Era Vargas
A Era VargasA Era Vargas
A Era Vargas
 

Último

Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
VictorEmanoel37
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Luzia Gabriele
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CristviaFerreira
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
FLAVIOROBERTOGOUVEA
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 

Redemocratização: esperanças e decepções...

  • 2.  Movimento pelo restabelecimento das eleições diretas para presidente  Campanha organizada em apoio a emenda Dante de Oliveira e que se aprovada por 2/3 dos parlamentares possibilitaria eleições diretas.  O que aconteceu?  Os militares reagiram com a repressão ao movimento e tacharam seus integrantes de “comunistas”
  • 3.  A emenda não foi aprovada, pois faltou 22 votos para atingir 2/3 e mais uma vez o presidente seria eleito de forma indireta pelo colégio eleitoral  Com a abertura surgiram novos partidos:  O partido que apoiava o governo a ARENA passou a se chamar PSD liderado por José Sarney e os dissidentes deste formaram o PFL (partido da Frente Liberal) atual DEMOCRATAS - DEM
  • 4.  MDB --- PMDB e PSDB  PDT  PTB  PT  PP, liderado por Tancredo Neves a legenda deixa de existir e é incorporada ao PMDB  Partidos de esquerda tradicional PCB e o PC do B (ilegais até 1985)
  • 5.  Derruba a emenda Dante de Oliveira, surgiram estratégias e acordos para vencer as eleições indiretas no Colégio eleitoral.  PSD lança Paulo Maluf – polêmico e autoritário  PMDB lança seu candidato: Tancredo Neves e seu vice José Sarney do PSD (se une forma a Aliança Democrática)  15/01/1985 Tancredo vence as eleições era o fim de 21 anos de Ditadura Militar.
  • 6.  Mikhail Gorbatchev – secretário geral da URSS implanta as reformas políticas GLASNOST e econômicas PERESTROIKA.  Estabelece boas relações com países capitalistas e ameniza as hostilidades entre os blocos  O comunismo torna-se menos assustador  Atividade 1 – pág. 101
  • 7.  Tancredo Neves adoece e morre, seu vice José Sarney torna-se o novo presidente, um civil que se identifica com a Ditadura Militar.  Contrariando as desconfianças tomou uma série de medidas que visavam a redemocratização:  * Assegurou a liberdade de expressão  * Pôs fim a censura  * Legalizou os partidos políticos Também cometeu atos de violência e repressão a exemplo da greve da Cia de Volta Redonda onde 3 operários morreram e em 1988 Chico Mendes é assassinado no Acre.
  • 8.  Em 1986 a inflação e a crise econômica se intensificaram, o governo Sarney lança o PLANO CRUZADO –  implantou-se nova moeda, congelou os salários e as taxas de juros diminuíram  Os problemas: Inflação baixa aumenta o consumo e a produção não e em 1988 a inflação explode o governo lança um novo plano o PLANO VERÃO e cria outra moeda o CRUZADO NOVO, mas esta medida também não obteve sucesso.
  • 9.  Para consolidar a redemocratização era necessário elaborar uma constituição estabelecendo novos termos. (20 meses)  Deputados e senadores progressistas e conservadores travaram uma luta ferrenha e redigiram a CARTA MAGNA  Atividade 2 págs. 102 e 103
  • 10.  Atividade 3 pág. 104
  • 11.  O governo Sarney terminou com o descontrole inflacionário, crise econômica e a opinião geral de um presidente fraco e incapaz.  Nas eleições presidenciais de 1989, os candidatos mais votados eram críticos ao governo.  Dos 21 candidatos, dois se destacaram na campanha:- Fernando Collor de Mello  - Luís Inácio Lula da Silva
  • 12.  Collor fora nomeado prefeito de Maceió pelos militares na década de 1970 e elege-se deputado federal pelo PSD em 1982 e em 1986 governador de Alagoas iniciando uma administração polêmica  Candidato pelo partido da Renovação Nacional – PRN e ganhou fama por apresentar-se como “caçador de marajás”  Candidato pelo PT apresentava-se como defensor de propostas socialistas foi metalúrgico e líder sindical em plena ditadura, concorreu as eleições para governador de SP em 1984 e perdeu para Franco Montoro.  Lula sofreu um certo preconceito e Collor era beneficiado em 1987 com reportagens e programas de TV
  • 13.  De 1960 à 1989 a propaganda eleitoral mudou muito com novas estratégias, além do horário eleitoral gratuito.  As vésperas da eleição o Jornal Nacional da rede globo apresentou o debate entre os dois candidatos, que deu margem para a vitória de Collor  Relatório do ex editor da Veja – pág. 106
  • 14.  PLANO COLLOR: Troca de moeda o cruzado novo foi substituído pelo CRUZEIRO  Congelamento de preços  Bloqueio dos recursos das cadernetas de poupança  Demissão de funcionários públicos, fechamento de ministérios e órgãos do governo e determinou corte de gastos Essas medidas não foram suficientes para controlar a inflação que após uma queda ela voltou a subir em 1992, perdeu a popularidade e surgiu indícios de corrupção.
  • 15.  Em 1992 houve a exigência de apuração das denuncias de corrupção culminando na criação do movimento pela ética na política  Congresso Nacional instaurou uma comissão Parlamentar de Inquérito para apurar as denuncias, gerando o Impeachment onde o presidente é impedido de governar.  Collor renuncia antes da conclusão da CPI e pela 1ª vez na História um presidente é afastado do cargo sem que houvesse um golpe de Estado ou rebelião militar Atividade 4 – pág. 109
  • 17.  Durante a ditadura os governantes mandavam e após 1985 a população brasileira pode voltar a ter uma participação política  As denúncias de corrupção se tornaram frequentes da democracia o que na ditadura não acontecia  NOSSA FUNÇÃO É PARTICIPAR DA VIDA POLÍTICA COM RESPONSABILIDADE.  Em casa 111 e 112