SlideShare uma empresa Scribd logo
1
Reunião APIMEC
Apresentação: Gerson Pedro Berti
Diretor de Econômico Financeiro e de
Relações com Investidores
2
Aviso Importante
As informações contidas nesta apresentação poderão incluir declarações que representem
expectativas sobre os negócios da companhia, projeções e metas operacionais e
financeiras. Eventuais declarações dessa natureza, constituem-se em meras previsões
baseadas nas expectativas da administração em relação ao futuro da companhia.
Estas expectativas são altamente dependentes das condições do mercado, do desempenho
econômico geral do país, do setor, e dos mercados internacionais, estando sujeitas a
mudanças. Portando, as mesmas não devem ser entendidas como recomendação a
potenciais investidores.
Cabe ressaltar ainda que as estimativas e projeções referem-se apenas à data em que
foram expressas, sendo que a companhia não assume a obrigação de atualizar
publicamente ou revisar quaisquer dessas estimativas em razão da ocorrência de nova
informação, eventos futuros ou de quaisquer outros fatores, ressalvada a regulamentação
vigente a que nos submetemos, em especial às Instruções CVM 202 e 358.
Dessa forma, nenhum dos representantes da companhia, assessores ou partes
relacionadas poderá ser responsabilizado por qualquer decisão decorrente da utilização do
conteúdo desta apresentação.
3
► A Celesc
► Desempenho Operacional
► Desempenho Econômico-Financeiro
► Posição de Financiamentos e Investimentos
► Mercado de Capitais
Indice
4
A Celesc
5
A Companhia
► É a 6a maior distribuidora em termos
de GWh vendidos em 2005
► Controlada pelo Governo do Estado de
Santa Catarina com 50.2% das ações
ordinárias.
► Responde por 98% da demanda de
energia elétrica no Estado
► Mais de 2,0 milhões de clientes (dos
quais 1,6 milhão são residenciais)
► Entre as distribuidoras de energia elétrica
com menor índice de perdas.
6
Linha do Tempo
• Criação das diretorias comercial e jurídico institucional
• Criação do departamento de RI
• Grupamento da ações na proporção de 20:1
• Venda de ativos
• Desverticalização e criação da Celesc holding
• Contratação de consultoria de RI - FIRB
• Listagem no Índice de Sustentabilidade da Bovespa
• Venda da participação na MAESA
• Aprovação para estudo da aquisição de parte da SCGAS
Abertura de capital na Bovespa
Emissão de US$ 50 milhões de
commercial papers
Adesão ao Nivel 2 de
Governança Corporativa
Adesão ao Índice de Energia Elétrica
e emissão de ADR Nivel 1
Criação da Celesc1955
1973
1998
2002
1996
2006
7
CELESC
(Santa
Catarina)
Área de Concessão
Cobertura da Celesc
Celesc
13.701
Brasil
239.234
Energia Vendida
(GWh)
Celesc
95.433
Brasil
8.514.876
Área
em Km2
Brasil
184.184.264 hab.
Est. Santa Catarina
5.866.590 hab.
População
(Jul/05)
Dados Gerais
121.254 kmExtensão de redes de distribuição
12Número de usinas
4.134Número de empregados
2.060.211Número de clientes
91,79% da área do
Estado de SC
Área de concessão da Celesc
257No
de Municípios
A Celesc (Set/2006)
8
A Celesc está em fase de conclusão do processo de desverticalização de suas
atividades de geração e distribuição.
A partir de 02/out/06, essas atividades passaram a ser desenvolvidas por duas novas
subsidiárias integrais Celesc Geração S.A. e Celesc Distribuição S.A.
Estrutura Organizacional
MAESA
ECTE
CASAN
D. Francisca
Energia PCH
Outros
Cubatão
100% 100%
20,00%
14,63%
19,30%
20,00%
23,03%
HOLDING
40,00%
(*) Venda da MAESA em 01 de dezembro de 2006.
9
Desempenho Operacional
10
1.967
1.981
1.998
2.015
2.032
2.046
2.060
1T05
2T05
3T05
4T05
1T06
2T06
3T06
Número de Consumidores (mil)
O número de consumidores da Celesc vem apresentando
crescimento consistente ao longo dos últimos anos.
+ 45 mil
+ 48 mil
Números de Consumidores
Residencial
77%
Industrial
3%
Comercial
8%
Rural
11%
Outros
1%
Distribuição dos Consumidores por Classe
11
Número de Funcionários
3.593 3.561 3.640 3.590 3.728
4.015 4.134
1T05
2T05
3T05
4T05
1T06
2T06
3T06
Número de Funcionários em Set/2006
13,6%13,6%
Programa de Exclusões do PDVI
120
746180
211
146
789785
5
125
210
307
385
531
742
822
883
957
2003/05
2006
2007
2008
2009
2010
2011
2012
2013
2014
Exclusões do PDVI
Acumulado
12
Vendas Trimestrais e Distribuição por Classe
Residencial
26%
Comercial
16%
Industrial
37%
Rural
12%
Outros
9%
9M06: 10.047 Gwh
Vendas por Classe (%)
(*) Outros: Suprimento de energia e consumo próprio
Vendas Trimestrais (GWh)
3.596
3.592
3.422
3.307
3.529
3.301
3.217
1T05
2T05
3T05
4T05
1T06
2T06
3T06
13
Venda de Energia em GWh
14.030 13.917
10.610
10.047
13.430 13.71213.605
2003 2004 2005 9M05 9M06 2006(P) 2007(P)
- 5,3%
Energia Vendida (2003 – 2007E) - GWh
+ 2,1%
(P) Previsão
14
158,64
248,29
295,79
198,83
276,71
324,72
233,18
280,34
341,33
Industrial
Comercial
Residencial
2004 2005 9M06
Preço Médio do MWh em Reais (Liquida de ICMS)
Evolução da Tarifa Média (R$/MWh)
15
No 3T06 os indicadores de eficiência melhoraram em relação a 2005, refletindo:
• Investimentos realizados em subestações, alimentadores e limpezas de faixas;
• Melhores condições climáticas na região.
Indicadores de Eficiência
3,79
3,4
4,32
4,81 4,85
2,62
3,29
1T05 2T05 3T05 4T05 1T06 2T06 3T06
DEC - Duração Equivalente de Interrupções
por consumidor (horas ponderadas)
3,45
2,83 2,92
3,65 3,65
2,09
2,66
1T05 2T05 3T05 4T05 1T06 2T06 3T06
FEC - Freqüência Equivalente de
Interrupções por Consumidor
16
Os indicadores de produtividade mostraram redução nos dois últimos trimestres.
Indicadores de Produtividade
1.000 1.008
940 920 946
822 778
1T05 2T05 3T05 4T05 1T06 2T06 3T06
MWh Vendido/Empregado
547 556 549 561 545
510 498
1T05 2T05 3T05 4T05 1T06 2T06 3T06
Número de Consumidores/Empregado
17
Índice de Perdas (2003 a Set/2006)
6,9
7,7 7,9
9,0
2003 2004 2005 set/06
Índice de Perdas de Energia (%)
A Celesc registra o
terceiro menor índice de
perda de energia no setor.
18
Desempenho Econômico-Financeiro
19
696 698
830
770 818 777 828
2.224
2.423
1T05 2T05 3T05 4T05 1T06 2T06 3T06 9M05 9M06
Evolução da Receita Líquida (R$ mil)
Crescimento de 8,9% na receita líquida em 9 meses.
69% da receita bruta estão concentrados nos segmentos industrial e residencial.
Receita Operacional Líquida
+ 8,9%+ 8,9% Residencial
35%
Comercial
18%
Industrial
34%
Rural
7%
Outros
6%
Receita por Classe (%)
20
Receita Gerada pela TUSD (R$ mil)
12.889
33.023
77.795
98.829
2003 2004 2005 9M06
A receita gerada pela TUSD (Tarifa de Uso do Sistema de Distribuição de
Energia Elétrica) aumentou de R$ 13 milhões em 2003 para R$ 99
milhões no acumulado de 9 meses de 2006.
21
EBITDA e Resultado Líquido
23
47
76
62 55
67 70
146
192
0
50
100
150
200
250
1T05 2T05 3T05 4T05 1T06 2T06 3T06 9M05 9M06
55
102
205
131
109
122
131
8%
15%
17%
13%
16% 16%
25%
1T05 2T05 3T05 4T05 1T06 2T06 3T06
EBITDA Margem EBITDA
+ 32%
EBITDA em R$ milhões e Margem EBITDA (%) Resultado Líquido (R$ milhões)
+ 32%+ 32%
22
Demonstrativo do Cálculo do EBITDA
Cálculo do EBITDA antes e após as Provisões
16,3%14,9%24,7%15,8%Margem EBITDA
362362205131EBITDA
2.2242.423830828Receita Operacional Líquida
14,4%11,7%22,0%10,7%Margem EBITDA
(1.020)(1.037)(365)(342)Deduções
3.2443.4591.1951.170Receita Operacional Bruta
71742425Depreciação/Amortização
25020915963Resultado do Serviço
(1.975)(2.214)(672)(765)Despesas Operacionais
41792242Provisões
32128218388EBITDA antes das Provisões
9M059M063T053T06R$ milhões
23
Posição de Financiamentos e Investimentos
24
Posição de Financiamentos (R$ mil)
--100,0%0,5%53,9%45,7%Partic. s/ o Total
(8)192.625177.26080895.52080.932TOTAL
(4)89.12885.99280861.89323.291CELOS
(19)70.29556.728-5.00051.728BNDES
433.20234.540-28.6275.913Eletrobrás
Var. %Total
Jun/06
Total
Set/06
Encargos
de Dívida
Longo
Prazo
Curto
Prazo
Composição da Dívida em Setembro de 2006
10.462
31.845
28.271
15.085
9.857
2007 2008 2009 2010 Após 2010
Vencimento das Parcelas de Longo Prazo (R$ mil)
95.52095.520
25
Programa de Investimentos (R$ mil)
28
74
79
69
75
70
88
1T05 2T05 3T05 4T05 1T06 2T06 3T06
2005 = R$ 250 MM 9M06: R$ 233 MM
29181.135233.407Total
789.09115.986Inst. Gerais
27171.587217.125Distribuição
(35)457296Geração
Var. %9M059M06Em R$ mil
Distribuição dos Investimentos
Até setembro de 2006 os investimentos da Celesc totalizaram R$ 233 milhões, 93%
concentrados na área de distribuição.
26
Mercado de Capitais
27
100,00
56.30
3,45
40,25
Porcent.
38.571.591
21.715.381
1.329.073
15.527.137
Base AtualQuant.
26.581.454Ações Preferenciais PNA
434.307.627Ações Preferenciais PNB
771.431.815Total
310.542.734Ações Ordinárias
Estado de
Santa
Catarina
50,2%
Previ
12,6%
Invesc
29,3%
Outros
2,6%
Fundação
Celos
5,3%
Ações Ordinárias
Obs: Na AGE de 29/09/06, foi aprovado
o grupamento das ações na proporção
de 20:1.
Posição Acionária Atual
Ações Preferenciais
Invesc
2,7%
Eletrobrás
18,0%
Previ
4,6%
Bndespar
6,8%
Invest.
Estrang.
11,1%
Fund.
Celos
1,1%
Outros
55,7%
Free Float: 63,3%
28
Ação Preferencial (CLSC6) versus Ibovespa e IEE (Base: 100) - Cot. em Reais
40
60
80
100
120
140
160
180
200
220
240
dez/04
jan/05
fev/05
mar/05
abr/05
mai/05
jun/05
jul/05
ago/05
set/05
out/05
nov/05
dez/05
jan/06
fev/06
mar/06
abr/06
mai/06
jun/06
jul/06
ago/06
set/06
out/06
nov/06
CLSC6
IEE
Ibovespa
81%
70%
60%
No período de dezembro de 2004 a setembro de 2006, as ações PNB da Celesc
registraram valorização de 22,5% contra 9,0% do Índice Bovespa e 20,5% do IEE.
Desempenho da Ação
CLSC6: 24,3%
IBOVESPA: 25,3%
IEE: 29,6%
De Jan/06 até Nov/06
29
Até setembro de 2006 a Celesc já distribuiu R$ 99 milhões aos seus acionistas sob a
forma e dividendos e JCP com um dividend yield de 10%.
Remuneração ao Acionista
2
0
0
6
2
0
0
5
2
0
0
4
0,054326
0,011977
0,067277
0,133579
1,40
10%
40.375
8.900
50.000
99.275
16/01/06
26/06/06
29/09/06
RCA
AGO/E
RCA
31/10/2005 (*)
27/04/06
31/08/06
Total
Cotação inicial
Dividend Yield
0,000310
0,063913
0,04222
1,02
6%
230
47.500
47.730
28/06/05
28/06/05
AGO/E
RCA
15/12/2004 (*)
15/12/2004 (*)
Total
Cotação inicial
Dividend Yield
0,037675
0,73
5%
28.00028/05/04RCA10/12/2003 (*)
Cotação inicial
Dividend Yield
Valor por Ação
(R$)
Valor Total
R$ mil
Início do
Pagamento
TipoData de Aprovação
(*) Registrado contabilmente no exercício anterior.
30
Indicadores
Valor de Mercado em 30/09/06 R$ 1,2 bilhão US$ 565 milhões
Dívida Líquida/EBITDA (12 m) 0,2x
Valor da Empresa/EBITDA (12m) 2,6x
Cotação/VPA 1,1x
A Celesc opera com baixo nível de endividamento e possui atualmente
uma relação VE/Ebitda bem inferior à média dos principais peers.
31
Administração
32
• MIGUEL XIMENES DE MELO FILHO Diretor Presidente
• GERSON PEDRO BERTI Diretor Econômico-Financeiro e RI
• JOSÉ AFFONSO DA SILVA JARDIM Diretor de Gestão Corporativa
• EDUARDO CARVALHO SITÔNIO Diretor Técnico
• OTÁVIO ACÁCIO ROSA Diretor Jurídico e Institucional
• CARLOS ALBERTO MARTINS Diretor Comercial
GERENTE DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES
Aldo Roberto Schuhmacher
Phone.: (55 48) 3231 5100
Fax.: (55 48) 3231 6129
e-mail: aldors@celesc.com.br
Diretoria Executiva da Celesc
33
1- Representantes do Acionista Majoritário
Miguel Ximenes de Melo Filho
Içuriti Pereira da Silva
Ivo Carminati
2 - Independentes
Adelcio Machado dos Santos
Wadico Bucchi
Alaor Francisco dos Santos
Herbert Steinberg
3 - Representante de Acionistas Minoritários
Ricardo Moritz
FranciscoTeixeira Nobre
João Fernandes Moraes
4 - Representante dos Consumidores
Adermo Francisco Crispim
Glauco José Côrte
5 - Representante dos Empregados
Arno Veiga Cugnier
Conselho de Administração Conselho Fiscal
1 – Jurandir Sell Macedo Junior – independente
2 – Ronaldo Baungartem Junior
3 – Célio Goulart
4 – Humberto Dalsasso – minoritário ON
5 – Ricardo Campos Marques – minoritário PN
Conselho de Administração e Fiscal
34
CENTRAIS ELÉTRICAS DE
SANTA CATARINA S.A.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentação dos Resultados do 1T07
Apresentação dos Resultados do 1T07Apresentação dos Resultados do 1T07
Apresentação dos Resultados do 1T07
Celesc
 
Apresentação dos Resultados do 3T07
Apresentação dos Resultados do 3T07Apresentação dos Resultados do 3T07
Apresentação dos Resultados do 3T07
Celesc
 
Apimec 2014
Apimec 2014Apimec 2014
Apimec 2014
Cteep_ri
 
Apresentac¸a~o de resultados 3 t14 vfinal
Apresentac¸a~o de resultados 3 t14 vfinalApresentac¸a~o de resultados 3 t14 vfinal
Apresentac¸a~o de resultados 3 t14 vfinal
CPFL RI
 
Apresentação 3T13
Apresentação 3T13Apresentação 3T13
Apresentação 3T13
Cteep_ri
 
Apresentação de resultados 4 t14 vfinal
Apresentação de resultados 4 t14 vfinalApresentação de resultados 4 t14 vfinal
Apresentação de resultados 4 t14 vfinal
CPFL RI
 
Apresentação_2013
Apresentação_2013Apresentação_2013
Apresentação_2013
Cteep_ri
 
Apresentacão de resultados 2T14
Apresentacão de resultados 2T14Apresentacão de resultados 2T14
Apresentacão de resultados 2T14
ersa_ri
 
Apresentação de resultados 1T14
Apresentação de resultados 1T14Apresentação de resultados 1T14
Apresentação de resultados 1T14
ersa_ri
 
2011 03-28 cteep-apresentacao_4_t10
2011 03-28 cteep-apresentacao_4_t102011 03-28 cteep-apresentacao_4_t10
2011 03-28 cteep-apresentacao_4_t10
Cteep_ri
 
Apresentação dos Resultados do 3T10
Apresentação dos Resultados do 3T10Apresentação dos Resultados do 3T10
Apresentação dos Resultados do 3T10
Celesc
 
Apresentação dos Resultados do 1T08
Apresentação dos Resultados do 1T08Apresentação dos Resultados do 1T08
Apresentação dos Resultados do 1T08
Celesc
 
Apresentação de resultados portugues final2_t13
Apresentação de resultados portugues final2_t13Apresentação de resultados portugues final2_t13
Apresentação de resultados portugues final2_t13
cesarkomoti
 
Webcast 2 t12 port
Webcast 2 t12 portWebcast 2 t12 port
Webcast 2 t12 port
EquatorialRI
 
O BNDES como Instrumento de Desenvolvimento Sustentável da Economia
O BNDES como Instrumento de Desenvolvimento Sustentável da EconomiaO BNDES como Instrumento de Desenvolvimento Sustentável da Economia
O BNDES como Instrumento de Desenvolvimento Sustentável da Economia
IBEF-ES
 
Apresentação de Resultados do 1T15
Apresentação de Resultados do 1T15Apresentação de Resultados do 1T15
Apresentação de Resultados do 1T15
AluparRI
 
Apresentação reunião pública – resultados do 4 t09 2010
Apresentação reunião pública – resultados do 4 t09 2010Apresentação reunião pública – resultados do 4 t09 2010
Apresentação reunião pública – resultados do 4 t09 2010
CCR Relações com Investidores
 
Apresentação dos Resultados do 1T09
Apresentação dos Resultados do 1T09Apresentação dos Resultados do 1T09
Apresentação dos Resultados do 1T09
Celesc
 
Apresentação a Investidores - BTG Utilities Day
Apresentação a Investidores - BTG Utilities DayApresentação a Investidores - BTG Utilities Day
Apresentação a Investidores - BTG Utilities Day
Celesc
 
Apresentação de Resultados do 2T13
Apresentação de Resultados do 2T13Apresentação de Resultados do 2T13
Apresentação de Resultados do 2T13
AluparRI
 

Mais procurados (20)

Apresentação dos Resultados do 1T07
Apresentação dos Resultados do 1T07Apresentação dos Resultados do 1T07
Apresentação dos Resultados do 1T07
 
Apresentação dos Resultados do 3T07
Apresentação dos Resultados do 3T07Apresentação dos Resultados do 3T07
Apresentação dos Resultados do 3T07
 
Apimec 2014
Apimec 2014Apimec 2014
Apimec 2014
 
Apresentac¸a~o de resultados 3 t14 vfinal
Apresentac¸a~o de resultados 3 t14 vfinalApresentac¸a~o de resultados 3 t14 vfinal
Apresentac¸a~o de resultados 3 t14 vfinal
 
Apresentação 3T13
Apresentação 3T13Apresentação 3T13
Apresentação 3T13
 
Apresentação de resultados 4 t14 vfinal
Apresentação de resultados 4 t14 vfinalApresentação de resultados 4 t14 vfinal
Apresentação de resultados 4 t14 vfinal
 
Apresentação_2013
Apresentação_2013Apresentação_2013
Apresentação_2013
 
Apresentacão de resultados 2T14
Apresentacão de resultados 2T14Apresentacão de resultados 2T14
Apresentacão de resultados 2T14
 
Apresentação de resultados 1T14
Apresentação de resultados 1T14Apresentação de resultados 1T14
Apresentação de resultados 1T14
 
2011 03-28 cteep-apresentacao_4_t10
2011 03-28 cteep-apresentacao_4_t102011 03-28 cteep-apresentacao_4_t10
2011 03-28 cteep-apresentacao_4_t10
 
Apresentação dos Resultados do 3T10
Apresentação dos Resultados do 3T10Apresentação dos Resultados do 3T10
Apresentação dos Resultados do 3T10
 
Apresentação dos Resultados do 1T08
Apresentação dos Resultados do 1T08Apresentação dos Resultados do 1T08
Apresentação dos Resultados do 1T08
 
Apresentação de resultados portugues final2_t13
Apresentação de resultados portugues final2_t13Apresentação de resultados portugues final2_t13
Apresentação de resultados portugues final2_t13
 
Webcast 2 t12 port
Webcast 2 t12 portWebcast 2 t12 port
Webcast 2 t12 port
 
O BNDES como Instrumento de Desenvolvimento Sustentável da Economia
O BNDES como Instrumento de Desenvolvimento Sustentável da EconomiaO BNDES como Instrumento de Desenvolvimento Sustentável da Economia
O BNDES como Instrumento de Desenvolvimento Sustentável da Economia
 
Apresentação de Resultados do 1T15
Apresentação de Resultados do 1T15Apresentação de Resultados do 1T15
Apresentação de Resultados do 1T15
 
Apresentação reunião pública – resultados do 4 t09 2010
Apresentação reunião pública – resultados do 4 t09 2010Apresentação reunião pública – resultados do 4 t09 2010
Apresentação reunião pública – resultados do 4 t09 2010
 
Apresentação dos Resultados do 1T09
Apresentação dos Resultados do 1T09Apresentação dos Resultados do 1T09
Apresentação dos Resultados do 1T09
 
Apresentação a Investidores - BTG Utilities Day
Apresentação a Investidores - BTG Utilities DayApresentação a Investidores - BTG Utilities Day
Apresentação a Investidores - BTG Utilities Day
 
Apresentação de Resultados do 2T13
Apresentação de Resultados do 2T13Apresentação de Resultados do 2T13
Apresentação de Resultados do 2T13
 

Destaque

Magazine research
Magazine research Magazine research
Magazine research
Hannah Patrick
 
Usulan pengembangan website kimbo 2013
Usulan pengembangan website kimbo 2013Usulan pengembangan website kimbo 2013
Usulan pengembangan website kimbo 2013
Frizzastudio Jakarta
 
Colorado Computer Centers: Bridging Colorado's Great Digital Divide
Colorado Computer Centers: Bridging Colorado's Great Digital DivideColorado Computer Centers: Bridging Colorado's Great Digital Divide
Colorado Computer Centers: Bridging Colorado's Great Digital Divide
library_research_service
 
Como insertar un power point en blogger
Como insertar un power point en bloggerComo insertar un power point en blogger
Como insertar un power point en blogger
Nicolas Ignacio
 
Materi 4 english l
Materi 4 english lMateri 4 english l
Materi 4 english l
Javier Ramdhinov
 
台大交點Vol.1 - 李冠良 - photograph and me
台大交點Vol.1 - 李冠良 - photograph and me台大交點Vol.1 - 李冠良 - photograph and me
台大交點Vol.1 - 李冠良 - photograph and me交點
 
Celebra la vida 513.a
Celebra la vida 513.aCelebra la vida 513.a
Celebra la vida 513.a
OEAHOO
 
NMC Horizon Connect Webinar > A New Copyright Solution for Universities
NMC Horizon Connect Webinar > A New Copyright Solution for UniversitiesNMC Horizon Connect Webinar > A New Copyright Solution for Universities
NMC Horizon Connect Webinar > A New Copyright Solution for Universities
New Media Consortium
 
Life
LifeLife
Jhonn gonzales jervi
Jhonn gonzales jerviJhonn gonzales jervi
Jhonn gonzales jervi
Jhon Gonzales Bdb Jj
 
Inta happy
Inta happyInta happy
Inta happy
GabiRodrigues_
 
Aprendizaje colaborativo
Aprendizaje colaborativoAprendizaje colaborativo
Aprendizaje colaborativo
Maria Villar
 
Motivacion sandra puentes
Motivacion sandra puentesMotivacion sandra puentes
Motivacion sandra puentes
juanissandy
 
Website slideshow
Website slideshowWebsite slideshow
Website slideshowmemcdonough
 
Tsiog1148sort abc
Tsiog1148sort abcTsiog1148sort abc
Tsiog1148sort abcGWROY
 
Tsam0611sort abc
Tsam0611sort abcTsam0611sort abc
Tsam0611sort abcGWROY
 
Apresentação dos Resultados do 3T11
 Apresentação dos Resultados do 3T11 Apresentação dos Resultados do 3T11
Apresentação dos Resultados do 3T11
Celesc
 
04 Curso Intensivo - Marketing Digital y SEO para Community Managers
04 Curso Intensivo - Marketing Digital y SEO para Community Managers04 Curso Intensivo - Marketing Digital y SEO para Community Managers
04 Curso Intensivo - Marketing Digital y SEO para Community Managers
Interlat
 

Destaque (20)

Prec
PrecPrec
Prec
 
Magazine research
Magazine research Magazine research
Magazine research
 
Usulan pengembangan website kimbo 2013
Usulan pengembangan website kimbo 2013Usulan pengembangan website kimbo 2013
Usulan pengembangan website kimbo 2013
 
Colorado Computer Centers: Bridging Colorado's Great Digital Divide
Colorado Computer Centers: Bridging Colorado's Great Digital DivideColorado Computer Centers: Bridging Colorado's Great Digital Divide
Colorado Computer Centers: Bridging Colorado's Great Digital Divide
 
Como insertar un power point en blogger
Como insertar un power point en bloggerComo insertar un power point en blogger
Como insertar un power point en blogger
 
Materi 4 english l
Materi 4 english lMateri 4 english l
Materi 4 english l
 
台大交點Vol.1 - 李冠良 - photograph and me
台大交點Vol.1 - 李冠良 - photograph and me台大交點Vol.1 - 李冠良 - photograph and me
台大交點Vol.1 - 李冠良 - photograph and me
 
Celebra la vida 513.a
Celebra la vida 513.aCelebra la vida 513.a
Celebra la vida 513.a
 
NMC Horizon Connect Webinar > A New Copyright Solution for Universities
NMC Horizon Connect Webinar > A New Copyright Solution for UniversitiesNMC Horizon Connect Webinar > A New Copyright Solution for Universities
NMC Horizon Connect Webinar > A New Copyright Solution for Universities
 
Life
LifeLife
Life
 
Jhonn gonzales jervi
Jhonn gonzales jerviJhonn gonzales jervi
Jhonn gonzales jervi
 
Inta happy
Inta happyInta happy
Inta happy
 
Aprendizaje colaborativo
Aprendizaje colaborativoAprendizaje colaborativo
Aprendizaje colaborativo
 
Motivacion sandra puentes
Motivacion sandra puentesMotivacion sandra puentes
Motivacion sandra puentes
 
Website slideshow
Website slideshowWebsite slideshow
Website slideshow
 
Tsiog1148sort abc
Tsiog1148sort abcTsiog1148sort abc
Tsiog1148sort abc
 
Tsam0611sort abc
Tsam0611sort abcTsam0611sort abc
Tsam0611sort abc
 
Apresentação dos Resultados do 3T11
 Apresentação dos Resultados do 3T11 Apresentação dos Resultados do 3T11
Apresentação dos Resultados do 3T11
 
Ranking 500 mayores empresas fortuna - 1209
Ranking 500 mayores empresas   fortuna - 1209Ranking 500 mayores empresas   fortuna - 1209
Ranking 500 mayores empresas fortuna - 1209
 
04 Curso Intensivo - Marketing Digital y SEO para Community Managers
04 Curso Intensivo - Marketing Digital y SEO para Community Managers04 Curso Intensivo - Marketing Digital y SEO para Community Managers
04 Curso Intensivo - Marketing Digital y SEO para Community Managers
 

Semelhante a Apresentação dos Resultados do 3T06

Apresentação dos Resultados do 1T10
Apresentação dos Resultados do 1T10Apresentação dos Resultados do 1T10
Apresentação dos Resultados do 1T10
Celesc
 
Apresentação dos Resultados do 4T13
 Apresentação dos Resultados do 4T13 Apresentação dos Resultados do 4T13
Apresentação dos Resultados do 4T13
Celesc
 
Apresentação de Resultados 4T17/2017 - CPFL Energia
Apresentação de Resultados 4T17/2017 - CPFL EnergiaApresentação de Resultados 4T17/2017 - CPFL Energia
Apresentação de Resultados 4T17/2017 - CPFL Energia
CPFL RI
 
Apresentação dos Resultados do 1T12
Apresentação dos Resultados do 1T12Apresentação dos Resultados do 1T12
Apresentação dos Resultados do 1T12
Celesc
 
Apresentação de Resultados 3T17 - CPFL Energia
Apresentação de Resultados 3T17 - CPFL EnergiaApresentação de Resultados 3T17 - CPFL Energia
Apresentação de Resultados 3T17 - CPFL Energia
CPFL RI
 
Apresentação de Resultados 2T18 - CPFL Energia
Apresentação de Resultados 2T18 - CPFL EnergiaApresentação de Resultados 2T18 - CPFL Energia
Apresentação de Resultados 2T18 - CPFL Energia
CPFL RI
 
X Encontro com Investidores - CPFL Energia
X Encontro com Investidores - CPFL EnergiaX Encontro com Investidores - CPFL Energia
X Encontro com Investidores - CPFL Energia
CPFL RI
 
Apresentação de Resultados 3T13
Apresentação de Resultados 3T13Apresentação de Resultados 3T13
Apresentação de Resultados 3T13
CCR Relações com Investidores
 
Apresentação de Resultados 4T18/2018 - CPFL Energia
Apresentação de Resultados 4T18/2018 - CPFL EnergiaApresentação de Resultados 4T18/2018 - CPFL Energia
Apresentação de Resultados 4T18/2018 - CPFL Energia
CPFL RI
 
Apresentação dos Resultados do 3T12
 Apresentação dos Resultados do 3T12 Apresentação dos Resultados do 3T12
Apresentação dos Resultados do 3T12
Celesc
 
018376000101011 (5).pdf
018376000101011 (5).pdf018376000101011 (5).pdf
018376000101011 (5).pdf
Renandantas16
 
Apresentação dos Resultados do 2T12
 Apresentação dos Resultados do 2T12 Apresentação dos Resultados do 2T12
Apresentação dos Resultados do 2T12
Celesc
 
Apresentação de Resultados 3T16 - CPFL Energia
Apresentação de Resultados 3T16 - CPFL EnergiaApresentação de Resultados 3T16 - CPFL Energia
Apresentação de Resultados 3T16 - CPFL Energia
CPFL RI
 
Apresentação de Resultados 1T17 - CPFL Energia
Apresentação de Resultados 1T17 - CPFL EnergiaApresentação de Resultados 1T17 - CPFL Energia
Apresentação de Resultados 1T17 - CPFL Energia
CPFL RI
 
Apresentação Webcast CPFL Energia_2T14
Apresentação Webcast CPFL Energia_2T14Apresentação Webcast CPFL Energia_2T14
Apresentação Webcast CPFL Energia_2T14
CPFL RI
 
Alupar.pdf
Alupar.pdfAlupar.pdf
Alupar.pdf
Renandantas16
 
Apresentação dos Resultados do 4T12
Apresentação dos Resultados do 4T12Apresentação dos Resultados do 4T12
Apresentação dos Resultados do 4T12
Celesc
 
021490000101011.pdf
021490000101011.pdf021490000101011.pdf
021490000101011.pdf
Renandantas16
 
Expo Money SP (26 a 29-09-07)
Expo Money SP (26 a 29-09-07)Expo Money SP (26 a 29-09-07)
Expo Money SP (26 a 29-09-07)
CPFL RI
 
Institucional 2 q14 padrão 2014 port
Institucional 2 q14 padrão 2014   portInstitucional 2 q14 padrão 2014   port
Institucional 2 q14 padrão 2014 port
EquatorialRI
 

Semelhante a Apresentação dos Resultados do 3T06 (20)

Apresentação dos Resultados do 1T10
Apresentação dos Resultados do 1T10Apresentação dos Resultados do 1T10
Apresentação dos Resultados do 1T10
 
Apresentação dos Resultados do 4T13
 Apresentação dos Resultados do 4T13 Apresentação dos Resultados do 4T13
Apresentação dos Resultados do 4T13
 
Apresentação de Resultados 4T17/2017 - CPFL Energia
Apresentação de Resultados 4T17/2017 - CPFL EnergiaApresentação de Resultados 4T17/2017 - CPFL Energia
Apresentação de Resultados 4T17/2017 - CPFL Energia
 
Apresentação dos Resultados do 1T12
Apresentação dos Resultados do 1T12Apresentação dos Resultados do 1T12
Apresentação dos Resultados do 1T12
 
Apresentação de Resultados 3T17 - CPFL Energia
Apresentação de Resultados 3T17 - CPFL EnergiaApresentação de Resultados 3T17 - CPFL Energia
Apresentação de Resultados 3T17 - CPFL Energia
 
Apresentação de Resultados 2T18 - CPFL Energia
Apresentação de Resultados 2T18 - CPFL EnergiaApresentação de Resultados 2T18 - CPFL Energia
Apresentação de Resultados 2T18 - CPFL Energia
 
X Encontro com Investidores - CPFL Energia
X Encontro com Investidores - CPFL EnergiaX Encontro com Investidores - CPFL Energia
X Encontro com Investidores - CPFL Energia
 
Apresentação de Resultados 3T13
Apresentação de Resultados 3T13Apresentação de Resultados 3T13
Apresentação de Resultados 3T13
 
Apresentação de Resultados 4T18/2018 - CPFL Energia
Apresentação de Resultados 4T18/2018 - CPFL EnergiaApresentação de Resultados 4T18/2018 - CPFL Energia
Apresentação de Resultados 4T18/2018 - CPFL Energia
 
Apresentação dos Resultados do 3T12
 Apresentação dos Resultados do 3T12 Apresentação dos Resultados do 3T12
Apresentação dos Resultados do 3T12
 
018376000101011 (5).pdf
018376000101011 (5).pdf018376000101011 (5).pdf
018376000101011 (5).pdf
 
Apresentação dos Resultados do 2T12
 Apresentação dos Resultados do 2T12 Apresentação dos Resultados do 2T12
Apresentação dos Resultados do 2T12
 
Apresentação de Resultados 3T16 - CPFL Energia
Apresentação de Resultados 3T16 - CPFL EnergiaApresentação de Resultados 3T16 - CPFL Energia
Apresentação de Resultados 3T16 - CPFL Energia
 
Apresentação de Resultados 1T17 - CPFL Energia
Apresentação de Resultados 1T17 - CPFL EnergiaApresentação de Resultados 1T17 - CPFL Energia
Apresentação de Resultados 1T17 - CPFL Energia
 
Apresentação Webcast CPFL Energia_2T14
Apresentação Webcast CPFL Energia_2T14Apresentação Webcast CPFL Energia_2T14
Apresentação Webcast CPFL Energia_2T14
 
Alupar.pdf
Alupar.pdfAlupar.pdf
Alupar.pdf
 
Apresentação dos Resultados do 4T12
Apresentação dos Resultados do 4T12Apresentação dos Resultados do 4T12
Apresentação dos Resultados do 4T12
 
021490000101011.pdf
021490000101011.pdf021490000101011.pdf
021490000101011.pdf
 
Expo Money SP (26 a 29-09-07)
Expo Money SP (26 a 29-09-07)Expo Money SP (26 a 29-09-07)
Expo Money SP (26 a 29-09-07)
 
Institucional 2 q14 padrão 2014 port
Institucional 2 q14 padrão 2014   portInstitucional 2 q14 padrão 2014   port
Institucional 2 q14 padrão 2014 port
 

Mais de Celesc

Apresentação dos Resultados do 3T18
Apresentação dos Resultados do 3T18 	Apresentação dos Resultados do 3T18
Apresentação dos Resultados do 3T18
Celesc
 
Apresentação dos Resultados do 2T17
Apresentação dos Resultados do 2T17Apresentação dos Resultados do 2T17
Apresentação dos Resultados do 2T17
Celesc
 
Apresentacao 2T17
Apresentacao 2T17Apresentacao 2T17
Apresentacao 2T17
Celesc
 
Apresentação dos Resultados do 2T17
Apresentação dos Resultados do 2T17Apresentação dos Resultados do 2T17
Apresentação dos Resultados do 2T17
Celesc
 
Apresentação dos Resultados do 1T17
Apresentação dos Resultados do 1T17Apresentação dos Resultados do 1T17
Apresentação dos Resultados do 1T17
Celesc
 
Apresentação 4T16 - APIMEC SP
Apresentação 4T16 - APIMEC SPApresentação 4T16 - APIMEC SP
Apresentação 4T16 - APIMEC SP
Celesc
 
Apresentação dos Resultados do 3T16
Apresentação dos Resultados do 3T16Apresentação dos Resultados do 3T16
Apresentação dos Resultados do 3T16
Celesc
 
Apresentacao 2T16
Apresentacao 2T16Apresentacao 2T16
Apresentacao 2T16
Celesc
 
Apresentação 2T16
Apresentação 2T16Apresentação 2T16
Apresentação 2T16
Celesc
 
Apresentação 1T16
Apresentação 1T16Apresentação 1T16
Apresentação 1T16
Celesc
 
Apresentação 4T15
Apresentação 4T15Apresentação 4T15
Apresentação 4T15
Celesc
 
Apresentação 3T15
Apresentação 3T15Apresentação 3T15
Apresentação 3T15
Celesc
 
Apresentação dos Resultados do 2T15
Apresentação dos Resultados do 2T15Apresentação dos Resultados do 2T15
Apresentação dos Resultados do 2T15
Celesc
 
Apresentação dos Resultados do 1T15
Apresentação dos Resultados do 1T15Apresentação dos Resultados do 1T15
Apresentação dos Resultados do 1T15
Celesc
 
Apresentação dos Resultados do 4T14
Apresentação dos Resultados do 4T14Apresentação dos Resultados do 4T14
Apresentação dos Resultados do 4T14
Celesc
 
Apresentacao teleconferencia 3_t14-vfinal
Apresentacao teleconferencia 3_t14-vfinalApresentacao teleconferencia 3_t14-vfinal
Apresentacao teleconferencia 3_t14-vfinal
Celesc
 
Apresentação dos Resultados do 2T14
Apresentação dos Resultados do 2T14Apresentação dos Resultados do 2T14
Apresentação dos Resultados do 2T14
Celesc
 
Apresentação APIMEC DF
Apresentação APIMEC DFApresentação APIMEC DF
Apresentação APIMEC DF
Celesc
 
Apresentação dos Resultados do 1T14
Apresentação dos Resultados do 1T14Apresentação dos Resultados do 1T14
Apresentação dos Resultados do 1T14
Celesc
 
BTG Pactual - XV CEO Conference
BTG Pactual - XV CEO ConferenceBTG Pactual - XV CEO Conference
BTG Pactual - XV CEO Conference
Celesc
 

Mais de Celesc (20)

Apresentação dos Resultados do 3T18
Apresentação dos Resultados do 3T18 	Apresentação dos Resultados do 3T18
Apresentação dos Resultados do 3T18
 
Apresentação dos Resultados do 2T17
Apresentação dos Resultados do 2T17Apresentação dos Resultados do 2T17
Apresentação dos Resultados do 2T17
 
Apresentacao 2T17
Apresentacao 2T17Apresentacao 2T17
Apresentacao 2T17
 
Apresentação dos Resultados do 2T17
Apresentação dos Resultados do 2T17Apresentação dos Resultados do 2T17
Apresentação dos Resultados do 2T17
 
Apresentação dos Resultados do 1T17
Apresentação dos Resultados do 1T17Apresentação dos Resultados do 1T17
Apresentação dos Resultados do 1T17
 
Apresentação 4T16 - APIMEC SP
Apresentação 4T16 - APIMEC SPApresentação 4T16 - APIMEC SP
Apresentação 4T16 - APIMEC SP
 
Apresentação dos Resultados do 3T16
Apresentação dos Resultados do 3T16Apresentação dos Resultados do 3T16
Apresentação dos Resultados do 3T16
 
Apresentacao 2T16
Apresentacao 2T16Apresentacao 2T16
Apresentacao 2T16
 
Apresentação 2T16
Apresentação 2T16Apresentação 2T16
Apresentação 2T16
 
Apresentação 1T16
Apresentação 1T16Apresentação 1T16
Apresentação 1T16
 
Apresentação 4T15
Apresentação 4T15Apresentação 4T15
Apresentação 4T15
 
Apresentação 3T15
Apresentação 3T15Apresentação 3T15
Apresentação 3T15
 
Apresentação dos Resultados do 2T15
Apresentação dos Resultados do 2T15Apresentação dos Resultados do 2T15
Apresentação dos Resultados do 2T15
 
Apresentação dos Resultados do 1T15
Apresentação dos Resultados do 1T15Apresentação dos Resultados do 1T15
Apresentação dos Resultados do 1T15
 
Apresentação dos Resultados do 4T14
Apresentação dos Resultados do 4T14Apresentação dos Resultados do 4T14
Apresentação dos Resultados do 4T14
 
Apresentacao teleconferencia 3_t14-vfinal
Apresentacao teleconferencia 3_t14-vfinalApresentacao teleconferencia 3_t14-vfinal
Apresentacao teleconferencia 3_t14-vfinal
 
Apresentação dos Resultados do 2T14
Apresentação dos Resultados do 2T14Apresentação dos Resultados do 2T14
Apresentação dos Resultados do 2T14
 
Apresentação APIMEC DF
Apresentação APIMEC DFApresentação APIMEC DF
Apresentação APIMEC DF
 
Apresentação dos Resultados do 1T14
Apresentação dos Resultados do 1T14Apresentação dos Resultados do 1T14
Apresentação dos Resultados do 1T14
 
BTG Pactual - XV CEO Conference
BTG Pactual - XV CEO ConferenceBTG Pactual - XV CEO Conference
BTG Pactual - XV CEO Conference
 

Apresentação dos Resultados do 3T06

  • 1. 1 Reunião APIMEC Apresentação: Gerson Pedro Berti Diretor de Econômico Financeiro e de Relações com Investidores
  • 2. 2 Aviso Importante As informações contidas nesta apresentação poderão incluir declarações que representem expectativas sobre os negócios da companhia, projeções e metas operacionais e financeiras. Eventuais declarações dessa natureza, constituem-se em meras previsões baseadas nas expectativas da administração em relação ao futuro da companhia. Estas expectativas são altamente dependentes das condições do mercado, do desempenho econômico geral do país, do setor, e dos mercados internacionais, estando sujeitas a mudanças. Portando, as mesmas não devem ser entendidas como recomendação a potenciais investidores. Cabe ressaltar ainda que as estimativas e projeções referem-se apenas à data em que foram expressas, sendo que a companhia não assume a obrigação de atualizar publicamente ou revisar quaisquer dessas estimativas em razão da ocorrência de nova informação, eventos futuros ou de quaisquer outros fatores, ressalvada a regulamentação vigente a que nos submetemos, em especial às Instruções CVM 202 e 358. Dessa forma, nenhum dos representantes da companhia, assessores ou partes relacionadas poderá ser responsabilizado por qualquer decisão decorrente da utilização do conteúdo desta apresentação.
  • 3. 3 ► A Celesc ► Desempenho Operacional ► Desempenho Econômico-Financeiro ► Posição de Financiamentos e Investimentos ► Mercado de Capitais Indice
  • 5. 5 A Companhia ► É a 6a maior distribuidora em termos de GWh vendidos em 2005 ► Controlada pelo Governo do Estado de Santa Catarina com 50.2% das ações ordinárias. ► Responde por 98% da demanda de energia elétrica no Estado ► Mais de 2,0 milhões de clientes (dos quais 1,6 milhão são residenciais) ► Entre as distribuidoras de energia elétrica com menor índice de perdas.
  • 6. 6 Linha do Tempo • Criação das diretorias comercial e jurídico institucional • Criação do departamento de RI • Grupamento da ações na proporção de 20:1 • Venda de ativos • Desverticalização e criação da Celesc holding • Contratação de consultoria de RI - FIRB • Listagem no Índice de Sustentabilidade da Bovespa • Venda da participação na MAESA • Aprovação para estudo da aquisição de parte da SCGAS Abertura de capital na Bovespa Emissão de US$ 50 milhões de commercial papers Adesão ao Nivel 2 de Governança Corporativa Adesão ao Índice de Energia Elétrica e emissão de ADR Nivel 1 Criação da Celesc1955 1973 1998 2002 1996 2006
  • 7. 7 CELESC (Santa Catarina) Área de Concessão Cobertura da Celesc Celesc 13.701 Brasil 239.234 Energia Vendida (GWh) Celesc 95.433 Brasil 8.514.876 Área em Km2 Brasil 184.184.264 hab. Est. Santa Catarina 5.866.590 hab. População (Jul/05) Dados Gerais 121.254 kmExtensão de redes de distribuição 12Número de usinas 4.134Número de empregados 2.060.211Número de clientes 91,79% da área do Estado de SC Área de concessão da Celesc 257No de Municípios A Celesc (Set/2006)
  • 8. 8 A Celesc está em fase de conclusão do processo de desverticalização de suas atividades de geração e distribuição. A partir de 02/out/06, essas atividades passaram a ser desenvolvidas por duas novas subsidiárias integrais Celesc Geração S.A. e Celesc Distribuição S.A. Estrutura Organizacional MAESA ECTE CASAN D. Francisca Energia PCH Outros Cubatão 100% 100% 20,00% 14,63% 19,30% 20,00% 23,03% HOLDING 40,00% (*) Venda da MAESA em 01 de dezembro de 2006.
  • 10. 10 1.967 1.981 1.998 2.015 2.032 2.046 2.060 1T05 2T05 3T05 4T05 1T06 2T06 3T06 Número de Consumidores (mil) O número de consumidores da Celesc vem apresentando crescimento consistente ao longo dos últimos anos. + 45 mil + 48 mil Números de Consumidores Residencial 77% Industrial 3% Comercial 8% Rural 11% Outros 1% Distribuição dos Consumidores por Classe
  • 11. 11 Número de Funcionários 3.593 3.561 3.640 3.590 3.728 4.015 4.134 1T05 2T05 3T05 4T05 1T06 2T06 3T06 Número de Funcionários em Set/2006 13,6%13,6% Programa de Exclusões do PDVI 120 746180 211 146 789785 5 125 210 307 385 531 742 822 883 957 2003/05 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 Exclusões do PDVI Acumulado
  • 12. 12 Vendas Trimestrais e Distribuição por Classe Residencial 26% Comercial 16% Industrial 37% Rural 12% Outros 9% 9M06: 10.047 Gwh Vendas por Classe (%) (*) Outros: Suprimento de energia e consumo próprio Vendas Trimestrais (GWh) 3.596 3.592 3.422 3.307 3.529 3.301 3.217 1T05 2T05 3T05 4T05 1T06 2T06 3T06
  • 13. 13 Venda de Energia em GWh 14.030 13.917 10.610 10.047 13.430 13.71213.605 2003 2004 2005 9M05 9M06 2006(P) 2007(P) - 5,3% Energia Vendida (2003 – 2007E) - GWh + 2,1% (P) Previsão
  • 14. 14 158,64 248,29 295,79 198,83 276,71 324,72 233,18 280,34 341,33 Industrial Comercial Residencial 2004 2005 9M06 Preço Médio do MWh em Reais (Liquida de ICMS) Evolução da Tarifa Média (R$/MWh)
  • 15. 15 No 3T06 os indicadores de eficiência melhoraram em relação a 2005, refletindo: • Investimentos realizados em subestações, alimentadores e limpezas de faixas; • Melhores condições climáticas na região. Indicadores de Eficiência 3,79 3,4 4,32 4,81 4,85 2,62 3,29 1T05 2T05 3T05 4T05 1T06 2T06 3T06 DEC - Duração Equivalente de Interrupções por consumidor (horas ponderadas) 3,45 2,83 2,92 3,65 3,65 2,09 2,66 1T05 2T05 3T05 4T05 1T06 2T06 3T06 FEC - Freqüência Equivalente de Interrupções por Consumidor
  • 16. 16 Os indicadores de produtividade mostraram redução nos dois últimos trimestres. Indicadores de Produtividade 1.000 1.008 940 920 946 822 778 1T05 2T05 3T05 4T05 1T06 2T06 3T06 MWh Vendido/Empregado 547 556 549 561 545 510 498 1T05 2T05 3T05 4T05 1T06 2T06 3T06 Número de Consumidores/Empregado
  • 17. 17 Índice de Perdas (2003 a Set/2006) 6,9 7,7 7,9 9,0 2003 2004 2005 set/06 Índice de Perdas de Energia (%) A Celesc registra o terceiro menor índice de perda de energia no setor.
  • 19. 19 696 698 830 770 818 777 828 2.224 2.423 1T05 2T05 3T05 4T05 1T06 2T06 3T06 9M05 9M06 Evolução da Receita Líquida (R$ mil) Crescimento de 8,9% na receita líquida em 9 meses. 69% da receita bruta estão concentrados nos segmentos industrial e residencial. Receita Operacional Líquida + 8,9%+ 8,9% Residencial 35% Comercial 18% Industrial 34% Rural 7% Outros 6% Receita por Classe (%)
  • 20. 20 Receita Gerada pela TUSD (R$ mil) 12.889 33.023 77.795 98.829 2003 2004 2005 9M06 A receita gerada pela TUSD (Tarifa de Uso do Sistema de Distribuição de Energia Elétrica) aumentou de R$ 13 milhões em 2003 para R$ 99 milhões no acumulado de 9 meses de 2006.
  • 21. 21 EBITDA e Resultado Líquido 23 47 76 62 55 67 70 146 192 0 50 100 150 200 250 1T05 2T05 3T05 4T05 1T06 2T06 3T06 9M05 9M06 55 102 205 131 109 122 131 8% 15% 17% 13% 16% 16% 25% 1T05 2T05 3T05 4T05 1T06 2T06 3T06 EBITDA Margem EBITDA + 32% EBITDA em R$ milhões e Margem EBITDA (%) Resultado Líquido (R$ milhões) + 32%+ 32%
  • 22. 22 Demonstrativo do Cálculo do EBITDA Cálculo do EBITDA antes e após as Provisões 16,3%14,9%24,7%15,8%Margem EBITDA 362362205131EBITDA 2.2242.423830828Receita Operacional Líquida 14,4%11,7%22,0%10,7%Margem EBITDA (1.020)(1.037)(365)(342)Deduções 3.2443.4591.1951.170Receita Operacional Bruta 71742425Depreciação/Amortização 25020915963Resultado do Serviço (1.975)(2.214)(672)(765)Despesas Operacionais 41792242Provisões 32128218388EBITDA antes das Provisões 9M059M063T053T06R$ milhões
  • 24. 24 Posição de Financiamentos (R$ mil) --100,0%0,5%53,9%45,7%Partic. s/ o Total (8)192.625177.26080895.52080.932TOTAL (4)89.12885.99280861.89323.291CELOS (19)70.29556.728-5.00051.728BNDES 433.20234.540-28.6275.913Eletrobrás Var. %Total Jun/06 Total Set/06 Encargos de Dívida Longo Prazo Curto Prazo Composição da Dívida em Setembro de 2006 10.462 31.845 28.271 15.085 9.857 2007 2008 2009 2010 Após 2010 Vencimento das Parcelas de Longo Prazo (R$ mil) 95.52095.520
  • 25. 25 Programa de Investimentos (R$ mil) 28 74 79 69 75 70 88 1T05 2T05 3T05 4T05 1T06 2T06 3T06 2005 = R$ 250 MM 9M06: R$ 233 MM 29181.135233.407Total 789.09115.986Inst. Gerais 27171.587217.125Distribuição (35)457296Geração Var. %9M059M06Em R$ mil Distribuição dos Investimentos Até setembro de 2006 os investimentos da Celesc totalizaram R$ 233 milhões, 93% concentrados na área de distribuição.
  • 27. 27 100,00 56.30 3,45 40,25 Porcent. 38.571.591 21.715.381 1.329.073 15.527.137 Base AtualQuant. 26.581.454Ações Preferenciais PNA 434.307.627Ações Preferenciais PNB 771.431.815Total 310.542.734Ações Ordinárias Estado de Santa Catarina 50,2% Previ 12,6% Invesc 29,3% Outros 2,6% Fundação Celos 5,3% Ações Ordinárias Obs: Na AGE de 29/09/06, foi aprovado o grupamento das ações na proporção de 20:1. Posição Acionária Atual Ações Preferenciais Invesc 2,7% Eletrobrás 18,0% Previ 4,6% Bndespar 6,8% Invest. Estrang. 11,1% Fund. Celos 1,1% Outros 55,7% Free Float: 63,3%
  • 28. 28 Ação Preferencial (CLSC6) versus Ibovespa e IEE (Base: 100) - Cot. em Reais 40 60 80 100 120 140 160 180 200 220 240 dez/04 jan/05 fev/05 mar/05 abr/05 mai/05 jun/05 jul/05 ago/05 set/05 out/05 nov/05 dez/05 jan/06 fev/06 mar/06 abr/06 mai/06 jun/06 jul/06 ago/06 set/06 out/06 nov/06 CLSC6 IEE Ibovespa 81% 70% 60% No período de dezembro de 2004 a setembro de 2006, as ações PNB da Celesc registraram valorização de 22,5% contra 9,0% do Índice Bovespa e 20,5% do IEE. Desempenho da Ação CLSC6: 24,3% IBOVESPA: 25,3% IEE: 29,6% De Jan/06 até Nov/06
  • 29. 29 Até setembro de 2006 a Celesc já distribuiu R$ 99 milhões aos seus acionistas sob a forma e dividendos e JCP com um dividend yield de 10%. Remuneração ao Acionista 2 0 0 6 2 0 0 5 2 0 0 4 0,054326 0,011977 0,067277 0,133579 1,40 10% 40.375 8.900 50.000 99.275 16/01/06 26/06/06 29/09/06 RCA AGO/E RCA 31/10/2005 (*) 27/04/06 31/08/06 Total Cotação inicial Dividend Yield 0,000310 0,063913 0,04222 1,02 6% 230 47.500 47.730 28/06/05 28/06/05 AGO/E RCA 15/12/2004 (*) 15/12/2004 (*) Total Cotação inicial Dividend Yield 0,037675 0,73 5% 28.00028/05/04RCA10/12/2003 (*) Cotação inicial Dividend Yield Valor por Ação (R$) Valor Total R$ mil Início do Pagamento TipoData de Aprovação (*) Registrado contabilmente no exercício anterior.
  • 30. 30 Indicadores Valor de Mercado em 30/09/06 R$ 1,2 bilhão US$ 565 milhões Dívida Líquida/EBITDA (12 m) 0,2x Valor da Empresa/EBITDA (12m) 2,6x Cotação/VPA 1,1x A Celesc opera com baixo nível de endividamento e possui atualmente uma relação VE/Ebitda bem inferior à média dos principais peers.
  • 32. 32 • MIGUEL XIMENES DE MELO FILHO Diretor Presidente • GERSON PEDRO BERTI Diretor Econômico-Financeiro e RI • JOSÉ AFFONSO DA SILVA JARDIM Diretor de Gestão Corporativa • EDUARDO CARVALHO SITÔNIO Diretor Técnico • OTÁVIO ACÁCIO ROSA Diretor Jurídico e Institucional • CARLOS ALBERTO MARTINS Diretor Comercial GERENTE DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES Aldo Roberto Schuhmacher Phone.: (55 48) 3231 5100 Fax.: (55 48) 3231 6129 e-mail: aldors@celesc.com.br Diretoria Executiva da Celesc
  • 33. 33 1- Representantes do Acionista Majoritário Miguel Ximenes de Melo Filho Içuriti Pereira da Silva Ivo Carminati 2 - Independentes Adelcio Machado dos Santos Wadico Bucchi Alaor Francisco dos Santos Herbert Steinberg 3 - Representante de Acionistas Minoritários Ricardo Moritz FranciscoTeixeira Nobre João Fernandes Moraes 4 - Representante dos Consumidores Adermo Francisco Crispim Glauco José Côrte 5 - Representante dos Empregados Arno Veiga Cugnier Conselho de Administração Conselho Fiscal 1 – Jurandir Sell Macedo Junior – independente 2 – Ronaldo Baungartem Junior 3 – Célio Goulart 4 – Humberto Dalsasso – minoritário ON 5 – Ricardo Campos Marques – minoritário PN Conselho de Administração e Fiscal