SlideShare uma empresa Scribd logo
MANEJO, PRODUÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DO AÇAÍ CAMTA
 (Euterpe oleracea Mart.) EM SISTEMAS AGROFLORESTAIS,
                    TOMÉ-AÇU – PARÁ




                   Ivan Hitoshi Saiki
                    Diretor Gerente
                         CAMTA
                       22/11/11
• Localização




  Região Amazônica, Nordeste Paraense
        a 230 Km ao Sul de Belém
     Área do Município =5.145Km2
 População(IBGE/2010) = 56.000 pessoas
• Histórico da utilização do SAF em Tomé-Açu
 1929 – Chegada dos primeiros imigrantes japoneses em Tomé-Açu;



 1933 – Introdução de mudas de Pimenta-do-Reino de Cingapura;



 Década de 50 – Tomé-Açu, maior produtor mundial da P.-do-Reino;



 Final da década de 60 – Fusariose da Pimenta-do-Reino. Reorganização
  do sistema de produção na Amazônia; Primórdio do SAFTA.
• Histórico da Comunidade Nipo-Brasileira de Tomé-Açu e o SAFTA
• Açaizal nativo (Região Baixo Tocantins)
• Açaí no Sistema Agroflorestal

CULTIVAR:
 Em plantios mais antigos, materiais genéticos indefinidos, com seleção de
sementes locais e de outros municípios da região.

 BRS-Pará (EMBRAPA): ultimamente a mais utilizada.


ESPAÇAMENTO:
 Plantio solteiro: 5m x 5m; 6m x 4m.

 Plantio em SAFTA: 8m x 8m; 8m x 6m; 10m x 10m.
• Croqui de SAF
  EMBRAPA




                  Fonte: Nogueira
                      (2005).
• Croqui de SAFTA
  B     A     B     A   B   A    B     A   B   A

  C     C     C     C   C   C    C     C   C   C

  B     B    E.F.   B   B   B   E.F.   B   B   B

                                                   ESPAÇAMENTOS:
  C     C     C     C   C   C    C     C   C   C

  B     A     B     A   B   A    B     A   B   A    C      CACAU 4m x 4m

  C     C     C     C   C   C    C     C   C   C    B      BANANA 4m x 4m

  B     B     B     B   B   B    B     B   B   B    A      AÇAÍ 8m x 8m

  C     C     C     C   C   C    C     C   C   C           E. FLORESTAIS
                                                   E.F.   16m x 16m
  B     A     B     A   B   A    B     A   B   A

  C     C     C     C   C   C    C     C   C   C

  B     B    E.F.   B   B   B   E.F.   B   B   B

  C     C     C     C   C   C    C     C   C   C
TRATOS CULTURAIS:
 Limpeza
 Controle das touceiras (manter três a quatro estipes/touceira)
 Adubação (recomendação da EMBRAPA)




                                                            Fonte: Nogueira (2005).
Dia 2 - Expansão do Açaí e seu potencial em SAFs - Manejo, produção e comercialização de açaí oriundo de SAFs - Ivan Saiki
Maracujá
                          Pimenta


                                    Cupuaçú




Abacaxi


                 Paricá                  Açaí
SISTEMA AGROFLORESTAL DE TOMÉ-AÇU - SAFTA
     Açaí x cupuaçu x pimenta-do-reino x paricá
•   Açaí no Sistema Agroflorestal
 Produção:
       Com irrigação: 10 a 12 toneladas/ha
       Sem irrigação: 8 a 10 toneladas/ha
SISTEMA AGROFLORESTAL DE TOMÉ-AÇU - SAFTA
           Açaí x cacau x mógno
Produtos do SAFTA
                     AÇAÍ             CACAU

      GRAVIOLA

                                               MARACUJÁ

 CUPUAÇU

                                                     CACAU

                       PRODUÇÃO
                     AGROFLORESTA
                           L                       P.-DO-REINO

 ACEROLA



                                               CASTANHA
POLPAS DE FRUTAS                                  DO
                            GELÉIAS             BRASIL
                                      PARICÁ
Processamento CAMTA
Recebimento      Despolpadeira 2

 Pré-Lavagem          Tanque

   Lavagem         Pasteurização

   Seleção          Análise Lote

   Lavagem        Armazenamento

Branqueamento         Envase

  Maceração       Congelamento

Despolpadeira 1   Comercialização
Açaí Comercializado CAMTA
                   (Ton/ano)
2.124,81


                                       1.509,38
                          1.365,5
               1.156,01




 2007            2008      2009         2010
MERCADO CONSUMIDOR DE AÇAÍ / CAMTA
                    (TON/ANO)
1200

1000
                                     JAPÃO
 800                                 EUA
                                     AUSTRÁLIA
 600
                                     ITÁLIA
 400                                 MERCADO INTERNO


 200

   0
       2007   2008   2009   2010
Produtos com diversas embalagens
INFORMAÇÕES ADICIONAIS CAMTA:

AÇAÍ CULTIVADO EM TERRA FIRME COOPERADOS
CAMTA: 450.000 pés

AÇAÍ COM IDADE PRODUTIVA: 400.000 pés

ÁREA TOTAL: 1350 HECTARES

90% PRODUZIDO EM SAFTA

30% IRRIGADO
Muito Obrigado !
Contato: camta@camta.com.br
          91- 3734-1319

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

apostila-de-olericultura-nad-pdf
apostila-de-olericultura-nad-pdfapostila-de-olericultura-nad-pdf
apostila-de-olericultura-nad-pdf
Saul Ramos
 
Pragas e doenças nas hortícolas
Pragas e doenças nas hortícolasPragas e doenças nas hortícolas
Pragas e doenças nas hortícolas
Epfr De Estaquinha
 
Manejo Integrado de Pragas
Manejo Integrado de PragasManejo Integrado de Pragas
Manejo Integrado de Pragas
AgriculturaSustentavel
 
AULA 1 INTRODUÇÃO A OLERICULTURA.pptx
AULA 1 INTRODUÇÃO A OLERICULTURA.pptxAULA 1 INTRODUÇÃO A OLERICULTURA.pptx
AULA 1 INTRODUÇÃO A OLERICULTURA.pptx
MateusGonalves85
 
Plantas daninhas e seu controle
Plantas daninhas e seu controlePlantas daninhas e seu controle
Plantas daninhas e seu controle
Geagra UFG
 
Olericultura e hortaliças
Olericultura e hortaliçasOlericultura e hortaliças
Olericultura e hortaliças
Rafael Soares Dias
 
Agricultura orgânica
Agricultura orgânicaAgricultura orgânica
Agricultura orgânica
Lilianlbl
 
Producao e comercializacao de frutas
Producao e comercializacao de frutasProducao e comercializacao de frutas
Producao e comercializacao de frutas
gustavo_ruffeil
 
Aula 2 introdução floricultura
Aula 2   introdução floriculturaAula 2   introdução floricultura
Aula 2 introdução floricultura
siterra
 
Adm. rural 3
Adm. rural 3Adm. rural 3
Adm. rural 3
Bruno Rodrigues
 
Cálculo da necessidade de calagem
Cálculo da necessidade de calagemCálculo da necessidade de calagem
Cálculo da necessidade de calagem
gastao ney monte braga
 
Adubacao goiaba
Adubacao goiabaAdubacao goiaba
Adubacao goiaba
Ancélio Gondim
 
A cultura da manga
A cultura da mangaA cultura da manga
A cultura da manga
Nevio Carlos de Alarcão
 
AULA 1 Produção de mudas.ppt
AULA 1 Produção de mudas.pptAULA 1 Produção de mudas.ppt
AULA 1 Produção de mudas.ppt
UFV
 
Fruticultura irrigada
Fruticultura irrigadaFruticultura irrigada
Fruticultura irrigada
helrijesus
 
Pós-colheita e armazenamento de grãos
Pós-colheita e armazenamento de grãosPós-colheita e armazenamento de grãos
Pós-colheita e armazenamento de grãos
GETA - UFG
 
Manejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhasManejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhas
CETEP, FTC, FASA..
 
A cultura da banana minicurso
A cultura da banana   minicursoA cultura da banana   minicurso
A cultura da banana minicurso
Ernane Nogueira Nunes
 
Tecnologia e Produção de Sementes Forrageiras no Brasil
Tecnologia e Produção de Sementes Forrageiras no BrasilTecnologia e Produção de Sementes Forrageiras no Brasil
Tecnologia e Produção de Sementes Forrageiras no Brasil
Alice Melo Candido
 
7 instalações para bovinos de leite
7   instalações para bovinos de leite7   instalações para bovinos de leite
7 instalações para bovinos de leite
garciagotaeficiente
 

Mais procurados (20)

apostila-de-olericultura-nad-pdf
apostila-de-olericultura-nad-pdfapostila-de-olericultura-nad-pdf
apostila-de-olericultura-nad-pdf
 
Pragas e doenças nas hortícolas
Pragas e doenças nas hortícolasPragas e doenças nas hortícolas
Pragas e doenças nas hortícolas
 
Manejo Integrado de Pragas
Manejo Integrado de PragasManejo Integrado de Pragas
Manejo Integrado de Pragas
 
AULA 1 INTRODUÇÃO A OLERICULTURA.pptx
AULA 1 INTRODUÇÃO A OLERICULTURA.pptxAULA 1 INTRODUÇÃO A OLERICULTURA.pptx
AULA 1 INTRODUÇÃO A OLERICULTURA.pptx
 
Plantas daninhas e seu controle
Plantas daninhas e seu controlePlantas daninhas e seu controle
Plantas daninhas e seu controle
 
Olericultura e hortaliças
Olericultura e hortaliçasOlericultura e hortaliças
Olericultura e hortaliças
 
Agricultura orgânica
Agricultura orgânicaAgricultura orgânica
Agricultura orgânica
 
Producao e comercializacao de frutas
Producao e comercializacao de frutasProducao e comercializacao de frutas
Producao e comercializacao de frutas
 
Aula 2 introdução floricultura
Aula 2   introdução floriculturaAula 2   introdução floricultura
Aula 2 introdução floricultura
 
Adm. rural 3
Adm. rural 3Adm. rural 3
Adm. rural 3
 
Cálculo da necessidade de calagem
Cálculo da necessidade de calagemCálculo da necessidade de calagem
Cálculo da necessidade de calagem
 
Adubacao goiaba
Adubacao goiabaAdubacao goiaba
Adubacao goiaba
 
A cultura da manga
A cultura da mangaA cultura da manga
A cultura da manga
 
AULA 1 Produção de mudas.ppt
AULA 1 Produção de mudas.pptAULA 1 Produção de mudas.ppt
AULA 1 Produção de mudas.ppt
 
Fruticultura irrigada
Fruticultura irrigadaFruticultura irrigada
Fruticultura irrigada
 
Pós-colheita e armazenamento de grãos
Pós-colheita e armazenamento de grãosPós-colheita e armazenamento de grãos
Pós-colheita e armazenamento de grãos
 
Manejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhasManejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhas
 
A cultura da banana minicurso
A cultura da banana   minicursoA cultura da banana   minicurso
A cultura da banana minicurso
 
Tecnologia e Produção de Sementes Forrageiras no Brasil
Tecnologia e Produção de Sementes Forrageiras no BrasilTecnologia e Produção de Sementes Forrageiras no Brasil
Tecnologia e Produção de Sementes Forrageiras no Brasil
 
7 instalações para bovinos de leite
7   instalações para bovinos de leite7   instalações para bovinos de leite
7 instalações para bovinos de leite
 

Destaque

Dia 2 - Expansão do Açaí e seu potencial em SAFs - Expansão do açaí em monocu...
Dia 2 - Expansão do Açaí e seu potencial em SAFs - Expansão do açaí em monocu...Dia 2 - Expansão do Açaí e seu potencial em SAFs - Expansão do açaí em monocu...
Dia 2 - Expansão do Açaí e seu potencial em SAFs - Expansão do açaí em monocu...
cbsaf
 
Dia 2 - Cacau em sistemas agroflorestais: independência, renda e ganhos ambie...
Dia 2 - Cacau em sistemas agroflorestais: independência, renda e ganhos ambie...Dia 2 - Cacau em sistemas agroflorestais: independência, renda e ganhos ambie...
Dia 2 - Cacau em sistemas agroflorestais: independência, renda e ganhos ambie...
cbsaf
 
[Palestra] André Souza: Desafios da terminação a pasto - Produtividade x Qual...
[Palestra] André Souza: Desafios da terminação a pasto - Produtividade x Qual...[Palestra] André Souza: Desafios da terminação a pasto - Produtividade x Qual...
[Palestra] André Souza: Desafios da terminação a pasto - Produtividade x Qual...
AgroTalento
 
Dia 3 Apresentações Orais - Sistemas agroflorestais silvipastoris e diversifi...
Dia 3 Apresentações Orais - Sistemas agroflorestais silvipastoris e diversifi...Dia 3 Apresentações Orais - Sistemas agroflorestais silvipastoris e diversifi...
Dia 3 Apresentações Orais - Sistemas agroflorestais silvipastoris e diversifi...
cbsaf
 
Dia 4 - Simposio 3 - Desafios técnicos para o uso de SAFs na recuperação de á...
Dia 4 - Simposio 3 - Desafios técnicos para o uso de SAFs na recuperação de á...Dia 4 - Simposio 3 - Desafios técnicos para o uso de SAFs na recuperação de á...
Dia 4 - Simposio 3 - Desafios técnicos para o uso de SAFs na recuperação de á...
cbsaf
 
Projeto açaí vida verde implantação itapuã 2016
Projeto açaí vida verde   implantação itapuã 2016Projeto açaí vida verde   implantação itapuã 2016
Projeto açaí vida verde implantação itapuã 2016
Leonardo Pool
 
22 metodoseproedimentosdelevantamentodecampopara
22 metodoseproedimentosdelevantamentodecampopara22 metodoseproedimentosdelevantamentodecampopara
22 metodoseproedimentosdelevantamentodecampopara
cbsaf
 
22iidamir
22iidamir22iidamir
22iidamir
cbsaf
 
Paulo guilherme cabral mma
Paulo guilherme cabral mmaPaulo guilherme cabral mma
Paulo guilherme cabral mma
cbsaf
 
24jorgevivan
24jorgevivan24jorgevivan
24jorgevivan
cbsaf
 
Sergio aparecido bb
Sergio aparecido bbSergio aparecido bb
Sergio aparecido bb
cbsaf
 
Pará, terra do açaí - Oportunidade de Investimentos
Pará, terra do açaí - Oportunidade de InvestimentosPará, terra do açaí - Oportunidade de Investimentos
Pará, terra do açaí - Oportunidade de Investimentos
Herbert Machado
 
Dividendos_LeidasSA
Dividendos_LeidasSADividendos_LeidasSA
Dividendos_LeidasSA
Grupo Shield
 
Relacao entre dividend yield
Relacao entre dividend yieldRelacao entre dividend yield
Relacao entre dividend yield
Grupo Shield
 
4 bimestre
4 bimestre4 bimestre
Paulo augusto lobato emater
Paulo augusto lobato ematerPaulo augusto lobato emater
Paulo augusto lobato emater
cbsaf
 
Cbsaf reduzido
Cbsaf reduzidoCbsaf reduzido
Cbsaf reduzido
cbsaf
 
Apresentação Institucional AÇAÍ MORMAII
Apresentação Institucional AÇAÍ MORMAII Apresentação Institucional AÇAÍ MORMAII
Apresentação Institucional AÇAÍ MORMAII
CASAMUNDOBRAZIL Projetos Sustentáveis
 
Cartilha de Orientação do PRONAF 2016/2017
Cartilha de Orientação do PRONAF 2016/2017Cartilha de Orientação do PRONAF 2016/2017
Cartilha de Orientação do PRONAF 2016/2017
FETAEP
 

Destaque (19)

Dia 2 - Expansão do Açaí e seu potencial em SAFs - Expansão do açaí em monocu...
Dia 2 - Expansão do Açaí e seu potencial em SAFs - Expansão do açaí em monocu...Dia 2 - Expansão do Açaí e seu potencial em SAFs - Expansão do açaí em monocu...
Dia 2 - Expansão do Açaí e seu potencial em SAFs - Expansão do açaí em monocu...
 
Dia 2 - Cacau em sistemas agroflorestais: independência, renda e ganhos ambie...
Dia 2 - Cacau em sistemas agroflorestais: independência, renda e ganhos ambie...Dia 2 - Cacau em sistemas agroflorestais: independência, renda e ganhos ambie...
Dia 2 - Cacau em sistemas agroflorestais: independência, renda e ganhos ambie...
 
[Palestra] André Souza: Desafios da terminação a pasto - Produtividade x Qual...
[Palestra] André Souza: Desafios da terminação a pasto - Produtividade x Qual...[Palestra] André Souza: Desafios da terminação a pasto - Produtividade x Qual...
[Palestra] André Souza: Desafios da terminação a pasto - Produtividade x Qual...
 
Dia 3 Apresentações Orais - Sistemas agroflorestais silvipastoris e diversifi...
Dia 3 Apresentações Orais - Sistemas agroflorestais silvipastoris e diversifi...Dia 3 Apresentações Orais - Sistemas agroflorestais silvipastoris e diversifi...
Dia 3 Apresentações Orais - Sistemas agroflorestais silvipastoris e diversifi...
 
Dia 4 - Simposio 3 - Desafios técnicos para o uso de SAFs na recuperação de á...
Dia 4 - Simposio 3 - Desafios técnicos para o uso de SAFs na recuperação de á...Dia 4 - Simposio 3 - Desafios técnicos para o uso de SAFs na recuperação de á...
Dia 4 - Simposio 3 - Desafios técnicos para o uso de SAFs na recuperação de á...
 
Projeto açaí vida verde implantação itapuã 2016
Projeto açaí vida verde   implantação itapuã 2016Projeto açaí vida verde   implantação itapuã 2016
Projeto açaí vida verde implantação itapuã 2016
 
22 metodoseproedimentosdelevantamentodecampopara
22 metodoseproedimentosdelevantamentodecampopara22 metodoseproedimentosdelevantamentodecampopara
22 metodoseproedimentosdelevantamentodecampopara
 
22iidamir
22iidamir22iidamir
22iidamir
 
Paulo guilherme cabral mma
Paulo guilherme cabral mmaPaulo guilherme cabral mma
Paulo guilherme cabral mma
 
24jorgevivan
24jorgevivan24jorgevivan
24jorgevivan
 
Sergio aparecido bb
Sergio aparecido bbSergio aparecido bb
Sergio aparecido bb
 
Pará, terra do açaí - Oportunidade de Investimentos
Pará, terra do açaí - Oportunidade de InvestimentosPará, terra do açaí - Oportunidade de Investimentos
Pará, terra do açaí - Oportunidade de Investimentos
 
Dividendos_LeidasSA
Dividendos_LeidasSADividendos_LeidasSA
Dividendos_LeidasSA
 
Relacao entre dividend yield
Relacao entre dividend yieldRelacao entre dividend yield
Relacao entre dividend yield
 
4 bimestre
4 bimestre4 bimestre
4 bimestre
 
Paulo augusto lobato emater
Paulo augusto lobato ematerPaulo augusto lobato emater
Paulo augusto lobato emater
 
Cbsaf reduzido
Cbsaf reduzidoCbsaf reduzido
Cbsaf reduzido
 
Apresentação Institucional AÇAÍ MORMAII
Apresentação Institucional AÇAÍ MORMAII Apresentação Institucional AÇAÍ MORMAII
Apresentação Institucional AÇAÍ MORMAII
 
Cartilha de Orientação do PRONAF 2016/2017
Cartilha de Orientação do PRONAF 2016/2017Cartilha de Orientação do PRONAF 2016/2017
Cartilha de Orientação do PRONAF 2016/2017
 

Semelhante a Dia 2 - Expansão do Açaí e seu potencial em SAFs - Manejo, produção e comercialização de açaí oriundo de SAFs - Ivan Saiki

Apresentação - Macaúba como fonte alternativa
Apresentação - Macaúba como fonte alternativaApresentação - Macaúba como fonte alternativa
Apresentação - Macaúba como fonte alternativa
ProjetoBr
 
Fazenda santa nice apresentação oficial
Fazenda santa nice   apresentação oficialFazenda santa nice   apresentação oficial
Fazenda santa nice apresentação oficial
agenciacamargo
 
José Basílio - Cultivo intensivo do cacaueiro
José Basílio - Cultivo intensivo do cacaueiroJosé Basílio - Cultivo intensivo do cacaueiro
José Basílio - Cultivo intensivo do cacaueiro
equipeagroplus
 
111018 safra pecuaria nft
111018 safra pecuaria nft111018 safra pecuaria nft
111018 safra pecuaria nft
NFT Alliance
 
Manejo integrado de pragas de cebola e produção orgânica
Manejo integrado de pragas de cebola e produção orgânicaManejo integrado de pragas de cebola e produção orgânica
Manejo integrado de pragas de cebola e produção orgânica
Paulo Antonio de Souza Gonçalves
 
Seminario sebrae rj 2012 mexilhao mecanizado
Seminario sebrae rj 2012   mexilhao mecanizadoSeminario sebrae rj 2012   mexilhao mecanizado
Seminario sebrae rj 2012 mexilhao mecanizado
Marcus David
 
Fazenda santa nice apresentação oficial
Fazenda santa nice   apresentação oficialFazenda santa nice   apresentação oficial
Fazenda santa nice apresentação oficial
agenciacamargo
 
Fazenda santa nice apresentação oficial
Fazenda santa nice   apresentação oficialFazenda santa nice   apresentação oficial
Fazenda santa nice apresentação oficial
agenciacamargo
 
Projeto Ranapiscina Rãs em Piscina de lonas
Projeto Ranapiscina Rãs em Piscina de lonasProjeto Ranapiscina Rãs em Piscina de lonas
Projeto Ranapiscina Rãs em Piscina de lonas
fabioladaiane
 
Abc cultivo de peixes
Abc cultivo de peixesAbc cultivo de peixes
Abc cultivo de peixes
pauloweimann
 
Dia 2 - Simpósio 1 - SAFs e Geração de Renda - Conservação Produtiva: solução...
Dia 2 - Simpósio 1 - SAFs e Geração de Renda - Conservação Produtiva: solução...Dia 2 - Simpósio 1 - SAFs e Geração de Renda - Conservação Produtiva: solução...
Dia 2 - Simpósio 1 - SAFs e Geração de Renda - Conservação Produtiva: solução...
cbsaf
 
Fazuoli - Variedades de cafe arabica para regiao do cerrado mineiro patrocinio
Fazuoli - Variedades de cafe arabica para regiao do cerrado mineiro patrocinioFazuoli - Variedades de cafe arabica para regiao do cerrado mineiro patrocinio
Fazuoli - Variedades de cafe arabica para regiao do cerrado mineiro patrocinio
Revista Cafeicultura
 
Luiz fazuoli contribuições das cultivares bahia
Luiz fazuoli contribuições das cultivares  bahiaLuiz fazuoli contribuições das cultivares  bahia
Luiz fazuoli contribuições das cultivares bahia
Revista Cafeicultura
 
Manejo de pragas de cebola técnicos e produção orgânica
Manejo de pragas de cebola  técnicos e produção orgânicaManejo de pragas de cebola  técnicos e produção orgânica
Manejo de pragas de cebola técnicos e produção orgânica
Paulo Antonio de Souza Gonçalves
 
Exploração Florestal e Sustentabilidade - Andrea Alechandre
Exploração Florestal e Sustentabilidade - Andrea AlechandreExploração Florestal e Sustentabilidade - Andrea Alechandre
Exploração Florestal e Sustentabilidade - Andrea Alechandre
Myris Silva
 
Fazenda santa nice apresentação site
Fazenda santa nice   apresentação siteFazenda santa nice   apresentação site
Fazenda santa nice apresentação site
Andreoni Camargo
 

Semelhante a Dia 2 - Expansão do Açaí e seu potencial em SAFs - Manejo, produção e comercialização de açaí oriundo de SAFs - Ivan Saiki (16)

Apresentação - Macaúba como fonte alternativa
Apresentação - Macaúba como fonte alternativaApresentação - Macaúba como fonte alternativa
Apresentação - Macaúba como fonte alternativa
 
Fazenda santa nice apresentação oficial
Fazenda santa nice   apresentação oficialFazenda santa nice   apresentação oficial
Fazenda santa nice apresentação oficial
 
José Basílio - Cultivo intensivo do cacaueiro
José Basílio - Cultivo intensivo do cacaueiroJosé Basílio - Cultivo intensivo do cacaueiro
José Basílio - Cultivo intensivo do cacaueiro
 
111018 safra pecuaria nft
111018 safra pecuaria nft111018 safra pecuaria nft
111018 safra pecuaria nft
 
Manejo integrado de pragas de cebola e produção orgânica
Manejo integrado de pragas de cebola e produção orgânicaManejo integrado de pragas de cebola e produção orgânica
Manejo integrado de pragas de cebola e produção orgânica
 
Seminario sebrae rj 2012 mexilhao mecanizado
Seminario sebrae rj 2012   mexilhao mecanizadoSeminario sebrae rj 2012   mexilhao mecanizado
Seminario sebrae rj 2012 mexilhao mecanizado
 
Fazenda santa nice apresentação oficial
Fazenda santa nice   apresentação oficialFazenda santa nice   apresentação oficial
Fazenda santa nice apresentação oficial
 
Fazenda santa nice apresentação oficial
Fazenda santa nice   apresentação oficialFazenda santa nice   apresentação oficial
Fazenda santa nice apresentação oficial
 
Projeto Ranapiscina Rãs em Piscina de lonas
Projeto Ranapiscina Rãs em Piscina de lonasProjeto Ranapiscina Rãs em Piscina de lonas
Projeto Ranapiscina Rãs em Piscina de lonas
 
Abc cultivo de peixes
Abc cultivo de peixesAbc cultivo de peixes
Abc cultivo de peixes
 
Dia 2 - Simpósio 1 - SAFs e Geração de Renda - Conservação Produtiva: solução...
Dia 2 - Simpósio 1 - SAFs e Geração de Renda - Conservação Produtiva: solução...Dia 2 - Simpósio 1 - SAFs e Geração de Renda - Conservação Produtiva: solução...
Dia 2 - Simpósio 1 - SAFs e Geração de Renda - Conservação Produtiva: solução...
 
Fazuoli - Variedades de cafe arabica para regiao do cerrado mineiro patrocinio
Fazuoli - Variedades de cafe arabica para regiao do cerrado mineiro patrocinioFazuoli - Variedades de cafe arabica para regiao do cerrado mineiro patrocinio
Fazuoli - Variedades de cafe arabica para regiao do cerrado mineiro patrocinio
 
Luiz fazuoli contribuições das cultivares bahia
Luiz fazuoli contribuições das cultivares  bahiaLuiz fazuoli contribuições das cultivares  bahia
Luiz fazuoli contribuições das cultivares bahia
 
Manejo de pragas de cebola técnicos e produção orgânica
Manejo de pragas de cebola  técnicos e produção orgânicaManejo de pragas de cebola  técnicos e produção orgânica
Manejo de pragas de cebola técnicos e produção orgânica
 
Exploração Florestal e Sustentabilidade - Andrea Alechandre
Exploração Florestal e Sustentabilidade - Andrea AlechandreExploração Florestal e Sustentabilidade - Andrea Alechandre
Exploração Florestal e Sustentabilidade - Andrea Alechandre
 
Fazenda santa nice apresentação site
Fazenda santa nice   apresentação siteFazenda santa nice   apresentação site
Fazenda santa nice apresentação site
 

Mais de cbsaf

Joao luis guadagnin mda
Joao luis guadagnin mdaJoao luis guadagnin mda
Joao luis guadagnin mda
cbsaf
 
22robertmiller
22robertmiller22robertmiller
22robertmiller
cbsaf
 
24zaresoares
24zaresoares24zaresoares
24zaresoares
cbsaf
 
24ricardoscoles
24ricardoscoles24ricardoscoles
24ricardoscoles
cbsaf
 
24marceloarcoverde
24marceloarcoverde24marceloarcoverde
24marceloarcoverde
cbsaf
 
24lucianarocha
24lucianarocha24lucianarocha
24lucianarocha
cbsaf
 
24cleidetavares
24cleidetavares24cleidetavares
24cleidetavares
cbsaf
 
24casemiro
24casemiro24casemiro
24casemiro
cbsaf
 
24andregolcalves
24andregolcalves24andregolcalves
24andregolcalves
cbsaf
 
23leonardosorice
23leonardosorice23leonardosorice
23leonardosorice
cbsaf
 
Robert miller simposio 3.1
Robert miller simposio 3.1Robert miller simposio 3.1
Robert miller simposio 3.1
cbsaf
 
Helio umemura simposio 2.1
Helio umemura simposio 2.1Helio umemura simposio 2.1
Helio umemura simposio 2.1
cbsaf
 
Compressed cbsa fs-acai_silas_mochiutti
Compressed cbsa fs-acai_silas_mochiuttiCompressed cbsa fs-acai_silas_mochiutti
Compressed cbsa fs-acai_silas_mochiutti
cbsaf
 
Dia 2 - Simpósio 3 - Políticas publicas para integrar beneficios econômicos e...
Dia 2 - Simpósio 3 - Políticas publicas para integrar beneficios econômicos e...Dia 2 - Simpósio 3 - Políticas publicas para integrar beneficios econômicos e...
Dia 2 - Simpósio 3 - Políticas publicas para integrar beneficios econômicos e...
cbsaf
 
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
cbsaf
 
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
cbsaf
 
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
cbsaf
 
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
cbsaf
 
Dia 2 - Políticas públicas e sistemas agroflorestais: lições aprendidas a par...
Dia 2 - Políticas públicas e sistemas agroflorestais: lições aprendidas a par...Dia 2 - Políticas públicas e sistemas agroflorestais: lições aprendidas a par...
Dia 2 - Políticas públicas e sistemas agroflorestais: lições aprendidas a par...
cbsaf
 
Dia 2 - Políticas públicas e sistemas agroflorestais: lições aprendidas a par...
Dia 2 - Políticas públicas e sistemas agroflorestais: lições aprendidas a par...Dia 2 - Políticas públicas e sistemas agroflorestais: lições aprendidas a par...
Dia 2 - Políticas públicas e sistemas agroflorestais: lições aprendidas a par...
cbsaf
 

Mais de cbsaf (20)

Joao luis guadagnin mda
Joao luis guadagnin mdaJoao luis guadagnin mda
Joao luis guadagnin mda
 
22robertmiller
22robertmiller22robertmiller
22robertmiller
 
24zaresoares
24zaresoares24zaresoares
24zaresoares
 
24ricardoscoles
24ricardoscoles24ricardoscoles
24ricardoscoles
 
24marceloarcoverde
24marceloarcoverde24marceloarcoverde
24marceloarcoverde
 
24lucianarocha
24lucianarocha24lucianarocha
24lucianarocha
 
24cleidetavares
24cleidetavares24cleidetavares
24cleidetavares
 
24casemiro
24casemiro24casemiro
24casemiro
 
24andregolcalves
24andregolcalves24andregolcalves
24andregolcalves
 
23leonardosorice
23leonardosorice23leonardosorice
23leonardosorice
 
Robert miller simposio 3.1
Robert miller simposio 3.1Robert miller simposio 3.1
Robert miller simposio 3.1
 
Helio umemura simposio 2.1
Helio umemura simposio 2.1Helio umemura simposio 2.1
Helio umemura simposio 2.1
 
Compressed cbsa fs-acai_silas_mochiutti
Compressed cbsa fs-acai_silas_mochiuttiCompressed cbsa fs-acai_silas_mochiutti
Compressed cbsa fs-acai_silas_mochiutti
 
Dia 2 - Simpósio 3 - Políticas publicas para integrar beneficios econômicos e...
Dia 2 - Simpósio 3 - Políticas publicas para integrar beneficios econômicos e...Dia 2 - Simpósio 3 - Políticas publicas para integrar beneficios econômicos e...
Dia 2 - Simpósio 3 - Políticas publicas para integrar beneficios econômicos e...
 
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
 
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
 
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
 
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
 
Dia 2 - Políticas públicas e sistemas agroflorestais: lições aprendidas a par...
Dia 2 - Políticas públicas e sistemas agroflorestais: lições aprendidas a par...Dia 2 - Políticas públicas e sistemas agroflorestais: lições aprendidas a par...
Dia 2 - Políticas públicas e sistemas agroflorestais: lições aprendidas a par...
 
Dia 2 - Políticas públicas e sistemas agroflorestais: lições aprendidas a par...
Dia 2 - Políticas públicas e sistemas agroflorestais: lições aprendidas a par...Dia 2 - Políticas públicas e sistemas agroflorestais: lições aprendidas a par...
Dia 2 - Políticas públicas e sistemas agroflorestais: lições aprendidas a par...
 

Dia 2 - Expansão do Açaí e seu potencial em SAFs - Manejo, produção e comercialização de açaí oriundo de SAFs - Ivan Saiki

  • 1. MANEJO, PRODUÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DO AÇAÍ CAMTA (Euterpe oleracea Mart.) EM SISTEMAS AGROFLORESTAIS, TOMÉ-AÇU – PARÁ Ivan Hitoshi Saiki Diretor Gerente CAMTA 22/11/11
  • 2. • Localização Região Amazônica, Nordeste Paraense a 230 Km ao Sul de Belém Área do Município =5.145Km2 População(IBGE/2010) = 56.000 pessoas
  • 3. • Histórico da utilização do SAF em Tomé-Açu  1929 – Chegada dos primeiros imigrantes japoneses em Tomé-Açu;  1933 – Introdução de mudas de Pimenta-do-Reino de Cingapura;  Década de 50 – Tomé-Açu, maior produtor mundial da P.-do-Reino;  Final da década de 60 – Fusariose da Pimenta-do-Reino. Reorganização do sistema de produção na Amazônia; Primórdio do SAFTA.
  • 4. • Histórico da Comunidade Nipo-Brasileira de Tomé-Açu e o SAFTA
  • 5. • Açaizal nativo (Região Baixo Tocantins)
  • 6. • Açaí no Sistema Agroflorestal CULTIVAR:  Em plantios mais antigos, materiais genéticos indefinidos, com seleção de sementes locais e de outros municípios da região.  BRS-Pará (EMBRAPA): ultimamente a mais utilizada. ESPAÇAMENTO:  Plantio solteiro: 5m x 5m; 6m x 4m.  Plantio em SAFTA: 8m x 8m; 8m x 6m; 10m x 10m.
  • 7. • Croqui de SAF EMBRAPA Fonte: Nogueira (2005).
  • 8. • Croqui de SAFTA B A B A B A B A B A C C C C C C C C C C B B E.F. B B B E.F. B B B ESPAÇAMENTOS: C C C C C C C C C C B A B A B A B A B A C CACAU 4m x 4m C C C C C C C C C C B BANANA 4m x 4m B B B B B B B B B B A AÇAÍ 8m x 8m C C C C C C C C C C E. FLORESTAIS E.F. 16m x 16m B A B A B A B A B A C C C C C C C C C C B B E.F. B B B E.F. B B B C C C C C C C C C C
  • 9. TRATOS CULTURAIS:  Limpeza  Controle das touceiras (manter três a quatro estipes/touceira)  Adubação (recomendação da EMBRAPA) Fonte: Nogueira (2005).
  • 11. Maracujá Pimenta Cupuaçú Abacaxi Paricá Açaí
  • 12. SISTEMA AGROFLORESTAL DE TOMÉ-AÇU - SAFTA Açaí x cupuaçu x pimenta-do-reino x paricá
  • 13. Açaí no Sistema Agroflorestal  Produção: Com irrigação: 10 a 12 toneladas/ha Sem irrigação: 8 a 10 toneladas/ha
  • 14. SISTEMA AGROFLORESTAL DE TOMÉ-AÇU - SAFTA Açaí x cacau x mógno
  • 15. Produtos do SAFTA AÇAÍ CACAU GRAVIOLA MARACUJÁ CUPUAÇU CACAU PRODUÇÃO AGROFLORESTA L P.-DO-REINO ACEROLA CASTANHA POLPAS DE FRUTAS DO GELÉIAS BRASIL PARICÁ
  • 17. Recebimento Despolpadeira 2 Pré-Lavagem Tanque Lavagem Pasteurização Seleção Análise Lote Lavagem Armazenamento Branqueamento Envase Maceração Congelamento Despolpadeira 1 Comercialização
  • 18. Açaí Comercializado CAMTA (Ton/ano) 2.124,81 1.509,38 1.365,5 1.156,01 2007 2008 2009 2010
  • 19. MERCADO CONSUMIDOR DE AÇAÍ / CAMTA (TON/ANO) 1200 1000 JAPÃO 800 EUA AUSTRÁLIA 600 ITÁLIA 400 MERCADO INTERNO 200 0 2007 2008 2009 2010
  • 20. Produtos com diversas embalagens
  • 21. INFORMAÇÕES ADICIONAIS CAMTA: AÇAÍ CULTIVADO EM TERRA FIRME COOPERADOS CAMTA: 450.000 pés AÇAÍ COM IDADE PRODUTIVA: 400.000 pés ÁREA TOTAL: 1350 HECTARES 90% PRODUZIDO EM SAFTA 30% IRRIGADO
  • 22. Muito Obrigado ! Contato: camta@camta.com.br 91- 3734-1319