SlideShare uma empresa Scribd logo
MÉTODOS E PROCEDIMENTOS DE
     LEVANTAMENTO DE CAMPO PARA
INDICADORES FITOSSOCIOLÓGICOS DE SAF’s
  COM FOCO EM ESTOQUE DE CARBONO E
         DIVERSIDADE ARBÓREA




                     LÚCIO DE PAULA AMARAL


           VIII CBSAF, Belém-PA
             Novembro de 2011
INTRODUÇÃO

 POPULAÇÃO
  Conjunto de seres da mesma natureza presentes no espaço
 em um dado tempo (PÉLLICO NETTO e BRENA, 1997);

 AMOSTRA
 Parte da população que apresente características comuns a
 esta, e que a represente (PÉLLICO NETTO e BRENA,
 1997):
  - Seleção deve ser livre de tendenciosidade;
  - Indivíduos inconvenientes não podem ser substituídos.
INTRODUÇÃO

 UNIDADE AMOSTRAL
      É o espaço físico onde são observadas e mensuradas as
 características quantitativas e qualitativas da população (variáveis);
 PRECISÃO E ACURACIDADE
   - Precisão é dada pelo erro padrão de da estimativa, desconsidera
 os erros não amostrais, é o tamanho dos desvios da amostra em
 relação a média estimada ( ), obtido pela repetição do processo de
 amostragem;
     - Acuracidade expressa o tamanho dos desvios da estimativa  x
 amostral em relação a média paramétrica da população (μ),
 incluindo os erros não amostrais.
INTRODUÇÃO




Fig. 1 – Organização estrutural de uma população, amostra e
  unidade amostral (PÉLLICO NETTO e BRENA, 1997)
INTRODUÇÃO

Ex.: Unidade amostral de 500 m2
INTRODUÇÃO
INTRODUÇÃO

 MÉTODOS DE AMOSTRAGEM
  Área fixa; Bitterlich; Strand; Prodan; Quadrantes; entre
 outros;

 ARRANJOS AMOSTRAIS
 Aleatória ou sistemática;
 Simples ou estratificada;
 Combinações.
 Qual o número ideal, forma e tamanho das
 unidade amostrais?
INTRODUÇÃO

 Tamanho e Forma

Espécies lenhosas em capoeiras, bosques naturais e SAF’s:
- ua. de 20 x 100 m (0,2 ha)---árvores e palmeiras DAP ≥ 30 cm;
- ua. de 5 x 40 m (0,02 ha) --- indivíduos DAP 5 a 30 cm;
- Forma retangular.
                                (RÜGNITZ et al., 2009 – p.31)
INTRODUÇÃO

Amostragem Aleatória Simples
INTRODUÇÃO

Amostragem Sistemática Simples
INTRODUÇÃO

Amostragem em Conglomerados
INTRODUÇÃO

Amostragem Aleatória Estratificada
AMOSTRAGEM ALEATÓRIA

Parâmetros:
AMOSTRAGEM ALEATÓRIA

Parâmetros:
AMOSTRAGEM ALEATÓRIA

Parâmetros:
AMOSTRAGEM ALEATÓRIA ESTRATIFICADA

Parâmetros:
AMOSTRAGEM ALEATÓRIA ESTRATIFICADA

Parâmetros:
AMOSTRAGEM ALEATÓRIA ESTRATIFICADA

Parâmetros:
AMOSTRAGEM ALEATÓRIA ESTRATIFICADA

Parâmetros:
AMOSTRAGEM ALEATÓRIA ESTRATIFICADA

Número de unidades por estrato:
AMOSTRAGEM ALEATÓRIA ESTRATIFICADA

Número de unidades por estrato:
CONCLUSÃO

 Portanto

      - Conhecer a população: é homogênea ou
 heterogênea?
    - Mapear a população: definir o n potencial; e o
 tamanho dos estratos se necessário;
  - Calcular a média e a variância para determinar o n
 ideal;
 - INVENTÁRIO PILOTO.
PROBLEMÁTICA

 Panorama dos Projetos de Estimativa de
  Biomassa e Carbono em SAf’s

     - Não se tem os SAF’s mapeados: área (ha)
  necessidade ou não de estratificação;
   - Não se tem inventário piloto: não se conhece a
  variância e a média;
  - Não há como determinar o n ideal.
PROBLEMÁTICA

 O que fazer?

 - Mapear as áreas com gps de navegação;
 - Estratificar a área segundo a composição de espécies,
 idade, manejo, produção, entre outros;
 - Definir uma unidade amostral que tenha baixo custo
 e represente a população;
 - Monitorar o comportamento dos dados.
PROJETO

“ESTUDOS SOBRE SISTEMAS DE USO DA
   TERRA E SERVIÇOS AMBIENTAIS”

          Centro Ecológico
            PDA/MMA

            Chamada 45
MAPEAMENTO
ESTRATIFICAÇÃO
ESTRATIFICAÇÃO
AMOSTRAGEM

 Tamanho e forma de ua:
 - Derivamos de (RÜGNITZ et al., 2009 – p.31);
 - ua. 0,2 ha      dividimos por 3 = 0,06666 ha ~ 0,7 ha;
 - ua. 0,7 ha = 20 x 35 m;
 - Método de área fixa;
 Arranjo aleatório simples;
 - fixamos em no mínimo 3 ua. para cada tipo de SAF;
 - E 3 ua. por extrato, quando necessário;
 - População ficou definida como o conjunto de SAF’s;
 - Elevar o n para o conjunto de SAF’s.
SAF’s PARATY-RJ
SAF’s PARATY-RJ
SAF’s PARATY-RJ
SAF’s PARATY-RJ
SAF’s ZONA DA MATA PE
SAF’s ZONA DA MATA PE
SAF’s ZONA DA MATA PE
SAF’s ZONA DA MATA PE
BIOMASSA E CARBONO
EQUAÇÕES
EQUAÇÕES
EQUAÇÕES
EQUAÇÕES
ERROS

 Erro do Inventário
  10 – 20 % (influenciado pela variável utilizada);

 Teor de Carbono (Fator de conversão de P em C)
  0,5 ; 0.485; Real = ?;
  superestimativa de 14,27 % para árvores da FOM
                                    (Martins, 2010)
   Erro da Equação alométrica
  2 – 8 % para o conjunto de dados ajustados;
    ? % para outros dados.
ERROS

 Margem de erro dos contratos voluntário
                   20 %

 Erro da estimativa

  Amostral                10 – 20 %
  Fator de Conversão         14 %
  Equação                   2–8%
PARÂMETROS DIFERENCIADOS



C em SAF’s na América do Sul          39 - 102 Mg ha-1
                                  (Albrecht e Kandji, 2003)

C em SAF’s nas regiões tropicais  50 Mg ha-1
                          (MONTAGNINI e NAIR, 2004)

C em agroflorestas nas Américas        228 Mg ha-1
                                           (DIXON, 1995)
CONCLUSÕES
OBJETO DE DESEJO
OBRIGADO!!!



lpamaralengflorestal@gmail.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

350 1078-1-pb
350 1078-1-pb350 1078-1-pb
350 1078-1-pb
Abel Carrasquilla
 
Com jairopasso2
Com jairopasso2Com jairopasso2
Com jairopasso2
Ronaldo da Silva Ferreira
 
Indicador de vegetação tsavi 1 e 2
Indicador de vegetação tsavi 1 e 2Indicador de vegetação tsavi 1 e 2
Indicador de vegetação tsavi 1 e 2
Susan Aragon
 
Modelos Hidrológicos
Modelos HidrológicosModelos Hidrológicos
Modelos Hidrológicos
Hidrologia UFC
 
Aplicação de um método multivariado para geração de superfícies de população
Aplicação de um método multivariado para geração de superfícies de populaçãoAplicação de um método multivariado para geração de superfícies de população
Aplicação de um método multivariado para geração de superfícies de população
André Gavlak
 
Indicador de vegetação tsavi 1 e 2
Indicador de vegetação tsavi 1 e 2Indicador de vegetação tsavi 1 e 2
Indicador de vegetação tsavi 1 e 2
Cleiton Sousa
 

Mais procurados (6)

350 1078-1-pb
350 1078-1-pb350 1078-1-pb
350 1078-1-pb
 
Com jairopasso2
Com jairopasso2Com jairopasso2
Com jairopasso2
 
Indicador de vegetação tsavi 1 e 2
Indicador de vegetação tsavi 1 e 2Indicador de vegetação tsavi 1 e 2
Indicador de vegetação tsavi 1 e 2
 
Modelos Hidrológicos
Modelos HidrológicosModelos Hidrológicos
Modelos Hidrológicos
 
Aplicação de um método multivariado para geração de superfícies de população
Aplicação de um método multivariado para geração de superfícies de populaçãoAplicação de um método multivariado para geração de superfícies de população
Aplicação de um método multivariado para geração de superfícies de população
 
Indicador de vegetação tsavi 1 e 2
Indicador de vegetação tsavi 1 e 2Indicador de vegetação tsavi 1 e 2
Indicador de vegetação tsavi 1 e 2
 

Destaque

22iidamir
22iidamir22iidamir
22iidamir
cbsaf
 
24jorgevivan
24jorgevivan24jorgevivan
24jorgevivan
cbsaf
 
Paulo guilherme cabral mma
Paulo guilherme cabral mmaPaulo guilherme cabral mma
Paulo guilherme cabral mma
cbsaf
 
Sergio aparecido bb
Sergio aparecido bbSergio aparecido bb
Sergio aparecido bb
cbsaf
 
Dia 4 - Simposio 3 - Desafios técnicos para o uso de SAFs na recuperação de á...
Dia 4 - Simposio 3 - Desafios técnicos para o uso de SAFs na recuperação de á...Dia 4 - Simposio 3 - Desafios técnicos para o uso de SAFs na recuperação de á...
Dia 4 - Simposio 3 - Desafios técnicos para o uso de SAFs na recuperação de á...
cbsaf
 
Dia 2 - Expansão do Açaí e seu potencial em SAFs - Manejo, produção e comerci...
Dia 2 - Expansão do Açaí e seu potencial em SAFs - Manejo, produção e comerci...Dia 2 - Expansão do Açaí e seu potencial em SAFs - Manejo, produção e comerci...
Dia 2 - Expansão do Açaí e seu potencial em SAFs - Manejo, produção e comerci...
cbsaf
 
Paulo augusto lobato emater
Paulo augusto lobato ematerPaulo augusto lobato emater
Paulo augusto lobato emater
cbsaf
 
Cbsaf reduzido
Cbsaf reduzidoCbsaf reduzido
Cbsaf reduzido
cbsaf
 

Destaque (8)

22iidamir
22iidamir22iidamir
22iidamir
 
24jorgevivan
24jorgevivan24jorgevivan
24jorgevivan
 
Paulo guilherme cabral mma
Paulo guilherme cabral mmaPaulo guilherme cabral mma
Paulo guilherme cabral mma
 
Sergio aparecido bb
Sergio aparecido bbSergio aparecido bb
Sergio aparecido bb
 
Dia 4 - Simposio 3 - Desafios técnicos para o uso de SAFs na recuperação de á...
Dia 4 - Simposio 3 - Desafios técnicos para o uso de SAFs na recuperação de á...Dia 4 - Simposio 3 - Desafios técnicos para o uso de SAFs na recuperação de á...
Dia 4 - Simposio 3 - Desafios técnicos para o uso de SAFs na recuperação de á...
 
Dia 2 - Expansão do Açaí e seu potencial em SAFs - Manejo, produção e comerci...
Dia 2 - Expansão do Açaí e seu potencial em SAFs - Manejo, produção e comerci...Dia 2 - Expansão do Açaí e seu potencial em SAFs - Manejo, produção e comerci...
Dia 2 - Expansão do Açaí e seu potencial em SAFs - Manejo, produção e comerci...
 
Paulo augusto lobato emater
Paulo augusto lobato ematerPaulo augusto lobato emater
Paulo augusto lobato emater
 
Cbsaf reduzido
Cbsaf reduzidoCbsaf reduzido
Cbsaf reduzido
 

Semelhante a 22 metodoseproedimentosdelevantamentodecampopara

Amostragem e variabilidade espacial de atributos químicos do solo em área de ...
Amostragem e variabilidade espacial de atributos químicos do solo em área de ...Amostragem e variabilidade espacial de atributos químicos do solo em área de ...
Amostragem e variabilidade espacial de atributos químicos do solo em área de ...
Apollo Doutrinador
 
Mapeamento qualitativo das pastagens do Brasil
Mapeamento qualitativo das pastagens do Brasil Mapeamento qualitativo das pastagens do Brasil
Mapeamento qualitativo das pastagens do Brasil
SAE - Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República
 
C - Modelos regress espacial - dados de área.ppt
C - Modelos regress espacial - dados de área.pptC - Modelos regress espacial - dados de área.ppt
C - Modelos regress espacial - dados de área.ppt
ssuser077e662
 
Apresentação defesa de mestrado Martins, 2026 - Estudos morfometricos e ambie...
Apresentação defesa de mestrado Martins, 2026 - Estudos morfometricos e ambie...Apresentação defesa de mestrado Martins, 2026 - Estudos morfometricos e ambie...
Apresentação defesa de mestrado Martins, 2026 - Estudos morfometricos e ambie...
JedersonHenrique
 
Introdução ao Mapeamento Digital do Solo
Introdução ao Mapeamento Digital  do SoloIntrodução ao Mapeamento Digital  do Solo
Introdução ao Mapeamento Digital do Solo
Alessandro Samuel-Rosa
 
Análise da mudança da paisagem entre 1990 e 2006 e impacto na diversidade de ...
Análise da mudança da paisagem entre 1990 e 2006 e impacto na diversidade de ...Análise da mudança da paisagem entre 1990 e 2006 e impacto na diversidade de ...
Análise da mudança da paisagem entre 1990 e 2006 e impacto na diversidade de ...
Luis Quinta-Nova
 
Examples of remote sensing application in agriculture monitoring
Examples of remote sensing application in agriculture monitoringExamples of remote sensing application in agriculture monitoring
Examples of remote sensing application in agriculture monitoring
International Food Policy Research Institute (IFPRI)
 
slidesgeoma_seminarioprodes2005brasil.pptx
slidesgeoma_seminarioprodes2005brasil.pptxslidesgeoma_seminarioprodes2005brasil.pptx
slidesgeoma_seminarioprodes2005brasil.pptx
KalineLopes2
 
Debate LiDAR GeoBrasil
Debate LiDAR GeoBrasilDebate LiDAR GeoBrasil
Debate LiDAR GeoBrasil
Amauri - ESTEIO S.A.
 
Regressão Espacial
Regressão EspacialRegressão Espacial
Regressão Espacial
Vitor Vieira Vasconcelos
 

Semelhante a 22 metodoseproedimentosdelevantamentodecampopara (10)

Amostragem e variabilidade espacial de atributos químicos do solo em área de ...
Amostragem e variabilidade espacial de atributos químicos do solo em área de ...Amostragem e variabilidade espacial de atributos químicos do solo em área de ...
Amostragem e variabilidade espacial de atributos químicos do solo em área de ...
 
Mapeamento qualitativo das pastagens do Brasil
Mapeamento qualitativo das pastagens do Brasil Mapeamento qualitativo das pastagens do Brasil
Mapeamento qualitativo das pastagens do Brasil
 
C - Modelos regress espacial - dados de área.ppt
C - Modelos regress espacial - dados de área.pptC - Modelos regress espacial - dados de área.ppt
C - Modelos regress espacial - dados de área.ppt
 
Apresentação defesa de mestrado Martins, 2026 - Estudos morfometricos e ambie...
Apresentação defesa de mestrado Martins, 2026 - Estudos morfometricos e ambie...Apresentação defesa de mestrado Martins, 2026 - Estudos morfometricos e ambie...
Apresentação defesa de mestrado Martins, 2026 - Estudos morfometricos e ambie...
 
Introdução ao Mapeamento Digital do Solo
Introdução ao Mapeamento Digital  do SoloIntrodução ao Mapeamento Digital  do Solo
Introdução ao Mapeamento Digital do Solo
 
Análise da mudança da paisagem entre 1990 e 2006 e impacto na diversidade de ...
Análise da mudança da paisagem entre 1990 e 2006 e impacto na diversidade de ...Análise da mudança da paisagem entre 1990 e 2006 e impacto na diversidade de ...
Análise da mudança da paisagem entre 1990 e 2006 e impacto na diversidade de ...
 
Examples of remote sensing application in agriculture monitoring
Examples of remote sensing application in agriculture monitoringExamples of remote sensing application in agriculture monitoring
Examples of remote sensing application in agriculture monitoring
 
slidesgeoma_seminarioprodes2005brasil.pptx
slidesgeoma_seminarioprodes2005brasil.pptxslidesgeoma_seminarioprodes2005brasil.pptx
slidesgeoma_seminarioprodes2005brasil.pptx
 
Debate LiDAR GeoBrasil
Debate LiDAR GeoBrasilDebate LiDAR GeoBrasil
Debate LiDAR GeoBrasil
 
Regressão Espacial
Regressão EspacialRegressão Espacial
Regressão Espacial
 

Mais de cbsaf

Joao luis guadagnin mda
Joao luis guadagnin mdaJoao luis guadagnin mda
Joao luis guadagnin mda
cbsaf
 
22robertmiller
22robertmiller22robertmiller
22robertmiller
cbsaf
 
24zaresoares
24zaresoares24zaresoares
24zaresoares
cbsaf
 
24ricardoscoles
24ricardoscoles24ricardoscoles
24ricardoscoles
cbsaf
 
24marceloarcoverde
24marceloarcoverde24marceloarcoverde
24marceloarcoverde
cbsaf
 
24lucianarocha
24lucianarocha24lucianarocha
24lucianarocha
cbsaf
 
24cleidetavares
24cleidetavares24cleidetavares
24cleidetavares
cbsaf
 
24casemiro
24casemiro24casemiro
24casemiro
cbsaf
 
24andregolcalves
24andregolcalves24andregolcalves
24andregolcalves
cbsaf
 
23leonardosorice
23leonardosorice23leonardosorice
23leonardosorice
cbsaf
 
Robert miller simposio 3.1
Robert miller simposio 3.1Robert miller simposio 3.1
Robert miller simposio 3.1
cbsaf
 
Helio umemura simposio 2.1
Helio umemura simposio 2.1Helio umemura simposio 2.1
Helio umemura simposio 2.1
cbsaf
 
Compressed cbsa fs-acai_silas_mochiutti
Compressed cbsa fs-acai_silas_mochiuttiCompressed cbsa fs-acai_silas_mochiutti
Compressed cbsa fs-acai_silas_mochiutti
cbsaf
 
Dia 2 - Simpósio 3 - Políticas publicas para integrar beneficios econômicos e...
Dia 2 - Simpósio 3 - Políticas publicas para integrar beneficios econômicos e...Dia 2 - Simpósio 3 - Políticas publicas para integrar beneficios econômicos e...
Dia 2 - Simpósio 3 - Políticas publicas para integrar beneficios econômicos e...
cbsaf
 
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
cbsaf
 
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
cbsaf
 
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
cbsaf
 
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
cbsaf
 
Dia 2 - Políticas públicas e sistemas agroflorestais: lições aprendidas a par...
Dia 2 - Políticas públicas e sistemas agroflorestais: lições aprendidas a par...Dia 2 - Políticas públicas e sistemas agroflorestais: lições aprendidas a par...
Dia 2 - Políticas públicas e sistemas agroflorestais: lições aprendidas a par...
cbsaf
 
Dia 2 - Políticas públicas e sistemas agroflorestais: lições aprendidas a par...
Dia 2 - Políticas públicas e sistemas agroflorestais: lições aprendidas a par...Dia 2 - Políticas públicas e sistemas agroflorestais: lições aprendidas a par...
Dia 2 - Políticas públicas e sistemas agroflorestais: lições aprendidas a par...
cbsaf
 

Mais de cbsaf (20)

Joao luis guadagnin mda
Joao luis guadagnin mdaJoao luis guadagnin mda
Joao luis guadagnin mda
 
22robertmiller
22robertmiller22robertmiller
22robertmiller
 
24zaresoares
24zaresoares24zaresoares
24zaresoares
 
24ricardoscoles
24ricardoscoles24ricardoscoles
24ricardoscoles
 
24marceloarcoverde
24marceloarcoverde24marceloarcoverde
24marceloarcoverde
 
24lucianarocha
24lucianarocha24lucianarocha
24lucianarocha
 
24cleidetavares
24cleidetavares24cleidetavares
24cleidetavares
 
24casemiro
24casemiro24casemiro
24casemiro
 
24andregolcalves
24andregolcalves24andregolcalves
24andregolcalves
 
23leonardosorice
23leonardosorice23leonardosorice
23leonardosorice
 
Robert miller simposio 3.1
Robert miller simposio 3.1Robert miller simposio 3.1
Robert miller simposio 3.1
 
Helio umemura simposio 2.1
Helio umemura simposio 2.1Helio umemura simposio 2.1
Helio umemura simposio 2.1
 
Compressed cbsa fs-acai_silas_mochiutti
Compressed cbsa fs-acai_silas_mochiuttiCompressed cbsa fs-acai_silas_mochiutti
Compressed cbsa fs-acai_silas_mochiutti
 
Dia 2 - Simpósio 3 - Políticas publicas para integrar beneficios econômicos e...
Dia 2 - Simpósio 3 - Políticas publicas para integrar beneficios econômicos e...Dia 2 - Simpósio 3 - Políticas publicas para integrar beneficios econômicos e...
Dia 2 - Simpósio 3 - Políticas publicas para integrar beneficios econômicos e...
 
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
 
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
 
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
 
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
Dia 2 - Estratégias de politicas públicas para uma maior adoção de sistemas a...
 
Dia 2 - Políticas públicas e sistemas agroflorestais: lições aprendidas a par...
Dia 2 - Políticas públicas e sistemas agroflorestais: lições aprendidas a par...Dia 2 - Políticas públicas e sistemas agroflorestais: lições aprendidas a par...
Dia 2 - Políticas públicas e sistemas agroflorestais: lições aprendidas a par...
 
Dia 2 - Políticas públicas e sistemas agroflorestais: lições aprendidas a par...
Dia 2 - Políticas públicas e sistemas agroflorestais: lições aprendidas a par...Dia 2 - Políticas públicas e sistemas agroflorestais: lições aprendidas a par...
Dia 2 - Políticas públicas e sistemas agroflorestais: lições aprendidas a par...
 

22 metodoseproedimentosdelevantamentodecampopara