SlideShare uma empresa Scribd logo
Cláusulas Específicas
de
Contratos Proporcionais
14 de Agosto de 2013
Proprietary & Confidential 1
Introdução
 Principais Cláusulas
 Aplicações das Cláusulas
 Tipos de Comissão de Resseguro
 Prestações de Contas
 Outras Cláusulas
Principais Cláusulas de Contratos Proporcionais
 Vigência
 Período de Cobertura
 Seguir a Sorte (Follow the Fortune)
 Base de Cessão
 Limite de Cobertura de Resseguro
 Tipos de Comissão de Resseguro
 Prestação de Contas (Bordereaux)
 Adiantamento de Sinistro
 Limite por evento e Definição de Evento
Proprietary & Confidential 3
Cláusulas de Vigência e Período de Cobertura
Vigência
 Objetivo: Definir a data e hora de início do contrato, informar que este é contínuo e quando poderá ser
cancelado
 Exemplo: “Contrato contínuo cobrindo os riscos iniciados a partir de 24 horas do dia 31 de Agosto de 2013
(Horário de Brasília - DF), sujeito a cancelamento, por qualquer das partes, mediante aviso prévio 3 (três)
meses antes de 31 de Agosto de qualquer ano”
 Texto Cancelamento Automático: “Fica entendido que o aviso provisório de cancelamento será
automaticamente proposto, pelo Ressegurado e Resseguradores participantes deste Contrato, no dia 31 de
Maio de cada ano, exceto quando houver notificação em contrário apresentada pela outra parte”
Período de Cobertura
 Objetivo: Definir o período máximo das apólices originais e também que o contrato é na base Risk
Attaching
 Exemplo: “Estarão cobertas pelo presente contrato as apólices com vigência iniciada durante o período de
vigência do contrato, ou seja, na base Risk Attaching, até expirarem naturalmente, desde que o prazo de
vigência de cada apólice incluída no contrato não exceda 12 meses”
Proprietary & Confidential 4
Cláusula de Seguir a Sorte (Follow the Fortune)
 Objetivo: Traduzir o caráter de parceria do contrato proporcional
 Exemplo: “Sujeito aos termos, cláusulas e condições deste Contrato e aos termos, cláusulas e
condições das Apólices originais, os Resseguradores seguirão a sorte da Companhia Ressegurada com
relação às Perdas suportadas em decorrência da emissão das Apólices.
Todas as ações, decisões, acordos e pagamentos realizados pela Companhia Ressegurada no âmbito
das Apólices vincularão os Resseguradores para efeitos de pagamento da Recuperação, sempre que os
mesmos respeitem os termos, cláusulas e condições estabelecidas neste contrato e aos termos,
cláusulas e condições das Apólices originais.
A responsabilidade dos Resseguradores, assumida de acordo com os termos e condições do presente
Contrato, se iniciará simultânea e automaticamente com a responsabilidade da Companhia
Ressegurada, respeitados os termos e condições deste Contrato.
Nenhumas destas condições darão origem a qualquer obrigação ou estabelecerá qualquer direito contra
os Resseguradores em favor de terceiros ou pessoas que não sejam partes deste Contrato”
Proprietary & Confidential 5
Cláusula de Base de Cessão ao Contrato
Base de Cessão ao Contrato
 Objetivo: Definir a base de cessão e quais coberturas compõe o Limite Máximo de Garantia (LMG)
 Exemplo para Riscos Patrimoniais: “Para os fins de cobertura de resseguro deste Contrato,
deverá ser considerado como Limite Máximo de Garantia (LMG) o somatório dos Limites Máximos
de Indenização (LMI) das Coberturas:
– Básica (Incêndio, Raio e Explosão),
– Lucros Cessantes,
– Lucros Cessantes - Riscos Contingentes,
– Despesa com aluguel,
– Despesas Extras/Inst. Novo Local e
– Responsabilidade Civil (cobertura adicional)
que afetarem um risco segurado coberto por este Contrato. Constituindo assim um único sinistro
sujeito aos limites de cobertura de resseguro e prioridades (franquias) em cada uma das faixas do
Contrato.”
Comentários
 Relação LMI / VR: Diversos contratos de Riscos Patrimoniais incluem uma razão mínima de 40%
para a relação Limite Máximo de Indenização (LMI) e Valor em Risco (VR) da cobertura básica para
o local principal
Proprietary & Confidential 6
Cláusulas de Limite de Cobertura de Resseguro
Quota Parte
O Ressegurado deve ceder e os Resseguradores
devem aceitar a Cota Parte de 50% até o limite de
R$ 100.000.000 para cada sinistro
O Ressegurado reterá os outros 50% na sua conta
líquida (entretanto, o Ressegurado poderá proteger
esta retenção com resseguro Facultativo e/ou
Excesso de Danos, se necessário).
Excedente de Responsabilidade
Limite Máximo de Garantia por risco (antes de
qualquer facultativo): R$ 50.000.000,00 por risco,
com base no Limite Máximo de Garantia (LMG)
O limite acima é composto por 4 (quatro plenos) de
R$ 10.000.000,00 por risco, totalizando R$
40.000.000,00, que é o limite de responsabilidade
dos Resseguradores deste contrato, mais R$
10.000.000,00 que é a retenção da Companhia
Ressegurada
Proprietary & Confidential 7
Tipos de Comissão de Resseguro
 Comissão Fixa
– Percentual fixo aplicado normalmente sobre o prêmio cedido bruto descontado IOF e o custo de
emissão de apólice (extinto)
– Exemplo: “XX% do prêmio cedido líquido de IOF e de custo de apólice (extinto)”
Proprietary & Confidential 8
Tipos de Comissão de Resseguro
 Comissão Escalonada
– Define-se uma comissão provisória e ao final do contrato esta é ajustada pela sinistralidade
– Exemplo: “O Ressegurador pagará à Cedente uma comissão provisória, conforme estipulado na tabela
abaixo, com base nos prêmios recebidos. A Cedente deverá debitar esta comissão provisória nas
prestações de contas habituais até a realização do acerto conforme instruções abaixo.
Na primeira prestação de contas após 24 meses do início de vigência do contrato, a Cedente irá
submeter ao Ressegurador um demonstrativo contábil que será utilizado para fins de acerto de
comissão conforme a sinistralidade observada para o contrato.
Nas prestações de contas subsequentes, a sinistralidade será recalculada e a comissão de resseguro
será ajustada. Multiplicando-se o percentual de comissão ajustado pelo montante de prêmios recebidos
até o presente demonstrativo, ter-se-á o volume total de comissão a recuperar. A diferença entre este e
o volume de comissão já recuperado corresponderá ao valor da comissão para a prestação de contas
atual”
Sinistralidade Comissão
40% 35%
50% 30%
60% 25%
70% 20%
Provisória = 30%
Proprietary & Confidential 9
Tipos de Comissão de Resseguro
 Participação nos Lucros
– A cedente recebe um percentual do resultado apurado pelo ressegurador
– Exemplo: ”O Ressegurador deverá pagar à Ressegurada uma comissão de participação no eventual
lucro líquido anual resultante de todos os riscos cedidos por conta deste Contrato em cada exercício
anual. O lucro líquido anual deverá ser computado como segue:
Créditos (líquido de cancelamentos e devoluções)
1. Prêmio de resseguro cedido no exercício;
2. Entrada em carteira da reserva de prêmios não-ganhos [transferida no encerramento do exercício
anual anterior], em valor igual à percentagem dos prêmios cedidos no exercício anual anterior;
3. Entrada em carteira da reserva de sinistros pendentes transferida no encerramento do exercício
anual anterior.
Débitos
1. Comissão de resseguro;
2. Sinistros e despesas de sinistros pagos no exercício;
3. Reserva de sinistros pendentes no encerramento do exercício;
4. Reserva de prêmios não-ganhos no encerramento do exercício (igual a percentagem do prêmio
cedido no exercício);
5. Despesas de Administração dos Resseguradores;
6. Impostos sobre prêmios cedidos;
7. Déficit (se houver) transportado do Demonstrativo da Comissão de Participação nos Lucros do
exercício anual anterior”
Proprietary & Confidential 10
Tipos de Comissão de Resseguro
 Corredor de Perdas
– A cedente retém parte dos sinistros que superam um nível de gatilho
– Exemplo: ”O Gatilho de Sinistralidade aplicável a esta cláusula: 50%
15 (quinze) meses após o término da vigência deste Contrato de Resseguro, o Ressegurado deverá
emitir um informe da quantidade de prêmio emitida e do valor dos sinistros totais referentes à Classe de
Negócios coberta por este Contrato de Resseguro. Com base neste informe, será estabelecida a
Sinistralidade Total.
Com base na Sinistralidade Total, a cessão de Sinistros do Contrato deverá ser ajustada de acordo
com o procedimento delineado abaixo.
Caso a Sinistralidade Total da Classe de Negócios coberta por este Contrato de Resseguro exceda o
gatilho acima estabelecido, o Ressegurado cederá somente 25% da sinistralidade excedente ao gatilho,
retendo o restante em sua conta líquida.”
Proprietary & Confidential 11
Cláusulas de Prestação de Contas
Contas
 Exemplo: “Contas Trimestrais a serem disponibilizadas aos resseguradores em até 45 dias do fechamento
do trimestre, acompanhada do Bordereaux de prêmios e sinistros.”
Alguns contratos possuem o seguinte texto: “O descumprimento do acima disposto implicará na
aplicação de 110% (cento e dez por cento) da taxa SELIC divulgada pelo BACEN – Banco Central do
Brasil , sobre o valor do saldo, a partir da data de vencimento contratualmente prevista”
Condições de Pagamento
 Exemplo: “Dentro de 15 dias do recebimento de qualquer conta, o Ressegurador deverá notificar sua
aceitação à Ressegurada. A aceitação da conta pelos Resseguradores será presumida caso os seus
respectivos comentários não sejam recebidos dentro do prazo de 15 dias após a apresentação desta.
O saldo devido por qualquer das partes deverá então ser pago no prazo máximo de 30 dias, após a
aprovação do Ressegurador”
Proprietary & Confidential 12
Cláusulas de Prestação de Contas
Informações do Bordereaux
 Exemplo Bordereaux de Prêmio: “O bordereaux de prêmio deverá conter informações individuais sobre
cada apólice e/ou endosso, incluindo o ramo, número da apólice e/ou endosso, data de emissão, data de
início de vigência, data de término de vigência, importância segurada, prêmio de seguro, comissão de
seguro, número total de parcelas e quantidade de parcelas pagas“
 Exemplo Bordereaux de Sinistros: “O bordereaux de sinistros deverá conter informações individuais
sobre cada reclamação sob regulação, incluindo a data de ocorrência, de notificação, carteira afetada, ano
de subscrição, segurado, causa, estimativa “FGU”, limite da cobertura aplicável, franquia, pagamentos já
realizados, e provisões em reserva”
Proprietary & Confidential 13
Cláusulas de Encontro de Contas (Offset)
 Objetivo: Dinamizar
 Exemplo: “Quaisquer quantias devidas por qualquer uma das partes deste Contrato, sejam em decorrência
deste Contrato ou da relação comercial entre as partes como um todo, poderão ser compensadas contra os
sinistros da outra parte. Este direito continuará a existir após o cancelamento deste Contrato ou da relação
comercial entre as partes como um todo.
Se a lei substancial aplicável permitir, caso sejam instituídos processos de insolvência ou liquidação
relativos a uma das partes deste Contrato, a outra parte poderá compensar todas as quantias devidas,
sejam em decorrência deste Contrato ou da relação comercial entre as partes como um todo, contra todas
as quantias devidas ou que ainda não sejam devidas para pagamento por ela, quer sejam decorrentes
deste Contrato ou da relação comercial entre as partes como um todo. O mesmo direito poderá ser
exercido por qualquer parte deste Contrato que exerça seu direito de cancelamento extraordinário por
qualquer outra razão indicada na respectiva cláusula deste Contrato.
Os saldos a receber em moedas diferentes poderão ser compensados. A taxa de câmbio aplicável será a
taxa de câmbio oficial do BACEN publicada em seu website na data da demonstração de compensação de
saldos.“
Proprietary & Confidential 14
Outras Cláusulas
Suspensão Especial do Término da Vigência do Contrato
 Objetivo: Demonstra a continuidade do contrato até a expiração natural
 Texto: “Em caso de extinção do Contrato ou de seu cancelamento, a cobertura de resseguro permanecerá
em vigor para os riscos iniciados no período em que vigorou o Contrato, até a sua extinção natural”
Adiantamento de Sinistro
 Objetivo: Trazer estabilidade ao fluxo de caixa da cedente
 Texto: “Sempre que a parcela do sinistro a ser assumido pelos Resseguradores atingir ou exceder o valor
de R$ X.XXX.XXX os Resseguradores deverão pagar sua participação na importância devida, o mais
rápido possível após a respectiva solicitação ser feita pelo Ressegurado. Fica entendido, entretanto, que
quaisquer saldos líquidos em favor dos Resseguradores deverão ser, primeiramente, deduzidos do valor
do sinistro. Todos os demais sinistros deverão ser debitados na conta”
Proprietary & Confidential 15
Outras Cláusulas
Direito de Inspeção
Texto: “Fica assegurado aos Resseguradores o direito de inspecionar quaisquer documentos
relacionados às Apólices e aos Sinistros mediante notificação prévia e por escrito encaminhada à
Companhia Ressegurada com antecedência mínima de 15 (quinze) dias.
A análise dos documentos será sempre realizada na sede da Companhia Ressegurada ou outro local por
ela determinado, podendo ainda, a Companhia Ressegurada, optar pela remessa de cópias dos
documentos solicitados.
Todos os custos decorrentes da solicitação de documentos em poder da Companhia Ressegurada serão
integralmente suportados pelo Ressegurador Líder e/ou pelos demais Resseguradores, se estes
manifestarem prévia concordância com a inspeção.
Fica entendido que o direito de inspeção dos Resseguradores permanecerá enquanto qualquer das partes
permanecerem com quaisquer responsabilidades decorrentes deste Contrato.
O disposto nesta cláusula não será aplicável em caso de existência de procedimento arbitral ou processo
judicial entre a Companhia Ressegurada e os Resseguradores.
O direito de inspeção aqui estabelecido não será usado pelos Resseguradores para atrasar ou reter
pagamentos de Recuperações devidas.”
Proprietary & Confidential 16
Outras Cláusulas
Limite por Evento
 Texto: “Limite por Evento: R$ XXX.XXX.XXX,XX”
Definição de Evento
Texto: “O termo “Ocorrência de Perda” significará toda perda individual resultante e diretamente
ocasionada por uma catástrofe. Contudo, a duração e extensão de qualquer “Ocorrência de Perda” deverá
ser limitada a:
a.72 horas consecutivas relativamente a furacão, tufão, vendaval, tempestade, granizo e/ou tornado;
b.72 horas consecutivas relativamente a terremoto, maremoto, onda de maré e/ou erupção vulcânica;
c.72 horas consecutivas e dentro dos limites territoriais de qualquer cidade ou vilarejo, com relação a
tumultos, comoções civis e danos maliciosos;
d.72 horas consecutivas relativamente a qualquer “Ocorrência de Perda” que inclua perda individual ou
perdas resultantes dos riscos mencionados nos itens (a), (b) ou (c) acima;
e.168 horas consecutivas para qualquer “Ocorrência de Perda” de qualquer natureza que não inclua perda
individual ou perdas resultantes dos riscos mencionados nos itens (a), (b) ou (c) acima, incluindo, mas não
limitado a alagamento.
A Ressegurada poderá escolher a data e o horário de início desse período de horas consecutivas,
contanto que nenhum dos períodos tenha início antes da ocorrência do primeiro sinistro individual
resultante de tal evento ou catástrofe indenizável pela Ressegurada, e que não haja sobreposição de dois
períodos de horas consecutivos.”
Proprietary & Confidential 17
Aon Benfield
Rua Joaquim Floriano, 488
12º andar
São Paulo, SP 04534-002
Brasil
tel: (55) 11 3074 0460
fax: (55) 11. 3058 4739
www.aonbenfield.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gestão atuarial compilado
Gestão atuarial   compiladoGestão atuarial   compilado
Gestão atuarial compilado
Universidade Federal Fluminense
 
A arte de elaborar um contrato de seguros
A arte de elaborar um contrato de segurosA arte de elaborar um contrato de seguros
A arte de elaborar um contrato de seguros
Universidade Federal Fluminense
 
Resseguro online no brasil e no mundo pellon & associados
Resseguro online no brasil e no mundo   pellon & associadosResseguro online no brasil e no mundo   pellon & associados
Resseguro online no brasil e no mundo pellon & associados
Universidade Federal Fluminense
 
A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Específicas em Contratos Não-Proporc...
A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Específicas em Contratos Não-Proporc...A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Específicas em Contratos Não-Proporc...
A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Específicas em Contratos Não-Proporc...
Escola Nacional de Seguros
 
A Arte de Elaborar o Contrato - Cláusulas de Sinistros, por Daniele Fiuza
A Arte de Elaborar o Contrato - Cláusulas de Sinistros, por  Daniele FiuzaA Arte de Elaborar o Contrato - Cláusulas de Sinistros, por  Daniele Fiuza
A Arte de Elaborar o Contrato - Cláusulas de Sinistros, por Daniele Fiuza
Escola Nacional de Seguros
 
Apostila contabilidade seguros
Apostila contabilidade segurosApostila contabilidade seguros
Apostila contabilidade seguros
admcontabil
 
Cbk sc apolices adicionais
Cbk sc apolices adicionaisCbk sc apolices adicionais
Cbk sc apolices adicionais
Sergio Romero Vila
 
Casa própria
Casa própriaCasa própria
Casa própria
Consórcio de Imóveis
 
Pp tranquilidade familiar atualiza prêmio (jmc)
Pp tranquilidade familiar atualiza prêmio (jmc)Pp tranquilidade familiar atualiza prêmio (jmc)
Pp tranquilidade familiar atualiza prêmio (jmc)
Espaço Allianz
 
A colocação de resseguro facultativo
A colocação de resseguro facultativoA colocação de resseguro facultativo
A colocação de resseguro facultativo
Universidade Federal Fluminense
 
Facility rc exposicao e feira de amostra
Facility rc   exposicao e feira de amostraFacility rc   exposicao e feira de amostra
Facility rc exposicao e feira de amostra
Espaço Allianz
 

Mais procurados (11)

Gestão atuarial compilado
Gestão atuarial   compiladoGestão atuarial   compilado
Gestão atuarial compilado
 
A arte de elaborar um contrato de seguros
A arte de elaborar um contrato de segurosA arte de elaborar um contrato de seguros
A arte de elaborar um contrato de seguros
 
Resseguro online no brasil e no mundo pellon & associados
Resseguro online no brasil e no mundo   pellon & associadosResseguro online no brasil e no mundo   pellon & associados
Resseguro online no brasil e no mundo pellon & associados
 
A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Específicas em Contratos Não-Proporc...
A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Específicas em Contratos Não-Proporc...A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Específicas em Contratos Não-Proporc...
A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Específicas em Contratos Não-Proporc...
 
A Arte de Elaborar o Contrato - Cláusulas de Sinistros, por Daniele Fiuza
A Arte de Elaborar o Contrato - Cláusulas de Sinistros, por  Daniele FiuzaA Arte de Elaborar o Contrato - Cláusulas de Sinistros, por  Daniele Fiuza
A Arte de Elaborar o Contrato - Cláusulas de Sinistros, por Daniele Fiuza
 
Apostila contabilidade seguros
Apostila contabilidade segurosApostila contabilidade seguros
Apostila contabilidade seguros
 
Cbk sc apolices adicionais
Cbk sc apolices adicionaisCbk sc apolices adicionais
Cbk sc apolices adicionais
 
Casa própria
Casa própriaCasa própria
Casa própria
 
Pp tranquilidade familiar atualiza prêmio (jmc)
Pp tranquilidade familiar atualiza prêmio (jmc)Pp tranquilidade familiar atualiza prêmio (jmc)
Pp tranquilidade familiar atualiza prêmio (jmc)
 
A colocação de resseguro facultativo
A colocação de resseguro facultativoA colocação de resseguro facultativo
A colocação de resseguro facultativo
 
Facility rc exposicao e feira de amostra
Facility rc   exposicao e feira de amostraFacility rc   exposicao e feira de amostra
Facility rc exposicao e feira de amostra
 

Destaque

1 personalidade
1 personalidade1 personalidade
1 personalidade
Julio Pyramo
 
A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Comuns aos Contratos Automáticos Pro...
A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Comuns aos Contratos Automáticos Pro...A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Comuns aos Contratos Automáticos Pro...
A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Comuns aos Contratos Automáticos Pro...
Escola Nacional de Seguros
 
Rc avançado aula inaugural - 2011
Rc avançado   aula inaugural - 2011Rc avançado   aula inaugural - 2011
Rc avançado aula inaugural - 2011
thalitagraciolli
 
Cláusulas especiais de seguros
Cláusulas especiais de segurosCláusulas especiais de seguros
Cláusulas especiais de seguros
Universidade Federal Fluminense
 
Design de Serviços: Como é que ninguém pensou nisso antes?
Design de Serviços: Como é que ninguém pensou nisso antes?Design de Serviços: Como é que ninguém pensou nisso antes?
Design de Serviços: Como é que ninguém pensou nisso antes?
UTFPR
 
Palestra: Cultura de Serviços - Jayme Brasil Garfinkel
Palestra: Cultura de Serviços - Jayme Brasil GarfinkelPalestra: Cultura de Serviços - Jayme Brasil Garfinkel
Palestra: Cultura de Serviços - Jayme Brasil Garfinkel
ExpoGestão
 
Bibliografia Curso
Bibliografia CursoBibliografia Curso
Bibliografia Curso
thalitagraciolli
 
A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Específicas em Contratos de Responsa...
A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Específicas em Contratos de Responsa...A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Específicas em Contratos de Responsa...
A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Específicas em Contratos de Responsa...
Escola Nacional de Seguros
 
4º Encontro Anual de Seguros Massificados | América Latina | Miami
4º Encontro Anual de Seguros Massificados | América Latina | Miami4º Encontro Anual de Seguros Massificados | América Latina | Miami
4º Encontro Anual de Seguros Massificados | América Latina | Miami
Gustavo Zobaran
 
Palestra RC e Circular 127/2009 - Filomena
Palestra RC e Circular 127/2009 - FilomenaPalestra RC e Circular 127/2009 - Filomena
Palestra RC e Circular 127/2009 - Filomena
Sincor-ES
 
Procedimentos e Especificidades Contratuais: Arbitragem no Contrato de Seguro...
Procedimentos e Especificidades Contratuais: Arbitragem no Contrato de Seguro...Procedimentos e Especificidades Contratuais: Arbitragem no Contrato de Seguro...
Procedimentos e Especificidades Contratuais: Arbitragem no Contrato de Seguro...
Escola Nacional de Seguros
 
Contrato Seguro
Contrato SeguroContrato Seguro
Contrato Seguro
Adriano Ferreira
 
Contrato de seguro e atividade seguradora no brasil, por Walter A. Polido
Contrato de seguro e atividade seguradora no brasil, por Walter A. PolidoContrato de seguro e atividade seguradora no brasil, por Walter A. Polido
Contrato de seguro e atividade seguradora no brasil, por Walter A. Polido
Editora Roncarati
 
Legislação vigente do sistema nacional de seguro
Legislação vigente do sistema nacional de seguroLegislação vigente do sistema nacional de seguro
Legislação vigente do sistema nacional de seguro
luzienne moraes
 
2ª Edição - Temas de Seguro - Antonio Penteado Mendonça
2ª Edição - Temas de Seguro - Antonio Penteado Mendonça2ª Edição - Temas de Seguro - Antonio Penteado Mendonça
2ª Edição - Temas de Seguro - Antonio Penteado Mendonça
Editora Roncarati
 
Lançamento de Novos Produtos (Kotler)
Lançamento de Novos Produtos (Kotler)Lançamento de Novos Produtos (Kotler)
Lançamento de Novos Produtos (Kotler)
Jorge Remondes Universidades Lusíada
 
Aula de desenvolvimento de produtos
Aula de desenvolvimento de produtosAula de desenvolvimento de produtos
Aula de desenvolvimento de produtos
CENNE
 
Contratos
ContratosContratos
1 aula contratos
1 aula contratos 1 aula contratos
1 aula contratos
Julio Pyramo
 
Modelo do Processo de Desenvolvimento de Produtos
Modelo do Processo de Desenvolvimento de ProdutosModelo do Processo de Desenvolvimento de Produtos
Modelo do Processo de Desenvolvimento de Produtos
Marcel Gois
 

Destaque (20)

1 personalidade
1 personalidade1 personalidade
1 personalidade
 
A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Comuns aos Contratos Automáticos Pro...
A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Comuns aos Contratos Automáticos Pro...A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Comuns aos Contratos Automáticos Pro...
A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Comuns aos Contratos Automáticos Pro...
 
Rc avançado aula inaugural - 2011
Rc avançado   aula inaugural - 2011Rc avançado   aula inaugural - 2011
Rc avançado aula inaugural - 2011
 
Cláusulas especiais de seguros
Cláusulas especiais de segurosCláusulas especiais de seguros
Cláusulas especiais de seguros
 
Design de Serviços: Como é que ninguém pensou nisso antes?
Design de Serviços: Como é que ninguém pensou nisso antes?Design de Serviços: Como é que ninguém pensou nisso antes?
Design de Serviços: Como é que ninguém pensou nisso antes?
 
Palestra: Cultura de Serviços - Jayme Brasil Garfinkel
Palestra: Cultura de Serviços - Jayme Brasil GarfinkelPalestra: Cultura de Serviços - Jayme Brasil Garfinkel
Palestra: Cultura de Serviços - Jayme Brasil Garfinkel
 
Bibliografia Curso
Bibliografia CursoBibliografia Curso
Bibliografia Curso
 
A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Específicas em Contratos de Responsa...
A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Específicas em Contratos de Responsa...A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Específicas em Contratos de Responsa...
A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Específicas em Contratos de Responsa...
 
4º Encontro Anual de Seguros Massificados | América Latina | Miami
4º Encontro Anual de Seguros Massificados | América Latina | Miami4º Encontro Anual de Seguros Massificados | América Latina | Miami
4º Encontro Anual de Seguros Massificados | América Latina | Miami
 
Palestra RC e Circular 127/2009 - Filomena
Palestra RC e Circular 127/2009 - FilomenaPalestra RC e Circular 127/2009 - Filomena
Palestra RC e Circular 127/2009 - Filomena
 
Procedimentos e Especificidades Contratuais: Arbitragem no Contrato de Seguro...
Procedimentos e Especificidades Contratuais: Arbitragem no Contrato de Seguro...Procedimentos e Especificidades Contratuais: Arbitragem no Contrato de Seguro...
Procedimentos e Especificidades Contratuais: Arbitragem no Contrato de Seguro...
 
Contrato Seguro
Contrato SeguroContrato Seguro
Contrato Seguro
 
Contrato de seguro e atividade seguradora no brasil, por Walter A. Polido
Contrato de seguro e atividade seguradora no brasil, por Walter A. PolidoContrato de seguro e atividade seguradora no brasil, por Walter A. Polido
Contrato de seguro e atividade seguradora no brasil, por Walter A. Polido
 
Legislação vigente do sistema nacional de seguro
Legislação vigente do sistema nacional de seguroLegislação vigente do sistema nacional de seguro
Legislação vigente do sistema nacional de seguro
 
2ª Edição - Temas de Seguro - Antonio Penteado Mendonça
2ª Edição - Temas de Seguro - Antonio Penteado Mendonça2ª Edição - Temas de Seguro - Antonio Penteado Mendonça
2ª Edição - Temas de Seguro - Antonio Penteado Mendonça
 
Lançamento de Novos Produtos (Kotler)
Lançamento de Novos Produtos (Kotler)Lançamento de Novos Produtos (Kotler)
Lançamento de Novos Produtos (Kotler)
 
Aula de desenvolvimento de produtos
Aula de desenvolvimento de produtosAula de desenvolvimento de produtos
Aula de desenvolvimento de produtos
 
Contratos
ContratosContratos
Contratos
 
1 aula contratos
1 aula contratos 1 aula contratos
1 aula contratos
 
Modelo do Processo de Desenvolvimento de Produtos
Modelo do Processo de Desenvolvimento de ProdutosModelo do Processo de Desenvolvimento de Produtos
Modelo do Processo de Desenvolvimento de Produtos
 

Semelhante a A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Específicas de Contratos Profissionais

Cláusulas específicas em contratos não proporcionais - patrimonial
Cláusulas específicas em contratos não proporcionais - patrimonialCláusulas específicas em contratos não proporcionais - patrimonial
Cláusulas específicas em contratos não proporcionais - patrimonial
Universidade Federal Fluminense
 
Cláusulas específicas em contratos não proporcionais - patrimonial
Cláusulas específicas em contratos não proporcionais - patrimonialCláusulas específicas em contratos não proporcionais - patrimonial
Cláusulas específicas em contratos não proporcionais - patrimonial
Universidade Federal Fluminense
 
Circular 26-refinanciamento
Circular 26-refinanciamentoCircular 26-refinanciamento
Circular 26-refinanciamento
Transvias
 
Manual de seguro garantia do irb
Manual de seguro garantia do irbManual de seguro garantia do irb
Manual de seguro garantia do irb
Universidade Federal Fluminense
 
Os seguros e os riscos como compreendê-los
Os seguros e os riscos   como compreendê-losOs seguros e os riscos   como compreendê-los
Os seguros e os riscos como compreendê-los
Universidade Federal Fluminense
 
Os seguros e os riscos como compreendê-los
Os seguros e os riscos   como compreendê-losOs seguros e os riscos   como compreendê-los
Os seguros e os riscos como compreendê-los
Universidade Federal Fluminense
 
Procedimentos e Particularidades Contratuais
Procedimentos e Particularidades ContratuaisProcedimentos e Particularidades Contratuais
Procedimentos e Particularidades Contratuais
Escola Nacional de Seguros
 
Resseguro online no brasil e no mundo pellon & associados
Resseguro online no brasil e no mundo   pellon & associadosResseguro online no brasil e no mundo   pellon & associados
Resseguro online no brasil e no mundo pellon & associados
Universidade Federal Fluminense
 
Condições gerais produção de filmes
Condições gerais   produção de filmesCondições gerais   produção de filmes
Condições gerais produção de filmes
Espaço Allianz
 
CURSO BÁSICO DE SEGURO DE GARANTIAS
CURSO BÁSICO DE SEGURO DE GARANTIASCURSO BÁSICO DE SEGURO DE GARANTIAS
CURSO BÁSICO DE SEGURO DE GARANTIAS
FLEX SEGUROS
 
A colocação de resseguro facultativo
A colocação de resseguro facultativoA colocação de resseguro facultativo
A colocação de resseguro facultativo
Universidade Federal Fluminense
 
35926403 apostila-contabilidade-seguros
35926403 apostila-contabilidade-seguros35926403 apostila-contabilidade-seguros
35926403 apostila-contabilidade-seguros
Universidade Federal de São João Del Rei (UFSJ)
 
Contabilidade de seguros
Contabilidade de segurosContabilidade de seguros
Contabilidade de seguros
Universidade Federal Fluminense
 
Apostila contabilidade seguros
Apostila contabilidade segurosApostila contabilidade seguros
Apostila contabilidade seguros
Universidade Federal Fluminense
 
Informativo de Seguros e Resseguros (02/2017)
Informativo de Seguros e Resseguros (02/2017)Informativo de Seguros e Resseguros (02/2017)
Informativo de Seguros e Resseguros (02/2017)
Campos Mello Advogados
 
Regulamento da promoção renda garantida
Regulamento da promoção renda garantidaRegulamento da promoção renda garantida
Regulamento da promoção renda garantida
Carlos Machado
 
Cri
CriCri
IFRS4_GTIAS.pdf
IFRS4_GTIAS.pdfIFRS4_GTIAS.pdf
IFRS4_GTIAS.pdf
CristinaDelgadoGonal
 
Tudo que precisa saber sobre consorcio banco central
Tudo que precisa saber sobre consorcio banco centralTudo que precisa saber sobre consorcio banco central
Tudo que precisa saber sobre consorcio banco central
Josiane Canal
 
Tudo que precisa saber sobre consorcio banco central
Tudo que precisa saber sobre consorcio banco centralTudo que precisa saber sobre consorcio banco central
Tudo que precisa saber sobre consorcio banco central
Josiane Canal
 

Semelhante a A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Específicas de Contratos Profissionais (20)

Cláusulas específicas em contratos não proporcionais - patrimonial
Cláusulas específicas em contratos não proporcionais - patrimonialCláusulas específicas em contratos não proporcionais - patrimonial
Cláusulas específicas em contratos não proporcionais - patrimonial
 
Cláusulas específicas em contratos não proporcionais - patrimonial
Cláusulas específicas em contratos não proporcionais - patrimonialCláusulas específicas em contratos não proporcionais - patrimonial
Cláusulas específicas em contratos não proporcionais - patrimonial
 
Circular 26-refinanciamento
Circular 26-refinanciamentoCircular 26-refinanciamento
Circular 26-refinanciamento
 
Manual de seguro garantia do irb
Manual de seguro garantia do irbManual de seguro garantia do irb
Manual de seguro garantia do irb
 
Os seguros e os riscos como compreendê-los
Os seguros e os riscos   como compreendê-losOs seguros e os riscos   como compreendê-los
Os seguros e os riscos como compreendê-los
 
Os seguros e os riscos como compreendê-los
Os seguros e os riscos   como compreendê-losOs seguros e os riscos   como compreendê-los
Os seguros e os riscos como compreendê-los
 
Procedimentos e Particularidades Contratuais
Procedimentos e Particularidades ContratuaisProcedimentos e Particularidades Contratuais
Procedimentos e Particularidades Contratuais
 
Resseguro online no brasil e no mundo pellon & associados
Resseguro online no brasil e no mundo   pellon & associadosResseguro online no brasil e no mundo   pellon & associados
Resseguro online no brasil e no mundo pellon & associados
 
Condições gerais produção de filmes
Condições gerais   produção de filmesCondições gerais   produção de filmes
Condições gerais produção de filmes
 
CURSO BÁSICO DE SEGURO DE GARANTIAS
CURSO BÁSICO DE SEGURO DE GARANTIASCURSO BÁSICO DE SEGURO DE GARANTIAS
CURSO BÁSICO DE SEGURO DE GARANTIAS
 
A colocação de resseguro facultativo
A colocação de resseguro facultativoA colocação de resseguro facultativo
A colocação de resseguro facultativo
 
35926403 apostila-contabilidade-seguros
35926403 apostila-contabilidade-seguros35926403 apostila-contabilidade-seguros
35926403 apostila-contabilidade-seguros
 
Contabilidade de seguros
Contabilidade de segurosContabilidade de seguros
Contabilidade de seguros
 
Apostila contabilidade seguros
Apostila contabilidade segurosApostila contabilidade seguros
Apostila contabilidade seguros
 
Informativo de Seguros e Resseguros (02/2017)
Informativo de Seguros e Resseguros (02/2017)Informativo de Seguros e Resseguros (02/2017)
Informativo de Seguros e Resseguros (02/2017)
 
Regulamento da promoção renda garantida
Regulamento da promoção renda garantidaRegulamento da promoção renda garantida
Regulamento da promoção renda garantida
 
Cri
CriCri
Cri
 
IFRS4_GTIAS.pdf
IFRS4_GTIAS.pdfIFRS4_GTIAS.pdf
IFRS4_GTIAS.pdf
 
Tudo que precisa saber sobre consorcio banco central
Tudo que precisa saber sobre consorcio banco centralTudo que precisa saber sobre consorcio banco central
Tudo que precisa saber sobre consorcio banco central
 
Tudo que precisa saber sobre consorcio banco central
Tudo que precisa saber sobre consorcio banco centralTudo que precisa saber sobre consorcio banco central
Tudo que precisa saber sobre consorcio banco central
 

Mais de Escola Nacional de Seguros

Marketing Digital na Prática
Marketing Digital na PráticaMarketing Digital na Prática
Marketing Digital na Prática
Escola Nacional de Seguros
 
Como Fazer das Redes Sociais uma Oportunidade para Novos Negócios
Como Fazer das Redes Sociais uma Oportunidade para Novos NegóciosComo Fazer das Redes Sociais uma Oportunidade para Novos Negócios
Como Fazer das Redes Sociais uma Oportunidade para Novos Negócios
Escola Nacional de Seguros
 
Seminário Desafios Contábeis e Regulatórios com a Convergência ao IFRS no Mer...
Seminário Desafios Contábeis e Regulatórios com a Convergência ao IFRS no Mer...Seminário Desafios Contábeis e Regulatórios com a Convergência ao IFRS no Mer...
Seminário Desafios Contábeis e Regulatórios com a Convergência ao IFRS no Mer...
Escola Nacional de Seguros
 
Carreiras em Seguros - Oportunidades de um Setor em Franca Expansão
Carreiras em Seguros - Oportunidades de um Setor em Franca ExpansãoCarreiras em Seguros - Oportunidades de um Setor em Franca Expansão
Carreiras em Seguros - Oportunidades de um Setor em Franca Expansão
Escola Nacional de Seguros
 
O Crescimento do Mercado de Seguros e sua Importância
O Crescimento do Mercado de Seguros e sua ImportânciaO Crescimento do Mercado de Seguros e sua Importância
O Crescimento do Mercado de Seguros e sua Importância
Escola Nacional de Seguros
 
A Tributação Pelos Simples Nacional
A Tributação Pelos Simples NacionalA Tributação Pelos Simples Nacional
A Tributação Pelos Simples Nacional
Escola Nacional de Seguros
 
Criatividade, Inovação e o Aplicativo "Venda Mais, Corretor"
Criatividade, Inovação e o Aplicativo "Venda Mais, Corretor"Criatividade, Inovação e o Aplicativo "Venda Mais, Corretor"
Criatividade, Inovação e o Aplicativo "Venda Mais, Corretor"
Escola Nacional de Seguros
 
Comercialização de Seguros Através de Meios Remotos
Comercialização de Seguros Através de Meios RemotosComercialização de Seguros Através de Meios Remotos
Comercialização de Seguros Através de Meios Remotos
Escola Nacional de Seguros
 
Palestra Canais de Distribuição
Palestra Canais de DistribuiçãoPalestra Canais de Distribuição
Palestra Canais de Distribuição
Escola Nacional de Seguros
 
Como Administrar uma Corretora de Seguros
Como Administrar uma Corretora de SegurosComo Administrar uma Corretora de Seguros
Como Administrar uma Corretora de Seguros
Escola Nacional de Seguros
 
Criatividade, Inovação e o Aplicativo "Venda Mais, Corretor!"
Criatividade, Inovação e o Aplicativo "Venda Mais, Corretor!"Criatividade, Inovação e o Aplicativo "Venda Mais, Corretor!"
Criatividade, Inovação e o Aplicativo "Venda Mais, Corretor!"
Escola Nacional de Seguros
 
Webinar Processo de Subscrição de Riscos em Seguros
Webinar Processo de Subscrição de Riscos em SegurosWebinar Processo de Subscrição de Riscos em Seguros
Webinar Processo de Subscrição de Riscos em Seguros
Escola Nacional de Seguros
 
Seminário de Seguros de RC: Nanotecnologias - Da Precaução à Responsabilizaçã...
Seminário de Seguros de RC: Nanotecnologias - Da Precaução à Responsabilizaçã...Seminário de Seguros de RC: Nanotecnologias - Da Precaução à Responsabilizaçã...
Seminário de Seguros de RC: Nanotecnologias - Da Precaução à Responsabilizaçã...
Escola Nacional de Seguros
 
Seminário de Seguros de RC: Conceitos e as Coberturas Securitárias de Conform...
Seminário de Seguros de RC: Conceitos e as Coberturas Securitárias de Conform...Seminário de Seguros de RC: Conceitos e as Coberturas Securitárias de Conform...
Seminário de Seguros de RC: Conceitos e as Coberturas Securitárias de Conform...
Escola Nacional de Seguros
 
Seminário de Seguros de RC: Política Nacional de Resíduos Sólidos
Seminário de Seguros de RC: Política Nacional de Resíduos SólidosSeminário de Seguros de RC: Política Nacional de Resíduos Sólidos
Seminário de Seguros de RC: Política Nacional de Resíduos Sólidos
Escola Nacional de Seguros
 
Seminário de Seguros de RC: Organismos Geneticamente Modificados - Estágio Atual
Seminário de Seguros de RC: Organismos Geneticamente Modificados - Estágio AtualSeminário de Seguros de RC: Organismos Geneticamente Modificados - Estágio Atual
Seminário de Seguros de RC: Organismos Geneticamente Modificados - Estágio Atual
Escola Nacional de Seguros
 
Seminário de Seguros de RC: Exploração de Petróleo e Gás - Riscos, Responsabi...
Seminário de Seguros de RC: Exploração de Petróleo e Gás - Riscos, Responsabi...Seminário de Seguros de RC: Exploração de Petróleo e Gás - Riscos, Responsabi...
Seminário de Seguros de RC: Exploração de Petróleo e Gás - Riscos, Responsabi...
Escola Nacional de Seguros
 
Seminário de Seguros de RC: Riscos Complexos da Sociedade Pós-moderna, Desafi...
Seminário de Seguros de RC: Riscos Complexos da Sociedade Pós-moderna, Desafi...Seminário de Seguros de RC: Riscos Complexos da Sociedade Pós-moderna, Desafi...
Seminário de Seguros de RC: Riscos Complexos da Sociedade Pós-moderna, Desafi...
Escola Nacional de Seguros
 
Como Fazer das Redes Sociais Uma Oportunidade para Novos Negócios
Como Fazer das Redes Sociais Uma Oportunidade para Novos NegóciosComo Fazer das Redes Sociais Uma Oportunidade para Novos Negócios
Como Fazer das Redes Sociais Uma Oportunidade para Novos Negócios
Escola Nacional de Seguros
 
Canais de Venda On-line no Seguro de Automóvel
Canais de Venda On-line no Seguro de AutomóvelCanais de Venda On-line no Seguro de Automóvel
Canais de Venda On-line no Seguro de Automóvel
Escola Nacional de Seguros
 

Mais de Escola Nacional de Seguros (20)

Marketing Digital na Prática
Marketing Digital na PráticaMarketing Digital na Prática
Marketing Digital na Prática
 
Como Fazer das Redes Sociais uma Oportunidade para Novos Negócios
Como Fazer das Redes Sociais uma Oportunidade para Novos NegóciosComo Fazer das Redes Sociais uma Oportunidade para Novos Negócios
Como Fazer das Redes Sociais uma Oportunidade para Novos Negócios
 
Seminário Desafios Contábeis e Regulatórios com a Convergência ao IFRS no Mer...
Seminário Desafios Contábeis e Regulatórios com a Convergência ao IFRS no Mer...Seminário Desafios Contábeis e Regulatórios com a Convergência ao IFRS no Mer...
Seminário Desafios Contábeis e Regulatórios com a Convergência ao IFRS no Mer...
 
Carreiras em Seguros - Oportunidades de um Setor em Franca Expansão
Carreiras em Seguros - Oportunidades de um Setor em Franca ExpansãoCarreiras em Seguros - Oportunidades de um Setor em Franca Expansão
Carreiras em Seguros - Oportunidades de um Setor em Franca Expansão
 
O Crescimento do Mercado de Seguros e sua Importância
O Crescimento do Mercado de Seguros e sua ImportânciaO Crescimento do Mercado de Seguros e sua Importância
O Crescimento do Mercado de Seguros e sua Importância
 
A Tributação Pelos Simples Nacional
A Tributação Pelos Simples NacionalA Tributação Pelos Simples Nacional
A Tributação Pelos Simples Nacional
 
Criatividade, Inovação e o Aplicativo "Venda Mais, Corretor"
Criatividade, Inovação e o Aplicativo "Venda Mais, Corretor"Criatividade, Inovação e o Aplicativo "Venda Mais, Corretor"
Criatividade, Inovação e o Aplicativo "Venda Mais, Corretor"
 
Comercialização de Seguros Através de Meios Remotos
Comercialização de Seguros Através de Meios RemotosComercialização de Seguros Através de Meios Remotos
Comercialização de Seguros Através de Meios Remotos
 
Palestra Canais de Distribuição
Palestra Canais de DistribuiçãoPalestra Canais de Distribuição
Palestra Canais de Distribuição
 
Como Administrar uma Corretora de Seguros
Como Administrar uma Corretora de SegurosComo Administrar uma Corretora de Seguros
Como Administrar uma Corretora de Seguros
 
Criatividade, Inovação e o Aplicativo "Venda Mais, Corretor!"
Criatividade, Inovação e o Aplicativo "Venda Mais, Corretor!"Criatividade, Inovação e o Aplicativo "Venda Mais, Corretor!"
Criatividade, Inovação e o Aplicativo "Venda Mais, Corretor!"
 
Webinar Processo de Subscrição de Riscos em Seguros
Webinar Processo de Subscrição de Riscos em SegurosWebinar Processo de Subscrição de Riscos em Seguros
Webinar Processo de Subscrição de Riscos em Seguros
 
Seminário de Seguros de RC: Nanotecnologias - Da Precaução à Responsabilizaçã...
Seminário de Seguros de RC: Nanotecnologias - Da Precaução à Responsabilizaçã...Seminário de Seguros de RC: Nanotecnologias - Da Precaução à Responsabilizaçã...
Seminário de Seguros de RC: Nanotecnologias - Da Precaução à Responsabilizaçã...
 
Seminário de Seguros de RC: Conceitos e as Coberturas Securitárias de Conform...
Seminário de Seguros de RC: Conceitos e as Coberturas Securitárias de Conform...Seminário de Seguros de RC: Conceitos e as Coberturas Securitárias de Conform...
Seminário de Seguros de RC: Conceitos e as Coberturas Securitárias de Conform...
 
Seminário de Seguros de RC: Política Nacional de Resíduos Sólidos
Seminário de Seguros de RC: Política Nacional de Resíduos SólidosSeminário de Seguros de RC: Política Nacional de Resíduos Sólidos
Seminário de Seguros de RC: Política Nacional de Resíduos Sólidos
 
Seminário de Seguros de RC: Organismos Geneticamente Modificados - Estágio Atual
Seminário de Seguros de RC: Organismos Geneticamente Modificados - Estágio AtualSeminário de Seguros de RC: Organismos Geneticamente Modificados - Estágio Atual
Seminário de Seguros de RC: Organismos Geneticamente Modificados - Estágio Atual
 
Seminário de Seguros de RC: Exploração de Petróleo e Gás - Riscos, Responsabi...
Seminário de Seguros de RC: Exploração de Petróleo e Gás - Riscos, Responsabi...Seminário de Seguros de RC: Exploração de Petróleo e Gás - Riscos, Responsabi...
Seminário de Seguros de RC: Exploração de Petróleo e Gás - Riscos, Responsabi...
 
Seminário de Seguros de RC: Riscos Complexos da Sociedade Pós-moderna, Desafi...
Seminário de Seguros de RC: Riscos Complexos da Sociedade Pós-moderna, Desafi...Seminário de Seguros de RC: Riscos Complexos da Sociedade Pós-moderna, Desafi...
Seminário de Seguros de RC: Riscos Complexos da Sociedade Pós-moderna, Desafi...
 
Como Fazer das Redes Sociais Uma Oportunidade para Novos Negócios
Como Fazer das Redes Sociais Uma Oportunidade para Novos NegóciosComo Fazer das Redes Sociais Uma Oportunidade para Novos Negócios
Como Fazer das Redes Sociais Uma Oportunidade para Novos Negócios
 
Canais de Venda On-line no Seguro de Automóvel
Canais de Venda On-line no Seguro de AutomóvelCanais de Venda On-line no Seguro de Automóvel
Canais de Venda On-line no Seguro de Automóvel
 

Último

1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
Pr Davi Passos - Estudos Bíblicos
 
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantililSEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
menesabi
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
beathrizalves131
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
mozalgebrista
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
VictorEmanoel37
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
 
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantililSEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
 

A Arte de Elaborar o Contrato: Cláusulas Específicas de Contratos Profissionais

  • 2. Proprietary & Confidential 1 Introdução  Principais Cláusulas  Aplicações das Cláusulas  Tipos de Comissão de Resseguro  Prestações de Contas  Outras Cláusulas
  • 3. Principais Cláusulas de Contratos Proporcionais  Vigência  Período de Cobertura  Seguir a Sorte (Follow the Fortune)  Base de Cessão  Limite de Cobertura de Resseguro  Tipos de Comissão de Resseguro  Prestação de Contas (Bordereaux)  Adiantamento de Sinistro  Limite por evento e Definição de Evento
  • 4. Proprietary & Confidential 3 Cláusulas de Vigência e Período de Cobertura Vigência  Objetivo: Definir a data e hora de início do contrato, informar que este é contínuo e quando poderá ser cancelado  Exemplo: “Contrato contínuo cobrindo os riscos iniciados a partir de 24 horas do dia 31 de Agosto de 2013 (Horário de Brasília - DF), sujeito a cancelamento, por qualquer das partes, mediante aviso prévio 3 (três) meses antes de 31 de Agosto de qualquer ano”  Texto Cancelamento Automático: “Fica entendido que o aviso provisório de cancelamento será automaticamente proposto, pelo Ressegurado e Resseguradores participantes deste Contrato, no dia 31 de Maio de cada ano, exceto quando houver notificação em contrário apresentada pela outra parte” Período de Cobertura  Objetivo: Definir o período máximo das apólices originais e também que o contrato é na base Risk Attaching  Exemplo: “Estarão cobertas pelo presente contrato as apólices com vigência iniciada durante o período de vigência do contrato, ou seja, na base Risk Attaching, até expirarem naturalmente, desde que o prazo de vigência de cada apólice incluída no contrato não exceda 12 meses”
  • 5. Proprietary & Confidential 4 Cláusula de Seguir a Sorte (Follow the Fortune)  Objetivo: Traduzir o caráter de parceria do contrato proporcional  Exemplo: “Sujeito aos termos, cláusulas e condições deste Contrato e aos termos, cláusulas e condições das Apólices originais, os Resseguradores seguirão a sorte da Companhia Ressegurada com relação às Perdas suportadas em decorrência da emissão das Apólices. Todas as ações, decisões, acordos e pagamentos realizados pela Companhia Ressegurada no âmbito das Apólices vincularão os Resseguradores para efeitos de pagamento da Recuperação, sempre que os mesmos respeitem os termos, cláusulas e condições estabelecidas neste contrato e aos termos, cláusulas e condições das Apólices originais. A responsabilidade dos Resseguradores, assumida de acordo com os termos e condições do presente Contrato, se iniciará simultânea e automaticamente com a responsabilidade da Companhia Ressegurada, respeitados os termos e condições deste Contrato. Nenhumas destas condições darão origem a qualquer obrigação ou estabelecerá qualquer direito contra os Resseguradores em favor de terceiros ou pessoas que não sejam partes deste Contrato”
  • 6. Proprietary & Confidential 5 Cláusula de Base de Cessão ao Contrato Base de Cessão ao Contrato  Objetivo: Definir a base de cessão e quais coberturas compõe o Limite Máximo de Garantia (LMG)  Exemplo para Riscos Patrimoniais: “Para os fins de cobertura de resseguro deste Contrato, deverá ser considerado como Limite Máximo de Garantia (LMG) o somatório dos Limites Máximos de Indenização (LMI) das Coberturas: – Básica (Incêndio, Raio e Explosão), – Lucros Cessantes, – Lucros Cessantes - Riscos Contingentes, – Despesa com aluguel, – Despesas Extras/Inst. Novo Local e – Responsabilidade Civil (cobertura adicional) que afetarem um risco segurado coberto por este Contrato. Constituindo assim um único sinistro sujeito aos limites de cobertura de resseguro e prioridades (franquias) em cada uma das faixas do Contrato.” Comentários  Relação LMI / VR: Diversos contratos de Riscos Patrimoniais incluem uma razão mínima de 40% para a relação Limite Máximo de Indenização (LMI) e Valor em Risco (VR) da cobertura básica para o local principal
  • 7. Proprietary & Confidential 6 Cláusulas de Limite de Cobertura de Resseguro Quota Parte O Ressegurado deve ceder e os Resseguradores devem aceitar a Cota Parte de 50% até o limite de R$ 100.000.000 para cada sinistro O Ressegurado reterá os outros 50% na sua conta líquida (entretanto, o Ressegurado poderá proteger esta retenção com resseguro Facultativo e/ou Excesso de Danos, se necessário). Excedente de Responsabilidade Limite Máximo de Garantia por risco (antes de qualquer facultativo): R$ 50.000.000,00 por risco, com base no Limite Máximo de Garantia (LMG) O limite acima é composto por 4 (quatro plenos) de R$ 10.000.000,00 por risco, totalizando R$ 40.000.000,00, que é o limite de responsabilidade dos Resseguradores deste contrato, mais R$ 10.000.000,00 que é a retenção da Companhia Ressegurada
  • 8. Proprietary & Confidential 7 Tipos de Comissão de Resseguro  Comissão Fixa – Percentual fixo aplicado normalmente sobre o prêmio cedido bruto descontado IOF e o custo de emissão de apólice (extinto) – Exemplo: “XX% do prêmio cedido líquido de IOF e de custo de apólice (extinto)”
  • 9. Proprietary & Confidential 8 Tipos de Comissão de Resseguro  Comissão Escalonada – Define-se uma comissão provisória e ao final do contrato esta é ajustada pela sinistralidade – Exemplo: “O Ressegurador pagará à Cedente uma comissão provisória, conforme estipulado na tabela abaixo, com base nos prêmios recebidos. A Cedente deverá debitar esta comissão provisória nas prestações de contas habituais até a realização do acerto conforme instruções abaixo. Na primeira prestação de contas após 24 meses do início de vigência do contrato, a Cedente irá submeter ao Ressegurador um demonstrativo contábil que será utilizado para fins de acerto de comissão conforme a sinistralidade observada para o contrato. Nas prestações de contas subsequentes, a sinistralidade será recalculada e a comissão de resseguro será ajustada. Multiplicando-se o percentual de comissão ajustado pelo montante de prêmios recebidos até o presente demonstrativo, ter-se-á o volume total de comissão a recuperar. A diferença entre este e o volume de comissão já recuperado corresponderá ao valor da comissão para a prestação de contas atual” Sinistralidade Comissão 40% 35% 50% 30% 60% 25% 70% 20% Provisória = 30%
  • 10. Proprietary & Confidential 9 Tipos de Comissão de Resseguro  Participação nos Lucros – A cedente recebe um percentual do resultado apurado pelo ressegurador – Exemplo: ”O Ressegurador deverá pagar à Ressegurada uma comissão de participação no eventual lucro líquido anual resultante de todos os riscos cedidos por conta deste Contrato em cada exercício anual. O lucro líquido anual deverá ser computado como segue: Créditos (líquido de cancelamentos e devoluções) 1. Prêmio de resseguro cedido no exercício; 2. Entrada em carteira da reserva de prêmios não-ganhos [transferida no encerramento do exercício anual anterior], em valor igual à percentagem dos prêmios cedidos no exercício anual anterior; 3. Entrada em carteira da reserva de sinistros pendentes transferida no encerramento do exercício anual anterior. Débitos 1. Comissão de resseguro; 2. Sinistros e despesas de sinistros pagos no exercício; 3. Reserva de sinistros pendentes no encerramento do exercício; 4. Reserva de prêmios não-ganhos no encerramento do exercício (igual a percentagem do prêmio cedido no exercício); 5. Despesas de Administração dos Resseguradores; 6. Impostos sobre prêmios cedidos; 7. Déficit (se houver) transportado do Demonstrativo da Comissão de Participação nos Lucros do exercício anual anterior”
  • 11. Proprietary & Confidential 10 Tipos de Comissão de Resseguro  Corredor de Perdas – A cedente retém parte dos sinistros que superam um nível de gatilho – Exemplo: ”O Gatilho de Sinistralidade aplicável a esta cláusula: 50% 15 (quinze) meses após o término da vigência deste Contrato de Resseguro, o Ressegurado deverá emitir um informe da quantidade de prêmio emitida e do valor dos sinistros totais referentes à Classe de Negócios coberta por este Contrato de Resseguro. Com base neste informe, será estabelecida a Sinistralidade Total. Com base na Sinistralidade Total, a cessão de Sinistros do Contrato deverá ser ajustada de acordo com o procedimento delineado abaixo. Caso a Sinistralidade Total da Classe de Negócios coberta por este Contrato de Resseguro exceda o gatilho acima estabelecido, o Ressegurado cederá somente 25% da sinistralidade excedente ao gatilho, retendo o restante em sua conta líquida.”
  • 12. Proprietary & Confidential 11 Cláusulas de Prestação de Contas Contas  Exemplo: “Contas Trimestrais a serem disponibilizadas aos resseguradores em até 45 dias do fechamento do trimestre, acompanhada do Bordereaux de prêmios e sinistros.” Alguns contratos possuem o seguinte texto: “O descumprimento do acima disposto implicará na aplicação de 110% (cento e dez por cento) da taxa SELIC divulgada pelo BACEN – Banco Central do Brasil , sobre o valor do saldo, a partir da data de vencimento contratualmente prevista” Condições de Pagamento  Exemplo: “Dentro de 15 dias do recebimento de qualquer conta, o Ressegurador deverá notificar sua aceitação à Ressegurada. A aceitação da conta pelos Resseguradores será presumida caso os seus respectivos comentários não sejam recebidos dentro do prazo de 15 dias após a apresentação desta. O saldo devido por qualquer das partes deverá então ser pago no prazo máximo de 30 dias, após a aprovação do Ressegurador”
  • 13. Proprietary & Confidential 12 Cláusulas de Prestação de Contas Informações do Bordereaux  Exemplo Bordereaux de Prêmio: “O bordereaux de prêmio deverá conter informações individuais sobre cada apólice e/ou endosso, incluindo o ramo, número da apólice e/ou endosso, data de emissão, data de início de vigência, data de término de vigência, importância segurada, prêmio de seguro, comissão de seguro, número total de parcelas e quantidade de parcelas pagas“  Exemplo Bordereaux de Sinistros: “O bordereaux de sinistros deverá conter informações individuais sobre cada reclamação sob regulação, incluindo a data de ocorrência, de notificação, carteira afetada, ano de subscrição, segurado, causa, estimativa “FGU”, limite da cobertura aplicável, franquia, pagamentos já realizados, e provisões em reserva”
  • 14. Proprietary & Confidential 13 Cláusulas de Encontro de Contas (Offset)  Objetivo: Dinamizar  Exemplo: “Quaisquer quantias devidas por qualquer uma das partes deste Contrato, sejam em decorrência deste Contrato ou da relação comercial entre as partes como um todo, poderão ser compensadas contra os sinistros da outra parte. Este direito continuará a existir após o cancelamento deste Contrato ou da relação comercial entre as partes como um todo. Se a lei substancial aplicável permitir, caso sejam instituídos processos de insolvência ou liquidação relativos a uma das partes deste Contrato, a outra parte poderá compensar todas as quantias devidas, sejam em decorrência deste Contrato ou da relação comercial entre as partes como um todo, contra todas as quantias devidas ou que ainda não sejam devidas para pagamento por ela, quer sejam decorrentes deste Contrato ou da relação comercial entre as partes como um todo. O mesmo direito poderá ser exercido por qualquer parte deste Contrato que exerça seu direito de cancelamento extraordinário por qualquer outra razão indicada na respectiva cláusula deste Contrato. Os saldos a receber em moedas diferentes poderão ser compensados. A taxa de câmbio aplicável será a taxa de câmbio oficial do BACEN publicada em seu website na data da demonstração de compensação de saldos.“
  • 15. Proprietary & Confidential 14 Outras Cláusulas Suspensão Especial do Término da Vigência do Contrato  Objetivo: Demonstra a continuidade do contrato até a expiração natural  Texto: “Em caso de extinção do Contrato ou de seu cancelamento, a cobertura de resseguro permanecerá em vigor para os riscos iniciados no período em que vigorou o Contrato, até a sua extinção natural” Adiantamento de Sinistro  Objetivo: Trazer estabilidade ao fluxo de caixa da cedente  Texto: “Sempre que a parcela do sinistro a ser assumido pelos Resseguradores atingir ou exceder o valor de R$ X.XXX.XXX os Resseguradores deverão pagar sua participação na importância devida, o mais rápido possível após a respectiva solicitação ser feita pelo Ressegurado. Fica entendido, entretanto, que quaisquer saldos líquidos em favor dos Resseguradores deverão ser, primeiramente, deduzidos do valor do sinistro. Todos os demais sinistros deverão ser debitados na conta”
  • 16. Proprietary & Confidential 15 Outras Cláusulas Direito de Inspeção Texto: “Fica assegurado aos Resseguradores o direito de inspecionar quaisquer documentos relacionados às Apólices e aos Sinistros mediante notificação prévia e por escrito encaminhada à Companhia Ressegurada com antecedência mínima de 15 (quinze) dias. A análise dos documentos será sempre realizada na sede da Companhia Ressegurada ou outro local por ela determinado, podendo ainda, a Companhia Ressegurada, optar pela remessa de cópias dos documentos solicitados. Todos os custos decorrentes da solicitação de documentos em poder da Companhia Ressegurada serão integralmente suportados pelo Ressegurador Líder e/ou pelos demais Resseguradores, se estes manifestarem prévia concordância com a inspeção. Fica entendido que o direito de inspeção dos Resseguradores permanecerá enquanto qualquer das partes permanecerem com quaisquer responsabilidades decorrentes deste Contrato. O disposto nesta cláusula não será aplicável em caso de existência de procedimento arbitral ou processo judicial entre a Companhia Ressegurada e os Resseguradores. O direito de inspeção aqui estabelecido não será usado pelos Resseguradores para atrasar ou reter pagamentos de Recuperações devidas.”
  • 17. Proprietary & Confidential 16 Outras Cláusulas Limite por Evento  Texto: “Limite por Evento: R$ XXX.XXX.XXX,XX” Definição de Evento Texto: “O termo “Ocorrência de Perda” significará toda perda individual resultante e diretamente ocasionada por uma catástrofe. Contudo, a duração e extensão de qualquer “Ocorrência de Perda” deverá ser limitada a: a.72 horas consecutivas relativamente a furacão, tufão, vendaval, tempestade, granizo e/ou tornado; b.72 horas consecutivas relativamente a terremoto, maremoto, onda de maré e/ou erupção vulcânica; c.72 horas consecutivas e dentro dos limites territoriais de qualquer cidade ou vilarejo, com relação a tumultos, comoções civis e danos maliciosos; d.72 horas consecutivas relativamente a qualquer “Ocorrência de Perda” que inclua perda individual ou perdas resultantes dos riscos mencionados nos itens (a), (b) ou (c) acima; e.168 horas consecutivas para qualquer “Ocorrência de Perda” de qualquer natureza que não inclua perda individual ou perdas resultantes dos riscos mencionados nos itens (a), (b) ou (c) acima, incluindo, mas não limitado a alagamento. A Ressegurada poderá escolher a data e o horário de início desse período de horas consecutivas, contanto que nenhum dos períodos tenha início antes da ocorrência do primeiro sinistro individual resultante de tal evento ou catástrofe indenizável pela Ressegurada, e que não haja sobreposição de dois períodos de horas consecutivos.”
  • 18. Proprietary & Confidential 17 Aon Benfield Rua Joaquim Floriano, 488 12º andar São Paulo, SP 04534-002 Brasil tel: (55) 11 3074 0460 fax: (55) 11. 3058 4739 www.aonbenfield.com