SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
Diário
A arte de saber contar
Faça clique para editar o
estilo
                      rsn
                  2011/12
Diários reais

q   São      diários     que
    registam       emoções,
    observações, reflexões,
    contam          episódios
    sentidos ou vividos pelo
    próprio autor.

q   Muitos escritores têm
    publicado      os   seus
    diários, com esse título
    como o Diário de
    Miguel Torga.               Definição
q   Há ainda diários que se
    tornaram           obras    Registo quotidiano de eventos e
    literárias, por exemplo,    vivências.
    o Diário de Anne Frank.
                                Ø   Diários reais
Diários de ficção

q   O autor cria uma
    personagem que
    se     nos     vai
    revelando através
    do que regista no
    seu diário.

q   EXEMPLOS:
    §   Diário de Sofia e C.ª,
        de     Luísa    Ducla    Definição
        Soares;                  Registo quotidiano de eventos e
    §   O Diário de Adrian       vivências.
        Mole,      de     Sue
        Towsend.
                                 Ø   Diários de ficção
Característica geral
O Diário é um texto que possui semelhanças com o
Texto Narrativo e, em especial, com o Relato.
Outras características
O diário:
Tem o registo da data em que se escreve;
Contém, por vezes, um interlocutor imaginário;
É um relato de acontecimentos e vivências pessoais;
Contém confidências, emoções e sentimentos de quem o
   escreve;
Pode apresentar referências a determinados espaços;
Refere factos e dados que são verdadeiros ou que podem
   ser comprovados;
Usa, predominantemente, os verbos no pretérito perfeito
   do indicativo;
Utiliza formas verbais, pronomes pessoais, determinantes e
   pronomes possessivos de primeira pessoa;
Inclui frases de tipo exclamativo e interrogativo.
Referências
Manuais escolares
Faça clique para editar o
estilo
Proposta de trabalho
OBJETIVO                       PRAZO DE ENTREGA
   Escrever um diário (real      Última semana        de
    ou    ficcionado)   que        aulas / 2ºPeríodo.
    contemple          duas
    semanas, no mínimo.        AVALIAÇÃO
                                   50% - Adequação e
MODALIDADE                         correção na informação;
   Trabalho individual, em        45% - Criatividade e
    registo papel, digital,        originalidade;
    podendo construir um           5 % - Gestão do tempo.
    blog ou outro registo na
    web.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Introdução aos estudos literários
Introdução aos estudos literáriosIntrodução aos estudos literários
Introdução aos estudos literários
 
Gêneros literários - 1º Ano do Ensino Médio
Gêneros literários - 1º Ano do Ensino MédioGêneros literários - 1º Ano do Ensino Médio
Gêneros literários - 1º Ano do Ensino Médio
 
Gênero Textual: Conto
Gênero Textual: ContoGênero Textual: Conto
Gênero Textual: Conto
 
Literatura - Gêneros Literários
Literatura - Gêneros LiteráriosLiteratura - Gêneros Literários
Literatura - Gêneros Literários
 
Trovadorismo I
Trovadorismo ITrovadorismo I
Trovadorismo I
 
Gêneros literários
Gêneros literáriosGêneros literários
Gêneros literários
 
estrutura da narrativa
estrutura da narrativaestrutura da narrativa
estrutura da narrativa
 
Romantismo no Brasil
Romantismo no BrasilRomantismo no Brasil
Romantismo no Brasil
 
Intertextualidade
IntertextualidadeIntertextualidade
Intertextualidade
 
Regencia verbal (1)
Regencia verbal (1)Regencia verbal (1)
Regencia verbal (1)
 
Narrativas relato-de-viagem
Narrativas relato-de-viagemNarrativas relato-de-viagem
Narrativas relato-de-viagem
 
Ppt texto literário e texto não literário
Ppt texto literário e texto não literárioPpt texto literário e texto não literário
Ppt texto literário e texto não literário
 
Gêneros textuais
Gêneros textuaisGêneros textuais
Gêneros textuais
 
Elementos da narracao
Elementos da narracaoElementos da narracao
Elementos da narracao
 
Texto narrativo
Texto narrativoTexto narrativo
Texto narrativo
 
Gêneros textuais
Gêneros textuaisGêneros textuais
Gêneros textuais
 
Linha de tempo 1
Linha de tempo 1Linha de tempo 1
Linha de tempo 1
 
Crônica
CrônicaCrônica
Crônica
 
Gênero memórias literárias
Gênero memórias literáriasGênero memórias literárias
Gênero memórias literárias
 
Generos e tipos textuais ppt
Generos e tipos textuais pptGeneros e tipos textuais ppt
Generos e tipos textuais ppt
 

Semelhante a Diário

Gênero Textual Diário
Gênero Textual DiárioGênero Textual Diário
Gênero Textual DiárioJomari
 
LP Características do diário
LP Características do diárioLP Características do diário
LP Características do diário7F
 
Tipologia e gênero textual
Tipologia e gênero textualTipologia e gênero textual
Tipologia e gênero textualAndriane Cursino
 
Gêneros textuais carta ao leitor, crítica, editorial, entrevista.ppt
Gêneros textuais carta ao leitor, crítica, editorial, entrevista.pptGêneros textuais carta ao leitor, crítica, editorial, entrevista.ppt
Gêneros textuais carta ao leitor, crítica, editorial, entrevista.pptLetciaArajo263714
 
Gêneros textuais carta ao leitor, crítica, editorial, entrevista (1) (1).ppt
Gêneros textuais carta ao leitor, crítica, editorial, entrevista (1) (1).pptGêneros textuais carta ao leitor, crítica, editorial, entrevista (1) (1).ppt
Gêneros textuais carta ao leitor, crítica, editorial, entrevista (1) (1).pptmaria aparecida coelho lira
 
Gêneros textuais carta ao leitor, crítica, editorial, entrevista.ppt
Gêneros textuais carta ao leitor, crítica, editorial, entrevista.pptGêneros textuais carta ao leitor, crítica, editorial, entrevista.ppt
Gêneros textuais carta ao leitor, crítica, editorial, entrevista.pptssuserf6174e
 
Gêneros textuais carta ao leitor, crítica, editorial, entrevista.ppt
Gêneros textuais carta ao leitor, crítica, editorial, entrevista.pptGêneros textuais carta ao leitor, crítica, editorial, entrevista.ppt
Gêneros textuais carta ao leitor, crítica, editorial, entrevista.pptmaria aparecida coelho lira
 
tipologiatextual-130813142120-phpapp02.pdf
tipologiatextual-130813142120-phpapp02.pdftipologiatextual-130813142120-phpapp02.pdf
tipologiatextual-130813142120-phpapp02.pdfWandersonBarros16
 
tipologiatextual-130813142120-phpapp02_(1).pdf
tipologiatextual-130813142120-phpapp02_(1).pdftipologiatextual-130813142120-phpapp02_(1).pdf
tipologiatextual-130813142120-phpapp02_(1).pdfmarina cangussu starling
 
Tipos de texto
Tipos de textoTipos de texto
Tipos de textomanuela016
 

Semelhante a Diário (20)

Gênero Textual Diário
Gênero Textual DiárioGênero Textual Diário
Gênero Textual Diário
 
LP Características do diário
LP Características do diárioLP Características do diário
LP Características do diário
 
Diario
DiarioDiario
Diario
 
Diario 6
Diario 6Diario 6
Diario 6
 
Diário
DiárioDiário
Diário
 
Tipologia e gênero textual
Tipologia e gênero textualTipologia e gênero textual
Tipologia e gênero textual
 
Relato
RelatoRelato
Relato
 
Gêneros textuais
Gêneros textuaisGêneros textuais
Gêneros textuais
 
Diários de leitura cesp
 Diários de leitura   cesp Diários de leitura   cesp
Diários de leitura cesp
 
Tipologia textual
Tipologia textualTipologia textual
Tipologia textual
 
Gêneros textuais carta ao leitor, crítica, editorial, entrevista.ppt
Gêneros textuais carta ao leitor, crítica, editorial, entrevista.pptGêneros textuais carta ao leitor, crítica, editorial, entrevista.ppt
Gêneros textuais carta ao leitor, crítica, editorial, entrevista.ppt
 
Gêneros textuais carta ao leitor, crítica, editorial, entrevista (1) (1).ppt
Gêneros textuais carta ao leitor, crítica, editorial, entrevista (1) (1).pptGêneros textuais carta ao leitor, crítica, editorial, entrevista (1) (1).ppt
Gêneros textuais carta ao leitor, crítica, editorial, entrevista (1) (1).ppt
 
Gêneros textuais carta ao leitor, crítica, editorial, entrevista.ppt
Gêneros textuais carta ao leitor, crítica, editorial, entrevista.pptGêneros textuais carta ao leitor, crítica, editorial, entrevista.ppt
Gêneros textuais carta ao leitor, crítica, editorial, entrevista.ppt
 
Gêneros textuais carta ao leitor, crítica, editorial, entrevista.ppt
Gêneros textuais carta ao leitor, crítica, editorial, entrevista.pptGêneros textuais carta ao leitor, crítica, editorial, entrevista.ppt
Gêneros textuais carta ao leitor, crítica, editorial, entrevista.ppt
 
Modelos de Texto
Modelos de Texto Modelos de Texto
Modelos de Texto
 
tipologiatextual-130813142120-phpapp02.pdf
tipologiatextual-130813142120-phpapp02.pdftipologiatextual-130813142120-phpapp02.pdf
tipologiatextual-130813142120-phpapp02.pdf
 
tipologiatextual-130813142120-phpapp02_(1).pdf
tipologiatextual-130813142120-phpapp02_(1).pdftipologiatextual-130813142120-phpapp02_(1).pdf
tipologiatextual-130813142120-phpapp02_(1).pdf
 
Tipologia textual
Tipologia textualTipologia textual
Tipologia textual
 
Tipologia textual
Tipologia textualTipologia textual
Tipologia textual
 
Tipos de texto
Tipos de textoTipos de texto
Tipos de texto
 

Mais de Rosalina Simão Nunes

Articulação Curricular Vertical_PROPOSTA || Aedlv
Articulação Curricular Vertical_PROPOSTA || AedlvArticulação Curricular Vertical_PROPOSTA || Aedlv
Articulação Curricular Vertical_PROPOSTA || AedlvRosalina Simão Nunes
 
"É melhor praticar para a nota" - Como avaliar comportamentos em contextos de...
"É melhor praticar para a nota" - Como avaliar comportamentos em contextos de..."É melhor praticar para a nota" - Como avaliar comportamentos em contextos de...
"É melhor praticar para a nota" - Como avaliar comportamentos em contextos de...Rosalina Simão Nunes
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasRosalina Simão Nunes
 
E agora?! Já não avalio as atitudes e valores?
E agora?! Já não avalio as atitudes e valores?E agora?! Já não avalio as atitudes e valores?
E agora?! Já não avalio as atitudes e valores?Rosalina Simão Nunes
 
A Distinção entre Frase Simples e Frase Complexa
A Distinção entre Frase Simples e Frase ComplexaA Distinção entre Frase Simples e Frase Complexa
A Distinção entre Frase Simples e Frase ComplexaRosalina Simão Nunes
 
Formação da palavras_Percurso de Aprendizagem
Formação da palavras_Percurso de AprendizagemFormação da palavras_Percurso de Aprendizagem
Formação da palavras_Percurso de AprendizagemRosalina Simão Nunes
 
Articulação curricular vertical PROPOSTA
Articulação curricular vertical PROPOSTAArticulação curricular vertical PROPOSTA
Articulação curricular vertical PROPOSTARosalina Simão Nunes
 
ArticulaçãoCurricularVertical_PROPOSTA_v2.pdf
ArticulaçãoCurricularVertical_PROPOSTA_v2.pdfArticulaçãoCurricularVertical_PROPOSTA_v2.pdf
ArticulaçãoCurricularVertical_PROPOSTA_v2.pdfRosalina Simão Nunes
 
Repositório Atividades (Português)
Repositório Atividades (Português)Repositório Atividades (Português)
Repositório Atividades (Português)Rosalina Simão Nunes
 
MAIA_Relatório_RosalinaSimãoNunes.pdf
MAIA_Relatório_RosalinaSimãoNunes.pdfMAIA_Relatório_RosalinaSimãoNunes.pdf
MAIA_Relatório_RosalinaSimãoNunes.pdfRosalina Simão Nunes
 
5_Projeto de Intervenção_03_julho_2021.pdf
5_Projeto de Intervenção_03_julho_2021.pdf5_Projeto de Intervenção_03_julho_2021.pdf
5_Projeto de Intervenção_03_julho_2021.pdfRosalina Simão Nunes
 
4_PI_ Contextualização_03_julho_2021.pdf
4_PI_ Contextualização_03_julho_2021.pdf4_PI_ Contextualização_03_julho_2021.pdf
4_PI_ Contextualização_03_julho_2021.pdfRosalina Simão Nunes
 
3_Tarefas Sessão Síncrona_07_junho_2021.pdf
3_Tarefas Sessão Síncrona_07_junho_2021.pdf3_Tarefas Sessão Síncrona_07_junho_2021.pdf
3_Tarefas Sessão Síncrona_07_junho_2021.pdfRosalina Simão Nunes
 
2_Tarefas Sessão Presencial_22_maio__2021.pdf
2_Tarefas Sessão Presencial_22_maio__2021.pdf2_Tarefas Sessão Presencial_22_maio__2021.pdf
2_Tarefas Sessão Presencial_22_maio__2021.pdfRosalina Simão Nunes
 
1_Tarefas Sessão Síncrona_26_abril_2021.pdf
1_Tarefas Sessão Síncrona_26_abril_2021.pdf1_Tarefas Sessão Síncrona_26_abril_2021.pdf
1_Tarefas Sessão Síncrona_26_abril_2021.pdfRosalina Simão Nunes
 
Tutorial - Informação E@D (Reinício do ensino não presencial)
Tutorial - Informação E@D (Reinício do ensino não presencial)Tutorial - Informação E@D (Reinício do ensino não presencial)
Tutorial - Informação E@D (Reinício do ensino não presencial)Rosalina Simão Nunes
 

Mais de Rosalina Simão Nunes (20)

Articulação Curricular Vertical_PROPOSTA || Aedlv
Articulação Curricular Vertical_PROPOSTA || AedlvArticulação Curricular Vertical_PROPOSTA || Aedlv
Articulação Curricular Vertical_PROPOSTA || Aedlv
 
"É melhor praticar para a nota" - Como avaliar comportamentos em contextos de...
"É melhor praticar para a nota" - Como avaliar comportamentos em contextos de..."É melhor praticar para a nota" - Como avaliar comportamentos em contextos de...
"É melhor praticar para a nota" - Como avaliar comportamentos em contextos de...
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
 
E agora?! Já não avalio as atitudes e valores?
E agora?! Já não avalio as atitudes e valores?E agora?! Já não avalio as atitudes e valores?
E agora?! Já não avalio as atitudes e valores?
 
A Distinção entre Frase Simples e Frase Complexa
A Distinção entre Frase Simples e Frase ComplexaA Distinção entre Frase Simples e Frase Complexa
A Distinção entre Frase Simples e Frase Complexa
 
Formação da palavras_Percurso de Aprendizagem
Formação da palavras_Percurso de AprendizagemFormação da palavras_Percurso de Aprendizagem
Formação da palavras_Percurso de Aprendizagem
 
Articulação curricular vertical PROPOSTA
Articulação curricular vertical PROPOSTAArticulação curricular vertical PROPOSTA
Articulação curricular vertical PROPOSTA
 
ArticulaçãoCurricularVertical_PROPOSTA_v2.pdf
ArticulaçãoCurricularVertical_PROPOSTA_v2.pdfArticulaçãoCurricularVertical_PROPOSTA_v2.pdf
ArticulaçãoCurricularVertical_PROPOSTA_v2.pdf
 
Repositório Atividades (Português)
Repositório Atividades (Português)Repositório Atividades (Português)
Repositório Atividades (Português)
 
MAIA_Relatório_RosalinaSimãoNunes.pdf
MAIA_Relatório_RosalinaSimãoNunes.pdfMAIA_Relatório_RosalinaSimãoNunes.pdf
MAIA_Relatório_RosalinaSimãoNunes.pdf
 
5_Projeto de Intervenção_03_julho_2021.pdf
5_Projeto de Intervenção_03_julho_2021.pdf5_Projeto de Intervenção_03_julho_2021.pdf
5_Projeto de Intervenção_03_julho_2021.pdf
 
4_PI_ Contextualização_03_julho_2021.pdf
4_PI_ Contextualização_03_julho_2021.pdf4_PI_ Contextualização_03_julho_2021.pdf
4_PI_ Contextualização_03_julho_2021.pdf
 
3_Tarefas Sessão Síncrona_07_junho_2021.pdf
3_Tarefas Sessão Síncrona_07_junho_2021.pdf3_Tarefas Sessão Síncrona_07_junho_2021.pdf
3_Tarefas Sessão Síncrona_07_junho_2021.pdf
 
2_Tarefas Sessão Presencial_22_maio__2021.pdf
2_Tarefas Sessão Presencial_22_maio__2021.pdf2_Tarefas Sessão Presencial_22_maio__2021.pdf
2_Tarefas Sessão Presencial_22_maio__2021.pdf
 
1_Tarefas Sessão Síncrona_26_abril_2021.pdf
1_Tarefas Sessão Síncrona_26_abril_2021.pdf1_Tarefas Sessão Síncrona_26_abril_2021.pdf
1_Tarefas Sessão Síncrona_26_abril_2021.pdf
 
CAT_ Aedlv__03_setembro.pptx
CAT_ Aedlv__03_setembro.pptxCAT_ Aedlv__03_setembro.pptx
CAT_ Aedlv__03_setembro.pptx
 
CAT_ Aedlv__19_julho_v4.pptx
CAT_ Aedlv__19_julho_v4.pptxCAT_ Aedlv__19_julho_v4.pptx
CAT_ Aedlv__19_julho_v4.pptx
 
Tutorial - Informação E@D (Reinício do ensino não presencial)
Tutorial - Informação E@D (Reinício do ensino não presencial)Tutorial - Informação E@D (Reinício do ensino não presencial)
Tutorial - Informação E@D (Reinício do ensino não presencial)
 
Tutorial - Informação E@D
Tutorial - Informação E@DTutorial - Informação E@D
Tutorial - Informação E@D
 
Tutorial 5 - Momentos síncronos
Tutorial 5 - Momentos síncronosTutorial 5 - Momentos síncronos
Tutorial 5 - Momentos síncronos
 

Último

Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitlerhabiwo1978
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalcarlamgalves5
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Mary Alvarenga
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxRaquelMartins389880
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaIlda Bicacro
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosFernanda Ledesma
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfandreaLisboa7
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAElianeAlves383563
 
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persaConteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persafelipescherner
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Rosana Andrea Miranda
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfCsarBaltazar1
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorialNeuroppIsnayaLciaMar
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxIlda Bicacro
 

Último (20)

Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
 
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persaConteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 

Diário

  • 1. Diário A arte de saber contar Faça clique para editar o estilo rsn 2011/12
  • 2. Diários reais q São diários que registam emoções, observações, reflexões, contam episódios sentidos ou vividos pelo próprio autor. q Muitos escritores têm publicado os seus diários, com esse título como o Diário de Miguel Torga. Definição q Há ainda diários que se tornaram obras Registo quotidiano de eventos e literárias, por exemplo, vivências. o Diário de Anne Frank. Ø Diários reais
  • 3. Diários de ficção q O autor cria uma personagem que se nos vai revelando através do que regista no seu diário.  q EXEMPLOS: § Diário de Sofia e C.ª, de Luísa Ducla Definição Soares; Registo quotidiano de eventos e § O Diário de Adrian vivências. Mole, de Sue Towsend. Ø Diários de ficção
  • 4. Característica geral O Diário é um texto que possui semelhanças com o Texto Narrativo e, em especial, com o Relato.
  • 5. Outras características O diário: Tem o registo da data em que se escreve; Contém, por vezes, um interlocutor imaginário; É um relato de acontecimentos e vivências pessoais; Contém confidências, emoções e sentimentos de quem o escreve; Pode apresentar referências a determinados espaços; Refere factos e dados que são verdadeiros ou que podem ser comprovados; Usa, predominantemente, os verbos no pretérito perfeito do indicativo; Utiliza formas verbais, pronomes pessoais, determinantes e pronomes possessivos de primeira pessoa; Inclui frases de tipo exclamativo e interrogativo.
  • 7. Proposta de trabalho OBJETIVO PRAZO DE ENTREGA  Escrever um diário (real  Última semana de ou ficcionado) que aulas / 2ºPeríodo. contemple duas semanas, no mínimo. AVALIAÇÃO 50% - Adequação e MODALIDADE correção na informação;  Trabalho individual, em 45% - Criatividade e registo papel, digital, originalidade; podendo construir um 5 % - Gestão do tempo. blog ou outro registo na web.