SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 20
“O tratamento de obsessões (...) não é
trabalho excêntrico, em nossos círculos
de fé renovadora. Constitui simplesmente
a continuidade do esforço de salvação
aos transviados de todos os matizes,
começado nas luminosas mãos de Jesus.”
Pão Nosso, Emmanuel, psicografia de Francisco
CândidoXavier.
“Se amardes ao revés de detestardes, se desejardes socorrer e não apenas os
expulsardes, tudo fareis, pois que tudo quanto eu faço podeis fazê-lo, e muito mais,
se o quiserdes.. .“
Primícias do Reino, Amélia Rodrigues, psicografia de Divaldo Pereira Franco.
“(...) A desobsessão vige, desse modo por
remédio moral específico, arejando os
caminhos mentais em que nos cabe agir,
imunizando-nos contra os perigos da
alienação e estabelecendo vantagens
ocultas em nós , para nós e em torno de
nós, numa extensão que, por enquanto,
não somos capazes de calcular.
Através dela, desaparecem doenças fantasmas, empeços obscuros,
insucessos, além de obtermos com o seu apoio espiritual mais amplos
horizontes ao entendimento da vida e recursos morais inapreciáveis para
agir, diante do próximo, com desapego e compreensão.”
Desobsessão, André Luiz.
Desobsessão, em sentido amplo, é o processo de regeneração da
Humanidade.
Obsessão e Desobsessão – Suely C. Shubert
A transformação moral que se anuncia e
da qual já sentimos os efeitos, a transição
dolorosa que vivemos só chegará a bom
termo quando, atendendo ao imperativo
da dor e da evolução, os seres humanos
desanuviarem o seu céu interior, como em
processo desobsessivo, conseguindo
vencer vícios e defeitos que todos
cultivamos com verdadeira obsessão e
dos quais somos escravos.
Esclarece sobre
o obsessor e o
obsediado.
Terapia
Espiritual
Prece
Reforma
Íntima
Água
Fluidificada
Passes
Desobsessão
Obsessão e Desobsessão – Suely C. Schubert
• A prece eleva o pensamento da criatura, que pelas leis de afinidade, atraem para si influencias
positivas e repele as negativas.
PRECE
• O principal componente do tratamento. Somente a mudança das imperfeições espirituais/morais
estaremos livres dos processos obsessivos. A responsabilidade portanto é de cada um. A Casa Espírita
poderá auxiliar no processo através dos cursos, palestras, orientação e leitura.
REFORMA ÍNTIMA
• A água pode reter fluidos mais sutis que a espiritualidade pode manipular e dar qualidades salutares
ao restabelecimento físico e espiritual. Constituí portanto uma "medicação" espiritual para nosso
benefício.
ÁGUA FLUIDIFICADA
• Troca fluídica que restabelece o equilíbrio dos Centros de Força de nosso perispírito. Um mecanismo
muito eficaz pois associa os fluidos sutis da espiritualidade com os fluidos mais densos do médium
passista.
PASSES
• Reuniões, normalmente de caráter restrito em que trabalhadores aptos para esse fim podem entrar
em comunicação com espíritos que por ventura possam ser responsáveis por um processo obsessivo.
Nestas reuniões os espíritos terão a chance de ser esclarecidos e amparados.
DESOBSESSÃO
“No que diz respeito ao problema das obsessões espirituais, o
paciente é, também o agente da própria cura.”
Grilhões Partidos, Manoel Philomeno de Miranda, psicografia de Divaldo Pereira Franco, “Prolusão”.
Autodesobsessão, sinônimo de
auto-evangelização, de auto
reforma. É o ser humano
lutando para dominar as suas
más tendências e inclinações.
Ninguém se engane: o obsidiado só
se libertará quando ele mesmo se
dispuser a promover a sua
autodesobsessão. O Espiritismo
não poderá fazer por ele o que ele
não fizer por si mesmo. Muito
menos os médiuns, ou alguém que
lhe queira operar a cura.
Obsessão e Desobsessão – Suely C. Schubert
“O obsidiado, se não procurar renovar-se diariamente, num trabalho perseverante de
autodomínio ou auto-educação, progredindo em moral e edificação espiritual, jamais
deixará de se sentir obsidiado, ainda que o seu primitivo obsessor se regenere. Sua
renovação moral, portanto, será a principal terapêutica, nos casos em que ele possa
agir”
Recordações da Mediunidade -Yvonne A. Pereira
“Pensar é criar. A realidade dessa criação pode não exteriorizar-se, de súbito, no campo
dos efeitos transitórios, mas o objeto formado pelo poder mental vive no mundo intimo,
exigindo cuidados especiais para o esforço de continuidade ou extinção.”
Pão Nosso, Emmanuel, psicografia de Francisco Cândido Xavier, capítulo 15.
Escravização Libertação
“Tudo me é lícito, mas nem tudo
me convém”
Paulo 1Cor 6,12
.
Há uma força mais poderosa que o vapor, a eletricidade e a
energia atômica: aVONTADE.
Albert Einsten
‘(...) A vontade não é um ser, uma substância qualquer; não é, sequer, uma
propriedade da matéria mais etérea que exista. Vontade é atributo essencial
do Espírito, é, do ser pensante.”
O Livro dos Médiuns,Allan Kardec item 131.
A vontade é, pois, o comando geral
de nossa existência. Ela é a
manifestação do ser como
individualidade, no uso do seu livre-
arbítrio. Temos a liberdade de
escolher, de optar, mas só o faremos
quando usarmos a vontade
.
“Porquanto, tive fome e me deste de comer; tive sede e me deste de beber;
careci de teto e me hospedastes; estive nu e me vestistes; achei-me doente
e me visitastes; estive preso e me fostes ver. Em verdade vos digo, todas as
vezes que isso fizestes a um destes mais pequeninos dos meus irmãos, foi a
mim que o fizestes”.
Jesus
“Ameniza tuas provações
ajudando outros sob a
dolorosa cruz de provações
sem nome. Há fome de amor
perto do teu leito de queixas.”
Joanna deÂngelis
Reunião de
desobsessão
Oásis de
refazimento
espiritual.
Hospital de
amor para os
doentes da
alma.
Pronto-
socorro de
Espíritos
sofredores.
Assim, deduz-se que a reunião de
desobsessão só alcançará
produtividade e êxito nos seus
trabalhos quando toda a equipe
encarnada aprender a cultivar este
“medicamento” no seu próprio
coração, para doá-lo aos que dele
necessitam.
“Diante deles, os desencarnados que sofrem, embora alguns não se dêem conta,
coloca-te na posição de quem usa a terapêutica espiritual do amor em si mesmo. (...)
Por Isso, unge-te de compreensão e fala-lhes com a ternura de irmão e o respeito de
amigo.”
Leis Morais daVida, Joanna deÂngelis, psicografia de Divaldo Pereira Franco.
É clarear o raciocínio; é levar uma entidade desencarnada, através de uma série
de reflexões, a entender determinado problema que ela traz consigo e que não
consegue resolver; ou fazê-la compreender que as suas atitudes representam um
problema para terceiros, com agravantes para ela mesma. É levá-la a modificar
conceitos errôneos, distorcidos e cristalizados, por meio de uma lógica clara,
concisa, com base na Doutrina Espírita e, sobretudo, permeada de amor.
Reunião de Desobsessão
“(...) quem se faz instrutor deve valorizar o ensino, aplicando-o em si próprio.”
Joanna deÂngelis
O Livro dos Médiuns,Allan Kardec.
Assim como há Espíritos protetores
das associações, das cidades e dos
povos, Espíritos malfeitores se ligam
aos grupos, do mesmo modo que aos
Indivíduos.
Ligam-se primeiro, aos mais fracos,
aos mais acessíveis, procurando fazê-
los seus Instrumentos .
E gradativamente vão envolvendo os
conjuntos, por isso que tanto mais prazer
maligno experimentam, quanto maior é o
número dos que lhes caem sob o jugo.
Procuram disseminar a
desconfiança entre os
participantes.
Querem intrometer-se nos
trabalhos, trazer desunião no
grupo, intrigas, maledicência.
Causa mal estar aos que
trabalham corretamente,
deturpando a verdade.
Desanimo e desmotivação
para as questões espirituais.
(Estudo, pratica do bem, bom
humor, estado intimo, etc....)
Se estivermos invigilantes, descuidados, ofereceremos
campo às mentes desequilibradas que se acercarão de
nós e, encontrando desguarnecidas as nossas defesas,
terão possibilidades concretas de conseguir o nosso
afastamento e de se regozijarem com a nossa queda.
São muitos, como é fácil de se imaginar, os recursos
empregados, ressaltando-se também as manobras no
sentido de aguçar o amor-próprio, o melindre, o
personalismo, o apego aos pontos de vista pessoais, a
vaidade e toda a coorte de deficiências que avassalam o ser
humano.
Como vimos, existe a obsessão
porque existe inferioridade em nós.
Profilaxia é o conjunto de medidas
preventivas que evitem o aparecimento de
doenças.
Assim, a única profilaxia eficaz contra a
obsessão é a do Evangelho. É praticar o
bem e ser bom.
“Fora da caridade não há salvação”
“Através do
Evangelho, entretanto,
encontramos o
antídoto eficiente
contra a sua
proliferação: o AMOR”
Eurípedes Barsanulfo.
• O Livro dos Espíritos – Allan kardec
• O Evangelho Segundo o Espiritismo
• Pão Nosso – Chico Xavier/ Emmanuel
• Recordações da Mediunidade -Yvonne A. Pereira
• Grilhões Partidos - Manoel Philomeno de Miranda
• Obsessão e Desobsessão – Suely C. Schubert
• Primícias do Reino - Divaldo Pereira Franco
• Nos Domínios da Mediunidade – Chico Xavier/André Luiz
• Desobsessão - Chico Xavier/André Luiz
• Leis Morais daVida - Divaldo Pereira Franco/ Joanna de Ângelis

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Conceito,causas e graus da obsessão
Conceito,causas e graus da obsessãoConceito,causas e graus da obsessão
Conceito,causas e graus da obsessãojcevadro
 
A ação da prece e transmissão do pensamento
A ação da prece e transmissão do pensamentoA ação da prece e transmissão do pensamento
A ação da prece e transmissão do pensamentoceakitajai
 
O processo obsessivo - obsessor e obsidiado - obsessão e loucura
O processo obsessivo - obsessor e obsidiado - obsessão e loucuraO processo obsessivo - obsessor e obsidiado - obsessão e loucura
O processo obsessivo - obsessor e obsidiado - obsessão e loucurajcevadro
 
O CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDEC
O CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDECO CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDEC
O CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDECJorge Luiz dos Santos
 
11ª aula – perigos e inconvenientes da mediunidade coem
11ª aula – perigos e inconvenientes da mediunidade   coem11ª aula – perigos e inconvenientes da mediunidade   coem
11ª aula – perigos e inconvenientes da mediunidade coemWagner Quadros
 
Os objetivos da reunião mediúnica
Os objetivos da reunião mediúnicaOs objetivos da reunião mediúnica
Os objetivos da reunião mediúnicaOsvaldo Brascher
 
As Penas Futuras Segundo o Espiritismo
As Penas Futuras Segundo o EspiritismoAs Penas Futuras Segundo o Espiritismo
As Penas Futuras Segundo o EspiritismoAntonino Silva
 
Emancipação da Alma - Desdobramento
Emancipação da Alma - DesdobramentoEmancipação da Alma - Desdobramento
Emancipação da Alma - Desdobramentocontatodoutrina2013
 
O PENSAMENTO Uma abordagem espírita
O PENSAMENTO Uma abordagem espíritaO PENSAMENTO Uma abordagem espírita
O PENSAMENTO Uma abordagem espíritaJorge Luiz dos Santos
 
Seminário: As Terapias Desobsessivas
Seminário: As Terapias DesobsessivasSeminário: As Terapias Desobsessivas
Seminário: As Terapias Desobsessivascostaunicastelo
 
Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2
Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2
Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2Tiburcio Santos
 
O centro espírita
O centro espíritaO centro espírita
O centro espíritanelmarvoc
 
Provas Voluntárias e Verdadeiro Cilício.pptx
Provas Voluntárias e Verdadeiro Cilício.pptxProvas Voluntárias e Verdadeiro Cilício.pptx
Provas Voluntárias e Verdadeiro Cilício.pptxfrancisco celio
 
Influencias espirituais
Influencias espirituaisInfluencias espirituais
Influencias espirituaisLisete B.
 

Mais procurados (20)

Conceito,causas e graus da obsessão
Conceito,causas e graus da obsessãoConceito,causas e graus da obsessão
Conceito,causas e graus da obsessão
 
MEDIUNIDADE E ESPIRITISMO
MEDIUNIDADE E ESPIRITISMOMEDIUNIDADE E ESPIRITISMO
MEDIUNIDADE E ESPIRITISMO
 
A ação da prece e transmissão do pensamento
A ação da prece e transmissão do pensamentoA ação da prece e transmissão do pensamento
A ação da prece e transmissão do pensamento
 
O processo obsessivo - obsessor e obsidiado - obsessão e loucura
O processo obsessivo - obsessor e obsidiado - obsessão e loucuraO processo obsessivo - obsessor e obsidiado - obsessão e loucura
O processo obsessivo - obsessor e obsidiado - obsessão e loucura
 
O CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDEC
O CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDECO CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDEC
O CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDEC
 
11ª aula – perigos e inconvenientes da mediunidade coem
11ª aula – perigos e inconvenientes da mediunidade   coem11ª aula – perigos e inconvenientes da mediunidade   coem
11ª aula – perigos e inconvenientes da mediunidade coem
 
Os objetivos da reunião mediúnica
Os objetivos da reunião mediúnicaOs objetivos da reunião mediúnica
Os objetivos da reunião mediúnica
 
As Penas Futuras Segundo o Espiritismo
As Penas Futuras Segundo o EspiritismoAs Penas Futuras Segundo o Espiritismo
As Penas Futuras Segundo o Espiritismo
 
Emancipação da Alma - Desdobramento
Emancipação da Alma - DesdobramentoEmancipação da Alma - Desdobramento
Emancipação da Alma - Desdobramento
 
Médiuns e mediunidade!
Médiuns e mediunidade!Médiuns e mediunidade!
Médiuns e mediunidade!
 
O PENSAMENTO Uma abordagem espírita
O PENSAMENTO Uma abordagem espíritaO PENSAMENTO Uma abordagem espírita
O PENSAMENTO Uma abordagem espírita
 
Seminário: As Terapias Desobsessivas
Seminário: As Terapias DesobsessivasSeminário: As Terapias Desobsessivas
Seminário: As Terapias Desobsessivas
 
Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2
Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2
Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2
 
O centro espírita
O centro espíritaO centro espírita
O centro espírita
 
Deus na visão espírita
Deus na visão espíritaDeus na visão espírita
Deus na visão espírita
 
Provas Voluntárias e Verdadeiro Cilício.pptx
Provas Voluntárias e Verdadeiro Cilício.pptxProvas Voluntárias e Verdadeiro Cilício.pptx
Provas Voluntárias e Verdadeiro Cilício.pptx
 
Influencias espirituais
Influencias espirituaisInfluencias espirituais
Influencias espirituais
 
25/10/1013 OBSESSÃO E DESOBSESSÃO
25/10/1013 OBSESSÃO E DESOBSESSÃO25/10/1013 OBSESSÃO E DESOBSESSÃO
25/10/1013 OBSESSÃO E DESOBSESSÃO
 
Obsessão do ponto de vista espírita
Obsessão do ponto de vista espíritaObsessão do ponto de vista espírita
Obsessão do ponto de vista espírita
 
O argueiro e a trave no olho cap x
O argueiro e a trave no olho cap xO argueiro e a trave no olho cap x
O argueiro e a trave no olho cap x
 

Destaque

Rituais da Umbanda e Posições Litúrgicas
Rituais da Umbanda e Posições LitúrgicasRituais da Umbanda e Posições Litúrgicas
Rituais da Umbanda e Posições Litúrgicaspaikachambi
 
Moldura exercício mediúnico
Moldura   exercício mediúnicoMoldura   exercício mediúnico
Moldura exercício mediúnicopaikachambi
 
Princípios Básicos do Espiritismo
Princípios Básicos do EspiritismoPrincípios Básicos do Espiritismo
Princípios Básicos do Espiritismopaikachambi
 
Sincretismo Religioso na Umbanda
Sincretismo Religioso na UmbandaSincretismo Religioso na Umbanda
Sincretismo Religioso na Umbandapaikachambi
 
Hierarquia dos Espíritos
Hierarquia dos Espíritos Hierarquia dos Espíritos
Hierarquia dos Espíritos paikachambi
 
Evangelho no Lar
Evangelho no LarEvangelho no Lar
Evangelho no Larpaikachambi
 
Moldura Espiritual e Roupagem
Moldura Espiritual e RoupagemMoldura Espiritual e Roupagem
Moldura Espiritual e Roupagempaikachambi
 
26 de junho 2015 desobsessão preciso passar
26 de junho 2015 desobsessão   preciso passar26 de junho 2015 desobsessão   preciso passar
26 de junho 2015 desobsessão preciso passarLar Irmã Zarabatana
 

Destaque (14)

Rituais da Umbanda e Posições Litúrgicas
Rituais da Umbanda e Posições LitúrgicasRituais da Umbanda e Posições Litúrgicas
Rituais da Umbanda e Posições Litúrgicas
 
Moldura exercício mediúnico
Moldura   exercício mediúnicoMoldura   exercício mediúnico
Moldura exercício mediúnico
 
Princípios Básicos do Espiritismo
Princípios Básicos do EspiritismoPrincípios Básicos do Espiritismo
Princípios Básicos do Espiritismo
 
Sincretismo Religioso na Umbanda
Sincretismo Religioso na UmbandaSincretismo Religioso na Umbanda
Sincretismo Religioso na Umbanda
 
Hierarquia dos Espíritos
Hierarquia dos Espíritos Hierarquia dos Espíritos
Hierarquia dos Espíritos
 
Evangelho no Lar
Evangelho no LarEvangelho no Lar
Evangelho no Lar
 
Moldura Espiritual e Roupagem
Moldura Espiritual e RoupagemMoldura Espiritual e Roupagem
Moldura Espiritual e Roupagem
 
Desobsessão
DesobsessãoDesobsessão
Desobsessão
 
Desobsessao
DesobsessaoDesobsessao
Desobsessao
 
26 de junho 2015 desobsessão preciso passar
26 de junho 2015 desobsessão   preciso passar26 de junho 2015 desobsessão   preciso passar
26 de junho 2015 desobsessão preciso passar
 
Busca interior
Busca interiorBusca interior
Busca interior
 
Doutrinação
DoutrinaçãoDoutrinação
Doutrinação
 
Obsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessãoObsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessão
 
Obsessão
ObsessãoObsessão
Obsessão
 

Semelhante a Desobsessao

Desenvolvimento da autoconsciência 8
Desenvolvimento da autoconsciência 8Desenvolvimento da autoconsciência 8
Desenvolvimento da autoconsciência 8Fatoze
 
Vibrações compensadas lar de amor
Vibrações compensadas   lar de amorVibrações compensadas   lar de amor
Vibrações compensadas lar de amorLorena Dias
 
Pecado por pensamento e adultério
Pecado por pensamento e adultérioPecado por pensamento e adultério
Pecado por pensamento e adultérioLorena Dias
 
Conquiste o inimigo venca a obsessao
Conquiste o inimigo   venca a obsessaoConquiste o inimigo   venca a obsessao
Conquiste o inimigo venca a obsessaoHenrique Vieira
 
Mediunidade Missao de amor e o evangellho do Cristo
Mediunidade Missao de amor e o  evangellho do Cristo Mediunidade Missao de amor e o  evangellho do Cristo
Mediunidade Missao de amor e o evangellho do Cristo Claudio Macedo
 
Mediunidadeevolucaol10
Mediunidadeevolucaol10Mediunidadeevolucaol10
Mediunidadeevolucaol10Manoel Gamas
 
Bem aventurados os pobres de espiritos- Missão do homem inteligente na terra
Bem aventurados os pobres de espiritos- Missão do homem inteligente na terraBem aventurados os pobres de espiritos- Missão do homem inteligente na terra
Bem aventurados os pobres de espiritos- Missão do homem inteligente na terramsdbiasi
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Leonardo Pereira
 
6920506 divaldo-franco-joanna-de-angelis-o-ser-consciente[1]
6920506 divaldo-franco-joanna-de-angelis-o-ser-consciente[1]6920506 divaldo-franco-joanna-de-angelis-o-ser-consciente[1]
6920506 divaldo-franco-joanna-de-angelis-o-ser-consciente[1]guestae3c203
 
6920506 divaldo-franco-joanna-de-angelis-o-ser-consciente[1]
6920506 divaldo-franco-joanna-de-angelis-o-ser-consciente[1]6920506 divaldo-franco-joanna-de-angelis-o-ser-consciente[1]
6920506 divaldo-franco-joanna-de-angelis-o-ser-consciente[1]EWALDO DE SOUZA
 
Conflitos existenciais e o atendimento no centro espírita(Leonardo Pereira).
Conflitos existenciais e o atendimento no centro espírita(Leonardo Pereira). Conflitos existenciais e o atendimento no centro espírita(Leonardo Pereira).
Conflitos existenciais e o atendimento no centro espírita(Leonardo Pereira). Leonardo Pereira
 
Nos dominios da mediunidade Cap. 4 Ante o Servico
Nos dominios da mediunidade   Cap. 4 Ante o ServicoNos dominios da mediunidade   Cap. 4 Ante o Servico
Nos dominios da mediunidade Cap. 4 Ante o ServicoPatricia Farias
 
16 o passe, responsabilidade do médium e assistidos
16   o  passe, responsabilidade do médium e assistidos16   o  passe, responsabilidade do médium e assistidos
16 o passe, responsabilidade do médium e assistidosjcevadro
 
O doutrinador Dialogo com as Sombras
O doutrinador   Dialogo com as SombrasO doutrinador   Dialogo com as Sombras
O doutrinador Dialogo com as SombrasProf. Paulo Ratki
 
25 abril 2014 O OBSIDIADO E A DESOBSESSÃO
25 abril 2014 O OBSIDIADO E A DESOBSESSÃO25 abril 2014 O OBSIDIADO E A DESOBSESSÃO
25 abril 2014 O OBSIDIADO E A DESOBSESSÃOLar Irmã Zarabatana
 
Rastros de luz 10
Rastros de luz 10Rastros de luz 10
Rastros de luz 10MRS
 

Semelhante a Desobsessao (20)

Desenvolvimento da autoconsciência 8
Desenvolvimento da autoconsciência 8Desenvolvimento da autoconsciência 8
Desenvolvimento da autoconsciência 8
 
Vibrações compensadas lar de amor
Vibrações compensadas   lar de amorVibrações compensadas   lar de amor
Vibrações compensadas lar de amor
 
Pecado por pensamento e adultério
Pecado por pensamento e adultérioPecado por pensamento e adultério
Pecado por pensamento e adultério
 
Conquiste o inimigo venca a obsessao
Conquiste o inimigo   venca a obsessaoConquiste o inimigo   venca a obsessao
Conquiste o inimigo venca a obsessao
 
Mediunidade Missao de amor e o evangellho do Cristo
Mediunidade Missao de amor e o  evangellho do Cristo Mediunidade Missao de amor e o  evangellho do Cristo
Mediunidade Missao de amor e o evangellho do Cristo
 
Mediunidadeevolucaol10
Mediunidadeevolucaol10Mediunidadeevolucaol10
Mediunidadeevolucaol10
 
Bem aventurados os pobres de espiritos- Missão do homem inteligente na terra
Bem aventurados os pobres de espiritos- Missão do homem inteligente na terraBem aventurados os pobres de espiritos- Missão do homem inteligente na terra
Bem aventurados os pobres de espiritos- Missão do homem inteligente na terra
 
Doenças da alma
Doenças da almaDoenças da alma
Doenças da alma
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
 
6920506 divaldo-franco-joanna-de-angelis-o-ser-consciente[1]
6920506 divaldo-franco-joanna-de-angelis-o-ser-consciente[1]6920506 divaldo-franco-joanna-de-angelis-o-ser-consciente[1]
6920506 divaldo-franco-joanna-de-angelis-o-ser-consciente[1]
 
6920506 divaldo-franco-joanna-de-angelis-o-ser-consciente[1]
6920506 divaldo-franco-joanna-de-angelis-o-ser-consciente[1]6920506 divaldo-franco-joanna-de-angelis-o-ser-consciente[1]
6920506 divaldo-franco-joanna-de-angelis-o-ser-consciente[1]
 
Conflitos existenciais e o atendimento no centro espírita(Leonardo Pereira).
Conflitos existenciais e o atendimento no centro espírita(Leonardo Pereira). Conflitos existenciais e o atendimento no centro espírita(Leonardo Pereira).
Conflitos existenciais e o atendimento no centro espírita(Leonardo Pereira).
 
Nos dominios da mediunidade Cap. 4 Ante o Servico
Nos dominios da mediunidade   Cap. 4 Ante o ServicoNos dominios da mediunidade   Cap. 4 Ante o Servico
Nos dominios da mediunidade Cap. 4 Ante o Servico
 
16 o passe, responsabilidade do médium e assistidos
16   o  passe, responsabilidade do médium e assistidos16   o  passe, responsabilidade do médium e assistidos
16 o passe, responsabilidade do médium e assistidos
 
O doutrinador Dialogo com as Sombras
O doutrinador   Dialogo com as SombrasO doutrinador   Dialogo com as Sombras
O doutrinador Dialogo com as Sombras
 
DEPRESSAO X ATUALIDADE VISÃO ESPIRITUALISTA
DEPRESSAO X ATUALIDADE VISÃO ESPIRITUALISTADEPRESSAO X ATUALIDADE VISÃO ESPIRITUALISTA
DEPRESSAO X ATUALIDADE VISÃO ESPIRITUALISTA
 
A mediunidade e o seu despertar i
A mediunidade e o seu despertar  iA mediunidade e o seu despertar  i
A mediunidade e o seu despertar i
 
25 abril 2014 O OBSIDIADO E A DESOBSESSÃO
25 abril 2014 O OBSIDIADO E A DESOBSESSÃO25 abril 2014 O OBSIDIADO E A DESOBSESSÃO
25 abril 2014 O OBSIDIADO E A DESOBSESSÃO
 
Rastros de luz 10
Rastros de luz 10Rastros de luz 10
Rastros de luz 10
 
A mediunidade e os seu despertar iv
A mediunidade e os seu despertar  ivA mediunidade e os seu despertar  iv
A mediunidade e os seu despertar iv
 

Mais de paikachambi (20)

Chacara Tia Joana
Chacara Tia JoanaChacara Tia Joana
Chacara Tia Joana
 
O Passe
O PasseO Passe
O Passe
 
Yorimá
YorimáYorimá
Yorimá
 
Oxossi
OxossiOxossi
Oxossi
 
Ogum
OgumOgum
Ogum
 
Xangô
XangôXangô
Xangô
 
Yori
YoriYori
Yori
 
Yemanjá
YemanjáYemanjá
Yemanjá
 
Oxalá
OxaláOxalá
Oxalá
 
As Sete Energias do Universo
As Sete Energias do UniversoAs Sete Energias do Universo
As Sete Energias do Universo
 
Aula 8 mediunidade
Aula 8   mediunidadeAula 8   mediunidade
Aula 8 mediunidade
 
Aura
AuraAura
Aura
 
Corpos Espirituais
Corpos EspirituaisCorpos Espirituais
Corpos Espirituais
 
Plano Espiritual
Plano EspiritualPlano Espiritual
Plano Espiritual
 
Psicofonia
PsicofoniaPsicofonia
Psicofonia
 
Chakra Coronário
Chakra CoronárioChakra Coronário
Chakra Coronário
 
Chakra Frontal
Chakra FrontalChakra Frontal
Chakra Frontal
 
Chakra solar
Chakra solarChakra solar
Chakra solar
 
Chakra laríngeo
Chakra laríngeoChakra laríngeo
Chakra laríngeo
 
Chakra cardíaco
Chakra cardíacoChakra cardíaco
Chakra cardíaco
 

Desobsessao

  • 1.
  • 2. “O tratamento de obsessões (...) não é trabalho excêntrico, em nossos círculos de fé renovadora. Constitui simplesmente a continuidade do esforço de salvação aos transviados de todos os matizes, começado nas luminosas mãos de Jesus.” Pão Nosso, Emmanuel, psicografia de Francisco CândidoXavier. “Se amardes ao revés de detestardes, se desejardes socorrer e não apenas os expulsardes, tudo fareis, pois que tudo quanto eu faço podeis fazê-lo, e muito mais, se o quiserdes.. .“ Primícias do Reino, Amélia Rodrigues, psicografia de Divaldo Pereira Franco.
  • 3. “(...) A desobsessão vige, desse modo por remédio moral específico, arejando os caminhos mentais em que nos cabe agir, imunizando-nos contra os perigos da alienação e estabelecendo vantagens ocultas em nós , para nós e em torno de nós, numa extensão que, por enquanto, não somos capazes de calcular. Através dela, desaparecem doenças fantasmas, empeços obscuros, insucessos, além de obtermos com o seu apoio espiritual mais amplos horizontes ao entendimento da vida e recursos morais inapreciáveis para agir, diante do próximo, com desapego e compreensão.” Desobsessão, André Luiz.
  • 4. Desobsessão, em sentido amplo, é o processo de regeneração da Humanidade. Obsessão e Desobsessão – Suely C. Shubert A transformação moral que se anuncia e da qual já sentimos os efeitos, a transição dolorosa que vivemos só chegará a bom termo quando, atendendo ao imperativo da dor e da evolução, os seres humanos desanuviarem o seu céu interior, como em processo desobsessivo, conseguindo vencer vícios e defeitos que todos cultivamos com verdadeira obsessão e dos quais somos escravos.
  • 5. Esclarece sobre o obsessor e o obsediado.
  • 7. • A prece eleva o pensamento da criatura, que pelas leis de afinidade, atraem para si influencias positivas e repele as negativas. PRECE • O principal componente do tratamento. Somente a mudança das imperfeições espirituais/morais estaremos livres dos processos obsessivos. A responsabilidade portanto é de cada um. A Casa Espírita poderá auxiliar no processo através dos cursos, palestras, orientação e leitura. REFORMA ÍNTIMA • A água pode reter fluidos mais sutis que a espiritualidade pode manipular e dar qualidades salutares ao restabelecimento físico e espiritual. Constituí portanto uma "medicação" espiritual para nosso benefício. ÁGUA FLUIDIFICADA • Troca fluídica que restabelece o equilíbrio dos Centros de Força de nosso perispírito. Um mecanismo muito eficaz pois associa os fluidos sutis da espiritualidade com os fluidos mais densos do médium passista. PASSES • Reuniões, normalmente de caráter restrito em que trabalhadores aptos para esse fim podem entrar em comunicação com espíritos que por ventura possam ser responsáveis por um processo obsessivo. Nestas reuniões os espíritos terão a chance de ser esclarecidos e amparados. DESOBSESSÃO
  • 8. “No que diz respeito ao problema das obsessões espirituais, o paciente é, também o agente da própria cura.” Grilhões Partidos, Manoel Philomeno de Miranda, psicografia de Divaldo Pereira Franco, “Prolusão”. Autodesobsessão, sinônimo de auto-evangelização, de auto reforma. É o ser humano lutando para dominar as suas más tendências e inclinações.
  • 9. Ninguém se engane: o obsidiado só se libertará quando ele mesmo se dispuser a promover a sua autodesobsessão. O Espiritismo não poderá fazer por ele o que ele não fizer por si mesmo. Muito menos os médiuns, ou alguém que lhe queira operar a cura. Obsessão e Desobsessão – Suely C. Schubert “O obsidiado, se não procurar renovar-se diariamente, num trabalho perseverante de autodomínio ou auto-educação, progredindo em moral e edificação espiritual, jamais deixará de se sentir obsidiado, ainda que o seu primitivo obsessor se regenere. Sua renovação moral, portanto, será a principal terapêutica, nos casos em que ele possa agir” Recordações da Mediunidade -Yvonne A. Pereira
  • 10. “Pensar é criar. A realidade dessa criação pode não exteriorizar-se, de súbito, no campo dos efeitos transitórios, mas o objeto formado pelo poder mental vive no mundo intimo, exigindo cuidados especiais para o esforço de continuidade ou extinção.” Pão Nosso, Emmanuel, psicografia de Francisco Cândido Xavier, capítulo 15. Escravização Libertação “Tudo me é lícito, mas nem tudo me convém” Paulo 1Cor 6,12
  • 11. . Há uma força mais poderosa que o vapor, a eletricidade e a energia atômica: aVONTADE. Albert Einsten ‘(...) A vontade não é um ser, uma substância qualquer; não é, sequer, uma propriedade da matéria mais etérea que exista. Vontade é atributo essencial do Espírito, é, do ser pensante.” O Livro dos Médiuns,Allan Kardec item 131. A vontade é, pois, o comando geral de nossa existência. Ela é a manifestação do ser como individualidade, no uso do seu livre- arbítrio. Temos a liberdade de escolher, de optar, mas só o faremos quando usarmos a vontade
  • 12. . “Porquanto, tive fome e me deste de comer; tive sede e me deste de beber; careci de teto e me hospedastes; estive nu e me vestistes; achei-me doente e me visitastes; estive preso e me fostes ver. Em verdade vos digo, todas as vezes que isso fizestes a um destes mais pequeninos dos meus irmãos, foi a mim que o fizestes”. Jesus “Ameniza tuas provações ajudando outros sob a dolorosa cruz de provações sem nome. Há fome de amor perto do teu leito de queixas.” Joanna deÂngelis
  • 13. Reunião de desobsessão Oásis de refazimento espiritual. Hospital de amor para os doentes da alma. Pronto- socorro de Espíritos sofredores. Assim, deduz-se que a reunião de desobsessão só alcançará produtividade e êxito nos seus trabalhos quando toda a equipe encarnada aprender a cultivar este “medicamento” no seu próprio coração, para doá-lo aos que dele necessitam.
  • 14. “Diante deles, os desencarnados que sofrem, embora alguns não se dêem conta, coloca-te na posição de quem usa a terapêutica espiritual do amor em si mesmo. (...) Por Isso, unge-te de compreensão e fala-lhes com a ternura de irmão e o respeito de amigo.” Leis Morais daVida, Joanna deÂngelis, psicografia de Divaldo Pereira Franco. É clarear o raciocínio; é levar uma entidade desencarnada, através de uma série de reflexões, a entender determinado problema que ela traz consigo e que não consegue resolver; ou fazê-la compreender que as suas atitudes representam um problema para terceiros, com agravantes para ela mesma. É levá-la a modificar conceitos errôneos, distorcidos e cristalizados, por meio de uma lógica clara, concisa, com base na Doutrina Espírita e, sobretudo, permeada de amor. Reunião de Desobsessão “(...) quem se faz instrutor deve valorizar o ensino, aplicando-o em si próprio.” Joanna deÂngelis
  • 15. O Livro dos Médiuns,Allan Kardec. Assim como há Espíritos protetores das associações, das cidades e dos povos, Espíritos malfeitores se ligam aos grupos, do mesmo modo que aos Indivíduos. Ligam-se primeiro, aos mais fracos, aos mais acessíveis, procurando fazê- los seus Instrumentos . E gradativamente vão envolvendo os conjuntos, por isso que tanto mais prazer maligno experimentam, quanto maior é o número dos que lhes caem sob o jugo.
  • 16. Procuram disseminar a desconfiança entre os participantes. Querem intrometer-se nos trabalhos, trazer desunião no grupo, intrigas, maledicência. Causa mal estar aos que trabalham corretamente, deturpando a verdade. Desanimo e desmotivação para as questões espirituais. (Estudo, pratica do bem, bom humor, estado intimo, etc....)
  • 17. Se estivermos invigilantes, descuidados, ofereceremos campo às mentes desequilibradas que se acercarão de nós e, encontrando desguarnecidas as nossas defesas, terão possibilidades concretas de conseguir o nosso afastamento e de se regozijarem com a nossa queda. São muitos, como é fácil de se imaginar, os recursos empregados, ressaltando-se também as manobras no sentido de aguçar o amor-próprio, o melindre, o personalismo, o apego aos pontos de vista pessoais, a vaidade e toda a coorte de deficiências que avassalam o ser humano.
  • 18. Como vimos, existe a obsessão porque existe inferioridade em nós. Profilaxia é o conjunto de medidas preventivas que evitem o aparecimento de doenças. Assim, a única profilaxia eficaz contra a obsessão é a do Evangelho. É praticar o bem e ser bom.
  • 19. “Fora da caridade não há salvação” “Através do Evangelho, entretanto, encontramos o antídoto eficiente contra a sua proliferação: o AMOR” Eurípedes Barsanulfo.
  • 20. • O Livro dos Espíritos – Allan kardec • O Evangelho Segundo o Espiritismo • Pão Nosso – Chico Xavier/ Emmanuel • Recordações da Mediunidade -Yvonne A. Pereira • Grilhões Partidos - Manoel Philomeno de Miranda • Obsessão e Desobsessão – Suely C. Schubert • Primícias do Reino - Divaldo Pereira Franco • Nos Domínios da Mediunidade – Chico Xavier/André Luiz • Desobsessão - Chico Xavier/André Luiz • Leis Morais daVida - Divaldo Pereira Franco/ Joanna de Ângelis