SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
Humildade
Preto Velhos
Os espíritos comunicantes possuem três formas de moldura para
comunicar conosco: Criança, PretoVelho e Caboclo .
Essas três molduras formam o triangulo da
evolução naTerra.
Todo espírito para comunicar necessita de uma dessas três
molduras. A moldura que da condição ao espírito manifestar é a forma
do perispírito. Não a moldura que ele deseja, mas a que ele tem condição
de se comunicar.
1. CRIANÇA
2 PRETO-VELHO
3. CABOCLO
São aqueles que trabalham na parte intelectual. Necessitam da forma
de criança, porque é uma maneira de diminuir a capacidade do espírito,
pois caso contrário eles não teriam condições de permanecer entre nós.
Representam a inocência e a pureza.
O termo criança utilizado significa aquele que nasce de novo, ou seja, o
nascimento consciente daquele que já encontrou o caminho e venceu.
São quase perfeitos dentro daTransição.
São Magos de Luz de grande poder. A forma de falar é geralmente com
tiques infantis e agudez pronunciada na voz, mas isso é devido a atuação
destas entidades no Chakra Laríngeo. Conseguem realmente tornar o
ambiente em que se apresentam mais alegre através de um grande trabalho
psicológico.
Trabalham com a moral. Adquirem essa moldura, somente o espírito
que tiver uma evolução muito grande.
Já iniciaram no estágio de espíritosTransição Bons.
São associados a Pretos Velhos porque os fluidos vibram no chakra
base da coluna e provocam uma irradiação pela coluna vertebral,
obrigando o aparelho a se curvar.
Representam a humildade.
Representam a humildade adquirida através de um grande esforço, de
grandes provas e a determinação daquele que apesar de ter grande
sabedoria, demonstra com humildade, utilizando-se em beneficio alheio.
É o equilíbrio entre a moral e o intelectual. São o símbolo de força,
determinação. A força usada de modo correto e direcionada, e não força
bruta e destrutiva.
Estão no estágio deTransição Inferior eTransição emTransição.
São entidades que trazem sabedoria através do conselho e da
elevação moral.
Representam a simplicidade.
Muitos deles foram grandes sacerdotes da primeira raça vermelha,
grandes magos e sábios que utilizam uma forma mais simples para trazer
sua mensagem e ajuda.
A cada vez que o espírito se
manifesta a sua
individualidade, vai se
caracterizando de acordo
com o arbítrio do espírito e
a necessidade do ambiente.
Os espíritos assim o fazem
não somente nos
fenômenos de
incorporação, ou só com os
encarnados, mas também
no Plano Espiritual.
É a forma que os espíritos se manifestam e comunicam. O espírito
manifesta, através da roupagem a sua individualidade.
Na Moldura de Criança a roupagem que os espíritos buscam é a
meiguice, a simplicidade, a infantilidade, etc.
Na Moldura de Preto Velho a roupagem é de aleijados, preto, velho e
encurvado, etc.
Na Moldura de Caboclo é comum a roupagem de índios, padres,
boiadeiros, exus, baianos, etc.
O nome que o espírito escolhe é arbitrário, mas a forma que ele
escolhe, para o perispírito exteriorizar a sua forma é a roupagem.
Os nomes como Benedito, Serafim, não são nomes próprios.
Correspondem a hierarquia, e às vezes escolhem o nome em homenagem
as ultimas encarnações.
O nome é como um ideal e não como individualidade.
É como se fosse um agradecimento à encarnação em que houve maior
evolução, ou agradecimento ao lugar. Um exemplo disto é Pai Kachambi.
Kachambi foi um lugar na África. Ele era chefe da tribo Kachambi e ele
passou a espírito mais evoluído neste lugar.
Cada espírito trabalha com uma energia, alguns trabalham com mais
de uma. Assim ficam distribuidas:
Na linha de Oxalá manifesta somente a moldura de Preto Velhos.
Devido ao verbo;
Na linha de Yemanjá manifesta somente a moldura de Caboclos.
Devido aTransição e a Força Gerante;
Na linha de Yori manifestam a moldura de Caboclos e Crianças. É a
forma de aplicação do conhecimento;
Na linha de Xangô manifestam a moldura de Caboclos e Preto Velhos.
Devido ao determinismo e curas físicas. Os Preto Velhos com a cura para a
mudança intima pela palavra, devido a atuação do verbo;
Na linha de Ogum manifestam somente a moldura de Caboclo.
Trabalham com a vontade e o arbítrio;
Na linha de Oxossi manifesta somente a moldura de Caboclos.
Doutrinação, precisa de muita energia, conhecimento, paciência, etc.;
Na linha de Yorimá manifestam as molduras de Caboclos e Preto
Velhos.Trabalham com a transformação.
Assim, a moldura de um Caboclo não terá condições de manifestar
como Preto Velho, devido a energia não ser suficiente. Preto Velho e
Criança podem se manifestar como Caboclo, pois são mais evoluídos tanto
moral como intelectualmente.
Criança
Preto
Velho
Caboclo
Possível Possível
Impossível Impossível
A roupagem tem muito a ver com o médium, com a modalidade
mediúnica, com a condição intelectual e etc. Através da roupagem o
médium tem a capacidade de identificação do espírito comunicante.
É através das características da roupagem que o médium tem a aptidão
de identificar a mistificação.
Existem detalhes na roupagem que só o próprio espírito consegue fazer.
 Apostila Associação Espírita Pai Kachambí

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ibeji, erês e crianças - Uma Reflexão
Ibeji, erês e crianças - Uma ReflexãoIbeji, erês e crianças - Uma Reflexão
Ibeji, erês e crianças - Uma Reflexãoguerreirosdaluz
 
Aula 2 CENTROS DE FORÇA
Aula 2 CENTROS DE FORÇAAula 2 CENTROS DE FORÇA
Aula 2 CENTROS DE FORÇAFlávio Soares
 
Mocidade Espírita Chico Xavier - Desdobramento
Mocidade Espírita Chico Xavier - DesdobramentoMocidade Espírita Chico Xavier - Desdobramento
Mocidade Espírita Chico Xavier - DesdobramentoSergio Lima Dias Junior
 
Concentração Aura e Irradiação
Concentração Aura e IrradiaçãoConcentração Aura e Irradiação
Concentração Aura e IrradiaçãoGraça Maciel
 
A reencarnação visão geral
A reencarnação visão geralA reencarnação visão geral
A reencarnação visão geralAnderson Dias
 
Comunicabilidade dos Espíritos
Comunicabilidade dos EspíritosComunicabilidade dos Espíritos
Comunicabilidade dos Espíritosigmateus
 
( Apometria) manual completo
( Apometria)   manual completo( Apometria)   manual completo
( Apometria) manual completoMH63
 
Doenças ligadas ao desequilíbrio dos chakras
Doenças ligadas ao desequilíbrio dos chakrasDoenças ligadas ao desequilíbrio dos chakras
Doenças ligadas ao desequilíbrio dos chakrasAna Padrão
 
Primeiro Módulo - Aulas 7 e 8 - Perispirito e centros de força
Primeiro Módulo - Aulas 7 e 8 - Perispirito e centros de forçaPrimeiro Módulo - Aulas 7 e 8 - Perispirito e centros de força
Primeiro Módulo - Aulas 7 e 8 - Perispirito e centros de forçaCeiClarencio
 
Obsessão - problema ou oportunidade de renovação?
Obsessão - problema ou oportunidade de renovação?Obsessão - problema ou oportunidade de renovação?
Obsessão - problema ou oportunidade de renovação?Ricardo Azevedo
 
Princípios Básicos do Espiritismo
Princípios Básicos do EspiritismoPrincípios Básicos do Espiritismo
Princípios Básicos do Espiritismopaikachambi
 

Mais procurados (20)

Ibeji, erês e crianças - Uma Reflexão
Ibeji, erês e crianças - Uma ReflexãoIbeji, erês e crianças - Uma Reflexão
Ibeji, erês e crianças - Uma Reflexão
 
Aula 2 CENTROS DE FORÇA
Aula 2 CENTROS DE FORÇAAula 2 CENTROS DE FORÇA
Aula 2 CENTROS DE FORÇA
 
Obsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessãoObsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessão
 
Corpos Espirituais
Corpos EspirituaisCorpos Espirituais
Corpos Espirituais
 
Médiuns e mediunidade!
Médiuns e mediunidade!Médiuns e mediunidade!
Médiuns e mediunidade!
 
Mocidade Espírita Chico Xavier - Desdobramento
Mocidade Espírita Chico Xavier - DesdobramentoMocidade Espírita Chico Xavier - Desdobramento
Mocidade Espírita Chico Xavier - Desdobramento
 
conexao
conexaoconexao
conexao
 
09 duplo etérico
09 duplo etérico09 duplo etérico
09 duplo etérico
 
Concentração Aura e Irradiação
Concentração Aura e IrradiaçãoConcentração Aura e Irradiação
Concentração Aura e Irradiação
 
Os Centros de Força e a Pineal
Os Centros de Força e a PinealOs Centros de Força e a Pineal
Os Centros de Força e a Pineal
 
A reencarnação visão geral
A reencarnação visão geralA reencarnação visão geral
A reencarnação visão geral
 
Comunicabilidade dos Espíritos
Comunicabilidade dos EspíritosComunicabilidade dos Espíritos
Comunicabilidade dos Espíritos
 
( Apometria) manual completo
( Apometria)   manual completo( Apometria)   manual completo
( Apometria) manual completo
 
Doenças ligadas ao desequilíbrio dos chakras
Doenças ligadas ao desequilíbrio dos chakrasDoenças ligadas ao desequilíbrio dos chakras
Doenças ligadas ao desequilíbrio dos chakras
 
Chakras e cores cura
Chakras e cores curaChakras e cores cura
Chakras e cores cura
 
15636326 apostila-apometria-2009(1)
15636326 apostila-apometria-2009(1)15636326 apostila-apometria-2009(1)
15636326 apostila-apometria-2009(1)
 
Primeiro Módulo - Aulas 7 e 8 - Perispirito e centros de força
Primeiro Módulo - Aulas 7 e 8 - Perispirito e centros de forçaPrimeiro Módulo - Aulas 7 e 8 - Perispirito e centros de força
Primeiro Módulo - Aulas 7 e 8 - Perispirito e centros de força
 
centros de força
centros de forçacentros de força
centros de força
 
Obsessão - problema ou oportunidade de renovação?
Obsessão - problema ou oportunidade de renovação?Obsessão - problema ou oportunidade de renovação?
Obsessão - problema ou oportunidade de renovação?
 
Princípios Básicos do Espiritismo
Princípios Básicos do EspiritismoPrincípios Básicos do Espiritismo
Princípios Básicos do Espiritismo
 

Destaque

Hierarquia dos Espíritos
Hierarquia dos Espíritos Hierarquia dos Espíritos
Hierarquia dos Espíritos paikachambi
 
Sincretismo Religioso na Umbanda
Sincretismo Religioso na UmbandaSincretismo Religioso na Umbanda
Sincretismo Religioso na Umbandapaikachambi
 
Moldura exercício mediúnico
Moldura   exercício mediúnicoMoldura   exercício mediúnico
Moldura exercício mediúnicopaikachambi
 
Rituais da Umbanda e Posições Litúrgicas
Rituais da Umbanda e Posições LitúrgicasRituais da Umbanda e Posições Litúrgicas
Rituais da Umbanda e Posições Litúrgicaspaikachambi
 
Evangelho no Lar
Evangelho no LarEvangelho no Lar
Evangelho no Larpaikachambi
 

Destaque (7)

Hierarquia dos Espíritos
Hierarquia dos Espíritos Hierarquia dos Espíritos
Hierarquia dos Espíritos
 
Sincretismo Religioso na Umbanda
Sincretismo Religioso na UmbandaSincretismo Religioso na Umbanda
Sincretismo Religioso na Umbanda
 
Moldura exercício mediúnico
Moldura   exercício mediúnicoMoldura   exercício mediúnico
Moldura exercício mediúnico
 
Rituais da Umbanda e Posições Litúrgicas
Rituais da Umbanda e Posições LitúrgicasRituais da Umbanda e Posições Litúrgicas
Rituais da Umbanda e Posições Litúrgicas
 
Evangelho no Lar
Evangelho no LarEvangelho no Lar
Evangelho no Lar
 
Doutrinação
DoutrinaçãoDoutrinação
Doutrinação
 
Desobsessao
DesobsessaoDesobsessao
Desobsessao
 

Semelhante a Moldura Espiritual e Roupagem

Coletânea de decretos neusa maria moraes f. pinto
Coletânea de decretos   neusa maria moraes f. pintoColetânea de decretos   neusa maria moraes f. pinto
Coletânea de decretos neusa maria moraes f. pintoFrancisco de Morais
 
Livro Coletânea De Decretos
Livro Coletânea De DecretosLivro Coletânea De Decretos
Livro Coletânea De DecretosNilson Almeida
 
Significado e origem do nome larissa
Significado e origem do nome larissaSignificado e origem do nome larissa
Significado e origem do nome larissaLarissa Santos GF
 
Boletim c.b. 005 oxossi e obá
Boletim c.b. 005   oxossi e obáBoletim c.b. 005   oxossi e obá
Boletim c.b. 005 oxossi e obáguerreirosdaluz
 
orixa-reiki-tronados-os-guerreiros-em-nossa-defesa
orixa-reiki-tronados-os-guerreiros-em-nossa-defesaorixa-reiki-tronados-os-guerreiros-em-nossa-defesa
orixa-reiki-tronados-os-guerreiros-em-nossa-defesaCarol Fontoura
 
Boletim c.b. 002 oxalá e oiá tempo
Boletim c.b. 002   oxalá e oiá tempoBoletim c.b. 002   oxalá e oiá tempo
Boletim c.b. 002 oxalá e oiá tempoguerreirosdaluz
 
Qabalah 15 arcanos_menores
Qabalah 15 arcanos_menoresQabalah 15 arcanos_menores
Qabalah 15 arcanos_menoresAnderson Rosa
 
Boletim c.b. 007 iemanjá e omulu
Boletim c.b. 007   iemanjá e omuluBoletim c.b. 007   iemanjá e omulu
Boletim c.b. 007 iemanjá e omuluguerreirosdaluz
 
ORAÇÃO DO GUERREIRO DA LUZ
ORAÇÃO DO GUERREIRO DA LUZORAÇÃO DO GUERREIRO DA LUZ
ORAÇÃO DO GUERREIRO DA LUZTargon Darshan
 
Aula 24 do 5º ano de Astrologia do Quiron - O 1º Trabalho de Hércules
Aula 24 do 5º ano de Astrologia do Quiron - O 1º Trabalho de Hércules Aula 24 do 5º ano de Astrologia do Quiron - O 1º Trabalho de Hércules
Aula 24 do 5º ano de Astrologia do Quiron - O 1º Trabalho de Hércules Quiron
 
Astrologia karmica 3
 Astrologia karmica 3 Astrologia karmica 3
Astrologia karmica 3RODRIGO ORION
 
Iniciação ao sacerdocio da chama azul
Iniciação ao sacerdocio da chama azulIniciação ao sacerdocio da chama azul
Iniciação ao sacerdocio da chama azulFrancisco de Morais
 
Animais e xamanismo
Animais e xamanismoAnimais e xamanismo
Animais e xamanismoEdson2308
 

Semelhante a Moldura Espiritual e Roupagem (20)

Coletânea de decretos neusa maria moraes f. pinto
Coletânea de decretos   neusa maria moraes f. pintoColetânea de decretos   neusa maria moraes f. pinto
Coletânea de decretos neusa maria moraes f. pinto
 
Livro Coletânea De Decretos
Livro Coletânea De DecretosLivro Coletânea De Decretos
Livro Coletânea De Decretos
 
Os símbolos mágicos
Os símbolos mágicosOs símbolos mágicos
Os símbolos mágicos
 
Regras Da Magia
Regras Da MagiaRegras Da Magia
Regras Da Magia
 
Significado e origem do nome larissa
Significado e origem do nome larissaSignificado e origem do nome larissa
Significado e origem do nome larissa
 
Apostila compacta06asentidadesnaumbanda
Apostila compacta06asentidadesnaumbandaApostila compacta06asentidadesnaumbanda
Apostila compacta06asentidadesnaumbanda
 
As falanges de trabalho na umbanda
As falanges de trabalho na umbandaAs falanges de trabalho na umbanda
As falanges de trabalho na umbanda
 
Boletim c.b. 005 oxossi e obá
Boletim c.b. 005   oxossi e obáBoletim c.b. 005   oxossi e obá
Boletim c.b. 005 oxossi e obá
 
orixa-reiki-tronados-os-guerreiros-em-nossa-defesa
orixa-reiki-tronados-os-guerreiros-em-nossa-defesaorixa-reiki-tronados-os-guerreiros-em-nossa-defesa
orixa-reiki-tronados-os-guerreiros-em-nossa-defesa
 
Boletim c.b. 002 oxalá e oiá tempo
Boletim c.b. 002   oxalá e oiá tempoBoletim c.b. 002   oxalá e oiá tempo
Boletim c.b. 002 oxalá e oiá tempo
 
Qabalah 15 arcanos_menores
Qabalah 15 arcanos_menoresQabalah 15 arcanos_menores
Qabalah 15 arcanos_menores
 
Boletim c.b. 007 iemanjá e omulu
Boletim c.b. 007   iemanjá e omuluBoletim c.b. 007   iemanjá e omulu
Boletim c.b. 007 iemanjá e omulu
 
Anjos
AnjosAnjos
Anjos
 
Os puros de__coracao
Os puros de__coracaoOs puros de__coracao
Os puros de__coracao
 
ORAÇÃO DO GUERREIRO DA LUZ
ORAÇÃO DO GUERREIRO DA LUZORAÇÃO DO GUERREIRO DA LUZ
ORAÇÃO DO GUERREIRO DA LUZ
 
Aula 24 do 5º ano de Astrologia do Quiron - O 1º Trabalho de Hércules
Aula 24 do 5º ano de Astrologia do Quiron - O 1º Trabalho de Hércules Aula 24 do 5º ano de Astrologia do Quiron - O 1º Trabalho de Hércules
Aula 24 do 5º ano de Astrologia do Quiron - O 1º Trabalho de Hércules
 
A árvore como símbolo e a dimensão vertical da existência
A árvore como símbolo e a dimensão vertical da existênciaA árvore como símbolo e a dimensão vertical da existência
A árvore como símbolo e a dimensão vertical da existência
 
Astrologia karmica 3
 Astrologia karmica 3 Astrologia karmica 3
Astrologia karmica 3
 
Iniciação ao sacerdocio da chama azul
Iniciação ao sacerdocio da chama azulIniciação ao sacerdocio da chama azul
Iniciação ao sacerdocio da chama azul
 
Animais e xamanismo
Animais e xamanismoAnimais e xamanismo
Animais e xamanismo
 

Mais de paikachambi (20)

Chacara Tia Joana
Chacara Tia JoanaChacara Tia Joana
Chacara Tia Joana
 
O Passe
O PasseO Passe
O Passe
 
Yorimá
YorimáYorimá
Yorimá
 
Oxossi
OxossiOxossi
Oxossi
 
Ogum
OgumOgum
Ogum
 
Xangô
XangôXangô
Xangô
 
Yori
YoriYori
Yori
 
Yemanjá
YemanjáYemanjá
Yemanjá
 
Oxalá
OxaláOxalá
Oxalá
 
As Sete Energias do Universo
As Sete Energias do UniversoAs Sete Energias do Universo
As Sete Energias do Universo
 
Obsessão
ObsessãoObsessão
Obsessão
 
Aula 8 mediunidade
Aula 8   mediunidadeAula 8   mediunidade
Aula 8 mediunidade
 
Aura
AuraAura
Aura
 
Corpos Espirituais
Corpos EspirituaisCorpos Espirituais
Corpos Espirituais
 
Plano Espiritual
Plano EspiritualPlano Espiritual
Plano Espiritual
 
Psicofonia
PsicofoniaPsicofonia
Psicofonia
 
Chakra Coronário
Chakra CoronárioChakra Coronário
Chakra Coronário
 
Chakra Frontal
Chakra FrontalChakra Frontal
Chakra Frontal
 
Chakra solar
Chakra solarChakra solar
Chakra solar
 
Chakra laríngeo
Chakra laríngeoChakra laríngeo
Chakra laríngeo
 

Moldura Espiritual e Roupagem

  • 1.
  • 2. Humildade Preto Velhos Os espíritos comunicantes possuem três formas de moldura para comunicar conosco: Criança, PretoVelho e Caboclo . Essas três molduras formam o triangulo da evolução naTerra.
  • 3. Todo espírito para comunicar necessita de uma dessas três molduras. A moldura que da condição ao espírito manifestar é a forma do perispírito. Não a moldura que ele deseja, mas a que ele tem condição de se comunicar. 1. CRIANÇA 2 PRETO-VELHO 3. CABOCLO
  • 4. São aqueles que trabalham na parte intelectual. Necessitam da forma de criança, porque é uma maneira de diminuir a capacidade do espírito, pois caso contrário eles não teriam condições de permanecer entre nós. Representam a inocência e a pureza. O termo criança utilizado significa aquele que nasce de novo, ou seja, o nascimento consciente daquele que já encontrou o caminho e venceu. São quase perfeitos dentro daTransição. São Magos de Luz de grande poder. A forma de falar é geralmente com tiques infantis e agudez pronunciada na voz, mas isso é devido a atuação destas entidades no Chakra Laríngeo. Conseguem realmente tornar o ambiente em que se apresentam mais alegre através de um grande trabalho psicológico.
  • 5. Trabalham com a moral. Adquirem essa moldura, somente o espírito que tiver uma evolução muito grande. Já iniciaram no estágio de espíritosTransição Bons. São associados a Pretos Velhos porque os fluidos vibram no chakra base da coluna e provocam uma irradiação pela coluna vertebral, obrigando o aparelho a se curvar. Representam a humildade. Representam a humildade adquirida através de um grande esforço, de grandes provas e a determinação daquele que apesar de ter grande sabedoria, demonstra com humildade, utilizando-se em beneficio alheio.
  • 6. É o equilíbrio entre a moral e o intelectual. São o símbolo de força, determinação. A força usada de modo correto e direcionada, e não força bruta e destrutiva. Estão no estágio deTransição Inferior eTransição emTransição. São entidades que trazem sabedoria através do conselho e da elevação moral. Representam a simplicidade. Muitos deles foram grandes sacerdotes da primeira raça vermelha, grandes magos e sábios que utilizam uma forma mais simples para trazer sua mensagem e ajuda.
  • 7. A cada vez que o espírito se manifesta a sua individualidade, vai se caracterizando de acordo com o arbítrio do espírito e a necessidade do ambiente. Os espíritos assim o fazem não somente nos fenômenos de incorporação, ou só com os encarnados, mas também no Plano Espiritual. É a forma que os espíritos se manifestam e comunicam. O espírito manifesta, através da roupagem a sua individualidade.
  • 8. Na Moldura de Criança a roupagem que os espíritos buscam é a meiguice, a simplicidade, a infantilidade, etc. Na Moldura de Preto Velho a roupagem é de aleijados, preto, velho e encurvado, etc. Na Moldura de Caboclo é comum a roupagem de índios, padres, boiadeiros, exus, baianos, etc.
  • 9. O nome que o espírito escolhe é arbitrário, mas a forma que ele escolhe, para o perispírito exteriorizar a sua forma é a roupagem. Os nomes como Benedito, Serafim, não são nomes próprios. Correspondem a hierarquia, e às vezes escolhem o nome em homenagem as ultimas encarnações. O nome é como um ideal e não como individualidade. É como se fosse um agradecimento à encarnação em que houve maior evolução, ou agradecimento ao lugar. Um exemplo disto é Pai Kachambi. Kachambi foi um lugar na África. Ele era chefe da tribo Kachambi e ele passou a espírito mais evoluído neste lugar.
  • 10. Cada espírito trabalha com uma energia, alguns trabalham com mais de uma. Assim ficam distribuidas: Na linha de Oxalá manifesta somente a moldura de Preto Velhos. Devido ao verbo; Na linha de Yemanjá manifesta somente a moldura de Caboclos. Devido aTransição e a Força Gerante; Na linha de Yori manifestam a moldura de Caboclos e Crianças. É a forma de aplicação do conhecimento;
  • 11. Na linha de Xangô manifestam a moldura de Caboclos e Preto Velhos. Devido ao determinismo e curas físicas. Os Preto Velhos com a cura para a mudança intima pela palavra, devido a atuação do verbo; Na linha de Ogum manifestam somente a moldura de Caboclo. Trabalham com a vontade e o arbítrio; Na linha de Oxossi manifesta somente a moldura de Caboclos. Doutrinação, precisa de muita energia, conhecimento, paciência, etc.; Na linha de Yorimá manifestam as molduras de Caboclos e Preto Velhos.Trabalham com a transformação.
  • 12. Assim, a moldura de um Caboclo não terá condições de manifestar como Preto Velho, devido a energia não ser suficiente. Preto Velho e Criança podem se manifestar como Caboclo, pois são mais evoluídos tanto moral como intelectualmente. Criança Preto Velho Caboclo Possível Possível Impossível Impossível
  • 13. A roupagem tem muito a ver com o médium, com a modalidade mediúnica, com a condição intelectual e etc. Através da roupagem o médium tem a capacidade de identificação do espírito comunicante. É através das características da roupagem que o médium tem a aptidão de identificar a mistificação. Existem detalhes na roupagem que só o próprio espírito consegue fazer.
  • 14.  Apostila Associação Espírita Pai Kachambí