Primórdios da Fotografia

4.325 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
1 comentário
2 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.325
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
49
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
185
Comentários
1
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Primórdios da Fotografia

  1. 1. HISTÓRIA DA FOTOGRAFIA
  2. 2. Ilustração de Gemma Frisius data de 24 de janeiro de 1544 com a inscrição: Solis Designium (Desenho do Sol) A luz é o princípio da fotografia Quando a luz reflectida atravessa um pequeno orifício de um ambiente escuro, projecta a imagem existente do lado de fora, no interior do ambiente: princípio da câmara escura ( obscura )
  3. 3. <ul><li>A câmera escura foi utilizada amplamente por pintores para produzirem imagens mais realistas. Leonardo Da Vinci (século XVI) foi o primeiro a descrever o funcionamento das câmaras escuras. </li></ul><ul><li>Em 1588, o cientista italiano Giovanni Della Porta construiu uma câmara escura e convidou os amigos para assistirem a experiência. Os convidados ficaram em pânico e o cientista foi acusado de bruxaria. Só escapou à fogueira porque fugiu do país. </li></ul>
  4. 4. Com o tempo a câmara escura ganhou o recurso das lentes e foi utilizada por muitos pintores Câmara escura Lentes Perspectivas
  5. 5. <ul><li>Perspectiva artificialis </li></ul><ul><li>Fillipo Brunelleschi – base matemática tratado Della Pittura </li></ul><ul><li>Leon Baptista Alberti – Tavolletta </li></ul><ul><li>Pietro Perugino (1481) ajudou a levar a perspectiva para Roma com este afresco. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Elementos químicos </li></ul><ul><li>O conhecimento sobre as alterações químicas dos elementos é tão antiga quanto a ideia de humanidade </li></ul><ul><li>Os chineses já haviam percebido que alguns elementos mudavam de cor quanto ficavam ao ar livre (o papiro, por exemplo). A hipótese era que os materiais sofriam acção do ar. </li></ul><ul><li>Quando os primeiros cientistas utilizaram a câmara escura perceberam a necessidade de gravar a imagem que aparecia </li></ul><ul><li>Em 1727, o alemão Johan Heinrich Schulze descobre a fotossensibilidade dos sais de prata. </li></ul><ul><li>Em 1802, os ingleses Thomas Wedgewood e Humphry Davy usaram nitrato de prata para copiar gravuras, mas não encontram elementos químicos que impedissem o escurecimento da imagem depois do contacto com a luz </li></ul>
  7. 7. Já na França, Joseph Nicephore Niépce é quem torna público o avanço na tentativa de registrar a imagem com cloreto de prata. Em 1822 ele consegue reproduzir uma gravura. Em 1826 ele faz a primeira fotografia, que obtém após oito horas de exposição. Vista da janela de La Gras, N. Niépce
  8. 8. <ul><li>Em 1829 , Niépce associa-se ao gravador Louis Jacques Mandé Daguerre , que procurava um meio mais rápido de fazer as suas gravuras. Depois da morte de Niépce em 1833, Daguerre segue com as pesquisas e aperfeiçoa o método. </li></ul><ul><li>Depois alguma evolução, Daguerre apresenta o seu invento em 1839 . Como era difícil garantir o ineditismo da descoberta – em vários lugares do mundo as pesquisas caminhavam para a gravação da imagem “in natura” – o parlamento francês indenizou o inventor com uma pensão vitalícia e tornou o processo fotográfico de domínio público. </li></ul><ul><li>O procedimento recebeu o nome de Daguerreotipia . </li></ul><ul><li>Paralelamente o inglês William Henry Fox Talbot desenvolveu um processo com papel molhado com cloreto de prata. Ele anunciou seu invento em 1839 e deu o nome de Talbotipia . </li></ul>Daguerreótipo
  9. 9. <ul><li>O mundo estava em transformação. A Revolução Industrial e a emergência de uma classe média com desejo por imagens foram determinantes para o surgimento da fotografia. A sociedade estava pronta para receber as imagens automáticas. </li></ul><ul><li>Fim do século XIX e início do século XX viu surgirem artistas que desejavam inserir a fotografia no universo das artes: os pictorialistas. </li></ul>Louis Jacques Mande Daguerre, Boulevard du Temple , Paris, daguerreótipo, 1838
  10. 10. <ul><li>Apenas no final do século XX a fotografia consegue o status de arte, com a realização de exposições nos principais museus do mundo. </li></ul><ul><li>No aspecto tecnológico, a fotografia evoluiu muito rapidamente. Em poucos anos o tempo de exposição passou de algumas horas a minutos, o que permitiu a captura de imagens em movimento. </li></ul><ul><li>Em 1888, George Eastman lançou a Kodak n° 1 com o seguinte slogan: “Você aperta o botão, nós fazemos o resto”. </li></ul>Alfred Stieglitz, O Terminal, New York , fotografia, 1892
  11. 11. <ul><li>Alguns dos grandes nomes pioneiros da fotografia: </li></ul><ul><li>Nadar </li></ul><ul><li>Roger Fenton </li></ul><ul><li>Carleton E. Watkins </li></ul><ul><li>Lewis Carroll </li></ul><ul><li>Julia Margaret Cameron </li></ul><ul><li>Edwearde Muybridge </li></ul><ul><li>Alfred Stieglitz </li></ul><ul><li>Marc Ferrez </li></ul><ul><li>Augusto Malta </li></ul><ul><li>Peter Henry Emerson </li></ul><ul><li>Eugéne Atget </li></ul><ul><li>Alvin Langdon Coburn </li></ul><ul><li>Baron Gayne de Meyer </li></ul><ul><li>Edward Jean Steichen </li></ul><ul><li>August Sander </li></ul><ul><li>Jaques Henri Lartigue </li></ul><ul><li>Edward Weston </li></ul><ul><li>Paul Strand </li></ul><ul><li>Lazlo Moholy-Nagy </li></ul><ul><li>Man Ray </li></ul>Auto-retrato de Nadar
  12. 12. Nadar, Edgar Allan Poe, 1844 Nadar, Charles Baudelaire Nadar, Claude Monet, 1899
  13. 13. Nadar, Jules Verne Nadar, Eugene Delacroix Nadar, Gustav Courbet
  14. 14. Nadar, Sarah Bernhardt, 1866 Nadar, Sarah Bernhardt Nadar, Auto-retrato
  15. 17. Sétima Arte
  16. 18. Sétima Arte O cinema , abreviação de cinematógrafo , é a técnica de projectar fotogramas de forma rápida e sucessiva para criar a impressão de movimento, - utilizando o efeito da persistência retiniana - bem como a arte de se produzir obras estéticas, narrativas ou não, com esta técnica.
  17. 19. Foi o americano Thomas Edison que em colaboração com o escocês William Kennedy Dickson inventou o kinetoscópio.
  18. 20. Louis e Auguste Lumière fundaram a primeira sala de cinema comercial. As primeiras fitas projectadas reproduziam cenas do quotidiano: saída de operários de uma fábrica, a hora da refeição, um ferreiro a trabalhar... O cinematógrafo foi uma invenção dos Irmãos Lumière, que combinava as funções de câmara e projector.
  19. 21. Na Exposição Universal de Paris em 1900, foram apresentados pela primeira vez filmes com som. Foi montado sob a Torre Eiffel um écran gigante com 15 metros de altura e 21 de largura. Cerca de 25 000 espectadores por dia podiam apreciar imagem e som em simultâneo.
  20. 22. Georges Méliès utilizou pela primeira vez efeitos especiais e cenários, transformando a fotografia animada numa nova forma de expressão artística - a Sétima Arte.
  21. 23. Charles Pathé cria a primeira grande indústria de filmes. Surgem as primeiras comédias, dramas, séries policiais… Nasce a primeira estrela cómica - Max Linder (antecessor de Chaplin) e Sarah Bernhardt (actriz de teatro que se dedicou ao cinema).
  22. 24. Durante a 1ª Guerra Mundial (1914-18) o cinema desenvolve-se do outro lado do Atlântico - nasce Hollywood. Mack Sennett, o maior produtor de comédias do cinema mudo, descobre Charlie Chaplin e Buster Keaton.
  23. 25. Nos estúdios americanos desenvolvem-se comédias, policiais, westerns e musicais. Surge o Star System (o fabrico de estrelas), como Mary Pickford, a “Noiva da América” e Rudolfo Valentino.
  24. 26. Para incentivar a produção cinematográfica são criados prémios, os “Óscares”. O primeiro “Óscar” foi entregue em 1929, pelo actor Douglas Fairbanks, em Los Angeles. O prémio significa prestígio para o filme, actores, realizadores e aumenta os rendimentos da bilheteira. O primeiro filme a ser premiado chamava-se “Wings”.

×