Aula 04Refração da Luz
Lâminas de faces paralelas    Ar    vidro    Ar              N                    i         Ar (n1)                    Ae ...
e           e∆ABC : cos r =       → AB =       (1)                AB          cos r                      d             d∆A...
Dioptro Plano                                 Observador             nar=nVAIMeio 2 (ar)Meio 1(água)                      ...
(Imag.) A’                    nar=nVEM         (Obj.) A                    p’Meio 1 (ar)                                 p...
Prismas Ópticosar                                A vidro   ar                                    D       N2              N...
→ i1 = r1 + d1    ou d1 = i1 – r1 (1)→ i2 = r2 + d2    ou d2 = i2 – r2 (2)→ D = d1 + d2 (3)→ A = r1 + r 2Substituindo (1) ...
Observação   Quando i1 = i2 e r1 = r2 verifica-se  que o desvio total (D) do raio de luzao atravessar o prisma é mínimo (D...
Dispersão Luminosa                               c                            n=                               v          ...
PRISMAS DE REFLEXÃO       TOTAL          45o
PRISMAS DE REFLEXÃO TOTAL             o 27     c íci   erEx
Laminas dioptros-e-prismas
Laminas dioptros-e-prismas
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Laminas dioptros-e-prismas

2.438 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.438
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
39
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Laminas dioptros-e-prismas

  1. 1. Aula 04Refração da Luz
  2. 2. Lâminas de faces paralelas Ar vidro Ar N i Ar (n1) Ae Vidro r (i-r) D (n2) e r d C B Ar (n1) d i
  3. 3. e e∆ABC : cos r = → AB = (1) AB cos r d d∆ABD : sen(i − r ) = → AB = (2) AB sen(i − r ) Fazendo (2)=(1), teremos: d e = sen(i − r ) cos r e.sen(i − r ) d= cos r
  4. 4. Dioptro Plano Observador nar=nVAIMeio 2 (ar)Meio 1(água) p’ n VAI p (Imag.)A’ p = (P.I.V.) nágua=nVEM n VEM p (Obj.)A (P.O.R.)
  5. 5. (Imag.) A’ nar=nVEM (Obj.) A p’Meio 1 (ar) pMeio 2(água) n VAI p n =n = água VAI n VEM p Observador
  6. 6. Prismas Ópticosar A vidro ar D N2 N1 d1 d2 i1 r2 d2 i2 r1 A ar ar vidro (n1) (n1) (n2)
  7. 7. → i1 = r1 + d1 ou d1 = i1 – r1 (1)→ i2 = r2 + d2 ou d2 = i2 – r2 (2)→ D = d1 + d2 (3)→ A = r1 + r 2Substituindo (1) e (2) em (3), teremos:→ D = i 1 – r1 + i 2 – r2 D = i1 + i2 – (r1 + r2)como r1 + r2 = A, teremos: D = i 1 + i2 – A
  8. 8. Observação Quando i1 = i2 e r1 = r2 verifica-se que o desvio total (D) do raio de luzao atravessar o prisma é mínimo (Dmín). Nesses casos simplificaremos as equações da seguinte forma:→ A = r1 + r2 como r1 = r2 = r , teremos: A = 2r → D = i1 + i2 – Acomo i1 = i2 = i , teremos: D = 2i – A
  9. 9. Dispersão Luminosa c n= v vermelho velocidade (v) índice (n) alaranjado amarelo verdeLuz ca ran azul B anil violeta Quanto maior o n maior o desvio
  10. 10. PRISMAS DE REFLEXÃO TOTAL 45o
  11. 11. PRISMAS DE REFLEXÃO TOTAL o 27 c íci erEx

×