O slideshow foi denunciado.

Os gunas e a mente no Ayurveda por Maria Afonso

749 visualizações

Publicada em

Gunas e a sua acção na mente

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Os gunas e a mente no Ayurveda por Maria Afonso

  1. 1. MEDICINA AYURVEDA OS GUNAS E AMENTE: A PSICOSSOMÁTICA NA MEDICINA AYURVEDICA Docente: Michel Pó Discente: Maria Afonso 8133 Naturopatia e ciências tradicionais Holísticas Ano lectivo 2015/16 1
  2. 2. OBJECTIVOS 2 Os objectivos do presente trabalho consistem:  Perceber como a medicina Ayurvédica observa o individuo a nível mental;  Entender as características de cada Guna;  Perceber a psicossomática sob a perspectiva Ayurvédica.
  3. 3. 3 • Introdução; • Doshas; • A doença psicossomática; • Gunas: Sattva, Tamas, Rajas • Terapêutica, segundo Medicina Ayuvedica • Conclusão • Bibliografia INDICE
  4. 4. INTRODUÇÃO 4 A medicina Ayúrvedica apresenta-se com uma visão claramente diferente das demais formas de observar a doença. Ayurveda significa “a ciência da vida” em Sânscrito. E, trata-se do sistema de cura mais antigo do qual dispomos, sendo proveniente dos “Vedas”, os primeiros textos escritos da humanidade. O Ayurveda vê essencialmente todas as doenças como uma manifestação psicossomática. O sábio Vagabhata esclareceu isso quando disse: “A mente (componente psíquico) é como o ghi (manteiga clarificada) num pote de barro (o corpo ou componente somático). O aquecimento ou resfriamento de um necessariamente afecta o estado do outro.” Assim, o ayurveda concebe a mente e o corpo como dois aspectos de uma unidade.”
  5. 5. DOSHAS 5
  6. 6. DOSHA-VATA 6
  7. 7. DOSHA-PITA 7
  8. 8. DOSHA-KAPHA 8
  9. 9. GUANAS 9
  10. 10. GUNA-SATTVA 10 Traz internalização da mente, o movimento da consciência interior e unificação da cabeça e do coração. A mente que é ainda, calma, pura, concentrada, não febril e harmoniosa. Pessoas Sáttvicas tendem a ser harmonioso e adaptável na natureza. Eles são atenciosos com os outros, cuidar de si mesmos e seus corpos, se esforçam no sentido do equilíbrio e desfrutar de uma paz de espírito geral que os mantém saudável e feliz. Eles tendem a ver o bom em tudo e olhar a vida como uma experiência de aprendizagem. Sattva pode ser melhorada através de cultivo espiritual, ioga, meditação, cânticos, mantra, dieta e estilo de vida sattvic, passar o tempo na natureza e viver a vida em harmonia com a própria constituição.
  11. 11. GUNA-RAJAS 11 Rajas é a distracção ou turbulência da mente. Olha mais para fora do que para o interior e leva a que pessoas rajasicas se percam no mundo externo. Desejo, pensamentos perturbados, raiva, ego, ganância, inveja são todos rajas. A mente que busca a estimulação é rajasica na natureza. Pessoas Rajásicas têm boa energia (às vezes excessiva) e têm uma tendência para actividade excessiva. Elas são normalmente impacientes e inconsistente na sua abordagem geral à vida e tendem a culpar os outros pelos seus problemas.
  12. 12. GUNA-TAMAS 12 Pessoas tamásicas tendem a estar bloqueadas ou com a energia e emoções estagnadas. Elas são muitas vezes apanhados com maus hábitos, vícios e anexos que são incapazes de questionar. A mente que está fora de foco, desatento, monótona e dominada por forças inconscientes, é tamasica na natureza. Tamas é tristeza, letargia, torpor. Isso faz com que a mente seja obscurecida pelo medo e ignorância e resulta em uma incapacidade de acção.
  13. 13. 13 Qualidades mentais dos Gunas Sattva é frequentemente considerado como representando a pureza e a tranquilidade; VISHNU Raja refere-se à acção, ao movimento e à violência; BRAHMA Tamas é o princípio da solidez, da imobilidade, da resistência e da inércia. SHIVA
  14. 14. 14 O Ayurveda vê a mente existindo em quatro níveis: CHITTA: ou Consciência. Ela funciona mesmo independente dos sentidos. Também é onde todas as memórias das nossas vidas passadas estão guardadas. MANAS: É aquela parte de nossa mente que está conectada com os sentidos, coordenando as nossas actividades motoras e sensitivas, e está dominada por nossas emoções e opiniões. AHANKARA: Literalmente significa “O fabricador do eu” e trata-se de um processo e não de uma realidade intrínseca. Ele é uma força necessária de diferenciação inerente à natureza, um estágio de evolução, mas não representa a verdade profunda ou real identidade das criaturas BUDDHI: Esta é a nossa faculdade de discernimento, a qual nos permite distinguir entre o verdadeiro e o falso. Ela nos capacita a estabelecer valores e princípios às nossas vidas, os quais são as bases de nossa consciência.
  15. 15. UBHAYATMAKA: DOENÇA PSICOSSOMÁTICA 15 A doença psicossomática é verdadeiramente uma doença do corpo relacionada a processos psicológicos. A doença psicossomática é uma desordem física com duas características principais: 1) Ela é causada ou agravada pelo stress; 2) Provoca modificações estruturais no organismo.
  16. 16. TRATAMENTO 16 O Yuktivyapasrya é o tratamento racional e depende do diagnóstico adequado associado a definição e consequente eliminação da causa do adoecimento. Nesta metodologia utiliza-se: terapias purificadoras, dieta individualizada de acordo com o desequilíbrio vigente, massoterapia com óleos vegetais, indicação de uma rotina diária de hábitos saudáveis, desde o acordar até a hora de dormir, de acordo com a estação do ano e a desarmonia do paciente.
  17. 17. 17 Conclusão A nível mental, torna-se claro que qualquer desequilíbrio gera por sua vez, desequilíbrio orgânico, o que por conseguinte leva à manifestação de determinadas patologias. Sendo que a psicossomática é para os Orientais (Medicina Ayurvédica) uma ciência intrínseca, a qual é necessário dar a maior relevância no diagnóstico e prescrição de tratamento em qualquer tipo de doença. Assim sendo, a Ayurvédica, apresenta uma forma peculiar de observação dos pacientes, a qual, para além de ser eficaz, é simples e lógica, permitindo o sucesso de qualquer terapêutica.
  18. 18. 18 http://ayurveda.com.br/prana-tejas-e-ojas-as-tres-essencias-da-natureza/ http://www.ayurvedabr.com/index.php?subaction=showfull&id=1204482624&archi ve=&start_from=&ucat=14&l=br http://wp.production.patheos.com/blogs/whitehindu/files/2014/04/gunas_diagra m.jpg http://hengysantos.blogspot.pt/p/os-gunas-e-nossa-tendencias-mentais.html Docs Prof. Michel Pó Bibliografia

×