Plataformas sociais e a Marinha dos EUA: utilização eficaz

1.177 visualizações

Publicada em

Tradução para português do diaporama "Effective Use - Navy Social Media", da Marinha Norte-Americana.

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.177
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
16
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Plataformas sociais e a Marinha dos EUA: utilização eficaz

  1. 1. Utilização eficaz Plataformas sociais e a Marinha CDR Scott McIlnay Director, Plataformas emergentes Marinha, Gabinete de Informações Traduzido por Leonel Morgado, UTAD, a partir dehttp://www.slideshare.net/USNavySocialMedia/navy-social-media-brief-for-afcea-west 1 1
  2. 2. Objectivos – Utilização eficazComo escutar eficazmente nas plataformassociaisComo conceber uma estratégia de envolvimentocom as plataformas sociaisComo utilizar eficazmente o conteúdo nasplataformas sociaisComo gerir as presenças nas plataformassociaisComo avaliar a eficácia das plataformas sociaisInicição: Facebook, Twitter, Blogues 2
  3. 3. Escutar 3
  4. 4. EscutarO que de mais importante se pode fazer é escutar!Escutar o que se diz da sua unidade e dos seusproblemas pode salvar-lhe a pele!Identifique as palavras-chave que mais seassociam à sua unidade e aos seus problemasEscutar pode ser tão simples como fazer umapesquisa sobre a sua unidade no Facebook, noGoogle, no Twitter, etc. 4
  5. 5. Escutar pode ser esmagador 5
  6. 6. Os feeds RSS podem ajudar RSS Really SimpleSyndication 6
  7. 7. Há feeds RSS nas Googleews e na pesquisa de blogues 7
  8. 8. A pesquisa do Twitter também disponibiliza feeds RSS 8
  9. 9. Copie o feed 9
  10. 10. Cole-o no Google Reader 10
  11. 11. E assim o acrescenta ao leitor! 11
  12. 12. Estratégia 12
  13. 13. A sua unidade deve ter uma estratégia para as plataformas sociais Missão Qual é a grande razão para estar a usar as plataformas sociais? Objectivos Estabeleça objectivos realistas e mensuráveis, para acompanhar a evolução Mire aos parceiros Identifique os grupos que espera envolver Conteúdo Defina a história que quer contar e como Sugestão: ancore as decisões sobre o conteúdo nos objectivos e no público-alvo PON Crie um conjunto de procedimentos operativos normalizados que o rejamEstratégia de comunicações
  14. 14. Para desenvolver uma estratégia, pergunte à sua unidade: Por que devemos usar as plataformas sociais? Quem queremos envolver? De que vamos falar? Como iremos gerir as contas e quem o fará?Sugestão: as respostas a estas questões devem virdirectamente do plano/estratégia de comunicação da suaunidadeEstratégia de comunicações
  15. 15. Porque devemos usar as plataformas sociais?Sugestão 1 Qual é o seu objectivo? Os objectivos para as plataformas sociais devem reflectir os objectivos de comunicação da sua unidade.Sugestão 2 Quais são os seus objectivos mensuráveis? Planeie a curto, médio e longo prazo. EXTRA: pense em envolvimento, não em contagem de fãs.Estratégia de comunicações
  16. 16. Quem queremos envolver? Seja específico! Marinheiros na nossa unidade Antigos combatentes Veteranos da unidade Autoridades das comunidades locais Residentes dos locais de actuação Famílias de marinheiros no local onde se encontraEstratégia de comunicações
  17. 17. 3. De que queremos falar?Sugestão 1 Encontre temas que interessem aos seus parceiros e contribuam para atingir os objectivos comunicacionais.Sugestão 2 Crie uma agenda de conteúdo, com uma visão rápida dos planos EXTRA: partilhe a agenda pela sua organização, para possibilitar uma integração global das comunicaçõesSugestão 3 Seja flexível e permita que os parceiros também dêm forma ao discurso. Escute o seu público e permita que haja verdadeiramente diálogo.Estratégia de comunicações
  18. 18. How is the account managed? Tip 1 Determine most appropriate team to manage account(s). BONUS: Use mix of public affairs, leadership, other personnel. Tip 2 Determine the right roles and level of access for each manager on each tool BONUS: Have a back-up plan for emergencies. Tip 3 Develop a standard operating procedure to manage workflow, assign tasks & allow for seamless personnel transitions.Estratégia de comunicações
  19. 19. Experimente diversos tipos de conteúdo e várias plataformas Considere que os esforços nas plataformas sociais estão em permanente fase “beta”, não tenha medo de experimentar métodos diferentes Peça à sua comunidade que lhe dê feedback • É assim que quereis que comuniquemos convosco? • Gostaríeis de receber informações acerca do tema XYZ no Facebook, no Twitter, por e-mail, por telefonemas ou de outra forma? • Como podemos comunicar melhor consigo?Planificação das comunicações 19
  20. 20. Conteúdo 20
  21. 21. Cadeia de comando Tudo o que é publicado on-line tem de estar em conformidade com os Regulamentos de Relações Públicas da Marinha (SECNAVINST 5720.44B) A autoridade para divulgação é delegada em simultâneo pelo alto comando e pelo seu comandante • As directivas de relações públicas (PAG, public affairs guidance) em vigor por parte do seu superior imediato podem especificar o que pode e não pode ser divulgado pelas unidades subordinadas • Tudo o que não for de divulgação expressamente proibida pode ser divulgado em conformidade com os regulamentos de relações públicas do seu comandante ou de quem ele tenha delegado esse poder O conteúdo apresentado em sítios Web públicos oficiais ou presenças em plataformas sociais oficiais da Marinha não pode ser partilhadoCadeia de comando 21
  22. 22. Precisão > VelocidadeVivemos num ciclo noticiosode 24h/7d e a velocidade dasinformações é muito importante,mas a precisão dasinformações divulgadaspor fontes oficiais daMarinha é essencial.Embora tenhamos de fazer tudoao nosso alcance para publicarinformações mal fiquemdisponíveis, não podemos pôrem causa a precisão em favorda velocidade.Cadeia de comando 22
  23. 23. Mas não esperamos para comunicarNÃO espera para lidarcom questões departicular importânciapara a sua unidade!Comente as informaçõesmais actuais que possadivulgar, mostrando quese importa e capacidadede resposta àcomunidade.Dê novidades mal tenhamais informações.Cadeia de comando 23
  24. 24. ão deixe que o óptimo seja inimigo do bom!Cabe-lhe a si ponderar as necessidades deprecisão e de oportunidadeOs erros acontecem, é o que se faz deles que faza diferença!As plataformas sociais dão-lhe a possibilidade decorrigir rapidamente esses errosAdmita eventuais erros, aprenda com eles euse-os para informar melhor o seu público 24
  25. 25. O conteúdo é rei!O conteúdo tradicional continua aser importante:• Comunicados de imprensa• Notícias• Imagens• Vídeo editado e não editadoTambém temos de usar formasnovas de pensar no conteúdo:• Publicações de 140 caracteres• Publicações de 420 caracteres• Em blogue (narrativa na 1.ª pessoa)• Vídeo formatado para as plataformas sociais (edições mínimas, pouca ou nenhuma produção ou narração, clipes curtos (30 segundos a 3 minutos), multimédia• Conteúdo envolvente: perguntas e apelos à acção• Microconteúdo: citações, afirmações, etc.
  26. 26. O conteúdo é rei!Durante a operação“Resposta Unificada”: relatospessoais, fotografias e vídeostiveram eco junto dos fãs
  27. 27. O conteúdo é rei! Artigos e excertos dos meios de comunicação tradicionaisInformações para a unidade, desde que não violem a segurança das operações Notas das estruturas de comando
  28. 28. O conteúdo é rei! Partilharia este texto com os seus amigos?
  29. 29. O conteúdo é rei! As fotografias são muito populares nas plataformas sociais e fáceis de partilhar. Experimente fazer um concurso de fotografia.
  30. 30. O conteúdo é rei! Partilharia esta fotografia com os seus amigos?Retuitaria este texto?
  31. 31. O conteúdo é rei!Em resumo:• Seja criativo• Seja envolvente• Seja informativo• Seja pessoal• Seja visual• Acrescente valor• Desenvolva confiança http://www.slideshare.net/• Pergunte-se “eu partilharia isto?” USNavySocialMedia/sna pshot-awesome-content 31
  32. 32. Gestão 32
  33. 33. HootSuite 33
  34. 34. HootSuite 34
  35. 35. HootSuite 35
  36. 36. Posterous
  37. 37. PosterousCertifique-se de que escolhe um nome para aunidade tão fácil de encontrar quanto possível
  38. 38. Posterous
  39. 39. Posterous
  40. 40. Posterous
  41. 41. Facebook Mobile 41
  42. 42. Google Calendar 42
  43. 43. Avaliação 43
  44. 44. Facebook Insights
  45. 45. TwitterMaersk Alabama Repels a 2nd Pirate Attack Graph A: Tweet Stream for “pirate” + “alabama” 300+ comments on Twitter and growing at a rate of ~5 tweets per minute Twitter traffic including terms “pirate” and “Alabama” did not trend at all on Twitter until last night and exploded this morning (see graph A at right) Blog, forum and comments online Graph B: Total online traffic for “pirate” + “alabama” + “maersk alabama” + “navy” reflected the same timing as Twitter (see graph B at right) Sample Twitter updates: • “Maersk Alabama thwarts 2nd pirate attack” • “Pirate Attack On Maersk Alabama Repelled By Guards” • “Another pirate attack on U.S.- flagged Alabama”
  46. 46. Bit.ly e Ow.ly
  47. 47. Radian 6 Principais palavras-chave associadas a “Haiti” e “Navy” às 0500,• Entre as principais histórias associadas à 15 de Janeiro de 2010 Marinha e ao Haiti estão: • Porta-aviões como aeroporto flutuante • Navio-hospital • Força, Marinha! / Obrigado • Evacuação de americanos • Comparações com o tsunami indonésio • Desafios logísticos Menções de “Haiti” e “Navy” Menções de “Haiti” e nos últimos 5 dias “Navy” por região, nos últimos 5 dias
  48. 48. ão se apoie apenas nas ferramentas de origem35,00% Textos na página do Facebook da NSA Mid-South,30,00% durante as cheias no TN25,00%20,00%15,00%10,00% 5,00% 0,00% Post from Navy Asking question Providing Post from NSA family page Adding new Asking if they about relief Posting photo support/prayer Off-Topic Thank you Mid-South mentioning information can help efforts s NSA Mid-South Series1 18,18% 11,23% 10,70% 29,41% 4,28% 12,30% 9,09% 2,14% 2,67%
  49. 49. Iniciação às plataformas sociais 49
  50. 50. Iniciação às plataformas sociais Facebook, Twitter e blogues
  51. 51. Objectivos – Utilização pela unidadeComo escutar eficazmente as plataformas sociaisComo conceber uma estratégia para envolverpessoas através das plataformas sociaisComo utilizar eficazmente o conteúdo nasplataformas sociaisComo gerir as presenças nas plataformas sociaisComo avaliar a eficácia das plataformas sociaisIniciação: Facebook, Twitter, blogues 51
  52. 52. Perguntas? CDR Scott McIlnay, APR LT Lesley LykinsDirector, Emerging Media Integration Deputy, Emerging Media Integration Department of the Navy, Department of the Navy, Office of Information Office of Information scott.mcilnay@navy.mil lesley.lykins@navy.mil (O)703-692-4718 (O)703-695-6915 Navy Emerging Media on Slideshare www.slideshare.net/USNavySocialMedia
  53. 53. Facebook 53
  54. 54. Tipos de contas no FacebookContas• Perfil pessoal• Empresarial 54
  55. 55. Tipos de páginas do Facebook 55
  56. 56. Dar nome à páginaAs páginas oficiais estão abertas ao público esão indexadas por motores de busca como oGoogle.Para ser mais facilmente encontrado, o nome dapágina deve ser claro e fácil de entender.Ex.: se é membro do esquadrão de caças n.º 11,“The Red Rippers”:• Bom – VF/A 11• Melhor – The Red Rippers• Muito melhor – The Red Rippers, Esquadrão de Caças N.º 11 (VF/A 11)
  57. 57. Desenvolver a página… 57
  58. 58. Desenvolver a página… 58
  59. 59. Juntar administradores 59
  60. 60. Juntar administradores 60
  61. 61. Colocar um logótipo 61
  62. 62. Pôr regras de colocação de textos e denegação de responsabilidade http://www.chinfo.navy.mil/socialmedia.html 62
  63. 63. Configurar o mural 63
  64. 64. Juntar algum conteúdo 64
  65. 65. Obter um URL específicohttp://www.facebook.com/nomedeutilizador 65
  66. 66. Registar a página Directório de recursos da Marinha dos EUA para plataformas sociais http://www.navy.mil/socialmedia 66
  67. 67. Melhores práticas do FacebookPersonalize a página com as aplicações doFacebook (não tenha medo de experimentar)Seja transparente: identifique-se e permita que opúblico saiba o que se passaEscute o público e responda-lhe: são precisasduas pessoas para haver diálogoUtilize os Facebook insights para conhecermelhor o seu públicoDê ao público o tipo de conteúdo que desejaFaça a gestão da relação sinal-ruídoUse textos curtos (420 caracteres, no máximo)Use material multimédia para contar a históriaTudo o que for colocado por si ou pelo público 67está a ser visto em qualquer parte do mundo
  68. 68. Recursos sobre o Facebookhttp://www.allfacebook.com/http://www.slideshare.net/USNavySocialMedia/facebooks-how-to-build-a-govmnt-pages-manual-from-facebookSocial Media Roadmap (on PANet)http://www.slideshare.net/USNavySocialMedia/us-navy-intro-to-facebook-presentationhttp://www.slideshare.net/USNavySocialMedia/us-navy-family-readiness-groups-and-facebookhttp://www.slideshare.net/USNavySocialMedia/facebook-basics-for-navy-commandshttp://www.slideshare.net/USNavySocialMedia/navy-privacy-facebook-february-2010-new-homepage-application-settingshttp://www.slideshare.net/USNavySocialMedia/facebook-geo-targeting-posthttp://www.slideshare.net/USNavySocialMedia/opsec-snapshot 68
  69. 69. Twitter 69
  70. 70. Criar a conta no Twitter 70
  71. 71. A conta no Twitter 71
  72. 72. Registar a página Directório de recursos da Marinha dos EUA para plataformas sociais http://www.navy.mil/socialmedia 72
  73. 73. Twitter ‘Pessoal’ vs, ‘Perfil’
  74. 74. Tipos de tuítesTextos ou “tuítes” Retuítes ou “RT”Respostas públicas ou “@alguém” Mensagens directas ou “DM” 74
  75. 75. Seguir pessoas 75
  76. 76. Seguidores 76
  77. 77. Listas 77
  78. 78. Favoritos 78
  79. 79. Marcadores “hashtag”
  80. 80. URL encurtados
  81. 81. Registe a página Directório de recursos da Marinha dos EUA para plataformas sociais http://www.navy.mil/socialmedia 81
  82. 82. Boas-maneiras do Twitter Não peça a ninguém para retuitar os seus textos Siga quem o segue* Agradeça a quem o segue Agradeça a quem o retuíta com frequência Dê crédito a quem retuitar Retuíte conteúdo de interesse para os seus seguidores** Dê-lhes respostas com @alguém ou DM quando lhe fazem perguntas*Defina directrizes sobre quem deve serguir (por ex., pode não ser boa ideia seguir uma conta com motivações políticas)** Seja ponderado ou retuitar conteúdo de entidades exteriores ao governo, ministério da defesa ou marinha dos EUA. Pode fazê-lo sem problemas, mas 82 evite que alguém possa achar que está a haver favorecimentos
  83. 83. Boas práticas do TwitterAssuma que tudo é público; tuíte só informações divulgáveis.140 caracteres, no máx.; mas o ideal é usar 80-120 caracteresAs abreviaturas e a ortografia criativa são aceitáveis, desdeque o significado seja claroOs tuítes têm de ter valor para o leitorEnvolva-se, seja uma pessoaO humor e a boa disposição são aceitáveis e até desejáveisNão faça tuítes obscuros: seja claro sobre aquilo que dizInclua um URL que forneça mais conteúdoInclua o “porquê” de algo ser importanteInclua apelos à acçãoTorne o tuíte pesquisável, usando palavras-chave e hashtagsFaça a gestão da relação sinal-ruído 83
  84. 84. Recursos sobre o Twitterhttp://tweetmeme.com/http://business.twitter.com/twitter101/Social Media Roadmap (on PANet)http://www.slideshare.net/USNavySocialMedia/how-to-set-up-a-twitter-accounthttp://www.slideshare.net/USNavySocialMedia/navy-recommended-privacy-settings-for-twitterhttp://www.slideshare.net/USNavySocialMedia/twitter-lists-2520857http://www.slideshare.net/USNavySocialMedia/snapshot-twitter-management-3621642 84
  85. 85. Blogues 85
  86. 86. Criar um blogue
  87. 87. Disposição do blogue CONTACT RSS TABS FEEDSPOSTS WIDGETS TAGS COMMENTS
  88. 88. Iniciar o blogue ACESSO RÁPIDO AOS ARTIGOS VISÃO RÁPIDA DOS 88 COMENTÁRIOS
  89. 89. Artigos 89
  90. 90. Criar um novo artigo CABEÇALHO PUBLICAÇÃO CONTEÚDO CATEGORIAS 90
  91. 91. Moderar o conteúdo 91
  92. 92. Registar a página Directório de recursos da Marinha dos EUA para plataformas sociais http://www.navy.mil/socialmedia 92
  93. 93. Boas práticas dos bloguesTransparência de autoria e de ediçãoAdmitir os errosActualizar regularmente o sítio com conteúdoDar respostas aos comentadoresOs artigos devem ser escritos na primeira pessoa e lidoscomo se viessem de uma pessoa, não devem serimpessoais como os comunicados de imprensaNão use o blogue como local de despejo de outro conteúdoCrie uma pequena biblioteca de conteúdo antes de iniciar apromoçãoUse meios multimédia no blogueCrie um sentido de comunidade 93
  94. 94. Recursos sobre blogueshttp://technorati.com/http://blogsearch.google.com/Social Media Roadmap (on PANet)http://www.usa.gov/webcontent/technology/blogs.shtmlhttp://www.usa.gov/Topics/Reference_Shelf/News/blog.shtmlhttp://www.brookings.edu/~/media/Files/rc/papers/2009/08_blogs_mahler_regan/08_blogs_mahler_regan.pdfhttp://www.ihelpyoublog.com/20070217-complete-blogging-resource-list-for-the-pro-bloggerhttp://www.socialmedia.biz/2009/08/24/6-experts-on-corporate-blogging-best-practices/ 94
  95. 95. Marinha – Integração dos meios emergentes CDR Scott McIlnay Official Navy Website Director, Emerging Media Integration (OI-54) www.navy.mil Department of the Navy, Office of Information Office:(703) 692-4718 Email: scott.mcilnay@navy.mil Navy Social Media Directory www.navy.mil/socialmedia LT Lesley Lykins Deputy, Emerging Media Integration (OI-54A) Navy Social Media Department of the Navy, Office of Information Office:(703) 695-6915 Resources Page Email: lesley.lykins@navy.mil www.chinfo.navy.mil Ms. Tracy Johnson Navy Emerging Media Contract Support, Emerging Media Integration (OI-54CTR) on Slideshare Department of the Navy, Office of Informationwww.slideshare.net/USNavySocialMedia Office:(703) 377-9272 THIS SNAPSHOT AVAILABLE HERE Email: johnson_tracy@bah.com

×