Deformação das rochas

6.028 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.028
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.350
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
288
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Deformação das rochas

  1. 1. Deformação das rochas http://bg11esc.wordpress.com/
  2. 2. Qual a relação entre a deformação e a tectónica de placas?
  3. 3. … geologicamente é uma modificação sofridapelos corpos rochosos que afeta a sua posição,orientação, volume e forma inicial. Depende do tipo de força aplicada e da natureza dos materiais
  4. 4. É possível reconstituir o passado estudando adeformação a que as rochas foram sujeitas?
  5. 5. • O objeto retoma a sua forma inicial quando a força deixa de atuar.elástico • Quando não é ultrapassado o limite de elasticidade a deformação é proporcional à força aplicada. • O objeto adquire deformação permanente.plástico • Esta deformação ocorre quando é ultrapassado o limite de elasticidade.
  6. 6. Foto de Yewenyi (fonte: http://www.flickr.com/photos/yewenyi/436239731/ )Porquê que nuns casos ocorrem dobras enoutros ocorrem falhas?
  7. 7. As deformações ocorrem ao longo dos limitesdas placas litosféricas, e classificam-se em:Compressivas• Compressão e redução do volume. Limites convergentes.Distensivas• Estiramento com aumento das distâncias entre as extremidades do bloco. Limites divergentes.Cisalhamento• Forças em sentidos opostos (horizontalmente)
  8. 8. No caso dos materiais geológicos, não é frequente considerar-se adeformação elástica. Assim o comportamento dúctil origina Dobras.
  9. 9. -quando sujeitas a estados de tensão;-em condições de elevada temperatura;-em condições de elevada pressão.
  10. 10. • Resultam de forças compressivas• Deformações permanentes e irreversíveis• Rochas com comportamento dúctil (deformam sem partir)• Estruturas visíveis a diferentes escalas (micrométrica e macrométrica)
  11. 11. EA atitude espacial permite classificar as dobras em Antiforma e Sinforma.
  12. 12. As rochas mais antigas ocupam o núcleo da dobra (antiforma). As rochas mais recentes ocupam o núcleo da dobra (sinforma).Nota: As antiformas não originam sempre um relevo de montanha nem as sinformas depressões…
  13. 13. Setúbal - Arrábida
  14. 14. FALHA NORMALTecto desce em relação ao muro Regime distensivo
  15. 15. FALHA INVERSATecto sobe em relação ao muro Regime compressivo
  16. 16. FALHA DESLIGAMENTOBlocos deslocam-se horizontalmente (Não existe rejeito vertical) Regime de cisalhamento
  17. 17. Animações: http://www.planetaciencia.org/index.php/geologia/infografias/tectonica-e-deriva- continental/123-a-dinamica-interna-do-relevo http://www.planetaciencia.org/index.php/geologia/infografias/falhas-e-dobras/128- desligamento-georoteirospt http://www.planetaciencia.org/index.php/geologia/infografias/falhas-e-dobras/131-falha- normal-georoteirospt http://www.planetaciencia.org/index.php/geologia/infografias/falhas-e-dobras/325-tipos- de-falhas-em-ingles

×