Relatório posto 3 party & co

727 visualizações

Publicada em

Relatório posto 3 party & co

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Relatório posto 3 party & co

  1. 1. PeddyPaper Party & Co Trabalho realizado por: ‐ Joana Filipa, nº ‐ João Caeiro, nº ‐Nuno Amigo, nº Data realização/Estabelecimento: 21/11/13 / Escola Secundária de Casquilhos Data de entrega: 06/12/13
  2. 2. Introdução No dia 21 de Novembro, quinta‐feira, realizou‐se um peddypaper tendo como tema a (Des) Igualdade de Género. Este peddypaper teve como objetivo explorar a capacidade de cada género em realizar tarefas diversas, procurando saber se ambos são capazes de realizar a mesma. Para os testar (géneros) foram feitas nove atividades. A nossa atividade foi realizada na sala de estudo, para fazer uma pequena “publicidade” aos alunos e mostrar que têm uma sala para estudar sempre que quiserem, tendo o apoio de muitos professores. No nosso posto, Party & Co (posto nº 3), tem como objetivo testar o desempenho e comunicação entre eles (rapazes e raparigas). Sendo este peddypaper realizado por alunos do 8º ano até 11º ano, havendo então nove equipas e cada grupo era constituído por 4 alunos, criando então duas equipas desses mesmos quatro (dois rapazes e duas raparigas).
  3. 3. Desenvolvimento No nosso posto optamos em testar as capacidades dos rapazes e das raparigas individualmente, criando então uma equipa de raparigas e outra de rapazes, onde realizaram as seguintes atividades: • Desenho – Capacidade de desenhar (objeto comum); • Mimica – Capacidade de representar (tarefas domésticas); • Lábios – Capacidade de ler lábios sem imissão de sons (filmes, etc.); • Definição – Capacidade de definir (palavra proibida, ou seja, não podes dizer a palavra em questão, mas sim defini‐la); • Pergunta‐Sistemas reprodutores, diferenças entre géneros; Para realizar estas tarefas, ambas as equipas tinham 4 minutos, dando um total de 8 minutos. • Desenho ‐ 2 minutos (1 minuto cada) • Mimica ‐ 2 minutos (1 minuto cada) • Lábios ‐ 2 minutos (1 minuto cada) • Definição ‐ 30 Segundos após a definição (ambos) • Pergunta ‐ 30 Segundos após a pergunta (ambos)
  4. 4. Para cada uma destas tarefas descritas anteriormente foram atribuídas as seguintes pontuações: • Desenho ‐ Resposta certa 1,5 ponto/errada 0 pontos Para quem está a desenhar: ‐se for explícito 0,5 ponto/se não for 0 pontos • Mimica ‐ Resposta certa 1,5 ponto/errada 0 pontos Quem está representar: ‐ se for explicito 0,5 ponto/se não for 0 pontos • Lábios ‐ Resposta certa 2 pontos/errada 0 pontos • Definição ‐ Resposta certa 2 pontos/errada 0 pontos • Pergunta ‐ Resposta certa 2 pontos/errada 0 pontos Material utilizado: • 10 Cartões • 1 Dado • Cronómetro de areia • 2 Blocos de folhas de papel • 2 Lápis • Cartas • Jogos (para dar um efeito de realidade) • Computador • Máquina de filmar • Duas “mascotes”
  5. 5. Discussão Na preparação desta atividade, tivemos dificuldades em fazer as perguntas, pois não queríamos que fossem muito difíceis, mas também não muito fáceis, tendo em conta que eram alunos de anos diferentes. Receámos também que o tempo que nos foi dado não chegasse, mas no decorrer da atividade vimos que o tempo não era problema. Na realização desta mesma deparámo‐nos com situações bastante engraçadas, ambos os rapazes e raparigas trabalharam sempre em conjunto, havendo por vezes uns mais reticentes de inicio, mas nada que não passa‐se com o decorrer da atividade. Com o decorrer das tarefas e ao observá‐los, reparámos que as raparigas eram mais “despachadas” entre elas, tinham uma maior comunicação em decidir quem é que fazia cada tarefa. De um modo geral, na nossa prespetiva os alunos ficaram satisfeitos com o nosso posto, pois obteram em média 9,0 pontos, mesmo não sendo o favorito. Uma das sugestões de melhoria da atividade e talvez a única, seria complicar um pouco a atividade, metendo pelo meio outras tarefas que teriam de realizar, por exemplo terem de jogar vários jogos ao mesmo tempo.
  6. 6. Conclusão A atividade descrita constituí um momento de solidariedade e igualdade de géneros e, ao mesmo tempo, de reflexão sobre o tema do PeddyPaper. No entanto, foi nossa intenção desde o início a harmonização entre a colaboração do próprio grupo e uma competição saudável entre os dois sexos. A igualdade e a desigualdade de géneros é um tema que dá muito que falar. Mesmo não se verificando muito hoje em dia a desigualdade entre géneros continua a existir. Quer os alunos da turma A quer os alunos da turma B fizeram um excelente trabalho na realização das atividades que tinham como propósito a competição entre os dois sexos. Ao longo desta atividade todos os alunos puderam consolidar competências, assimilar aprendizagens curriculares e desenvolver‐se socialmente. Aprenderam a interagir em grupo e verificou‐se também, pelo menos no nosso posto, a entreajuda entre os sexos opostos. Esqueceram o espírito competitivo e veio ao de cima a humildade e o espírito de companheirismo. Os alunos gostaram de todos as atividades e não sentiram muita dificuldade em resolvê‐las, na medida em que trabalharam em grupo e se sentiram parte integrante na construção do conhecimento. Estes dados vêm reforçar a ideia que os alunos aderem e motivam‐se mais por atividades de grupo e com alguma componente competitiva. O importante é incentivar as instituições educativas para que aproveitem as oportunidades que estas atividades proporcionam e se lancem em práticas pedagógicas inovadoras para que cada vez menos se veja uma menor desigualdade de géneros e uma maior capacidade de igualdade de géneros. Por isso, pretendemos continuar a realizar outras experiências no sentido de despertar o interesse por este tipo de temas. Parecendo não ser muito relevante, na realidade ainda existe alguma percentagem de desigualdade de géneros no mundo.
  7. 7. A atividade foi desenvolvida no âmbito do projecto Comenius “Different cultures, different ideas, the same Human Rights in the voice of young students”.

×