SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 5
Baixar para ler offline
(Des)Igualdades de Generos
INTRODUÇÃO 
O peddy‐paper de biologia realizado no dia 21 de Novembro tinha como tema as (Des)Igualdades de Género. O nosso posto (numero quatro) tinha como tarefa inverter os géneros em pequenos teatros com cinco cenários alternativos. Esta atividade tinha como objetivo amostrar a ambos os géneros as dificuldades que cada um passa em diferentes situações. (The biology peddy‐paper that occurred held on November 21 had as theme the (Un) Gender Equality. Our post (number four) had as activity reverse genderes in small roleplays with five alternative scenarios. This activity had the goal to show the difficulties of which gender in different situations)
DESENVOLVIMENTO 
Descrever toda a actividade proposta e desenvolvida: A nossa tarefa consistia com que cada grupo num cenário sorteado trocasse de género e desempenhasse o papel proposto como alguém do sexo oposto. 
Eram cinco os cenários possiveís. No primeiro cenário as raparigas (como rapazes) teriam que abordar os rapazes (como raparigas) e conseguessem com que eles ficassem interessados o suficiente para trocar os contactos. 
No segundo cenário as raparigas (como rapazes) tentavam declarar‐se de maneira convicente o sufiente para eles (como elas) ficaram convencidas o suficiente e aceitassem o seu pedido de namoro. No terceiro cenário ”os rapazes" explicam como funciona o presevativo e "as raparigas" a pilúla, discutiam sobre qual o método mais eficaz e se ambos se complementam. No quarto cenário, as raparigas representavam uma atitude autoritária e quase que comum na maioria dos rapazes que é a sua manifestaçao no guarda‐roupa das namoradas. Eles como ela teriam de usar argumentos válidos para justificar o porquê desta atividade. No quinto e ultimo cenário as raparigas (como rapazes) teriam de convencê‐los, aos rapazes (como raparigas) a ir ao jogo da selecçao enquanto que eles perferiam ir às compras. Os cenários eram tirados à sorte por um membro do grupo participante e em seguida dava‐se a caracterizam. Para caracterizar os rapazes utilizámos uma peruca cor‐de‐rosa e um batom vermelho. Às raparigas desenhámos um bigode com um lápis preto. Cada grupo tinha cerca de seis minutos para desempenhar a tarefa. Atribuimos 2 pontos por cada elemento do grupo que se empenhasse e 1 ponto ao género que mais se destacou, se ambos se destacassem eram dados 2 pontos (1 por cada género). O material utilizado nesta atividade foi uma peruca cor‐de‐rosa, um batom vermelho, um lápis preto e desmaquilhante.
DISCUSSÃO 
O mais dificil na nossa actividade foi fazer com que os participantes se sentissem à vontade para realizar a tarefa proposta. Gerir o tempo tambem foi uma das dificuldades pois esperavamos que as interpretaçoes durassem mais tempo por isso nao pensámos em mais cenários. Agora que temos uma melhor noçao do tempo, talvez tinhamos adicionado outra mini tarefa ou mais cenários. De futuro se houver outra vez a realizaçao do peddy‐paper pretendemos fazê‐lo. As reaçoes dos grupos foram bastante heterogeneas, dependendo especialmente da faixa etária. Os mais velhos tinham maior à vontade para participar e portanto o seu desepenho no geral foi o mais bem conseguido, pareceram‐nos mais satisfeito, e até para nós foi mais divertido. Quanto aos mais novos, os que se sentiram à vontade para participar e se soltaram mais, tambem pareceram divertir‐se e aprender algumas coisas. Notamos que as dificuldades na realizaçao das tarefas foram iguais da parte dos rapazes como das raparigas, embora a maioria das raparigas parecesse sentir‐se mais confortavél e como uma melhor noçao sobre os métodos contraceptivos. Para alem de acrescentar mais uma mini tarefa, tambem poderiamos ter utilizado mais adereços (mais perucas, saias ou gravatas, malas.. etc), tal como gostavamos de ter utilizado mais cenarios, para os sortear sem nunca os repetir. A maior parte da actividade foi realizada pela Telma e a Filipa (igualmente dividido), pois o nosso colega Ivan nao participou na realizaçao do peddy‐papper e colaborou pouco na organizaçao do mesmo.
CONCLUSÃO Nem todos os elementos do grupo foram importantes para a realizaçao do trabalha embora faltasse um elemento no dia da realizaçao do peddy‐paper que foi quem imprimiu a folha com os diversos cenários. Os restantes membro durante a atividade explicaram em que consistia o cenario sorteado e caracterizam os alunos alternadamente. Concluimos que esta atividade é de igual importância para a todos os que participaram, tanto para quem estava no posto como para quem estava a realizar as tarefas porque fez‐nos refletir sobre as desigualdades entre géneros e fez‐nos olhar com outra prespectiva para o sexo oposto apercebendo‐nos que umas das principais causas para a existência deste tipo de desigualdade é a incompreensão entre géneros que leva à criação de esteriópios para os diferentes sexos que acabam por se enraizar tanto na sociedade que tornam‐se reais. Por isso se atividades como a do peddy‐paper que ajuda‐nos na compreensao do sexo oposto e educa‐nos sobre esse assunto é uma maneira divertida de fazer com que este tipo de desigualdade diminua entre as geraçoes e quem sabe no futuro ela deixe de existir. Para futuros postos sugerimos que criem atividades divertidas mas que tenham um efeito pedagógico nos participantes, como por exemplo as raparigas questionarem os rapazes sobre diversos assuntos referentes ao mundo masculino e vice‐versa, quem respondesse de maneira mais convicente ganha pontos.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Gêneros Trocam Papeis em Atividade Pedagógica

Relatório posto 3 party & co
Relatório posto 3 party & coRelatório posto 3 party & co
Relatório posto 3 party & coIsabel Lopes
 
Minicurso: Racismos, Relações de Gênero e Ideologias Políticas nas Histórias ...
Minicurso: Racismos, Relações de Gênero e Ideologias Políticas nas Histórias ...Minicurso: Racismos, Relações de Gênero e Ideologias Políticas nas Histórias ...
Minicurso: Racismos, Relações de Gênero e Ideologias Políticas nas Histórias ...Valéria Shoujofan
 
2014 uel bio_pdp_daniele_fernanda_costa
2014 uel bio_pdp_daniele_fernanda_costa2014 uel bio_pdp_daniele_fernanda_costa
2014 uel bio_pdp_daniele_fernanda_costaCátia Dias
 
Portifólio virtual g4 tarde
Portifólio virtual g4 tardePortifólio virtual g4 tarde
Portifólio virtual g4 tardeEscolaPedrita
 
Impressões "Sexualidade"
Impressões "Sexualidade"Impressões "Sexualidade"
Impressões "Sexualidade"Carina
 
Sequência 16 as fases da vida - relação entre família e sociedade
Sequência 16   as fases da vida - relação entre família e sociedadeSequência 16   as fases da vida - relação entre família e sociedade
Sequência 16 as fases da vida - relação entre família e sociedadePibid-Letras Córdula
 
Apresentacao De Projeto
Apresentacao De ProjetoApresentacao De Projeto
Apresentacao De Projetoanaluprof
 
Nasce a pequena joanita
Nasce a pequena joanitaNasce a pequena joanita
Nasce a pequena joanitaAline Cruz
 
Relatório posto 8 contra relógio
Relatório posto 8 contra relógioRelatório posto 8 contra relógio
Relatório posto 8 contra relógioIsabel Lopes
 
Sequencia didática minha identidade maternal
Sequencia didática minha identidade    maternalSequencia didática minha identidade    maternal
Sequencia didática minha identidade maternaljosivaldopassos
 
Relatório posto 2 todos diferentes, todos iguais
Relatório posto 2 todos diferentes, todos iguaisRelatório posto 2 todos diferentes, todos iguais
Relatório posto 2 todos diferentes, todos iguaisIsabel Lopes
 
Trabalho final i.g.cidadanial-cópia 2
Trabalho final  i.g.cidadanial-cópia 2Trabalho final  i.g.cidadanial-cópia 2
Trabalho final i.g.cidadanial-cópia 2Alexandre Teiga
 
O aprendizado de gênero: socialização na família e na escola.
O aprendizado de gênero: socialização na família e na escola.O aprendizado de gênero: socialização na família e na escola.
O aprendizado de gênero: socialização na família e na escola.Fábio Fernandes
 
Oficina de Jogos Teatrais.docx
Oficina de Jogos Teatrais.docxOficina de Jogos Teatrais.docx
Oficina de Jogos Teatrais.docxLizSchuster2
 

Semelhante a Gêneros Trocam Papeis em Atividade Pedagógica (20)

Relatório posto 3 party & co
Relatório posto 3 party & coRelatório posto 3 party & co
Relatório posto 3 party & co
 
Minicurso: Racismos, Relações de Gênero e Ideologias Políticas nas Histórias ...
Minicurso: Racismos, Relações de Gênero e Ideologias Políticas nas Histórias ...Minicurso: Racismos, Relações de Gênero e Ideologias Políticas nas Histórias ...
Minicurso: Racismos, Relações de Gênero e Ideologias Políticas nas Histórias ...
 
2014 uel bio_pdp_daniele_fernanda_costa
2014 uel bio_pdp_daniele_fernanda_costa2014 uel bio_pdp_daniele_fernanda_costa
2014 uel bio_pdp_daniele_fernanda_costa
 
Planejamento do 3ª encontro tarde
Planejamento do 3ª encontro tardePlanejamento do 3ª encontro tarde
Planejamento do 3ª encontro tarde
 
Portifólio virtual g4 tarde
Portifólio virtual g4 tardePortifólio virtual g4 tarde
Portifólio virtual g4 tarde
 
Impressões "Sexualidade"
Impressões "Sexualidade"Impressões "Sexualidade"
Impressões "Sexualidade"
 
Sequência 16 as fases da vida - relação entre família e sociedade
Sequência 16   as fases da vida - relação entre família e sociedadeSequência 16   as fases da vida - relação entre família e sociedade
Sequência 16 as fases da vida - relação entre família e sociedade
 
Apresentacao De Projeto
Apresentacao De ProjetoApresentacao De Projeto
Apresentacao De Projeto
 
Nasce a pequena joanita
Nasce a pequena joanitaNasce a pequena joanita
Nasce a pequena joanita
 
Projeto Amor.docx
Projeto Amor.docxProjeto Amor.docx
Projeto Amor.docx
 
Formação Continuada Coordenadores Pedagógicos 4
Formação Continuada Coordenadores Pedagógicos 4Formação Continuada Coordenadores Pedagógicos 4
Formação Continuada Coordenadores Pedagógicos 4
 
Relatório posto 8 contra relógio
Relatório posto 8 contra relógioRelatório posto 8 contra relógio
Relatório posto 8 contra relógio
 
Sequencia didática minha identidade maternal
Sequencia didática minha identidade    maternalSequencia didática minha identidade    maternal
Sequencia didática minha identidade maternal
 
Relatório posto 2 todos diferentes, todos iguais
Relatório posto 2 todos diferentes, todos iguaisRelatório posto 2 todos diferentes, todos iguais
Relatório posto 2 todos diferentes, todos iguais
 
Irmãos gêmeos
Irmãos gêmeosIrmãos gêmeos
Irmãos gêmeos
 
Irmãos gêmeos
Irmãos gêmeosIrmãos gêmeos
Irmãos gêmeos
 
Trabalho final i.g.cidadanial-cópia 2
Trabalho final  i.g.cidadanial-cópia 2Trabalho final  i.g.cidadanial-cópia 2
Trabalho final i.g.cidadanial-cópia 2
 
Plano de trabalho
Plano de trabalhoPlano de trabalho
Plano de trabalho
 
O aprendizado de gênero: socialização na família e na escola.
O aprendizado de gênero: socialização na família e na escola.O aprendizado de gênero: socialização na família e na escola.
O aprendizado de gênero: socialização na família e na escola.
 
Oficina de Jogos Teatrais.docx
Oficina de Jogos Teatrais.docxOficina de Jogos Teatrais.docx
Oficina de Jogos Teatrais.docx
 

Mais de Isabel Lopes

Relatório posto 9 passarela
Relatório posto 9 passarelaRelatório posto 9 passarela
Relatório posto 9 passarelaIsabel Lopes
 
Relatório posto 7 desespero em casa
Relatório posto 7 desespero em casaRelatório posto 7 desespero em casa
Relatório posto 7 desespero em casaIsabel Lopes
 
Relatório posto 6 entre pais e filhos playing with mom and dad
Relatório posto 6 entre pais e filhos playing with mom and dadRelatório posto 6 entre pais e filhos playing with mom and dad
Relatório posto 6 entre pais e filhos playing with mom and dadIsabel Lopes
 
Relatório posto 5 tudo a limpo
Relatório posto 5 tudo a limpoRelatório posto 5 tudo a limpo
Relatório posto 5 tudo a limpoIsabel Lopes
 
Relatorio posto 1 johnson's baby
Relatorio posto 1 johnson's babyRelatorio posto 1 johnson's baby
Relatorio posto 1 johnson's babyIsabel Lopes
 
Mapa peddy paper 2013 des-igualdade de género
Mapa peddy paper 2013 des-igualdade de géneroMapa peddy paper 2013 des-igualdade de género
Mapa peddy paper 2013 des-igualdade de géneroIsabel Lopes
 
Inquérito por questionário para avaliação final peddy paper (alunos participa...
Inquérito por questionário para avaliação final peddy paper (alunos participa...Inquérito por questionário para avaliação final peddy paper (alunos participa...
Inquérito por questionário para avaliação final peddy paper (alunos participa...Isabel Lopes
 
Avaliação pelos alunos (Peddy paper 2013)
Avaliação pelos alunos (Peddy paper 2013)Avaliação pelos alunos (Peddy paper 2013)
Avaliação pelos alunos (Peddy paper 2013)Isabel Lopes
 
Peddy paper students evaluation
Peddy paper students evaluationPeddy paper students evaluation
Peddy paper students evaluationIsabel Lopes
 
Final product stories on children's rights
Final product   stories on children's rightsFinal product   stories on children's rights
Final product stories on children's rightsIsabel Lopes
 
Sistema neuro hormonal - Nervoso
Sistema neuro hormonal - NervosoSistema neuro hormonal - Nervoso
Sistema neuro hormonal - NervosoIsabel Lopes
 
métodos contracetivos
 métodos contracetivos métodos contracetivos
métodos contracetivosIsabel Lopes
 
fecundação, gravidez e início da vida
fecundação, gravidez e início da vida fecundação, gravidez e início da vida
fecundação, gravidez e início da vida Isabel Lopes
 
Reprodução Humana
Reprodução HumanaReprodução Humana
Reprodução HumanaIsabel Lopes
 
Biodiversidade (versão 2012)
Biodiversidade (versão 2012)Biodiversidade (versão 2012)
Biodiversidade (versão 2012)Isabel Lopes
 
Condições do planeta Terra que permitem a existência de vida (versão 2012)
Condições do planeta Terra que permitem a existência de vida (versão 2012)Condições do planeta Terra que permitem a existência de vida (versão 2012)
Condições do planeta Terra que permitem a existência de vida (versão 2012)Isabel Lopes
 
Deformação das rochas
Deformação das rochasDeformação das rochas
Deformação das rochasIsabel Lopes
 
Rochas magmáticas
Rochas magmáticasRochas magmáticas
Rochas magmáticasIsabel Lopes
 

Mais de Isabel Lopes (20)

Relatório posto 9 passarela
Relatório posto 9 passarelaRelatório posto 9 passarela
Relatório posto 9 passarela
 
Relatório posto 7 desespero em casa
Relatório posto 7 desespero em casaRelatório posto 7 desespero em casa
Relatório posto 7 desespero em casa
 
Relatório posto 6 entre pais e filhos playing with mom and dad
Relatório posto 6 entre pais e filhos playing with mom and dadRelatório posto 6 entre pais e filhos playing with mom and dad
Relatório posto 6 entre pais e filhos playing with mom and dad
 
Relatório posto 5 tudo a limpo
Relatório posto 5 tudo a limpoRelatório posto 5 tudo a limpo
Relatório posto 5 tudo a limpo
 
Relatorio posto 1 johnson's baby
Relatorio posto 1 johnson's babyRelatorio posto 1 johnson's baby
Relatorio posto 1 johnson's baby
 
Mapa peddy paper 2013 des-igualdade de género
Mapa peddy paper 2013 des-igualdade de géneroMapa peddy paper 2013 des-igualdade de género
Mapa peddy paper 2013 des-igualdade de género
 
Inquérito por questionário para avaliação final peddy paper (alunos participa...
Inquérito por questionário para avaliação final peddy paper (alunos participa...Inquérito por questionário para avaliação final peddy paper (alunos participa...
Inquérito por questionário para avaliação final peddy paper (alunos participa...
 
Avaliação pelos alunos (Peddy paper 2013)
Avaliação pelos alunos (Peddy paper 2013)Avaliação pelos alunos (Peddy paper 2013)
Avaliação pelos alunos (Peddy paper 2013)
 
Peddy paper students evaluation
Peddy paper students evaluationPeddy paper students evaluation
Peddy paper students evaluation
 
Final product stories on children's rights
Final product   stories on children's rightsFinal product   stories on children's rights
Final product stories on children's rights
 
sistema hormonal
sistema hormonalsistema hormonal
sistema hormonal
 
Sistema neuro hormonal - Nervoso
Sistema neuro hormonal - NervosoSistema neuro hormonal - Nervoso
Sistema neuro hormonal - Nervoso
 
métodos contracetivos
 métodos contracetivos métodos contracetivos
métodos contracetivos
 
fecundação, gravidez e início da vida
fecundação, gravidez e início da vida fecundação, gravidez e início da vida
fecundação, gravidez e início da vida
 
Reprodução Humana
Reprodução HumanaReprodução Humana
Reprodução Humana
 
Biodiversidade (versão 2012)
Biodiversidade (versão 2012)Biodiversidade (versão 2012)
Biodiversidade (versão 2012)
 
Condições do planeta Terra que permitem a existência de vida (versão 2012)
Condições do planeta Terra que permitem a existência de vida (versão 2012)Condições do planeta Terra que permitem a existência de vida (versão 2012)
Condições do planeta Terra que permitem a existência de vida (versão 2012)
 
Metamorfismo
MetamorfismoMetamorfismo
Metamorfismo
 
Deformação das rochas
Deformação das rochasDeformação das rochas
Deformação das rochas
 
Rochas magmáticas
Rochas magmáticasRochas magmáticas
Rochas magmáticas
 

Último

VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxJosAurelioGoesChaves
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETODouglasVasconcelosMa
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaeliana862656
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 

Último (20)

VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escrita
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 

Gêneros Trocam Papeis em Atividade Pedagógica

  • 2. INTRODUÇÃO O peddy‐paper de biologia realizado no dia 21 de Novembro tinha como tema as (Des)Igualdades de Género. O nosso posto (numero quatro) tinha como tarefa inverter os géneros em pequenos teatros com cinco cenários alternativos. Esta atividade tinha como objetivo amostrar a ambos os géneros as dificuldades que cada um passa em diferentes situações. (The biology peddy‐paper that occurred held on November 21 had as theme the (Un) Gender Equality. Our post (number four) had as activity reverse genderes in small roleplays with five alternative scenarios. This activity had the goal to show the difficulties of which gender in different situations)
  • 3. DESENVOLVIMENTO Descrever toda a actividade proposta e desenvolvida: A nossa tarefa consistia com que cada grupo num cenário sorteado trocasse de género e desempenhasse o papel proposto como alguém do sexo oposto. Eram cinco os cenários possiveís. No primeiro cenário as raparigas (como rapazes) teriam que abordar os rapazes (como raparigas) e conseguessem com que eles ficassem interessados o suficiente para trocar os contactos. No segundo cenário as raparigas (como rapazes) tentavam declarar‐se de maneira convicente o sufiente para eles (como elas) ficaram convencidas o suficiente e aceitassem o seu pedido de namoro. No terceiro cenário ”os rapazes" explicam como funciona o presevativo e "as raparigas" a pilúla, discutiam sobre qual o método mais eficaz e se ambos se complementam. No quarto cenário, as raparigas representavam uma atitude autoritária e quase que comum na maioria dos rapazes que é a sua manifestaçao no guarda‐roupa das namoradas. Eles como ela teriam de usar argumentos válidos para justificar o porquê desta atividade. No quinto e ultimo cenário as raparigas (como rapazes) teriam de convencê‐los, aos rapazes (como raparigas) a ir ao jogo da selecçao enquanto que eles perferiam ir às compras. Os cenários eram tirados à sorte por um membro do grupo participante e em seguida dava‐se a caracterizam. Para caracterizar os rapazes utilizámos uma peruca cor‐de‐rosa e um batom vermelho. Às raparigas desenhámos um bigode com um lápis preto. Cada grupo tinha cerca de seis minutos para desempenhar a tarefa. Atribuimos 2 pontos por cada elemento do grupo que se empenhasse e 1 ponto ao género que mais se destacou, se ambos se destacassem eram dados 2 pontos (1 por cada género). O material utilizado nesta atividade foi uma peruca cor‐de‐rosa, um batom vermelho, um lápis preto e desmaquilhante.
  • 4. DISCUSSÃO O mais dificil na nossa actividade foi fazer com que os participantes se sentissem à vontade para realizar a tarefa proposta. Gerir o tempo tambem foi uma das dificuldades pois esperavamos que as interpretaçoes durassem mais tempo por isso nao pensámos em mais cenários. Agora que temos uma melhor noçao do tempo, talvez tinhamos adicionado outra mini tarefa ou mais cenários. De futuro se houver outra vez a realizaçao do peddy‐paper pretendemos fazê‐lo. As reaçoes dos grupos foram bastante heterogeneas, dependendo especialmente da faixa etária. Os mais velhos tinham maior à vontade para participar e portanto o seu desepenho no geral foi o mais bem conseguido, pareceram‐nos mais satisfeito, e até para nós foi mais divertido. Quanto aos mais novos, os que se sentiram à vontade para participar e se soltaram mais, tambem pareceram divertir‐se e aprender algumas coisas. Notamos que as dificuldades na realizaçao das tarefas foram iguais da parte dos rapazes como das raparigas, embora a maioria das raparigas parecesse sentir‐se mais confortavél e como uma melhor noçao sobre os métodos contraceptivos. Para alem de acrescentar mais uma mini tarefa, tambem poderiamos ter utilizado mais adereços (mais perucas, saias ou gravatas, malas.. etc), tal como gostavamos de ter utilizado mais cenarios, para os sortear sem nunca os repetir. A maior parte da actividade foi realizada pela Telma e a Filipa (igualmente dividido), pois o nosso colega Ivan nao participou na realizaçao do peddy‐papper e colaborou pouco na organizaçao do mesmo.
  • 5. CONCLUSÃO Nem todos os elementos do grupo foram importantes para a realizaçao do trabalha embora faltasse um elemento no dia da realizaçao do peddy‐paper que foi quem imprimiu a folha com os diversos cenários. Os restantes membro durante a atividade explicaram em que consistia o cenario sorteado e caracterizam os alunos alternadamente. Concluimos que esta atividade é de igual importância para a todos os que participaram, tanto para quem estava no posto como para quem estava a realizar as tarefas porque fez‐nos refletir sobre as desigualdades entre géneros e fez‐nos olhar com outra prespectiva para o sexo oposto apercebendo‐nos que umas das principais causas para a existência deste tipo de desigualdade é a incompreensão entre géneros que leva à criação de esteriópios para os diferentes sexos que acabam por se enraizar tanto na sociedade que tornam‐se reais. Por isso se atividades como a do peddy‐paper que ajuda‐nos na compreensao do sexo oposto e educa‐nos sobre esse assunto é uma maneira divertida de fazer com que este tipo de desigualdade diminua entre as geraçoes e quem sabe no futuro ela deixe de existir. Para futuros postos sugerimos que criem atividades divertidas mas que tenham um efeito pedagógico nos participantes, como por exemplo as raparigas questionarem os rapazes sobre diversos assuntos referentes ao mundo masculino e vice‐versa, quem respondesse de maneira mais convicente ganha pontos.