Relatorio posto 1 johnson's baby

333 visualizações

Publicada em

Relatório - posto 1 peddypaper

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
333
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relatorio posto 1 johnson's baby

  1. 1. Sergio Ramalho nº21 Mariana Ferreira nº17 Mariana Monteiro nº19 Data de realização do peddypaper: 21/11/2013 Data de entrega do relatório: 6/12/2013 Local – Laboratório de Química
  2. 2. “Johnson’s baby” Este trabalho teve como objectivo mostrar a desigualdade de género, fazendo com que ambos os sexos percebessem e dessem valor ao sexo oposto. Desta forma, tentámos mostrar que ambos são capazes de efectuar as mesmas tarefas e de igual forma, através da tarefa seguinte: Cuidar de algumas das necessidades básicas de um bebé, tais como: mudar uma fralda, dar banho e vestir. This work intended to show the gender inequality, by making both sexes understand and value the opposite sex. We tried to show that both sexes are capable of doing the same tasks and equally, through the following task: Taking care of some of the basic needs of a baby, such as: changing a diaper, giving the baby a bath, and dress him.
  3. 3. No nosso posto, cada casal de alunos (2 x rapaz e rapariga), teve de trabalhar em conjunto e mostrar responsabilidade e compreensão, tanto pelo bebé como pelo parceiro. Cada casal deveria retirar a fralda suja, limpar minimamente o bebé, dar-lhe banho e secá-lo, colocar uma fralda nova e vesti-lo adequadamente. Foi avaliada a maneira como cada membro do casal interagiu um com o outro, e a forma como as tarefas foram realizadas. A pontuação atribuída (por grupo de 4 alunos, ou seja, a soma das pontuações de cada casal) foi a seguinte: • Boa interacção entre os participantes – 1,5p • Limpar o bebe antes de ir para a banheira – 1p • Dar banho adequadamente – 2p • Secá-lo e colocar bem a fralda – 2,5p • Vesti-lo correctamente – 2p • Tempo (máximo de 7 minutos) – 1p
  4. 4. Material utilizado: • 1 banheira • 1 frasco de pó de talco • 1 armário com roupa (+/- 6 mudas diferentes) • fraldas • 2 bebés (bonecos) • 2 toalhas
  5. 5. Como nos foi dada a oportunidade de realizar esta actividade prática, verificámos alguns problemas na nossa planificação e na realização da mesma. Na planificação incluímos duas banheiras, mas só nos foi possível arranjar uma, o que fez com que um dos casais estivesse sempre à espera para dar banho ao seu “filho”. Visto que as tarefas tinham uma ordem obrigatória, o facto de termos apenas uma banheira pode ter feito atrasar a actividade, e também ter provocado algum desagrado aos participantes. Outro dos problemas deveu-se ao facto do número de toalhas que fornecemos serem insuficientes. Havia nove grupos (18 banhos), e quando o quarto grupo as utilizou, elas já estavam impróprias para limpar o bebé (encharcadas). Houve também uma aluna que contestou o uso do pó de talco, pois tinha uma irmã mais nova a quem mudava a fralda, e não lhe punha pó de talco. Contudo, apesar de este estar lá, seria uma opção dos participantes utilizá-lo ou não. Com o decorrer da actividade, notámos que nem todos os participantes trabalharam em conjunto. Algumas tarefas, tais como tirar a fralda suja, dar banho e vestir eram realizadas maioritariamente por participantes do sexo feminino. No entanto, certos casais entreajudaram-se, e realizaram as tarefas pedidas de forma equitativa e organizada.
  6. 6. Concluindo, notámos que os participantes do sexo feminino revelaram maior apetência para tratar de um bebé, mas também convém referir que os rapazes se esforçaram para acompanhar, revelando a vontade de querer aprender e dessa forma minimizar as desigualdades de género que com frequência encontramos no nosso dia-a-dia. Julgamos que esta acção foi uma mais-valia, despertando o interesse em todos os participantes.
  7. 7. Esta actividade foi desenvolvida no âmbito do projecto Comenius “Different cultures, diferente ideas, the same Human Rights in the voice of young students”

×