Espiritismo doutrina consoladora e bendita

25.848 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
25.848
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
21.695
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
233
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Espiritismo doutrina consoladora e bendita

  1. 1. Allan Kardec - O Evangelho segundo o Espiritismo, cap. X, item 18. Espiritismo! doutrina consoladora e bendita! Felizes dos que te conhecem e tiram proveito dos salutares ensinamentos dos Espíritos do Senhor! — Dufêtre, bispo de Nevers. (Bordéus.)
  2. 2. Meus amigos, agradecei a Deus o haver permitido que pudésseis gozar a luz do Espiritismo. Não é que somente os que a possuem hajam de ser sal-vos; é que, ajudando-vos a compreender os ensinos do Cristo, ela voz faz melhores cristãos. (ESE - Cap. XV, item 10, Paulo, o apóstolo)
  3. 3. Assim como o cristo disse: "não vim destruir a lei, porém cumpri-la", também o espiritismo diz: ―não venho destruir a lei cristã, mas dar- lhe execução.‖ Nada ensina em contrário ao que ensinou o cristo; mas, desenvolve, completa e explica, em termos claros e para toda gente, o que foi dito apenas sob forma alegórica. ESE – capítulo 1 – item 7.
  4. 4. Allan Kardec - ESE, Cap. VI, ítem 4 O Espiritismo vem abrir os olhos e os ouvidos, porque fala sem figuras e sem alegorias; ele ergue o véu deixado propositadamente sobre certos mistérios.
  5. 5. Allan Kardec - Livro dos Médiuns cap. XXVI - item 292 - q. 22. . "Não esqueçais que o fim essencial, exclusivo, do Espiritismo é a vossa melhora‖
  6. 6. Allan Kardec - R. E. 1867, P. 8. Não basta se dizer espírita : aquele que o é de coração o prova por seus atos.
  7. 7. Allan kardec - R. E. 1859, p. 183 O objetivo do espiritismo é de fazer melhores aqueles que o compreendem ; tratemos de dar o bom exemplo e de mostrar que, para nós, a doutrina não é letra morta ;
  8. 8. Deus, em sua misericórdia infinita, vos pôs no fundo do coração uma sentinela vigilante, que se chama consciência. Escutai-a, que somente bons conselhos ela vos dará. Ouvi-a, interrogai-a e com frequência vos achareis consolados com o conselho que dela houverdes recebido. Um espírito protetor (ESE Cap. XIII, item 10.) Sentinela vigilante

×