SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 16
Natal e Espiritismo
Introdução

O espírito natalício na Visão
Espirita, para uma melhor
interpretação da simbologia
do Natal.
Victor Passos
Conceito

Natal - Do latim natale significa
nascimento.
Dia em que se comemora o
nascimento de Cristo (25 de
dezembro).
Victor Passos
Nascimento de Cristo e Costumes
1.º de janeiro; para outros, 6 de Janeiro,
25 de Março e 20 de Maio.
Os chineses, observam que o Natal seria em Março.
A árvore natal é contribuição alemã (século VIII).
Pai Natal (vulgo São Nicolau) nasceu na Turquia
(século IV).
Os cartões de Natal surgiram na Inglaterra, em
meados do século XIX.
Victor Passos
Nascimento de Jesus:
Manjedoura
Conta-se que Jesus nasceu numa
manjedoura, rodeado de animais.
Um monge diz que isso não é verdade, pois como
a casa de José era pequena para abrigar toda a
sua família, o novo rebento deu-se no estábulo.
Em termos simbólicos, a manjedoura revela o
caráter humilde e simples daquele que seria o
maior revolucionário de todos os tempos.
Victor Passos
Nascimento de Jesus: Anúncio Profético
O anúncio: “Eis que a virgem conceberá e dará à
luz um filho, e ele será chamado pelo nome de
Emanuel (que quer dizer: Deus convosco)”.
Os judeus esperavam-no na condição de rei, de
governador.

Ele dizia ser rei, mas não deste mundo.
Enaltecendo a continuidade desta
vida, vislumbrava-nos a expectativa da vida
futura.
Victor Passos
Nascimento de Jesus: Uma Nova Luz

Antes de Cristo, a educação era
lamentável, o cativeiro era norma, a mulher
sempre oprimida...

Com Jesus, começa uma era nova para o
sentimento.
Os discípulos do Mestre consagram-se ao
serviço de apoio ao próximo.
Ajudando os doentes e infortunados...
Victor Passos
Simbologia do Natal: Pai Natal

Pai Natal é usado para incrementar as
vendas de final de ano.
O espírito do natal, segundo a
propaganda, está relacionado com a fartura da
mesa, a quantidade de brinquedos...
O estímulo à compra passa-nos a ideia
que estamos comemorando o renascimento de
Cristo.
Victor Passos
O Espírito do Natal
O espírito do Natal é a revivescência dos
ensinamentos de Jesus.
Não há necessidade de esperarmos o final
do ano para comemorá-lo.

Estendamos diariamente simpatia para com
todos.
Distribuamos os excessos de que somos
portadores.
Victor Passos
Um Conquistador Diferente
A história está repleta de conquistadores:
A maioria fez as suas conquistas à custa de
punhal e veneno, perseguição e força...
Jesus, entretanto, perdoando e
amando, levantando e curando, modificou a
obra de todos os déspotas e legisladores.

Victor Passos
Revivendo o Cristianismo
A nova mensagem veio ensinar ao homem a lei de

causa e efeito e da justiça divina, quer seja
nesta ou na vida futura.

Allan Kardec, com o auxílio dos Espíritos
superiores, deu continuidade a esta grande
obra de elucidação dos caminhos da
evolução.
Victor Passos
Festa de Natal para os Espíritas

Na noite em que o mundo cristão festeja o Nascimento
Jesus, O espírita deve lembrar-se do reforço do amor e
respeito pelos valores da vida ensinados pelo Mestre e
afixados na Doutrina Espírita.
Ela é a terceira revelação, um ponto no
desenvolvimento espiritual da humanidade, em que
todos os problemas, todas as dúvidas, todas as dores
serão explicadas à luz da razão e do bom senso.

Victor Passos
Conclusão

Jesus incentiva-nos a amar o nosso
próximo, independentemente da maneira
como nos trata.
Pergunta-se: que vantagem há em amarmos
os que nos amam?

Victor Passos
Natal e Espiritismo
Bibliografia Consultada
ENCICLOPÉDIA LUSO-BRASILEIRA DE CULTURA. Lisboa:
Verbo, [s. d. p.]
ESTADO DE SÃO PAULO. 21/12/1996
XAVIER, F. C. Roteiro, pelo Espírito Emmanuel. 5. ed. Rio
de Janeiro: FEB, 1980.
XAVIER, F. C. Reportagens de Além-Túmulo, pelo Espírito
Irmão X. 6. ed., Rio de Janeiro: FEB, 1982.
XAVIER, F. C. Pontos e Contos, pelo Espírito Irmão X. 4.
ed., Rio de Janeiro: FEB, 1978.

Victor Passos
Victor Passos
Palestra Natal e Espiritismo

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Progressão dos Mundos e dos Espíritos: Há muitas moradas na casa de meu
Progressão dos Mundos e dos Espíritos: Há muitas moradas na casa de meuProgressão dos Mundos e dos Espíritos: Há muitas moradas na casa de meu
Progressão dos Mundos e dos Espíritos: Há muitas moradas na casa de meuEduardo Ottonelli Pithan
 
A Beneficência - Palestra Espírita
A Beneficência - Palestra EspíritaA Beneficência - Palestra Espírita
A Beneficência - Palestra EspíritaThiago Garcia
 
Capítulo IV - Evangelho Segundo Espiritismo
Capítulo IV - Evangelho Segundo EspiritismoCapítulo IV - Evangelho Segundo Espiritismo
Capítulo IV - Evangelho Segundo EspiritismoJean Dias
 
Finalidades da reencarnação.pptx2
Finalidades da reencarnação.pptx2Finalidades da reencarnação.pptx2
Finalidades da reencarnação.pptx2sndteixeira
 
Não se pode servir a deus e a mamon ppt
Não se pode servir a deus e a mamon pptNão se pode servir a deus e a mamon ppt
Não se pode servir a deus e a mamon pptSilvânio Barcelos
 
Bem aventurados os puros de coração
Bem aventurados os puros de coraçãoBem aventurados os puros de coração
Bem aventurados os puros de coraçãoHenrique Vieira
 
Fundamentos e Finalidade da Reencarnação.pdf
Fundamentos e Finalidade da Reencarnação.pdfFundamentos e Finalidade da Reencarnação.pdf
Fundamentos e Finalidade da Reencarnação.pdfRosimeire Alves
 
Para os espíritas, quem é jesus
Para os espíritas, quem é jesusPara os espíritas, quem é jesus
Para os espíritas, quem é jesusTatiana Bonfim
 
Cap 15 Fora da caridade não há salvação
Cap 15 Fora da caridade não há salvaçãoCap 15 Fora da caridade não há salvação
Cap 15 Fora da caridade não há salvaçãogmo1973
 
Os trabalhadores da última hora
Os trabalhadores da última horaOs trabalhadores da última hora
Os trabalhadores da última horaIsnande Mota Barros
 
Muitos os Chamados, Poucos os Escolhidos
Muitos os Chamados, Poucos os EscolhidosMuitos os Chamados, Poucos os Escolhidos
Muitos os Chamados, Poucos os EscolhidosAlmir Silva
 
Palestra ESE cap 8 bem aventurados puros
Palestra ESE cap 8 bem aventurados purosPalestra ESE cap 8 bem aventurados puros
Palestra ESE cap 8 bem aventurados purosTiburcio Santos
 
Evangelho no Lar - Educação, Compreensão, Proteção e Paz
Evangelho no Lar - Educação, Compreensão, Proteção e PazEvangelho no Lar - Educação, Compreensão, Proteção e Paz
Evangelho no Lar - Educação, Compreensão, Proteção e PazRicardo Azevedo
 

Mais procurados (20)

Progressão dos Mundos e dos Espíritos: Há muitas moradas na casa de meu
Progressão dos Mundos e dos Espíritos: Há muitas moradas na casa de meuProgressão dos Mundos e dos Espíritos: Há muitas moradas na casa de meu
Progressão dos Mundos e dos Espíritos: Há muitas moradas na casa de meu
 
A Beneficência - Palestra Espírita
A Beneficência - Palestra EspíritaA Beneficência - Palestra Espírita
A Beneficência - Palestra Espírita
 
Capítulo IV - Evangelho Segundo Espiritismo
Capítulo IV - Evangelho Segundo EspiritismoCapítulo IV - Evangelho Segundo Espiritismo
Capítulo IV - Evangelho Segundo Espiritismo
 
ESQUECIMENTO DO PASSADO
ESQUECIMENTO DO PASSADOESQUECIMENTO DO PASSADO
ESQUECIMENTO DO PASSADO
 
Finalidades da reencarnação.pptx2
Finalidades da reencarnação.pptx2Finalidades da reencarnação.pptx2
Finalidades da reencarnação.pptx2
 
Dia De Finados
Dia De FinadosDia De Finados
Dia De Finados
 
Não se pode servir a deus e a mamon ppt
Não se pode servir a deus e a mamon pptNão se pode servir a deus e a mamon ppt
Não se pode servir a deus e a mamon ppt
 
Bem aventurados os puros de coração
Bem aventurados os puros de coraçãoBem aventurados os puros de coração
Bem aventurados os puros de coração
 
Fundamentos e Finalidade da Reencarnação.pdf
Fundamentos e Finalidade da Reencarnação.pdfFundamentos e Finalidade da Reencarnação.pdf
Fundamentos e Finalidade da Reencarnação.pdf
 
AULA- Lei do trabalho
AULA- Lei do trabalhoAULA- Lei do trabalho
AULA- Lei do trabalho
 
Para os espíritas, quem é jesus
Para os espíritas, quem é jesusPara os espíritas, quem é jesus
Para os espíritas, quem é jesus
 
Natal e espiritismo
Natal e espiritismoNatal e espiritismo
Natal e espiritismo
 
O poder da Prece
O poder da PreceO poder da Prece
O poder da Prece
 
Consolador prometido
Consolador prometidoConsolador prometido
Consolador prometido
 
Cap 15 Fora da caridade não há salvação
Cap 15 Fora da caridade não há salvaçãoCap 15 Fora da caridade não há salvação
Cap 15 Fora da caridade não há salvação
 
Os trabalhadores da última hora
Os trabalhadores da última horaOs trabalhadores da última hora
Os trabalhadores da última hora
 
Muitos os Chamados, Poucos os Escolhidos
Muitos os Chamados, Poucos os EscolhidosMuitos os Chamados, Poucos os Escolhidos
Muitos os Chamados, Poucos os Escolhidos
 
Palestra ESE cap 8 bem aventurados puros
Palestra ESE cap 8 bem aventurados purosPalestra ESE cap 8 bem aventurados puros
Palestra ESE cap 8 bem aventurados puros
 
Evangelho no Lar - Educação, Compreensão, Proteção e Paz
Evangelho no Lar - Educação, Compreensão, Proteção e PazEvangelho no Lar - Educação, Compreensão, Proteção e Paz
Evangelho no Lar - Educação, Compreensão, Proteção e Paz
 
O Poder da Prece
O Poder da PreceO Poder da Prece
O Poder da Prece
 

Destaque

O que é ser espírita
O que é ser espírita  O que é ser espírita
O que é ser espírita Amadeu Wolff
 
Benção de Deus (por Emmanuel)
Benção de Deus (por Emmanuel)Benção de Deus (por Emmanuel)
Benção de Deus (por Emmanuel)carlos freire
 
1) perdao--das-ofensas
1) perdao--das-ofensas1) perdao--das-ofensas
1) perdao--das-ofensascarlos freire
 
Eade i-ii-7-o-cristianismo-maria-mãe-de-jesus
Eade i-ii-7-o-cristianismo-maria-mãe-de-jesusEade i-ii-7-o-cristianismo-maria-mãe-de-jesus
Eade i-ii-7-o-cristianismo-maria-mãe-de-jesusJoyAlbanez
 
Espiritismo doutrina consoladora e bendita
Espiritismo doutrina consoladora e benditaEspiritismo doutrina consoladora e bendita
Espiritismo doutrina consoladora e benditaGraça Maciel
 
Maria, Mãe de Jesus - um olhar espírita
Maria, Mãe de Jesus - um olhar espíritaMaria, Mãe de Jesus - um olhar espírita
Maria, Mãe de Jesus - um olhar espíritaFábio Paiva
 
Dimensões espirituais do centro espírita!
Dimensões espirituais do centro espírita!Dimensões espirituais do centro espírita!
Dimensões espirituais do centro espírita!Leonardo Pereira
 
Maria nos dogmas: Maternidade e virgindade
Maria nos dogmas: Maternidade e virgindadeMaria nos dogmas: Maternidade e virgindade
Maria nos dogmas: Maternidade e virgindadeAfonso Murad (FAJE)
 
A Verdadeira Historia Do Natal
A Verdadeira Historia Do NatalA Verdadeira Historia Do Natal
A Verdadeira Historia Do NatalCARLOS ZACARKIM
 
Escutando sentimentos! ( seminário).
Escutando sentimentos! ( seminário).Escutando sentimentos! ( seminário).
Escutando sentimentos! ( seminário).Leonardo Pereira
 

Destaque (20)

Reflexão de Natal
Reflexão de NatalReflexão de Natal
Reflexão de Natal
 
Visão espírita do natal
Visão espírita do natalVisão espírita do natal
Visão espírita do natal
 
O que é ser espírita
O que é ser espírita  O que é ser espírita
O que é ser espírita
 
Visão espírita da atualidade
Visão espírita da atualidadeVisão espírita da atualidade
Visão espírita da atualidade
 
Benção de Deus (por Emmanuel)
Benção de Deus (por Emmanuel)Benção de Deus (por Emmanuel)
Benção de Deus (por Emmanuel)
 
Natal e espiritismo
Natal e espiritismoNatal e espiritismo
Natal e espiritismo
 
1) perdao--das-ofensas
1) perdao--das-ofensas1) perdao--das-ofensas
1) perdao--das-ofensas
 
A palestra doutrinaria na casa espirita
A palestra doutrinaria na casa espiritaA palestra doutrinaria na casa espirita
A palestra doutrinaria na casa espirita
 
Eade i-ii-7-o-cristianismo-maria-mãe-de-jesus
Eade i-ii-7-o-cristianismo-maria-mãe-de-jesusEade i-ii-7-o-cristianismo-maria-mãe-de-jesus
Eade i-ii-7-o-cristianismo-maria-mãe-de-jesus
 
Espiritismo doutrina consoladora e bendita
Espiritismo doutrina consoladora e benditaEspiritismo doutrina consoladora e bendita
Espiritismo doutrina consoladora e bendita
 
Palestra Espírita - Suicidio e loucura
Palestra Espírita - Suicidio e loucuraPalestra Espírita - Suicidio e loucura
Palestra Espírita - Suicidio e loucura
 
Palestra Espírita - Missão dos espíritas
Palestra Espírita - Missão dos espíritasPalestra Espírita - Missão dos espíritas
Palestra Espírita - Missão dos espíritas
 
Maria, Mãe de Jesus - um olhar espírita
Maria, Mãe de Jesus - um olhar espíritaMaria, Mãe de Jesus - um olhar espírita
Maria, Mãe de Jesus - um olhar espírita
 
Os tres reinos
Os tres reinosOs tres reinos
Os tres reinos
 
Dimensões espirituais do centro espírita!
Dimensões espirituais do centro espírita!Dimensões espirituais do centro espírita!
Dimensões espirituais do centro espírita!
 
Maria nos dogmas: Maternidade e virgindade
Maria nos dogmas: Maternidade e virgindadeMaria nos dogmas: Maternidade e virgindade
Maria nos dogmas: Maternidade e virgindade
 
Aborto na visão Espírita
Aborto na visão EspíritaAborto na visão Espírita
Aborto na visão Espírita
 
O suicidio
O suicidioO suicidio
O suicidio
 
A Verdadeira Historia Do Natal
A Verdadeira Historia Do NatalA Verdadeira Historia Do Natal
A Verdadeira Historia Do Natal
 
Escutando sentimentos! ( seminário).
Escutando sentimentos! ( seminário).Escutando sentimentos! ( seminário).
Escutando sentimentos! ( seminário).
 

Semelhante a Palestra Natal e Espiritismo

Tradições+e+simbolos+de+natal
Tradições+e+simbolos+de+natalTradições+e+simbolos+de+natal
Tradições+e+simbolos+de+natalZaara Miranda
 
A visão do natal pelo espírita
A visão do natal pelo espíritaA visão do natal pelo espírita
A visão do natal pelo espíritaHelio Cruz
 
Simbolos 131127042118-phpapp01a
Simbolos 131127042118-phpapp01aSimbolos 131127042118-phpapp01a
Simbolos 131127042118-phpapp01aAnabela Barreira
 
Calendário litúrgico
Calendário litúrgicoCalendário litúrgico
Calendário litúrgicombsilva1971
 
Tradiesesimbolosdenatal 121128052706-phpapp01
Tradiesesimbolosdenatal 121128052706-phpapp01Tradiesesimbolosdenatal 121128052706-phpapp01
Tradiesesimbolosdenatal 121128052706-phpapp01becastanheiradepera
 
Natal 2.pptx
Natal 2.pptxNatal 2.pptx
Natal 2.pptxM.R.L
 
Livro dos Espiritos Q.233 e A Pascoa
Livro dos Espiritos Q.233 e A PascoaLivro dos Espiritos Q.233 e A Pascoa
Livro dos Espiritos Q.233 e A PascoaPatricia Farias
 
Do Advento ao Presépio: espiritualidade, símbolos e significado
Do Advento ao Presépio: espiritualidade, símbolos e significadoDo Advento ao Presépio: espiritualidade, símbolos e significado
Do Advento ao Presépio: espiritualidade, símbolos e significadoLuis Miranda
 
A Páscoa na visão do espírita
A Páscoa na visão do espíritaA Páscoa na visão do espírita
A Páscoa na visão do espíritaHelio Cruz
 

Semelhante a Palestra Natal e Espiritismo (20)

O significado do Natal.pptx
O significado do Natal.pptxO significado do Natal.pptx
O significado do Natal.pptx
 
Tradições+e+simbolos+de+natal
Tradições+e+simbolos+de+natalTradições+e+simbolos+de+natal
Tradições+e+simbolos+de+natal
 
A visão do natal pelo espírita
A visão do natal pelo espíritaA visão do natal pelo espírita
A visão do natal pelo espírita
 
Natal e seus Significados
Natal e seus SignificadosNatal e seus Significados
Natal e seus Significados
 
Simbolos 131127042118-phpapp01a
Simbolos 131127042118-phpapp01aSimbolos 131127042118-phpapp01a
Simbolos 131127042118-phpapp01a
 
Símbolos de natal
Símbolos de natalSímbolos de natal
Símbolos de natal
 
Calendário litúrgico
Calendário litúrgicoCalendário litúrgico
Calendário litúrgico
 
A VERDADE SOBRE O NATAL
A VERDADE SOBRE O NATALA VERDADE SOBRE O NATAL
A VERDADE SOBRE O NATAL
 
A páscoa
A páscoaA páscoa
A páscoa
 
Tradiesesimbolosdenatal 121128052706-phpapp01
Tradiesesimbolosdenatal 121128052706-phpapp01Tradiesesimbolosdenatal 121128052706-phpapp01
Tradiesesimbolosdenatal 121128052706-phpapp01
 
Natal 2.pptx
Natal 2.pptxNatal 2.pptx
Natal 2.pptx
 
Livro dos Espiritos Q.233 e A Pascoa
Livro dos Espiritos Q.233 e A PascoaLivro dos Espiritos Q.233 e A Pascoa
Livro dos Espiritos Q.233 e A Pascoa
 
A_Verdade_a_Cerca_do_Natal.pdf
A_Verdade_a_Cerca_do_Natal.pdfA_Verdade_a_Cerca_do_Natal.pdf
A_Verdade_a_Cerca_do_Natal.pdf
 
Do Advento ao Presépio: espiritualidade, símbolos e significado
Do Advento ao Presépio: espiritualidade, símbolos e significadoDo Advento ao Presépio: espiritualidade, símbolos e significado
Do Advento ao Presépio: espiritualidade, símbolos e significado
 
A páscoa verdadeira
A páscoa verdadeiraA páscoa verdadeira
A páscoa verdadeira
 
A Páscoa na visão do espírita
A Páscoa na visão do espíritaA Páscoa na visão do espírita
A Páscoa na visão do espírita
 
Tempo de esperanca
Tempo de esperancaTempo de esperanca
Tempo de esperanca
 
Tempo de_esperanca
Tempo de_esperancaTempo de_esperanca
Tempo de_esperanca
 
PENTECOSTES
PENTECOSTESPENTECOSTES
PENTECOSTES
 
Pentecostes
PentecostesPentecostes
Pentecostes
 

Mais de Victor Passos

Exercicio final curso ferramentas web
Exercicio final curso ferramentas webExercicio final curso ferramentas web
Exercicio final curso ferramentas webVictor Passos
 
Utilização educativa das TIC
Utilização educativa das TICUtilização educativa das TIC
Utilização educativa das TICVictor Passos
 
Utilização educativa das TIC
Utilização educativa das TICUtilização educativa das TIC
Utilização educativa das TICVictor Passos
 
Tarefa P2P- modulo 4 obrigatoria
Tarefa P2P- modulo 4 obrigatoriaTarefa P2P- modulo 4 obrigatoria
Tarefa P2P- modulo 4 obrigatoriaVictor Passos
 
Exercicio obrigatório modulo 3 - 3.2
Exercicio obrigatório modulo  3 -  3.2Exercicio obrigatório modulo  3 -  3.2
Exercicio obrigatório modulo 3 - 3.2Victor Passos
 
Modulo 2 - exercicio obrigatorio
Modulo 2 -  exercicio obrigatorioModulo 2 -  exercicio obrigatorio
Modulo 2 - exercicio obrigatorioVictor Passos
 
Curso de Pesquisa e Gestão de informação Web - Modulo 2 tarefa
Curso de Pesquisa e Gestão de informação  Web - Modulo 2  tarefaCurso de Pesquisa e Gestão de informação  Web - Modulo 2  tarefa
Curso de Pesquisa e Gestão de informação Web - Modulo 2 tarefaVictor Passos
 
Modulo 1 - Pesquisa web
Modulo 1 - Pesquisa webModulo 1 - Pesquisa web
Modulo 1 - Pesquisa webVictor Passos
 
Espiritualidade e emoções
Espiritualidade e emoçõesEspiritualidade e emoções
Espiritualidade e emoçõesVictor Passos
 
Desperte e seja feliz final
Desperte e seja feliz finalDesperte e seja feliz final
Desperte e seja feliz finalVictor Passos
 
Conflitos familiares
Conflitos familiaresConflitos familiares
Conflitos familiaresVictor Passos
 
Orgulho pai de todos os vicios
Orgulho pai de todos os viciosOrgulho pai de todos os vicios
Orgulho pai de todos os viciosVictor Passos
 
Obreiros de ultima hora
Obreiros de ultima horaObreiros de ultima hora
Obreiros de ultima horaVictor Passos
 
Mediunidade e corpo fisico
Mediunidade e corpo fisicoMediunidade e corpo fisico
Mediunidade e corpo fisicoVictor Passos
 
Reencarnação oportunidade
Reencarnação oportunidadeReencarnação oportunidade
Reencarnação oportunidadeVictor Passos
 
Doença – a cura – a autocura
Doença – a cura – a autocuraDoença – a cura – a autocura
Doença – a cura – a autocuraVictor Passos
 
Obsessões, prevenção tratamento e cura
Obsessões, prevenção tratamento e curaObsessões, prevenção tratamento e cura
Obsessões, prevenção tratamento e curaVictor Passos
 

Mais de Victor Passos (20)

Exercicio final curso ferramentas web
Exercicio final curso ferramentas webExercicio final curso ferramentas web
Exercicio final curso ferramentas web
 
Utilização educativa das TIC
Utilização educativa das TICUtilização educativa das TIC
Utilização educativa das TIC
 
Utilização educativa das TIC
Utilização educativa das TICUtilização educativa das TIC
Utilização educativa das TIC
 
Tarefa P2P- modulo 4 obrigatoria
Tarefa P2P- modulo 4 obrigatoriaTarefa P2P- modulo 4 obrigatoria
Tarefa P2P- modulo 4 obrigatoria
 
Exercicio obrigatório modulo 3 - 3.2
Exercicio obrigatório modulo  3 -  3.2Exercicio obrigatório modulo  3 -  3.2
Exercicio obrigatório modulo 3 - 3.2
 
Modulo 2 - exercicio obrigatorio
Modulo 2 -  exercicio obrigatorioModulo 2 -  exercicio obrigatorio
Modulo 2 - exercicio obrigatorio
 
Curso de Pesquisa e Gestão de informação Web - Modulo 2 tarefa
Curso de Pesquisa e Gestão de informação  Web - Modulo 2  tarefaCurso de Pesquisa e Gestão de informação  Web - Modulo 2  tarefa
Curso de Pesquisa e Gestão de informação Web - Modulo 2 tarefa
 
Modulo 1 - Pesquisa web
Modulo 1 - Pesquisa webModulo 1 - Pesquisa web
Modulo 1 - Pesquisa web
 
Espiritualidade e emoções
Espiritualidade e emoçõesEspiritualidade e emoções
Espiritualidade e emoções
 
Desperte e seja feliz final
Desperte e seja feliz finalDesperte e seja feliz final
Desperte e seja feliz final
 
Mediunidade
MediunidadeMediunidade
Mediunidade
 
Conflitos familiares
Conflitos familiaresConflitos familiares
Conflitos familiares
 
Orgulho pai de todos os vicios
Orgulho pai de todos os viciosOrgulho pai de todos os vicios
Orgulho pai de todos os vicios
 
Obreiros de ultima hora
Obreiros de ultima horaObreiros de ultima hora
Obreiros de ultima hora
 
A prece
A preceA prece
A prece
 
Mediunidade e corpo fisico
Mediunidade e corpo fisicoMediunidade e corpo fisico
Mediunidade e corpo fisico
 
Maledicência
MaledicênciaMaledicência
Maledicência
 
Reencarnação oportunidade
Reencarnação oportunidadeReencarnação oportunidade
Reencarnação oportunidade
 
Doença – a cura – a autocura
Doença – a cura – a autocuraDoença – a cura – a autocura
Doença – a cura – a autocura
 
Obsessões, prevenção tratamento e cura
Obsessões, prevenção tratamento e curaObsessões, prevenção tratamento e cura
Obsessões, prevenção tratamento e cura
 

Último

ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdfESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdfDaddizinhaRodrigues
 
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docxCulto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docxManoel Candido Pires Junior
 
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2Nilson Almeida
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Boletim Espiral número 74, de abril de 2024
Boletim Espiral número 74, de abril de 2024Boletim Espiral número 74, de abril de 2024
Boletim Espiral número 74, de abril de 2024Fraternitas Movimento
 
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdfLeandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdfFrancisco Baptista
 

Último (7)

ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdfESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
 
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docxCulto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
 
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
 
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
 
Boletim Espiral número 74, de abril de 2024
Boletim Espiral número 74, de abril de 2024Boletim Espiral número 74, de abril de 2024
Boletim Espiral número 74, de abril de 2024
 
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdfLeandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
 

Palestra Natal e Espiritismo

  • 1.
  • 2. Natal e Espiritismo Introdução O espírito natalício na Visão Espirita, para uma melhor interpretação da simbologia do Natal. Victor Passos
  • 3. Conceito Natal - Do latim natale significa nascimento. Dia em que se comemora o nascimento de Cristo (25 de dezembro). Victor Passos
  • 4. Nascimento de Cristo e Costumes 1.º de janeiro; para outros, 6 de Janeiro, 25 de Março e 20 de Maio. Os chineses, observam que o Natal seria em Março. A árvore natal é contribuição alemã (século VIII). Pai Natal (vulgo São Nicolau) nasceu na Turquia (século IV). Os cartões de Natal surgiram na Inglaterra, em meados do século XIX. Victor Passos
  • 5. Nascimento de Jesus: Manjedoura Conta-se que Jesus nasceu numa manjedoura, rodeado de animais. Um monge diz que isso não é verdade, pois como a casa de José era pequena para abrigar toda a sua família, o novo rebento deu-se no estábulo. Em termos simbólicos, a manjedoura revela o caráter humilde e simples daquele que seria o maior revolucionário de todos os tempos. Victor Passos
  • 6. Nascimento de Jesus: Anúncio Profético O anúncio: “Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho, e ele será chamado pelo nome de Emanuel (que quer dizer: Deus convosco)”. Os judeus esperavam-no na condição de rei, de governador. Ele dizia ser rei, mas não deste mundo. Enaltecendo a continuidade desta vida, vislumbrava-nos a expectativa da vida futura. Victor Passos
  • 7. Nascimento de Jesus: Uma Nova Luz Antes de Cristo, a educação era lamentável, o cativeiro era norma, a mulher sempre oprimida... Com Jesus, começa uma era nova para o sentimento. Os discípulos do Mestre consagram-se ao serviço de apoio ao próximo. Ajudando os doentes e infortunados... Victor Passos
  • 8. Simbologia do Natal: Pai Natal Pai Natal é usado para incrementar as vendas de final de ano. O espírito do natal, segundo a propaganda, está relacionado com a fartura da mesa, a quantidade de brinquedos... O estímulo à compra passa-nos a ideia que estamos comemorando o renascimento de Cristo. Victor Passos
  • 9. O Espírito do Natal O espírito do Natal é a revivescência dos ensinamentos de Jesus. Não há necessidade de esperarmos o final do ano para comemorá-lo. Estendamos diariamente simpatia para com todos. Distribuamos os excessos de que somos portadores. Victor Passos
  • 10. Um Conquistador Diferente A história está repleta de conquistadores: A maioria fez as suas conquistas à custa de punhal e veneno, perseguição e força... Jesus, entretanto, perdoando e amando, levantando e curando, modificou a obra de todos os déspotas e legisladores. Victor Passos
  • 11. Revivendo o Cristianismo A nova mensagem veio ensinar ao homem a lei de causa e efeito e da justiça divina, quer seja nesta ou na vida futura. Allan Kardec, com o auxílio dos Espíritos superiores, deu continuidade a esta grande obra de elucidação dos caminhos da evolução. Victor Passos
  • 12. Festa de Natal para os Espíritas Na noite em que o mundo cristão festeja o Nascimento Jesus, O espírita deve lembrar-se do reforço do amor e respeito pelos valores da vida ensinados pelo Mestre e afixados na Doutrina Espírita. Ela é a terceira revelação, um ponto no desenvolvimento espiritual da humanidade, em que todos os problemas, todas as dúvidas, todas as dores serão explicadas à luz da razão e do bom senso. Victor Passos
  • 13. Conclusão Jesus incentiva-nos a amar o nosso próximo, independentemente da maneira como nos trata. Pergunta-se: que vantagem há em amarmos os que nos amam? Victor Passos
  • 14. Natal e Espiritismo Bibliografia Consultada ENCICLOPÉDIA LUSO-BRASILEIRA DE CULTURA. Lisboa: Verbo, [s. d. p.] ESTADO DE SÃO PAULO. 21/12/1996 XAVIER, F. C. Roteiro, pelo Espírito Emmanuel. 5. ed. Rio de Janeiro: FEB, 1980. XAVIER, F. C. Reportagens de Além-Túmulo, pelo Espírito Irmão X. 6. ed., Rio de Janeiro: FEB, 1982. XAVIER, F. C. Pontos e Contos, pelo Espírito Irmão X. 4. ed., Rio de Janeiro: FEB, 1978. Victor Passos