Palestra Natal e Espiritismo

8.178 visualizações

Publicada em

Palestra para o Natal e sobre o mesmo.

Publicada em: Espiritual
3 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.178
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
371
Comentários
3
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Palestra Natal e Espiritismo

  1. 1. Natal e Espiritismo Introdução O espírito natalício na Visão Espirita, para uma melhor interpretação da simbologia do Natal. Victor Passos
  2. 2. Conceito Natal - Do latim natale significa nascimento. Dia em que se comemora o nascimento de Cristo (25 de dezembro). Victor Passos
  3. 3. Nascimento de Cristo e Costumes 1.º de janeiro; para outros, 6 de Janeiro, 25 de Março e 20 de Maio. Os chineses, observam que o Natal seria em Março. A árvore natal é contribuição alemã (século VIII). Pai Natal (vulgo São Nicolau) nasceu na Turquia (século IV). Os cartões de Natal surgiram na Inglaterra, em meados do século XIX. Victor Passos
  4. 4. Nascimento de Jesus: Manjedoura Conta-se que Jesus nasceu numa manjedoura, rodeado de animais. Um monge diz que isso não é verdade, pois como a casa de José era pequena para abrigar toda a sua família, o novo rebento deu-se no estábulo. Em termos simbólicos, a manjedoura revela o caráter humilde e simples daquele que seria o maior revolucionário de todos os tempos. Victor Passos
  5. 5. Nascimento de Jesus: Anúncio Profético O anúncio: “Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho, e ele será chamado pelo nome de Emanuel (que quer dizer: Deus convosco)”. Os judeus esperavam-no na condição de rei, de governador. Ele dizia ser rei, mas não deste mundo. Enaltecendo a continuidade desta vida, vislumbrava-nos a expectativa da vida futura. Victor Passos
  6. 6. Nascimento de Jesus: Uma Nova Luz Antes de Cristo, a educação era lamentável, o cativeiro era norma, a mulher sempre oprimida... Com Jesus, começa uma era nova para o sentimento. Os discípulos do Mestre consagram-se ao serviço de apoio ao próximo. Ajudando os doentes e infortunados... Victor Passos
  7. 7. Simbologia do Natal: Pai Natal Pai Natal é usado para incrementar as vendas de final de ano. O espírito do natal, segundo a propaganda, está relacionado com a fartura da mesa, a quantidade de brinquedos... O estímulo à compra passa-nos a ideia que estamos comemorando o renascimento de Cristo. Victor Passos
  8. 8. O Espírito do Natal O espírito do Natal é a revivescência dos ensinamentos de Jesus. Não há necessidade de esperarmos o final do ano para comemorá-lo. Estendamos diariamente simpatia para com todos. Distribuamos os excessos de que somos portadores. Victor Passos
  9. 9. Um Conquistador Diferente A história está repleta de conquistadores: A maioria fez as suas conquistas à custa de punhal e veneno, perseguição e força... Jesus, entretanto, perdoando e amando, levantando e curando, modificou a obra de todos os déspotas e legisladores. Victor Passos
  10. 10. Revivendo o Cristianismo A nova mensagem veio ensinar ao homem a lei de causa e efeito e da justiça divina, quer seja nesta ou na vida futura. Allan Kardec, com o auxílio dos Espíritos superiores, deu continuidade a esta grande obra de elucidação dos caminhos da evolução. Victor Passos
  11. 11. Festa de Natal para os Espíritas Na noite em que o mundo cristão festeja o Nascimento Jesus, O espírita deve lembrar-se do reforço do amor e respeito pelos valores da vida ensinados pelo Mestre e afixados na Doutrina Espírita. Ela é a terceira revelação, um ponto no desenvolvimento espiritual da humanidade, em que todos os problemas, todas as dúvidas, todas as dores serão explicadas à luz da razão e do bom senso. Victor Passos
  12. 12. Conclusão Jesus incentiva-nos a amar o nosso próximo, independentemente da maneira como nos trata. Pergunta-se: que vantagem há em amarmos os que nos amam? Victor Passos
  13. 13. Natal e Espiritismo Bibliografia Consultada ENCICLOPÉDIA LUSO-BRASILEIRA DE CULTURA. Lisboa: Verbo, [s. d. p.] ESTADO DE SÃO PAULO. 21/12/1996 XAVIER, F. C. Roteiro, pelo Espírito Emmanuel. 5. ed. Rio de Janeiro: FEB, 1980. XAVIER, F. C. Reportagens de Além-Túmulo, pelo Espírito Irmão X. 6. ed., Rio de Janeiro: FEB, 1982. XAVIER, F. C. Pontos e Contos, pelo Espírito Irmão X. 4. ed., Rio de Janeiro: FEB, 1978. Victor Passos
  14. 14. Victor Passos

×