SlideShare uma empresa Scribd logo
1
“Do Céu já temos recebido tantas coisas, que para sermos honestos conosco
e com o Grande Doador da Vida, nada mais deveríamos pedir, apenas
agradecer, louvar e retribuir.”
(MELO, Jacob – Manual do Passista).
2
"Aquilo que se faz por amor, parece ir sempre além dos limites do bem e
do mal."
(Friedrich Nietzsche).
“O passe é uma transfusão de energias psíquicas […].”
(Emmanuel – O Consolador, Cap. V questão 98).
==================================================
O passe é uma transfusão de energias, alterando o
campo celular.
Na assistência, os recursos espirituais se entrosam entre
a emissão e a recepção, ajudando a criatura
necessitada para que ela ajude a si mesma.
O passe, como reconhecemos, é importante
contribuição para quem saiba recebê-lo, com respeito
e a confiança que o valoriza.
(Aulus/André Luiz – Nos Domínios da Mediunidade –
Cap. XVII).
3
O passe: transfusão de energias psíquicas e
espirituais.
A transmissão de fluidos terapêuticos,
através do passe espírita, representa, como
resultado a vontade de três agentes:
O espírito que combina, qualifica e
direciona os fluidos (espirituais);
O médium que oferece seus fluidos
(humanos);
O assistido que deseja receber as
energias.
A transmissão de fluido ocorre quando os três
agentes (ESPÍRITO, MÉDIUM E ASSISTIDO)
estabelecem uma ligação perispiritual entre
si.
4
Através movimentos rítmicos e imposição de
mãos:
Dispersa energias congestionadas, faz
assepsia para extrair energias ruins;
Doa um novo suprimento.
Segundo André Luiz, o passe tem as seguintes
funções:
Transfusão de energias anímicas;
Equilibrante da mente;
Apoio de tratamentos;
Bloqueador de alucinações depressivas;
Promove a assepsia.
5
VONTADE = AGENTE PRINCIPAL PARA QUE A
TRANSFERÊNCIA DE FLUIDOS SE PROCESSE.
Requisitos para uma eficiente transmissão de fluidos:
Vontade sincera de ajudar o próximo;
Boas qualidade morais;
Fé (conhecimento e certeza);
Equilíbrio espiritual;
Disciplina;
Compreensão e respeito aos problemas humanos;
Ligação com espíritos bons e curadores;
Conhecimento específico do passe.
6
Requisitos para uma eficiente recepção de fluidos:
Vontade de melhorar-se;
Desejar receber ajuda espiritual;
Ter confiança no tipo de auxílio a ser recebido;
Compromisso (assiduidade);
Rever vícios (álcool, fumo, irritabilidade, derrotismo, outros);
Lutar (Esforçar-se) para diminuir pensamentos negativos;
Adquirir conhecimento sobre a transmissão dos fluidos;
Encarar o passe como ato natural e não como um ritual, um culto, um
ato místico e miraculoso.
Cuidar da saúde física (alimentação, atividade física, repouso,
meditação);
Cuidar da saúde mental (paciência, oração, meditação);
Água fluidificada (magnetizada, bioenergizada).
7
Passes;
Fluidoterapia;
Irradiação a distância.
8
O respeito a si mesmo;
O respeito para com o paciente;
O respeito para com a espiritualidade;
Pureza de Sentimentos;
Benevolência;
Desejo de aliviar;
Confiança em Deus;
Seriedade;
Disciplina;
Qualificação;
Prece.
9
Dar o melhor de si;
Compaixão (sensibilidade);
Calma (confiança);
Compromisso (renúncia);
Estudar sempre (esclarecimento) –
grupos de estudos;
Cuidar da saúde física (alimentação,
atividade física, repouso, meditação);
Cuidar da saúde mental (paciência,
oração, meditação).
10
Maior sensibilização;
Facilidade em exteriorizar os fluidos;
Maior segurança;
Influência psíquica;
Dificuldade na manutenção das vibrações;
Desgaste.
11
O Espírito que combina, qualifica e direciona os
fluidos;
O médium que oferece seus fluidos;
O Paciente que deseja receber os fluidos.
Querer é Poder.
A vontade é o atributo essencial do Espírito, do ser pensante.
Com a ajuda dessa “alavanca”, ele (o espírito) age sobre a matéria
elementar e por uma ação consecutiva, reage seus compostos, cujas
propriedades íntimas podem assim ser transformadas. É assim que se
explica a faculdade de curar pela imposição das mãos.
(DENIS, Leon. No Invisível). 12
Sendo o Passe uma transfusão de fluidos, esta ação será
exercida segundo:
A Fonte dos Fluidos;
O Alcance dos Fluidos;
A Técnica.
13
PASSE ESPIRITUAL – Doação fluídica direta dos
espíritos ao paciente.
PASSE MAGNÉTICO – O fluido utilizado emana
basicamente do médium.
PASSE MISTO – Conta com a participação fluídica
dos espíritos e dos médiuns.
Este passe também recebe o nome de “PASSE
MEDIÚNICO”.
14
PASSE ESPIRITUAL – Atende os problemas de
ordem espiritual.
PASSE MAGNÉTICO – Atende aos problemas
orgânicos e perispirituais.
PASSE MISTO – Visa tratar todas as partes do ser:
• Corpo;
• Duplo etérico;
• Perispírito.
15
PASSE ESPIRITUAL – A técnica é a prece ou no
máximo imposição de mãos.
PASSE MAGNÉTICO – Aplicados segundo as
técnicas do magnetismo.
PASSE MISTO – Comunga a prece com outras
técnicas.
16
MAGNÉTICO ESPIRITUAL MISTO
17
18
19
O passe recebido com
fé irradia-se por todo
organismo.
A criatura descrente
torna-se refratária à
recepção do passe.
DISPERSSIVOS DE FLUIDOS
Passes com movimentos. Quanto mais vigorosos
são os movimentos, a ação dispersiva será maior.
CONCENTRADORES DE FLUIDOS
Passes lentos ou parados.
20
PRÓXIMOS – ATIVANTES / EXCITANTES
Distância inferior a 25 centímetros.
DISTANTES – CALMANTES / RELAXANTES
Distância superior a 25 centímetros.
21
LENTO CONCENTRADOR LENTO /
PERTO
CONCENTRADOR DE
ATIVANTES
RÁPIDO DISPERSIVO LENTO /
LONGE
CONCETRADOR DE
CALMANTES
PERTO ATIVANTE RÁPIDO /
PERTO
DISPERSIVO DE
ATIVANTES
LONGE CALMANTE RÁPIDO /
LONGE
DISPERSIVO DE
CALMANTES
22
Passes Individuais;
Passes Coletivos;
Auto-passe;
Passes Padronizados;
Passes à Distância;
Passes em Domicílio.
23
Fluidos Quentes;
Fluidos Frios;
Fluidos Mistos.
24
CONCENTRADORES
• Ativa os Centros de Força;
• Alinha os Centros de Força;
• Transfundi Fluidos.
DISPERSIVOS
• Retiram fluidos acumulados;
• Refrigeram os filtros do Centros;
• Limpam o campo psíquico.
25
Imposição de mãos;
Longitudinal;
Perpendicular;
Transversal;
Circular;
Insuflações.
26
Técnica Eminentemente Concentradora de Fluidos
Basta estender os braços para frente do corpo, pondo
a (s) mão (s) sobre a cabeça do (s) paciente (s)
(repetir a técnica três vezes);
Esta técnica pode ser aplicada individualmente ou
coletivamente;
A depender da distância pode ser:
• Concentrador de Ativantes – PERTO;
• Concentrador de Calmantes – LONGE.
27
Técnica Dispersiva de Fluidos
Traduz ao longo de... Nesta técnica de passes a
aplicação se dá ao longo do corpo do paciente, da
cabeça para os pés e de cima para baixo (repetir a
técnica três vezes);
Tem notável Poder Dispersivo e Ação Calmante, além
de regularizar a circulação sangüínea e fluídica;
Restabelece a harmonia das vibrações anímicas e
físicas, fazendo desaparecer as dores, e até curando de
imediato certas afecções (cefaléias e resfriados);
Auxilia e favorece a incorporação mediúnica
(psicofonia).
28
Técnica Extremamente Dispersiva de Fluidos
Devem se aplicados a um pequena distância do corpo do
paciente (< 15cm);
Seu poder de dispersão geral é muito ativo e extremamente
eficiente;
Usado para resolver problemas de tensões musculares nas costas;
Pode ser útil quando há concentrações fluídicas em grandes
regiões;
Normalmente devem ser aplicados com pacientes em pé, para
evitar os impedimentos naturais (repetir a técnica três vezes).
29
Técnica Essencialmente Dispersiva de Fluidos
Abre-se completamente os braços para fora do corpo, depois
rapidamente traz as para frente, movimentos intensos (repetir
três vezes);
Sua ação é muito efetiva quando se quer uma dispersão muito
intensa, tanto no sentido dos fluidos concentradores, quanto
para desfazer o estado de transe do paciente;
Usa-se para dispersar fluidos acumulados.
30
Técnica Essencialmente Dispersiva de Fluidos
Abre-se completamente os braços para fora do corpo, depois
rapidamente traz as para frente, movimentos intensos (repetir
três vezes);
Cruza-se os braços à frente do paciente com os antebraços
flexionados em direção ao ponto que se deseja dispersar.
31
Técnica muito Ativante e Excitante, provoca uma Forte
Concentração Fluídica
Usada para dispersão de fluidos e descongestionante em caso de
inflamações, obstruções e irritação faz principais vísceras (fígado,
rins, apêndice, intestinos);
É uma técnica que utiliza apenas o movimento circular do punho.
Destina-se a atendimentos de pequenas regiões. Aplicar três vezes.
32
Técnica muito Ativante e Excitante, provoca uma Forte
Concentração Fluídica
Movimenta braço e antebraço , as mãos ficam espalmadas ou
com dedos levemente arqueados. Destina-se a atendimentos de
grandes regiões;
O giro desta variante da técnica circular, normalmente é feito de
forma contínua (cada giro completo repetir três vezes).
33
Técnica Dispersiva:
Usados como dispersivos de fluidos essencialmente
na modalidade calmante, revigorador (revitalizante
dos tecidos) , dispersador de fluidos curativos (ex: a
mãe que sopra o machucado do filho), despertar
pacientes magneticamente adormecidos.
Usados ainda nos estados congestivos, depressão
nervosa, vertigens, colapso cardíaco, afastamento
de espíritos obsessores;
Procedimento: Enche os pulmões de ar e solta.
Expelir o ar aos poucos, mantendo a boca quase
fechada. (soprar velas);
Onde aplicar: Incorporações indesejadas, desmaios,
crise nervosa, dores de cabeça, convulsões, febres,
ataques nervosos.
Distância: > que 40 cm. 34
Técnica Concentradora:
Técnica demasiadamente excitante e concentradores
de ativantes;
Estimulante, cicatrizante , descongestionante (repara
tecidos lesados);
Procedimento: Encher os pulmões e soprar o ar com a
boca bem aberta.
Onde aplicar: Usados nas inflamações locais, dores em
geral (localizadas), queimaduras, úlceras varicosas,
câncer de pele, obstruções, asfixia, enxaquecas, dores
de ouvido. Não aplicar em lesões profundas e
aneurismas;
Usados Distância: < que 40 cm.
35
36
37
Recolhido em prece, o homem de boa vontade recebe
recursos do Plano Superior, projetando-os depois na
direção do enfermo ausente, cuja figura mentaliza.
38
Esqueça as próprias dores e deixe que as mãos de Jesus lhe penetrem a alma no sacerdócio do socorrer.
Enxugue o pranto dos olhos anônimos e pense as feridas dos estranhos nos caminhos por onde seguem os
infelizes.
Distenda a parcela de pão, levando aos lábios alheios a porção de alimento mensageiro da vida.
Ofereça o remédio calmante, conduzindo o bálsamo portador da saúde.
Recorra ao passe salutar, renovando a água pura com a aplicação de energias superiores para a recuperação
dos aflitos.
Não se faça desatento nem demore indiferente ante o espetáculo afligente que se dilata ante os seus olhos.
Jesus necessita das suas mãos para o ministério da vida abundante.
Deixe-se penetrar por Ele, esquecendo-se dos problemas que o escravizam ao poste da inutilidade.
De pouca valia serão as suas lágrimas se apenas expressam um abandono que não existe mas no qual você
acredita.
Sem significação redundam os seus sofrimentos, se eles somente refletem a solidão onde você se refugia,
deixando-se arrastar por injustificável pessimismo.
Para quem foi agraciado pela excelência da fé imortalista, não há como deter-se na contabilidade das dores
pessoais, longe da renovação que surge em cada instante como porta aberta à glória do bem.
Suas mãos no trabalho, médiuns das mãos de Jesus, são um poema de invencível amor.
Ofereça assim, os recursos da própria pequenez e permita que as divinas mãos do Cristo operem pelas suas.
Doe as horas excedentes dos seus dias à jornada abençoada com que o Mestre honra a sua vida, desde que foi
iluminada pela mensagem da Doutrina Espírita, que desdobra para o seu entendimento a epopéia da Cruz
como lição viva de libertação dos penates da carne.
Emoldure sua existência com as bênçãos resultantes das suas mãos compondo o poema da fraternidade em
derredor dos sofredores da Terra.
Suas mãos podem ser as alavancas do amor construindo o mundo novo.
(FRANCO, Divaldo Pereira. Sementes de Vida Eterna. Pelo Espírito de Amélia Rodrigues. Poema das Mãos).
39
“O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na
intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos
inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis.”
(Fernando Sabino).
40
“Curai os enfermos, ressuscitai os mortos, limpai os leprosos, expeli os
demônios; daí de graça o que de graça receberdes.”
(Mateus, 10:8).
41
“[...] e os apóstolos passaram a impor as mãos fraternas em nome
do Senhor e tornaram-se instrumentos da Divina Misericórdia.”
(Emmanuel).
42
43
44
45
“Se nos propomos, desse modo,
aprimorar nosso cosmo interior,
caminhando ao encontro dos tesouros
de amor e sabedoria que nos são
reservados, sintonizemos, no mundo, a
onda de nossa existência com a onda do
Cristo, e então edificaremos nas longas
curvas do tempo e do espaço o atalho
seguro que nos erguerá da Terra aos
píncaros da gloriosa imortalidade.”
(Do livro: XAVIER, Francisco Cândido
“Vozes do Grande Além”).
“A Cura depende da restruturação do pensamento.”
(Jaonna de Ângelis / Divaldo Pereira Franco).
46
47

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Obsessão
ObsessãoObsessão
Obsessão
 
Laboratorio do mundo invisivel
Laboratorio do mundo invisivel Laboratorio do mundo invisivel
Laboratorio do mundo invisivel
 
O PASSE
O PASSEO PASSE
O PASSE
 
curso de passe 2022.ppt
curso de passe 2022.pptcurso de passe 2022.ppt
curso de passe 2022.ppt
 
O Passe Magnético - seminário
O Passe Magnético - seminárioO Passe Magnético - seminário
O Passe Magnético - seminário
 
Comunicações mediúnicas!
Comunicações mediúnicas!Comunicações mediúnicas!
Comunicações mediúnicas!
 
O livro dos médiuns
O livro dos médiunsO livro dos médiuns
O livro dos médiuns
 
O passe espirita
O passe espiritaO passe espirita
O passe espirita
 
Centros de Força
Centros de ForçaCentros de Força
Centros de Força
 
O médium e o exercício mediúnico
O médium e o exercício mediúnicoO médium e o exercício mediúnico
O médium e o exercício mediúnico
 
Mediunidade aula 08 - efeitos inteligentes 1
Mediunidade   aula 08 - efeitos inteligentes 1Mediunidade   aula 08 - efeitos inteligentes 1
Mediunidade aula 08 - efeitos inteligentes 1
 
Médiuns e mediunidade!
Médiuns e mediunidade!Médiuns e mediunidade!
Médiuns e mediunidade!
 
Evangeliza - Mediunidade com Jesus
Evangeliza - Mediunidade com JesusEvangeliza - Mediunidade com Jesus
Evangeliza - Mediunidade com Jesus
 
Aula 2 CENTROS DE FORÇA
Aula 2 CENTROS DE FORÇAAula 2 CENTROS DE FORÇA
Aula 2 CENTROS DE FORÇA
 
Curso Passe - Editora Auta de Souza
Curso Passe - Editora Auta de SouzaCurso Passe - Editora Auta de Souza
Curso Passe - Editora Auta de Souza
 
O Poder do Pensamento
O Poder do PensamentoO Poder do Pensamento
O Poder do Pensamento
 
CURSO DE PASSES 2023
CURSO DE PASSES 2023CURSO DE PASSES 2023
CURSO DE PASSES 2023
 
Transtornos mentais, obsessão e o espiritismo
Transtornos mentais, obsessão e o espiritismoTranstornos mentais, obsessão e o espiritismo
Transtornos mentais, obsessão e o espiritismo
 
Esdei 01.04 pontos principais da doutrina espírita
Esdei 01.04 pontos principais da doutrina espíritaEsdei 01.04 pontos principais da doutrina espírita
Esdei 01.04 pontos principais da doutrina espírita
 
Sintonia e pensamento
Sintonia e pensamentoSintonia e pensamento
Sintonia e pensamento
 

Destaque

41 fluidoterapia -passes
41 fluidoterapia -passes41 fluidoterapia -passes
41 fluidoterapia -passes
Antonio SSantos
 

Destaque (11)

Curso do Passe Espírita - Associação Espírita Missionários da Luz - 2012 - Fe...
Curso do Passe Espírita - Associação Espírita Missionários da Luz - 2012 - Fe...Curso do Passe Espírita - Associação Espírita Missionários da Luz - 2012 - Fe...
Curso do Passe Espírita - Associação Espírita Missionários da Luz - 2012 - Fe...
 
Curso de passe
Curso de passeCurso de passe
Curso de passe
 
41 fluidoterapia -passes
41 fluidoterapia -passes41 fluidoterapia -passes
41 fluidoterapia -passes
 
16 o passe, responsabilidade do médium e assistidos
16   o  passe, responsabilidade do médium e assistidos16   o  passe, responsabilidade do médium e assistidos
16 o passe, responsabilidade do médium e assistidos
 
Apostila do Curso de Passe 2014
Apostila do Curso de Passe 2014Apostila do Curso de Passe 2014
Apostila do Curso de Passe 2014
 
O passe
O passe  O passe
O passe
 
Curso de Passe
Curso de PasseCurso de Passe
Curso de Passe
 
Prática 11 passe - Coem
Prática 11   passe - CoemPrática 11   passe - Coem
Prática 11 passe - Coem
 
Apostila do Curso de Passe 2016
Apostila do Curso de Passe 2016Apostila do Curso de Passe 2016
Apostila do Curso de Passe 2016
 
Estudo do passe e do magnetismo
Estudo do passe e do magnetismoEstudo do passe e do magnetismo
Estudo do passe e do magnetismo
 
Entendendo o Passe e a Fluidoterapia
Entendendo o Passe e a FluidoterapiaEntendendo o Passe e a Fluidoterapia
Entendendo o Passe e a Fluidoterapia
 

Semelhante a Evangeliza - Passe

Curso de Educação Mediúnica - aula 1
Curso de Educação Mediúnica - aula 1Curso de Educação Mediúnica - aula 1
Curso de Educação Mediúnica - aula 1
Percilia
 

Semelhante a Evangeliza - Passe (20)

Parte 2 adriana bispo
Parte 2   adriana bispoParte 2   adriana bispo
Parte 2 adriana bispo
 
Cap aula 6_laboratorio_de_aplicacao_i
Cap aula 6_laboratorio_de_aplicacao_iCap aula 6_laboratorio_de_aplicacao_i
Cap aula 6_laboratorio_de_aplicacao_i
 
ESTUDO SOBRE O PASSE ESPÍRITA 2022.pptx
ESTUDO SOBRE O PASSE ESPÍRITA 2022.pptxESTUDO SOBRE O PASSE ESPÍRITA 2022.pptx
ESTUDO SOBRE O PASSE ESPÍRITA 2022.pptx
 
Fluidoterapia, baseada em Allan Kardec
Fluidoterapia, baseada em Allan KardecFluidoterapia, baseada em Allan Kardec
Fluidoterapia, baseada em Allan Kardec
 
Passe suas técnicas e aplicações - Por Leonardo Pereira
Passe suas técnicas e aplicações  - Por Leonardo PereiraPasse suas técnicas e aplicações  - Por Leonardo Pereira
Passe suas técnicas e aplicações - Por Leonardo Pereira
 
Prática 11 passe - coem
Prática 11   passe - coemPrática 11   passe - coem
Prática 11 passe - coem
 
Parte 4 antônio fernandes
Parte 4   antônio fernandesParte 4   antônio fernandes
Parte 4 antônio fernandes
 
Cem aula5
Cem aula5Cem aula5
Cem aula5
 
Apostila terapias de SPA - Edduc
Apostila terapias de SPA - EdducApostila terapias de SPA - Edduc
Apostila terapias de SPA - Edduc
 
Campo de Energia Humana
Campo de Energia HumanaCampo de Energia Humana
Campo de Energia Humana
 
Fluidoterapia no heal 2016
Fluidoterapia no heal 2016Fluidoterapia no heal 2016
Fluidoterapia no heal 2016
 
Neurobiologia da fé Escola Paulista de Medicina março 2012
Neurobiologia da fé Escola Paulista de Medicina março 2012Neurobiologia da fé Escola Paulista de Medicina março 2012
Neurobiologia da fé Escola Paulista de Medicina março 2012
 
Parte 4 antônio fernandes
Parte 4   antônio fernandesParte 4   antônio fernandes
Parte 4 antônio fernandes
 
211459314 as-21-tecnicas-de-reiki-usadas-por-mikao-usui
211459314 as-21-tecnicas-de-reiki-usadas-por-mikao-usui211459314 as-21-tecnicas-de-reiki-usadas-por-mikao-usui
211459314 as-21-tecnicas-de-reiki-usadas-por-mikao-usui
 
Passes E Curas Espirituais
Passes E Curas EspirituaisPasses E Curas Espirituais
Passes E Curas Espirituais
 
PASSE ESPÍRITA.pptx
PASSE ESPÍRITA.pptxPASSE ESPÍRITA.pptx
PASSE ESPÍRITA.pptx
 
Curso de Educação Mediúnica - aula 1
Curso de Educação Mediúnica - aula 1Curso de Educação Mediúnica - aula 1
Curso de Educação Mediúnica - aula 1
 
Curso de-passes-março-2018
Curso de-passes-março-2018Curso de-passes-março-2018
Curso de-passes-março-2018
 
Apostila obsessão lar rubataiana -doc - 01 doc
Apostila obsessão   lar rubataiana -doc - 01 docApostila obsessão   lar rubataiana -doc - 01 doc
Apostila obsessão lar rubataiana -doc - 01 doc
 
Desobsessão
Desobsessão Desobsessão
Desobsessão
 

Mais de Antonino Silva

Mais de Antonino Silva (20)

Evangeliza - Religião dos Espíritos - O Teste
Evangeliza - Religião dos Espíritos - O TesteEvangeliza - Religião dos Espíritos - O Teste
Evangeliza - Religião dos Espíritos - O Teste
 
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns EsclarecedoresEvangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
 
Evangeliza - Reconciliação
Evangeliza - ReconciliaçãoEvangeliza - Reconciliação
Evangeliza - Reconciliação
 
Evangeliza - Problema do Ser
Evangeliza - Problema do SerEvangeliza - Problema do Ser
Evangeliza - Problema do Ser
 
Missão dos Espíritas
Missão dos EspíritasMissão dos Espíritas
Missão dos Espíritas
 
Autoconhecimento
AutoconhecimentoAutoconhecimento
Autoconhecimento
 
Tecnologia 5G
Tecnologia 5GTecnologia 5G
Tecnologia 5G
 
O Método Stutz
O Método StutzO Método Stutz
O Método Stutz
 
Evangeliza - Infortúnios Ocultos
Evangeliza - Infortúnios OcultosEvangeliza - Infortúnios Ocultos
Evangeliza - Infortúnios Ocultos
 
Evangeliza - A Páscoa
Evangeliza - A PáscoaEvangeliza - A Páscoa
Evangeliza - A Páscoa
 
Evangeliza - Quatro Forças do Dinheiro
Evangeliza - Quatro Forças do DinheiroEvangeliza - Quatro Forças do Dinheiro
Evangeliza - Quatro Forças do Dinheiro
 
Evangeliza - A Busca
Evangeliza - A BuscaEvangeliza - A Busca
Evangeliza - A Busca
 
Evangeliza - Desgraça Real
Evangeliza - Desgraça RealEvangeliza - Desgraça Real
Evangeliza - Desgraça Real
 
Evangeliza - O Evangelho de Jesus
Evangeliza - O Evangelho de JesusEvangeliza - O Evangelho de Jesus
Evangeliza - O Evangelho de Jesus
 
Evangeliza - A Lei de Amor
Evangeliza - A Lei de AmorEvangeliza - A Lei de Amor
Evangeliza - A Lei de Amor
 
Evangeliza - A disciplina do pensamento e a reforma do caráter
Evangeliza - A disciplina do pensamento e a reforma do caráterEvangeliza - A disciplina do pensamento e a reforma do caráter
Evangeliza - A disciplina do pensamento e a reforma do caráter
 
Evangeliza - Mediunidade nos animais
Evangeliza - Mediunidade nos animaisEvangeliza - Mediunidade nos animais
Evangeliza - Mediunidade nos animais
 
Evangeliza - As 5 Linguagens do Amor
Evangeliza - As 5 Linguagens do AmorEvangeliza - As 5 Linguagens do Amor
Evangeliza - As 5 Linguagens do Amor
 
Evangeliza - Mandalas
Evangeliza - MandalasEvangeliza - Mandalas
Evangeliza - Mandalas
 
Evangeliza - Não coloqueis a candeia debaixo do alqueire
Evangeliza - Não coloqueis a candeia debaixo do alqueireEvangeliza - Não coloqueis a candeia debaixo do alqueire
Evangeliza - Não coloqueis a candeia debaixo do alqueire
 

Último

Último (10)

Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
 
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
 
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
 
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdfEVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
 
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt
 
Oração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De CássiaOração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De Cássia
 
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
 
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptxBíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
 

Evangeliza - Passe

  • 1. 1
  • 2. “Do Céu já temos recebido tantas coisas, que para sermos honestos conosco e com o Grande Doador da Vida, nada mais deveríamos pedir, apenas agradecer, louvar e retribuir.” (MELO, Jacob – Manual do Passista). 2 "Aquilo que se faz por amor, parece ir sempre além dos limites do bem e do mal." (Friedrich Nietzsche).
  • 3. “O passe é uma transfusão de energias psíquicas […].” (Emmanuel – O Consolador, Cap. V questão 98). ================================================== O passe é uma transfusão de energias, alterando o campo celular. Na assistência, os recursos espirituais se entrosam entre a emissão e a recepção, ajudando a criatura necessitada para que ela ajude a si mesma. O passe, como reconhecemos, é importante contribuição para quem saiba recebê-lo, com respeito e a confiança que o valoriza. (Aulus/André Luiz – Nos Domínios da Mediunidade – Cap. XVII). 3
  • 4. O passe: transfusão de energias psíquicas e espirituais. A transmissão de fluidos terapêuticos, através do passe espírita, representa, como resultado a vontade de três agentes: O espírito que combina, qualifica e direciona os fluidos (espirituais); O médium que oferece seus fluidos (humanos); O assistido que deseja receber as energias. A transmissão de fluido ocorre quando os três agentes (ESPÍRITO, MÉDIUM E ASSISTIDO) estabelecem uma ligação perispiritual entre si. 4
  • 5. Através movimentos rítmicos e imposição de mãos: Dispersa energias congestionadas, faz assepsia para extrair energias ruins; Doa um novo suprimento. Segundo André Luiz, o passe tem as seguintes funções: Transfusão de energias anímicas; Equilibrante da mente; Apoio de tratamentos; Bloqueador de alucinações depressivas; Promove a assepsia. 5
  • 6. VONTADE = AGENTE PRINCIPAL PARA QUE A TRANSFERÊNCIA DE FLUIDOS SE PROCESSE. Requisitos para uma eficiente transmissão de fluidos: Vontade sincera de ajudar o próximo; Boas qualidade morais; Fé (conhecimento e certeza); Equilíbrio espiritual; Disciplina; Compreensão e respeito aos problemas humanos; Ligação com espíritos bons e curadores; Conhecimento específico do passe. 6
  • 7. Requisitos para uma eficiente recepção de fluidos: Vontade de melhorar-se; Desejar receber ajuda espiritual; Ter confiança no tipo de auxílio a ser recebido; Compromisso (assiduidade); Rever vícios (álcool, fumo, irritabilidade, derrotismo, outros); Lutar (Esforçar-se) para diminuir pensamentos negativos; Adquirir conhecimento sobre a transmissão dos fluidos; Encarar o passe como ato natural e não como um ritual, um culto, um ato místico e miraculoso. Cuidar da saúde física (alimentação, atividade física, repouso, meditação); Cuidar da saúde mental (paciência, oração, meditação); Água fluidificada (magnetizada, bioenergizada). 7
  • 9. O respeito a si mesmo; O respeito para com o paciente; O respeito para com a espiritualidade; Pureza de Sentimentos; Benevolência; Desejo de aliviar; Confiança em Deus; Seriedade; Disciplina; Qualificação; Prece. 9
  • 10. Dar o melhor de si; Compaixão (sensibilidade); Calma (confiança); Compromisso (renúncia); Estudar sempre (esclarecimento) – grupos de estudos; Cuidar da saúde física (alimentação, atividade física, repouso, meditação); Cuidar da saúde mental (paciência, oração, meditação). 10
  • 11. Maior sensibilização; Facilidade em exteriorizar os fluidos; Maior segurança; Influência psíquica; Dificuldade na manutenção das vibrações; Desgaste. 11
  • 12. O Espírito que combina, qualifica e direciona os fluidos; O médium que oferece seus fluidos; O Paciente que deseja receber os fluidos. Querer é Poder. A vontade é o atributo essencial do Espírito, do ser pensante. Com a ajuda dessa “alavanca”, ele (o espírito) age sobre a matéria elementar e por uma ação consecutiva, reage seus compostos, cujas propriedades íntimas podem assim ser transformadas. É assim que se explica a faculdade de curar pela imposição das mãos. (DENIS, Leon. No Invisível). 12
  • 13. Sendo o Passe uma transfusão de fluidos, esta ação será exercida segundo: A Fonte dos Fluidos; O Alcance dos Fluidos; A Técnica. 13
  • 14. PASSE ESPIRITUAL – Doação fluídica direta dos espíritos ao paciente. PASSE MAGNÉTICO – O fluido utilizado emana basicamente do médium. PASSE MISTO – Conta com a participação fluídica dos espíritos e dos médiuns. Este passe também recebe o nome de “PASSE MEDIÚNICO”. 14
  • 15. PASSE ESPIRITUAL – Atende os problemas de ordem espiritual. PASSE MAGNÉTICO – Atende aos problemas orgânicos e perispirituais. PASSE MISTO – Visa tratar todas as partes do ser: • Corpo; • Duplo etérico; • Perispírito. 15
  • 16. PASSE ESPIRITUAL – A técnica é a prece ou no máximo imposição de mãos. PASSE MAGNÉTICO – Aplicados segundo as técnicas do magnetismo. PASSE MISTO – Comunga a prece com outras técnicas. 16
  • 18. 18
  • 19. 19 O passe recebido com fé irradia-se por todo organismo. A criatura descrente torna-se refratária à recepção do passe.
  • 20. DISPERSSIVOS DE FLUIDOS Passes com movimentos. Quanto mais vigorosos são os movimentos, a ação dispersiva será maior. CONCENTRADORES DE FLUIDOS Passes lentos ou parados. 20
  • 21. PRÓXIMOS – ATIVANTES / EXCITANTES Distância inferior a 25 centímetros. DISTANTES – CALMANTES / RELAXANTES Distância superior a 25 centímetros. 21
  • 22. LENTO CONCENTRADOR LENTO / PERTO CONCENTRADOR DE ATIVANTES RÁPIDO DISPERSIVO LENTO / LONGE CONCETRADOR DE CALMANTES PERTO ATIVANTE RÁPIDO / PERTO DISPERSIVO DE ATIVANTES LONGE CALMANTE RÁPIDO / LONGE DISPERSIVO DE CALMANTES 22
  • 23. Passes Individuais; Passes Coletivos; Auto-passe; Passes Padronizados; Passes à Distância; Passes em Domicílio. 23
  • 25. CONCENTRADORES • Ativa os Centros de Força; • Alinha os Centros de Força; • Transfundi Fluidos. DISPERSIVOS • Retiram fluidos acumulados; • Refrigeram os filtros do Centros; • Limpam o campo psíquico. 25
  • 27. Técnica Eminentemente Concentradora de Fluidos Basta estender os braços para frente do corpo, pondo a (s) mão (s) sobre a cabeça do (s) paciente (s) (repetir a técnica três vezes); Esta técnica pode ser aplicada individualmente ou coletivamente; A depender da distância pode ser: • Concentrador de Ativantes – PERTO; • Concentrador de Calmantes – LONGE. 27
  • 28. Técnica Dispersiva de Fluidos Traduz ao longo de... Nesta técnica de passes a aplicação se dá ao longo do corpo do paciente, da cabeça para os pés e de cima para baixo (repetir a técnica três vezes); Tem notável Poder Dispersivo e Ação Calmante, além de regularizar a circulação sangüínea e fluídica; Restabelece a harmonia das vibrações anímicas e físicas, fazendo desaparecer as dores, e até curando de imediato certas afecções (cefaléias e resfriados); Auxilia e favorece a incorporação mediúnica (psicofonia). 28
  • 29. Técnica Extremamente Dispersiva de Fluidos Devem se aplicados a um pequena distância do corpo do paciente (< 15cm); Seu poder de dispersão geral é muito ativo e extremamente eficiente; Usado para resolver problemas de tensões musculares nas costas; Pode ser útil quando há concentrações fluídicas em grandes regiões; Normalmente devem ser aplicados com pacientes em pé, para evitar os impedimentos naturais (repetir a técnica três vezes). 29
  • 30. Técnica Essencialmente Dispersiva de Fluidos Abre-se completamente os braços para fora do corpo, depois rapidamente traz as para frente, movimentos intensos (repetir três vezes); Sua ação é muito efetiva quando se quer uma dispersão muito intensa, tanto no sentido dos fluidos concentradores, quanto para desfazer o estado de transe do paciente; Usa-se para dispersar fluidos acumulados. 30
  • 31. Técnica Essencialmente Dispersiva de Fluidos Abre-se completamente os braços para fora do corpo, depois rapidamente traz as para frente, movimentos intensos (repetir três vezes); Cruza-se os braços à frente do paciente com os antebraços flexionados em direção ao ponto que se deseja dispersar. 31
  • 32. Técnica muito Ativante e Excitante, provoca uma Forte Concentração Fluídica Usada para dispersão de fluidos e descongestionante em caso de inflamações, obstruções e irritação faz principais vísceras (fígado, rins, apêndice, intestinos); É uma técnica que utiliza apenas o movimento circular do punho. Destina-se a atendimentos de pequenas regiões. Aplicar três vezes. 32
  • 33. Técnica muito Ativante e Excitante, provoca uma Forte Concentração Fluídica Movimenta braço e antebraço , as mãos ficam espalmadas ou com dedos levemente arqueados. Destina-se a atendimentos de grandes regiões; O giro desta variante da técnica circular, normalmente é feito de forma contínua (cada giro completo repetir três vezes). 33
  • 34. Técnica Dispersiva: Usados como dispersivos de fluidos essencialmente na modalidade calmante, revigorador (revitalizante dos tecidos) , dispersador de fluidos curativos (ex: a mãe que sopra o machucado do filho), despertar pacientes magneticamente adormecidos. Usados ainda nos estados congestivos, depressão nervosa, vertigens, colapso cardíaco, afastamento de espíritos obsessores; Procedimento: Enche os pulmões de ar e solta. Expelir o ar aos poucos, mantendo a boca quase fechada. (soprar velas); Onde aplicar: Incorporações indesejadas, desmaios, crise nervosa, dores de cabeça, convulsões, febres, ataques nervosos. Distância: > que 40 cm. 34
  • 35. Técnica Concentradora: Técnica demasiadamente excitante e concentradores de ativantes; Estimulante, cicatrizante , descongestionante (repara tecidos lesados); Procedimento: Encher os pulmões e soprar o ar com a boca bem aberta. Onde aplicar: Usados nas inflamações locais, dores em geral (localizadas), queimaduras, úlceras varicosas, câncer de pele, obstruções, asfixia, enxaquecas, dores de ouvido. Não aplicar em lesões profundas e aneurismas; Usados Distância: < que 40 cm. 35
  • 36. 36
  • 37. 37
  • 38. Recolhido em prece, o homem de boa vontade recebe recursos do Plano Superior, projetando-os depois na direção do enfermo ausente, cuja figura mentaliza. 38
  • 39. Esqueça as próprias dores e deixe que as mãos de Jesus lhe penetrem a alma no sacerdócio do socorrer. Enxugue o pranto dos olhos anônimos e pense as feridas dos estranhos nos caminhos por onde seguem os infelizes. Distenda a parcela de pão, levando aos lábios alheios a porção de alimento mensageiro da vida. Ofereça o remédio calmante, conduzindo o bálsamo portador da saúde. Recorra ao passe salutar, renovando a água pura com a aplicação de energias superiores para a recuperação dos aflitos. Não se faça desatento nem demore indiferente ante o espetáculo afligente que se dilata ante os seus olhos. Jesus necessita das suas mãos para o ministério da vida abundante. Deixe-se penetrar por Ele, esquecendo-se dos problemas que o escravizam ao poste da inutilidade. De pouca valia serão as suas lágrimas se apenas expressam um abandono que não existe mas no qual você acredita. Sem significação redundam os seus sofrimentos, se eles somente refletem a solidão onde você se refugia, deixando-se arrastar por injustificável pessimismo. Para quem foi agraciado pela excelência da fé imortalista, não há como deter-se na contabilidade das dores pessoais, longe da renovação que surge em cada instante como porta aberta à glória do bem. Suas mãos no trabalho, médiuns das mãos de Jesus, são um poema de invencível amor. Ofereça assim, os recursos da própria pequenez e permita que as divinas mãos do Cristo operem pelas suas. Doe as horas excedentes dos seus dias à jornada abençoada com que o Mestre honra a sua vida, desde que foi iluminada pela mensagem da Doutrina Espírita, que desdobra para o seu entendimento a epopéia da Cruz como lição viva de libertação dos penates da carne. Emoldure sua existência com as bênçãos resultantes das suas mãos compondo o poema da fraternidade em derredor dos sofredores da Terra. Suas mãos podem ser as alavancas do amor construindo o mundo novo. (FRANCO, Divaldo Pereira. Sementes de Vida Eterna. Pelo Espírito de Amélia Rodrigues. Poema das Mãos). 39
  • 40. “O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis.” (Fernando Sabino). 40
  • 41. “Curai os enfermos, ressuscitai os mortos, limpai os leprosos, expeli os demônios; daí de graça o que de graça receberdes.” (Mateus, 10:8). 41
  • 42. “[...] e os apóstolos passaram a impor as mãos fraternas em nome do Senhor e tornaram-se instrumentos da Divina Misericórdia.” (Emmanuel). 42
  • 43. 43
  • 44. 44
  • 45. 45 “Se nos propomos, desse modo, aprimorar nosso cosmo interior, caminhando ao encontro dos tesouros de amor e sabedoria que nos são reservados, sintonizemos, no mundo, a onda de nossa existência com a onda do Cristo, e então edificaremos nas longas curvas do tempo e do espaço o atalho seguro que nos erguerá da Terra aos píncaros da gloriosa imortalidade.” (Do livro: XAVIER, Francisco Cândido “Vozes do Grande Além”). “A Cura depende da restruturação do pensamento.” (Jaonna de Ângelis / Divaldo Pereira Franco).
  • 46. 46
  • 47. 47