refletindo sobre a obsess�o

67.731 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

refletindo sobre a obsess�o

  1. 1. 5/23/2011
  2. 2. A OBSESSÃO <ul><ul><li>INFLUÊNCIAS ESPIRITUAIS: </li></ul></ul><ul><ul><li>De acordo com as afirmações que os espíritos deram a Kardec, nós, encarnados, na maioria das vezes somos influenciados por espíritos desencarnados. </li></ul></ul><ul><li>COMPANHIAS ESPIRITUAIS: </li></ul><ul><ul><li>O processo de influenciação, seja qual for o tipo, obedece à afinidade que um tem pelo outro. </li></ul></ul>5/23/2011
  3. 3. <ul><ul><li>O QUE É A OBSESSÃO: </li></ul></ul><ul><ul><li>É a ação persistente que um espírito mau (encarnado ou desencarnado) exerce sobre outro. </li></ul></ul><ul><li>GRADAÇÃO DAS OBSESSÕES: </li></ul><ul><ul><li>Em geral, a obsessão se instala gradativamente. </li></ul></ul><ul><ul><li>De início é sutil e, aos poucos, vai dominando a vítima, induzindo-a a cometer pequenos erros, até chegar a ponto de dominá-la por completo.Neste estágio, a vítima, em muitos casos, chega a ser desapropriada de sua vontade. </li></ul></ul>5/23/2011
  4. 4. <ul><ul><li>TIPOS DE OBSESSÕES: </li></ul></ul><ul><ul><li>Encarnado p/ Encarnado; </li></ul></ul><ul><ul><li>Desencarnado p/ Desencarnado; </li></ul></ul><ul><ul><li>Encarnado p/ Desencarnado; </li></ul></ul><ul><ul><li>Desencarnado p/ Encarnado; </li></ul></ul><ul><ul><li>Auto- Obsessão; </li></ul></ul><ul><ul><li>Obsessão Recíproca. </li></ul></ul><ul><ul><li>O QUE PREDISPÕE À OBSESSÃO: </li></ul></ul><ul><ul><li>As causas cármicas (débitos do passado) aproximam o cobrador, mas o que lhe dá condição de agir sobre o obsidiado é a invigilância do mesmo . </li></ul></ul><ul><ul><li>Somente existe obsessão porque há endividados,procuram-se através do tempo para acertar débitos. </li></ul></ul>5/23/2011
  5. 5. <ul><ul><li>INVIGILÂNCIA: A PORTA PARA A OBSESSÃO: </li></ul></ul><ul><ul><li>Estados emocionais que representam invigilância: Tristeza,desânimo, depressão,irritação, ódio,idéias negativas,pessimismo,medo,ciúme,avareza,ociosidade,impaciência, maledicência,calúnia,vícios grosseiros como o fumo, álcool, tóxicos,etc... </li></ul></ul><ul><ul><li>A ESCRAVIZAÇÃO DO PENSAMENTO: </li></ul></ul><ul><ul><li>Pensamento é força. Quando se aceita um pensamento ruim, emitido pelo obsessor, criam-se as condições para cada vez mais ser dominado até a subjugação. </li></ul></ul>5/23/2011
  6. 6. <ul><ul><li>PROCESSO OBSESSIVO: </li></ul></ul><ul><ul><li>Quando a vítima se mostra desprotegida e vacilante, o cobrador inicia seu ataque de forma contínua e persistente e assim vai dominando pouco a pouco. </li></ul></ul><ul><ul><li>CONSEQÜÊNCIAS DA OBSESSÃO: </li></ul></ul><ul><ul><li>Como conseqüência do ataque implacável, a vítima passa a viver sob o domínio quase total do obsessor, podendo esta ação causar inclusive problemas orgânicos na vítima. </li></ul></ul><ul><li>OBSIDIADO: </li></ul><ul><ul><li>É a vítima. </li></ul></ul>5/23/2011
  7. 7. <ul><ul><li>A CRIANÇA OBSIDIADA: </li></ul></ul><ul><ul><li>Geralmente é um espírito que já sofria perseguição na erraticidade. </li></ul></ul><ul><ul><li>Com o reencarne, o sofrimento é atenuado, porém, sofre desde cedo com estas influenciações. </li></ul></ul><ul><ul><li>QUEM É OBSESSOR: </li></ul></ul><ul><ul><li>É alguém como nós, sujeito a erros e acertos, que por não ter perdoado seu agressor e por estar ainda preso ao sentimento de revolta ou raiva, ataca sua vítima e tenta de todas as formas subjugá-la. </li></ul></ul>5/23/2011
  8. 8. <ul><ul><li>MODO DE AÇÃO DO OBSESSOR: </li></ul></ul><ul><ul><li>Age nas brechas morais que encontra na vítima e utiliza-se de todos os meios que dispuser para atingir seu objetivo. </li></ul></ul><ul><ul><li>Sutilmente a principio em delicado processo de hipnose,a idéia obsidente penetra na mente do futuro hospede que, desguardado das reservas morais começa a dar guarida ao pensamento infeliz. (Manoel Philomeno de Miranda) </li></ul></ul><ul><ul><li>Algumas vezes se une a outros espíritos e trabalham em conjunto para cercar a vítima de todos os lados. </li></ul></ul>5/23/2011
  9. 9. <ul><ul><li>Fascinação em grupos </li></ul></ul><ul><ul><li>Chamamos a atenção para o fato de que um grupo espírita pode cair por completo sob o domínio de Espíritos fascinadores. </li></ul></ul><ul><ul><li>Daí, a necessidade da vigilância e de se ter na vida administrativa da casa, normas bem definidas de trabalho e conduta. </li></ul></ul><ul><ul><li>A obsessão pode se desenvolver de forma epidêmica, junto a um grupo, a uma família ou uma sociedade. Pode ser desenvolvida por mais de um Espírito mau. </li></ul></ul>5/23/2011
  10. 10. <ul><ul><li>Princípios do tratamento </li></ul></ul><ul><ul><li>Mudança moral do paciente </li></ul></ul><ul><ul><li>Terapia de desobsessão </li></ul></ul><ul><ul><li>Esclarecimento do obsidiado e do obsessor: Kardec diz que “Obsessão se trata agindo sobre o encarnado e o desencarnado”. </li></ul></ul><ul><ul><li>Orientação a família do obsidiado /Evangelho no lar: Esclarecendo a família quanto à necessidade de praticar o evangelho no lar, o tratamento torna-se mais breve e eficaz, sendo que os benefícios são para todos. </li></ul></ul><ul><li>Fluidoterapia: Allan Kardec (A Gênese, 29ª ed., FEB, pg. 305) relata que “Nos casos de obsessão grave, o obsidiado fica como que envolto e impregnado de um fluido pernicioso, que neutraliza a ação dos fluidos salutares e os repele...” </li></ul>5/23/2011
  11. 11. <ul><ul><li>Leitura de livros espíritas e mensagens elevadas </li></ul></ul><ul><ul><li>Prece </li></ul></ul><ul><ul><li>&quot;Em todos os casos de obsessão, a prece é o mais poderoso auxiliar da ação contra o Espírito obsessor&quot; (Allan Kardec, O Evangelho Segundo o Espiritismo, 28:81). </li></ul></ul><ul><ul><li>Trabalho no Bem </li></ul></ul><ul><ul><li>Cuidados médicos </li></ul></ul><ul><ul><li>Importante - Só o médico poderá suspender o uso dos remédios. </li></ul></ul><ul><ul><li>Ação do Pensamento/ O poder da vontade: Se é verdade que pelo pensamento ruim nos “ afinizamos” com os espíritos inferiores, com o exercício do bom pensamento e com a vontade de melhorar e progredir, nos libertamos do antigo algoz e nos ligamos ao plano superior. </li></ul></ul>5/23/2011
  12. 12. Estudo baseado na obra: Obsessão / Desobsessão: Profilaxia e Terapêutica Espíritas Autora: SUELY CALDAS SCHUBERT 5/23/2011 Organização PowerPoint A Luz da Doutrina Espírita Grupo de Estudos Allan Kardec www.luzdoespiritismo.com

×