SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 30
•MULTIFUNCIONALIDADE DA
MEDUNIDADE
•O PAPEL DA AURA
•EXPANSIBILIDADE DO PERISPÍRITO
•VARIAÇÃO DAS FUNÇÕES DO
PSICOSSOMA
•O TRANSE
O que é o Espírito?
• É como uma chama!
• Ele utiliza de envoltórios nāo só neste
plano como em todos os outros.
• O Espírito é o ser pensante e tem como
atributo a inteligência, a vontade e o
pensamento.
O que é o PERISPÍRITO?
• É o corpo fluídico do Espírito.
• É composto de flúidos.
• É um processo de aglutinaçāo de flúidos.
• O Espírito entāo atrai do flúido do planeta
as partículas para composiçāo do seu
próprio perispírito.
PERISPÍRITO
• O perispírito nāo tem vida própria.
• Se retirarmos o Espírito do perispírito nāo
existe nada.
• O perispirito nāo age por si só, quem
executa é o Espírito através desta uniāo.
• .
CORPO MENTAL
• Ao longo da encarnaçāo o espírito
comanda o processo do funcionamento
celular através do pensamento, o
pensamento é produto da mente e a
mente é extra cerebral, ela está no corpo
mental.
• Do corpo mental vem as ondas de
pensamento que viaja os corpos
espirituais e atinge o corpo físico.
CORPO MENTAL
• O corpo mental é o software e o cerebro
físico uma peça. Se a peça estragar o
pensamento ou a consciencia continua
atuando em outro nível. (casos de quase
morte)
CORPOS
• Os corpos espirituais estāo sobrepostos,
ocupando o mesmo lugar em diferentes
espaços, em dimensões paralelas.
• Estāo vinculados moleculas a moleculas
de tal maneira que tudo que acontece em
um é repercutido no outro de forma
natural.
CORPOS
• O que vem da vibraçāo do Espírito, atinge
o corpo fisico e o que vem do corpo fisico
atinge o Espírito.
Duplo Etérico
• Sede da energia vital, cuja funçāo básica
é a ligaçāo do perispírito ao corpo físico.
 “Campo resultante de
emanações de natureza
eletromagnética, a envolver
todo corpo liquido, solido ou
gasoso.”
 A Aura humana é um retrato fiel
da consciência de seu dono.
Reflete a realidade evolutiva, o
padrão psíquico, situação
emocional e o estado físico. É o
conjunto das irradiações do
corpo físico e períspirito
A aura é energia em movimentação, que se expande no contorno do corpo,refletindo
saúde,sentimentos,virtudes e vícios.
Primeiro nível de contato.
Sua coloração depende da
elevação ou inferioridade
espiritual.
Compatibilidade energética. A aura é
sensível à totalidade do nosso ambiente
interno e externo. Eventos distantes,
globais ou cósmicos, podem alterar a aura.
Sintonia mediúnica entre os
Espíritos envolvidos.
“Para conhecer as coisas do
mundo visível e descobrir os
segredos da natureza material,
outorgou Deus, ao homem, a
vista corpórea.
Para penetrar o mundo
invisível, deu-lhe a
mediunidade”
O Evangelho seg. O Espiritismo- cap. XXVIII
FUNÇÕES
COMUNICAÇÃO
(contato)
CIENTÍFICA
(Conhecimento)
FILOSÓFICA
(Reflexão)
RELIGIOSA
(Religião)
PEDAGÓGICA
(Educação)
PSIQUIÁTRICA
(Desobsessão)
TERAPÊUTICA
(Cirurgia)
ARTÍSTICA
(Estética)
A importância da mediunidade é dada pela sua multifuncionalidade:
“O médium pode possuir
diversas aptidões mediúnicas”
“Há sempre uma dominante”
“Erro querer forçar o
desenvolvimento de uma
faculdade que não possui” L.M-
cap. XVI
O perispírito guarda alguma relação com a
mediunidade?
“Sim, o Espírito
comunicante age,
com seu perispírito,
sobre o perispírito do
médium”
“O fenômeno mediúnico
acontece, em grande parte,
devido à expansibilidade do
perispírito”
Perispírito e mediunidade
– Como Ocorre a comunicaçāo?
• 1-Espírito comunicante pensa
• 2-O pensamento é captado pelo perispírito do médium
• 3-O pensamento percorre canais perispirituais até
chegar ao cérebro do médium
• 4-Os canais perispirituais acionam mecanismos
orgânicos para completar a comunicaçāo
• 5-Condições necessárias:
• -Atraçāo e correspondência
• -Harmonizaçāo de vibrações
• -Encarnado eleva suas vibrações
• -Comunicante diminui as vibrações
Perispírito e mediunidade
Assimilaçāo de correntes mentais
• Percepçāo plena (consciência) do
pensamento captado
• É intérprete do desencarnado
• Expressará o pensamento captado de
acordo com suas capacidade intelectual,
domínio para filtrar o que for indevido
• Lembra de todo o processo
Perispírito e mediunidade
Assimilaçāo de correntes mentais
• Percepçāo parcial ou nāo tem percepçāo
• Só tem consciencia do que transmite à
medida que o pensamento captado chega
ao seu cérebro
• A filtragem exige um esforço maior para
evitar o que for indevido
• O médium lembra vagamente ou nāo
lembra da mensagem
TIPOS
DE
TRANSE
PATOLÓGICO
Estado mórbido com perda de noçāo
de tempo e espaço
(epilepsia,delirio febril,coma,desvios
do metabolismo)
PROVOCADO
Produto de uma vontade
Hipnotico,Quimico.Anímico,Noctípic
o e Mediúnico
TIPOS
DE
TRANSE
PATOLÓGICO
(epilético)
HIPNÓTICO
(induzido)
FARMACÓGE
NO
(provocado
por remedios)
ANÍMICO
(manifestaca
o do médium)
NOCTÍPICO
(sonho,desdobr
amento,sonamb
úlico)
MEDIÚNICO
(psicofônico,
psicográfico)
Produzido pelas drogas
conhecidas como psicolíticas
(mescalina-extraído do cacto,
alguns cogumelos, LSD-25, etc) e
por outras mais comuns como os
anestésicos
O processo pode se assemelhar ao hipnótico porém não se apóia na
sugestão, é provocado por meios químicos
Pode ocorrer um afrouxamento dos laços perispirituais
• Manifestação do Espírito do próprio
médiumANIMISMO
• O médium, em fase de intermitência
mediúnica, movido mais pela
insegurança do que pela vaidade,
simula estar mediunizado
MISTIFICAÇÃO
• Ação de má-fé, visando,
expressamente lucro ou benefício
pessoal e passa a forjar
comunicações e efeitos
FRAUDE
Certo desligamento do mundo exterior
Abrandamento da atividade consciencial própria
- O perispírito do médium, em processo de desprendimento, passa a
sofrer o influxo crescente do Espírito em vias de se comunicar
Com a conexão interperispirítica final, instala-se o processo de transe
O perispírito
do médium
se expande
O perispírito
do Espírito
comunicante
também se
expande
Uma atmosfera fluidico-
perispíritual comum é formada
COMBINAÇÃO FLUÍDICA
“A combinação, mais ou
menos fácil que o Espírito
faz dos seus fluidos com o
fluido animalizado
emanado do médium de
efeitos físicos, determina a
intensidade ou a potência
da manifestação física do
Espírito”
Allan Kardec
“Princípio de todas as
manifestações” -L.M- cap. VI
“Fator de contato e
comunicação entre os mundos
espiritual e físico” – Z.Z
“Instrumento, tanto do
comunicante como do
médium” -Z.Z
06   perespirito e mediunidade
06   perespirito e mediunidade

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Quarto Módulo - 8ª aula clarividência e vidência
Quarto Módulo - 8ª aula  clarividência e vidênciaQuarto Módulo - 8ª aula  clarividência e vidência
Quarto Módulo - 8ª aula clarividência e vidência
CeiClarencio
 
17 papel dos médiuns nas comunicações espiritas
17 papel dos médiuns nas comunicações espiritas17 papel dos médiuns nas comunicações espiritas
17 papel dos médiuns nas comunicações espiritas
Antonio SSantos
 
7ª aula desenvolvimento mediunico - coem
7ª aula   desenvolvimento mediunico - coem7ª aula   desenvolvimento mediunico - coem
7ª aula desenvolvimento mediunico - coem
Wagner Quadros
 
Aula o perispirito
Aula o perispiritoAula o perispirito
Aula o perispirito
duadv
 
A vida no mundo espiritual
A vida no mundo espiritualA vida no mundo espiritual
A vida no mundo espiritual
Graça Maciel
 

Mais procurados (20)

O processo obsessivo - obsessor e obsidiado - obsessão e loucura
O processo obsessivo - obsessor e obsidiado - obsessão e loucuraO processo obsessivo - obsessor e obsidiado - obsessão e loucura
O processo obsessivo - obsessor e obsidiado - obsessão e loucura
 
Perispírito
PerispíritoPerispírito
Perispírito
 
Quarto Módulo - 8ª aula clarividência e vidência
Quarto Módulo - 8ª aula  clarividência e vidênciaQuarto Módulo - 8ª aula  clarividência e vidência
Quarto Módulo - 8ª aula clarividência e vidência
 
Ensaio teórico das sensações e percepções dos Espíritos.
Ensaio teórico das sensações e percepções dos Espíritos.Ensaio teórico das sensações e percepções dos Espíritos.
Ensaio teórico das sensações e percepções dos Espíritos.
 
Desencarne na visão espírita
Desencarne na visão espíritaDesencarne na visão espírita
Desencarne na visão espírita
 
Estados de emancipação da alma-1,5hs
Estados de emancipação da alma-1,5hsEstados de emancipação da alma-1,5hs
Estados de emancipação da alma-1,5hs
 
Criações fluídicas
Criações fluídicasCriações fluídicas
Criações fluídicas
 
17 papel dos médiuns nas comunicações espiritas
17 papel dos médiuns nas comunicações espiritas17 papel dos médiuns nas comunicações espiritas
17 papel dos médiuns nas comunicações espiritas
 
MEDIUNIDADE E ESPIRITISMO
MEDIUNIDADE E ESPIRITISMOMEDIUNIDADE E ESPIRITISMO
MEDIUNIDADE E ESPIRITISMO
 
7ª aula desenvolvimento mediunico - coem
7ª aula   desenvolvimento mediunico - coem7ª aula   desenvolvimento mediunico - coem
7ª aula desenvolvimento mediunico - coem
 
Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2
Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2
Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulos XVI e XVII - Mecanismos ...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulos XVI e XVII - Mecanismos ...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulos XVI e XVII - Mecanismos ...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulos XVI e XVII - Mecanismos ...
 
2.6.8 Lembrancas da existencia corporal
2.6.8   Lembrancas da existencia corporal2.6.8   Lembrancas da existencia corporal
2.6.8 Lembrancas da existencia corporal
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIII - Alma e Fluidos - 0...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIII - Alma e Fluidos - 0...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIII - Alma e Fluidos - 0...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIII - Alma e Fluidos - 0...
 
Aula o perispirito
Aula o perispiritoAula o perispirito
Aula o perispirito
 
A vida no mundo espiritual
A vida no mundo espiritualA vida no mundo espiritual
A vida no mundo espiritual
 
Curso Básico de Espiritismo aula inaugural
Curso Básico de Espiritismo aula inauguralCurso Básico de Espiritismo aula inaugural
Curso Básico de Espiritismo aula inaugural
 
Transe mediúnico
Transe mediúnicoTranse mediúnico
Transe mediúnico
 
Temor da morte – Livro dos Espíritos
Temor  da  morte – Livro dos EspíritosTemor  da  morte – Livro dos Espíritos
Temor da morte – Livro dos Espíritos
 
O CARÁTER EDUCATIVO DA DOR
O CARÁTER EDUCATIVO DA DORO CARÁTER EDUCATIVO DA DOR
O CARÁTER EDUCATIVO DA DOR
 

Destaque

Perispirito
PerispiritoPerispirito
Perispirito
john2011
 
Prática mediúnica - perispírito
Prática mediúnica - perispíritoPrática mediúnica - perispírito
Prática mediúnica - perispírito
FEEAK
 
Primeiro Módulo - Aulas 7 e 8 - Perispirito e centros de força
Primeiro Módulo - Aulas 7 e 8 - Perispirito e centros de forçaPrimeiro Módulo - Aulas 7 e 8 - Perispirito e centros de força
Primeiro Módulo - Aulas 7 e 8 - Perispirito e centros de força
CeiClarencio
 
Quarto Módulo - 6ª aula - Glandula pineal
Quarto Módulo - 6ª aula - Glandula pinealQuarto Módulo - 6ª aula - Glandula pineal
Quarto Módulo - 6ª aula - Glandula pineal
CeiClarencio
 
Os centros de força e a pineal
Os centros de força e a pinealOs centros de força e a pineal
Os centros de força e a pineal
Graça Maciel
 
Epífise ou Glândula Pineal
Epífise ou Glândula PinealEpífise ou Glândula Pineal
Epífise ou Glândula Pineal
Wilma Badan C.G.
 

Destaque (20)

Epifise - Luiz Lima
Epifise - Luiz LimaEpifise - Luiz Lima
Epifise - Luiz Lima
 
Sintomas da mediunidade
Sintomas da mediunidadeSintomas da mediunidade
Sintomas da mediunidade
 
Sintomas precursores da mediunidade
Sintomas precursores da mediunidadeSintomas precursores da mediunidade
Sintomas precursores da mediunidade
 
Perispirito
PerispiritoPerispirito
Perispirito
 
Perispirito
PerispiritoPerispirito
Perispirito
 
Prática mediúnica - perispírito
Prática mediúnica - perispíritoPrática mediúnica - perispírito
Prática mediúnica - perispírito
 
Perispirito
PerispiritoPerispirito
Perispirito
 
Olm 100929-inconvenientes e perigos-papel do médium nas comunicações
Olm 100929-inconvenientes e perigos-papel do médium nas comunicaçõesOlm 100929-inconvenientes e perigos-papel do médium nas comunicações
Olm 100929-inconvenientes e perigos-papel do médium nas comunicações
 
( Espiritismo) perispirito, aspectos gerais e implicacoes na mediunidade
( Espiritismo)   perispirito, aspectos gerais e implicacoes na mediunidade( Espiritismo)   perispirito, aspectos gerais e implicacoes na mediunidade
( Espiritismo) perispirito, aspectos gerais e implicacoes na mediunidade
 
Primeiro Módulo - Aulas 7 e 8 - Perispirito e centros de força
Primeiro Módulo - Aulas 7 e 8 - Perispirito e centros de forçaPrimeiro Módulo - Aulas 7 e 8 - Perispirito e centros de força
Primeiro Módulo - Aulas 7 e 8 - Perispirito e centros de força
 
Devassando o perispirito
Devassando o perispiritoDevassando o perispirito
Devassando o perispirito
 
Quarto Módulo - 6ª aula - Glandula pineal
Quarto Módulo - 6ª aula - Glandula pinealQuarto Módulo - 6ª aula - Glandula pineal
Quarto Módulo - 6ª aula - Glandula pineal
 
Os centros de força e a pineal
Os centros de força e a pinealOs centros de força e a pineal
Os centros de força e a pineal
 
Epífise ou Glândula Pineal
Epífise ou Glândula PinealEpífise ou Glândula Pineal
Epífise ou Glândula Pineal
 
Plexo
PlexoPlexo
Plexo
 
Aula M1 (27/01/2012) - Edgard Armond
Aula M1 (27/01/2012) - Edgard ArmondAula M1 (27/01/2012) - Edgard Armond
Aula M1 (27/01/2012) - Edgard Armond
 
Seminário perispírito use piracicaba
Seminário perispírito use piracicabaSeminário perispírito use piracicaba
Seminário perispírito use piracicaba
 
Fluidos e perispírito
Fluidos e perispíritoFluidos e perispírito
Fluidos e perispírito
 
Fluidos e perispirito-rosana_c
Fluidos e perispirito-rosana_cFluidos e perispirito-rosana_c
Fluidos e perispirito-rosana_c
 
61 oitava categoria e caso 01
61   oitava categoria e caso 0161   oitava categoria e caso 01
61 oitava categoria e caso 01
 

Semelhante a 06 perespirito e mediunidade

51 desdobramento animico (apometria)
51 desdobramento animico (apometria)51 desdobramento animico (apometria)
51 desdobramento animico (apometria)
Antonio SSantos
 
Desdobramento animico apometria (autoria desconhecida)
Desdobramento animico   apometria (autoria desconhecida)Desdobramento animico   apometria (autoria desconhecida)
Desdobramento animico apometria (autoria desconhecida)
lilianehenz
 
Desdobramento animico apometria (autoria desconhecida)
Desdobramento animico   apometria (autoria desconhecida)Desdobramento animico   apometria (autoria desconhecida)
Desdobramento animico apometria (autoria desconhecida)
lilianehenz
 

Semelhante a 06 perespirito e mediunidade (20)

Perispirito ppt
Perispirito   pptPerispirito   ppt
Perispirito ppt
 
4 prticamedinica-perisprito-110324150330-phpapp02 (1)
4 prticamedinica-perisprito-110324150330-phpapp02 (1)4 prticamedinica-perisprito-110324150330-phpapp02 (1)
4 prticamedinica-perisprito-110324150330-phpapp02 (1)
 
Espiritismo e mediunidade 08
Espiritismo e mediunidade 08Espiritismo e mediunidade 08
Espiritismo e mediunidade 08
 
Mecanismo das comunicações - Afinidade - Sintonia
Mecanismo das comunicações - Afinidade  - SintoniaMecanismo das comunicações - Afinidade  - Sintonia
Mecanismo das comunicações - Afinidade - Sintonia
 
Mediunidade
MediunidadeMediunidade
Mediunidade
 
Espiritismo e mediunidade 07
Espiritismo e mediunidade  07Espiritismo e mediunidade  07
Espiritismo e mediunidade 07
 
Perispirito
PerispiritoPerispirito
Perispirito
 
51 desdobramento animico (apometria)
51 desdobramento animico (apometria)51 desdobramento animico (apometria)
51 desdobramento animico (apometria)
 
Apometria
ApometriaApometria
Apometria
 
Desdobramento animico apometria (autoria desconhecida)
Desdobramento animico   apometria (autoria desconhecida)Desdobramento animico   apometria (autoria desconhecida)
Desdobramento animico apometria (autoria desconhecida)
 
Desdobramento animico apometria (autoria desconhecida)
Desdobramento animico   apometria (autoria desconhecida)Desdobramento animico   apometria (autoria desconhecida)
Desdobramento animico apometria (autoria desconhecida)
 
Funesdoperespirito 151017123618-lva1-app6892
Funesdoperespirito 151017123618-lva1-app6892Funesdoperespirito 151017123618-lva1-app6892
Funesdoperespirito 151017123618-lva1-app6892
 
Parte 1 cláudia campos
Parte 1   cláudia camposParte 1   cláudia campos
Parte 1 cláudia campos
 
O Perispirito
O PerispiritoO Perispirito
O Perispirito
 
Espiritismo e mediunidade 05
Espiritismo e mediunidade 05Espiritismo e mediunidade 05
Espiritismo e mediunidade 05
 
Períspirito ni 1 aula11
Períspirito ni 1 aula11Períspirito ni 1 aula11
Períspirito ni 1 aula11
 
2.1.4 perispirito
2.1.4   perispirito2.1.4   perispirito
2.1.4 perispirito
 
Perispírito e suas propriedades
Perispírito e suas propriedades Perispírito e suas propriedades
Perispírito e suas propriedades
 
Perispirito1
Perispirito1Perispirito1
Perispirito1
 
2ª aula mediunidade classificação - coem
2ª aula   mediunidade classificação - coem2ª aula   mediunidade classificação - coem
2ª aula mediunidade classificação - coem
 

Mais de carlos freire

2016 02-05-ciclo ce-lei-de_adoracao_prece_evangelho-marisal
2016 02-05-ciclo ce-lei-de_adoracao_prece_evangelho-marisal2016 02-05-ciclo ce-lei-de_adoracao_prece_evangelho-marisal
2016 02-05-ciclo ce-lei-de_adoracao_prece_evangelho-marisal
carlos freire
 

Mais de carlos freire (20)

magnetismo-fluidos e perispirito
magnetismo-fluidos e perispiritomagnetismo-fluidos e perispirito
magnetismo-fluidos e perispirito
 
animismo e-mediunidade
animismo e-mediunidade animismo e-mediunidade
animismo e-mediunidade
 
Cm 6a aula-o-pensamento
Cm 6a aula-o-pensamentoCm 6a aula-o-pensamento
Cm 6a aula-o-pensamento
 
O papel da ciencia na genese
  O papel da ciencia na genese  O papel da ciencia na genese
O papel da ciencia na genese
 
Aula 03 FCU - Fluído Cósmico ou Universal
Aula 03 FCU - Fluído Cósmico ou UniversalAula 03 FCU - Fluído Cósmico ou Universal
Aula 03 FCU - Fluído Cósmico ou Universal
 
Fe esperanca-e-caridade
Fe esperanca-e-caridadeFe esperanca-e-caridade
Fe esperanca-e-caridade
 
02 genese cap 02 de 1-19 existencia de deus
02 genese cap 02 de 1-19 existencia de deus02 genese cap 02 de 1-19 existencia de deus
02 genese cap 02 de 1-19 existencia de deus
 
01 carater revelacao espirita
01 carater revelacao espirita01 carater revelacao espirita
01 carater revelacao espirita
 
2016 02-05-cicloce-leideadoracaopreceevangelho-marisal-170830003409
2016 02-05-cicloce-leideadoracaopreceevangelho-marisal-1708300034092016 02-05-cicloce-leideadoracaopreceevangelho-marisal-170830003409
2016 02-05-cicloce-leideadoracaopreceevangelho-marisal-170830003409
 
sede perfeitos - evangelho segundo o espiritismo
   sede perfeitos - evangelho segundo o espiritismo   sede perfeitos - evangelho segundo o espiritismo
sede perfeitos - evangelho segundo o espiritismo
 
2016 02-05-ciclo ce-lei-de_adoracao_prece_evangelho-marisal
2016 02-05-ciclo ce-lei-de_adoracao_prece_evangelho-marisal2016 02-05-ciclo ce-lei-de_adoracao_prece_evangelho-marisal
2016 02-05-ciclo ce-lei-de_adoracao_prece_evangelho-marisal
 
Caracteres da lei natural
Caracteres da lei natural Caracteres da lei natural
Caracteres da lei natural
 
Que a mão esquerda não saiba o que faz a direita - evangelho
   Que a mão esquerda não saiba o que faz a direita - evangelho   Que a mão esquerda não saiba o que faz a direita - evangelho
Que a mão esquerda não saiba o que faz a direita - evangelho
 
Os tres reinos
Os tres reinosOs tres reinos
Os tres reinos
 
1) perdao--das-ofensas
1) perdao--das-ofensas1) perdao--das-ofensas
1) perdao--das-ofensas
 
A fé que transporta montanhas - evangelho
   A fé que transporta montanhas - evangelho   A fé que transporta montanhas - evangelho
A fé que transporta montanhas - evangelho
 
Fluído cósmico ( Ou universal 0 e seus derivados
Fluído cósmico ( Ou universal 0 e seus derivadosFluído cósmico ( Ou universal 0 e seus derivados
Fluído cósmico ( Ou universal 0 e seus derivados
 
Os trabalhadores da ultima hora - Evangelho Segundo o Espiritismo
Os trabalhadores da ultima hora - Evangelho Segundo o EspiritismoOs trabalhadores da ultima hora - Evangelho Segundo o Espiritismo
Os trabalhadores da ultima hora - Evangelho Segundo o Espiritismo
 
Reencarnacao como processo_educativo-samara_n
Reencarnacao como processo_educativo-samara_nReencarnacao como processo_educativo-samara_n
Reencarnacao como processo_educativo-samara_n
 
Aula 05 ninguém pode ver o reino de deus... - evangelho
Aula 05   ninguém pode ver o reino de deus... - evangelhoAula 05   ninguém pode ver o reino de deus... - evangelho
Aula 05 ninguém pode ver o reino de deus... - evangelho
 

Último

Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
StelaWilbert
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
MilyFonceca
 

Último (14)

Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
 
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
 
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdfpdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
 
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxEspecialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
 
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
 
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para AutoconhecimentoHermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
 
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
 
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
 
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - ApresentaçãoCurso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
 

06 perespirito e mediunidade

  • 1.
  • 2. •MULTIFUNCIONALIDADE DA MEDUNIDADE •O PAPEL DA AURA •EXPANSIBILIDADE DO PERISPÍRITO •VARIAÇÃO DAS FUNÇÕES DO PSICOSSOMA •O TRANSE
  • 3. O que é o Espírito? • É como uma chama! • Ele utiliza de envoltórios nāo só neste plano como em todos os outros. • O Espírito é o ser pensante e tem como atributo a inteligência, a vontade e o pensamento.
  • 4. O que é o PERISPÍRITO? • É o corpo fluídico do Espírito. • É composto de flúidos. • É um processo de aglutinaçāo de flúidos. • O Espírito entāo atrai do flúido do planeta as partículas para composiçāo do seu próprio perispírito.
  • 5. PERISPÍRITO • O perispírito nāo tem vida própria. • Se retirarmos o Espírito do perispírito nāo existe nada. • O perispirito nāo age por si só, quem executa é o Espírito através desta uniāo. • .
  • 6. CORPO MENTAL • Ao longo da encarnaçāo o espírito comanda o processo do funcionamento celular através do pensamento, o pensamento é produto da mente e a mente é extra cerebral, ela está no corpo mental. • Do corpo mental vem as ondas de pensamento que viaja os corpos espirituais e atinge o corpo físico.
  • 7. CORPO MENTAL • O corpo mental é o software e o cerebro físico uma peça. Se a peça estragar o pensamento ou a consciencia continua atuando em outro nível. (casos de quase morte)
  • 8. CORPOS • Os corpos espirituais estāo sobrepostos, ocupando o mesmo lugar em diferentes espaços, em dimensões paralelas. • Estāo vinculados moleculas a moleculas de tal maneira que tudo que acontece em um é repercutido no outro de forma natural.
  • 9. CORPOS • O que vem da vibraçāo do Espírito, atinge o corpo fisico e o que vem do corpo fisico atinge o Espírito.
  • 10. Duplo Etérico • Sede da energia vital, cuja funçāo básica é a ligaçāo do perispírito ao corpo físico.
  • 11.  “Campo resultante de emanações de natureza eletromagnética, a envolver todo corpo liquido, solido ou gasoso.”  A Aura humana é um retrato fiel da consciência de seu dono. Reflete a realidade evolutiva, o padrão psíquico, situação emocional e o estado físico. É o conjunto das irradiações do corpo físico e períspirito
  • 12. A aura é energia em movimentação, que se expande no contorno do corpo,refletindo saúde,sentimentos,virtudes e vícios. Primeiro nível de contato. Sua coloração depende da elevação ou inferioridade espiritual. Compatibilidade energética. A aura é sensível à totalidade do nosso ambiente interno e externo. Eventos distantes, globais ou cósmicos, podem alterar a aura. Sintonia mediúnica entre os Espíritos envolvidos.
  • 13. “Para conhecer as coisas do mundo visível e descobrir os segredos da natureza material, outorgou Deus, ao homem, a vista corpórea. Para penetrar o mundo invisível, deu-lhe a mediunidade” O Evangelho seg. O Espiritismo- cap. XXVIII
  • 15. “O médium pode possuir diversas aptidões mediúnicas” “Há sempre uma dominante” “Erro querer forçar o desenvolvimento de uma faculdade que não possui” L.M- cap. XVI
  • 16. O perispírito guarda alguma relação com a mediunidade? “Sim, o Espírito comunicante age, com seu perispírito, sobre o perispírito do médium”
  • 17. “O fenômeno mediúnico acontece, em grande parte, devido à expansibilidade do perispírito”
  • 18. Perispírito e mediunidade – Como Ocorre a comunicaçāo? • 1-Espírito comunicante pensa • 2-O pensamento é captado pelo perispírito do médium • 3-O pensamento percorre canais perispirituais até chegar ao cérebro do médium • 4-Os canais perispirituais acionam mecanismos orgânicos para completar a comunicaçāo • 5-Condições necessárias: • -Atraçāo e correspondência • -Harmonizaçāo de vibrações • -Encarnado eleva suas vibrações • -Comunicante diminui as vibrações
  • 19. Perispírito e mediunidade Assimilaçāo de correntes mentais • Percepçāo plena (consciência) do pensamento captado • É intérprete do desencarnado • Expressará o pensamento captado de acordo com suas capacidade intelectual, domínio para filtrar o que for indevido • Lembra de todo o processo
  • 20. Perispírito e mediunidade Assimilaçāo de correntes mentais • Percepçāo parcial ou nāo tem percepçāo • Só tem consciencia do que transmite à medida que o pensamento captado chega ao seu cérebro • A filtragem exige um esforço maior para evitar o que for indevido • O médium lembra vagamente ou nāo lembra da mensagem
  • 21. TIPOS DE TRANSE PATOLÓGICO Estado mórbido com perda de noçāo de tempo e espaço (epilepsia,delirio febril,coma,desvios do metabolismo) PROVOCADO Produto de uma vontade Hipnotico,Quimico.Anímico,Noctípic o e Mediúnico
  • 22. TIPOS DE TRANSE PATOLÓGICO (epilético) HIPNÓTICO (induzido) FARMACÓGE NO (provocado por remedios) ANÍMICO (manifestaca o do médium) NOCTÍPICO (sonho,desdobr amento,sonamb úlico) MEDIÚNICO (psicofônico, psicográfico)
  • 23. Produzido pelas drogas conhecidas como psicolíticas (mescalina-extraído do cacto, alguns cogumelos, LSD-25, etc) e por outras mais comuns como os anestésicos O processo pode se assemelhar ao hipnótico porém não se apóia na sugestão, é provocado por meios químicos Pode ocorrer um afrouxamento dos laços perispirituais
  • 24. • Manifestação do Espírito do próprio médiumANIMISMO • O médium, em fase de intermitência mediúnica, movido mais pela insegurança do que pela vaidade, simula estar mediunizado MISTIFICAÇÃO • Ação de má-fé, visando, expressamente lucro ou benefício pessoal e passa a forjar comunicações e efeitos FRAUDE
  • 25. Certo desligamento do mundo exterior Abrandamento da atividade consciencial própria - O perispírito do médium, em processo de desprendimento, passa a sofrer o influxo crescente do Espírito em vias de se comunicar Com a conexão interperispirítica final, instala-se o processo de transe
  • 26. O perispírito do médium se expande O perispírito do Espírito comunicante também se expande Uma atmosfera fluidico- perispíritual comum é formada
  • 27. COMBINAÇÃO FLUÍDICA “A combinação, mais ou menos fácil que o Espírito faz dos seus fluidos com o fluido animalizado emanado do médium de efeitos físicos, determina a intensidade ou a potência da manifestação física do Espírito” Allan Kardec
  • 28. “Princípio de todas as manifestações” -L.M- cap. VI “Fator de contato e comunicação entre os mundos espiritual e físico” – Z.Z “Instrumento, tanto do comunicante como do médium” -Z.Z