UTILIZAÇÃO   DE   REDES SOCIAIS        NA   WEB
COMO   ESTÍMULO À INTERAÇÃO E AO APRENDIZADO




               CLAUDIO LI...
Pág. 3
Pág. 5
Pág. 6
TEORIA




                                         PLANEJAMENTO
   AVALIAÇÃO            FAZER               (Oliveira &
 ...
Estímulo à socialização dos jovens, mais notadamente em relação
 àqueles que apresentavam comportamento mais introspectivo...
Incremento nas competências sociais:
       - troca de informações em equipe (chat e e-mail);
       - melhora na articula...
Incremento nas competências técnicas:
      - adaptabilidade a novas situações/regras/paradigmas;
      - uso mais eficien...
Considerações finais


 Houve indicativos de que a utilização de ferramentas de interação da rede
  social favoreceu posi...
Referências

 AMARAL, Adriana, RECUERO, Raquel, MONTARDO, Sandra (orgs) Blogs.com - Estudos
  sobre blogs e comunicação. ...
Contato


    claudiolima@feevale.br

    http://twitter.com/claudiodelima

    http://claudiodelima.spaces.live.com




A...
Redes sociais como estímulo à interação e ao aprendizado
Redes sociais como estímulo à interação e ao aprendizado
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Redes sociais como estímulo à interação e ao aprendizado

1.080 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.080
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Redes sociais como estímulo à interação e ao aprendizado

  1. 1. UTILIZAÇÃO DE REDES SOCIAIS NA WEB COMO ESTÍMULO À INTERAÇÃO E AO APRENDIZADO CLAUDIO LIMA - ESTÁGIO I
  2. 2. Pág. 3
  3. 3. Pág. 5
  4. 4. Pág. 6
  5. 5. TEORIA PLANEJAMENTO AVALIAÇÃO FAZER (Oliveira & Chadwick, (Hoffmann, Zabala) PEDAGÓGICO Vasconcelos) CURRÍCULO e FLEXIBILIDADE (Zabala, Coll)
  6. 6. Estímulo à socialização dos jovens, mais notadamente em relação àqueles que apresentavam comportamento mais introspectivo; “Achei a rede social é muito interessante para que nós, alunos, possamos nos comunicar não só durante o curso, mas também após o término do mesmo! Eu sou tímida e através do ning já consegui fazer amigos. É mais fácil conversar aqui. Temos a chance de conhecer os alunos dos outros turnos, conversar sobre o projeto e muitas coisas (D.N.S., 14 anos) Pág. 8
  7. 7. Incremento nas competências sociais: - troca de informações em equipe (chat e e-mail); - melhora na articulação escrita (blog); - exposição e defesa de ideias (fórum); Bom, o Ning está sendo ótimo! Pois a turma da manhã pode se comunicar com a da tarde, enteragirem e dividir seus conhecimentos; assim é possível ter amigos não só na sua turma, mas na outra também! Além do mais as turmas podem tornar-se amigas entre si, coisa que talvez não aconteceria se não fosse criado o Ning! (B.S., 18 anos). Pág. 9
  8. 8. Incremento nas competências técnicas: - adaptabilidade a novas situações/regras/paradigmas; - uso mais eficiente ferramentas de comunicação digital; “Eu já possuía blog, mas não utilizava, porque não sabia como. Gostei pois com ele podemos estar por dentro das novidades do mundo, compartilhá-las e deixar nossa opinião sobre o assunto com a mesma rapidez com que os fatos acontecem (M.V.N. 17 anos). Pág. 10
  9. 9. Considerações finais  Houve indicativos de que a utilização de ferramentas de interação da rede social favoreceu positivamente a interação entre os membros;  O espaço virtual proporcionado pelas redes sociais é propício à educação;  infere-se que as habilidades sociais desenvolvidas em rede social estendam- se à vida social extra e pós-escola;  após o retorno positivo deste estudo, considera-se que as ferramentas de comunicação assíncronas oferecem um espaço de integração com as novas turmas e a possibilidade de formação continuada dos ex-alunos; Pág. 11
  10. 10. Referências  AMARAL, Adriana, RECUERO, Raquel, MONTARDO, Sandra (orgs) Blogs.com - Estudos sobre blogs e comunicação. Momento Editorial: 2009.  PRIMO, A F T (2001) Ferramentas de interação em ambientes educacionais mediados por computador. Educação, v. XXIV, n. 44, p. 127-149, 2001.  RECUERO, Raquel. Redes sociais na Internet. Porto Alegre: Sulina, 2009.  SILVA, Marco. Sala de aula interativa. 3a ed. Rio de Janeiro: Quartet, 2002  ZABALA, Antoni. A prática educativa: como ensinar. Artmed: Porto Alegre, 1998. Pág. 12
  11. 11. Contato claudiolima@feevale.br http://twitter.com/claudiodelima http://claudiodelima.spaces.live.com Apresentação disponível no Slideshare: http://www.slideshare.net/claudiodelima Pág. 13

×