Educação e Redes Sociais

763 visualizações

Publicada em

A utilização das redes sociais como plataformas de ensino é uma opção para a construção do relacionamento entre os alunos e professores. Sendo assim, esses professores e alunos usam algumas redes para trocar experiências, avaliações e conteúdos com informações de aprendizagem em todos os níveis de estudos. As redes sociais têm sido utilizadas por professores como plataforma de intercâmbio de informação e comunicação.

Publicada em: Educação
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
763
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
24
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Educação e Redes Sociais

  1. 1. Projeto Érika Sinara Lustosa Pós-Graduação em Informática na Educação Universidade Federal do Piauí
  2. 2. Realidade das nossas escolas O que os nossos alunos esperam
  3. 3. TEMA: Professor x aluno: como usar o Facebook como ferramenta de interação e mediação no processo de Ensino Aprendizagem.
  4. 4. Culminância do Projeto Realização de Capacitação com Professores do município de São Gonçalo do Gurguéia, da Rede Municipal e Estadual, com vista a apresentar um novo perfil desses profissionais na Era Digital; Aplicabilidade do Projeto na Unidade Escolar Hermínio Barreira (Escola de Ensino Médio)
  5. 5. “Um quadro negro e um giz: é essa a perspectiva da educação pública em nosso país”. (Francis Cirino)
  6. 6. "Quando eu estava na escola, o computador era uma coisa muito assustadora. As pessoas falavam em desafiar aquela máquina do mal que estava sempre fazendo contas que não pareciam corretas. E ninguém pensou naquilo como uma ferramenta poderosa." Bill Gates em palestra na UIC, nos Estados Unidos, em 2004.
  7. 7. IntroduçãoIntrodução Importância da inserção das mídias no processo de Ensino Aprendizagem ; Facebook como ferramenta de ensino e aprendizagem;
  8. 8. PROBLEMATIZAÇÃO Facebook, uma rede social de amplo acesso não utilizada na Educação cotidiana de sala de aula, devido ao mau uso, à resistência dos professores e a falta de conhecimento sobre os benefícios dessa ferramenta no processo de ensino aprendizagem.
  9. 9. JUSTIFICATIVA Justifica-se a produção deste Projeto pela necessidade de convencer os professores da importância dos benefícios do uso do Facebook no ambiente de Ensino Aprendizagem, bem como conscientizar os alunos quanto a inserção de tal ferramenta para dinamizar e tornar mais atrativo a sala de aula.
  10. 10. Objetivo Geral: Introduzir o Facebook no Ambiente Escolar como Recurso didático/midiático no processo de Ensino Aprendizagem. Objetivos Específicos: Possibilitar uma aprendizagem divertida já que os alunos estão familiarizados e apreciam a Rede Social; Utilizar o Facebook como Plataforma de forma produtiva atualizando os alunos avaliando-os por meio de fóruns; Diversificar os métodos de Ensino utilizando as várias linguagens virtuais; Apresentar o Facebook como ferramenta de extensão do horário de estudo;
  11. 11. Metodologias e Estratégias Criação de uma página de Facebook como como ferramenta educativa; Fazer a mediação de grupos de estudo Disponibilizar conteúdos extras para os alunos Promover discussões e compartilhe bons exemplos Elaborar calendários de eventos Organizar chats para tirar dúvidas Não exclui os alunos que estão fora das redes sociais
  12. 12. Realização de Fórum de Discussão via página do Facebook Definição das Atividades
  13. 13. Divulgação de imagens interativas com conteúdos
  14. 14. Divulgação de imagens interativas com conteúdos
  15. 15. Divulgação de Vídeos Educativos
  16. 16. Usar o serviço de mensagens da página para interação, como tira-dúvidas, etc.
  17. 17. Usar o serviço de mensagens da página para interação, como tira-dúvidas, etc.
  18. 18. Proposta de acompanhamento e avaliação  Acompanhar os comentários, as visualizações, as publicações, as mensagens, os compartilhamentos;
  19. 19. Considerações Finais Já foi o tempo em que professores e alunos apenas dependiam dos livros para aprender coisas novas Desde a virada do século, os métodos de ensino mudaram bastante. Com a inclusão digital, o acesso à informação se tornou muito mais fácil, onde as pessoas em qualquer lugar podem tirar as dúvidas por meio de uma pesquisa.
  20. 20. Os recursos tecnológicos estão permeando as atividades humanas, de tal forma que podemos nos informar, divertir, trabalhar, estudar, realizar compras, efetuar pagamentos e nos relacionar com pessoas independente da distancia geográfica que existir, utilizando os recursos de informação e comunicação propiciado pela internet, criando dessa forma uma rede de relacionamento denominada rede social digital. As redes sociais digitais ao serem utilizadas no contexto escolar, poderão criar ambientes de aprendizado criativo, colaborativo, de respeito a diversidade de opinião, fortalecendo a autonomia dos estudantes e propiciando a educação de qualidade e ao longo da vida.
  21. 21. Há como usar os fatores tecnológicos a favor da Educação. Muitos pais acreditam que computadores são distrações, mas com métodos didáticos bem intrínsecos, o aprendizado se torna mais fácil e é possível atingir as expectativas das instituições de ensino. Porém, os educadores precisam dominar a informática. De acordo com o Comitê Gestor da Internet, o pouco uso de tecnologias na sala de aula se dá pela falta de domínio do professor. Você não quer ser o educador deixado para trás, não é?
  22. 22. Estas são algumas das vantagens que obtidas na utilização das redes sociais quando aplicadas no ensino : • O aluno passa a ter um papel mais ativo na etapa de aprendizagem; • Maior colaboração e partilha de ideias entre colegas/colegas e alunos/docentes; • Qualquer interveniente pode criar e enviar textos, áudio e vídeo para a Internet; • Permite a ligação entre pessoas com perfis idênticos, visto que estas redes tem uma descrição dos interesses dos criadores, dos seus gostos e preferências; • Permite que duas ou mais pessoas editem um documento em tempo real na Internet, que poderá ser integrado em trabalhos a desenvolver (projetos colaborativos) como é o exemplo em que nos enquadrámos; • A motivação dos alunos aumenta quando a sua escrita passa a ser lida por milhares de pessoas em vez de apenas algumas.
  23. 23. Desvantagens das Redes Sociais aplicadas no Ensino Não podem ser consideradas como muitas as desvantagens destas redes ao serem aplicadas no ensino e aprendizagem, contudo achamos que há alguns aspectos a ter em consideração, entre os quais o facto de este sistema poder causar um certo “afastamento físico” entre o professor e o aluno, sendo a sua relação e cooperação feita somente num aspecto virtual o que pode acarretar certas desvantagens a nível da humanização e do contato humano. Outro aspecto é o facto de apesar do utilizador estar em contato com várias pessoas ligadas as sua redes sociais, este pode inconsequentemente isolar-se cada vez mais do mundo e das pessoas que os rodeiam, sendo estes família, amigos, até mesmo pessoas do seu local de trabalho ou de ensino.

×