Redes sociais e educação

348 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
348
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
51
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Redes sociais e educação

  1. 1. Ministério da Educação e Cultura Programa Nacional de Tecnologia Educacional Proinfo IntegradoCurso de Introdução à Educação Digital Projeto de pesquisa e Aprendizagem As Redes Sociais na Educação Autor (a): Nilfa de Fátima Xavier Donati. Fraiburgo, maio de 2012.
  2. 2. As redes sociais na educação Apresentação Justificando esse tema, pontuo, primeiramente, curiosidade pessoal, pois não sou ligada a nenhuma rede social, porém, vejo muitos comentários a respeito. Uns bons, outros nem tanto.Também já presenciei cenas de estudantes indo para as salas de informática com um tema parapesquisarem, com o intuito de debaterem o encontrado, mas acabam por driblar a educadora ea técnica da sala para poderem entrar nas redes sociais para partilharem coisas que no ponto de vista do aluno seriam de extrema importância, porém, no ponto de vista do educador, são apenas desvios do que foi encaminhado para ser feito, tornando a aula pouco prazerosa e extremamente estressante. Acredito que ainda tenha solução para esse obstáculo, que sinto que não é só meu, mas de outros educadores que tentam acertar, mas nem sempre conseguem. De outro ângulo, atribuo, também, a culpa para o nosso lado, pois muitos de nós ficamos de braços cruzados com medo de enfrentar as novas tecnologias enquanto os jovensdestemidos, mas com pouca experiência de vida e sem orientação necessária caem no vício das redes sociais sem separar as coisas boas das ruins.
  3. 3. Poderíamos tentar solucionar este problema em conjunto, onde a educação interagisse nas redes sociais em favor de uma escola melhorada, onde os alunos conscientizassem-se emselecionar o que seria melhor dentro da internet e que trouxessem melhorias para sua vida,visando à maturidade. E para nós educadores ficaria o alerta de ficarmos sempre conectados para que não sejamos pegos de surpresa nesse mundo contemporâneo e tecnológico.
  4. 4. Desenvolvimento A metodologia seria aplicada com os alunos de primeiro ano do segundo grau, pois são geralmente os que permanecem mais conectados às redes sociais. 1 – Num primeiro momento, em sala de aula normal, poderia ser em qualquer disciplina(porém, este assunto se encaixaria melhor em filosofia e sociologia), falaríamos sobre internet, mais especificamente sobre redes sociais.2 - Num segundo momento, faríamos uma pesquisa nas próprias redes sociais, para saber num determinado dia sobre o que se estaria falando.
  5. 5. 3 – Em terceiro momento voltaríamos à sala de aula e discutiríamos sobre o resultado da nossaolhadela na internet e promoveríamos um debate em sala. O resultado seria colocado em forma de cartazes na unidade escolar e no blog da escola para que pudéssemos partilhar o nosso projeto com mais pessoas. Se envolvêssemos todas as disciplinas levaríamos em torno de dois dias ou dez aulas de 45minutos, mas se fosse uma disciplina, para depois partilhar, levaria quatro semanas caso fossem duas aulas semanais.
  6. 6. Referências Segundo Wikipédia, “uma rede social é uma estrutura social composta por pessoas ou organizações, conectadas por um ou vários tipos de relações, que partilha valores e objetivoscomuns”. Através dessa premissa, resolvi desenvolver esse projeto com alunos do Ensino Médio para observar se educação e redes sociais podem seguir jutas. O que visualizei em comum dentre os diversos tipos de redes sociais é o compartilhamento deinformações, conhecimentos, interesses e esforços em busca de objetivos comuns; basta que aspessoas escolham seus pares, sendo que as redes sociais costumam reunir motivações comuns, elas podem se mostrar de diferentes formas como redes comunitárias, profissionais e redes sociais online.
  7. 7. A ideia de rede social teve início em 1954, quando J. A. Barnes começou a usá-las paramostrar padrões de sociedade entre tribos, família. Segundo Ique Muniz, “a social mention éuma ferramenta que procura medir o sucesso das redes sociais”. Isso garante que uma ideia pensada no século passado, e colocada em prática neste século, entre num ramo decompetição onde o sucesso alcançado dita o conhecimento e as atitudes dos seres humanos, para escolher as melhores opções de um determinado termo onde a rede está focada.
  8. 8. Referências http://pt.wikipedia.org/wiki/Rede_social http://www.mestreseo.com.br/category/redes-sociaishttp://informacaonaweb.wordpress.com/2008/06/25/o-que-sao-redes-sociais/ http://comunicadores.info/2011/07/20/o-jovem-e-as-redes-sociais/ Créditos Nilfa de Fátima Xavier Donati

×