UTILIZAÇÃO DE REDES SOCIAIS NA WEB
COMO ESTÍMULO À INTERAÇÃO E AO APRENDIZADO




          Claudio Lima - Universidade FE...
Apresentação
                      Jovem Profissional FEEVALE


O projeto visa capacitar jovens em situação de vulnerabili...
Pág. 3
Objetivos

 Validar, na prática, como as ferramentas presentes nas redes sociais
 podem ser utilizadas para:
 - auxiliar n...
Metodologia

- Exposição das ferramentas escolhidas;


- Orientação sobre a utilização das mesmas;


- Cadastro e acompanh...
Pág. 6
Pág. 7
Análise dos dados


 Observação direta das interações entre os participantes;


 Observação indireta, analisando as intera...
Resultados

Estímulo à socialização dos jovens, mais notadamente em relação àqueles
que apresentavam comportamento mais in...
Considerações finais


Houve indicativos de que a utilização de ferramentas de interação da rede
social favoreceu positiva...
Postagem de um membro da rede social:



          Vou falar a verdade, adorei o Ning, assim quando acabar o nosso
 curso,...
Referências

 AMARAL, Adriana, RECUERO, Raquel, MONTARDO, Sandra (orgs) Blogs.com - Estudos
 sobre blogs e comunicação. Mo...
Contato


    claudiolima@feevale.br

    http://twitter.com/claudiodelima

    http://claudiodelima.spaces.live.com




A...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Redes sociais claudio lima

657 visualizações

Publicada em

Apresentado no VI Salão de Extensão
Universidade FEEVALE
Junho-2010

Publicada em: Tecnologia, Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
657
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Redes sociais claudio lima

  1. 1. UTILIZAÇÃO DE REDES SOCIAIS NA WEB COMO ESTÍMULO À INTERAÇÃO E AO APRENDIZADO Claudio Lima - Universidade FEEVALE
  2. 2. Apresentação Jovem Profissional FEEVALE O projeto visa capacitar jovens em situação de vulnerabilidade social para a inserção no mundo do trabalho. Duração: 320 horas. Estudantes entre 15 e 21 anos, Ensino Médio, escola pública. Aulas diárias, no contra-turno escolar. Formação integral: Informática, Português, Inglês e Psicologia, complementadas com oficinas e visitas técnicas a empresas de tecnologia.
  3. 3. Pág. 3
  4. 4. Objetivos Validar, na prática, como as ferramentas presentes nas redes sociais podem ser utilizadas para: - auxiliar na troca de conhecimento e nos trabalhos em equipe; - facilitar a interação entre os membros; - desenvolver autonomia no uso do computador. Pág. 4
  5. 5. Metodologia - Exposição das ferramentas escolhidas; - Orientação sobre a utilização das mesmas; - Cadastro e acompanhamento da utilização inicial (presencial e virtual); - Análise das interações utilizando estudo de caso; Pág. 5
  6. 6. Pág. 6
  7. 7. Pág. 7
  8. 8. Análise dos dados Observação direta das interações entre os participantes; Observação indireta, analisando as interações efetuadas no ambiente; Avaliação dos trabalhos produzidos coletivamente no ambiente virtual ; Pág. 8
  9. 9. Resultados Estímulo à socialização dos jovens, mais notadamente em relação àqueles que apresentavam comportamento mais introspectivo; Incremento nas competências sociais: - troca de informações em equipe (chat e e-mail); - melhora na articulação escrita (blog); - exposição e defesa de ideias (fórum); Incremento nas competências técnicas: - adaptabilidade a novas situações/regras/paradigmas apresentados; - uso mais eficiente das ferramentas de comunicação digital; Pág. 9
  10. 10. Considerações finais Houve indicativos de que a utilização de ferramentas de interação da rede social favoreceu positivamente a interação entre os membros da rede social, incluindo ex-alunos; infere-se que as habilidades sociais e técnicas desenvolvidas na rede social favoreçam a adaptabilidade dos futuros profissionais; após o retorno positivo deste estudo, considera-se que as ferramentas de comunicação assíncronas oferecendo um espaço de integração com as novas turmas e a possibilidade de formação continuada dos ex-alunos; Pág. 10
  11. 11. Postagem de um membro da rede social: Vou falar a verdade, adorei o Ning, assim quando acabar o nosso curso, vamos poder continuar nos comunicando, e trocando experiências, que colocamos em prática lá fora depois que concluimos o curso. também podemos atualizar nosso álbum de fotos, músicas do momento, e assim continuar a amizade que surgiu através do programa jovem profissional. (D.F.V, 17 anos) Pág. 11
  12. 12. Referências AMARAL, Adriana, RECUERO, Raquel, MONTARDO, Sandra (orgs) Blogs.com - Estudos sobre blogs e comunicação. Momento Editorial: 2009. PRIMO, A F T (2001) Ferramentas de interação em ambientes educacionais mediados por computador. Educação, v. XXIV, n. 44, p. 127-149, 2001. RECUERO, Raquel. Redes sociais na Internet. Porto Alegre: Sulina, 2009. SILVA, Marco. Sala de aula interativa. 3a ed. Rio de Janeiro: Quartet, 2002 YIN, Robert K. Case Study Research: design and methods. 5th ed. Thousand Oaks: Sage Publications, 2003. Pág. 12
  13. 13. Contato claudiolima@feevale.br http://twitter.com/claudiodelima http://claudiodelima.spaces.live.com Apresentação disponível no Slideshare Pág. 13

×