SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
Baixar para ler offline
FILOSOFIA
Roberta Bressan
Lorenzo Sanabria
Professor Alexandre
Misturini
Turma
22MP
Sofistas
Dualismo Platônico
Epicurismo
Cinismo Diógenes de Sinope
Pirronismo
Conhecimento lógico e científico
Sofistas
 No pensamento grego foi uma fase muito
importante, mas curta.
 Esse período ocorreu nos séculos IV e V a.C. e
envolveu grandes intelectuais, pensadores e
cientistas: Demócritos, Protágoras, Górgias e
Hipías.
 Os sofistas sistematizaram e transmitiram uma
série de conhecimentos estudas até os dias de
hoje, sabiam técnicas avançadas de discurso e
atraiam muitos aprendizes. Eles não ensinavam
em um determinado local, eram pregadores
viajantes.
Dualismo Platônico
Para Platão existiam dois tipos de conhecimento:
 Mundo das ideias = Vemos uma árvore,
podemos fechar os olhos ou passar muito tempo,
mas, ainda nos lembramos da árvore exatamente
como há vimos um dia. Ou seja, se mantém
sempre igual.
 Mundo real = Quando vemos uma árvore, ela
pode ser queimada ou arrancada, ou seja, o que
vimos desaparece. Na realidade tudo muda, pode
deixar de existir, pode não ser mais uma verdade
amanhã.
Epicurismo
 Uma boa vida consiste na experiência do prazer
que encontra-se na satisfação das necessidades
essenciais, como amizade, liberdade e reflexão.
 Acredita-se que devemos estar atentos as
nossas necessidades e tentar satisfazê-las, só
assim seremos felizes. Onde é preciso distinguir
entre os prazeres que decorrem do vício e os que
decorrem da necessidade satisfeita.
 A natureza humana é atraída pelo prazer e
repudia a dor.
Cinismo – Diogenes de Sinope
 O Cinismo foi uma escola filosófica grega criada por
Antístenes, seguidor de Sócrates, aproximadamente no ano
400 a.C., mas seu nome de maior destaque foi Diógenes de
Sinope, conhecido como o cínico. De acordo com ele o
homem alcançaria a felicidade se não se preocupasse com
nenhuma convenção social e que ficasse de bem consigo
mesmo.
 Ele radicalizava quando afirmava que as pessoas
deveriam buscar seus instintos mais primários, ou seja, seu
lado animal, vivendo sem objetivos, sem nenhuma carência
de residência ou de qualquer conforto material. Assim, elas
encontrariam seu fim maior, as virtudes morais.
Pirronismo
 É também conhecido como cepticismo
pirrónico, foi registrado por Sexto Empírico no
século III.
 Os cépticos pirrónicos negam aprovação a
proposições não imediatamente evidentes,
reconhecem que não podemos estar certos de
que evidencias novas não possam aparecer
no futuro, e também veem o dogmatismo
como uma doença da mente.
Conhecimento Lógico e Cientifico
 O cientifico constitui um conhecimento que
pode ou não acontecer, suas hipóteses tem a sua
verdade ou falsidade, descoberta por
experimentação e não apenas pela razão, o que
ocorre no conhecimento filosófico.
 Conhecimento lógico é todo raciocínio que
possuímos desde o nascimento, é baseado nas
reações naturais do ser humano, ditados pelo
instinto de sobrevivência, e através disso
podemos formular ideias que podem ou não ter
sua veracidade.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Filosofia 02 - Sócrates, Platão e Aristóteles
Filosofia 02 - Sócrates, Platão e  AristótelesFilosofia 02 - Sócrates, Platão e  Aristóteles
Filosofia 02 - Sócrates, Platão e AristótelesDiego Bian Filo Moreira
 
Trabalho de sociologia 23 2232323
Trabalho de sociologia 23 2232323Trabalho de sociologia 23 2232323
Trabalho de sociologia 23 2232323Alexandre Misturini
 
Trabalho filosofia 26 tp mateus e pedro
Trabalho filosofia 26 tp   mateus e pedroTrabalho filosofia 26 tp   mateus e pedro
Trabalho filosofia 26 tp mateus e pedroAlexandre Misturini
 
Aula de filosofia antiga, tema: Sócrates
Aula de filosofia antiga, tema: SócratesAula de filosofia antiga, tema: Sócrates
Aula de filosofia antiga, tema: SócratesLeandro Nazareth Souto
 
Filosofia Grega Clássica ao Helenismo
Filosofia Grega Clássica ao HelenismoFilosofia Grega Clássica ao Helenismo
Filosofia Grega Clássica ao HelenismoCarson Souza
 
Introdução à Filosofia - Aristóteles
Introdução à Filosofia - AristótelesIntrodução à Filosofia - Aristóteles
Introdução à Filosofia - AristótelesDiego Sampaio
 
Sócrates, Platão e Aristóteles
Sócrates, Platão e AristótelesSócrates, Platão e Aristóteles
Sócrates, Platão e AristótelesBruno Carrasco
 
2. sócrates, sofistas, platão e aristóteles
2. sócrates, sofistas, platão e aristóteles2. sócrates, sofistas, platão e aristóteles
2. sócrates, sofistas, platão e aristótelesTiago Kestering Pereira
 
O uso do conceito de cultura como exercício de poder - Bruno Carrasco
O uso do conceito de cultura como exercício de poder - Bruno CarrascoO uso do conceito de cultura como exercício de poder - Bruno Carrasco
O uso do conceito de cultura como exercício de poder - Bruno CarrascoBruno Carrasco
 
Trabalho de história filosofia grega
Trabalho de história  filosofia gregaTrabalho de história  filosofia grega
Trabalho de história filosofia gregaCarolina Alves
 
Colégio estadual visconde de bom retiro 21mp
Colégio  estadual visconde de bom retiro 21mpColégio  estadual visconde de bom retiro 21mp
Colégio estadual visconde de bom retiro 21mpAlexandre Misturini
 
História da Filosofia dos Pré Socráticos ao Helenismo
História da Filosofia   dos Pré Socráticos ao HelenismoHistória da Filosofia   dos Pré Socráticos ao Helenismo
História da Filosofia dos Pré Socráticos ao HelenismoLucio Oliveira
 

Mais procurados (20)

Estoicismo
EstoicismoEstoicismo
Estoicismo
 
Sócrates
SócratesSócrates
Sócrates
 
Filosofia 02 - Sócrates, Platão e Aristóteles
Filosofia 02 - Sócrates, Platão e  AristótelesFilosofia 02 - Sócrates, Platão e  Aristóteles
Filosofia 02 - Sócrates, Platão e Aristóteles
 
Trabalho de sociologia 23 2232323
Trabalho de sociologia 23 2232323Trabalho de sociologia 23 2232323
Trabalho de sociologia 23 2232323
 
Trabalho filosofia 26 tp mateus e pedro
Trabalho filosofia 26 tp   mateus e pedroTrabalho filosofia 26 tp   mateus e pedro
Trabalho filosofia 26 tp mateus e pedro
 
Aula de filosofia antiga, tema: Sócrates
Aula de filosofia antiga, tema: SócratesAula de filosofia antiga, tema: Sócrates
Aula de filosofia antiga, tema: Sócrates
 
Filosofia Grega Clássica ao Helenismo
Filosofia Grega Clássica ao HelenismoFilosofia Grega Clássica ao Helenismo
Filosofia Grega Clássica ao Helenismo
 
Sócrates
Sócrates Sócrates
Sócrates
 
Introdução à Filosofia - Aristóteles
Introdução à Filosofia - AristótelesIntrodução à Filosofia - Aristóteles
Introdução à Filosofia - Aristóteles
 
Helenismo e suas correntes
Helenismo e suas correntesHelenismo e suas correntes
Helenismo e suas correntes
 
Sócrates, Platão e Aristóteles
Sócrates, Platão e AristótelesSócrates, Platão e Aristóteles
Sócrates, Platão e Aristóteles
 
2. sócrates, sofistas, platão e aristóteles
2. sócrates, sofistas, platão e aristóteles2. sócrates, sofistas, platão e aristóteles
2. sócrates, sofistas, platão e aristóteles
 
Aula 03 - Sócrates e o Nascimento da Filosofia
Aula 03 - Sócrates e o Nascimento da FilosofiaAula 03 - Sócrates e o Nascimento da Filosofia
Aula 03 - Sócrates e o Nascimento da Filosofia
 
Filosofi e sociology
Filosofi e sociologyFilosofi e sociology
Filosofi e sociology
 
O uso do conceito de cultura como exercício de poder - Bruno Carrasco
O uso do conceito de cultura como exercício de poder - Bruno CarrascoO uso do conceito de cultura como exercício de poder - Bruno Carrasco
O uso do conceito de cultura como exercício de poder - Bruno Carrasco
 
Trabalho de história filosofia grega
Trabalho de história  filosofia gregaTrabalho de história  filosofia grega
Trabalho de história filosofia grega
 
Colégio estadual visconde de bom retiro 21mp
Colégio  estadual visconde de bom retiro 21mpColégio  estadual visconde de bom retiro 21mp
Colégio estadual visconde de bom retiro 21mp
 
Sócrates
SócratesSócrates
Sócrates
 
O que é filosofia
O que é filosofiaO que é filosofia
O que é filosofia
 
História da Filosofia dos Pré Socráticos ao Helenismo
História da Filosofia   dos Pré Socráticos ao HelenismoHistória da Filosofia   dos Pré Socráticos ao Helenismo
História da Filosofia dos Pré Socráticos ao Helenismo
 

Destaque

Artigo de divulgação científica: Euclides de Alexandria
Artigo de divulgação científica: Euclides de AlexandriaArtigo de divulgação científica: Euclides de Alexandria
Artigo de divulgação científica: Euclides de AlexandriaLuiz Fernando
 
Platão e a Realidade
Platão e a RealidadePlatão e a Realidade
Platão e a Realidaderblfilos
 
Platão
PlatãoPlatão
Platãorafael
 
Aula de filosofia antiga, tema: Platão de Atenas (aula 2)
Aula de filosofia antiga, tema: Platão de Atenas (aula 2)Aula de filosofia antiga, tema: Platão de Atenas (aula 2)
Aula de filosofia antiga, tema: Platão de Atenas (aula 2)Leandro Nazareth Souto
 
Estetica Aplicada ao Design - Aula 2
Estetica Aplicada ao Design - Aula 2Estetica Aplicada ao Design - Aula 2
Estetica Aplicada ao Design - Aula 2José Pirauá
 
Trabalho de-filosofia- pronto 23m
Trabalho de-filosofia- pronto 23mTrabalho de-filosofia- pronto 23m
Trabalho de-filosofia- pronto 23malemisturini
 
Biblioteca de alexandria
Biblioteca de alexandriaBiblioteca de alexandria
Biblioteca de alexandriaAna Carlão
 
A teoria platónica das ideias
A teoria platónica das ideiasA teoria platónica das ideias
A teoria platónica das ideiasJorge Barbosa
 
Mundo Das Ideias de Platão
Mundo Das Ideias de PlatãoMundo Das Ideias de Platão
Mundo Das Ideias de PlatãoErika Bataglia
 
Estética Aplicada ao Design - Aula 1
Estética Aplicada ao Design - Aula 1Estética Aplicada ao Design - Aula 1
Estética Aplicada ao Design - Aula 1José Pirauá
 
Filosofia - helenistica
Filosofia - helenistica Filosofia - helenistica
Filosofia - helenistica Samuel Araújo
 
Filosofia: Assunto= Mitologia
Filosofia:  Assunto= MitologiaFilosofia:  Assunto= Mitologia
Filosofia: Assunto= MitologiaJaicinha
 

Destaque (20)

Personalidades
PersonalidadesPersonalidades
Personalidades
 
Artigo de divulgação científica: Euclides de Alexandria
Artigo de divulgação científica: Euclides de AlexandriaArtigo de divulgação científica: Euclides de Alexandria
Artigo de divulgação científica: Euclides de Alexandria
 
Platão e a Realidade
Platão e a RealidadePlatão e a Realidade
Platão e a Realidade
 
Euclides - Vitória
Euclides - VitóriaEuclides - Vitória
Euclides - Vitória
 
Filosofia milena 22
Filosofia milena 22Filosofia milena 22
Filosofia milena 22
 
Arquimedes - Graça
Arquimedes - GraçaArquimedes - Graça
Arquimedes - Graça
 
Euclides
EuclidesEuclides
Euclides
 
Platão
PlatãoPlatão
Platão
 
Aula de filosofia antiga, tema: Platão de Atenas (aula 2)
Aula de filosofia antiga, tema: Platão de Atenas (aula 2)Aula de filosofia antiga, tema: Platão de Atenas (aula 2)
Aula de filosofia antiga, tema: Platão de Atenas (aula 2)
 
Estetica Aplicada ao Design - Aula 2
Estetica Aplicada ao Design - Aula 2Estetica Aplicada ao Design - Aula 2
Estetica Aplicada ao Design - Aula 2
 
Trabalho de-filosofia- pronto 23m
Trabalho de-filosofia- pronto 23mTrabalho de-filosofia- pronto 23m
Trabalho de-filosofia- pronto 23m
 
Platão e o neoplatonismo
Platão  e o neoplatonismoPlatão  e o neoplatonismo
Platão e o neoplatonismo
 
Biblioteca de alexandria
Biblioteca de alexandriaBiblioteca de alexandria
Biblioteca de alexandria
 
A teoria platónica das ideias
A teoria platónica das ideiasA teoria platónica das ideias
A teoria platónica das ideias
 
Mundo Das Ideias de Platão
Mundo Das Ideias de PlatãoMundo Das Ideias de Platão
Mundo Das Ideias de Platão
 
Estética Aplicada ao Design - Aula 1
Estética Aplicada ao Design - Aula 1Estética Aplicada ao Design - Aula 1
Estética Aplicada ao Design - Aula 1
 
Aula 04 - Platão e o mundo das idéias
Aula 04 - Platão e o mundo das idéiasAula 04 - Platão e o mundo das idéias
Aula 04 - Platão e o mundo das idéias
 
Cap 14 - O Empirismo Inglês
Cap 14 - O Empirismo InglêsCap 14 - O Empirismo Inglês
Cap 14 - O Empirismo Inglês
 
Filosofia - helenistica
Filosofia - helenistica Filosofia - helenistica
Filosofia - helenistica
 
Filosofia: Assunto= Mitologia
Filosofia:  Assunto= MitologiaFilosofia:  Assunto= Mitologia
Filosofia: Assunto= Mitologia
 

Semelhante a Filosofia antiga em

Semelhante a Filosofia antiga em (20)

Lascrael 21 mp
Lascrael 21 mpLascrael 21 mp
Lascrael 21 mp
 
22 mp
22 mp22 mp
22 mp
 
Trabalho de filosofia paola 21 m
Trabalho de filosofia paola 21 mTrabalho de filosofia paola 21 m
Trabalho de filosofia paola 21 m
 
Trabalho de filosofia 22mp lepo lepo
Trabalho de filosofia 22mp lepo lepoTrabalho de filosofia 22mp lepo lepo
Trabalho de filosofia 22mp lepo lepo
 
Socio 23 mp
Socio 23 mpSocio 23 mp
Socio 23 mp
 
Trabalho de filosofia 25tp 25 25 25
Trabalho de filosofia 25tp 25 25 25Trabalho de filosofia 25tp 25 25 25
Trabalho de filosofia 25tp 25 25 25
 
Sofistas eduardo, felipe, pavla, igor 23 m
Sofistas eduardo, felipe, pavla, igor 23 mSofistas eduardo, felipe, pavla, igor 23 m
Sofistas eduardo, felipe, pavla, igor 23 m
 
Colégio estadual visconde de bom retiro 23m sofistas
Colégio estadual visconde de bom retiro 23m sofistasColégio estadual visconde de bom retiro 23m sofistas
Colégio estadual visconde de bom retiro 23m sofistas
 
2017322 71528 helenismo+
2017322 71528 helenismo+2017322 71528 helenismo+
2017322 71528 helenismo+
 
Filosofia 23m fff
Filosofia 23m fffFilosofia 23m fff
Filosofia 23m fff
 
Filosofia 24 44444
Filosofia 24 44444Filosofia 24 44444
Filosofia 24 44444
 
Sofistas 23 leti
Sofistas 23 letiSofistas 23 leti
Sofistas 23 leti
 
FILOSOFIA 1°ANO.ppt
FILOSOFIA 1°ANO.pptFILOSOFIA 1°ANO.ppt
FILOSOFIA 1°ANO.ppt
 
Filosofias helenisticas
Filosofias helenisticasFilosofias helenisticas
Filosofias helenisticas
 
Ceti.jpg
Ceti.jpgCeti.jpg
Ceti.jpg
 
Trabalho de filosofia 23 m buratti
Trabalho de filosofia 23 m burattiTrabalho de filosofia 23 m buratti
Trabalho de filosofia 23 m buratti
 
Epicurismo 25
Epicurismo 25Epicurismo 25
Epicurismo 25
 
Sofistas 21
Sofistas 21Sofistas 21
Sofistas 21
 
Trabalho de filosofia 24 tp 555
Trabalho de filosofia 24 tp 555Trabalho de filosofia 24 tp 555
Trabalho de filosofia 24 tp 555
 
Filosofia e Matrix: Temet Nosce
Filosofia e Matrix: Temet NosceFilosofia e Matrix: Temet Nosce
Filosofia e Matrix: Temet Nosce
 

Mais de alemisturini

Tecnologias nas escolas by alexandre misturini 360 pro2018
Tecnologias nas escolas by alexandre misturini 360 pro2018Tecnologias nas escolas by alexandre misturini 360 pro2018
Tecnologias nas escolas by alexandre misturini 360 pro2018alemisturini
 
Café filosofico2 .doc
Café filosofico2 .docCafé filosofico2 .doc
Café filosofico2 .docalemisturini
 
Café filosofico2 .doc
Café filosofico2 .docCafé filosofico2 .doc
Café filosofico2 .docalemisturini
 
Projeto social milena paola 24 tp
Projeto social milena paola 24 tpProjeto social milena paola 24 tp
Projeto social milena paola 24 tpalemisturini
 
Um minuto sem o celular alessandra 21 mp
Um minuto sem o celular alessandra 21 mpUm minuto sem o celular alessandra 21 mp
Um minuto sem o celular alessandra 21 mpalemisturini
 
Trabalho mito a ciencias julia 14 tp
Trabalho mito a ciencias julia 14 tpTrabalho mito a ciencias julia 14 tp
Trabalho mito a ciencias julia 14 tpalemisturini
 
Trabalho de filo kauane 26 tp
Trabalho de filo kauane 26 tpTrabalho de filo kauane 26 tp
Trabalho de filo kauane 26 tpalemisturini
 
Projeto social alessandra f 25 tp
Projeto social alessandra f 25 tpProjeto social alessandra f 25 tp
Projeto social alessandra f 25 tpalemisturini
 
Menos lixo mais vida! ashlei 24 tp
Menos lixo mais vida! ashlei 24 tpMenos lixo mais vida! ashlei 24 tp
Menos lixo mais vida! ashlei 24 tpalemisturini
 
Apresentaçãooficinas nicoleto 22 mp
Apresentaçãooficinas nicoleto 22 mpApresentaçãooficinas nicoleto 22 mp
Apresentaçãooficinas nicoleto 22 mpalemisturini
 
Apresentação do microsoft power point filosofia poletto 26tp
Apresentação do microsoft power point filosofia poletto 26tpApresentação do microsoft power point filosofia poletto 26tp
Apresentação do microsoft power point filosofia poletto 26tpalemisturini
 
Do mito à ciência tumelero 12 mp
Do mito à ciência tumelero 12 mpDo mito à ciência tumelero 12 mp
Do mito à ciência tumelero 12 mpalemisturini
 
Help 2 tumelero 12 mp
Help 2 tumelero 12 mpHelp 2 tumelero 12 mp
Help 2 tumelero 12 mpalemisturini
 
Ong para mães solteiras gravidas araldi 12 mp
Ong para mães solteiras gravidas araldi 12 mpOng para mães solteiras gravidas araldi 12 mp
Ong para mães solteiras gravidas araldi 12 mpalemisturini
 
Projeto social laura 32 mp
Projeto social laura 32 mpProjeto social laura 32 mp
Projeto social laura 32 mpalemisturini
 
Do mito a ciência tainá 14 tp
Do mito a ciência tainá 14 tpDo mito a ciência tainá 14 tp
Do mito a ciência tainá 14 tpalemisturini
 
Mito e ciencia 14 tp
Mito e ciencia 14 tpMito e ciencia 14 tp
Mito e ciencia 14 tpalemisturini
 
Projeto social tainá 14 tp
Projeto social tainá 14 tpProjeto social tainá 14 tp
Projeto social tainá 14 tpalemisturini
 

Mais de alemisturini (20)

Tecnologias nas escolas by alexandre misturini 360 pro2018
Tecnologias nas escolas by alexandre misturini 360 pro2018Tecnologias nas escolas by alexandre misturini 360 pro2018
Tecnologias nas escolas by alexandre misturini 360 pro2018
 
Café filosofico2 .doc
Café filosofico2 .docCafé filosofico2 .doc
Café filosofico2 .doc
 
Café filosofico2 .doc
Café filosofico2 .docCafé filosofico2 .doc
Café filosofico2 .doc
 
Michii 24 tp
Michii 24 tpMichii 24 tp
Michii 24 tp
 
Projeto social milena paola 24 tp
Projeto social milena paola 24 tpProjeto social milena paola 24 tp
Projeto social milena paola 24 tp
 
Um minuto sem o celular alessandra 21 mp
Um minuto sem o celular alessandra 21 mpUm minuto sem o celular alessandra 21 mp
Um minuto sem o celular alessandra 21 mp
 
Trabalho mito a ciencias julia 14 tp
Trabalho mito a ciencias julia 14 tpTrabalho mito a ciencias julia 14 tp
Trabalho mito a ciencias julia 14 tp
 
Trabalho de filo kauane 26 tp
Trabalho de filo kauane 26 tpTrabalho de filo kauane 26 tp
Trabalho de filo kauane 26 tp
 
Projeto social alessandra f 25 tp
Projeto social alessandra f 25 tpProjeto social alessandra f 25 tp
Projeto social alessandra f 25 tp
 
Menos lixo mais vida! ashlei 24 tp
Menos lixo mais vida! ashlei 24 tpMenos lixo mais vida! ashlei 24 tp
Menos lixo mais vida! ashlei 24 tp
 
Kalita 26 tp
Kalita 26 tpKalita 26 tp
Kalita 26 tp
 
Apresentaçãooficinas nicoleto 22 mp
Apresentaçãooficinas nicoleto 22 mpApresentaçãooficinas nicoleto 22 mp
Apresentaçãooficinas nicoleto 22 mp
 
Apresentação do microsoft power point filosofia poletto 26tp
Apresentação do microsoft power point filosofia poletto 26tpApresentação do microsoft power point filosofia poletto 26tp
Apresentação do microsoft power point filosofia poletto 26tp
 
Do mito à ciência tumelero 12 mp
Do mito à ciência tumelero 12 mpDo mito à ciência tumelero 12 mp
Do mito à ciência tumelero 12 mp
 
Help 2 tumelero 12 mp
Help 2 tumelero 12 mpHelp 2 tumelero 12 mp
Help 2 tumelero 12 mp
 
Ong para mães solteiras gravidas araldi 12 mp
Ong para mães solteiras gravidas araldi 12 mpOng para mães solteiras gravidas araldi 12 mp
Ong para mães solteiras gravidas araldi 12 mp
 
Projeto social laura 32 mp
Projeto social laura 32 mpProjeto social laura 32 mp
Projeto social laura 32 mp
 
Do mito a ciência tainá 14 tp
Do mito a ciência tainá 14 tpDo mito a ciência tainá 14 tp
Do mito a ciência tainá 14 tp
 
Mito e ciencia 14 tp
Mito e ciencia 14 tpMito e ciencia 14 tp
Mito e ciencia 14 tp
 
Projeto social tainá 14 tp
Projeto social tainá 14 tpProjeto social tainá 14 tp
Projeto social tainá 14 tp
 

Último

Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzparte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzAlexandrePereira818171
 
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadoA população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadodanieligomes4
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptxErivaldoLima15
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzparte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
 
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadoA população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 

Filosofia antiga em

  • 1. FILOSOFIA Roberta Bressan Lorenzo Sanabria Professor Alexandre Misturini Turma 22MP Sofistas Dualismo Platônico Epicurismo Cinismo Diógenes de Sinope Pirronismo Conhecimento lógico e científico
  • 2. Sofistas  No pensamento grego foi uma fase muito importante, mas curta.  Esse período ocorreu nos séculos IV e V a.C. e envolveu grandes intelectuais, pensadores e cientistas: Demócritos, Protágoras, Górgias e Hipías.  Os sofistas sistematizaram e transmitiram uma série de conhecimentos estudas até os dias de hoje, sabiam técnicas avançadas de discurso e atraiam muitos aprendizes. Eles não ensinavam em um determinado local, eram pregadores viajantes.
  • 3. Dualismo Platônico Para Platão existiam dois tipos de conhecimento:  Mundo das ideias = Vemos uma árvore, podemos fechar os olhos ou passar muito tempo, mas, ainda nos lembramos da árvore exatamente como há vimos um dia. Ou seja, se mantém sempre igual.  Mundo real = Quando vemos uma árvore, ela pode ser queimada ou arrancada, ou seja, o que vimos desaparece. Na realidade tudo muda, pode deixar de existir, pode não ser mais uma verdade amanhã.
  • 4. Epicurismo  Uma boa vida consiste na experiência do prazer que encontra-se na satisfação das necessidades essenciais, como amizade, liberdade e reflexão.  Acredita-se que devemos estar atentos as nossas necessidades e tentar satisfazê-las, só assim seremos felizes. Onde é preciso distinguir entre os prazeres que decorrem do vício e os que decorrem da necessidade satisfeita.  A natureza humana é atraída pelo prazer e repudia a dor.
  • 5. Cinismo – Diogenes de Sinope  O Cinismo foi uma escola filosófica grega criada por Antístenes, seguidor de Sócrates, aproximadamente no ano 400 a.C., mas seu nome de maior destaque foi Diógenes de Sinope, conhecido como o cínico. De acordo com ele o homem alcançaria a felicidade se não se preocupasse com nenhuma convenção social e que ficasse de bem consigo mesmo.  Ele radicalizava quando afirmava que as pessoas deveriam buscar seus instintos mais primários, ou seja, seu lado animal, vivendo sem objetivos, sem nenhuma carência de residência ou de qualquer conforto material. Assim, elas encontrariam seu fim maior, as virtudes morais.
  • 6. Pirronismo  É também conhecido como cepticismo pirrónico, foi registrado por Sexto Empírico no século III.  Os cépticos pirrónicos negam aprovação a proposições não imediatamente evidentes, reconhecem que não podemos estar certos de que evidencias novas não possam aparecer no futuro, e também veem o dogmatismo como uma doença da mente.
  • 7. Conhecimento Lógico e Cientifico  O cientifico constitui um conhecimento que pode ou não acontecer, suas hipóteses tem a sua verdade ou falsidade, descoberta por experimentação e não apenas pela razão, o que ocorre no conhecimento filosófico.  Conhecimento lógico é todo raciocínio que possuímos desde o nascimento, é baseado nas reações naturais do ser humano, ditados pelo instinto de sobrevivência, e através disso podemos formular ideias que podem ou não ter sua veracidade.