Escola x computador

263 visualizações

Publicada em

Power Point sobre a tecnologia em sala de aula.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
263
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Escola x computador

  1. 1. “ ...O futuro está nos computadores ...” Tabatha de Faria Fernandes Tecnófobo
  2. 2. • Por milhares de anos as pessoas viveram sem a tecnologia do computador. No entanto não deixaram de aprender. Foi no século XIX, ainda sem esta ferramenta que inúmeras descobertas e estudos foram realizadas. • Apesar de um número escasso de escolas, o aprendizado se espalhou e nomes geniais surgiram. • O computador já se disseminou desde mais ou menos 1980 e a educação ainda não melhorou significativamente com a sua utilização! • A tecnologia pode ser útil ou alarmante.
  3. 3. QUAL A REAL NECESSIDADE DOS COMPUTADORES? • Com exceção de sua utilização em escolas de ensino superior, o computador não nos trará grandes avanços para a escola básica. • O uso pessoal de um computador só serve como um lazer, e mais nada. • E se for utilizado por uma criança sem a orientação de um adulto, ainda pode trazer danos as mesmas, em especial com a expansão de sites de relacionamento e jogos. • Serão nocivos se afastarem o jovem dos livros e aumentarem a percentagem de ombros descaídos.
  4. 4. Na sala de aula... • “Será bom insistir no facto de que é o professor o eixo da Educação, é o professor que pode avaliar a forma como trabalhar com uma turma, o ritmo a impor, as revisões a fazer, os meios auxiliares a recorrer.” O computador pode ser um destes meios mas não pode ser centro do processo.
  5. 5. As novas pedagogias... • “Da constatação destes factos até ao nascimento de uma ultra-pedagogia, vai um pequeno passo. As noções de esforço de aprendizagem, de persistência; o simples sacrifício de um programa de televisão a favor de execução de um dever - tudo perde significado. O aluno deve aprender sem o mínimo esforço, possivelmente aprender mesmo quando julga que está a brincar.” • Sala de aula nunca foi um lugar para o lazer e que todos irão gostar. • Estudar muitas vezes pode ser uma coisa chata, contudo é necessária. E os alunos devem entender isto.
  6. 6. Por que não um livro? • Eu amo livros, e a única forma de amar algo é conhecendo este algo. • É necessário que tanto a escola atual quanto a família incentive este novo aluno a gostar de livros . • É de livros que uma boa educação necessita, não de computadores. • Já que até para se utilizar um computador deve-se antes de tudo: ler o manual!
  7. 7. Os professores... • Por que não investir em professores mais capacitados, bem pagos, para que o ensino melhore? • Hoje é o futuro! • As escolas, mesmo públicas já dispões de comida de qualidade para as crianças, material escolar doado pelo governo, estrutura com ambiente escolar adequado. • A crianças já estão bem servidas! • Basta o respeito e um maior investimento no professor para que tenhamos escolas referências no Brasil.
  8. 8. BIBLIOGRAFIA • Texto base: • OS COMPUTADORES E A EDUCAÇÃO. ASPECTOS GERAIS A. S. ALVES. Conferência pronunciada na Esc. Sec. da Quinta das Flores (Coimbra) durante uma tarde de Matemática da SPM. Disponível em: http://www.ich.pucminas.br/pged/db/wq/wq_pmv/index.htm

×