Outubro de 2011<br />Manuela Sampaio<br />Educação Sexual, Currículo e Formação de Professores<br />
Escola e Educação Sexual<br /> Educabilidade cognitiva e  emocional<br />Educabilidade da sexualidade<br />
Educação Emocional<br />Há sentimentos difíceis que precisam de ser  controlados<br />Os adultos significativos têm de aju...
Educação Sexual e  Família<br />É na família que se constrói a gramática da afectividade, segundo Erik Erikson este conhec...
Tarefas sociais fundamentais<br />Desenvolver a consciência<br />Tornar-se um ser moral<br />Encontrar referentes morais<b...
O papel da Escola<br />Na escola aprende-se a lidar com a amizade, a saber partilhar os amigos, a trabalhar em grupo e a t...
O papel dos espaços informais<br />A maior parte dos estudos demonstram que os adolescentes que realizam actividades extra...
Mais - valia da escola<br />A escola como lugar de partilha, confronto de valores e  alargamento de horizontes.<br />
Como lidar com a realidade social<br />Sociedade aberta<br />Relativismo moral<br />Ameaças externas<br />Saber fazer esco...
Potencialidades e Debilidades da Escola <br />As políticas  actuais<br />A actual perspectiva curricular<br />Os cortes or...
Educação Sexual na Escola<br />O silêncio da tutela<br />A continuação e alargamento da intervenção<br />
Resistências<br />O debate volta a estar no centro das atenções<br />Várias perspectivas em debate<br />Não é possível esc...
Operacionalização da intervenção<br />Enquadramento legal favorável<br />Enquadramento logístico favorável e facilitador e...
Modelos, métodos , técnicas e materiais  de Educação Sexual<br /> Investigação e literatura abundantes<br /> Razoável cons...
O que  fazer?<br />Permitir:<br />Aquisição de conhecimentos<br />Aquisição de competências:<br />comunicação, assertivida...
Proposta de intervenção actual<br />Integração na Educação para a Saúde, colaboração mais activa de pessoal de saúde e psi...
Novas Posturas<br /><ul><li>Maior exigência sobre os professores
Maior responsabilização dos pais
Alterações do estatuto do aluno
Valorização dos conteúdos expressivos e mais rigor e exigência
Reforço da autonomia das escolas.</li></li></ul><li>Formação<br /> O que se passa com a formação dos docentes em educação ...
Formação Inicial: ESES do Sistema Público<br /> 13 escolas :<br />Cursos de educação  básica – disciplina obrigatória 2; o...
Formação contínua<br />Não consta nas prioridades definidas em 2009<br />Acções acreditadas pelo CCPFC :<br />Amostragem: ...
Formação Contínua<br />Temática mais frequente:<br />A Educação Sexual  em Meio Escolar: Metodologias  de abordagem e inte...
Formação  Pós- graduada<br />Algumas edições de Mestrados em Sexologia<br />Educação para a Saúde , nomeadamente em escola...
APF<br />2011/ 2012 -- em parceria com a Universidade Lusófona:<br />Pós- graduação em Educação Sexual na Escola e na Comu...
O Centro de Formação da APF<br />2010  <br />65 cursos em todo o país, num total de 1919 horas e 1274 docentes abrangidos<...
APF<br />2011 até 31 de Agosto:<br />45 cursos em todo o país, 1825 h e 851 docentes abrangidos<br />Curso mais realizado:...
APF<br />Seminários nacionais de Educação Sexual<br />2010 – Leiria - 210 participantes<br />2011 - Lisboa –150 - particip...
Acções de Formação 2011/2012<br />          1- Oficina Educação Sexual Escolar: Bem-Me-QuerES na Adolescência (25h+25h)<br...
Acção<br />1<br />Oficina Educação Sexual Escolar: Bem-Me-QuerES na Adolescência<br />N.º de horas: 50h (25h+25h)<br />N.º...
Acção<br />3<br />Valores, Sexualidade, Cidadania e Formação Cívica<br />N.º de horas: 30h<br />N.º de créditos: 1,2<br />...
Acção<br />5<br />Prevenção dos Riscos Associados à Sexualidade<br />N.º de horas: 30h<br />N.º de créditos: 1,2<br />Regi...
Necessidades para o futuro<br />  Inclusão da Educação Sexual no currículo dos cursos de formação inicial de docentes em t...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

2 educação sexual , currículo e formação de professores

1.572 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.572
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
353
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

2 educação sexual , currículo e formação de professores

  1. 1. Outubro de 2011<br />Manuela Sampaio<br />Educação Sexual, Currículo e Formação de Professores<br />
  2. 2. Escola e Educação Sexual<br /> Educabilidade cognitiva e emocional<br />Educabilidade da sexualidade<br />
  3. 3. Educação Emocional<br />Há sentimentos difíceis que precisam de ser controlados<br />Os adultos significativos têm de ajudar nesse controlo --- ajudando a reconhecê-los, a afastá-los e a reflectir sobre eles<br />O diálogo e o exemplo são as melhores formas de abordar a educação da afectividade<br />Que papel pode ter a escola de hoje? <br />
  4. 4. Educação Sexual e Família<br />É na família que se constrói a gramática da afectividade, segundo Erik Erikson este conhecimento é a base de todas as relações com os outros É o marco das tarefas sociais.<br />
  5. 5. Tarefas sociais fundamentais<br />Desenvolver a consciência<br />Tornar-se um ser moral<br />Encontrar referentes morais<br />
  6. 6. O papel da Escola<br />Na escola aprende-se a lidar com a amizade, a saber partilhar os amigos, a trabalhar em grupo e a ter de entrar em competição para ser o melhor amigo de alguém <br />A família oferece à criança o sentido básico de quem é como pessoa e apesar de com a ida para a escola ter adquirido mais liberdade, a família continua a desempenhar um papel fundamental na sua vida social <br />
  7. 7. O papel dos espaços informais<br />A maior parte dos estudos demonstram que os adolescentes que realizam actividades extra-escolares, rendem mais na escola e que desenvolvem qualidades essenciais para o desenvolvimento afectivo:<br />Perseverança responsabilidade independência, além de fomentarem a auto-estima, a capacidade de recuperação, a ampliação da rede social,o que é extremamente importante para o desenvolvimento moral.<br />
  8. 8. Mais - valia da escola<br />A escola como lugar de partilha, confronto de valores e alargamento de horizontes.<br />
  9. 9. Como lidar com a realidade social<br />Sociedade aberta<br />Relativismo moral<br />Ameaças externas<br />Saber fazer escolhas:<br />controlo interno, assertividade <br />
  10. 10. Potencialidades e Debilidades da Escola <br />As políticas actuais<br />A actual perspectiva curricular<br />Os cortes orçamentais<br />Disponibilidade e motivação dos docentes<br />
  11. 11. Educação Sexual na Escola<br />O silêncio da tutela<br />A continuação e alargamento da intervenção<br />
  12. 12. Resistências<br />O debate volta a estar no centro das atenções<br />Várias perspectivas em debate<br />Não é possível escudarmo-nos por detrás destas discussões<br />
  13. 13. Operacionalização da intervenção<br />Enquadramento legal favorável<br />Enquadramento logístico favorável e facilitador em muitos casos<br /> Número significativo de docentes com formação<br /> Boas práticas<br />
  14. 14. Modelos, métodos , técnicas e materiais de Educação Sexual<br /> Investigação e literatura abundantes<br /> Razoável consenso nestas matérias<br /> Materiais variados disponíveis no mercado<br />
  15. 15. O que fazer?<br />Permitir:<br />Aquisição de conhecimentos<br />Aquisição de competências:<br />comunicação, assertividade, tomada de decisões<br /> . Aquisição de comportamentos erotofílicos e tolerantes<br /> .Interiorização de princípios éticos <br />
  16. 16. Proposta de intervenção actual<br />Integração na Educação para a Saúde, colaboração mais activa de pessoal de saúde e psicologia, obrigatoriedade 1h específica por mês<br /> Integração com temas de alimentação, consumos e violência em contexto de educação psicossocial.<br />Transversalidade e educação para a cidadania.<br />
  17. 17. Novas Posturas<br /><ul><li>Maior exigência sobre os professores
  18. 18. Maior responsabilização dos pais
  19. 19. Alterações do estatuto do aluno
  20. 20. Valorização dos conteúdos expressivos e mais rigor e exigência
  21. 21. Reforço da autonomia das escolas.</li></li></ul><li>Formação<br /> O que se passa com a formação dos docentes em educação sexual neste contexto?<br />
  22. 22. Formação Inicial: ESES do Sistema Público<br /> 13 escolas :<br />Cursos de educação básica – disciplina obrigatória 2; opção -3 <br />Cursos de Educação Social -disciplina obrigatória – 6 em 6. <br />Sempre integrada ou na educação para a saúde ou promoção da qualidade de vida.<br />
  23. 23. Formação contínua<br />Não consta nas prioridades definidas em 2009<br />Acções acreditadas pelo CCPFC :<br />Amostragem: 61 unidades num total de 300 __ 33 não têm nenhuma acção acreditada nesta temática<br />28 unidades –99 acções acreditadas em Educação para a saúde e Educação Sexual.<br />
  24. 24. Formação Contínua<br />Temática mais frequente:<br />A Educação Sexual em Meio Escolar: Metodologias de abordagem e intervenção – acreditada em 24 dos 28 centros analisados <br />
  25. 25. Formação Pós- graduada<br />Algumas edições de Mestrados em Sexologia<br />Educação para a Saúde , nomeadamente em escolas de Enfermagem<br />Intervenção Comunitária com abordagem de educação Sexual<br />
  26. 26. APF<br />2011/ 2012 -- em parceria com a Universidade Lusófona:<br />Pós- graduação em Educação Sexual na Escola e na Comunidade<br />
  27. 27. O Centro de Formação da APF<br />2010 <br />65 cursos em todo o país, num total de 1919 horas e 1274 docentes abrangidos<br />Curso mais realizado : Desenho de Projectos -25h<br />Cursos, na sua maioria integrados no Programa Cuida-te do IPJ<br />
  28. 28. APF<br />2011 até 31 de Agosto:<br />45 cursos em todo o país, 1825 h e 851 docentes abrangidos<br />Curso mais realizado: Oficina de E.S.- Bem-me-queres na Adolescência 50h<br />Cursos pagos pelos participantes<br />
  29. 29. APF<br />Seminários nacionais de Educação Sexual<br />2010 – Leiria - 210 participantes<br />2011 - Lisboa –150 - participantes<br />
  30. 30. Acções de Formação 2011/2012<br /> 1- Oficina Educação Sexual Escolar: Bem-Me-QuerES na Adolescência (25h+25h)<br /> 2- Oficina Educação Sexual Escolar: Bem-Me-QuerES na Infância (25h+25h)<br /> 3- Valores, Sexualidade, Cidadania e Formação Cívica (30h)<br /> 4- Prevenção dos Abusos e Violência Sexual (30h)<br /> 5- Prevenção dos Riscos Associados à Sexualidade (30h)<br /> 6- Desenho de Projectos em Educação para a Saúde (25h)<br /> 7- Educação Sexual no Contexto da Educação Especial (25h)<br /> 8- Promoção da Saúde através dos Gabinetes de Informação e Apoio ao Aluno (25h)<br />
  31. 31. Acção<br />1<br />Oficina Educação Sexual Escolar: Bem-Me-QuerES na Adolescência<br />N.º de horas: 50h (25h+25h)<br />N.º de créditos: 2<br />Registo: CCPFC/ACC – 57466/09<br />Destinatários: Professores/as dos 2.º e 3.º ciclos do Ensino Básico, Ensino Secundário e Professores de Educação Especial<br />Preço: 1900€ (para um grupo de 10 a 20 professores; a este valor acrescem as deslocações)<br />Oficina Educação Sexual Escolar: Bem-Me-QuerES na Infância<br />2<br />Acção<br />N.º de horas: : 50h (25h+25h)<br />N.º de créditos: 2<br />Registo: CCPFC/ACC – 66805/11<br />Destinatários: Professores/as dos Grupos 100, 110, 910, 920, 930<br />Preço: 1900€ (para um grupo de 10 a 20 professores; a este valor acrescem as deslocações)<br />
  32. 32. Acção<br />3<br />Valores, Sexualidade, Cidadania e Formação Cívica<br />N.º de horas: 30h<br />N.º de créditos: 1,2<br />Registo: CCPFC/ACC – 54368/09<br />Destinatários: Professores/as do 2.º e 3.º ciclo do Ensino Básico e do Ensino Secundário<br />Preço: 1800€ (para um grupo de 10 a 20 professores; a este valor acrescem as deslocações)<br />Prevenção dos Abusos e Violência Sexual<br />4<br />Acção<br />N.º de horas: 30h<br />N.º de créditos: 1,2<br />Registo: CCPFC/ACC – 54327/08<br />Destinatários: Educadores de Infância, Professores/as do Ensino Básico, Secundário e Professores de Educação Especial<br />Preço: 1800€ (para um grupo de 10 a 20 professores; a este valor acrescem as deslocações)<br />
  33. 33. Acção<br />5<br />Prevenção dos Riscos Associados à Sexualidade<br />N.º de horas: 30h<br />N.º de créditos: 1,2<br />Registo: CCPFC/ACC – 54247/08<br />Destinatários: Educadores de Infância e Professores/as do Ensino Básico e Secundário<br />Preço: 1800€ (para um grupo de 10 a 20 professores; a este valor acrescem as deslocações)<br />Desenho de Projectos em Educação para a Saúde<br />6<br />Acção<br />N.º de horas: 25h<br />N.º de créditos: 1<br />Registo: CCPFC/ACC – 64396/10<br />Destinatários: Professores/as do Ensino Básico e Secundário, Professores de Educação Especial e Professores de Formação Profissional<br />Preço: 1500€ (para um grupo de 10 a 20 professores; a este valor acrescem as deslocações)<br />
  34. 34. Necessidades para o futuro<br /> Inclusão da Educação Sexual no currículo dos cursos de formação inicial de docentes em todas as instituições de formação públicas e privadas<br /><ul><li>Inclusão da Educação para a Saúde/ Educação Sexual nas prioridades de</li></ul> Formação Contínua de Professores<br />
  35. 35. Necessidades para o futuro<br />Evitar cortes nas horas destinadas ao trabalho nestas áreas nas escolas <br />Evitar cortes exagerados dos fundos monetários destinados a estas áreas<br />Manter o actual enquadramento legal<br />Recomendar a abordagem destes temas, evitando que escolas decidam eliminá-los<br />
  36. 36. Necessidades para o futuro<br /><ul><li>Criação e difusão de materiais de apoio com guias metodológicos ex Kits da APF
  37. 37. Continuação da oferta de formação contínua ex: propostas da APF. Ver site: www.apf.pt.
  38. 38. Formação pós-graduada, formação de formadores em Educação Sexual.</li></li></ul><li>Perspectivas de Futuro<br />Todos somos necessários … é mais importante o que nos une do que o que nos separa, lembremo-nos das propostas e perspectivas de Félix López.<br />Os nossos jovens agradecem…<br />Obrigada.<br />

×