Projeto escola de pais 2014 1

507 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
507
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto escola de pais 2014 1

  1. 1. PREFEITURA MUNICIPAL DE MOSSORÓ SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO DIRETORIA PEDAGÓGICA SETOR PSICOPEDAGÓGICO PROJETO PAIS EM AÇÃO: UMA ESCOLA DE PAIS MOSSORÓ/RN 2014
  2. 2. “Não caminhes á minha frente Posso não saber seguir-te, Não caminhes atrás de mim Posso não saber guiar-te, Caminha antes a meu lado e sê meu amigo”. Albert Camus
  3. 3. REALIZAÇÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE MOSSORÓ Francisco José da Silveira Júnior SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E DESPORTO Profª Dra Ieda Maria Araújo Chaves Freitas DIRETORA PEDAGÓGICA Profª. Jailma Soares da Costa SETOR PSICOPEDAGÓGICO Eliane Araújo Xavier da Costa Raimunda Girlane de Freitas Yara Celi Moura Elaine Cristina Teixeira Peixoto DEPARTAMENTO DE ENSINO Luzilene Fontes do Nascimento- Educação Infantil Darlly Noronha de Oliveira - Anos Iniciais Maria das Graças de Araújo – Anos Finais Selma Andrade de Paula Bedaque – Educação Especial Ecilvia Batista de Araújo – Coordenadora do Programa Mais Educação
  4. 4. PROJETO: PAIS EM AÇÃO: UMA ESCOLA DE PAIS I - Atividade: Realização de Encontros com Pais das Escolas Pólo II - Realização: Prefeitura Municipal de Mossoró/ Secretaria Municipal de Educação e Desporto III - Público Alvo: Pais de alunos das Escolas da Rede Municipal de Ensino de Mossoró IV - Período: De fevereiro a dezembro de 2013 V – APRESENTAÇÃO: Para que se ocorra o desenvolvimento global é importante que escola e família trabalhem em harmonia, pois quando os pais participam da vida escolar do filho, estes aprendem mais e melhor. Compreendendo a importância da participação dos pais na co-gestão da escola, bem como, no acompanhamento da educação formal dos aprendizes, a Secretaria Municipal da Educação e Desporto, através do setor psicopedagógico propõe o projeto PAIS EM AÇÃO, com o objetivo de institucionalizar os espaços de diálogo e fortalecimento das políticas públicas educacionais, na perspectiva da gestão democrática da escola. Além dos objetivos propostos, o projeto Pais em ação pretende ser um espaço de construção, tomada de decisão, socialização dos processos formativos que a escola desenvolverá com os aprendizes, possibilitando dessa forma que a comunidade escolar e entorno participem ativamente das rotinas escolares, e comprometam-se com a aprendizagem dos alunos (seus filhos). VI - Objetivos Geral:  Promover a formação dos pais, ajudando-os a melhor exercerem suas funções educativas na família e na sociedade, colaborando na edificação do aprendizado e melhoria da autoestima e conduta familiar. Específicos:  Proporcionar momentos de troca de experiências e saberes;  Possibilitar conhecimentos básicos de Psicologia, Psicopedagogia e de técnicas pedagógicas educativas que favorecem a reformulação de conceitos e facilitam a convivência entre pais e filhos  Conscientizar da Maternidade e Paternidade responsáveis;  Aproximar a família da escola;  Proporcionar melhor compreensão do desenvolvimento da criança/adolescente;  Conscientizar os pais de seu papel de educadores;  Desenvolver a autoestima e a afetividade.
  5. 5. VII - Metodologia: Trata-se de um curso direcionado a pais/responsáveis, onde serão discutidos temas pertinentes a formação dos pais enquanto educadores de seus filhos. A operacionalização do projeto se dará num ciclo de encontros periódicos durante o ano em exercício. Os pais serão convidados a participarem de um trabalho sistemático, em forma de círculo de debates, dirigido por profissionais de diferentes áreas de conhecimento (psicopedagogos, professores, psicólogos, promotores de justiça, conselheiros tutelares, médicos e outros). Os encontros acontecerão em data e horário combinado previamente com a escola e pais envolvidos. Participarão das palestras, os pais dos alunos matriculados, das referidas escolas que desejarem de forma espontânea participar desta formação. Os interessados farão a sua matrícula junto a secretaria da escola. Cada círculo de debate terá a dinâmica de movimento grupal, visando facilitar o debate, a reflexão e a interiorização dos temas abordados, dentro de uma sequência lógica de desenvolvimento. VIII - Acompanhamento e avaliação Os encontros e temas trabalhados serão acompanhados pelos membros do setor psicopedagógico da Secretaria Municipal da Educação e Desporto que avaliará junto a equipe da escola, a adequação, a produtividade e a eficácia da ação de formação, corrigindo e definindo rumos, quando necessário. A avaliação se dará também através das atividades desenvolvidas nos encontros, discussão e análise dos resultados alcançados. XI - Referências Bibliográficas BARBOSA, Laura Monte Serrat. A Psicopedagogia no âmbito da Instituição escolar. Curitiba: Expoente, 2001 ________ Um diálogo entre a psicopedagogia e a educação. 2ª edição. Curitiba: Bolsa Nacional do Livro, 2006 SCOZ, Beatriz Judith Lima. PINTO, Sílvia Amaral de Mello. (organizadoras) Psicopedagogia Contribuições para a educação pós-moderna. Petrópolis, RJ: Vozes; São Paulo: ABPp, 2004 ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------ . Leitura complementar: . Quem ama educa – Içami Tiba . Educação e amor – Içami Tiba . Diálogos sobre afetividade – Ivan Capelatto
  6. 6. Sugestões de temas Encontro 1: A importância da parceria família - escola e o espaço do diálogo na relação Pais e Filhos Objetivos Atividades Data Horário  Refletir sobre a importância da escuta na educação dos filhos, percebendo que o diálogo acontece a partir da escuta, daí a importância de ouvir e dialogar com os filhos.  Acolhida  Sensibilização  Questão para debate: - Como tem sido a dinâmica do diálogo com meus filhos?  Mediador: Psicopedagogas: Aldenora, Eliane, Girlane, Jacerlane e Yara.  Encerramento 02/junho 19h as 8h30min Encontro 02: Pais: consumidores conscientes Objetivo Atividades Período Horário  Conscientizar-se dos seus deveres e direitos enquanto consumidores, estimulando a cultura do consumo consciente.  Acolhida  Sensibilização  Questão para debate: - Como tenho me comportado enquanto consumidor?  Mediador: Procon Mossoró  Encerramento 22/junho 19h as 8h30min Encontro 03: Família e economia doméstica: reflexões, perspectivas e desafios Objetivo Atividades Período Horário  Conhecer aspectos da economia doméstica nos mais variados setores, como alimentação, habitação e educação do consumidor na perspectiva de uma melhor qualidade de vida.  Acolhida  Sensibilização  Questão para debate: - O que é ser econômico?  Mediadora: Profª Ieda Maria de A. Chaves Freitas  Encerramento 07/julho 19h as 8h30min Encontro 04: Família e evangelização: construindo um mundo melhor Objetivo Atividades Período Horário  Refletir sobre a importância da evangelização no combate a violência e desestrutura familiar.  Acolhida  Sensibilização  Questão para debate: - Como tem sido a minha prática familiar na educação espiritual dos meus filhos?  Mediador: Prof. Kildare de Medeiros G. Holanda  Encerramento 04/agosto 19h as 8h30min Encontro 05: Nossos filhos, nosso tesouro: educar com limites e afeto Objetivo Atividades Período Horário  Perceber as dificuldades que se apresentam no dia-a-dia com relação a educação dos filhos.  Acolhida  Sensibilização  Questão para debate: - Na minha família existe a cultura do limite e do afeto?  Mediador: Psicopedagogas: Eliane, Girlane e Jacerlane  Encerramento 01/setembro 19h as 8h30min Encontro 06: O Estatuto da Criança e do Adolescente: ECA Objetivo Atividades Período Horário  Estimular o conhecimento sobre o Estatuto da Criança e do adolescente na busca da garantia dos direitos da criança.  Acolhida  Sensibilização  Questão para debate: - O que diz o Estatuto da Criança e do Adolescente?  Mediador: Psicopedagogas: Assistente Social Mirna Aparecida  Encerramento 06/outubro 19h as 8h30min
  7. 7. Continuação... Encontro 07: Ação Educativa no combate e prevenção as drogas Objetivo Atividades Período Horário  Desenvolver atitudes que podem ser adotadas na educação dos filhos para que, mais tarde, eles tenham poucas chances de virem a abusar de álcool, cigarros e outras drogas.  Acolhida  Sensibilização  Questão para debate: - Que ações tenho desenvolvido para prevenir as drogas em minha família?  Mediador: Psicopedagogas: Eliane e Aldenora  Encerramento 03/novembro 19h as 8h30min Encontro 08: Nutrição e saúde: alimentação saudável e qualidade de vida Objetivo Atividades Período Horário  Refletir quanto à importância de uma boa alimentação como política de qualidade de vida.  Acolhida  Sensibilização  Questão para debate: - Como tem sido a minha prática familiar na educação espiritual dos meus filhos?  Mediadoras: Nutricionista Leila Patrícia Dantas de Paiva  Encerramento da Edição 2011 - Entrega de certificados - Degustação saudável 01/dezembro 19h as 8h30min Encontro 9: Mãe e Pai, Pessoas importantes na vida do filho. Objetivos Atividades Data Horário  Refletir sobre a importância da participação da família na educação dos filhos, percebendo que o diálogo acontece a partir da escuta, daí a importância de ouvir e dialogar com os filhos.  Acolhida  Sensibilização  Questão para debate: - Os pais/responsáveis (genitores) como referência para os filhos;  Mediador: Psicopedagogas  Encerramento A definir A definir Encontro 10: Pais: Sexualidade e manifestação do amor. Objetivo Atividades Período Horário  Inserção da sexualidade na escola e família.  Acolhida  Sensibilização  Questão para debate: - Como a família pode abordar o tema sexualidade  Mediador(a):  Encerramento A definir A definir Encontro 11: Comportamentos infantis: Medo, ciúme, Mentira Objetivo Atividades Período Horário  Diagnosticar aspectos do comportamento infanto/juvenil na perspectiva de uma melhor qualidade de vida.  Acolhida  Sensibilização  Questão para debate: - Desenvolvimento infantil: O que saber sobre?  Mediador(a):  Encerramento A definir A definir
  8. 8. Prefeitura Municipal de Mossoró Secretaria Municipal da Educação e do Desporto Diretoria Pedagógica Setor Psicopedagógico Orientações para implantação – Projeto Escola de Pais 1 – Após receber as orientações do Setor Psicopedagógico a respeito da implantação da escola de Pais, a equipe gestora deve reunir professores e funcionários e decidir conjuntamente a necessidade de se instituir o projeto na referida escola; 2 – Em reunião de Pais explicar o objetivo do projeto e convidá-lo para o 1º encontro. Nesse momento também deve ser feito a inscrição dos interessados, pois haverá certificação (no final do ciclo de palestras, que acontece no final de ano); INSCRIÇÃO - ESCOLA DE PAIS ESCOLA DE PAIS – FICHA DE INSCRIÇÃO . Nome: . Data de Nascimento: . Grau de instrução: . Endereço: . Telefone para contato: . Filho(s) na escola: OI TIM CLARO * Nome: . Ano: * Nome: . Ano: * Nome: . Ano: . OBS:. 3 – O 1º tema deve ser desenvolvido pelo setor psicopedagógico. Os demais encontros devem ser mediados por outros profissionais; 4 – O projeto consiste na realização de encontros mensais com temas pertinentes a formação técnica, pessoal e teórica dos pais com foco na educação dos filhos.  Importante: . Caso a escola julgue não ser capaz a realização de encontros mensais, pode optar por encontros bimestrais até que seja possível a concretização original. 5 – Para cada encontro deve ser feito a lista de assinaturas, visto que haverá certificação final; 6 – Cada tema (encontro), deve ser conduzido obedecendo a dinâmica apresentada no projeto  Acolhida  Sensibilização  Questão para debate: - Desenvolvimento  Mediador(a):  Encerramento 6 – No último encontro do ano, a escola deve promover a certificação bem como o encerramento do ano. Setor Psicopedagógico
  9. 9. Fevereiro/ 2014
  10. 10. Fevereiro/ 2014

×