Economia Regional e Urbana
BH sustentabilidade – BRT MOVE
Equipe: Aline da Costa
Hallan Kardec
Tereza Halana
O BRT (Bus Rapid Transit ou Transporte
Rápido por Ônibus) é um sistema de transporte
por ônibus, eficiente, de alta capaci...
Esse modelo de transporte já é
utilizado com sucesso em grandes
cidades do mundo, como Pequim, na
China, Joanesburgo, na Á...
Benefícios do MOVE:
 Viagens mais rápidas e ônibus maiores
Veículos maiores, modernos e mais confortáveis, circulando em
...
 Regularidade e pontualidade
Uma central vai monitorar a operação dos ônibus,
controlando a velocidade e o tempo de chega...
 Integração e acessibilidade
Nas estações, os usuários terão mais opções de
linhas de ônibus para acessar diferentes bair...
BRT MOVE entra em operação em Belo Horizonte
e beneficia cerca de 30 mil pessoas
Cerca de 30 mil pessoas de Belo
Horizonte...
Os primeiros dias de operação estão
sendo monitorados para corrigir qualquer
problema que aconteça no sistema de
transport...
Maior projeto de transporte público de
Belo Horizonte desde a construção do
metrô, na década de 1970, o sistema de
Transpo...
Os ônibus articulados que
prometem reduzir em até 50% o tempo
de viagem dos passageiros das
principais regiões da capital ...
MOVE
Cristiano
Machado
TEMPOS DE
VIAGEM
Bairros da
região de
alimentação da
Estação São
Gabriel:
• Tempo médio
atual: 35
m...
TEMPOS DE VIAGEM:
Bairros da região de alimentação da
Estação Vilarinho:
• Tempo médio atual: 75 minutos
• Tempo médio fut...
MOVE ÁREA
CENTRAL
Na Área Central, as
estações de
transferência do
MOVE estarão
localizadas nas
avenidas Paraná e
Santos D...
Número de passageiros:
 Antônio Carlos – 400 mil/dia
 Cristiano Machado – 300 mil/dia
 Hipercentro – 16.700 (manhã) e 1...
Cidades brasileiras faturam Prêmio
Transporte Sustentável
Rio de Janeiro, Belo Horizonte e São Paulo
dividiram a conquista...
A capital mineira recebeu o prêmio
porque implementou, em 2014, o sistema
BRT MOVE, reduzindo o tempo das
viagens e garant...
Obrigado !
Economia regional e urbana   trabalho-3
Economia regional e urbana   trabalho-3
Economia regional e urbana   trabalho-3
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Economia regional e urbana trabalho-3

364 visualizações

Publicada em

d

Publicada em: Saúde
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
364
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Economia regional e urbana trabalho-3

  1. 1. Economia Regional e Urbana BH sustentabilidade – BRT MOVE Equipe: Aline da Costa Hallan Kardec Tereza Halana
  2. 2. O BRT (Bus Rapid Transit ou Transporte Rápido por Ônibus) é um sistema de transporte por ônibus, eficiente, de alta capacidade e alta qualidade, movido à energia elétrica e diesel, operado de forma semelhante ao metrô, capaz de atender os usuários com rapidez e conforto. É uma combinação de infraestrutura viária, veículos, operação, sistemas de controle e informação ao usuário, para oferecer ao cidadão um serviço de transporte público de qualidade.
  3. 3. Esse modelo de transporte já é utilizado com sucesso em grandes cidades do mundo, como Pequim, na China, Joanesburgo, na África do Sul, Bogotá, na Colômbia, e Los Angeles, nos Estados Unidos. Em Belo Horizonte, o sistema BRT recebeu o nome MOVE, termo que remete ao sentido de deslocar, movimentar e progredir.
  4. 4. Benefícios do MOVE:  Viagens mais rápidas e ônibus maiores Veículos maiores, modernos e mais confortáveis, circulando em pistas e faixas exclusivas, livres de congestionamento e linhas diretas para área central.  Agilidade no embarque Os usuários farão o pagamento da tarifa ou utilizarão o seu cartão nas estações e não mais dentro dos ônibus, eliminando as filas para entrar nos veículos. A facilidade do embarque e do desembarque no mesmo nível entre a estação e o piso dos ônibus, eliminando os degraus, também vai contribuir para reduzir o tempo de viagem.
  5. 5.  Regularidade e pontualidade Uma central vai monitorar a operação dos ônibus, controlando a velocidade e o tempo de chegada nas estações. Para que esse monitoramento seja possível, todos os ônibus terão um computador de bordo com GPS.  Informação em tempo real Painéis eletrônicos instalados nas estações de transferência informarão quanto tempo falta para o próximo ônibus chegar. Monitores dentro dos ônibus indicarão as próximas paradas.  Segurança para todos Para maior segurança dos usuários, câmeras de vídeos estarão instaladas dentro dos ônibus e nas estações.
  6. 6.  Integração e acessibilidade Nas estações, os usuários terão mais opções de linhas de ônibus para acessar diferentes bairros da cidade. Todas as estações terão uma porta para acesso das pessoas com mobilidade reduzida.  Incentivo ao uso de bicicletas Os ônibus do MOVE Antônio Carlos e MOVE Cristiano Machado terão dispositivos internos para a fixação de bicicletas. O transporte de bicicletas poderá ser feito aos sábados, após as 15 horas e durante todo o dia, nos domingos e feriados.  Melhoria da qualidade do ar Além de garantir um tráfego mais ordenado e com mais fluidez para o transporte coletivo, o uso de veículos mais modernos e com maior capacidade de transporte (os chamados ônibus articulados), vai reduzir o número de ônibus em circulação, diminuindo a emissão de poluentes.
  7. 7. BRT MOVE entra em operação em Belo Horizonte e beneficia cerca de 30 mil pessoas Cerca de 30 mil pessoas de Belo Horizonte (MG) ganharam mais tempo para se dedicar a outras tarefas do dia a dia. Tempo que antes era gasto no trajeto de casa para o trabalho. Isso porque entrou em operação o BRT MOVE - novo transporte coletivo da capital mineira. Construído com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), o empreendimento entregue faz parte da matriz de responsabilidade da Copa do Mundo de 2014.
  8. 8. Os primeiros dias de operação estão sendo monitorados para corrigir qualquer problema que aconteça no sistema de transporte. Atualmente cerca de 450 coletivos transitam pela Av. Cristiano Machado. Com o BRT essa quantidade deve cair para 280. O número de linhas também será reduzido, de 106 para 33.
  9. 9. Maior projeto de transporte público de Belo Horizonte desde a construção do metrô, na década de 1970, o sistema de Transporte Rápido por Ônibus (BRT), completa aproximadamente um ano de operação parcial com obras em andamento e em fase de ajustes. O investimento total no sistema já alcançou R$ 1 bilhão.
  10. 10. Os ônibus articulados que prometem reduzir em até 50% o tempo de viagem dos passageiros das principais regiões da capital mineira e região metropolitana até o centro circulam por três corredores principais, que podem ser considerados a espinha dorsal do sistema.
  11. 11. MOVE Cristiano Machado TEMPOS DE VIAGEM Bairros da região de alimentação da Estação São Gabriel: • Tempo médio atual: 35 minutos • Tempo médio futuro: 20 minutos • Redução: 15 minutos (43%) MAPAS DO SISTEMA
  12. 12. TEMPOS DE VIAGEM: Bairros da região de alimentação da Estação Vilarinho: • Tempo médio atual: 75 minutos • Tempo médio futuro: 40 minutos • Redução: 35 minutos (47%) MOVE ANTÔNIO CARLOS
  13. 13. MOVE ÁREA CENTRAL Na Área Central, as estações de transferência do MOVE estarão localizadas nas avenidas Paraná e Santos Dumont. As avenidas Paraná e Santos Dumont serão transformadas em áreas exclusivas do MOVE.
  14. 14. Número de passageiros:  Antônio Carlos – 400 mil/dia  Cristiano Machado – 300 mil/dia  Hipercentro – 16.700 (manhã) e 14.300 (tarde) Investimento:  MOVE Antônio Carlos-R$ 633.865.451,66  MOVE Cristiano Machado-R$ 135.313.870,98  Move Hipercentro-R$ 57.894.736,84  Centro de Controle Operacional-R$ 31.578.947,37 TOTAL: R$ 858.653.006,85
  15. 15. Cidades brasileiras faturam Prêmio Transporte Sustentável Rio de Janeiro, Belo Horizonte e São Paulo dividiram a conquista de premiação internacional de sustentabilidade. Os BRTs Transcarioca (RJ) e MOVE (BH), e as ciclovias de São Paulo contribuíram para as respectivas capitais conquistarem o Prêmio Transporte Sustentável do Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITPD), que tem sede em Nova York.
  16. 16. A capital mineira recebeu o prêmio porque implementou, em 2014, o sistema BRT MOVE, reduzindo o tempo das viagens e garantindo maior conforto e segurança aos passageiros; melhorando a qualidade de vida da população das grandes capitais do país.
  17. 17. Obrigado !

×