1

216 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
216
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

1

  1. 1. 1. Desafios e oportunidades na Copa do Mundo 2014 2. Integrantes do time• BrunnoCuris• Elizabeth Estevão• Juliana Ali 3. Qual a função da logística na COPA 2014Objetivo:• Racionalizar o fluxo de pessoas dentro das cidades sedes;• Otimizar o tempo de deslocamento entre essas cidades;• Reduzir custos;• Agregar valor e proporcionar uma maior satisfação de cada parcipante em relação a experiência com o evento. 4. Segundo o governo• 12 cidades sediarão os jogos.• Fluxo de aproximadamente 3,7 milhões de turistas brasileiros e estrangeiros nas cidades.• Investimento de R$ 27,1 Bilhões, onde R$ 20,3 bilhões serão destinados a infraestrutura de transportes.• 51 Obras de infraestrutura de logística. 5. Cidades Sedes• Belo Horizonte• Brasília• Cuiabá• Curitiba• Fortaleza• Manaus• Natal• Porto Alegre• Recife• Rio de Janeiro• Salvador• São Paulo 6. Segundo o governo Investimento de R$ 20,3 bilhões em logística14 Recurso Privado12 1210 Recurso Federal 8 7.4 7.4 Financiamento Federal 6 3.6 4 Governo Estadual e 2 4.6 3.8 0.9 Municipal 0 0.9 Total Mobilidade Aeroportos Portos urbanaMinistério dos transportes, maio de 2012 7. Mobilidade UrbanaA reestruturação de transportes coletivos nascidades sedes serão reformados e construídos:• BRT’s• Via• Controle de trânsito• Corredor• Estação• VLT• Monotrilho 8. Mobilidade Urbana - BRT• O Bus Rapid Transit (BRT, "trânsito rápido de autocarros/ônibus") é um modelo de transporte coletivo de média capacidade. Constitui-se de veículos articulados ou biarticulados que trafegam em canaletas específicas ou em vias elevadas.Cidades: Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife e Rio de Janeiro BRT: Extensão da Linha Verde Sul – Curitiba - PR
  2. 2. 9. Mobilidade Urbana – VIAS• Vias urbanas, são trechos rodoviários de fácil acesso interligando regiões estratégicas com o objetivo de reduzir o fluxo e gargalos de veículos de uma determinada cidade ou região metropolitana.Cidades: Belo Horizonte, Brasília, Cuiabá, Natal,Porto Alegre e Recife.Via 210 (Ligação da Via Minério/Tereza Cristina) Belo Horizonte - MG 10. Mobilidade Urbana- Controle de Trânsito• As cidades sedes terão centrais de controle de trânsito, algumas reformadas e outras construídas. Esses sistemas incluem controle centralizado de semáforos em tempo e fixo, painéis de mensagens variáveis e circuito fechado de monitoramentoCidades: Belo Horizonte, Curitibae Porto Alegre 11. Mobilidade Urbana – Corredores• Implantação de sistemas de corredores exclusivos de ônibus integrando com BRT em importantes vias de acesso, aumentando a agilidade do transporte coletivo.• Cidades: Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Natal e Porto Alegre. Corredor Pedro II e Carlos Luz, em Belo Horizonte - MG 12. Mobilidade Urbana – VLT• Algumas cidades terão sistema de transporte VLT (Veículo Leve sobre Trilhos), com velocidade máxima de até 70Km/h e alimentado por energia elétrica trafegando sobre as ruas para livrar do colapso do trânsito. (é uma mistura de metrô com ônibus, é um bonde moderno.)• Cidades: Brasília, Cuiabá e Fortaleza. VLT linha 1-trecho 1 (Aeroporto/Asa Sul) - Brasília - DF 13. Mobilidade Urbana – Monotrilho• As cidades de Manaus e São Paulo contará com sistema de transporte de Monotrilhos (veículos leves que trafega sobre trilhos elevados com pneus de borracha). 14. Infraestrutura Aeroportuária• Todas as cidades sedes contarão com reformas em sua infraestrutura aeroportuária para melhorar o fluxo de passageiro nos aeroportos como: Setor Cidades TPS (Terminais de passageiros) Todas as cidades
  3. 3. sedes e Campinas exceto Recife. MOP (Modulo Operacional) Brasília, Curitiba, Porto Alegre e Campinas*. Pista de pouso Curitiba, Natal, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. Pátio Curitiba, Natal, Porto Alegre, Salvador e São Paulo. Torres de controle Recife e Salvador. 15. Infraestrutura PortuáriaCidades-Sede ProjetoFortaleza Terminal MarítimoRecife Terminal MarítimoNatal Terminal MarítimoSalvador Terminal MarítimoSantos * Alinhamento do CaisRio de Janeiro Implantação de píer em YManaus Terminal hidroviárioSantos não é cidade sede mas terá um papel fundamental no deslocamento deturistas de outras regiões do país para SP, através de atrações turísticas 16. Como sai do papel Projetos Básicos e Executivos DesapropriaçãoEtapas de impasse Processo licitatório OBRAS 17. Obras em atraso• VLT linha 1-trecho 1 (Aeroporto/Asa Sul) – Brasília (não ficara pronto até a copa)• Ampliação da DF-047 – Brasília• VLT Cuiabá/Várzea Grande – Cuiabá• BRT: Extensão da Linha Verde Sul – Curitiba (as obras ainda não começaram)• Estações Padre Cícero e Juscelino Kubitscheck – Fortaleza• Monotrilho Norte/Centro – Manaus (não começaram)• BRT Eixo Leste/Centro – Manaus• Corredor Avenida Tronco – Porto Alegre (não começaram)• Corredor da Terceira Perimetral – Porto Alegre (não começaram)• Monitoramento de Corredores de BRT – Porto Alegre• BRT Avenida João Pessoa – Porto Alegre• Corredor Voluntários da Pátria/Estação S.Pedro- Porto Alegre• Complexo da Rodoviária - Porto Alegre• Terminal Integrado Cosme e Damião - Recife 18. Obras em atraso Total de 14 obras de logística atrasadas Não começaram, 3Não entregue, 1 Curto Prazo Não entregue Curto Prazo, 11 Não começaram 19. Atraso por cidades Obras em atraso 1 2 1 Brasília 1 Cuiabá6 1 Curitiba 2 Fortaleza Manaus Porto Alegre Recife
  4. 4. 20. Vantagens e desvantagens Pontos Positivos Pontos Negativos Movimentação da economia Retorno de investimento não garantido Incentivo ao turismo Endividamentos dos municípios , estados e União até 2030 A implantação de transportes Não melhora a malha logística para metropolitanos eficientes nas cidades desenvolvimento econômico do sedes se tornarão modelos para o país, pois o Brasil necessita de resto do país aumento da malha ferroviária e melhor infraestrutura portuária Geração de empregos diretos e Corrupção e falta de planejamento indiretos Aumento da valorização imobiliária Aumento da desigualdade social e a FIFA não desembolsa 1 centavo de investimento CBF e FIFA terão lucro de mais de R$ 2 Bilhão com isenção de impostos CBF

×