SlideShare uma empresa Scribd logo

Introduzindo a Cultura Afro-Brasileira na Educação Infantil

Em 09 de janeiro de 2003, foi sancionada a Lei Federal nº 10.639 que tornou obrigatório o estudo da História e Cultura Afro-Brasileira. Desta forma é essencial trabalhar desde a Educação Infantil esta temática.

1 de 22
Baixar para ler offline
Produtor/a: Elaine Cristiana de Lima – Professora de Educação
Infantil e Ensino Fundamental I
Em 09 de janeiro de 2003, foi sancionada a Lei
Federal nº 10.639 que tornou obrigatório o
estudo da História e Cultura Afro-Brasileira.
Desta forma é essencial trabalhar desde a
Educação Infantil esta temática.
“Ao introduzir a discussão sistemática das relações étnico-raciais
e da história e cultura africanas e afro-brasileiras, essa
legislação impulsiona mudanças significativas na escola básica
brasileira, articulando o respeito e o reconhecimento à
diversidade étnico-racial com a qualidade social da educação”.
Da mesma forma o Parecer 03/2004 do Conselho
Nacional de Educação que regulamenta a lei nº
10.639 ressalta a importância da obrigatoriedade
do estudo da História e Cultura Afro-Brasileira
como forma de:
“Reconhecer é também valorizar, divulgar e respeitar os processos
históricos de resistência negra desencadeados pelos africanos
escravizados no Brasil e por seus descendentes na
contemporaneidade, desde as formas individuais até as coletivas ”.
OBJETIVO GERAL: Iniciar o trabalho de apresentação
da cultura afro-brasileira na Educação Infantil.
Sensibilizando as crianças para o respeito e apreciação
da diversidade.
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
1. Conhecer os modos de ser, viver e trabalhar da
cultura africana.
2. Estabelecer algumas relações entre o modo de vida
do seu grupo social e de outros grupos.
Introduzindo a Cultura Afro-Brasileira na Educação Infantil
Introduzindo a Cultura Afro-Brasileira na Educação Infantil

Recomendados

Sugestões para trabalhar a cultura africana na educação
Sugestões para trabalhar a cultura africana na educaçãoSugestões para trabalhar a cultura africana na educação
Sugestões para trabalhar a cultura africana na educaçãojaqueegervasio
 
Projeto anual sobre o conciencia negra
Projeto anual sobre o conciencia negraProjeto anual sobre o conciencia negra
Projeto anual sobre o conciencia negraRodrigo Vicente
 
Projeto diversidade cultural na educação infantil
Projeto diversidade cultural na educação infantilProjeto diversidade cultural na educação infantil
Projeto diversidade cultural na educação infantilCecília Alcântara
 
Projeto arte e africanidades
Projeto arte e africanidadesProjeto arte e africanidades
Projeto arte e africanidadescampacheco
 
Projeto Cultura Afro Brasileira e africana
Projeto Cultura Afro Brasileira e africanaProjeto Cultura Afro Brasileira e africana
Projeto Cultura Afro Brasileira e africanalucianazanetti
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Projeto consciência negra
Projeto consciência negraProjeto consciência negra
Projeto consciência negravaniaabatista
 
Projeto consciência negra 2012
Projeto consciência negra 2012Projeto consciência negra 2012
Projeto consciência negra 2012vaniamariaazevedo
 
A diversidade e a cultura afrobrasileira
A diversidade e a cultura afrobrasileiraA diversidade e a cultura afrobrasileira
A diversidade e a cultura afrobrasileiraprof_roseli_barbosa
 
Identidade e autonomia com brincantigas e histórias - Projeto maternal - 1º ...
Identidade e autonomia com brincantigas e histórias -  Projeto maternal - 1º ...Identidade e autonomia com brincantigas e histórias -  Projeto maternal - 1º ...
Identidade e autonomia com brincantigas e histórias - Projeto maternal - 1º ...Claudinéia Barbosa
 
Projeto afrodescendente
Projeto afrodescendenteProjeto afrodescendente
Projeto afrodescendentenogcaritas
 
Projeto Diversidade Cultural - Prof. Iria Rejane
Projeto Diversidade Cultural - Prof. Iria RejaneProjeto Diversidade Cultural - Prof. Iria Rejane
Projeto Diversidade Cultural - Prof. Iria RejaneAlexandre da Rosa
 
Projeto CDIS- Valorização da Cultura Afro-Brasileira
Projeto CDIS-   Valorização da Cultura Afro-BrasileiraProjeto CDIS-   Valorização da Cultura Afro-Brasileira
Projeto CDIS- Valorização da Cultura Afro-BrasileiraBelister Paulino
 
Projeto Iguais e Diferentes - Prof. Ana Lúcia
Projeto Iguais e Diferentes - Prof. Ana LúciaProjeto Iguais e Diferentes - Prof. Ana Lúcia
Projeto Iguais e Diferentes - Prof. Ana LúciaAlexandre da Rosa
 
Projeto contra racismo na escola
Projeto contra racismo na escolaProjeto contra racismo na escola
Projeto contra racismo na escolanivalda
 
Projeto literatura infantil
Projeto literatura infantilProjeto literatura infantil
Projeto literatura infantilShirley Costa
 
Culinária afro brasileira
Culinária afro brasileiraCulinária afro brasileira
Culinária afro brasileirapratesclaudio
 
A criança do berçario e maternal 50 atividades
A criança do berçario e maternal 50 atividadesA criança do berçario e maternal 50 atividades
A criança do berçario e maternal 50 atividadesSimoneHelenDrumond
 
Folclore brasileiro
Folclore brasileiroFolclore brasileiro
Folclore brasileiroAndrea Lemos
 
Sequência didática na educação infantil
Sequência didática na educação infantil Sequência didática na educação infantil
Sequência didática na educação infantil Luiza Carvalho
 
Projeto consciência negra 2012
Projeto consciência negra 2012Projeto consciência negra 2012
Projeto consciência negra 2012vaniamariaazevedo
 
Didática Projeto Diversidade
Didática Projeto DiversidadeDidática Projeto Diversidade
Didática Projeto Diversidadejuliana_rebelo
 
Apostila quem canta seus males espanta vol1
Apostila quem canta seus males espanta vol1Apostila quem canta seus males espanta vol1
Apostila quem canta seus males espanta vol1SimoneHelenDrumond
 

Mais procurados (20)

Projeto consciência negra
Projeto consciência negraProjeto consciência negra
Projeto consciência negra
 
Projeto consciência negra 2012
Projeto consciência negra 2012Projeto consciência negra 2012
Projeto consciência negra 2012
 
A diversidade e a cultura afrobrasileira
A diversidade e a cultura afrobrasileiraA diversidade e a cultura afrobrasileira
A diversidade e a cultura afrobrasileira
 
Identidade e autonomia com brincantigas e histórias - Projeto maternal - 1º ...
Identidade e autonomia com brincantigas e histórias -  Projeto maternal - 1º ...Identidade e autonomia com brincantigas e histórias -  Projeto maternal - 1º ...
Identidade e autonomia com brincantigas e histórias - Projeto maternal - 1º ...
 
Projeto afrodescendente
Projeto afrodescendenteProjeto afrodescendente
Projeto afrodescendente
 
Projeto Diversidade Cultural - Prof. Iria Rejane
Projeto Diversidade Cultural - Prof. Iria RejaneProjeto Diversidade Cultural - Prof. Iria Rejane
Projeto Diversidade Cultural - Prof. Iria Rejane
 
Projeto CDIS- Valorização da Cultura Afro-Brasileira
Projeto CDIS-   Valorização da Cultura Afro-BrasileiraProjeto CDIS-   Valorização da Cultura Afro-Brasileira
Projeto CDIS- Valorização da Cultura Afro-Brasileira
 
Projeto Iguais e Diferentes - Prof. Ana Lúcia
Projeto Iguais e Diferentes - Prof. Ana LúciaProjeto Iguais e Diferentes - Prof. Ana Lúcia
Projeto Iguais e Diferentes - Prof. Ana Lúcia
 
Projeto contra racismo na escola
Projeto contra racismo na escolaProjeto contra racismo na escola
Projeto contra racismo na escola
 
Projeto o folclore
Projeto o folcloreProjeto o folclore
Projeto o folclore
 
Projeto literatura infantil
Projeto literatura infantilProjeto literatura infantil
Projeto literatura infantil
 
Culinária afro brasileira
Culinária afro brasileiraCulinária afro brasileira
Culinária afro brasileira
 
A criança do berçario e maternal 50 atividades
A criança do berçario e maternal 50 atividadesA criança do berçario e maternal 50 atividades
A criança do berçario e maternal 50 atividades
 
Folclore brasileiro
Folclore brasileiroFolclore brasileiro
Folclore brasileiro
 
Sequência didática na educação infantil
Sequência didática na educação infantil Sequência didática na educação infantil
Sequência didática na educação infantil
 
Projeto consciência negra
Projeto consciência negraProjeto consciência negra
Projeto consciência negra
 
Projeto consciência negra 2012
Projeto consciência negra 2012Projeto consciência negra 2012
Projeto consciência negra 2012
 
Projeto semana da pátria
Projeto semana da pátriaProjeto semana da pátria
Projeto semana da pátria
 
Didática Projeto Diversidade
Didática Projeto DiversidadeDidática Projeto Diversidade
Didática Projeto Diversidade
 
Apostila quem canta seus males espanta vol1
Apostila quem canta seus males espanta vol1Apostila quem canta seus males espanta vol1
Apostila quem canta seus males espanta vol1
 

Destaque

Brinquedos e brincadeiras de crianças africanas
Brinquedos e brincadeiras de crianças africanasBrinquedos e brincadeiras de crianças africanas
Brinquedos e brincadeiras de crianças africanasPerseu Silva
 
Brincadeiras africanas
Brincadeiras africanasBrincadeiras africanas
Brincadeiras africanasaledalbo
 
Reconstruindo a áfrica
Reconstruindo a áfricaReconstruindo a áfrica
Reconstruindo a áfricaJana Bento
 
Influência da-cultura-africana-no-brasil
Influência da-cultura-africana-no-brasilInfluência da-cultura-africana-no-brasil
Influência da-cultura-africana-no-brasilNancihorta
 
Projeto Pérola negra
Projeto Pérola negraProjeto Pérola negra
Projeto Pérola negranogcaritas
 
Aula sobre brincadeiras africanas
Aula sobre brincadeiras africanasAula sobre brincadeiras africanas
Aula sobre brincadeiras africanasElisângela Sooma
 
Aula sobre Brincadeiras Africanas - Herança africana nas brincadeiras de cria...
Aula sobre Brincadeiras Africanas - Herança africana nas brincadeiras de cria...Aula sobre Brincadeiras Africanas - Herança africana nas brincadeiras de cria...
Aula sobre Brincadeiras Africanas - Herança africana nas brincadeiras de cria...Elisângela Sooma
 
Personalidades negras que marcaram a história do brasil
Personalidades negras que marcaram a história do  brasilPersonalidades negras que marcaram a história do  brasil
Personalidades negras que marcaram a história do brasiljocelia cristrina cerqueira
 
Uma historia do negro no brasil
Uma historia do negro no brasilUma historia do negro no brasil
Uma historia do negro no brasilnatielemesquita
 
Culinária da áfrica
Culinária da áfricaCulinária da áfrica
Culinária da áfricaMarta Baldez
 
Introdução à Filosofia - O Homem e a Cultura
Introdução à Filosofia - O Homem e a CulturaIntrodução à Filosofia - O Homem e a Cultura
Introdução à Filosofia - O Homem e a CulturaDiego Sampaio
 

Destaque (20)

Brinquedos e brincadeiras de crianças africanas
Brinquedos e brincadeiras de crianças africanasBrinquedos e brincadeiras de crianças africanas
Brinquedos e brincadeiras de crianças africanas
 
Brincadeiras africanas
Brincadeiras africanasBrincadeiras africanas
Brincadeiras africanas
 
Cultura negra
Cultura negraCultura negra
Cultura negra
 
Reconstruindo a áfrica
Reconstruindo a áfricaReconstruindo a áfrica
Reconstruindo a áfrica
 
Influência da-cultura-africana-no-brasil
Influência da-cultura-africana-no-brasilInfluência da-cultura-africana-no-brasil
Influência da-cultura-africana-no-brasil
 
Projeto Pérola negra
Projeto Pérola negraProjeto Pérola negra
Projeto Pérola negra
 
Aula sobre brincadeiras africanas
Aula sobre brincadeiras africanasAula sobre brincadeiras africanas
Aula sobre brincadeiras africanas
 
Aula sobre Brincadeiras Africanas - Herança africana nas brincadeiras de cria...
Aula sobre Brincadeiras Africanas - Herança africana nas brincadeiras de cria...Aula sobre Brincadeiras Africanas - Herança africana nas brincadeiras de cria...
Aula sobre Brincadeiras Africanas - Herança africana nas brincadeiras de cria...
 
Jogos Africanos
Jogos AfricanosJogos Africanos
Jogos Africanos
 
Festas populares
Festas popularesFestas populares
Festas populares
 
Africanidade
AfricanidadeAfricanidade
Africanidade
 
Contribuição da cultura africana no brasil
Contribuição da cultura africana no brasilContribuição da cultura africana no brasil
Contribuição da cultura africana no brasil
 
Personalidades negras que marcaram a história do brasil
Personalidades negras que marcaram a história do  brasilPersonalidades negras que marcaram a história do  brasil
Personalidades negras que marcaram a história do brasil
 
Consciencia negra
Consciencia negraConsciencia negra
Consciencia negra
 
Africanidade
AfricanidadeAfricanidade
Africanidade
 
Culinaria afro brasileira
Culinaria afro brasileiraCulinaria afro brasileira
Culinaria afro brasileira
 
Uma historia do negro no brasil
Uma historia do negro no brasilUma historia do negro no brasil
Uma historia do negro no brasil
 
Culinária da áfrica
Culinária da áfricaCulinária da áfrica
Culinária da áfrica
 
Introdução à Filosofia - O Homem e a Cultura
Introdução à Filosofia - O Homem e a CulturaIntrodução à Filosofia - O Homem e a Cultura
Introdução à Filosofia - O Homem e a Cultura
 
Natureza e Cultura
Natureza e CulturaNatureza e Cultura
Natureza e Cultura
 

Semelhante a Introduzindo a Cultura Afro-Brasileira na Educação Infantil

Ritmos Afro Brasileiros
Ritmos Afro BrasileirosRitmos Afro Brasileiros
Ritmos Afro Brasileirosculturaafro
 
Projeto Consciência Negra - Minha pele de ébano...
Projeto Consciência Negra - Minha pele de ébano...Projeto Consciência Negra - Minha pele de ébano...
Projeto Consciência Negra - Minha pele de ébano...Cintia Pereira
 
PROJETO DIDÁTICO 3 ANO PNAIC unidade 6
PROJETO DIDÁTICO 3 ANO PNAIC unidade 6PROJETO DIDÁTICO 3 ANO PNAIC unidade 6
PROJETO DIDÁTICO 3 ANO PNAIC unidade 6Marisa Seara
 
história e cultura afro brasileira e africana
história e cultura afro brasileira e africanahistória e cultura afro brasileira e africana
história e cultura afro brasileira e africanaculturaafro
 
Trabalho multidisciplinar com africanidade
Trabalho multidisciplinar com africanidadeTrabalho multidisciplinar com africanidade
Trabalho multidisciplinar com africanidadeEduardo Mariño Rial
 
Projeto cultura afro-brasileira
Projeto cultura afro-brasileiraProjeto cultura afro-brasileira
Projeto cultura afro-brasileiraemsaodomingos
 
Cultura indígena e cultura afro uma reflexão histórica
Cultura indígena e cultura afro uma reflexão históricaCultura indígena e cultura afro uma reflexão histórica
Cultura indígena e cultura afro uma reflexão históricaWesly Alves de Sá
 
Slide_de_Socialização_de_Estágio - Estágio III - Nilson.pptx
Slide_de_Socialização_de_Estágio - Estágio III - Nilson.pptxSlide_de_Socialização_de_Estágio - Estágio III - Nilson.pptx
Slide_de_Socialização_de_Estágio - Estágio III - Nilson.pptxMonalisaNavarro
 

Semelhante a Introduzindo a Cultura Afro-Brasileira na Educação Infantil (20)

História local dos afro descendentes
História local dos afro descendentesHistória local dos afro descendentes
História local dos afro descendentes
 
Ritmos Afro Brasileiros
Ritmos Afro BrasileirosRitmos Afro Brasileiros
Ritmos Afro Brasileiros
 
História local dos afro descendentes
História local dos afro descendentesHistória local dos afro descendentes
História local dos afro descendentes
 
História local dos afro descendentes
História local dos afro descendentesHistória local dos afro descendentes
História local dos afro descendentes
 
Projeto Afro 2023.doc
Projeto Afro 2023.docProjeto Afro 2023.doc
Projeto Afro 2023.doc
 
Culinária afro brasileira
Culinária afro brasileiraCulinária afro brasileira
Culinária afro brasileira
 
Projeto Consciência Negra - Minha pele de ébano...
Projeto Consciência Negra - Minha pele de ébano...Projeto Consciência Negra - Minha pele de ébano...
Projeto Consciência Negra - Minha pele de ébano...
 
PROJETO DIDÁTICO 3 ANO PNAIC unidade 6
PROJETO DIDÁTICO 3 ANO PNAIC unidade 6PROJETO DIDÁTICO 3 ANO PNAIC unidade 6
PROJETO DIDÁTICO 3 ANO PNAIC unidade 6
 
Consciêncianegraoficina
ConsciêncianegraoficinaConsciêncianegraoficina
Consciêncianegraoficina
 
áFrica 2012
áFrica 2012áFrica 2012
áFrica 2012
 
Atividades conteúdos
Atividades conteúdos Atividades conteúdos
Atividades conteúdos
 
Africanidades Brasil
Africanidades BrasilAfricanidades Brasil
Africanidades Brasil
 
história e cultura afro brasileira e africana
história e cultura afro brasileira e africanahistória e cultura afro brasileira e africana
história e cultura afro brasileira e africana
 
Htpc cultura africana
Htpc  cultura africanaHtpc  cultura africana
Htpc cultura africana
 
Trabalho multidisciplinar com africanidade
Trabalho multidisciplinar com africanidadeTrabalho multidisciplinar com africanidade
Trabalho multidisciplinar com africanidade
 
Volume 1 africa_pdf_on_line
Volume 1 africa_pdf_on_lineVolume 1 africa_pdf_on_line
Volume 1 africa_pdf_on_line
 
Projeto cultura afro-brasileira
Projeto cultura afro-brasileiraProjeto cultura afro-brasileira
Projeto cultura afro-brasileira
 
Cultura indígena e cultura afro uma reflexão histórica
Cultura indígena e cultura afro uma reflexão históricaCultura indígena e cultura afro uma reflexão histórica
Cultura indígena e cultura afro uma reflexão histórica
 
Historia da Africa
Historia da AfricaHistoria da Africa
Historia da Africa
 
Slide_de_Socialização_de_Estágio - Estágio III - Nilson.pptx
Slide_de_Socialização_de_Estágio - Estágio III - Nilson.pptxSlide_de_Socialização_de_Estágio - Estágio III - Nilson.pptx
Slide_de_Socialização_de_Estágio - Estágio III - Nilson.pptx
 

Último

Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaFicha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaCentro Jacques Delors
 
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Cuidados Essenciais para um Cachorro Feliz e Saudável-e-book-sc.pdf
Cuidados Essenciais para um Cachorro Feliz e Saudável-e-book-sc.pdfCuidados Essenciais para um Cachorro Feliz e Saudável-e-book-sc.pdf
Cuidados Essenciais para um Cachorro Feliz e Saudável-e-book-sc.pdfsuplementocultural1
 
Planejamento do 1º semestre de Ciências 2024 9º ano.pdf
Planejamento do 1º semestre  de Ciências 2024 9º ano.pdfPlanejamento do 1º semestre  de Ciências 2024 9º ano.pdf
Planejamento do 1º semestre de Ciências 2024 9º ano.pdfJanielleCristina1
 
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...AaAssessoriadll
 
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...manoelaarmani
 
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba InicialTeresaCosta92
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...excellenceeducaciona
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...azulassessoriaacadem3
 
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfAtividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfRuannSolza
 
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...azulassessoriaacadem3
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoPaula Meyer Piagentini
 
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!Psyc company
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Mary Alvarenga
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaFicha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
 
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
 
Cuidados Essenciais para um Cachorro Feliz e Saudável-e-book-sc.pdf
Cuidados Essenciais para um Cachorro Feliz e Saudável-e-book-sc.pdfCuidados Essenciais para um Cachorro Feliz e Saudável-e-book-sc.pdf
Cuidados Essenciais para um Cachorro Feliz e Saudável-e-book-sc.pdf
 
Planejamento do 1º semestre de Ciências 2024 9º ano.pdf
Planejamento do 1º semestre  de Ciências 2024 9º ano.pdfPlanejamento do 1º semestre  de Ciências 2024 9º ano.pdf
Planejamento do 1º semestre de Ciências 2024 9º ano.pdf
 
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
 
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
 
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfAtividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
 
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docxGABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
 
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 

Introduzindo a Cultura Afro-Brasileira na Educação Infantil

  • 1. Produtor/a: Elaine Cristiana de Lima – Professora de Educação Infantil e Ensino Fundamental I
  • 2. Em 09 de janeiro de 2003, foi sancionada a Lei Federal nº 10.639 que tornou obrigatório o estudo da História e Cultura Afro-Brasileira. Desta forma é essencial trabalhar desde a Educação Infantil esta temática. “Ao introduzir a discussão sistemática das relações étnico-raciais e da história e cultura africanas e afro-brasileiras, essa legislação impulsiona mudanças significativas na escola básica brasileira, articulando o respeito e o reconhecimento à diversidade étnico-racial com a qualidade social da educação”.
  • 3. Da mesma forma o Parecer 03/2004 do Conselho Nacional de Educação que regulamenta a lei nº 10.639 ressalta a importância da obrigatoriedade do estudo da História e Cultura Afro-Brasileira como forma de: “Reconhecer é também valorizar, divulgar e respeitar os processos históricos de resistência negra desencadeados pelos africanos escravizados no Brasil e por seus descendentes na contemporaneidade, desde as formas individuais até as coletivas ”.
  • 4. OBJETIVO GERAL: Iniciar o trabalho de apresentação da cultura afro-brasileira na Educação Infantil. Sensibilizando as crianças para o respeito e apreciação da diversidade. OBJETIVOS ESPECÍFICOS: 1. Conhecer os modos de ser, viver e trabalhar da cultura africana. 2. Estabelecer algumas relações entre o modo de vida do seu grupo social e de outros grupos.
  • 8. Na roda de conversa, perguntar para as crianças o que elas conhecem sobre a cultura africana. Trazer aspectos da cultura africana – mostrar fotos/imagens, tecidos típicos e falar da alimentação, das danças, da culinária, das roupas e de quanto estes aspectos estão presentes na nossa cultura como por exemplo a feijoada, a capoeira, o samba. Deixar que manuseiem as imagens, falem sobre qual mais chamou a atenção. Falar da importância da cultura Afro-Brasileira na formação cultural do Brasil. Convidar os alunos a apreciar a música e o ritmo africano por meio da dança sansa kroma – vídeo com a coreografia e falar da lenda desta dança que faz parte do folclore africano.
  • 9. SANSA KROMA – canção folclórica africana que era cantada pelas mães sul-africanas durante o exílio, nos tempos de apartheid. O sansa kroma é um pássaro fantástico do imaginário de aldeias africanas, uma espécie de falcão. Contam que uma dia ele estava voando alto no céu e avistou alguns pintinhos órfãos. Sansa kroma desceu e cuidou deles até que estivessem adultos. A mensagem da canção é que nas comunidade, sempre haverá alguém para cuidar das crianças.
  • 10. Sansa Kroma Nena yo Keke kokomba Sansa Kroma Nena yo Keke kokomba Sansa Kroma Nena yo Keke kokomba Sansa Kroma Nena yo Keke kokomba Sansa Kroma Nena yo kokomba Sansa Kroma Nena yo Keke kokomba Sansa Kroma Nena yo kokomba Sansa Kroma Nena yo Keke kokomba Sansa Kroma Coreografia Sansa Kroma: http://www.youtube.com/watch?v=ZXaaFKVtNBM
  • 13. SINOPSE DO FILME – Na África Ocidental nasce um menino minúsculo, cujo tamanho não alcança nem o joelho de um adulto, que tem um destino: enfrentar a poderosa e malvada feiticeira Karabá, que secou a fonte d'água da aldeia de Kirikou, engoliu todos os homens que foram enfrentá-la e ainda pegou todo o ouro que tinham. Para isso, Kirikou enfrenta muitos perigos e se aventura por lugares onde somente pessoas pequeninas poderiam entrar.
  • 14. Momento de conversa sobre o filme:  Primeiramente deixar que as crianças falem o que mais lhes chamou a atenção no filme;  Falar sobre aspectos próprios da cultura, o que é comum em determinada cultura. Como por exemplo as mulheres que aparecem com os seios de fora, relacionar aos índios que também usam pouca roupa; perguntar se eles perceberam outro aspecto característico do povo negro.  A partir do herói que o filme apresenta – Kiriku – pedir para as crianças relacionarem com os heróis que elas conhecem. Há semelhanças? E diferenças?
  • 15. Será processual realizada durante todo o processo de apresentação da temática nas aulas  Perceber se o universo cultural da criança foi ampliado;  Verificar se as atitudes das crianças quanto ao respeito e valorização das diferenças presentes na sala de aula, na escola, no contexto mais amplo da comunidade;  Perceber se conseguem fazer relação entre sua cultura e outras culturas.
  • 16.  Leitura de livros infantis com personagens negros;  Pesquisa sobre a vida de heróis e personalidades africanas e afro-brasileiras;  Filmes e desenhos que valorizem personagens negros;  Resgate da culinária e de outras tradições culturais do povo negro. INSERIR NA ROTINA ATIVIDADES COMO:
  • 22. REFERÊNCIAS: BRASIL. Lei nº 10.693, de 09 de janeiro de 2003. Altera a Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da Rede de Ensino a obrigatoriedade da temática "História e Cultura Afro-Brasileira", e dá outras providências. PARECER CNE/CP 03/2004. Diretrizes Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana.