Atividades conteúdos

5.457 visualizações

Publicada em

Atividades conteúdos -

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Atividades conteúdos

  1. 1. ARTE a- Pesquisar as diferentes danças conhecidas e/ou dançadas na comunidade; b- Pesquisa r tipos de performance negro-africanas e das manifestações culturais locais e regionais , como por exemplo: os reisados, os congados, o maracatu, congo, jongo, tambor de crioula, carimbó, lundu e outras; c- Apreciar, pesquisar, analisar e debater sobre as formas de danças étnicas e culturais tendo como protagonistas os grupos culturais juvenis; d- Estudar as linguagens artísticas expressas pelos elementos do movimento cultural hip-hop (break – grafite – rap). e- Pesquisar as várias formas de resistência político-cultural de expressão da cultura e religiosidade de matriz africana, como por exemplo: o candomblé, o congado, a festa do Rosário, de São Benedito, de São Gonçalo e de outros;
  2. 2. <ul><li>f- Promover exposição de trabalhos, confeccionados a partir de releituras de artistas que têm como inspiração a temática étnico-racial; </li></ul><ul><li>g- Oficinas temáticas e estéticas para conhecimento e valorização de máscaras, penteados, indumentárias, adornos e suas simbologias na cultura africana; </li></ul><ul><li>h- Pesquisa sobre os instrumentos musicais de origem africana que são amplamente utilizados na música brasileira; </li></ul><ul><li>i- Estudos sobre influências africanas na música popular brasileira e na world music ; </li></ul><ul><li>j- Pesquisar sobre a origem e história do samba, do chorinho, do blues, do reggae e outros ritmos de matrizes africanas presentes no repertório musical brasileiro; </li></ul><ul><li>l- Pesquisar, selecionar e representar , por meio de representações teatrais, teatro de sombras, marionetes e fantoches de mitos africanos; </li></ul><ul><li>m- Pesquisar sobre associações e grupos teatrais negros que surgiram no Brasil a partir do TEM (Teatro Experimental do Negro), com Abdias do Nascimento, aos grupos da atualidade; </li></ul><ul><li>n- A arquitetura egípcia; </li></ul><ul><li>o- A habitação africana; </li></ul><ul><li>p- O papel da pintura corporal e da tatuagem para os povos africanos . </li></ul>
  3. 3. LÍNGUA PORTUGUESA <ul><li>a- Trabalhar a influência dos falares africanos no Brasil; </li></ul><ul><li>b- Criar situações de debates por meio do trabalho com textos de circulação social: cultura, esporte, sexualidade, racismo, violência, juventude, condições e especificidades das mulheres negras; </li></ul><ul><li>c - Analisar criticamente textos que , de forma tendenciosa, tratam questões de gênero e étnico-raciais que são veiculadas na publicidade; </li></ul><ul><li>d- Apreciação de textos literários produzidos por autores (ou autoras) negros brasileiros contemporâneos conhecendo suas obras e biografia; </li></ul><ul><li>e- Conhecer alguns dos principais autores(as) das literaturas africanas de Língua Portuguesa; </li></ul>
  4. 4. <ul><li>f- Trabalhar com a mitologia afro-brasileira e da realidade local; </li></ul><ul><li>g- Trabalhar com linguagem oral por meio desta mitologia, compondo textos coerentes a partir de trechos destes e das histórias contadas pelos estudantes e seus familiares; </li></ul><ul><li>h- Leitura, análise e produção de letras de canções, fanzines e quadrinhos , característicos das culturas urbanas juvenis. </li></ul><ul><li>i-Ler e analisar textos, localizando visões estereotipadas sobre os diferentes grupos raciais/étnicos ; </li></ul><ul><li>j- Redigir textos a partir da análise de dados sobre as relações raciais e desigualdades , preferencialmente depois de debates; </li></ul>
  5. 5. <ul><li>l- Trabalhar com diferentes gêneros de texto que abordem o tema das relações raciais ou do escravismo; </li></ul><ul><li>m- Comparar textos literários , por exemplo, poemas de Castro Alves e Raul Bopp com textos históricos; </li></ul><ul><li>n- Redigir a partir de discussões, textos para poesias, rap, histórias em quadrinhos, charges, cartazes, folhetos, etc. </li></ul><ul><li>o- Pesquisar as biografias dos escritores afro-brasileiros , falando também sobre a época em que esses personagens viveram. </li></ul><ul><li>p- Dependendo da série, pode-se pedir que os estudantes leiam obras e façam uma exposição em sala de aula. </li></ul>
  6. 6. LITERATURA AFRO-BRASILEIRA: SUGESTÕES DE AUTORES(AS) <ul><li>Século XVIII: Domingos Caldas Barbosa. </li></ul><ul><li>Século XIX: Paula Brito, Maria Firmina dos Reis ( maranhense), Luís Gama, Machado de Assis, Cruz e Souza, Lima Barreto. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Século XX: Aloísio Resende, Solano Trindade, Abdias do Nascimento, Carlos de Assumpção, Mãe Beata de Yemanjá, Oswaldo de Camargo, Oliveira Silveira, Joel Rufino dos Santos, Nei Lopes, Muniz Sodré, Waldemar Euzébio Pereira, Conceição Evaristo, Adão Ventura, Geni Guimarães, Alzira dos Santos Rufino, Paulo Colina, Cuti (Luiz Silva), José Carlos Limeira, Henrique Cunha Jr., Miriam Alves, Abelardo Rodrigues, Salgado Maranhão, Éle Semog, Esmeralda Ribeiro, Márcio Barbosa, Júlio Emílio Braz, Abílio Ferreira, Ronaldo Augusto, Edimilson de Almeida Pereira, Ivan Cupertino, Jussara Santos, Marcos Dias, Cristiane Sobral. </li></ul>
  8. 8. LÍNGUA INGLESA <ul><li>Estudar letras de músicas em inglês, podendo ser músicas de artistas africanos/afrodescendentes ou músicas africanas/influências afros (reggae, por exemplo). </li></ul><ul><li>Sugestões de artistas: Michael Jackson; Lucky Dube; Bob Marley; Alpha Blond; Jimmy Cliff; Stevie Wonder etc. </li></ul><ul><li>Observação: Não esquecer de utilizar a música de forma contextualizada. Procure relacionar a letra da música, o artista ou o estilo musical com a temática afro. </li></ul>
  9. 9. HISTÓRIA <ul><li>a- Perceber e valorizar semelhanças e diferenças, respeitando as diversidades etnico-raciais por meio de atividades que remetam ao próprio estudante, sua família e seu local de moradia; </li></ul><ul><li>b- Pesquisar as trajetórias históricas dos escravizados no Brasil (Diáspora), os afro-brasileiros na contemporaneidade; </li></ul><ul><li>c- Trabalhar, utilizando material audiovisual, no sentido de promover conhecimento mais amplo sobre a diversidade e as singularidades do Continente Africano; </li></ul><ul><li>d- Analisar criticamente informações (revistas, documentários, imagens, músicas) desconstruindo e eliminando estereótipos construídos sobre a África, seu povo e sua cultura , ressignificando e construindo outros conceitos; </li></ul><ul><li>e- Trabalhar a construção positiva da identidade racial e a auto–estima dos estudantes por meio de estratégias que possibilitem a identificação da origem étnica e história de suas famílias, valorizando as tradições familiares, o lazer, a cultura, a religiosidade, os hábitos alimentares, etc.; </li></ul>
  10. 10. <ul><li>f- Estudar, pesquisar a África como berço da humanidade e das primeiras civilizações, os grandes reinos africanos pré-coloniais, a colonização africana, a independência dos países, a África na atualidade; </li></ul><ul><li>g- Promover a consciência histórica da presença africana no cotidiano histórico e na cultura brasileira; </li></ul><ul><li>h- Pesquisar a biografia e a contribuição de personagens negros(as) na história. </li></ul><ul><li>i- Os documentários e filmes são excelentes instrumentos para deflagrar discussões sobre as situações de racismo, preconceitos e discriminação no território brasileiro, como também entender a situação calamitosaem que se encontra o Continente Africano na atualidade. </li></ul><ul><li>VÍDEOS: Sarafina, o som da liberdade; Um grito de liberdade; A negação do Brasil (O negro na telenovela brasileira); Atlântico Negro na rota dos Orixás; Quilombo; Vista Minha Pele. </li></ul>
  11. 11. GEOGRAFIA <ul><li>a- Trabalhar a diversidade por meio do estudo de semelhanças e diferenças de famílias pelo mundo através do tempo e espaço; </li></ul><ul><li>b- Atividades concretas que levem os (as) estudantes a se perceberem como sujeitos sociais que compartilham espaços com outros grupos sociais , enfatizando a necessidade de se estabelecer relações de conhecimento e respeito; </li></ul><ul><li>c- Para o reconhecimento sobre as contribuições quanto à produção material, cultural-ideológica e social, bem como da situação de marginalização no espaço social brasileiro , sugere-se a organização de trilhas urbanas com os estudantes criando oportunidades para análise, observação, registro dos aspectos observados. Planejar e organizar o roteiro, assim como realizar posteriormente atividades de sistematização sobre o observado; </li></ul><ul><li>d- Organizar com os(as) estudantes uma linha do tempo registrando o processo de hominização; </li></ul>
  12. 12. <ul><li>e- Organizar com os(as) estudantes uma representação no mapa-mundi dos prováveis caminhos percorridos pelas famílias humanas no povoamento do Planeta, usando barbantes ou outro material que possa demarcar esta trajetória . Usar desta construção para a produção do texto relatando esta caminhada; </li></ul><ul><li>f- Construir mapas temáticos com os estudantes (usando ate material reciclado) localizando os grandes impérios e reinos africanos antes do processo de colonização; </li></ul><ul><li>g- Trabalhar com dados sobre assimetrias raciais brasileiras. Construir gráficos a partir de textos , como também o movimento contrário: a partir de textos, construir gráficos fazendo análise crítica sobre o observado; </li></ul><ul><li>h- Pesquisar sobre as descobertas arqueológicas que ajudam a explicitar o povoamento da América, em especial o crânio de uma mulher denominada Luzia: fóssil mais antigo das Américas encontrado em Lagoa Santa, no ano de 1974; </li></ul>
  13. 13. <ul><li>i- A partir de pesquisa , procurar construir com os(as) estudantes um quadro comparativo sobre a situação dos Quilombolas de ontem e de hoje , observando aspectos que se relacionem com: os territórios ocupados, a organização das comunidades, as questões de saúde, sobrevivência e educação e outros, de acordo com a realidade; </li></ul><ul><li>j- Buscar informações em livros e documentos para a confecção de mapas temáticos localizando os Quilombos da localidade e/ou os principais do Brasil; </li></ul><ul><li>l- Os documentários e filmes são excelentes instrumentos para deflagrar discussões sobre as situações de racismo, preconceitos e discriminação no território brasileiro como também entender a situação calamitosa em que se encontra o Continente Africano na atualidade. </li></ul><ul><li>VÍDEOS: Hotel Ruanda, Entre dois amores(Out of África), Crianças invisíveis. </li></ul>
  14. 14. SOCIOLOGIA <ul><li>a- Estudar e discutir textos legislativos sobre os Direitos Humanos: Constituição Brasileira (ver texto legislativo no livro “A África está em nós”, vol. 3); Estatuto da Criança e do Adolescente, Estatuto do Idoso, Lei 10.098/00 (Promoção de Acessibilidade aos Portadores de Deficiência, Lei Maria da Penha, Declaração Universal dos Direitos Humanos, Leis trabalhistas do Brasil etc. </li></ul><ul><li>b- Pesquisar em jornais e revistas, situações de desrespeito aos direitos humanos. </li></ul><ul><li>c- Pesquisar, estudar, discutir e produzir textos sobre o preconceito racial. </li></ul><ul><li>d- Analisar e discutir vídeos sobre o preconceito racial, direitos humanos, diversidade racial etc. </li></ul>
  15. 15. <ul><li>e- Pesquisar e discutir sobre o trabalho escravo no Brasil e Maranhão . </li></ul><ul><li>f- Pesquisar sobre a exclusão social do negro no Brasil atual. </li></ul><ul><li>g- Pesquisar sobre “Os direitos trabalhistas no Brasil”. Realizar entrevistas com trabalhadores(as) da comunidade. </li></ul><ul><li>h- Estudar, pesquisar a diversidade étnico-racial do Brasil, enfatizando as diferentes etnias que formaram o povo brasileiro. </li></ul>
  16. 16. <ul><li>i- Confeccionar murais e cartazes que retratem a diversidade étnico-racial que marca a sociedade brasileira. Sugestão: Pode-se utilizar fotografias dos próprios estudantes e de seus familiares. </li></ul><ul><li>j- Trabalhar, através de pesquisas, as datas comemorativas e reflexivas, a partir do calendário afro-brasileiro disponível nas escolas. </li></ul><ul><li>VÍDEOS </li></ul><ul><li>Vista Minha Pele. Documentário (23 minutos). </li></ul><ul><li>Abolição. Documentário (150 min) </li></ul><ul><li>O trabalho escravo no Brasil atual . Documentário (40 min., distribuídos em 8 episódios de 5 min.), </li></ul>
  17. 17. FILOSOFIA <ul><li>a- Realizar pesquisa sobre a mitologia africana. </li></ul><ul><li>b- Pesquisar a biografia e as contribuições filosóficas de Tobias Barreto, Tito Lívio de Castro e Farias Brito (filósofos brasileiros). </li></ul><ul><li>c- Pesquisar os “Valores civilizatórios afrobrasileiros ”. Sugestão de site: http://www.acordacultura.org.br . </li></ul><ul><li>d- A partir da temática “Valores”, discutir e pesquisar a problemática do “preconceito/discriminação”. </li></ul><ul><li>e- Pesquisar e organizar seminário/exposição sobre a arte e a cultura afrobrasileira (música, dança, artes plásticas, culinária, religião, vestimentas e indumentárias, linguagens etc. </li></ul>
  18. 18. <ul><li>VÍDEOS </li></ul><ul><li>Atlântico Negro – Na Rota dos Orixás. Documentário (54 min). </li></ul><ul><li>Kiriku e a Feiticeira. Filme (70 min). </li></ul><ul><li>O Candomblé no Brasil (A fé, origens, meio ambiente e saúde, influências, Literatura e oralidade, quilombos, comunidades e festas). Vídeo da Tv Escola (7 episódios de 30 min.). Disponível nas Escolas (Disco nº 27, Volume 2). </li></ul>
  19. 19. BIOLOGIA <ul><li>a- Estudar e pesquisar sobre epiderme, genes, constituição capilar dos afrodescendentes. </li></ul><ul><li>b- Pesquisar as doenças que acometem a população negra: anemia falciforme, mioma uterino, hipertensão arterial, diabetes mellitus tipo II, câncer de colo uterino. </li></ul><ul><li>c- Pesquisar e discutir as teorias racistas: Karl Von Linneo, David Hume, Etienne Seres, Francis Galton, Louis Agassiz, Arthur Gobineau, Raimundo Nina Rodrigues. </li></ul><ul><li>d- Pesquisar sobre o legado científico e tecnológico dos africanos à Medicina </li></ul>
  20. 20. MATEMÁTICA/FÍSICA <ul><li>a- Pesquisar o legado científico e tecnológico dos africanos à Astronomia : Conhecimentos da nação Dagon (Antigo Mali); Conhecimentos dos egípcios. </li></ul><ul><li>b- Pesquisar o legado científico e tecnológico dos africanos à Engenharia, Arquitetura e Matemática: Produção de aço pelo povo Haya (Tanzânia) entre 1500 e 2000 anos atrás; Construção das muralhas do Grande Zimbábue; Construção das pirâmides do Egito. </li></ul><ul><li>c- Pesquisar o legado científico e tecnológico dos afrobrasileiros : André Rebouças e Teodoro Sampaio (engenharia civil). </li></ul><ul><li>d- Pesquisar o legado científico e tecnológico dos africanos à navegação : tecnologia naval egípcia. </li></ul><ul><li>VÍDEO: Matemática e culturas africanas e afro-brasileira - (60”) - Vídeo da Tv Escola (Disco nº 40, vol. 2). </li></ul>

×