SlideShare uma empresa Scribd logo
Processos Gerenciais

Projeto Interdisciplinar – Modulo II

    INTRODUÇÃO À MANUFATURA ENXUTA

               Nov 2010
Manufatura Enxuta
Manufatura Enxuta
 Filosofia de negócios baseada no Sistema Toyota de Produção,
    cujo objetivo é:


    Flexibilidade


    Agilidade.


    Otimizar os processos e procedimentos por meio da redução
   contínua de desperdícios.
Manufatura Enxuta




         Tudo que não agrega valor é desperdício !!!
Manufatura Enxuta
Os 7 desperdícios do Lean
Os 7 desperdícios do Lean
Superprodução:
    •    Quantitativa: produzir mais do que o necessário
    •    Temporal: fazer antes do que o necessário


Estoque
    •    Produzir grandes lotes acima das necessidades imediatas dos clientes


Espera
    •Espera para programação da ordem
    •Espera na fila de ordens para entrar na máquina
    •Espera dentro do lote para conclusão da ordem
Os 7 desperdícios do Lean
Qualidade
    •    Inspeção por amostragem em grandes lotes não garante 100% de qualidade


Transporte
    •    Movimento de lotes de produtos entre máquinas e departamentos ou entre locais de
         armazenagem


Processamento Desnecessário
    •Porque usar determinado método de processamento de fixação e remoção das peças

Movimento Improdutivo
    •Movimento de materiais e de operários decorrente de grandes
        lotes produtivos e/ou de grandes estoques.
Casa da Manufatura Enxuta
           CASA DA MANUFATURA ENXUTA



                                            Foco no cliente:
                                  Qualidade, Entrega e Custo


             Entrega                         Envolvimento:                         Qualidade
   > Fluxo (VSM)
   > Previsão de Demanda            > Trabalho Padronizado
   > Envolver Client/Fornec.        > Treinamento                          > Gestão Visual
   > TPM                            > 5'S                                  > Solução de Problemas
   > Heijunka                       > Círculos Kaizen                      > Controle de Anomalias
   > Tempo Takt                     > Sugestões                            > Poka-yoke
   > Sistema Puxado                 > Atividades de Segurança              > Controle por Zona
   > Kanban                         > Comunicação
   > Engenharia Simultânea

                                            Padronização

                                             Estabilidade
           A base da manufatura enxuta é a estabilidade e a padronização.
           As paredes são a entrega just-in-time e jidoka, que é a autonomação com mente humana.
           A meta (o telhado) do sistema é o foco no cliente: entregar a mais alta qualidade para o cliente ao mais
           baixo custo, no lead time mais curto. O coração do sistema é o envolvimento: membros de equipes
           flexíveis e motivados, constantemente a procura de uma melhor forma de fazer as coisas.
Eliminando Desperdícios
• Técnicas para Eliminação de Desperdícios:

   –   Mapeamento do Fluxo de Valor:
   –   Kanban:
   –   Manutenção Produtiva Total:
   –   5’S :
   –   Sistema de Sugestões:
   –   Gestão à Vista:
   –   Kaizen:
   –   Troca Rápida de Ferramentas:
Eliminando Desperdícios
• Mapeamento do Fluxo de Valor:
Eliminando Desperdícios
• Kanban:
  É a técnica utilizada para puxar a produção. O kanban é uma ferramenta de controle do fluxo de
  materiais no chão de fábrica. Ele é um sinal visual que informa ao operário o que, quanto e quando
  produzir.
Eliminando Desperdícios
• 5’S :
   é uma ferramenta de gerenciamento voltada para melhorar o ambiente de trabalho através do
   comprometimento e envolvimento de todos. Os “S” vêm de cinco palavras que iniciam com a letra
   “S” (Seiri, Seiton, Seiso, Seiketsu, Shitsuke) para adaptar os conceitos para a língua portuguesa o
   “S” virou “senso”, então trabalhamos os cinco sensos: Senso de Utilização, Senso de Ordenação,
   Senso Limpeza, Senso de Saúde, Senso de Auto Disciplina.
Eliminando Desperdícios
• Sistema de Sugestões:

  Esse sistema entrou para suprir um dos desperdícios que tentamos combater, que se
  refere ao recurso do capital humano. A criatividade inutilizada é um desperdício, pois
  enumeras idéias acabam sendo perdidas pela falta de iniciativa da empresa em não ouvir
  o seu capital humano e transformar essas idéias em ação.
Eliminando Desperdícios
• Gestão à Vista:
   Trata da visualização e entendimento por todos de tudo o que acontece com o processo, sendo uma
   forma de colocar a vista todos os problemas, pois na manufatura enxuta um problema é tratado
   como uma oportunidade de melhoria
Eliminando Desperdícios
• Kaizen:




            Está intimamente ligado a cultura japonesa.

            O japonês prega que o lugar que as melhorias devem ser realizadas é
            no Gemba. Gemba (lugar onde as coisas acontecem).
Eliminando Desperdícios
• Manutenção Produtiva Total:
   A aplicabilidade da manutenção produtiva total é complexa e relativamente demorada, mas, após
   sua implantação os ganhos são enormes.




• Troca Rápida de Ferramentas:
  Este tem como objetivo reduzir ao máximo os tempos de setup para que se torne possível a prática
  de pequenos lotes econômicos de produção de forma nivelada com a demanda, que irão alavancar
  todo o processo de implantação da Manufatura Enxuta
Implementação do Lean
Fatores como a competição, a exigência de níveis elevados de qualidade, a
  necessidade da velocidade de resposta e a flexibilidade dos processos produtivos
  obrigam as empresas a inovar e a procurar alternativas para a sua gestão. Foi
  alicerçado nessas premissas que a Karsten iniciou a jornada para implementar a
  filosofia Lean.

Existem algumas premissas para implantar o lean dentro das organizações, uma
  delas e a principal é o apoio incondicional da alta administração na implantação
  o outro é inserir o Lean no modelo de gestão da empresa.

Não adianta implantar apenas ferramentas, elas são interdependentes e geram
  poucos resultados quando aplicadas isoladamente.
Considerações
O Lean é uma filosofia de negócios baseada no Sistema Toyota de Produção, cujo
   objetivo é otimizar os processos e procedimentos por meio da redução contínua
   de desperdícios e identificar o que é valor a partir da ótica dos clientes e
   usuários.

A produção enxuta tem por principal função eliminar desperdícios durante o seu
   processo ou seja eliminar tudo aquilo que gera custo sem agregar valor. Para sua
   implementação o apoio da alta administração é quesito obrigatório, bem como é
   necessário ter um facilitador e conhecedor das ferramentas de melhoria, que
   seja experiente em treinamento, e que tenha como vocação o trabalho em
   equipe.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Administração de Produção - Just in Time (JIT)
Administração de Produção - Just in Time (JIT)Administração de Produção - Just in Time (JIT)
Administração de Produção - Just in Time (JIT)
douglas
 
Just in time (jit)
Just in time (jit)Just in time (jit)
Just in time (jit)
Robson Costa
 
Aula Lean
Aula LeanAula Lean
Manufatura enxuta
Manufatura enxutaManufatura enxuta
Jit – just in time
Jit – just in timeJit – just in time
Jit – just in time
trainertek
 
Administração da Produção - Planejamento e Controle de Capacidade
Administração da Produção - Planejamento e Controle de CapacidadeAdministração da Produção - Planejamento e Controle de Capacidade
Administração da Produção - Planejamento e Controle de Capacidade
douglas
 
MRP na prática - gerenciamento da produção
MRP na prática - gerenciamento da produção MRP na prática - gerenciamento da produção
MRP na prática - gerenciamento da produção
Nara Oliveira
 
Arranjo físico layout
Arranjo físico   layoutArranjo físico   layout
Arranjo físico layout
Raylson Rabelo
 
Ferramentas da qualidade
Ferramentas da qualidadeFerramentas da qualidade
Ferramentas da qualidade
Fabricio Pangoni
 
MRP e JIT
MRP e JITMRP e JIT
MRP e JIT
Mauro Enrique
 
Aula 5 - U2S2 - Análise da necessidade de capacidade instalada.pdf
Aula 5 - U2S2 - Análise da necessidade de capacidade instalada.pdfAula 5 - U2S2 - Análise da necessidade de capacidade instalada.pdf
Aula 5 - U2S2 - Análise da necessidade de capacidade instalada.pdf
Denis Lima
 
Aula 01 introdução, endereçamento e wms
Aula 01  introdução, endereçamento e wmsAula 01  introdução, endereçamento e wms
Aula 01 introdução, endereçamento e wms
Adilson Paradella
 
Kanban
KanbanKanban
Sistema Toyota de Produção
Sistema Toyota de ProduçãoSistema Toyota de Produção
Sistema Toyota de Produção
Alexandre Bonifacio Silva
 
Lean Manufacturing
Lean ManufacturingLean Manufacturing
Lean Manufacturing
Markus Hofrichter
 
Organização e Melhoria de Processos
Organização e Melhoria de ProcessosOrganização e Melhoria de Processos
Organização e Melhoria de Processos
Fábio Gugliotti
 
Administração da produção
Administração da produçãoAdministração da produção
Administração da produção
milton junior
 
Treinamento 5 s
Treinamento 5 sTreinamento 5 s
Treinamento 5 s
Fernando Mattos
 
Lean Manufacturing 5
Lean Manufacturing 5Lean Manufacturing 5
Lean Manufacturing 5
daniellopesfranco
 
Aula 02 just in time e kanban 1
Aula 02   just in time e kanban 1Aula 02   just in time e kanban 1
Aula 02 just in time e kanban 1
josmar faria
 

Mais procurados (20)

Administração de Produção - Just in Time (JIT)
Administração de Produção - Just in Time (JIT)Administração de Produção - Just in Time (JIT)
Administração de Produção - Just in Time (JIT)
 
Just in time (jit)
Just in time (jit)Just in time (jit)
Just in time (jit)
 
Aula Lean
Aula LeanAula Lean
Aula Lean
 
Manufatura enxuta
Manufatura enxutaManufatura enxuta
Manufatura enxuta
 
Jit – just in time
Jit – just in timeJit – just in time
Jit – just in time
 
Administração da Produção - Planejamento e Controle de Capacidade
Administração da Produção - Planejamento e Controle de CapacidadeAdministração da Produção - Planejamento e Controle de Capacidade
Administração da Produção - Planejamento e Controle de Capacidade
 
MRP na prática - gerenciamento da produção
MRP na prática - gerenciamento da produção MRP na prática - gerenciamento da produção
MRP na prática - gerenciamento da produção
 
Arranjo físico layout
Arranjo físico   layoutArranjo físico   layout
Arranjo físico layout
 
Ferramentas da qualidade
Ferramentas da qualidadeFerramentas da qualidade
Ferramentas da qualidade
 
MRP e JIT
MRP e JITMRP e JIT
MRP e JIT
 
Aula 5 - U2S2 - Análise da necessidade de capacidade instalada.pdf
Aula 5 - U2S2 - Análise da necessidade de capacidade instalada.pdfAula 5 - U2S2 - Análise da necessidade de capacidade instalada.pdf
Aula 5 - U2S2 - Análise da necessidade de capacidade instalada.pdf
 
Aula 01 introdução, endereçamento e wms
Aula 01  introdução, endereçamento e wmsAula 01  introdução, endereçamento e wms
Aula 01 introdução, endereçamento e wms
 
Kanban
KanbanKanban
Kanban
 
Sistema Toyota de Produção
Sistema Toyota de ProduçãoSistema Toyota de Produção
Sistema Toyota de Produção
 
Lean Manufacturing
Lean ManufacturingLean Manufacturing
Lean Manufacturing
 
Organização e Melhoria de Processos
Organização e Melhoria de ProcessosOrganização e Melhoria de Processos
Organização e Melhoria de Processos
 
Administração da produção
Administração da produçãoAdministração da produção
Administração da produção
 
Treinamento 5 s
Treinamento 5 sTreinamento 5 s
Treinamento 5 s
 
Lean Manufacturing 5
Lean Manufacturing 5Lean Manufacturing 5
Lean Manufacturing 5
 
Aula 02 just in time e kanban 1
Aula 02   just in time e kanban 1Aula 02   just in time e kanban 1
Aula 02 just in time e kanban 1
 

Semelhante a Introdução ao Lean manufacturing

Senai - Lean Manufacturing.pdf
Senai - Lean Manufacturing.pdfSenai - Lean Manufacturing.pdf
Senai - Lean Manufacturing.pdf
LuanaMaia48
 
Lean
LeanLean
Gestão/Administração da produção.
Gestão/Administração da produção.Gestão/Administração da produção.
Gestão/Administração da produção.
Henrique Ferreira
 
Just in Time
Just in TimeJust in Time
Just in Time
Jose Donizetti Moraes
 
Slide lean manuscturing
Slide   lean manuscturingSlide   lean manuscturing
Slide lean manuscturing
Leila Miranda
 
MATERIAL GENÉRICO DE APOIO A MENTALIDADE_ENXUTA_ALT.pptx
MATERIAL GENÉRICO DE APOIO A MENTALIDADE_ENXUTA_ALT.pptxMATERIAL GENÉRICO DE APOIO A MENTALIDADE_ENXUTA_ALT.pptx
MATERIAL GENÉRICO DE APOIO A MENTALIDADE_ENXUTA_ALT.pptx
Alessandro M da Rocha
 
Gerenciamento Ágil de Projetos, Uma nova abordagem para os desafio de sempre
Gerenciamento Ágil de Projetos, Uma nova abordagem para os desafio de sempreGerenciamento Ágil de Projetos, Uma nova abordagem para os desafio de sempre
Gerenciamento Ágil de Projetos, Uma nova abordagem para os desafio de sempre
Leandro Faria
 
Aula 08 operaçoes
Aula 08   operaçoesAula 08   operaçoes
Aula 08 operaçoes
Katia Gomide
 
07 administração (controle de produção parte 2)
07   administração (controle de produção parte 2)07   administração (controle de produção parte 2)
07 administração (controle de produção parte 2)
Elizeu Ferro
 
Slide lean manuscturing
Slide   lean manuscturingSlide   lean manuscturing
Slide lean manuscturing
Leila Miranda
 
Slide lean-manufacturing
Slide    lean-manufacturingSlide    lean-manufacturing
Slide lean-manufacturing
Leila Miranda
 
Processos Ágeis
Processos Ágeis Processos Ágeis
Processos Ágeis
ProfThiagoAAlves
 
Lean Manufacturing
Lean ManufacturingLean Manufacturing
Lean Manufacturing
Globo Soluções
 
Seminário Just in Time
Seminário Just in TimeSeminário Just in Time
Seminário Just in Time
Renato Bafi
 
Lean agile testing
Lean agile testingLean agile testing
Lean agile testing
Rodrigo Oliveira, Msc, PMP
 
Novas tecnologias
Novas tecnologiasNovas tecnologias
Novas tecnologias
Elizabeth Marçola Herrgen
 
Just in-time-kaizen-shigeo-shingo
Just in-time-kaizen-shigeo-shingoJust in-time-kaizen-shigeo-shingo
Just in-time-kaizen-shigeo-shingo
Gilberto Lopes Brito
 
Lean Manufacturing Tools
Lean Manufacturing ToolsLean Manufacturing Tools
Lean Manufacturing Tools
Vanderlei Rocha, MBA
 
Gestao da producao
Gestao da producaoGestao da producao
Gestao da producao
jboli2010
 
Desenvolvimento ágil pensando além
Desenvolvimento ágil   pensando alémDesenvolvimento ágil   pensando além
Desenvolvimento ágil pensando além
ilegra
 

Semelhante a Introdução ao Lean manufacturing (20)

Senai - Lean Manufacturing.pdf
Senai - Lean Manufacturing.pdfSenai - Lean Manufacturing.pdf
Senai - Lean Manufacturing.pdf
 
Lean
LeanLean
Lean
 
Gestão/Administração da produção.
Gestão/Administração da produção.Gestão/Administração da produção.
Gestão/Administração da produção.
 
Just in Time
Just in TimeJust in Time
Just in Time
 
Slide lean manuscturing
Slide   lean manuscturingSlide   lean manuscturing
Slide lean manuscturing
 
MATERIAL GENÉRICO DE APOIO A MENTALIDADE_ENXUTA_ALT.pptx
MATERIAL GENÉRICO DE APOIO A MENTALIDADE_ENXUTA_ALT.pptxMATERIAL GENÉRICO DE APOIO A MENTALIDADE_ENXUTA_ALT.pptx
MATERIAL GENÉRICO DE APOIO A MENTALIDADE_ENXUTA_ALT.pptx
 
Gerenciamento Ágil de Projetos, Uma nova abordagem para os desafio de sempre
Gerenciamento Ágil de Projetos, Uma nova abordagem para os desafio de sempreGerenciamento Ágil de Projetos, Uma nova abordagem para os desafio de sempre
Gerenciamento Ágil de Projetos, Uma nova abordagem para os desafio de sempre
 
Aula 08 operaçoes
Aula 08   operaçoesAula 08   operaçoes
Aula 08 operaçoes
 
07 administração (controle de produção parte 2)
07   administração (controle de produção parte 2)07   administração (controle de produção parte 2)
07 administração (controle de produção parte 2)
 
Slide lean manuscturing
Slide   lean manuscturingSlide   lean manuscturing
Slide lean manuscturing
 
Slide lean-manufacturing
Slide    lean-manufacturingSlide    lean-manufacturing
Slide lean-manufacturing
 
Processos Ágeis
Processos Ágeis Processos Ágeis
Processos Ágeis
 
Lean Manufacturing
Lean ManufacturingLean Manufacturing
Lean Manufacturing
 
Seminário Just in Time
Seminário Just in TimeSeminário Just in Time
Seminário Just in Time
 
Lean agile testing
Lean agile testingLean agile testing
Lean agile testing
 
Novas tecnologias
Novas tecnologiasNovas tecnologias
Novas tecnologias
 
Just in-time-kaizen-shigeo-shingo
Just in-time-kaizen-shigeo-shingoJust in-time-kaizen-shigeo-shingo
Just in-time-kaizen-shigeo-shingo
 
Lean Manufacturing Tools
Lean Manufacturing ToolsLean Manufacturing Tools
Lean Manufacturing Tools
 
Gestao da producao
Gestao da producaoGestao da producao
Gestao da producao
 
Desenvolvimento ágil pensando além
Desenvolvimento ágil   pensando alémDesenvolvimento ágil   pensando além
Desenvolvimento ágil pensando além
 

Introdução ao Lean manufacturing

  • 1. Processos Gerenciais Projeto Interdisciplinar – Modulo II INTRODUÇÃO À MANUFATURA ENXUTA Nov 2010
  • 3. Manufatura Enxuta Filosofia de negócios baseada no Sistema Toyota de Produção, cujo objetivo é: Flexibilidade Agilidade. Otimizar os processos e procedimentos por meio da redução contínua de desperdícios.
  • 4. Manufatura Enxuta Tudo que não agrega valor é desperdício !!!
  • 7. Os 7 desperdícios do Lean Superprodução: • Quantitativa: produzir mais do que o necessário • Temporal: fazer antes do que o necessário Estoque • Produzir grandes lotes acima das necessidades imediatas dos clientes Espera •Espera para programação da ordem •Espera na fila de ordens para entrar na máquina •Espera dentro do lote para conclusão da ordem
  • 8. Os 7 desperdícios do Lean Qualidade • Inspeção por amostragem em grandes lotes não garante 100% de qualidade Transporte • Movimento de lotes de produtos entre máquinas e departamentos ou entre locais de armazenagem Processamento Desnecessário •Porque usar determinado método de processamento de fixação e remoção das peças Movimento Improdutivo •Movimento de materiais e de operários decorrente de grandes lotes produtivos e/ou de grandes estoques.
  • 9. Casa da Manufatura Enxuta CASA DA MANUFATURA ENXUTA Foco no cliente: Qualidade, Entrega e Custo Entrega Envolvimento: Qualidade > Fluxo (VSM) > Previsão de Demanda > Trabalho Padronizado > Envolver Client/Fornec. > Treinamento > Gestão Visual > TPM > 5'S > Solução de Problemas > Heijunka > Círculos Kaizen > Controle de Anomalias > Tempo Takt > Sugestões > Poka-yoke > Sistema Puxado > Atividades de Segurança > Controle por Zona > Kanban > Comunicação > Engenharia Simultânea Padronização Estabilidade A base da manufatura enxuta é a estabilidade e a padronização. As paredes são a entrega just-in-time e jidoka, que é a autonomação com mente humana. A meta (o telhado) do sistema é o foco no cliente: entregar a mais alta qualidade para o cliente ao mais baixo custo, no lead time mais curto. O coração do sistema é o envolvimento: membros de equipes flexíveis e motivados, constantemente a procura de uma melhor forma de fazer as coisas.
  • 10. Eliminando Desperdícios • Técnicas para Eliminação de Desperdícios: – Mapeamento do Fluxo de Valor: – Kanban: – Manutenção Produtiva Total: – 5’S : – Sistema de Sugestões: – Gestão à Vista: – Kaizen: – Troca Rápida de Ferramentas:
  • 12. Eliminando Desperdícios • Kanban: É a técnica utilizada para puxar a produção. O kanban é uma ferramenta de controle do fluxo de materiais no chão de fábrica. Ele é um sinal visual que informa ao operário o que, quanto e quando produzir.
  • 13. Eliminando Desperdícios • 5’S : é uma ferramenta de gerenciamento voltada para melhorar o ambiente de trabalho através do comprometimento e envolvimento de todos. Os “S” vêm de cinco palavras que iniciam com a letra “S” (Seiri, Seiton, Seiso, Seiketsu, Shitsuke) para adaptar os conceitos para a língua portuguesa o “S” virou “senso”, então trabalhamos os cinco sensos: Senso de Utilização, Senso de Ordenação, Senso Limpeza, Senso de Saúde, Senso de Auto Disciplina.
  • 14. Eliminando Desperdícios • Sistema de Sugestões: Esse sistema entrou para suprir um dos desperdícios que tentamos combater, que se refere ao recurso do capital humano. A criatividade inutilizada é um desperdício, pois enumeras idéias acabam sendo perdidas pela falta de iniciativa da empresa em não ouvir o seu capital humano e transformar essas idéias em ação.
  • 15. Eliminando Desperdícios • Gestão à Vista: Trata da visualização e entendimento por todos de tudo o que acontece com o processo, sendo uma forma de colocar a vista todos os problemas, pois na manufatura enxuta um problema é tratado como uma oportunidade de melhoria
  • 16. Eliminando Desperdícios • Kaizen: Está intimamente ligado a cultura japonesa. O japonês prega que o lugar que as melhorias devem ser realizadas é no Gemba. Gemba (lugar onde as coisas acontecem).
  • 17. Eliminando Desperdícios • Manutenção Produtiva Total: A aplicabilidade da manutenção produtiva total é complexa e relativamente demorada, mas, após sua implantação os ganhos são enormes. • Troca Rápida de Ferramentas: Este tem como objetivo reduzir ao máximo os tempos de setup para que se torne possível a prática de pequenos lotes econômicos de produção de forma nivelada com a demanda, que irão alavancar todo o processo de implantação da Manufatura Enxuta
  • 18. Implementação do Lean Fatores como a competição, a exigência de níveis elevados de qualidade, a necessidade da velocidade de resposta e a flexibilidade dos processos produtivos obrigam as empresas a inovar e a procurar alternativas para a sua gestão. Foi alicerçado nessas premissas que a Karsten iniciou a jornada para implementar a filosofia Lean. Existem algumas premissas para implantar o lean dentro das organizações, uma delas e a principal é o apoio incondicional da alta administração na implantação o outro é inserir o Lean no modelo de gestão da empresa. Não adianta implantar apenas ferramentas, elas são interdependentes e geram poucos resultados quando aplicadas isoladamente.
  • 19. Considerações O Lean é uma filosofia de negócios baseada no Sistema Toyota de Produção, cujo objetivo é otimizar os processos e procedimentos por meio da redução contínua de desperdícios e identificar o que é valor a partir da ótica dos clientes e usuários. A produção enxuta tem por principal função eliminar desperdícios durante o seu processo ou seja eliminar tudo aquilo que gera custo sem agregar valor. Para sua implementação o apoio da alta administração é quesito obrigatório, bem como é necessário ter um facilitador e conhecedor das ferramentas de melhoria, que seja experiente em treinamento, e que tenha como vocação o trabalho em equipe.