ESCOLA ESTADUAL JOAQUIM NUNES ROCHA                       vez de convocar velhos ou idosos pelos alto – falantes,         ...
a) poética, já que o texto é elaborado de forma                 aos utensílios que dormem na fuligem; os seus olhosinovado...
b)O texto aponta no quadro de Tarsila do Amaral um temaque também se encontra nos versos transcritos em:a) “Pensem nas men...
d) O pai de meu pai.                                         c) Um casarão.e) O meu amigo.                                ...
e) I, II e III.22. Um artesão confecciona dois diferentes tipos de velaornamental a partir de moldes feitos com cartões de...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Simulado 3°ano -1dia

881 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
881
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Simulado 3°ano -1dia

  1. 1. ESCOLA ESTADUAL JOAQUIM NUNES ROCHA vez de convocar velhos ou idosos pelos alto – falantes, a voz convoca os cidadãos da “melhor idade”. SIMULADO – 3º ANO A linguagem politicamente correta pode se transformar em ridículo. Chamar velhice de “melhor LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS idade” só pode ser gozação. É claro que a “melhor idade” é a juventude.Linguagem politicamente correta Quero, então, fazer uma sugestão que agradará Era o ano de 1971. Eu fora convidado a fazer aos velhos. A voz chama para embarcar os “cidadãosuma conferência no Union Thelogical Seminary de Nova da ‘idade é terna’”. Não é bonito ligar a velhice àYork. Na minha fala, usei a palavra “homem” com o ternura?sentimento universal de “todos os seres humanos”, ALVES, Rubem, Linguagem politicamente correta.incluindo não só os homens, que a palavra nomeava Folha de S. Paulo, 16 mar. 2010. Cotidiano.claramente, como também as mulheres, que a palavradeixava na sombra. Era assim que se falava no Brasil. 01- (COC Simulado teste/2010) Depois da conferência, fui jantar no Após a leitura atenta do texto, assinale a alternativa queapartamento do presidente. Sua esposa, delicada, mas revela seu principal objetivo.firmemente, deu-me a devida reprimenda: “Não é a) descrever as agruras por que passam os velhos, aopolicamente correto usar a palavra ‘homem’ para chegarem à melhor idade.significar também as mulheres. Como também não é b) mostrar que não se deve usar a linguagemcorreto usar o pronome ‘ele’ para se referir a Deus. politicamente correta.Deus tem genitais de homem? Esse jeito de falar não c) defender a língua portuguesa de estrangeiros, comofoi inventado pelas mulheres. Foi inventado pelos “PC language”.homens, numa sociedade em que eles tinham a força e d) denunciar o preconceito que brasileiros sofrem noa última palavra. É sempre assim: quem tem força tem exterior.a última palavra...” e) discorrer sobre o politicamente correto aplicado à O que aprendi com aquela mulher naquele linguagem.jantar é que as palavras não são inocentes. Elas sãoarmas que os poderosos usam para ferir e dominar os 02. (COC Simulado teste/2010)fracos. De acordo com Rubem Alves, “linguagem politicamente Os brancos norte – americanos inventaram a correta” é:palavra niger para humilhar os negros. E trataram de a) uma maneira de evitar ofensas e desmandos doseducar suas crianças. Criaram uma brincadeira que mais fortes sobre o mais fracos.tinha um versinho que ia assim: “ Eeny, meeny, b) linguagem que confunde as pessoas, dificultando ominy,moe,catch a niger by the toe”...Quer dizer “ Agarre entendimento correto dos enunciados.um criolo pelo dedão do pé (aqui no Brasil, quando se c) uma forma que os Estados Unidos encontraram paraquer diminuir um negro, usa – se a palavra “crioulo”) aumentar a sua influência sobre países de culturas Foi para denunciar esse uso ofencivo da diferentes da sua.palavra que os negros cunharam o slogan “ black is d) a maneira encontrada pelos americanos parabeautiful” (“o negro é bonito”). A essa linguagem de menosprezar os negros, como fazem ao dizer ”Eeny,protesto, purificada de sua função de discriminação, meeny, miny, moe, cath a niger by the toe”.deu – se o nome de linguagem politicamente e) o tema da conferência que proferiu em Nova York,correta(“Pc language”). em 1970, durante o Union Theological Seminary. A regra fundamental da linguagem politicamentecorreta é a seguinte: nunca use uma palavra que 03- (COC Simulado teste/2010)humilhe, discrimine ou zombe de alguém. Encontre uma Observe o trecho a seguir.forma alternativa de dizer a mesma coisa. Não se deve dizer “ Ele é aleijado”, Ele é cego”, “ Ele é Não se deve dizer “Ele é aleijado’, Ele é cego”, deficiente” etc. O ponto crucial é o verbo “ser”. O verbo“Ele é deficiente” etc. O ponto crucial é o verbo “ser”. O ser torna a deficiência de uma pessoa parte da suaverbo ser torna a deficiência de uma pessoa parte da própria essência.sua própria essência. Ela é a sua deficiência. A “PC De acordo com o autor, “ O verbo ser torna a deficiêncialanguage”, ao contrário, separa a pessoa da sua de uma pessoa parte da sua própria essência”. Dedeficiência. Em vez de “João é cego”, João é portador posse dessa informação, assinale a alternativa quede uma deficiência visual.” Essa regra se aplica a mim melhor explica a frase” Ele é deficiente”, segundo atambém. Por exemplo “ Rubem Alves é velho é ofendê gramática normativa.– lo muito embora eu não saiba quem foi que descreveu a) O verbo ser é transitivo direto e “ deficiente”, é seuque velhice é ofensa. (O título do livro Hemingway objeto direto.deveria ser mudado para O idoso e o mar?) b) O objeto indireto “deficiente” é introduzido pelo verbo As salas de espera dos aeroportos são lugares ser, já que esse verbo sempre pede complemento.onde se pratica a linguagem politicamente correta o c) O verbo ser é significativo, trazendo, em suatempo todo. Aí, então, na hora em que se convocam os essência, o atributo do sujeito.“portadores de necessidades especiais” para embarcar d) O verbo ser, ao funcionar como verbo de ligação,– sendo as necessidades especiais cadeiras de roda, mostra que “deficiente” é o predicativo do sujeito.bengalas, crianças de colo -, convocam – se também e) Como o verbo ser não exige complemento, é umos velhos, eu inclusive. Mas, sem saber que a palavra verbo intransitivo.ou expressão usar para se referir aos velhos semofendê – los, houve alguém que concluiu que o caminho 04. (COC Simulado teste/2010)certo chamar os velhos pelo seu contrário. Assim, em A função da linguagem predominante no texto é a :
  2. 2. a) poética, já que o texto é elaborado de forma aos utensílios que dormem na fuligem; os seus olhosinovadora e imprevista, utilizando combinações sonoras rurais não compreendem bem os símbolos destaou rítmicas, jogos de imagem ou de ideias, como a colheita: hélices,expressão” idade é terna”. motores furiosos; e estende mais o braço; planta no ar,b) metalinguística, pois a linguagem do texto se volta como uma árvore a chama do candeeiro. (...)sobre si mesma, transformando – se em seu próprio Carlos de Oliveira in ANDRADE, Eugénio. Antologia Pessoal da Poesia Portuguesa. Porto: Campo das Letras, 1999.referente para fazer reflexão sobre o uso de expressõesconsideradas politicamente corretas em nossasociedade. Uma análise cuidadosa do quadro permite que sec) referencial, de maneira que o objetivo do texto é identifiquem as cenas referidas nos trechos do poema.passar informação objetiva e impesoal sobre a utilizaçãoda linguagem politicamente correta em nosso cotidiano,com ausência de expressão de sentimentoss e opiniõespor parte do autor.d) conativa, porque é dirigida ao receptor com o objetivode influenciá – lo a usar temos politicamente corretos.e) fática, pois, a mensagem se orienta sobre o canal decomunicação, buscando verificar a compreensão que oleitor tem sobre linguagem politicamente correta.05- (COC Simulado teste/2010)As frases “ Chamar velhice de ‘melhor idade’ só podeser gozação. É claro que a ‘melhor idade’ é a Podem ser relacionadas ao texto lido as partes:juventude. “ foram reescritas de maneira correta em: a) a1, a2, a3a) chamar velhice de “melhor idade” só pode ser b) f1, e1, d1gozação, porém, é claro que a “melhor idade” é a c) e1, d1, c1juventude. d) c1, c2, c3b) chamar velhice de “melhor idade” só pode ser e) e1, e2, e3gozação ou é claro que a “melhor idade” é a juventude.c) chamar velhice de “melhor idade” só pode ser 08. Leia as afirmações sobre o livro Vidas Secas e emgozação, pois é claro que a “melhor idade” é a seguida assinale a alternativa que as analisajuventude. corretamente.d) chamar velhice de “melhor idade” só pode ser I. Ao mesmo tempo que representam toda uma classegozação, nem é claro que a “ melhor idade é a de seres humanos enjeitada ou simplesmentejuventude. esquecida pela estrutura social, as personagens dee) chamar velhice de “melhor idade” só pode ser Vidas secas não se reduzem a meras personagens-gozação, todavia é claro qua a “melhor idade” é a tipos, porque suas diversificadas vivências psicológicas,juventude. reveladas pelo discurso indireto livre, não são verossímeis, não correspondem ao gênero de reflexão06. (Enem 2000) “Precisa-se nacionais sem que se espera de um sertanejo pobre.nacionalismo, (...) movidos pelo presente mas estalando II. A estrutura cíclica da obra é uma decisão estilísticanaquele cio racial que só as tradições maduram! (...). que denuncia o ponto de vista do autor: para o homemPrecisa-se gentes com bastante meiguice no maltratado pela seca, desamparado de qualquer ajuda esentimento, bastante força na peitaria, bastante destituído de poder, o bem-estar só pode serpaciência no entusiasmo e sobretudo, oh! sobretudo compreendido como momento instável e transitório.bastante vergonha na cara! (...) Enfim: precisa-se III. As limitações da linguagem que caracterizam abrasileiros! Assim está escrito no anúncio vistoso de família de Fabiano indicam uma relação determinista decores desesperadas pintado sobre o corpo do nosso causa e efeito, segundo a qual a desnutrição e aBrasil, camaradas.” impossibilidade de freqüentar a escola impossibilitam(Jornal A Noite, São Paulo, 18/12/1925 apud LOPES, Telê Porto que os seres humanos consigam compreender aAncona. Mário de Andrade: ramais e caminhos. São Paulo: DuasCidades, 1972) realidade que os cerca. Na obra, quem domina aNo trecho acima, Mário de Andrade dá forma a um dos linguagem consegue alterar a situação de misériaitens do ideário modernista, que é o de firmar a feição provocada pela seca.de uma língua mais autêntica, “brasileira”, ao expressar- a) somente a alternativa I está correta;se numa variante de linguagem popular identificada pela b) somente as alternativas I e II estão corretas;(o): c) somente as alternativas II e III estão corretas;a) escolha de palavras como cio, peitaria, vergonha. d) somente a alternativa II está correta;b) emprego da pontuação. e) nenhuma alternativa está correta.c) repetição do adjetivo bastante.d) concordância empregada em Assim está escrito. 09. (Enem 2003)e) escolha de construção do tipo precisa-se gentes.07. (Enem 2002) A leitura do poema Descrição daguerra em Guernica traz à lembrança o famoso quadrode Picasso.Entra pela janela o anjo camponês; com a terceira luzna mão; minucioso, habituado aos interiores de cereal, (Tarsila do Amaral, Operários.) (Nádia Gotlib. Tarsila do Amaral, a modernista.)
  3. 3. b)O texto aponta no quadro de Tarsila do Amaral um temaque também se encontra nos versos transcritos em:a) “Pensem nas meninasCegas inexatasPensem nas mulheresRotas alteradas.”(Vinícius de Moraes)b) “Somos muitos severinosiguais em tudo e na sina:a de abrandar estas pedrassuando-se muito em cima.”(João Cabral de Melo Neto) Nossa Senhora Auxiliadora e Dom Boscoc) “O funcionário públiconão cabe no poema c)com seu salário de fomesua vida fechada em arquivos.”(Ferreira Gullar)d) “Não sou nada.Nunca serei nada.Não posso querer ser nada.À parte isso, tenho em mim todos ossonhos do mundo.”(Fernando Pessoa)e) “Os inocentes do Leblon Santa ceiaNão viram o navio entrar (...)Os inocentes, definitivamente inocentes tudo ignoravam, d)mas a areia é quente, e há um óleo suaveque eles passam pelas costas, e aquecem.”(Carlos Drummond de Andrade)10. (Enem 2007) Sobre a exposição de Anita Malfatti,em 1917, que muito influenciaria a Semana de ArteModerna, Monteiro Lobato escreveu, em artigo intituladoParanóia ou Mistificação:Há duas espécies de artistas. Uma composta dos que Vaso de Floresvêem as coisas e em conseqüência fazem arte pura,guardados os eternos ritmos da vida, e adotados, para a e)concretização das emoções estéticas, os processosclássicos dos grandes mestres. (...) A outra espécie éformada dos que vêem anormalmente a natureza e ainterpretam à luz das teorias efêmeras, sob a sugestãoestrábica das escolas rebeldes, surgidas cá e lá comofurúnculos da cultura excessiva. (...). Estasconsiderações são provocadas pela exposição da sra.Malfatti, ondese notam acentuadíssimas tendências para uma atitudeestética forçada no sentido das extravagâncias dePicasso & cia.O Diário de São Paulo, dez./1917. A BobaEm qual das obras abaixo identifica-se o estilo de AnitaMalfatti criticado por Monteiro Lobato no artigo TEXT: Uncle Joe. _ Mum, who is the old man in the picture?a) _ It´s Uncle Joe. _ Unce Joe? _ Yes, uncle Joe. He is not alive. He is already dead. Uncle Joe was a very rich man. He had a big farm in Minas near a large river. He had coffee tree plantations and herds of cows and sheep. I remember… near his colonial house there was a beautiful orchard with many types of fruit… oh, how good that time was! 11. Quem é o homem da foto?Acesso a Monte Serrat – Santos a) O tio Joe. b) O irmão de meu pai. c) O professor Joe.
  4. 4. d) O pai de meu pai. c) Um casarão.e) O meu amigo. d) Um celeiro. e) Um sobrado.12. Qual destes adjetivos se aplica ao homem da foto?a) Rico. 18. Fator gradamente responsável pela "vidab) Pobre. paradisíaca" do bairro está na alternativa :c) Ruim. a) " ... es un barrio muy codiciado..."( linha 11 y 12 )d) Mal. b) " ... antes los lotes no eran caros..." ( linha 13 y 14 )e) Jovem. c) " Cada uno está al tanto de los problemas." ( linha 18 y 19 )13. Apenas uma destas frases está gramaticalmente d) " Cuidan de todo como de su hogar. " ( linha ha 20 )incorreta: e) " ...no conocen pereza ni mala gana." ( linha 22 )a) There was a cow in the field.b) My uncle had a big farm. 19. O provérbio que adapta ao texto é:c) He has only small farm. a) La fe remueve montañasd) My brother have a big truck. b) Despacio se va lejose) I have many friends. c) La prisa es enemiga de la perfección d) Ha males que vienen para lo bien14. A tradução correta da frase: “ The school has a e) mejor prevenir que remendarlarge library” é :a) A escola tem uma livraria grande.b) A escola tem uma biblioteca grande. 20. Marque a alternativa que completa os espaços dec) A escola tem um arquivo grande. forma correta: " En realidad....buenod) A escola tem um sala grande. ...desarrollo...barrios...labor y ... coraje de suse) A escola tem bibliotecas grandes. habitantes. " a) el - del - al - el - el15. Qual é o plural da frase: “ There was a girl in the b) lo - al - del - la - elroom.” c) el - en el - al - la - laa) There were a girls in the room. d) lo - del - al - el - lab) There was girls in the rooms. e) al - a lo - del - lo – lac) There were girls in the room.d) There was girls in the rooms. MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIASe) There was girl in the room. 21. Um artesão confecciona peças para decoração, naComo tantos otros, un conocido personaje de las forma esférica, e as comercializa do seguinte modo: ouafueras suele visitar a su madre los domingos al uma peça única de raio R ou um conjunto com 8 peçasmediodía para recuperar el sabor de las pastas de raio R/2 cada.familiares. Y va caminando porque los domingos noquiere manejar. Saluda a los vacinos.Y observa que eltiempo parece haberse detenido. Quizá simplimente seha demorado en los vericuetos de sus calles y tardamás en llegar, con un ritmo casi provinciano... Otero agrega que es un barrio muy codiciado por sutranquilidad y puntualiza que antes los lotes no erancaros. Recuerda todavía que los hornos de ladrillosestán indisolublemente ligados a la historia del arrabal ylas montañas de tierra que levantaban para hacer losladrillos eran diversión favorita de los chicuelos. Y Siguen los recuerdos: la primera iglesia fue una Duas lojas L1 e L2 vendem esse artesanato. A loja L1carpa grande como si fuera un teatro. Cada uno está al cobra o artesanato pela medida do volume de cadatanto de todos los problemas. Es que aquella gente peça e a loja L2, pela medida da área da superfície detiene la costumbre de anotar cada vez que se encuentra cada peça. A partir dessas informações, analise ascon un bache o con un otro lío. Cuidan de todo como se afirmativas.fuera de su hogar. I - Se a compra for efetuada em L1, o preço a ser pago Aunque el paradisíaco aislamiento del barrio parece pelo conjunto de 8 peças é diferente do preço a serasegurado, hay mucho que mojorar y que hacer, y lo pago pela peça única.harán porque no conocen pereza ni mala gana. II - Se a compra for efetuada em L2, o preço a ser pago 16. O tema demilitativo do texto está contido na pela peça única é metade do preço a ser pago por umalternativa: conjunto de 8 peças.a) Uma visita aos familiares. III - Se apenas o raio da peça única for alterado para Rb) Vantagens de viver no interior. 2, o preço a ser pago por ela, em L2, será o mesmo ac) Revivendo alguns costumes. ser pago pelo conjunto de 8 peças.d) Modelo de relacionamento humano. Está correto o que se afirma eme) Desenvovimento de un bairro. a) I e III, apenas. b) II e III, apenas.17. A primera igreja do bairro foi: c) I, apenas.a) Uma barraca. d) III, apenas.b) Um galpão.
  5. 5. e) I, II e III.22. Um artesão confecciona dois diferentes tipos de velaornamental a partir de moldes feitos com cartões depapel retangulares de 20 cm x 10 cm (conforme ilustramas figuras abaixo). Unindo dois lados opostos do cartão,de duas maneiras, a artes formam cilindros e, emseguida, os preenche completamente com parafina.Supondo-se que o custo da vela seja diretamenteproporcional ao volume de parafina empregado, o custoda vela do tipo I, em relação ao custo da vela do tipo II,será:a) o triplo.b) o dobro.c) igual.d) a metade.e) a terça parte. A partir das informações contidas nas figuras, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas.23. Na seleção para as vagas deste anúncio, feita por ( ) O número de notebooks vendidos em 2008 ételefone ou correio eletrônico, propunha-se aos superior ao número de desktops vendidos emcandidatos uma questão a ser resolvida na hora. 2005.Deveriam calcular seu salário no primeiro mês, se ( ) De 2005 a 2008 a queda do preço de umvendessem 500 m de tecido com largura de 1,40 m, e notebook foi três vezes maior que a queda deno segundo mês, se vendessem o dobro. Foram bem um desktop.sucedidos os jovens que responderam, ( ) Em 2008, sairia mais barato comprar 9respectivamente, desktops do que 6 notebooks.a) R$ 300,00 e R$ 500,00. Marque a sequência correta.b) R$ 550,00 e R$ 850,00. a) V, F, Fc) R$ 650,00 e R$ 1000,00. b) V, V, Fd) R$ 650,00 e R$ 1300,00. c) V, F, Ve) R$ 950,00 e R$ 1900,00. d) F, V, V e) F, V, F24.Seja Q(x) o quociente da divisão do polinômio P(x) =x4 -1 pelo polinômio D(x) = x -1, é correto afirmar.a) Q(0) = 0b) Q(0) < 0c) Q(1) = 0d) Q(-1) = 0e) Q(1) = 225.Com a redução de tributos e a maior concorrência nosetor de informática, o preço dos computadores(desktops e notebooks) diminuiu drasticamente nosúltimos anos e, consequentemente, gerou considerávelaumento do número de computadores vendidos. Sobreo assunto, analise as figuras abaixo.

×