Atividades de Filosofia - III bimestre - 2014

18.130 visualizações

Publicada em

Atividades de Filosofia sobre os temas:
Trabalho, alienação e consumo;
Em busca da felicidade;
A busca da verdade;
A metafisica da modernidade;
O métodos das ciências da natureza.

Publicada em: Educação

Atividades de Filosofia - III bimestre - 2014

  1. 1. Centro de Ensino Urbano Rocha Imperatriz, _____ de outubro de 2014. Aluno (a): __________________________________________________________ nº ________ Professora: Mary Alvarenga Série: 1º ano A Turno: matutino Verificação de Filosofia 1. Sobre consumo e consumismo, informe se é verdadeiro (V) ou falso (F) o que se afirma a seguir. a) No consumo, o ato de comprar está diretamente relacionado à necessidade ou à sobrevivência. (V) b) O consumismo é o ato de consumir (comprar) produtos de forma exagerada. As pessoas consumistas adquirem produtos (roupas, produtos eletrônicos, joias, carros, imóveis) sem ter a necessidade destes. (V) c) Pelo consumo consciente participamos como pessoas inteiras, movidas pela sensibilidade, imaginação, inteligência e liberdade. (V) d) O consumo alienado utiliza a mídia para provocar o desejo da pessoa que está vendo o produto, eles utilizam propagandas (fantasias) e promoções tentadoras para o consumidor. (V) 2. Assinale o que for correto sobre o "trabalho". a) A palavra trabalhar deriva do latim tripaliare, que nomeava o tripálio, um instrumento formado por três paus, próprio para atar os condenados ou para manter presos os animais difíceis de ferrar. b) Na Grécia e em Roma, o trabalho era considerado uma atividade que dignificava o ser humano, pois fortalecia o caráter dos indivíduos. c) Na Idade Média, o conceito de trabalho foi alterado pelas influências do catolicismo, que considerava o trabalho manual degradante. d) Com as influências dos ideais luteranos sobre o capitalismo, o trabalho passou a ser considerado uma forma de purificação de faltas cometidas. 3. Alienação do Consumo O ato do consumo é um ato humano por excelência, no qual o homem atende a suas necessidades orgânicas (de subsistência), culturais (educação e aperfeiçoamento) e estéticas. Quando nos referimos às necessidades, não se trata apenas das que facilitam o crescimento humano em suas múltiplas e imprevisíveis direções e dão condições para a transcendência. Nesse sentido, as necessidades de consumo variam conforme a cultura e também dependem de cada indivíduo. No ato do consumo, participamos como pessoas inteiras, movidas pela sensibilidade, imaginação, inteligência e liberdade. Por exemplo, quando adquirimos uma roupa, diversos fatores são considerados: precisamos proteger nosso corpo: ou ocultá-lo por pudor; ou “revelá-lo” deforma erótica: usamos de imaginação na combinação das peças, mesmo quando seguimos as tendências da moda; desenvolvemos um estilo próprio de vestir; não compramos apenas uma peça, pois gostamos de variar as cores e os modelos. Enfim, o consumo não alienado supõe, mesmo diante de influências externas, que o indivíduo mantenha a possibilidade de escolha autônoma, não só para estabelecer suas preferências como para optar por consumir ou não. Além disso, o consumo consciente nunca é um fim em si, mas sempre um meio para outra coisa qualquer. (ARANHA, Maria Lúcia de Arruda; MARTINS, Maria Helena Pires. Filosofando: introdução à filosofia. São Paulo: Moderna, 1993)  De acordo com o texto, o consumo pode ser alienado ou não. Depende de ele ser exercido com liberdade ou sem ela. O problema é como ser livre e autônomo na sociedade em que vivemos, na qual o consumo é induzido e necessidades artificiais são criadas pela propaganda. Analise as sentenças abaixo e assinale a correta. a) A moda apresenta sempre as novidades de consumo, ela coloca muitas possibilidades, mesmo assim o consumidor alienado sabe escolher o melhor para satisfazer suas necessidades de consumo.
  2. 2. b) O problema da sociedade de consumo é que as necessidades são artificialmente estimuladas, sobretudo pelos meios de comunicação de massa, levando as pessoas a consumirem de maneira alienada. c) A obsolescência dos objetos é cada vez mais rápida, fala-se inclusive em obsolescência programada, mas isso não pode ser visto como uma forma de induzir ao consumo alienado, pois se deve unicamente à alta concorrência no mercado e à evolução constante da tecnologia. d) A liberdade, para o filósofo Sartre, é o que de fato distingue o ser humano dos outros seres no mundo; e o consumo alienado, por defender a liberdade de escolha, vem afirmando esse aspecto da condição humana. 4. “Etimologicamente a palavra alienação vem do latim alienare, alienus, „que pertence a um outro‟. Alius é o outro. Portanto, sob determinado aspecto, alienar é tornar alheio, transferir para outrem o que é seu”. (ARANHA, M. L. de A.; MARTINS, M. H. P. Filosofando: introdução à filosofia. 4. ed. São Paulo: Moderna, 2009, p. 70).  Em relação à citação acima, assinale o que for correto com “C” e o que for errado com “E”. a) A alienação acontece numa forma de divisão social do trabalho em que o produto do trabalho deixa de pertencer a quem o produziu. (C) b) O homem aliena-se na religião, pois o homem religioso confere ao ente sobrenatural sua própria essência e qualidades, como se fossem atributos do ser sobrenatural. (E) c) Na sociedade capitalista, as necessidades são artificialmente estimuladas, sobretudo pelos meios de comunicação de massa, os quais levam os indivíduos a consumirem de maneira alienada. (C) d) A arte abstrata é alienada, pois perpetua os paradigmas da concepção estética sem sentido. (E) e) O processo de trabalho obrigatoriamente acaba com a alienação do trabalhador. (C) 5. O que é felicidade para você? Em que situações concretas de sua vida você experimentou esse estado? _______________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________ 6. O que significa dizer que o trabalho é uma atividade tipicamente humana? _______________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________ 7. O trabalhador só sente feliz em dias de folga, enquanto no trabalho permanece aborrecido. . Interprete essa frase de Max. _______________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ 8. Que papel tem a propaganda no processo de alienação no consumo? _______________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________
  3. 3. 9. Após o período da Revolução Industrial começou-se a detectar graves problemas ambientais, resultantes do funcionamento inapropriado das grandes indústrias, afetando sensivelmente a qualidade de vida e dos recursos naturais existentes. Uma das principais causas da deterioração do meio ambiente é o individualismo, a alienação e a falta de compromisso do homem com o meio em que ele vive.  Karl Marx utiliza o termo alienação para designar: a) o processo em que os indivíduos contribuem com as suas potencialidades, com os objetos por eles criados. b) a criatividade humana em produzir cultura através da arte, materiais inéditos e conhecimento. c) as relações humanas de consumo, lazer e relações sócio-afetivas, como o amor e a felicidade. d) a venda do trabalho humano como mercadoria, tornando o homem escravo do capitalismo. e) o isolamento do individuo na sociedade, impossibilitado de interagir com o meio ambiente em que vive 10. Relacione as colunas de acordo com o tema “os tipos de amor”.  Filía  Ágape  Eros  Refere-se às relações que costumamos chamar de amorosas propriamente ditas. Diferentemente das outras expressões de amor a paixão amorosa está associada á exclusividade e à reciprocidade.  Significa “amor fraterno”. Entre os cristãos primitivos, terno designava as refeições fraternais, em que se reuniam ricos e pobres, daí o sentido de “caridade”, de “amar ao próximo como a si mesmo”.  Geralmente é traduzido por “amizade”. Trata-se do amor vivido na família ou entre os membros de uma comunidade. A maior recompensa do nosso trabalho não é o que nos pagam por ele, mas aquilo em que ele nos transforma. (John Ruskin) Boa Sorte !!!!
  4. 4. Centro de Ensino Urbano Rocha Imperatriz, _____ de outubro de 2014. Aluno (a): __________________________________________________________ nº ________ Professora: Mary Alvarenga Série: 2º ano A Turno: matutino Verificação de Filosofia 1. Sobre a filosofia pré-socrática, assinale a alternativa certa. a) Os Pré-Socráticos foram os primeiros Filósofos gregos que viveram entre os séculos VII a V a.C. Habitaram a cidade de Atenas antes dos sofistas e nomeadamente antes de Sócrates. b) O período pré-socrático inicia-se por volta do século VI a.C, quando aparecem os primeiros filósofos nas colônias gregas da Jônia e na Magna Grécia. c) a) O período pré-socrático caracteriza-se como uma nova forma de analisar e ver a realidade. Antes esta era analisada e entendida, apenas do ponto de vista mítico, agora é proposto o uso da razão, o que não significa dizer que a filosofia vem para romper radicalmente com o mito, mas sim para suscitar o uso da razão no esclarecimento, sobretudo da origem do mundo. d) Todas as alternativas estão certas. 2. No período socrático ou clássico (séc. V e IV a.C), o centro cultural deslocou-se das colônias para a cidade de Atenas. Desse período fazem parte __________ e seu discípulo __________, que posteriormente foi mestre de Aristóteles.  As palavras que completam corretamente as lacunas são, respectivamente: a) Sócrates e Platão b) Sócrates e Parmênides c) Platão e Parmênides d) Péricles e Sócrates. 3. Com relação à filosofia medieval, é correto afirmar: a) Foi marcada pelo dualismo entre fé e razão. b) Comprovava que a existência de Deus somente poderia ser comprovada pela fé. c) Condenava a punição dos cidadãos, pois eram imagem e semelhança de Deus. d) Identificava a incompatibilidade entre fé e razão na busca do conhecimento. 4. O que é conhecimento científico? a) é aquele que, por meio de uma investigação sistemática procura generalidades. b) é aquele que, por meio de uma investigação sistemática não procura particularidades. c) é aquele que procura fatos ocasionais. d) é aquele que, por meio de uma investigação sistemática, procura conhecer um determinado aspecto da realidade. 5. Cético é: a) aquele que considera tudo como verdade, certeza. b) aquele que considera a mente humana incapaz de alcançar, com certeza absoluta, qualquer mentira. c) aquele que considera a mente humana incapaz de alcançar, com certeza absoluta, qualquer verdade. d) aquele que considera a mente humana incapaz de alcançar, com clareza
  5. 5. 6. A filosofia é uma constante busca pela: a) mentira b) incerteza c) medo d) verdade 7. No período Socrático, além de Sócrates também se destacaram nesse período: a) Platão e Aristóteles. b) Platão e Tales de Mileto. c) Tales de Mileto e Newton. d) Newton e Aristóteles. 8. A Filosofia nasceu de uma necessidade em explicar o mundo com explicações reais, sem buscar explicações no mitológico, no incompreensível; derrubando assim o mito para introduzir uma nova forma de analisar o mundo e seus fenômenos. O primeiro filósofo foi: a) Tales de Mileto. b) Sócrates. c) Platão. d) Aristóteles. 9. A palavra Filosofia é de origem Grega e significa: a) razão pelo conhecimento. b) lealdade pela sabedoria. c) amor e respeito pelo saber. d) busca pela sabedoria. 10. Analise as sentenças abaixo e assinale as corretas. a) No conjunto de obras denominado Metafísica, Aristóteles buscou investigar o “ser enquanto ser”. Significa que buscou compreender o que tornava as coisas o que elas são. b) Chamamos modernidade ao período que se esboça no Renascimento, desenvolve-se na Idade Moderna e atinge seu auge na ilustração, no século XVIII. c) Descartes é considerado o “pai da filosofia moderna”, porque, ao tomar a consciência como ponto de partida, abriu caminho para discussão sobre ciências e ética, sobretudo ao enfatizar a capacidade humana de construir o próprio conhecimento. d) O ceticismo é uma filosofia que tem como fundamento o fato de não acreditar em absolutamente nada do que é “mostrado”, buscando sempre por novas respostas partindo do pressuposto de que não existe nenhuma verdade absoluta e) Todas estão corretas. Boa Sorte!!
  6. 6. Centro de Ensino Urbano Rocha Imperatriz, _____ de outubro de 2014. Aluno (a): __________________________________________________________ nº ________ Professora: Mary Alvarenga Série: 3º ano A Turno: matutino Verificação de Filosofia 1. A palavra Filosofia é de origem Grega e significa: a) razão pelo conhecimento. b) lealdade pela sabedoria. c) amor e respeito pelo saber. d) busca pela sabedoria. 2. Descreva como se dá o método das Ciências da Natureza. _______________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________ 3. Compreendendo o desafio do método das Ciências da Natureza, assinale V (verdadeiro) e F (falso): a) As ciências avançam a partir dos problemas que desafiam a compreensão dos cientistas. (V) b) Nas ciências naturais o objeto de estudo é a própria natureza. (V) c) A definição rigorosa do método cientifico aumentou a confiança na possibilidade de se conhecer pela ciência, os segredos da natureza. (V) d) O método científico não é rigoroso (F) 4. Sobre o método das ciências da natureza, assinale a alternativa certa. a) A investigação científica inicialmente era restrito à física e à astronomia. b) À medida que as ciências se tornavam autônomas, surgiu à necessidade de uma classificação. c) Para alcançar um objetivo determinado, seja uma ação, seja a explicação de um fenômeno, precisamos agir com método, desenvolvendo um conjunto de procedimentos racionais, ordenados que nos encaminhem em direção à ação procurada. d) Observação científica: é rigorosa, metódica, precisa, orientada para a explicação dos fatos, orientada por uma teoria. e) Todas as alterativas estão corretas. 5. Método - Etimologia da palavra: a) do grego meta, “ao longo de” e hodós, “via, caminho”. b) do latim meta, “ao longo de” e hodós, “via, caminho”. c) do grego meta, “ próximo de” “via, caminho”. d) N.D.A 6. Tipos de raciocínio usados pelo cientista ao propor uma hipótese. a) A indução, o raciocínio hipotético-dedutivo e analogia b) o raciocínio hipotético-dedutivo, coleta de dados e biologia c) Analogia, indução e relevância d) Todas as alternativas estão certas.
  7. 7. 7. Critérios para julgar o valor ou a aceitabilidade das hipóteses: a) Relevância b) Possibilidade de ser submetida a testes c) Compatibilidade com outras hipóteses já confirmadas d) Todas as alternativas estão certas. 8. As generalizações podem ser de dois tipos. Generalizações empíricas (ou particulares) e Leis Teóricas  Analise as sentenças abaixo e assinale a correta. a) Leis Teóricas – são leis mais gerais e abrangentes que reúnem as diversas leis particulares sob uma perspectiva mais ampla. b) Generalizações empíricas (ou particulares) - são inferidas da observação de alguns casos particulares. c) Leis Teóricas – são leis especificas que não reúnem as diversas leis particulares sob uma perspectiva mais ampla. d) Generalizações empíricas (ou particulares) - são abrangentes que reúnem as diversas leis particulares sob uma perspectiva mais ampla. 9. Sobre a ambiguidade do progresso científico, é correto afirmar: a) Não há como negar o risco dos seus efeitos maléficos, como a guerra ou a poluição. b) É inegável que houve um incrível impulso no desenvolvimento científico durante o século XX. c) Não há risco maléficos. d) Todas estão certas. 10. O termo cidadania é explicado pelo seguinte conceito: a) É a condição de um indivíduo como membro de um Estado e portador de direitos e de obrigações. b) Encerra uma ação recíproca de ideias, atos ou sentimentos entre indivíduos, entre grupo, ou entre ambos. c) Expressa maneiras de agir, sentir e pensar, próprias de um grupo, da sociedade ou da civilização a que um indivíduo pertence. d) Constitui um agrupamento de indivíduos envolvidos em um esforço organizado para promover ou resistir a mudanças na sociedade. Boa Sorte!!!

×