O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Atividades senso cumum topico 1 e 2 sociologia

17.481 visualizações

Publicada em

Atividades senso cumum topico 1 e 2 sociologia

  1. 1. ATIVIDADES DE SOCIOLOGIA Tópico1. A desnaturalização das definições de realidade implicadas pelo senso comum. Hab1. Identificar os princípios que tornam uma abordagem sociológica diferente de uma abordagem de senso comum Tópico2. Senso comum e conhecimento sociológico (por exemplo: a abordagem sociológica do suicídio em Durkheim e/ou a análise de Weber sobre as principais características da reforma protestante relacionadas ao “espírito do capitalismo”)Hab.1. Compreender a diferença entre as categorias sociais utilizadas na convivência do dia-a-dia e aquelas desenvolvidas a partir de uma atitude mais objetiva, distanciada do contexto em que vivemos. O que é senso comum? DEFINIÇÃO DE SENSO COMUM: Senso comum é um saber que nasce da experiência quotidiana, da vida que os homens levam em sociedade. É, assim, um saber acerca dos elementos da realidade em que vivemos; um saber sobre os hábitos, os costumes, as práticas, as tradições, as regras de conduta, enfim, sobre tudo o que necessitamos para podermos orientar-nos no nosso dia-a-dia: como comer à mesa, acender a luz de uma sala, ligar a televisão, como fazer uma chamada telefônica, apanhar o autocarro, o nome das ruas da localidade onde vivemos, etc. SENSO COMUM: Mas como deve ser caracterizada a atitude que é por essência a atitude originária, o modo de ser histórico fundamental da existência humana? Respondemos: é evidente, por razões de geração, que os homens vivem sempre em comunidades, família, tribo, nação, as quais, por sua vez, estão elas mesmas articuladas, de modo mais ou menos complexo, em diversos grupos sociais particulares. A vida natural pode ser caracterizada como uma maneira ingenuamente directa de viver no mundo, mundo de que possuímos sempre, de uma certa maneira, consciência, enquanto horizonte universal, mas que não é, contudo, temático. Temático é aquilo para o qual se está orientado. A vida desperta consiste sempre em estar orientado para isto ou para aquilo, como um fim ou como um meio, como qualquer coisa de relevante ou de irrelevante, de interessante ou de indiferente, de privado ou de público, de quotidiano ou de novo. E. Hurssel, La Crise des Scienses européennes et la phénoménologie transcendantale. Paris. Gallimard. 1976,p.361 (adpt.). Atividades: 1) Qual a mensagem que a figura nos transmite? 2) Na tua visão o senso comum é importante para o dia-a-dia? Por quê? 3) segundo Hurssel sempre temos uma maneira de ver o mundo. Essa maneira pode ser orientada por alguém? Justifique. 4) "A verdadeira filosofia é aprender a ver o mundo" como você interpreta essa colocação no que diz respeito a atitude natural? 5) Preencha o quadro abaixo caracterizando o CONHECIMENTO CIENTÍFICO e o SENSO COMUM. 6) “ Só há ciência onde a discussão é possível, e só pode haver discussão entre mim e outra pessoas na medida em que eu estou em condições de esclarecer, com suficiente exatidão, o significado das expressões que uso e meu interlocutor possa, também, explicar-me o significado das palavras por ele empregadas.” (S. Wolfang. A filosofia Contemporânea. São Paulo: EPU/Edusp, 1977. p. 283) De acordo com o texto, assinale a alternativa que apresenta uma das características fundamentais do discurso científico. a) Na ciência devem ser usadas expressões subjetivas. b) As expressões usadas são provenientes do Senso Comum. c) A objetividade das expressões é uma característica sem importância para a ciência. d) Na ciência a linguagem utilizada tem caráter universal. 7) À medida em que as ciências tornavam-se autônomas, surgiu a necessidade de sua classificação. A partir disso, dê exemplos: Ciências Humanas: _________________________________________________________ Ciências Naturais: __________________________________________________________ 8) Compreendendo o desafio do método das Ciências da Natureza, assinale V (VERDADEIRO) e F (FALSO): ( ) As ciências avançam a partir dos problemas que desafiam a compreensão dos cientistas. ( ) O movimento da ciência revela um caráter histórico e provisório das conclusões. ( ) A ciência rompe com antigos paradigmas para abrir espaços para outros. ( ) O método científico não é rigoroso a) V; V; F; V b) V; V; V; F c) F; F; F; V d) V; F; V; F 6) Enquanto as Ciências da Natureza têm como objeto algo que se encontra fora do sujeito que se conhece, as Ciências Humanas têm como objeto de estudo o próprio sujeito. Analisando esta constatação, descreva quais são as dificuldades metodológicas enfrentadas pelas Ciências Humanas. ________________________________________________ _________________________________________________________________________________
  2. 2. 7) Qual a importância do método das Ciências da Natureza? E no que este método se difere das Ciências Humanas? ______________________________________________________________________ 8) Descreva como se dá o método das Ciências da Natureza. ___________________________________________________________________________________ 9)Considere os dados abaixo e responda: Segundo os dados dos EUA há um afogamento infantil para cada 11 mil piscinas residenciais, num país com 6 milhões de piscinas. A possibilidade de morte infantil por armas de fogo é de 1 a cada 1 milhão, e os EUA possuem 200 milhões de armas de fogo (os EUA possuem 300 milhões de habitantes). 9) Marque V para verdadeiro e F para falso: a) ( ) Nos Estados Unidos há duas armas de fogo para cada três habitantes. b) ( ) Nos EUA há mais piscinas do que armas de fogo. c) ( ) De acordo com o senso comum as pessoas geralmente não deixam seus filhos frequentar a casa de um vizinho sabendo que ele possui armas de fogo. 10) Leia a charge abaixo e responda: a) O que dispara a 300 por minuto e por hora na charge? b) Por que o autor considera as armas de fogo e os automóveis na mesma categoria, ou seja, “armas”? 11) As Bufônias eram uma festa sacrificial ática no qual um boi era sacrificado com um machado e o sacerdote responsável pela imolação do animal fugia e deixava apenas a arma do crime. Os atenienses então iniciavam o julgamento do machado que era julgado culpado e expulso da sociedade. Quando consideramos o simbolismo desse festival e o comparamos à sociedade moderna vemos que muitas das nossas opiniões e até políticas públicas estão envolvidas em mitos. Assim julgue a culpa das mortes abaixo, seus verdadeiros algozes e sugira políticas públicas para os seguintes casos: a) Como diminuir os afogamentos infantis? b) Qual a utilidade do desarmamento civil no combate às mortes causadas por armas de fogo? c) Qual a solução para as mortes decorrentes de acidentes de trânsito? d) A proibição do consumo de drogas como a maconha e a cocaína e a taxação de drogas lícitas como o álcool e o tabaco diminuem os assassinatos e os óbitos decorrentes de abuso dessas substâncias? O senso comum são os conhecimentos adquiridos através da experiência do quotidiano, que funcionam como uma compreensão básica do mundo, resultado da herança de um grupo social e das experiências do dia-a-dia. Ou seja, é um aglomerado de conhecimento informal, sem fundamentação científica, que baseia as suas premissas nas tentativas e erros pessoais, geralmente expresso por provérbios populares. É, portanto, um saber “vulgar”, que não é aprofundado para obter resultados. 12) O que os texto e a imagem tem em comum? 1. Cite um exemplo de cada tipo de conhecimento apresentado ao lado. 2. O que é conhecimento empírico.

×