SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
Baixar para ler offline
Escola Santa Maria
Professora: Mary Alvarenga
19 de abril - Dia dos Povos Indígenas
Em 2022, através da Lei n.º 14.402, de 8 de julho, a comemoração passou a ser chamada
oficialmente de Dia dos Povos Indígenas. O motivo da mudança foi deixar claro que a data
comemora a diversidade das culturas indígenas.
Encontre no diagrama as palavras destacadas no texto
A L I M E N T A Ç Ã O Q S E R V E W Y
Q S D F G H J K L N M Z X V Y Q D I A
P O V O S Y I N D Í G E N A S N M W X
W Y T C X É T N I C A Y R T A B R I L
B R A S I L Y R E F L E X Ã O G K G Z
S T Y Q F D S N B X V K Y S O F R E M
B R A S I L E I R O Y D I R E I T O S
D P T Y W Q S D F G H Y X Z X T N H M
P R E C O N C E I T O W C U L T U R A
F S D F G H J K L M N Q P T X C V S K
P R O P Ó S I T O S W L Í N G U A D L
E X I G I R W T D I V E R S I D A D E
O povo indígena merece toda consideração, pois ele foi dessa terra o
primeiro guardião. Eles contaram as primeiras histórias do céu, da Lua
e do mar. Viram na natureza o dom da vida e a importância
de tudo preservar.
O Dia dos Povos Indígenas, 19 de abril, é uma
data comemorativa que tem como propósito celebrar
a diversidade cultural e a história dos povos
indígenas do Brasil. Essa data serve como momento
de reflexão acerca do preconceito que os indígenas
sofrem no Brasil e para exigir que os direitos deles
sejam respeitados.
O povo indígena foi parte importante na formação
da cultura brasileira. Sua influência se revela nos
costumes, na alimentação, na língua e na mistura
étnica do povo brasileiro.
A música 'Todo Dia Era Dia de Índio', interpretada por Baby do Brasil, é uma
homenagem aos povos indígenas do Brasil e uma crítica à forma como essas culturas foram
tratadas após a chegada dos colonizadores europeus. A canção destaca a harmonia com que
os índios viviam antes da colonização, em perfeito equilíbrio com a natureza, respeitando a
fauna, a flora e mantendo o equilíbrio ecológico.
Ouça a música!
Todo Dia Era Dia de Índio
Baby do Brasil
Curumim chama cunhatã
Que eu vou contar
Curumim chama cunhatã
Que eu vou contar
Todo dia, era dia de índio
Todo dia, era dia de índio
Curumim, Cunhatã
Cunhatã, Curumim
Antes que o homem aqui chegasse
Às Terras Brasileiras
Eram habitadas e amadas
Por mais de 3 milhões de índios
Proprietários felizes
Da Terra Brasilis
Pois todo dia era dia de índio
Todo dia era dia de índio
Mas agora eles só têm
O dia 19 de abril
Mas agora eles só têm
O dia 19 de abril
Amantes da natureza
Eles são incapazes
Com certeza
De maltratar uma fêmea
Ou de poluir o rio e o mar
Preservando o equilíbrio ecológico
Da terra fauna e flora
Pois em sua glória, o índio
Era o exemplo puro e perfeito
Próximo da harmonia
Da fraternidade e da alegria
Da alegria de viver!
Da alegria de viver!
E, no entanto, hoje
O seu canto triste
É o lamento de uma raça
Que já foi muito feliz
Pois antigamente
Todo dia, era dia de índio
Todo dia, era dia de índio
Curumim, Cunhatã
Cunhatã, Curumim
Terêrê, oh yeah!
Terêreê, oh!
Agora é sua vez!
1. Após realizar a leitura e a escuta da música, responda as questões a seguir
A) Por que todo dia era dia de índio? __________________________________________________
________________________________________________________________________
B) Qual é a mensagem que o autor da música quer transmitir na 4ª e 5ª estrofe?
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
C) O que é comemorado no dia 19 de abril?
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
2. A letra da música “Todo dia era dia de índio” faz uma comparação da situação dos indígenas, antes e
depois da chegada dos colonizadores.
✓ Com base nessa afirmativa assinale os trechos que comprovem essas diferenças.
A) [...] Proprietários felizes / Da Terra Brasilis / Pois todo dia era dia de índio.../ amantes da natureza eles
são incapazes com certeza / De maltratar uma fêmea ou de poluir o rio e o mar [...]
B) [...] Que eu vou contar/Curumim chama cunhatã que eu vou contar [...]
C) [...] Mas agora eles só têm o dia dezenove de abril / E no entanto hoje / O seu canto triste / É o lamento
de uma raça / Que já foi muito feliz [...]
3. A música “Todo Dia Era Dia de Índio” fala sobre
A) A situação indígena no passado e no presente.
B) A moradia dos índios nos dias atuais.
C) Os indígenas fazem parte de um povo triste
4. Leia o poema a seguir
Povos indígenas
Índio não bate em criança
E os mais velhos respeita.
Índio tem sua cultura,
dança, canta e se enfeita.
Toma seu banho de rio,
é mestre na pescaria.
Na aldeia em que ele mora
a tarefa é dividida.
Na hora da refeição,
a comida é repartida.
Temos muito o que aprender,
e o índio pode ensinar
como curar as doenças
e muita vida salvar.
Saiba que a vida do índio
é pra lá de inteligente.
Vive em paz com a natureza,
não trai, não rouba, não mente.
Reynaldo Jardim
Agora você é o poeta!
✓ Faça um poema com o tema: Povos Indígenas
✓ O poema tem que ter três estrofes
✓ Use palavras que rimam
✓ Ilustre seu poema
✓ Não esqueça de dar um título
✓ Para finalizar, recite em voz alta
✓ Entregar na próxima aula
✓ Escrever de caneta azul e capricha na letra!
Atenção!
Não pode pegar da internet.
Plágio é crime!
Não fique sem nota! Faça suas atividades.
Resposta
A L I M E N T A Ç Ã O Q S E R V E W Y
Q S D F G H J K L N M Z X V Y Q D I A
P O V O S Y I N D Í G E N A S N M W X
W Y T C X É T N I C A Y R T A B R I L
B R A S I L Y R E F L E X Ã O G K G Z
S T Y Q F D S N B X V K Y S O F R E M
B R A S I L E I R O Y D I R E I T O S
D P T Y W Q S D F G H Y X Z X T N H M
P R E C O N C E I T O W C U L T U R A
F S D F G H J K L M N Q P T X C V S K
P R O P Ó S I T O S W L Í N G U A D L
E X I G I R W T D I V E R S I D A D E
Mary Alvarenga
5º ano B

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Caça-palavras Dia internacional da mulher
Caça-palavras   Dia internacional da mulherCaça-palavras   Dia internacional da mulher
Caça-palavras Dia internacional da mulherMary Alvarenga
 
Revisão Prova Brasil - Matemática 5º ano
Revisão Prova Brasil - Matemática 5º anoRevisão Prova Brasil - Matemática 5º ano
Revisão Prova Brasil - Matemática 5º anoMary Alvarenga
 
21 de abril - Dia de Tiradentes - Texto e atividade
21 de abril - Dia de Tiradentes - Texto e atividade21 de abril - Dia de Tiradentes - Texto e atividade
21 de abril - Dia de Tiradentes - Texto e atividadeMary Alvarenga
 
Atividade susbstantivos próprios e comuns
Atividade susbstantivos próprios e comunsAtividade susbstantivos próprios e comuns
Atividade susbstantivos próprios e comunsPaulo Alves de Araujo
 
2ª avaliação de portugues 2ª unidade 2015
2ª avaliação de portugues 2ª  unidade 20152ª avaliação de portugues 2ª  unidade 2015
2ª avaliação de portugues 2ª unidade 2015julliana brito
 
Matemática/Língua Portuguesa
Matemática/Língua PortuguesaMatemática/Língua Portuguesa
Matemática/Língua PortuguesaIsa ...
 
21 de setembro – Dia da Árvore.
 21 de setembro – Dia da Árvore. 21 de setembro – Dia da Árvore.
21 de setembro – Dia da Árvore.Mary Alvarenga
 
Aleluia de Gabriela Rocha - Análise e entendimento da música
Aleluia  de Gabriela Rocha - Análise e entendimento da músicaAleluia  de Gabriela Rocha - Análise e entendimento da música
Aleluia de Gabriela Rocha - Análise e entendimento da músicaMary Alvarenga
 
Conto de suspense e atividade.
Conto  de suspense e  atividade.Conto  de suspense e  atividade.
Conto de suspense e atividade.Mary Alvarenga
 
Avaliação de história do 5º ano
Avaliação de história do 5º anoAvaliação de história do 5º ano
Avaliação de história do 5º anoLeo Rodrigues
 
Dançando com o morto
Dançando com o mortoDançando com o morto
Dançando com o mortoRose Tavares
 
Vamos construir de Sandy e Júnior - Análise e entendimento da música
Vamos construir  de  Sandy e Júnior  - Análise e entendimento da música Vamos construir  de  Sandy e Júnior  - Análise e entendimento da música
Vamos construir de Sandy e Júnior - Análise e entendimento da música Mary Alvarenga
 
Interpretação de tabelas e gráficos
Interpretação de tabelas e gráficos Interpretação de tabelas e gráficos
Interpretação de tabelas e gráficos Mary Alvarenga
 

Mais procurados (20)

Imigrantes
ImigrantesImigrantes
Imigrantes
 
Caça-palavras Dia internacional da mulher
Caça-palavras   Dia internacional da mulherCaça-palavras   Dia internacional da mulher
Caça-palavras Dia internacional da mulher
 
Tirinhas - Interpretação de HQ
Tirinhas - Interpretação de HQTirinhas - Interpretação de HQ
Tirinhas - Interpretação de HQ
 
Revisão Prova Brasil - Matemática 5º ano
Revisão Prova Brasil - Matemática 5º anoRevisão Prova Brasil - Matemática 5º ano
Revisão Prova Brasil - Matemática 5º ano
 
21 de abril - Dia de Tiradentes - Texto e atividade
21 de abril - Dia de Tiradentes - Texto e atividade21 de abril - Dia de Tiradentes - Texto e atividade
21 de abril - Dia de Tiradentes - Texto e atividade
 
Produzindo texto
Produzindo textoProduzindo texto
Produzindo texto
 
Atividade susbstantivos próprios e comuns
Atividade susbstantivos próprios e comunsAtividade susbstantivos próprios e comuns
Atividade susbstantivos próprios e comuns
 
Gabarito: Atividade de português: Questões sobre verbos de ligação – 8º ano –...
Gabarito: Atividade de português: Questões sobre verbos de ligação – 8º ano –...Gabarito: Atividade de português: Questões sobre verbos de ligação – 8º ano –...
Gabarito: Atividade de português: Questões sobre verbos de ligação – 8º ano –...
 
2ª avaliação de portugues 2ª unidade 2015
2ª avaliação de portugues 2ª  unidade 20152ª avaliação de portugues 2ª  unidade 2015
2ª avaliação de portugues 2ª unidade 2015
 
Matemática/Língua Portuguesa
Matemática/Língua PortuguesaMatemática/Língua Portuguesa
Matemática/Língua Portuguesa
 
21 de setembro – Dia da Árvore.
 21 de setembro – Dia da Árvore. 21 de setembro – Dia da Árvore.
21 de setembro – Dia da Árvore.
 
Avaliação de língua portuguesa sistema solar
Avaliação de língua portuguesa sistema solarAvaliação de língua portuguesa sistema solar
Avaliação de língua portuguesa sistema solar
 
Aleluia de Gabriela Rocha - Análise e entendimento da música
Aleluia  de Gabriela Rocha - Análise e entendimento da músicaAleluia  de Gabriela Rocha - Análise e entendimento da música
Aleluia de Gabriela Rocha - Análise e entendimento da música
 
Conto de suspense e atividade.
Conto  de suspense e  atividade.Conto  de suspense e  atividade.
Conto de suspense e atividade.
 
Avaliação de história do 5º ano
Avaliação de história do 5º anoAvaliação de história do 5º ano
Avaliação de história do 5º ano
 
Dançando com o morto
Dançando com o mortoDançando com o morto
Dançando com o morto
 
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 2° BIMESTR...
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 2° BIMESTR...AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 2° BIMESTR...
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 2° BIMESTR...
 
Vamos construir de Sandy e Júnior - Análise e entendimento da música
Vamos construir  de  Sandy e Júnior  - Análise e entendimento da música Vamos construir  de  Sandy e Júnior  - Análise e entendimento da música
Vamos construir de Sandy e Júnior - Análise e entendimento da música
 
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 3...
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 3...AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 3...
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 3...
 
Interpretação de tabelas e gráficos
Interpretação de tabelas e gráficos Interpretação de tabelas e gráficos
Interpretação de tabelas e gráficos
 

Semelhante a 19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros

Atividades educativas 4 ano 19nov20
Atividades educativas 4 ano 19nov20Atividades educativas 4 ano 19nov20
Atividades educativas 4 ano 19nov20Washington Rocha
 
Cultura Indígena do Brasil nos dias de hoje - FASC.ppt
Cultura Indígena do Brasil nos dias de hoje - FASC.pptCultura Indígena do Brasil nos dias de hoje - FASC.ppt
Cultura Indígena do Brasil nos dias de hoje - FASC.pptIgor da Silva
 
6 ano atividade complementar - 4 atividade
6 ano   atividade complementar  -   4 atividade6 ano   atividade complementar  -   4 atividade
6 ano atividade complementar - 4 atividadeWashington Rocha
 
Todo dia é Dia de Índio blog
Todo dia é Dia de Índio blogTodo dia é Dia de Índio blog
Todo dia é Dia de Índio blogMíriam Silva
 
Apostila 1º ao 5º ano
Apostila 1º ao 5º anoApostila 1º ao 5º ano
Apostila 1º ao 5º anoGracie Culik
 
Sala Verde Inhotim Informativo 05
Sala Verde Inhotim   Informativo 05Sala Verde Inhotim   Informativo 05
Sala Verde Inhotim Informativo 05José André
 
Indígenas Brasileiros
Indígenas BrasileirosIndígenas Brasileiros
Indígenas Brasileirosdmflores21
 
O S í N D I O S Para Blog
O S  í N D I O S Para BlogO S  í N D I O S Para Blog
O S í N D I O S Para BlogCRIACAOBLOGS
 
Atividades educativas 5 ano 19nov20
Atividades educativas 5 ano 19nov20Atividades educativas 5 ano 19nov20
Atividades educativas 5 ano 19nov20Washington Rocha
 
Todo dia era dia de índio
Todo dia era dia de índioTodo dia era dia de índio
Todo dia era dia de índioroseconrado
 
Rosário do Catete - Sociedade, cultura e meio ambiente - 2010
Rosário do Catete - Sociedade, cultura e meio ambiente - 2010Rosário do Catete - Sociedade, cultura e meio ambiente - 2010
Rosário do Catete - Sociedade, cultura e meio ambiente - 2010Davi Almeida
 
Anuario digital fefol 2020
Anuario digital fefol 2020Anuario digital fefol 2020
Anuario digital fefol 2020Leonardo Concon
 
Palavra jovem n 16
Palavra jovem n 16Palavra jovem n 16
Palavra jovem n 16Marcos Lima
 
Revista Blogs Edição 007.2013
Revista Blogs Edição 007.2013Revista Blogs Edição 007.2013
Revista Blogs Edição 007.2013RevistaBlogs
 
Seq didática jacundá 2ª parte
Seq didática jacundá 2ª parteSeq didática jacundá 2ª parte
Seq didática jacundá 2ª parteAndré Moraes
 
5°ANO-ANEXO II-SEMANA 22--AVALIAÇÃO 2° BIMESTRE== 05 A 09 DE JULHO.pdf
5°ANO-ANEXO II-SEMANA 22--AVALIAÇÃO 2° BIMESTRE== 05 A 09 DE JULHO.pdf5°ANO-ANEXO II-SEMANA 22--AVALIAÇÃO 2° BIMESTRE== 05 A 09 DE JULHO.pdf
5°ANO-ANEXO II-SEMANA 22--AVALIAÇÃO 2° BIMESTRE== 05 A 09 DE JULHO.pdfssusere36b3e1
 
Os Indígenas Hoje
Os Indígenas HojeOs Indígenas Hoje
Os Indígenas HojeGelson Rocha
 

Semelhante a 19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros (20)

Atividades educativas 4 ano 19nov20
Atividades educativas 4 ano 19nov20Atividades educativas 4 ano 19nov20
Atividades educativas 4 ano 19nov20
 
Cultura Indígena do Brasil nos dias de hoje - FASC.ppt
Cultura Indígena do Brasil nos dias de hoje - FASC.pptCultura Indígena do Brasil nos dias de hoje - FASC.ppt
Cultura Indígena do Brasil nos dias de hoje - FASC.ppt
 
6 ano atividade complementar - 4 atividade
6 ano   atividade complementar  -   4 atividade6 ano   atividade complementar  -   4 atividade
6 ano atividade complementar - 4 atividade
 
Todo dia é Dia de Índio blog
Todo dia é Dia de Índio blogTodo dia é Dia de Índio blog
Todo dia é Dia de Índio blog
 
Dia do indio
Dia do indioDia do indio
Dia do indio
 
Apostila 1º ao 5º ano
Apostila 1º ao 5º anoApostila 1º ao 5º ano
Apostila 1º ao 5º ano
 
Sala Verde Inhotim Informativo 05
Sala Verde Inhotim   Informativo 05Sala Verde Inhotim   Informativo 05
Sala Verde Inhotim Informativo 05
 
Indígenas Brasileiros
Indígenas BrasileirosIndígenas Brasileiros
Indígenas Brasileiros
 
O S í N D I O S Para Blog
O S  í N D I O S Para BlogO S  í N D I O S Para Blog
O S í N D I O S Para Blog
 
Atividades educativas 5 ano 19nov20
Atividades educativas 5 ano 19nov20Atividades educativas 5 ano 19nov20
Atividades educativas 5 ano 19nov20
 
Todo dia era dia de índio
Todo dia era dia de índioTodo dia era dia de índio
Todo dia era dia de índio
 
Rosário do Catete - Sociedade, cultura e meio ambiente - 2010
Rosário do Catete - Sociedade, cultura e meio ambiente - 2010Rosário do Catete - Sociedade, cultura e meio ambiente - 2010
Rosário do Catete - Sociedade, cultura e meio ambiente - 2010
 
Anuario digital fefol 2020
Anuario digital fefol 2020Anuario digital fefol 2020
Anuario digital fefol 2020
 
Palavra jovem n 16
Palavra jovem n 16Palavra jovem n 16
Palavra jovem n 16
 
Revista Blogs Edição 007.2013
Revista Blogs Edição 007.2013Revista Blogs Edição 007.2013
Revista Blogs Edição 007.2013
 
Seq didática jacundá 2ª parte
Seq didática jacundá 2ª parteSeq didática jacundá 2ª parte
Seq didática jacundá 2ª parte
 
5°ANO-ANEXO II-SEMANA 22--AVALIAÇÃO 2° BIMESTRE== 05 A 09 DE JULHO.pdf
5°ANO-ANEXO II-SEMANA 22--AVALIAÇÃO 2° BIMESTRE== 05 A 09 DE JULHO.pdf5°ANO-ANEXO II-SEMANA 22--AVALIAÇÃO 2° BIMESTRE== 05 A 09 DE JULHO.pdf
5°ANO-ANEXO II-SEMANA 22--AVALIAÇÃO 2° BIMESTRE== 05 A 09 DE JULHO.pdf
 
Os Indígenas Hoje
Os Indígenas HojeOs Indígenas Hoje
Os Indígenas Hoje
 
Cultura indígena
Cultura indígenaCultura indígena
Cultura indígena
 
Jornal escola
Jornal escolaJornal escola
Jornal escola
 

Mais de Mary Alvarenga

Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
Atividade com a música Xote  da  Alegria    -   FalamansaAtividade com a música Xote  da  Alegria    -   Falamansa
Atividade com a música Xote da Alegria - FalamansaMary Alvarenga
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Mary Alvarenga
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja Mary Alvarenga
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMary Alvarenga
 
Atividade - Letra da música Esperando na Janela.
Atividade -  Letra da música Esperando na Janela.Atividade -  Letra da música Esperando na Janela.
Atividade - Letra da música Esperando na Janela.Mary Alvarenga
 
CRUZADINHA - Leitura e escrita dos números
CRUZADINHA   -   Leitura e escrita dos números CRUZADINHA   -   Leitura e escrita dos números
CRUZADINHA - Leitura e escrita dos números Mary Alvarenga
 
Música Meu Abrigo - Texto e atividade
Música   Meu   Abrigo  -   Texto e atividadeMúsica   Meu   Abrigo  -   Texto e atividade
Música Meu Abrigo - Texto e atividadeMary Alvarenga
 
Bullying - Atividade com caça- palavras
Bullying   - Atividade com  caça- palavrasBullying   - Atividade com  caça- palavras
Bullying - Atividade com caça- palavrasMary Alvarenga
 
Bullying - Texto e cruzadinha
Bullying        -     Texto e cruzadinhaBullying        -     Texto e cruzadinha
Bullying - Texto e cruzadinhaMary Alvarenga
 
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesA Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesMary Alvarenga
 
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Mary Alvarenga
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Mary Alvarenga
 
Ciclo de vida do mosquito Aedes aegypti e cruzadinha
Ciclo de vida do mosquito Aedes aegypti  e cruzadinhaCiclo de vida do mosquito Aedes aegypti  e cruzadinha
Ciclo de vida do mosquito Aedes aegypti e cruzadinhaMary Alvarenga
 

Mais de Mary Alvarenga (20)

Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
Atividade com a música Xote  da  Alegria    -   FalamansaAtividade com a música Xote  da  Alegria    -   Falamansa
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é preciso
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
Atividade - Letra da música Esperando na Janela.
Atividade -  Letra da música Esperando na Janela.Atividade -  Letra da música Esperando na Janela.
Atividade - Letra da música Esperando na Janela.
 
CRUZADINHA - Leitura e escrita dos números
CRUZADINHA   -   Leitura e escrita dos números CRUZADINHA   -   Leitura e escrita dos números
CRUZADINHA - Leitura e escrita dos números
 
Música Meu Abrigo - Texto e atividade
Música   Meu   Abrigo  -   Texto e atividadeMúsica   Meu   Abrigo  -   Texto e atividade
Música Meu Abrigo - Texto e atividade
 
Bullying, sai pra lá
Bullying,  sai pra láBullying,  sai pra lá
Bullying, sai pra lá
 
Bullying - Atividade com caça- palavras
Bullying   - Atividade com  caça- palavrasBullying   - Atividade com  caça- palavras
Bullying - Atividade com caça- palavras
 
Bullying - Texto e cruzadinha
Bullying        -     Texto e cruzadinhaBullying        -     Texto e cruzadinha
Bullying - Texto e cruzadinha
 
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesA Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
 
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
 
Ciclo de vida do mosquito Aedes aegypti e cruzadinha
Ciclo de vida do mosquito Aedes aegypti  e cruzadinhaCiclo de vida do mosquito Aedes aegypti  e cruzadinha
Ciclo de vida do mosquito Aedes aegypti e cruzadinha
 

Último

Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfRILTONNOGUEIRADOSSAN
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfssuserbb4ac2
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxRaquelMartins389880
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoVALMIRARIBEIRO1
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfssuser06ee57
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfcarloseduardogonalve36
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaLuanaAlves940822
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfmaria794949
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosFernanda Ledesma
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaCludiaRodrigues693635
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leiteprofesfrancleite
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
Plano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola públicaPlano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola públicaanapsuls
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdfARIANAMENDES11
 
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e SenegalTrabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e SenegalErikOliveira40
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalcarlaOliveira438
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroBrenda Fritz
 

Último (20)

Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
 
Plano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola públicaPlano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola pública
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
 
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e SenegalTrabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 

19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros

  • 1. Escola Santa Maria Professora: Mary Alvarenga 19 de abril - Dia dos Povos Indígenas Em 2022, através da Lei n.º 14.402, de 8 de julho, a comemoração passou a ser chamada oficialmente de Dia dos Povos Indígenas. O motivo da mudança foi deixar claro que a data comemora a diversidade das culturas indígenas. Encontre no diagrama as palavras destacadas no texto A L I M E N T A Ç Ã O Q S E R V E W Y Q S D F G H J K L N M Z X V Y Q D I A P O V O S Y I N D Í G E N A S N M W X W Y T C X É T N I C A Y R T A B R I L B R A S I L Y R E F L E X Ã O G K G Z S T Y Q F D S N B X V K Y S O F R E M B R A S I L E I R O Y D I R E I T O S D P T Y W Q S D F G H Y X Z X T N H M P R E C O N C E I T O W C U L T U R A F S D F G H J K L M N Q P T X C V S K P R O P Ó S I T O S W L Í N G U A D L E X I G I R W T D I V E R S I D A D E O povo indígena merece toda consideração, pois ele foi dessa terra o primeiro guardião. Eles contaram as primeiras histórias do céu, da Lua e do mar. Viram na natureza o dom da vida e a importância de tudo preservar. O Dia dos Povos Indígenas, 19 de abril, é uma data comemorativa que tem como propósito celebrar a diversidade cultural e a história dos povos indígenas do Brasil. Essa data serve como momento de reflexão acerca do preconceito que os indígenas sofrem no Brasil e para exigir que os direitos deles sejam respeitados. O povo indígena foi parte importante na formação da cultura brasileira. Sua influência se revela nos costumes, na alimentação, na língua e na mistura étnica do povo brasileiro.
  • 2. A música 'Todo Dia Era Dia de Índio', interpretada por Baby do Brasil, é uma homenagem aos povos indígenas do Brasil e uma crítica à forma como essas culturas foram tratadas após a chegada dos colonizadores europeus. A canção destaca a harmonia com que os índios viviam antes da colonização, em perfeito equilíbrio com a natureza, respeitando a fauna, a flora e mantendo o equilíbrio ecológico. Ouça a música! Todo Dia Era Dia de Índio Baby do Brasil Curumim chama cunhatã Que eu vou contar Curumim chama cunhatã Que eu vou contar Todo dia, era dia de índio Todo dia, era dia de índio Curumim, Cunhatã Cunhatã, Curumim Antes que o homem aqui chegasse Às Terras Brasileiras Eram habitadas e amadas Por mais de 3 milhões de índios Proprietários felizes Da Terra Brasilis Pois todo dia era dia de índio Todo dia era dia de índio Mas agora eles só têm O dia 19 de abril Mas agora eles só têm O dia 19 de abril Amantes da natureza Eles são incapazes Com certeza De maltratar uma fêmea Ou de poluir o rio e o mar Preservando o equilíbrio ecológico Da terra fauna e flora Pois em sua glória, o índio Era o exemplo puro e perfeito Próximo da harmonia Da fraternidade e da alegria Da alegria de viver! Da alegria de viver! E, no entanto, hoje O seu canto triste É o lamento de uma raça Que já foi muito feliz Pois antigamente Todo dia, era dia de índio Todo dia, era dia de índio Curumim, Cunhatã Cunhatã, Curumim Terêrê, oh yeah! Terêreê, oh! Agora é sua vez! 1. Após realizar a leitura e a escuta da música, responda as questões a seguir A) Por que todo dia era dia de índio? __________________________________________________ ________________________________________________________________________ B) Qual é a mensagem que o autor da música quer transmitir na 4ª e 5ª estrofe? _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ C) O que é comemorado no dia 19 de abril? ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________
  • 3. 2. A letra da música “Todo dia era dia de índio” faz uma comparação da situação dos indígenas, antes e depois da chegada dos colonizadores. ✓ Com base nessa afirmativa assinale os trechos que comprovem essas diferenças. A) [...] Proprietários felizes / Da Terra Brasilis / Pois todo dia era dia de índio.../ amantes da natureza eles são incapazes com certeza / De maltratar uma fêmea ou de poluir o rio e o mar [...] B) [...] Que eu vou contar/Curumim chama cunhatã que eu vou contar [...] C) [...] Mas agora eles só têm o dia dezenove de abril / E no entanto hoje / O seu canto triste / É o lamento de uma raça / Que já foi muito feliz [...] 3. A música “Todo Dia Era Dia de Índio” fala sobre A) A situação indígena no passado e no presente. B) A moradia dos índios nos dias atuais. C) Os indígenas fazem parte de um povo triste 4. Leia o poema a seguir Povos indígenas Índio não bate em criança E os mais velhos respeita. Índio tem sua cultura, dança, canta e se enfeita. Toma seu banho de rio, é mestre na pescaria. Na aldeia em que ele mora a tarefa é dividida. Na hora da refeição, a comida é repartida. Temos muito o que aprender, e o índio pode ensinar como curar as doenças e muita vida salvar. Saiba que a vida do índio é pra lá de inteligente. Vive em paz com a natureza, não trai, não rouba, não mente. Reynaldo Jardim Agora você é o poeta! ✓ Faça um poema com o tema: Povos Indígenas ✓ O poema tem que ter três estrofes ✓ Use palavras que rimam ✓ Ilustre seu poema ✓ Não esqueça de dar um título ✓ Para finalizar, recite em voz alta ✓ Entregar na próxima aula ✓ Escrever de caneta azul e capricha na letra! Atenção! Não pode pegar da internet. Plágio é crime!
  • 4. Não fique sem nota! Faça suas atividades. Resposta A L I M E N T A Ç Ã O Q S E R V E W Y Q S D F G H J K L N M Z X V Y Q D I A P O V O S Y I N D Í G E N A S N M W X W Y T C X É T N I C A Y R T A B R I L B R A S I L Y R E F L E X Ã O G K G Z S T Y Q F D S N B X V K Y S O F R E M B R A S I L E I R O Y D I R E I T O S D P T Y W Q S D F G H Y X Z X T N H M P R E C O N C E I T O W C U L T U R A F S D F G H J K L M N Q P T X C V S K P R O P Ó S I T O S W L Í N G U A D L E X I G I R W T D I V E R S I D A D E Mary Alvarenga 5º ano B