SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
FUVEST
1. No século XIX, surgiu uma nova ciência com a
intenção de compreender a sociedade moderna e suas
transformações. Qual dos fatores abaixo NÃO
contribuiu para o surgimento da sociologia enquanto
ciência?
a) O processo de industrialização e urbanização da
Europa.
b) A ascensão do capitalismo como sistema econômico
preponderante.
c) O surgimento da estatística como fonte de dados
confiáveis.
d) A crença na cientificidade.
e) A Revolução Russa, que procurou instaurar o
socialismo na Europa.
2. Dentre os principais autores articuladores da
Sociologia na sua fase inicial de desenvolvimento, é
correto citar os nomes de
a) Marx e Foucault.
b) Aristóteles e Comte.
c) Descartes e Marx.
d) Durkheim e Chartier.
e) Comte e Durkheim.
3. Podemos conceituar a Sociologia como a ciência
que estuda as relações sociais e as formas de
associação, considerando as interações que ocorrem na
vida em sociedade. No entanto, só passou a ser
considerada ciência quando um determinado autor
passou a formular os primeiros conceitos e demonstrou
que os fatos sociais têm características próprias.
Qual foi esse autor?
a) Augusto Comte.
b) Karl Marx.
c) Max Weber.
d) Jean Jacques Rousseau
e) Émile Durkheim.
4. A bandeira nacional, símbolo maior da República
Federativa do Brasil, é bastante simbólica. Além das
suas cores, existem também os dizeres “Ordem e
Progresso”. Esses dizeres possuem sua origem em qual
teoria filosófica?
a) No Positivimo, de Auguste Comte.
b) No Materialismo histórico, de Karl Marx.
c) No Idealismo, de Friedrich Hegel.
d) No Funcionalismo, de Émile Durkheim.
e) No Iluminismo, de René Descartes.
5. Marx, Durkheim e Weber, os três autores clássicos da
sociologia, tiveram, cada um a seu modo, uma vida
política intensa e fizeram reflexões importantes sobre o
Estado e a democracia de seu tempo.
TOMAZI, Nelson Dacio.Sociologia para o ensino médio. São Paulo: Saraiva, 2010,p. 179.
É sabido que cada autor clássico da sociologia,
apontado no texto acima, buscou um objeto para que
pudesse, com seu método, observar a realidade social.
Nesse sentido, enumere a segunda coluna a partir da
primeira e, posteriormente, marque a alternativa correta:
1) Karl Marx ( ) Fatos Sociais
2) Êmille Durkheim ( ) Classes Sociais
3) Max Weber ( ) Ação Social
6. “O século XVIII constitui um marco importante para a
história do pensamento ocidental e para o surgimento
da sociologia. As transformações econômicas, políticas
e culturais que se aceleram a partir dessa época
colocarão problemas inéditos para os homens que
experimentavam as mudanças que ocorriam no
ocidente europeu.”
(FERNANDES, Florestan. A herança intelectual da Sociologia.In: FORACHI,M. M.; MARTINS, J. S. Sociologia e
Sociedade:Leituras de Introdução à Sociologia. Rio de Janeiro:Livros Técnicos e Científicos, 1977.p. 11.)
Que realidades daquela época passaram a constituir um
problema e um objeto da Sociologia?
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
7. Uma forma de organização da sociedade, estrutura
social unificada e relativamente permanente, que
estabelece padrões de comportamentos através de
normas e valores específicos, com finalidades próprias,
é chamada de
a) mudança social.
b) ação afirmativa.
c) ação social.
d) cultura de massa.
e) instituição social.
CONTEÚDO ATENÇÃO
Origem da Sociologia;
Linhas Sociológicas
Faça essa atividade com atenção, lembre-se que o objetivo é melhorar a assimilação do conteúdo para
que você fique mais confiante no dia dos grandes processos seletivos;
Caso tenha alguma dúvida, fique à vontade para me perguntar;
Eu acredito e CONFIO no seu potencial!
LISTA DE EXERCÍCIOS DE SOCIOLOGIA
PROFESSORA PAULA MEYER
SOCIOLOGIA CLÁSSICA
8. Max Weber tinha amplo conhecimento em muitas
áreas afins a essa ciência, tais como economia, direito e
filosofia. Assim, ao analisar o desenvolvimento do
capitalismo moderno, buscou entender a natureza e as
causas da mudança social. Em sua obra, existem dois
conceitos fundamentais, são eles:
a) cultura e tipo ideal.
b) classe e proletariado.
c) anomia e solidariedade.
d) fato social e burocracia.
e) ação social e racionalidade.
9. O objeto de estudo da sociologia, para Durkheim, é o
fato social, que deve ser
tratado como “coisa” e o sociólogo deve afastar suas
prenoções e preconceitos. A
construção durkheimiana do objeto de estudo da
sociologia pode ser considerada:
a) nietzschiana, pois coloca a “vontade de poder” como
fundamento para a pesquisa.
b) kantiana, pois trata da “coisa em si” e realiza a
coisificação da realidade.
c) dialética, pois reconhece a existência de uma
realidade exterior ao pesquisador.
d) weberiana, pois aborda a ação social racional
atribuída por um sujeito.
e) positivista, pois se fundamenta na busca de
objetividade e neutralidade.
10. De acordo com Émile Durkheim, os fatos sociais são
características que moldam o comportamento dos
indivíduos em sociedade. Os fatos sociais são definidos
pelo autor como sendo:
a) Coercitivos, naturais e expressivos.
b) Generalizados, expressivos e naturais.
c) Exteriores ao indivíduo, expressivos e generalizados.
d) Exteriores, expressivos e naturais.
e) Exteriores ao indivíduo, coercitivos e generalizados.
UEL
11. No Brasil, entre abril e maio de 2017, uma espécie
de jogo conhecido como “Baleia Azul” causou alvoroço
nas redes sociais digitais. Trata-se de uma série de
desafios que culmina no suicídio do “jogador”,
geralmente um indivíduo jovem. As reações,
principalmente das famílias e das escolas, alertavam
para a necessidade de reforçar os laços sociais e as
regras de convívio coletivo. Também se disseminaram
opiniões sobre a necessidade de os jovens
concentrarem-se nos estudos e no trabalho como forma
de manutenção do equilíbrio social. Mas o assunto não
é novo em Sociologia. Os aspectos sociológicos do
suicídio foram analisados por um autor clássico, Émile
Durkheim, que, em 1897, publicou a obra “O Suicídio:
estudo de sociologia”.
Com base na teoria de Durkheim, caracterize o “suicídio
anômico” como um tipo de suicídio específico das
sociedades modernas.
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
12. A sociologia surge em um contexto europeu, no
século XIX. Quais são as principais transformações
ocorridas na sociedade europeia que permitiram o
surgimento dessa ciência? Cite pelo menos três.
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
13. Leia a charge e o texto a seguir.
O conceito de ideologia, nos termos propostos por Karl
Marx (1818-1883), refere-se, também, àquela ideia ou
declaração “(...) que em algum aspecto significativo ela é
falsa, enganosa ou um relato parcial da realidade e,
portanto, uma ideia que pode e deve ser corrigida.”
GIDDENS, A.; SUTTON,P.W. Conceitos essenciais da Sociologia. São Paulo: Editora da Unesp,2016, p.229.
A charge sugere a presença de uma “ideologia do mérito”
quando está em pauta a discussão da desigualdade social
na sociedade de tipo capitalista.
Com base na charge e no texto, explique como a
“ideologia do mérito” justifica a desigualdade social no
capitalismo e, em seguida, identifique os motivos que a
caracterizam como enganosa ou um relato parcial da
realidade.
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
14. Um protesto com mais policiais que manifestantes
O segundo protesto contra a Copa do ano em São Paulo
foi marcado pela enorme presença policial, uma tropa de
pelo menos 2.300 agentes, que superou ao número de
manifestantes.
A marcha, com quase mil pessoas segundo a polícia e
umas 3.000 segundo os manifestantes que a transmitiram
o ato ao vivo pela internet, saiu da Praça da República, no
Centro, por volta das 18h. Em apenas uma hora estourou
a primeira bomba, lançada pela polícia. A intenção das
forças de segurança de impedir atos de vandalismo
acabou frustrando um protesto que começou de forma
pacífica, com tambores, gritos contra os gastos excessivos
na Copa, contra a brutalidade policial e a qualidade dos
serviços públicos.
A polícia deteve um grupo de cerca de 50 manifestantes
que foi obrigado a se sentar no chão e acabou rodeado
por quatro fileiras de policiais com mais de uma centena
de agentes. Depois foram levados, algemados, em vários
ônibus até as delegacias da região. O número total de
detidos chegou a 262 pessoas, entre elas seis jornalistas
que cobriam a manifestação e um professor da
Universidade de São Paulo (USP). Outras oito pessoas
acabaram feridas, cinco deles policiais.
MARTÍN, María. Um protesto com mais policiais que manifestantes. El País.23 fev. 2014. Adaptado. Disponível em:
<http://brasil.elpais.com/brasil/2014/02/23/politica/1393111858_875595.html> Acesso em 24 fev. 2014.
A sociologia criada pelos pensadores clássicos da
sociologia é útil para tentarmos compreender os eventos
contemporâneos. Analise, a partir de algum sociólogo
clássico (Marx, Weber ou Durkheim), a ação da polícia no
tipo de manifestação popular apresentada na notícia.
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
15.
A partir da charge acima e de seus conhecimentos de
Sociologia, responda:
Por que as marcas ocupam o lugar de Deus na
contemporaneidade? Justifique sua resposta.
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
16.
A figura acima explicita uma diferença clara entre o
empregado e o patrão. Segundo a teoria marxista, o que
causa essa diferença?
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
UEB
17. Tendo como referência as informações acima e
aspectos a elas relacionados, julgue o item a seguir.
A importância atribuída à razão e o desenvolvimento da
ciência e da sociedade industrial foram determinantes
para a definição conceitual e normativa da investigação
sociológica, ou seja, para a estruturação da Sociologia
como ciência da sociedade.
_____________________________________________
ENEM
18. O filósofo Auguste Comte (1798 – 1857) preenche
sua doutrina com uma imagem do progresso social na
qual se conjugam ciência e política deve assumir o
aspecto de uma ação científica e a política deve ser
estudada de maneira científica (a física social). Desde
que a Revolução francesa favoreceu a integração do
povo na vida social, o posotivismo obstina-se no
programa de uma comunidade pacífica. E o Estado,
instituição do “reino absoluto da lei”, é a garantia da
ordem que impede o retorno potencial das revoluções e
engendra o progresso.
RUBY, C. Introdução à filosofia política. São Paulo:Unesp,1998 (adaptado).
A característica do Estado positivo que lhe permite
garantir não só a ordem, como também o desejado
progresso das nações, é ser
a) Espaço coletivo, onde as carências e desejos da
população se realizam por meio das leis.
b) Produto científico da física social, transcendendo e
transformando as exigências da realidade.
c) Programa necessário, tal como a Revolução
Francesa, devendo portanto se manter aberto a novas
insurreições.
d) Agente repressor, tendo um papel importante a cada
revolução, por impor pelo menos um curto período de
ordem.
e) Elemento unificador, organizando e reprimindo, se
necessário, as ações dos membros da comunidade.
19. A sociologia ainda não ultrapassou a era das
construções e das sínteses filosóficas. Em vez de
assumir a tarefa de lançar luz sobre uma parcela restrita
do campo social, ela prefere buscar as brilhantes
generalidades em que todas as questões são
levantadas sem que nenhuma seja expressamente
tratada. Não é com exames sumários e por meio de
intuições rápidas que se pode chegar a descobrir as leis
de uma realidade tão complexa. Sobretudo,
generalizações às vezes tão amplas e tão apressadas
não são suscetíveis de nenhum tipo de prova.
DURKHEIM, E. O suicídio: estudo de sociologia.São Paulo: Martins Fontes, 2000.
O texto expressa o esforço de Émile Durkheim em
construir uma sociologia com base na
a) vinculação com a filosofia como saber unificado.
b) reunião de percepções intuitivas para demonstração.
c) formulação de hipóteses subjetivas sobre a vida
social.
d) incorporação de um conhecimento alimentado pelo
engajamento político.
e) adesão aos padrões de investigação típicos das
ciências naturais.
20. "A história de toda a sociedade até aqui é a história
da luta de classes."
Karl Marx e Friedrich Engels, Manifesto do Partido Comunista
O conceito de Marx sobre a luta de classes representa o
antagonismo entre uma pequena classe dominante
sobre uma maioria subalternizada. Foi assim com
homens livres e escravos, senhores feudais e servos,
em suma, opressores e oprimidos.
Na Idade Moderna, qual são as forças que atuam na
luta de classes e em que se baseia essa distinção?
a) Capitalistas e comunistas, distinção realizada através
de sua ideologia.
b) Direita e esquerda, de acordo com o local em que se
sentaram na assembleia posterior à Revolução
Francesa.
c) Nobreza e clero, representantes de famílias
aristocratas e representantes da Igreja.
d) Burguesia e proletariado, divisão entre os detentores
dos meios de produção e os donos da força de trabalho.
Bom trabalho!
Professora Paula Meyer

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Questoes de filosofia com descritores ensino médio (1)
Questoes de filosofia  com descritores   ensino médio (1)Questoes de filosofia  com descritores   ensino médio (1)
Questoes de filosofia com descritores ensino médio (1)
Atividades Diversas Cláudia
 
Interpretação texto arnaldojabor democracia, cidadania, direitos (1)
Interpretação texto arnaldojabor democracia, cidadania, direitos (1)Interpretação texto arnaldojabor democracia, cidadania, direitos (1)
Interpretação texto arnaldojabor democracia, cidadania, direitos (1)
Atividades Diversas Cláudia
 

Mais procurados (20)

Prova de sociologia eo gabarito (1)
Prova de sociologia eo gabarito (1)Prova de sociologia eo gabarito (1)
Prova de sociologia eo gabarito (1)
 
Tópico 3 cidadania e direitos sociais
Tópico 3 cidadania e direitos sociaisTópico 3 cidadania e direitos sociais
Tópico 3 cidadania e direitos sociais
 
Aula 1 A nossa identidade brasileira- Sociologia - 1º ano EM - Prof. Noe Ass...
Aula 1  A nossa identidade brasileira- Sociologia - 1º ano EM - Prof. Noe Ass...Aula 1  A nossa identidade brasileira- Sociologia - 1º ano EM - Prof. Noe Ass...
Aula 1 A nossa identidade brasileira- Sociologia - 1º ano EM - Prof. Noe Ass...
 
Questões de Sociologia - Ensino Médio - Discursiva - Objetiva
Questões de Sociologia - Ensino Médio - Discursiva - ObjetivaQuestões de Sociologia - Ensino Médio - Discursiva - Objetiva
Questões de Sociologia - Ensino Médio - Discursiva - Objetiva
 
ATIVIDADE - INDÚSTRIA CULTURAL - Prof. Noe Assunção
ATIVIDADE - INDÚSTRIA CULTURAL - Prof. Noe AssunçãoATIVIDADE - INDÚSTRIA CULTURAL - Prof. Noe Assunção
ATIVIDADE - INDÚSTRIA CULTURAL - Prof. Noe Assunção
 
Atividade Sociologia
Atividade Sociologia Atividade Sociologia
Atividade Sociologia
 
Exercícios de Sociologia (Correntes Sociológicas)
Exercícios de Sociologia (Correntes Sociológicas)Exercícios de Sociologia (Correntes Sociológicas)
Exercícios de Sociologia (Correntes Sociológicas)
 
Atividades de sociologia
Atividades de sociologiaAtividades de sociologia
Atividades de sociologia
 
Atividades de Reflexão - Sociologia 1
Atividades de Reflexão - Sociologia 1Atividades de Reflexão - Sociologia 1
Atividades de Reflexão - Sociologia 1
 
Atividades de Filosofia - III bimestre - 2014
Atividades de Filosofia - III bimestre - 2014Atividades de Filosofia - III bimestre - 2014
Atividades de Filosofia - III bimestre - 2014
 
Atividade de Reflexão 2 - Sociologia -
Atividade de Reflexão 2 - Sociologia - Atividade de Reflexão 2 - Sociologia -
Atividade de Reflexão 2 - Sociologia -
 
Cidadania e direitos sociais (1)
Cidadania e direitos sociais (1)Cidadania e direitos sociais (1)
Cidadania e direitos sociais (1)
 
Cruzadinha de filosofia (Ética e moral – O problema da ação e dos valores)
Cruzadinha de filosofia  (Ética e moral – O problema da ação e dos valores)Cruzadinha de filosofia  (Ética e moral – O problema da ação e dos valores)
Cruzadinha de filosofia (Ética e moral – O problema da ação e dos valores)
 
Questoes de filosofia com descritores ensino médio (1)
Questoes de filosofia  com descritores   ensino médio (1)Questoes de filosofia  com descritores   ensino médio (1)
Questoes de filosofia com descritores ensino médio (1)
 
Interpretação texto arnaldojabor democracia, cidadania, direitos (1)
Interpretação texto arnaldojabor democracia, cidadania, direitos (1)Interpretação texto arnaldojabor democracia, cidadania, direitos (1)
Interpretação texto arnaldojabor democracia, cidadania, direitos (1)
 
Prova filosofia 1º ano / I bimestre
Prova filosofia 1º ano /  I bimestreProva filosofia 1º ano /  I bimestre
Prova filosofia 1º ano / I bimestre
 
Atividades comte, marx, weber, durkheim
Atividades comte, marx, weber, durkheimAtividades comte, marx, weber, durkheim
Atividades comte, marx, weber, durkheim
 
Aula 1- O que e alienação? Prof. Noe Assunção
Aula 1-  O que e alienação? Prof. Noe AssunçãoAula 1-  O que e alienação? Prof. Noe Assunção
Aula 1- O que e alienação? Prof. Noe Assunção
 
Política, poder e Estado
Política, poder e EstadoPolítica, poder e Estado
Política, poder e Estado
 
Cruzadinha de Filosofia - Política, poder e Estado
Cruzadinha de Filosofia -  Política, poder e EstadoCruzadinha de Filosofia -  Política, poder e Estado
Cruzadinha de Filosofia - Política, poder e Estado
 

Semelhante a Lista de exercícios (Sociologia)

Os Clássicos da Sociologia (Émile Durkheim)
Os Clássicos da Sociologia (Émile Durkheim)Os Clássicos da Sociologia (Émile Durkheim)
Os Clássicos da Sociologia (Émile Durkheim)
e neto
 
Resumo do livro o que é sociologia
Resumo do livro o que é sociologia  Resumo do livro o que é sociologia
Resumo do livro o que é sociologia
Maira Conde
 
O que é sociologia- Jéssica Markline
O que é sociologia- Jéssica MarklineO que é sociologia- Jéssica Markline
O que é sociologia- Jéssica Markline
Marklin's lady
 
Sociologia: origens, contexto histórico, político e social Os mestres fundado...
Sociologia: origens, contexto histórico, político e social Os mestres fundado...Sociologia: origens, contexto histórico, político e social Os mestres fundado...
Sociologia: origens, contexto histórico, político e social Os mestres fundado...
Rogerio Silva
 
Há uma concepção utópica no pensamento marxista (revisado maio 2012)
Há uma concepção utópica no pensamento marxista (revisado maio 2012)Há uma concepção utópica no pensamento marxista (revisado maio 2012)
Há uma concepção utópica no pensamento marxista (revisado maio 2012)
GabrielaMansur
 

Semelhante a Lista de exercícios (Sociologia) (20)

Os Clássicos da Sociologia (Émile Durkheim)
Os Clássicos da Sociologia (Émile Durkheim)Os Clássicos da Sociologia (Émile Durkheim)
Os Clássicos da Sociologia (Émile Durkheim)
 
Resumo do livro o que é sociologia
Resumo do livro o que é sociologia  Resumo do livro o que é sociologia
Resumo do livro o que é sociologia
 
Atrigo. sociologia1 original
Atrigo. sociologia1 originalAtrigo. sociologia1 original
Atrigo. sociologia1 original
 
O QUE É SOCIOLOGIA?
O QUE É SOCIOLOGIA?O QUE É SOCIOLOGIA?
O QUE É SOCIOLOGIA?
 
O que é sociologia- Jéssica Markline
O que é sociologia- Jéssica MarklineO que é sociologia- Jéssica Markline
O que é sociologia- Jéssica Markline
 
O que é sociologia- Jéssica Markline
O que é sociologia- Jéssica MarklineO que é sociologia- Jéssica Markline
O que é sociologia- Jéssica Markline
 
Um toque de clássicos
Um toque de clássicosUm toque de clássicos
Um toque de clássicos
 
As Ciências Sociais e os Primeiros Sociólogos.ppt
As Ciências Sociais e os Primeiros Sociólogos.pptAs Ciências Sociais e os Primeiros Sociólogos.ppt
As Ciências Sociais e os Primeiros Sociólogos.ppt
 
As Ciências Sociais e os Primeiros Sociólogos (2).ppt
As Ciências Sociais e os Primeiros Sociólogos (2).pptAs Ciências Sociais e os Primeiros Sociólogos (2).ppt
As Ciências Sociais e os Primeiros Sociólogos (2).ppt
 
As Ciências Sociais e os Primeiros Sociólogos (1).ppt
As Ciências Sociais e os Primeiros Sociólogos (1).pptAs Ciências Sociais e os Primeiros Sociólogos (1).ppt
As Ciências Sociais e os Primeiros Sociólogos (1).ppt
 
Cp aula 2
Cp aula 2Cp aula 2
Cp aula 2
 
Sociologia: origens, contexto histórico, político e social Os mestres fundado...
Sociologia: origens, contexto histórico, político e social Os mestres fundado...Sociologia: origens, contexto histórico, político e social Os mestres fundado...
Sociologia: origens, contexto histórico, político e social Os mestres fundado...
 
Há uma concepção utópica no pensamento marxista (revisado maio 2012)
Há uma concepção utópica no pensamento marxista (revisado maio 2012)Há uma concepção utópica no pensamento marxista (revisado maio 2012)
Há uma concepção utópica no pensamento marxista (revisado maio 2012)
 
Sociologia auguste comte e o positivismo-2019-e6bc2d32e51a3c42b46ec0afb1a959d7
Sociologia auguste comte e o positivismo-2019-e6bc2d32e51a3c42b46ec0afb1a959d7Sociologia auguste comte e o positivismo-2019-e6bc2d32e51a3c42b46ec0afb1a959d7
Sociologia auguste comte e o positivismo-2019-e6bc2d32e51a3c42b46ec0afb1a959d7
 
Exercicios sociologia 1
Exercicios sociologia 1Exercicios sociologia 1
Exercicios sociologia 1
 
Exercicios sociologia 1
Exercicios sociologia 1Exercicios sociologia 1
Exercicios sociologia 1
 
As Ciências Sociais e os Primeiros Sociólogos.ppt
As Ciências Sociais e os Primeiros Sociólogos.pptAs Ciências Sociais e os Primeiros Sociólogos.ppt
As Ciências Sociais e os Primeiros Sociólogos.ppt
 
Mam 251
Mam 251 Mam 251
Mam 251
 
Revista sociologia
Revista sociologiaRevista sociologia
Revista sociologia
 
6. apostila de sociologia
6. apostila de sociologia6. apostila de sociologia
6. apostila de sociologia
 

Mais de Paula Meyer Piagentini

Modernismo em Portugal e os Heterônimos de Fernando Pessoa
Modernismo em Portugal e os Heterônimos de Fernando PessoaModernismo em Portugal e os Heterônimos de Fernando Pessoa
Modernismo em Portugal e os Heterônimos de Fernando Pessoa
Paula Meyer Piagentini
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Paula Meyer Piagentini
 

Mais de Paula Meyer Piagentini (20)

Modernismo em Portugal e os Heterônimos de Fernando Pessoa
Modernismo em Portugal e os Heterônimos de Fernando PessoaModernismo em Portugal e os Heterônimos de Fernando Pessoa
Modernismo em Portugal e os Heterônimos de Fernando Pessoa
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
 
Jogo Literário: Do Trovadorismo ao Romantismo
Jogo Literário: Do Trovadorismo ao RomantismoJogo Literário: Do Trovadorismo ao Romantismo
Jogo Literário: Do Trovadorismo ao Romantismo
 
Arcadismo (Contexto Histórico, Arte, Literatura)
Arcadismo (Contexto Histórico, Arte, Literatura)Arcadismo (Contexto Histórico, Arte, Literatura)
Arcadismo (Contexto Histórico, Arte, Literatura)
 
Barroco (Contexto Histórico, Arte, Literatura)
Barroco (Contexto Histórico, Arte, Literatura)Barroco (Contexto Histórico, Arte, Literatura)
Barroco (Contexto Histórico, Arte, Literatura)
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
 
Escritores pertencentes ao Pré-Modernismo no Brasil
Escritores pertencentes ao Pré-Modernismo no BrasilEscritores pertencentes ao Pré-Modernismo no Brasil
Escritores pertencentes ao Pré-Modernismo no Brasil
 
Tabela Escolas Literárias Segunda Metade do século XIX
Tabela Escolas Literárias Segunda Metade do século XIXTabela Escolas Literárias Segunda Metade do século XIX
Tabela Escolas Literárias Segunda Metade do século XIX
 
Escolas Literárias (Segunda Metade do século XIX)
Escolas Literárias (Segunda Metade do século XIX)Escolas Literárias (Segunda Metade do século XIX)
Escolas Literárias (Segunda Metade do século XIX)
 
Mapa Mental (Humanismo e Classicismo) / Ensino Médio
Mapa Mental (Humanismo e Classicismo) / Ensino MédioMapa Mental (Humanismo e Classicismo) / Ensino Médio
Mapa Mental (Humanismo e Classicismo) / Ensino Médio
 
Mapa Conceitual Trovadorismo / Literatura Ensino Médio
Mapa Conceitual Trovadorismo / Literatura Ensino MédioMapa Conceitual Trovadorismo / Literatura Ensino Médio
Mapa Conceitual Trovadorismo / Literatura Ensino Médio
 
Interpretação Textual (Sétimo Ano)
Interpretação Textual (Sétimo Ano)Interpretação Textual (Sétimo Ano)
Interpretação Textual (Sétimo Ano)
 
Síndromes
Síndromes Síndromes
Síndromes
 
Dia Internacional das Mulheres
Dia Internacional das MulheresDia Internacional das Mulheres
Dia Internacional das Mulheres
 
Atividade de Interpretação (Projeto Poesia)
Atividade de Interpretação (Projeto Poesia)Atividade de Interpretação (Projeto Poesia)
Atividade de Interpretação (Projeto Poesia)
 
Projeto Poesia
Projeto PoesiaProjeto Poesia
Projeto Poesia
 

Último

AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
ssuserbb4ac2
 
Plano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola públicaPlano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola pública
anapsuls
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Pastor Robson Colaço
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
LuanaAlves940822
 

Último (20)

AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdfDiálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
 
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
Atividade com a música Xote  da  Alegria    -   FalamansaAtividade com a música Xote  da  Alegria    -   Falamansa
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
 
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e SenegalTrabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
 
Plano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola públicaPlano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola pública
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 

Lista de exercícios (Sociologia)

  • 1. FUVEST 1. No século XIX, surgiu uma nova ciência com a intenção de compreender a sociedade moderna e suas transformações. Qual dos fatores abaixo NÃO contribuiu para o surgimento da sociologia enquanto ciência? a) O processo de industrialização e urbanização da Europa. b) A ascensão do capitalismo como sistema econômico preponderante. c) O surgimento da estatística como fonte de dados confiáveis. d) A crença na cientificidade. e) A Revolução Russa, que procurou instaurar o socialismo na Europa. 2. Dentre os principais autores articuladores da Sociologia na sua fase inicial de desenvolvimento, é correto citar os nomes de a) Marx e Foucault. b) Aristóteles e Comte. c) Descartes e Marx. d) Durkheim e Chartier. e) Comte e Durkheim. 3. Podemos conceituar a Sociologia como a ciência que estuda as relações sociais e as formas de associação, considerando as interações que ocorrem na vida em sociedade. No entanto, só passou a ser considerada ciência quando um determinado autor passou a formular os primeiros conceitos e demonstrou que os fatos sociais têm características próprias. Qual foi esse autor? a) Augusto Comte. b) Karl Marx. c) Max Weber. d) Jean Jacques Rousseau e) Émile Durkheim. 4. A bandeira nacional, símbolo maior da República Federativa do Brasil, é bastante simbólica. Além das suas cores, existem também os dizeres “Ordem e Progresso”. Esses dizeres possuem sua origem em qual teoria filosófica? a) No Positivimo, de Auguste Comte. b) No Materialismo histórico, de Karl Marx. c) No Idealismo, de Friedrich Hegel. d) No Funcionalismo, de Émile Durkheim. e) No Iluminismo, de René Descartes. 5. Marx, Durkheim e Weber, os três autores clássicos da sociologia, tiveram, cada um a seu modo, uma vida política intensa e fizeram reflexões importantes sobre o Estado e a democracia de seu tempo. TOMAZI, Nelson Dacio.Sociologia para o ensino médio. São Paulo: Saraiva, 2010,p. 179. É sabido que cada autor clássico da sociologia, apontado no texto acima, buscou um objeto para que pudesse, com seu método, observar a realidade social. Nesse sentido, enumere a segunda coluna a partir da primeira e, posteriormente, marque a alternativa correta: 1) Karl Marx ( ) Fatos Sociais 2) Êmille Durkheim ( ) Classes Sociais 3) Max Weber ( ) Ação Social 6. “O século XVIII constitui um marco importante para a história do pensamento ocidental e para o surgimento da sociologia. As transformações econômicas, políticas e culturais que se aceleram a partir dessa época colocarão problemas inéditos para os homens que experimentavam as mudanças que ocorriam no ocidente europeu.” (FERNANDES, Florestan. A herança intelectual da Sociologia.In: FORACHI,M. M.; MARTINS, J. S. Sociologia e Sociedade:Leituras de Introdução à Sociologia. Rio de Janeiro:Livros Técnicos e Científicos, 1977.p. 11.) Que realidades daquela época passaram a constituir um problema e um objeto da Sociologia? _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ 7. Uma forma de organização da sociedade, estrutura social unificada e relativamente permanente, que estabelece padrões de comportamentos através de normas e valores específicos, com finalidades próprias, é chamada de a) mudança social. b) ação afirmativa. c) ação social. d) cultura de massa. e) instituição social. CONTEÚDO ATENÇÃO Origem da Sociologia; Linhas Sociológicas Faça essa atividade com atenção, lembre-se que o objetivo é melhorar a assimilação do conteúdo para que você fique mais confiante no dia dos grandes processos seletivos; Caso tenha alguma dúvida, fique à vontade para me perguntar; Eu acredito e CONFIO no seu potencial! LISTA DE EXERCÍCIOS DE SOCIOLOGIA PROFESSORA PAULA MEYER SOCIOLOGIA CLÁSSICA
  • 2. 8. Max Weber tinha amplo conhecimento em muitas áreas afins a essa ciência, tais como economia, direito e filosofia. Assim, ao analisar o desenvolvimento do capitalismo moderno, buscou entender a natureza e as causas da mudança social. Em sua obra, existem dois conceitos fundamentais, são eles: a) cultura e tipo ideal. b) classe e proletariado. c) anomia e solidariedade. d) fato social e burocracia. e) ação social e racionalidade. 9. O objeto de estudo da sociologia, para Durkheim, é o fato social, que deve ser tratado como “coisa” e o sociólogo deve afastar suas prenoções e preconceitos. A construção durkheimiana do objeto de estudo da sociologia pode ser considerada: a) nietzschiana, pois coloca a “vontade de poder” como fundamento para a pesquisa. b) kantiana, pois trata da “coisa em si” e realiza a coisificação da realidade. c) dialética, pois reconhece a existência de uma realidade exterior ao pesquisador. d) weberiana, pois aborda a ação social racional atribuída por um sujeito. e) positivista, pois se fundamenta na busca de objetividade e neutralidade. 10. De acordo com Émile Durkheim, os fatos sociais são características que moldam o comportamento dos indivíduos em sociedade. Os fatos sociais são definidos pelo autor como sendo: a) Coercitivos, naturais e expressivos. b) Generalizados, expressivos e naturais. c) Exteriores ao indivíduo, expressivos e generalizados. d) Exteriores, expressivos e naturais. e) Exteriores ao indivíduo, coercitivos e generalizados. UEL 11. No Brasil, entre abril e maio de 2017, uma espécie de jogo conhecido como “Baleia Azul” causou alvoroço nas redes sociais digitais. Trata-se de uma série de desafios que culmina no suicídio do “jogador”, geralmente um indivíduo jovem. As reações, principalmente das famílias e das escolas, alertavam para a necessidade de reforçar os laços sociais e as regras de convívio coletivo. Também se disseminaram opiniões sobre a necessidade de os jovens concentrarem-se nos estudos e no trabalho como forma de manutenção do equilíbrio social. Mas o assunto não é novo em Sociologia. Os aspectos sociológicos do suicídio foram analisados por um autor clássico, Émile Durkheim, que, em 1897, publicou a obra “O Suicídio: estudo de sociologia”. Com base na teoria de Durkheim, caracterize o “suicídio anômico” como um tipo de suicídio específico das sociedades modernas. _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ 12. A sociologia surge em um contexto europeu, no século XIX. Quais são as principais transformações ocorridas na sociedade europeia que permitiram o surgimento dessa ciência? Cite pelo menos três. _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ 13. Leia a charge e o texto a seguir. O conceito de ideologia, nos termos propostos por Karl Marx (1818-1883), refere-se, também, àquela ideia ou declaração “(...) que em algum aspecto significativo ela é falsa, enganosa ou um relato parcial da realidade e, portanto, uma ideia que pode e deve ser corrigida.” GIDDENS, A.; SUTTON,P.W. Conceitos essenciais da Sociologia. São Paulo: Editora da Unesp,2016, p.229. A charge sugere a presença de uma “ideologia do mérito” quando está em pauta a discussão da desigualdade social na sociedade de tipo capitalista. Com base na charge e no texto, explique como a “ideologia do mérito” justifica a desigualdade social no capitalismo e, em seguida, identifique os motivos que a caracterizam como enganosa ou um relato parcial da realidade. _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________
  • 3. _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ 14. Um protesto com mais policiais que manifestantes O segundo protesto contra a Copa do ano em São Paulo foi marcado pela enorme presença policial, uma tropa de pelo menos 2.300 agentes, que superou ao número de manifestantes. A marcha, com quase mil pessoas segundo a polícia e umas 3.000 segundo os manifestantes que a transmitiram o ato ao vivo pela internet, saiu da Praça da República, no Centro, por volta das 18h. Em apenas uma hora estourou a primeira bomba, lançada pela polícia. A intenção das forças de segurança de impedir atos de vandalismo acabou frustrando um protesto que começou de forma pacífica, com tambores, gritos contra os gastos excessivos na Copa, contra a brutalidade policial e a qualidade dos serviços públicos. A polícia deteve um grupo de cerca de 50 manifestantes que foi obrigado a se sentar no chão e acabou rodeado por quatro fileiras de policiais com mais de uma centena de agentes. Depois foram levados, algemados, em vários ônibus até as delegacias da região. O número total de detidos chegou a 262 pessoas, entre elas seis jornalistas que cobriam a manifestação e um professor da Universidade de São Paulo (USP). Outras oito pessoas acabaram feridas, cinco deles policiais. MARTÍN, María. Um protesto com mais policiais que manifestantes. El País.23 fev. 2014. Adaptado. Disponível em: <http://brasil.elpais.com/brasil/2014/02/23/politica/1393111858_875595.html> Acesso em 24 fev. 2014. A sociologia criada pelos pensadores clássicos da sociologia é útil para tentarmos compreender os eventos contemporâneos. Analise, a partir de algum sociólogo clássico (Marx, Weber ou Durkheim), a ação da polícia no tipo de manifestação popular apresentada na notícia. _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ 15. A partir da charge acima e de seus conhecimentos de Sociologia, responda: Por que as marcas ocupam o lugar de Deus na contemporaneidade? Justifique sua resposta. _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ 16.
  • 4. A figura acima explicita uma diferença clara entre o empregado e o patrão. Segundo a teoria marxista, o que causa essa diferença? _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ UEB 17. Tendo como referência as informações acima e aspectos a elas relacionados, julgue o item a seguir. A importância atribuída à razão e o desenvolvimento da ciência e da sociedade industrial foram determinantes para a definição conceitual e normativa da investigação sociológica, ou seja, para a estruturação da Sociologia como ciência da sociedade. _____________________________________________ ENEM 18. O filósofo Auguste Comte (1798 – 1857) preenche sua doutrina com uma imagem do progresso social na qual se conjugam ciência e política deve assumir o aspecto de uma ação científica e a política deve ser estudada de maneira científica (a física social). Desde que a Revolução francesa favoreceu a integração do povo na vida social, o posotivismo obstina-se no programa de uma comunidade pacífica. E o Estado, instituição do “reino absoluto da lei”, é a garantia da ordem que impede o retorno potencial das revoluções e engendra o progresso. RUBY, C. Introdução à filosofia política. São Paulo:Unesp,1998 (adaptado). A característica do Estado positivo que lhe permite garantir não só a ordem, como também o desejado progresso das nações, é ser a) Espaço coletivo, onde as carências e desejos da população se realizam por meio das leis. b) Produto científico da física social, transcendendo e transformando as exigências da realidade. c) Programa necessário, tal como a Revolução Francesa, devendo portanto se manter aberto a novas insurreições. d) Agente repressor, tendo um papel importante a cada revolução, por impor pelo menos um curto período de ordem. e) Elemento unificador, organizando e reprimindo, se necessário, as ações dos membros da comunidade. 19. A sociologia ainda não ultrapassou a era das construções e das sínteses filosóficas. Em vez de assumir a tarefa de lançar luz sobre uma parcela restrita do campo social, ela prefere buscar as brilhantes generalidades em que todas as questões são levantadas sem que nenhuma seja expressamente tratada. Não é com exames sumários e por meio de intuições rápidas que se pode chegar a descobrir as leis de uma realidade tão complexa. Sobretudo, generalizações às vezes tão amplas e tão apressadas não são suscetíveis de nenhum tipo de prova. DURKHEIM, E. O suicídio: estudo de sociologia.São Paulo: Martins Fontes, 2000. O texto expressa o esforço de Émile Durkheim em construir uma sociologia com base na a) vinculação com a filosofia como saber unificado. b) reunião de percepções intuitivas para demonstração. c) formulação de hipóteses subjetivas sobre a vida social. d) incorporação de um conhecimento alimentado pelo engajamento político. e) adesão aos padrões de investigação típicos das ciências naturais. 20. "A história de toda a sociedade até aqui é a história da luta de classes." Karl Marx e Friedrich Engels, Manifesto do Partido Comunista O conceito de Marx sobre a luta de classes representa o antagonismo entre uma pequena classe dominante sobre uma maioria subalternizada. Foi assim com homens livres e escravos, senhores feudais e servos, em suma, opressores e oprimidos. Na Idade Moderna, qual são as forças que atuam na luta de classes e em que se baseia essa distinção? a) Capitalistas e comunistas, distinção realizada através de sua ideologia. b) Direita e esquerda, de acordo com o local em que se sentaram na assembleia posterior à Revolução Francesa. c) Nobreza e clero, representantes de famílias aristocratas e representantes da Igreja. d) Burguesia e proletariado, divisão entre os detentores dos meios de produção e os donos da força de trabalho. Bom trabalho! Professora Paula Meyer